SlideShare uma empresa Scribd logo
Coaching e a arte de liderar pela emoção
João Daniel Rico
Mestre em Treino de Alto Rendimento
Treinador de Futebol
A curto prazo, qualquer estratégia com o intuito de incendiar
emocionalmente os atletas pode de facto funcionar, mas com o
passar do tempo esse fogo vai-se apagando e o processo de
motivação de um grupo carece de uma abordagem que se
centre essencialmente naquilo pelo qual, cada jogador
individualmente," daria a vida"!
A nova geração de atletas é complexa e diferencia-se por uma
cada vez maior capacidade lógica e cognitiva. Uma geração
multi-task mas que sente aversão a tarefas que não trazem
resultados visíveis e imediatos, sendo por isso grande a tendência para a frustração. É notório por
estas características um défice de inteligência emocional, aquilo que Goleman descreve como "a
capacidade da pessoa se motivar a si mesma a despeito das frustrações, de controlar os impulsos
e adiar a recompensa, de regular o seu próprio estado de espírito e impedir que o desânimo
subjugue a faculdade de pensar..."
Tudo isto se reflete na dificuldade em definir objetivos e em lidar com os obstáculos, algo que se
deve ter em consideração pois sabe-se que quando estabelecemos um objetivo ativamos o
sistema de ativação reticular (SAR) e por consequência a nossa capacidade inconsciente de
observar e conjugar todos os recursos e todas as oportunidades que nos ajudam a aproximar da
nossa meta.
Há, por isso, uma necessidade veemente dos treinadores possuírem ferramentas que lhes
permitam ir ao interior de cada atleta de forma a potenciar aquilo que motiva cada um e ao mesmo
tempo suprimir a tendência generalizada para a dúvida e para o medo. Queremos com isto dizer
que para além das competências técnicas às quais normalmente se associa um alto grau de
performance (aspetos físico e técnico-táctico) o treinador deve ainda ter competências na área do
COACHING, ou seja, ser um especialista em treino mental e que utiliza as ferramentas certas
para estabelecer um plano de ação que permite levar os seus atletas do ponto A ao ponto B, com
metas e objetivos ESPECÍFICOS, MENSURÁVEIS, ALCANÇÁVEIS, REALISTAS E
TEMPORARIAMENTE DEFINIDOS (Modelo SMART). Trata-se, sobretudo, de incutir nos atletas
uma nova forma de pensar, permitindo-lhes ver as situações de pontos de vista diferentes de
forma a encontrar novas soluções (foco na solução e não no problema, não desperdiçando
energia naquilo que não podemos controlar).
Quando se navega sem destino, nenhum vento é favorável
Séneca
António Damasio demonstrou com êxito em " o erro de Descartes" a impossibilidade de se
separar a racionalidade das emoções, pois a ausência destas altera as decisões supostamente
racionais. Num recente livro publicado sobre a primeira época de Pep Guardiola no Bayern
Munique, é referido o seu interesse num " estilo de comunicação personalizada, de forma a
encontrar maneiras de transmitir sentimentos aos jogadores", ao mesmo tempo que um dos seus
jogadores o define como sendo melhor psicólogo do que táctico. Liderar é fundamentalmente
EMOCIONAR. Mas será que podemos motivar todos da mesma forma? as mesmas palavras, o
mesmo conteúdo, o mesmo tipo de comunicação não verbal? a mesma entoação? Não há uma
receita uniforme, e aqui entramos no domínio dos sistemas de representação: visuais, auditivos,
cinestésicos, três tipos de sistemas que nos caracterizam e definem a forma como estamos mais
susceptíveis de captarmos uma mensagem. Nos momentos de comunicação à equipa, o treinador
deve ter isto em conta se quiser “tocar”, numa palestra que pode ser coletiva, cada um dos seus
atletas independentemente do sistema representativo dominante. Sabe-se que apenas fixamos
perto de 7% do que ouvimos por palavras e que aquilo que faz passar melhor a informação é a
linguagem corporal utilizada e a qualidade da voz. Alusões a cores e imagens captam melhor os
visuais, diferentes sinais sonoros e variação da entoação vão prender a concentração dos
auditivos, assim como contactos, apelos a sensações e utilização de um tom de voz mais calmo
irão influir na concentração dos cinestésicos.
As ciências adaptadas ao contexto desportivo vieram dar um contributo enorme para um
conhecimento e capacidade de atuação a um nível cada vez mais profundo. Ser treinador, na
atualidade, "exige" um domínio de áreas diferenciadas mas que se tornaram confluentes. Saber
de treino é saber de preparação desportiva de uma forma transversal e não “apenas” da fisiologia
do esforço e consequentes processos adaptativos, não é só criar uma pomposa organização de
jogo coletivo (modelo), nem só viver da estratégia a implementar consoante determinado
adversário…há que saber gerir, mediar, liderar...dia a dia, todos os dias…e fazê-lo através da
racionalidade das emoções, para que o fogo que queima o fosforo nunca se apague.
O todo está na parte que está no todo. Nunca a tão utilizada frase "só sabe de futebol quem sabe
mais do que só de futebol" fez tanto sentido.
Bibliografia
Goleman, D. (2011). Inteligência Emocional. Circulo de Leitores.
Perarnau, M. (2014). Herr Pep. Córner.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e ProfissionaisCoaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e ProfissionaisIBC Coaching
 
Palestra: Coaching na Gestão de Projetos
Palestra: Coaching na Gestão de ProjetosPalestra: Coaching na Gestão de Projetos
Palestra: Coaching na Gestão de ProjetosJota Leme
 
Conquistando alta performance por meio do Coaching
Conquistando alta performance por meio do CoachingConquistando alta performance por meio do Coaching
Conquistando alta performance por meio do CoachingMBIANCHINI CONSULTING
 
Profissional Neurocoaching
Profissional NeurocoachingProfissional Neurocoaching
Profissional NeurocoachingMega Palestras
 
Coaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionais
Coaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionaisCoaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionais
Coaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionaisIBC Coaching
 
Coaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentos
Coaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentosCoaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentos
Coaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentosIBC Coaching
 
Coach - Uma Profissão de Excelência
Coach - Uma Profissão de Excelência Coach - Uma Profissão de Excelência
Coach - Uma Profissão de Excelência IBC Coaching
 
Afinal de Contas... O que é Coaching?
Afinal de Contas... O que é Coaching?Afinal de Contas... O que é Coaching?
Afinal de Contas... O que é Coaching?Shinobu Takeuchi
 
Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"
Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"
Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"CRA - MG
 
Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...
Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...
Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...Siomara Marquetti
 
Coaching Education
Coaching Education Coaching Education
Coaching Education GIFTWISH App
 

Mais procurados (20)

Planejando 2014
Planejando 2014Planejando 2014
Planejando 2014
 
Apresentação COACHING
Apresentação COACHINGApresentação COACHING
Apresentação COACHING
 
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e ProfissionaisCoaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
Coaching - Maximizando Resultados Pessoais e Profissionais
 
Palestra: Coaching na Gestão de Projetos
Palestra: Coaching na Gestão de ProjetosPalestra: Coaching na Gestão de Projetos
Palestra: Coaching na Gestão de Projetos
 
Leader Coach
Leader CoachLeader Coach
Leader Coach
 
Coaching
CoachingCoaching
Coaching
 
Conquistando alta performance por meio do Coaching
Conquistando alta performance por meio do CoachingConquistando alta performance por meio do Coaching
Conquistando alta performance por meio do Coaching
 
Profissional Neurocoaching
Profissional NeurocoachingProfissional Neurocoaching
Profissional Neurocoaching
 
Coaching Education
Coaching EducationCoaching Education
Coaching Education
 
Coaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionais
Coaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionaisCoaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionais
Coaching - alcance seus objetivos pessoais e profissionais
 
Coaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentos
Coaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentosCoaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentos
Coaching - atraindo, desenvolvendo e retendo talentos
 
Coaching Pratico
Coaching PraticoCoaching Pratico
Coaching Pratico
 
Coach - Uma Profissão de Excelência
Coach - Uma Profissão de Excelência Coach - Uma Profissão de Excelência
Coach - Uma Profissão de Excelência
 
Coaching
CoachingCoaching
Coaching
 
Coaching Education
Coaching EducationCoaching Education
Coaching Education
 
O que é coaching
O que é coachingO que é coaching
O que é coaching
 
Afinal de Contas... O que é Coaching?
Afinal de Contas... O que é Coaching?Afinal de Contas... O que é Coaching?
Afinal de Contas... O que é Coaching?
 
Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"
Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"
Palestra "Se eu quero, eu posso: descobri no coaching!"
 
Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...
Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...
Você quer atingir suas metas, alcançar seus sonhos; conhece o que é coaching ...
 
Coaching Education
Coaching Education Coaching Education
Coaching Education
 

Semelhante a Coaching e a arte de liderar pela emoção

Coaching para times de futebol
Coaching para times de futebolCoaching para times de futebol
Coaching para times de futebolJotta Araujo
 
Coaching para times
Coaching para timesCoaching para times
Coaching para timesJotta Araujo
 
Psicologia Desportiva
Psicologia DesportivaPsicologia Desportiva
Psicologia Desportivamatheusbelesa
 
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.Pedro Ferrer
 
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redesMentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redesPedro Ferrer
 
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantesConstruindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantesJarbas Rossatto
 
Coaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controle
Coaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controleCoaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controle
Coaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controleblognewsapostasesportivas63
 
Sofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros
 
Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...
Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...
Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...Marcelo Goossen
 
3 passos para você ter foco e resultados
3 passos para você ter foco e resultados3 passos para você ter foco e resultados
3 passos para você ter foco e resultadoscarreiraemmovimento
 
30636606 jogos-pedagogicos
30636606 jogos-pedagogicos30636606 jogos-pedagogicos
30636606 jogos-pedagogicosRui Morraceira
 
Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...
Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...
Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...Raúl Oliveira
 
Coaching e feedback
Coaching e feedbackCoaching e feedback
Coaching e feedbackKarla Borgo
 
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017Ramon Alturo
 
MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...
MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...
MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...VernicaHolandaSantos
 

Semelhante a Coaching e a arte de liderar pela emoção (20)

Coaching para times de futebol
Coaching para times de futebolCoaching para times de futebol
Coaching para times de futebol
 
Coaching para times
Coaching para timesCoaching para times
Coaching para times
 
Coaching e Resposta Emocional
Coaching e Resposta EmocionalCoaching e Resposta Emocional
Coaching e Resposta Emocional
 
Psicologia Desportiva
Psicologia DesportivaPsicologia Desportiva
Psicologia Desportiva
 
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
Pedro Ferrer - Metodologia para o treino de guarda-redes.
 
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redesMentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
Mentalidade e talento - Treinar o cérebro do guarda-redes
 
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantesConstruindo uma forma de jogar   guia de treino para iniciantes
Construindo uma forma de jogar guia de treino para iniciantes
 
Ferramentas de gestao
Ferramentas de gestaoFerramentas de gestao
Ferramentas de gestao
 
Coaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controle
Coaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controleCoaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controle
Coaching de Alta Escola de Futebol: Um Guia De Auto-controle
 
Sofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5WSofia Calheiros-Coaching-5W
Sofia Calheiros-Coaching-5W
 
Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...
Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...
Gerenciamento de Equipes de Alto Desempenho Estimulando o Desenvolvimento Pes...
 
3 passos para você ter foco e resultados
3 passos para você ter foco e resultados3 passos para você ter foco e resultados
3 passos para você ter foco e resultados
 
30636606 jogos-pedagogicos
30636606 jogos-pedagogicos30636606 jogos-pedagogicos
30636606 jogos-pedagogicos
 
Bem Estar
Bem EstarBem Estar
Bem Estar
 
Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...
Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...
Futebol de Formação: Um abismo metodológico… O “treino da táctica” e o “trein...
 
Concentracao
ConcentracaoConcentracao
Concentracao
 
Coaching e feedback
Coaching e feedbackCoaching e feedback
Coaching e feedback
 
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
Ideias Periodização Táctica Congesso Porto 2017
 
Master folder pnl in company[1]
Master folder pnl in company[1]Master folder pnl in company[1]
Master folder pnl in company[1]
 
MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...
MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...
MEMÓRIA E COGNIÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERFORMANCE DO CAPOEIRISTA PELO OLHAR D...
 

Coaching e a arte de liderar pela emoção

  • 1. Coaching e a arte de liderar pela emoção João Daniel Rico Mestre em Treino de Alto Rendimento Treinador de Futebol A curto prazo, qualquer estratégia com o intuito de incendiar emocionalmente os atletas pode de facto funcionar, mas com o passar do tempo esse fogo vai-se apagando e o processo de motivação de um grupo carece de uma abordagem que se centre essencialmente naquilo pelo qual, cada jogador individualmente," daria a vida"! A nova geração de atletas é complexa e diferencia-se por uma cada vez maior capacidade lógica e cognitiva. Uma geração multi-task mas que sente aversão a tarefas que não trazem resultados visíveis e imediatos, sendo por isso grande a tendência para a frustração. É notório por estas características um défice de inteligência emocional, aquilo que Goleman descreve como "a capacidade da pessoa se motivar a si mesma a despeito das frustrações, de controlar os impulsos e adiar a recompensa, de regular o seu próprio estado de espírito e impedir que o desânimo subjugue a faculdade de pensar..." Tudo isto se reflete na dificuldade em definir objetivos e em lidar com os obstáculos, algo que se deve ter em consideração pois sabe-se que quando estabelecemos um objetivo ativamos o sistema de ativação reticular (SAR) e por consequência a nossa capacidade inconsciente de observar e conjugar todos os recursos e todas as oportunidades que nos ajudam a aproximar da nossa meta. Há, por isso, uma necessidade veemente dos treinadores possuírem ferramentas que lhes permitam ir ao interior de cada atleta de forma a potenciar aquilo que motiva cada um e ao mesmo tempo suprimir a tendência generalizada para a dúvida e para o medo. Queremos com isto dizer que para além das competências técnicas às quais normalmente se associa um alto grau de performance (aspetos físico e técnico-táctico) o treinador deve ainda ter competências na área do COACHING, ou seja, ser um especialista em treino mental e que utiliza as ferramentas certas para estabelecer um plano de ação que permite levar os seus atletas do ponto A ao ponto B, com metas e objetivos ESPECÍFICOS, MENSURÁVEIS, ALCANÇÁVEIS, REALISTAS E TEMPORARIAMENTE DEFINIDOS (Modelo SMART). Trata-se, sobretudo, de incutir nos atletas uma nova forma de pensar, permitindo-lhes ver as situações de pontos de vista diferentes de forma a encontrar novas soluções (foco na solução e não no problema, não desperdiçando energia naquilo que não podemos controlar).
  • 2. Quando se navega sem destino, nenhum vento é favorável Séneca António Damasio demonstrou com êxito em " o erro de Descartes" a impossibilidade de se separar a racionalidade das emoções, pois a ausência destas altera as decisões supostamente racionais. Num recente livro publicado sobre a primeira época de Pep Guardiola no Bayern Munique, é referido o seu interesse num " estilo de comunicação personalizada, de forma a encontrar maneiras de transmitir sentimentos aos jogadores", ao mesmo tempo que um dos seus jogadores o define como sendo melhor psicólogo do que táctico. Liderar é fundamentalmente EMOCIONAR. Mas será que podemos motivar todos da mesma forma? as mesmas palavras, o mesmo conteúdo, o mesmo tipo de comunicação não verbal? a mesma entoação? Não há uma receita uniforme, e aqui entramos no domínio dos sistemas de representação: visuais, auditivos, cinestésicos, três tipos de sistemas que nos caracterizam e definem a forma como estamos mais susceptíveis de captarmos uma mensagem. Nos momentos de comunicação à equipa, o treinador deve ter isto em conta se quiser “tocar”, numa palestra que pode ser coletiva, cada um dos seus atletas independentemente do sistema representativo dominante. Sabe-se que apenas fixamos perto de 7% do que ouvimos por palavras e que aquilo que faz passar melhor a informação é a linguagem corporal utilizada e a qualidade da voz. Alusões a cores e imagens captam melhor os visuais, diferentes sinais sonoros e variação da entoação vão prender a concentração dos auditivos, assim como contactos, apelos a sensações e utilização de um tom de voz mais calmo irão influir na concentração dos cinestésicos. As ciências adaptadas ao contexto desportivo vieram dar um contributo enorme para um conhecimento e capacidade de atuação a um nível cada vez mais profundo. Ser treinador, na atualidade, "exige" um domínio de áreas diferenciadas mas que se tornaram confluentes. Saber de treino é saber de preparação desportiva de uma forma transversal e não “apenas” da fisiologia do esforço e consequentes processos adaptativos, não é só criar uma pomposa organização de jogo coletivo (modelo), nem só viver da estratégia a implementar consoante determinado adversário…há que saber gerir, mediar, liderar...dia a dia, todos os dias…e fazê-lo através da racionalidade das emoções, para que o fogo que queima o fosforo nunca se apague. O todo está na parte que está no todo. Nunca a tão utilizada frase "só sabe de futebol quem sabe mais do que só de futebol" fez tanto sentido. Bibliografia Goleman, D. (2011). Inteligência Emocional. Circulo de Leitores. Perarnau, M. (2014). Herr Pep. Córner.