SlideShare uma empresa Scribd logo
Professora Cristiane
Freitas
Sociologia – 2010
O QUE É GLOBALIZAÇÃO?
É o conjunto de
transformações na
ordem social, cultural,
política e econômica
mundial que vem
acontecendo nas
últimas décadas.
GLOBALIZAÇÃO E AGLOBALIZAÇÃO E A
NOVA ORDEM MUNDIALNOVA ORDEM MUNDIAL
Alguma coisa
Está fora da
ordem
Fora da nova
ordem
Mundial...
Olhe
bem...
Folha de S. Paulo. 6 jun. 1999. p. A-2.
ORIGEM DA NOVA ORDEMORIGEM DA NOVA ORDEM
MUNDIALMUNDIAL
•1ª Guerra Mundial = 1914 - 1918
Deu indícios do surgimento de uma nova grande
potência... os EUA!!
•No final da 1ª Guerra Mundial já se pode observar que os Estados
Unidos da América estavam se transformando numa grande
potência, graças ao seu crescente poderio econômico-militar.
•Mas processo começou no final do séc. XIX
1ª GUERRA MUNDIAL1ª GUERRA MUNDIAL
CREMATORIO AUSCHWITZ -
ALEMANHA
BOMBA ATOMICA LANÇADA
SOBRE IROSHIMA E NAGASAKI -
JAPAO
ORIGEM DA NOVA ORDEMORIGEM DA NOVA ORDEM
MUNDIALMUNDIAL
EUA & Grã-BretanhaEUA & Grã-Bretanha juntos formavam o eixo
do poder econômico da terra inteira.
• Durante três semanas de julho de 1944, do dia 1º
ao dia 22, 730 delegados de 44 países do mundo
então em guerra, reuniram-se em Bretton Woods,
nos Estados Unidos, para definirem uma Nova
Ordem Econômica Mundial.
• A reunião centrou-se ao redor dos Estados Unidos
e da Grã-Bretanha,
•Reunião de Bretton Woods = 1944Reunião de Bretton Woods = 1944
ORIGEM DA NOVA ORDEMORIGEM DA NOVA ORDEM
MUNDIALMUNDIAL
• Durante a Segunda Guerra, os
EUA atravessaram um período
de crescimento econômico
acelerado. Assim, quando o
conflito terminou, sua
economia estava dinamizada,
e esse país assumia o papel
de maior credor do mundo
capitalista
•2ª Guerra Mundial = 1939 - 1945
2ª GUERRA MUNDIAL2ª GUERRA MUNDIAL
NOVA ORDEM MUNDIAL:NOVA ORDEM MUNDIAL:
tudo REALMENTE começou quando...tudo REALMENTE começou quando...
• Fim da bipolaridade mundial:Fim da bipolaridade mundial:
socialismo x capitalismo.socialismo x capitalismo.
Apenas o capitalismo reinou!Apenas o capitalismo reinou!
• Fim da Guerra Fria EUA xFim da Guerra Fria EUA x
URSSURSS
• Fim da Corrida ArmamentistaFim da Corrida Armamentista
•Queda do Muro de Berlim = 1989Queda do Muro de Berlim = 1989
O Muro de Berlim não apenas separava
uma cidade e um povo. Ele simbolizava o
mundo dividido pelos sistemas capitalista e
socialista. A sua destruição, iniciada pelo
povo de Berlim, na noite de 9 de novembro
de 1989, pôs abaixo não apenas o muro
material; mais do que isso, rompeu com o
mais significativo símbolo da Guerra Fria: a
bipolaridade.
MURO DE BERLIM
UM MARCO
HISTÓRICO
EUA X URSS
2009 – 20 ANOS SEM O MURO
PORTAL DE BRANDENBURGO
ROSAS AO REDOR DO QUE
RESTOU DO MURO
BONO VOX
ABERTURA COM FOGOS DE ARTIFICO
EM 2009
EXPOSIÇÃO DE ARTE – FERRAMENTAS DE
REFERENCIA AO COMUNISMO
UMA RÉPLICA DO MURO COM
ARTE
CONSAGRAÇÃO CAPITALISTACONSAGRAÇÃO CAPITALISTA
O MUNDOO MUNDO
COMO ERACOMO ERA
ANTES...ANTES...
O MUNDOO MUNDO
FICOUFICOU
ASSIM...ASSIM...
O MUNDO ERA
BIPOLAR
EUA X URSS
DIVISÃO SUL X NORTEDIVISÃO SUL X NORTE
NORTE = RICOS E
DESENVOLVIDOS
SUL = POBRES E
SUBDESENVOLVIDOS
NOVO MILÊNIO:NOVO MILÊNIO:
MUNDO MULTIPOLAR ouMUNDO MULTIPOLAR ou
“UNIPOLAR”?“UNIPOLAR”?
• Os Estados Unidos agora
dividem o poder com as
economias em ascensão do
Japão e da União Européia num
novo equilíbrio mundial: a nova
multipolaridade, com três pólos
de poder.
• Unipolaridade militar dos EUA:
maior potencial mundial em
armas
NOVA ORDEM MULTIPOLAR
Três grandes
blocos
E NOVA (DES)ORDEM MUNDIALE NOVA (DES)ORDEM MUNDIAL
CARACTERÍSTICAS DA NOVACARACTERÍSTICAS DA NOVA
ORDEM MUNDIALORDEM MUNDIAL
• As alianças entre nações são feitas
agora pelo grau de afinidade
econômico-comercial existente entre
um e outro país. Deixando de lado a
questão ideológica o que impera
agora é a questão mercadológica.
• O nível de poder de um país agora é
medido pelo seu desenvolvimento
científico e tecnológico, com
destaque para o conhecimento
cientifico na áreas de informática e
biotecnologia.
I – AI – A
INTERNACIONALIZAÇÃOINTERNACIONALIZAÇÃO
DO CAPITALDO CAPITAL
Desde que surgiu, e devido àDesde que surgiu, e devido à
sua essência - produzir parasua essência - produzir para
o mercado, objetivando oo mercado, objetivando o
lucro e, conseqüentemente, alucro e, conseqüentemente, a
acumulação da riqueza - oacumulação da riqueza - o
capitalismo sempre tendeu àcapitalismo sempre tendeu à
internacionalização, ou seja,internacionalização, ou seja,
à incorporação do maiorà incorporação do maior
número possível de povos ounúmero possível de povos ou
nações ao espaço sob o seunações ao espaço sob o seu
domínio.domínio.
II - CORPORAÇÕES
TRANSNACIONAIS
A globalização é marcada pela
expansão mundial das grandes
corporações internacionais. A
cadeia de fast food Macdonald’s,
por exemplo, possui 18 mil
restaurantes em 91 países. Essas
corporações exercem um papel
decisivo na economia mundial.
AS TRANSNACIONAIS
BUSCAM:
• NOVOS MERCADOS CONSUMIDORES
• INCENTIVOS E ISENÇÃO FISCAL
• MÃO-DE-OBRA BARATA E QUALIFICADA
• PROXIMIDADE DAS ÁREAS DE MATÉRIA-
PRIMA
• ESPAÇOS COM BOA INFRA-ESTRUTURA
DE ESCOAMENTO E CIRCULAÇÃO DE
MERCADORIAS E DE
TELECOMUNICAÇÕES
III - A NOVA DIT - DIVISAOIII - A NOVA DIT - DIVISAO
INTERNACIONAL DOINTERNACIONAL DO
TRABALHOTRABALHO
Antes = metrópoles vendiam às
colônias
Agora = filiais se instalam em paísesAgora = filiais se instalam em países
subdesenvolvidos, mão-de-obrasubdesenvolvidos, mão-de-obra
barata, baixos impostos ebarata, baixos impostos e
empregado melhorempregado melhor
remunerado...remunerado...deixam de ser
apenas fornecedores de alimentos
e matérias-primas para o mercado
internacional para se tomarem
produtores e até exportadores de
produtos industrializados. O Brasil é
um bom exemplo disso.
IV – ACELERAÇÃOIV – ACELERAÇÃO
ECONOMICA EECONOMICA E
TECNOLOGICATECNOLOGICA
A tecnologia desenvolvidaA tecnologia desenvolvida
durante a Segunda Guerradurante a Segunda Guerra
Mundial estabeleceu um novoMundial estabeleceu um novo
padrão de desenvolvimentopadrão de desenvolvimento
tecnológico, que levou àtecnológico, que levou à
modernização e a posteriormodernização e a posterior
automatização da indústria. Comautomatização da indústria. Com
a automatização industrial,a automatização industrial,
aceleraram-se os processos deaceleraram-se os processos de
fabricação, o que permitiu grandefabricação, o que permitiu grande
aumento e diversificação daaumento e diversificação da
produção.produção.
A rede mundial de computadores
quebra barreiras e vai, cada vez
mais, ligando as pessoas e
espalhando as idéias, formando
assim uma grande Aldeia Global.
Saber ler, falar e entender a
língua inglesa torna-se
fundamental dentro deste
contexto, pois é o idioma
universal e o instrumento pelo
qual as pessoas podem se
comunicar.
V - INTERNET, ALDEIAV - INTERNET, ALDEIA
GLOBAL E A LINGUAGLOBAL E A LINGUA
INGLESAINGLESA
HÁ MUITO TEMPO ATRÁS...HÁ MUITO TEMPO ATRÁS...
VI - GLOBALIZAÇÃO:VI - GLOBALIZAÇÃO:
NOVAS EXPRESSÕESNOVAS EXPRESSÕES
• FÁBRICA GLOBALFÁBRICA GLOBAL - cada- cada
etapa do processo produtivoetapa do processo produtivo
é desenvolvida em um paísé desenvolvida em um país
diferente, de acordo com asdiferente, de acordo com as
vantagens e asvantagens e as
possibilidades de lucro quepossibilidades de lucro que
oferece.oferece.
• ALDEIA GLOBALALDEIA GLOBAL - Com os- Com os
diferentes sistemas dediferentes sistemas de
comunicação, uma pessoacomunicação, uma pessoa
pode acompanhar ospode acompanhar os
acontecimentos de qualqueracontecimentos de qualquer
parte do mundo no exatoparte do mundo no exato
momento em que ocorrem.momento em que ocorrem.
Ex: Internet, TV porEx: Internet, TV por
assinatura...assinatura...
• ECONOMIA MUNDOECONOMIA MUNDO - as empresas- as empresas
transnacionais romperam as fronteirastransnacionais romperam as fronteiras
nacionais e estabeleceram umanacionais e estabeleceram uma
relação de interdependênciarelação de interdependência
econômica com raízes muitoeconômica com raízes muito
profundas.profundas.
• INTERDEPENDÊNCIAINTERDEPENDÊNCIA - Os países- Os países
são dependentes uns dos outros, poissão dependentes uns dos outros, pois
os governos nacionais não conseguemos governos nacionais não conseguem
resolver individualmente seusresolver individualmente seus
principais problemas econômicos,principais problemas econômicos,
sociais ou ambientais.sociais ou ambientais.
• PAÍSES EMERGENTESPAÍSES EMERGENTES -- Alguns países,Alguns países,
mesmo que subdesenvolvidos, são industrializados oumesmo que subdesenvolvidos, são industrializados ou
estão em fase de industrialização; por isso, oferecemestão em fase de industrialização; por isso, oferecem
boas oportunidades para investimentos internacionais.boas oportunidades para investimentos internacionais.
Entre os países emergentesEntre os países emergentes
destacam-se a China, a Rússia, adestacam-se a China, a Rússia, a
India e o Brasil.India e o Brasil.
GLOBA(na)LIZAÇÃOGLOBA(na)LIZAÇÃO
VII – REGIONALIZAÇÃO:VII – REGIONALIZAÇÃO:
BLOCOS ECONOMICOSBLOCOS ECONOMICOS
São
associações
de países, em
geral de uma
mesma região
Geográfica,
que
estabelecem
relações
comerciais
privilegiadas
entre si e
atuam de
forma
conjunta no
mercado
internacional.
BRASIL - COMÉRCIO
MULTILATERAL
VII.I - ESTÁGIOS DOS
BLOCOS ECONÔMICOS
• ÁREA DE LIVRE
COMÉRCIO
• UNIÃO ADUANEIRA
• MERCADO COMUM
• UNIÃO MONETÁRIA
• UNIÃO POLÍTICA
ETAPAS DA INTEGRAÇÃOETAPAS DA INTEGRAÇÃO
ECONOMICAECONOMICA
• A integração de economias regionais obtém-se pela aproximaçãoA integração de economias regionais obtém-se pela aproximação
das políticas econômicas e da pertinente legislação dos países quedas políticas econômicas e da pertinente legislação dos países que
fazem parte de uma aliança. Com isso, pretende-se criar um blocofazem parte de uma aliança. Com isso, pretende-se criar um bloco
econômico que possibilite um maior desenvolvimento para todos oseconômico que possibilite um maior desenvolvimento para todos os
membros da associação. Vejamos a seguir cada etapa domembros da associação. Vejamos a seguir cada etapa do
processo:processo:
• Primeira etapa: zona de livre comércioPrimeira etapa: zona de livre comércio – criação de uma zona– criação de uma zona
em que as mercadorias provenientes dos países membros podemem que as mercadorias provenientes dos países membros podem
circular livremente. Nessa zona, as tarifas alfandegárias sãocircular livremente. Nessa zona, as tarifas alfandegárias são
eliminadas e há flexibilidade nos padrões de produção, controleeliminadas e há flexibilidade nos padrões de produção, controle
sanitário e de fronteiras.sanitário e de fronteiras.
• Segunda etapa: união aduaneiraSegunda etapa: união aduaneira – além da zona de livre– além da zona de livre
comércio, essa etapa envolve a negociação de tarifas alfandegáriascomércio, essa etapa envolve a negociação de tarifas alfandegárias
comuns para o comércio realizado com outros países.comuns para o comércio realizado com outros países.
ETAPAS DA INTEGRAÇÃOETAPAS DA INTEGRAÇÃO
ECONOMICAECONOMICA
• Terceira etapa: mercado comumTerceira etapa: mercado comum – engloba as duas fases– engloba as duas fases
anteriores e acrescenta a livre circulação de pessoa, serviços eanteriores e acrescenta a livre circulação de pessoa, serviços e
capitais.capitais.
• Quarta etapa: união monetáriaQuarta etapa: união monetária – essa fase pressupõe a– essa fase pressupõe a
existência de um mercado comum em pleno funcionamento.existência de um mercado comum em pleno funcionamento.
Consiste na coordenação das políticas econômicas dos paísesConsiste na coordenação das políticas econômicas dos países
membros e na criação de um único banco central para emitir amembros e na criação de um único banco central para emitir a
moeda que será utilizada por todos.moeda que será utilizada por todos.
• Quinta etapa: união políticaQuinta etapa: união política – a união política engloba todas as– a união política engloba todas as
anteriores e envolve também a unificação das políticas de relaçõesanteriores e envolve também a unificação das políticas de relações
internacionais, defesa, segurança interna e externa.internacionais, defesa, segurança interna e externa.
OS “NIC’s” – NOVOS PAÍSESOS “NIC’s” – NOVOS PAÍSES
INDUSTRIALIZADOSINDUSTRIALIZADOS
VIII – ATORES –
ORGANIZAÇÕES MUNDIAIS
• Por que precisamos deles??Por que precisamos deles??
• “Quando o Estado é grande
demais para exercer
diretamente todas as tarefas
que lhe incubem, a resposta
chama-se localização e
proximidade ao cidadão”
Org. das Nações Unidas
para a
Educação, a Ciência
e a Cultura
(UNESCO)
Org. para a Coop. e Desenv. Econ.
(OCDE)
Banco Mundial
Fundo Monet. Intl
(FMI)
Org. Mundial de Comércio
(OMC),
Org. das Nações Unidas
(ONU),
Atores da paz,
ordem e segurança
“há razões para se olhar o
mundo como uma única ordem
social.”
ATORESATORES
Posição País PIB (milhões de
USD) 2009 —  Mundo 58,070,000—
EstadosUnidos 14,430,000
Japão 5,108,000
Alemanha 3,273,000 
França 2,666,000 
Reino Unido 2,198,000 
Itália 2,090,000 
Canada 1,335,000
Russia 1,232,000 
TOTAL G-8: 32.332.000
+ PAISES: 25.738.000
HOJE JÁ SÃO G20G20
E O BRASIL ESTÁ EM 8º
LUGAR COM O PIB DE: USD
1,499,000
ATORESATORES
• Manter a ordem política dentro doManter a ordem política dentro do
continente europeu, Proteger oscontinente europeu, Proteger os
interesses econômicos das potênciasinteresses econômicos das potências
ocidentais;ocidentais;
•• Manter vivo os interesses da indústriaManter vivo os interesses da indústria
armamentista norte americana earmamentista norte americana e
européia;européia;
•• Reafirmar o poder militar dos estadosReafirmar o poder militar dos estados
unidos no mundo multipolar -unidos no mundo multipolar - PaxPax
AmericanaAmericana – Paz imposta de acordo com– Paz imposta de acordo com
os interesses americanos.os interesses americanos.
•• Conter de forma incisiva os avanços doConter de forma incisiva os avanços do
terrorismo no continente europeu;terrorismo no continente europeu;
•• Resguardar os paises membros dasResguardar os paises membros das
instabilidades políticos existente no lesteinstabilidades políticos existente no leste
europeu.europeu.
•• Proteger os países do continente europeuProteger os países do continente europeu
de uma possível ameaça russade uma possível ameaça russa
OTANrios
• corresponde a forma como o EUAcorresponde a forma como o EUA
ver os outros países do mundo, poisver os outros países do mundo, pois
a partir da utilização da Paxa partir da utilização da Pax
americana verificamos que o governoamericana verificamos que o governo
americano deixa de respeitar aamericano deixa de respeitar a
soberania dos demais estadossoberania dos demais estados
nações, por achar que sãonações, por achar que são
superiores a qualquer outrasuperiores a qualquer outra
civilização inclusive a européia. Umcivilização inclusive a européia. Um
exemplo dessa Pax americana foi aexemplo dessa Pax americana foi a
Guerra do Golfo no início da décadaGuerra do Golfo no início da década
de 1990.de 1990.
A PAZA PAZ
Cura do mundoCura do mundo
Vamos fazer um lugar melhorVamos fazer um lugar melhor
Para você, para mim e toda a raça humana!Para você, para mim e toda a raça humana!
(Michael Jackson)(Michael Jackson)
Aquecimento GlobalAquecimento Global
PROTOCOLO DE KYOTO - 1997PROTOCOLO DE KYOTO - 1997
• Efeito EstufaEfeito Estufa
• Países maiores emissores de gás COPaíses maiores emissores de gás CO2:2:
China, Estados Unidos, Rússia, Índia,China, Estados Unidos, Rússia, Índia,
Brasil, Japão, Alemanha, Canadá,Brasil, Japão, Alemanha, Canadá,
Reino Unido e Coreia do Sul.Reino Unido e Coreia do Sul.
• Em busca de alternativas paraEm busca de alternativas para
minimizar o aquecimento global, 162minimizar o aquecimento global, 162
países assinaram o Protocolo de Kyotopaíses assinaram o Protocolo de Kyoto
em 1997em 1997
• Porém, vários países não fizeramPorém, vários países não fizeram
nenhum esforço para que a meta sejanenhum esforço para que a meta seja
atingida, o principal é os Estadosatingida, o principal é os Estados
UnidosUnidos
IX - DESEMPREGO ESTRUTURAL X
NOVOS EMPREGOS = CONSEQUENCIA
• Umas das causas do desemprego é a
automação de vários setores, em substituição à
mão-de-obra humana. Caixas automáticos
tomam lugar dos caixas de banco, fábricas
robotizadas dispensam operários, escritórios
informatizados prescindem datilógrafos e
contadores.
• Novas oportunidades surgem, por exemplo, na
área de informática, com o surgimento de um novo
tipo de empresa, as de “inteligência intensiva”, que
se diferenciam das indústrias de capital ou mão-
de-obra intensivas.
DIREITOS HUMANOS.DIREITOS HUMANOS.
FOME X MISÉRIA.FOME X MISÉRIA.
QUAL A PIOR DOR?QUAL A PIOR DOR?
Início doInício do
século XXIséculo XXI
DoutrinaDoutrina
BushBush
Linha de ação baseada em umLinha de ação baseada em um
conjunto de princípios, que permitemconjunto de princípios, que permitem
ao governo dos Estados Unidos:ao governo dos Estados Unidos:
•defender-se de modo preventivo edefender-se de modo preventivo e
antecipado;antecipado;
•estabelecer alianças com outrosestabelecer alianças com outros
países para derrotar o terrorismo nopaíses para derrotar o terrorismo no
mundo;mundo;
•não permitir a ascensão de qualquernão permitir a ascensão de qualquer
país a uma situação de potênciapaís a uma situação de potência
militar.militar.
Essa linha de ação poderá sofrerEssa linha de ação poderá sofrer
alterações com a chegada ao poderalterações com a chegada ao poder
do presidente Obama, que, jádo presidente Obama, que, já
ordenou, por exemplo, o fechamentoordenou, por exemplo, o fechamento
da prisão de Guantánamo, em Cubada prisão de Guantánamo, em Cuba
DOUTRINA BUSH E O EIXO DODOUTRINA BUSH E O EIXO DO
MALMAL
TERRORISMO!TERRORISMO!
E OS LÍDERES COM ISSO?!E OS LÍDERES COM ISSO?!
““a tua piscina tá cheiaa tua piscina tá cheia
de ratos,de ratos,
as tuas idéias nãoas tuas idéias não
correspondem aoscorrespondem aos
fatos...fatos...
o tempo não pára...”o tempo não pára...”
CazuzaCazuza
QUEM É O MOCINHO E QUEM ÉQUEM É O MOCINHO E QUEM É
O BANDIDO DESSA HISTÓRIA?O BANDIDO DESSA HISTÓRIA?
O presidente do Irã,
Mahmoud Ahmadinejad.
Osama Bin Laden
Presidente da Coréia do
Norte, Kim Jong-Il
O cabeleireiro
Bush apara as
pontas do cabelo
de Kim Jong Il...
com Ahmadinejad
a espreitar
sorrateiramente...
NOVOS TIGRES DO SUL E DONOVOS TIGRES DO SUL E DO
ORIENTEORIENTE
• Aparecimento de novos centros de poder econômico
(Japão e Alemanha) um no extremo oriente e outro
dentro da Europa..
• Não podemos esquecer que economia, política, meios
militares, cultura estão intimamente ligados e que uns
sem os outros não funcionam e à medida que os “novos
tigres do Sul e do Oriente” se desenvolvem, todas as
instituições criadas sob a égide americana – FMI,
NATO, Conselho de Segurança das Nações Unidas –
terão de se abrir se não quiserem perder a sua
legitimidade neste mundo cada vez mais multipolar e
interdependente
O BRASIL DIANTE DISSOO BRASIL DIANTE DISSO
TUDO...TUDO...
A partir de 2003 começaram asA partir de 2003 começaram as
mudanças!mudanças!
• Iniciou ciclo de crescimento e redução deIniciou ciclo de crescimento e redução de
desigualdades; 25,9 milhões de brasileiros subiram paradesigualdades; 25,9 milhões de brasileiros subiram para
classe C;classe C;
• Poder de consumo cresceu 15% em 5 anos;Poder de consumo cresceu 15% em 5 anos;
• Agricultura: produtores têm crédito, garantia de preços eAgricultura: produtores têm crédito, garantia de preços e
seguro contra perdas em razão do clima;seguro contra perdas em razão do clima;
• Aquisição de imóvel ficou mais fácil;Aquisição de imóvel ficou mais fácil;
• Programa de Aceleração do Crescimento – urbanizaçãoPrograma de Aceleração do Crescimento – urbanização
de favelas é prioridade;de favelas é prioridade;
• Investimento em Educação: 2003 – 19bilhoes / 2009 –Investimento em Educação: 2003 – 19bilhoes / 2009 –
59bilhoes;59bilhoes;
• Criação da UAB – Universidade Aberta do Brasil paraCriação da UAB – Universidade Aberta do Brasil para
preparar melhor os professores;preparar melhor os professores;
O BRASIL DIANTE DISSOO BRASIL DIANTE DISSO
TUDO...TUDO...
• Saúde: remédios 90% mais baratos – Farmácia PopularSaúde: remédios 90% mais baratos – Farmácia Popular
• 12 milhoes de empregos foram criados em 7 anos;12 milhoes de empregos foram criados em 7 anos;
• Maior liderança mundial na produção de biocombustíveis;Maior liderança mundial na produção de biocombustíveis;
• Política Externa: conquistas internas e ação diplomática dãoPolítica Externa: conquistas internas e ação diplomática dão
respeito ao Brasil diante de política mundial;respeito ao Brasil diante de política mundial;
• Participa do Conselho de Segurança da ONU;Participa do Conselho de Segurança da ONU;
• 2.400 militares do Exército e da Marinha estão em missão de paz –2.400 militares do Exército e da Marinha estão em missão de paz –
Haiti;Haiti;
• Consolida-se como nação democrática ao promover o diálogo entreConsolida-se como nação democrática ao promover o diálogo entre
gestores públicos e a população;gestores públicos e a população;
• Recorde histórico em investimento naRecorde histórico em investimento na SegurançaSegurança Pública; 6,7Pública; 6,7
bilhões até o fim de 2010;bilhões até o fim de 2010;
• Mulheres: sem violência e com igualdade:Lei Maria da Penha;Mulheres: sem violência e com igualdade:Lei Maria da Penha;
• Indígenas: Soluciona impasses históricos: 41,5 milhões de hectaresIndígenas: Soluciona impasses históricos: 41,5 milhões de hectares
homologados em 7 anos;homologados em 7 anos;
AÇÕES A SEREMAÇÕES A SEREM
DISCUTIDAS (ainda)...DISCUTIDAS (ainda)...
• TerrorismoTerrorismo
• Fome e Miséria MundialFome e Miséria Mundial
• NarcotráficoNarcotráfico
• Violência (todo o tipo)Violência (todo o tipo)
• RacismoRacismo
• SegurançaSegurança
• PazPaz
• SaúdeSaúde
• EmpregoEmprego
• MoradiaMoradia
• Inclusão SocialInclusão Social
• EducaçãoEducação
Jeová seja louvado em toda terra habitada, em nome de Jesus Cristo, amém!
BIBLIOGRAFIABIBLIOGRAFIA
• Tempos de Mundialização: Marcos Maciel
• GLOBALIZAÇÃO rumo a um governo mundial ou uma nova forma
de cidadania? : Ana Cristina Ferreira
• MERCOSUL E A NOVA ORDEM MUNDIAL: HELIO JAGUARIBE
• A INTERNET E A GLOBALIZAÇÃO: Antonio Eudes Nunes
Moreira
• A Globalização: Silvia Giambatiani Oliveira
• Neoliberalismo e Globalização: Lazaro Curvelo Chaves
• Internet
Palavras da BíbliaPalavras da Bíblia
Quando estiverem
dizendo: “Paz e
segurança!” então lhes
há de sobrevir
instantaneamente a
repentina destruição...
e de modo algum
escaparão.
1Te 5:3
Gracias
tchicos i
tchicas!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Industrialização brasil
Industrialização brasilIndustrialização brasil
Industrialização brasil
edsonluz
 
Espaço geografico e globalização
Espaço geografico e globalizaçãoEspaço geografico e globalização
Espaço geografico e globalização
José Maria Ribeiro
 
Espaço urbano
Espaço urbano  Espaço urbano
Espaço urbano
Salageo Cristina
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Cristina Gouveia
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Cristina Gouveia
 
Geografia a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...
Geografia   a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...Geografia   a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...
Geografia a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...
Gustavo Soares
 
Conflitos mundiais
Conflitos mundiaisConflitos mundiais
Conflitos mundiais
karolpoa
 
População brasileira e estrutura da população
População brasileira e estrutura da populaçãoPopulação brasileira e estrutura da população
População brasileira e estrutura da população
Rodrigo Baglini
 
Geopolítica dos EUA
Geopolítica dos EUAGeopolítica dos EUA
Geopolítica dos EUA
GUILHERME FRANÇA
 
Violência Urbana e Geografia
Violência Urbana e GeografiaViolência Urbana e Geografia
Violência Urbana e Geografia
Eduardo Mendes
 
Divisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalhoDivisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalho
Artur Lara
 
Teorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da populaçãoTeorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da população
robertobraz
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
Uilson Pereira da Silva
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
karolpoa
 
Por Outra Globalização - Milton Santos
Por Outra Globalização - Milton SantosPor Outra Globalização - Milton Santos
Por Outra Globalização - Milton Santos
Arquidamea Dunice
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Gilmar Rodrigues
 
Geopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra Mundial
Geopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra MundialGeopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra Mundial
Geopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra Mundial
Eddieuepg
 
Diferentes formas de regionalizar o mundo
Diferentes formas de regionalizar o mundoDiferentes formas de regionalizar o mundo
Diferentes formas de regionalizar o mundo
Lauro Corrêa
 
Globalização
Globalização Globalização
Globalização
juniorcaraubas
 
Geografia geopolitica mundial atual
Geografia   geopolitica mundial atualGeografia   geopolitica mundial atual
Geografia geopolitica mundial atual
Gustavo Soares
 

Mais procurados (20)

Industrialização brasil
Industrialização brasilIndustrialização brasil
Industrialização brasil
 
Espaço geografico e globalização
Espaço geografico e globalizaçãoEspaço geografico e globalização
Espaço geografico e globalização
 
Espaço urbano
Espaço urbano  Espaço urbano
Espaço urbano
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Geografia a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...
Geografia   a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...Geografia   a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...
Geografia a evolucao da dit (divisao internacional do trabalho) do colonial...
 
Conflitos mundiais
Conflitos mundiaisConflitos mundiais
Conflitos mundiais
 
População brasileira e estrutura da população
População brasileira e estrutura da populaçãoPopulação brasileira e estrutura da população
População brasileira e estrutura da população
 
Geopolítica dos EUA
Geopolítica dos EUAGeopolítica dos EUA
Geopolítica dos EUA
 
Violência Urbana e Geografia
Violência Urbana e GeografiaViolência Urbana e Geografia
Violência Urbana e Geografia
 
Divisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalhoDivisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalho
 
Teorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da populaçãoTeorias demográficas e estrutura da população
Teorias demográficas e estrutura da população
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Por Outra Globalização - Milton Santos
Por Outra Globalização - Milton SantosPor Outra Globalização - Milton Santos
Por Outra Globalização - Milton Santos
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Geopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra Mundial
Geopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra MundialGeopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra Mundial
Geopolitica, Imperialismo e a 1° e 2° Guerra Mundial
 
Diferentes formas de regionalizar o mundo
Diferentes formas de regionalizar o mundoDiferentes formas de regionalizar o mundo
Diferentes formas de regionalizar o mundo
 
Globalização
Globalização Globalização
Globalização
 
Geografia geopolitica mundial atual
Geografia   geopolitica mundial atualGeografia   geopolitica mundial atual
Geografia geopolitica mundial atual
 

Destaque

Nova Ordem Mundial
Nova Ordem MundialNova Ordem Mundial
Nova Ordem Mundial
Rayanna Rolim
 
Collor
CollorCollor
Geopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacaoGeopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacao
profleofonseca
 
O Brasil No Mundo
O Brasil No MundoO Brasil No Mundo
O Brasil No Mundo
ProfMario De Mori
 
O brasil e a globalização sociologia
O brasil e a globalização sociologiaO brasil e a globalização sociologia
O brasil e a globalização sociologia
Nábila Quennet
 
A globalização
A globalizaçãoA globalização
A globalização
profacacio
 
GlobalizaçãO
GlobalizaçãOGlobalizaçãO
GlobalizaçãO
rsaloes
 
Vantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalizaçãoVantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalização
Zé Stinson
 
9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordem9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordem
Renata Cabral
 
O Brasil na nova ordem mundial
O Brasil na nova ordem mundialO Brasil na nova ordem mundial
O Brasil na nova ordem mundial
Jeovanny Costa
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Aula brasil nova ordem mundial
Aula brasil nova ordem mundialAula brasil nova ordem mundial
Aula brasil nova ordem mundial
Igor Vinicius
 
O brasil e a nova ordem mundial
O brasil e a nova ordem mundialO brasil e a nova ordem mundial
O brasil e a nova ordem mundial
Adelmo Silva
 
A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)
Paulo Alexandre
 
O governo Collor e Itamar Franco
O governo Collor e Itamar FrancoO governo Collor e Itamar Franco
O governo Collor e Itamar Franco
Thays Maia
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Luciano Pessanha
 

Destaque (16)

Nova Ordem Mundial
Nova Ordem MundialNova Ordem Mundial
Nova Ordem Mundial
 
Collor
CollorCollor
Collor
 
Geopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacaoGeopolítica e globalizacao
Geopolítica e globalizacao
 
O Brasil No Mundo
O Brasil No MundoO Brasil No Mundo
O Brasil No Mundo
 
O brasil e a globalização sociologia
O brasil e a globalização sociologiaO brasil e a globalização sociologia
O brasil e a globalização sociologia
 
A globalização
A globalizaçãoA globalização
A globalização
 
GlobalizaçãO
GlobalizaçãOGlobalizaçãO
GlobalizaçãO
 
Vantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalizaçãoVantagens e desvantagens da globalização
Vantagens e desvantagens da globalização
 
9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordem9º ano a nova ordem
9º ano a nova ordem
 
O Brasil na nova ordem mundial
O Brasil na nova ordem mundialO Brasil na nova ordem mundial
O Brasil na nova ordem mundial
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Aula brasil nova ordem mundial
Aula brasil nova ordem mundialAula brasil nova ordem mundial
Aula brasil nova ordem mundial
 
O brasil e a nova ordem mundial
O brasil e a nova ordem mundialO brasil e a nova ordem mundial
O brasil e a nova ordem mundial
 
A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)
 
O governo Collor e Itamar Franco
O governo Collor e Itamar FrancoO governo Collor e Itamar Franco
O governo Collor e Itamar Franco
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 

Semelhante a Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial

GlobalizaçãO
GlobalizaçãOGlobalizaçãO
GlobalizaçãO
Glauber Moraes
 
O Fenómeno da Globalização
O Fenómeno da GlobalizaçãoO Fenómeno da Globalização
O Fenómeno da Globalização
Michele Pó
 
O fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptxO fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptx
HelderNunes21
 
As origens do Capitalismo e Socialismo
As origens do Capitalismo e SocialismoAs origens do Capitalismo e Socialismo
As origens do Capitalismo e Socialismo
FelipeCampos227582
 
Contradições da globalização
Contradições da globalizaçãoContradições da globalização
Contradições da globalização
Colégio Nova Geração COC
 
Novas tecnologias _consumo_e_sustentabilidade
Novas tecnologias _consumo_e_sustentabilidadeNovas tecnologias _consumo_e_sustentabilidade
Novas tecnologias _consumo_e_sustentabilidade
Antonio Marcos Oliveira
 
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização   pos em geografia FIESOrdem internacional e globalização   pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIES
FACULDADE ESPÍRITA
 
www.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalização
www.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalizaçãowww.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalização
www.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalização
Antônia Sampaio
 
www.aulasapoio.com.br - Geografia - Globalização
www.aulasapoio.com.br  - Geografia - Globalizaçãowww.aulasapoio.com.br  - Geografia - Globalização
www.aulasapoio.com.br - Geografia - Globalização
Bárbara Cristina
 
www.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalização
www.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalizaçãowww.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalização
www.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalização
Lucia Silveira
 
Escola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - Subdesenvolvimento
Escola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - SubdesenvolvimentoEscola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - Subdesenvolvimento
Escola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - Subdesenvolvimento
Valter Batista de Souza
 
Umanovaordemeconomicamundial
UmanovaordemeconomicamundialUmanovaordemeconomicamundial
Umanovaordemeconomicamundial
Lena Nabais
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Kelmmany Wesley
 
Globalização e-a-nova-ordem-mundial
Globalização e-a-nova-ordem-mundialGlobalização e-a-nova-ordem-mundial
Globalização e-a-nova-ordem-mundial
julio2012souto
 
1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU
1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU
1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU
Carlos Eduardo Oliveira
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Globalização
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Globalização www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Globalização
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Globalização
Aulas De Geografia Apoio
 
SUBDESENVOLVIMENTO.pptx
SUBDESENVOLVIMENTO.pptxSUBDESENVOLVIMENTO.pptx
SUBDESENVOLVIMENTO.pptx
Eliel Viscardis
 
O mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra friaO mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra fria
Isabel Aguiar
 
Ciencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SP
Ciencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SPCiencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SP
Ciencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SP
ANTONIO INACIO FERRAZ
 
O capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográficoO capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográfico
Maricleia Alves
 

Semelhante a Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial (20)

GlobalizaçãO
GlobalizaçãOGlobalizaçãO
GlobalizaçãO
 
O Fenómeno da Globalização
O Fenómeno da GlobalizaçãoO Fenómeno da Globalização
O Fenómeno da Globalização
 
O fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptxO fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptx
 
As origens do Capitalismo e Socialismo
As origens do Capitalismo e SocialismoAs origens do Capitalismo e Socialismo
As origens do Capitalismo e Socialismo
 
Contradições da globalização
Contradições da globalizaçãoContradições da globalização
Contradições da globalização
 
Novas tecnologias _consumo_e_sustentabilidade
Novas tecnologias _consumo_e_sustentabilidadeNovas tecnologias _consumo_e_sustentabilidade
Novas tecnologias _consumo_e_sustentabilidade
 
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização   pos em geografia FIESOrdem internacional e globalização   pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIES
 
www.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalização
www.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalizaçãowww.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalização
www.TutoresDePlantao.Com.Br - Geografia - Globalização
 
www.aulasapoio.com.br - Geografia - Globalização
www.aulasapoio.com.br  - Geografia - Globalizaçãowww.aulasapoio.com.br  - Geografia - Globalização
www.aulasapoio.com.br - Geografia - Globalização
 
www.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalização
www.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalizaçãowww.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalização
www.aulaparticularonline.net.br - Geografia - Globalização
 
Escola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - Subdesenvolvimento
Escola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - SubdesenvolvimentoEscola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - Subdesenvolvimento
Escola Pastor Paiva - 3° Ano A e B - Geografia - Subdesenvolvimento
 
Umanovaordemeconomicamundial
UmanovaordemeconomicamundialUmanovaordemeconomicamundial
Umanovaordemeconomicamundial
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Globalização e-a-nova-ordem-mundial
Globalização e-a-nova-ordem-mundialGlobalização e-a-nova-ordem-mundial
Globalização e-a-nova-ordem-mundial
 
1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU
1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU
1ª LISTA DE REVISÃO GEOGRAFIA CADU
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Globalização
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Globalização www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Globalização
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Globalização
 
SUBDESENVOLVIMENTO.pptx
SUBDESENVOLVIMENTO.pptxSUBDESENVOLVIMENTO.pptx
SUBDESENVOLVIMENTO.pptx
 
O mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra friaO mundo pos guerra fria
O mundo pos guerra fria
 
Ciencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SP
Ciencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SPCiencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SP
Ciencias sociais ii-antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip assis SP
 
O capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográficoO capitalismo e a construção do espaço geográfico
O capitalismo e a construção do espaço geográfico
 

Mais de Cristiane Freitas

A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETOA NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
Cristiane Freitas
 
A história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
A história tecida à mão da Palestina e da JordâniaA história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
A história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
Cristiane Freitas
 
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologia
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologiaTapetes de oraçao islamica e sua simbologia
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologia
Cristiane Freitas
 
Nomes Arabes com significado em Portugues
Nomes Arabes com significado em PortuguesNomes Arabes com significado em Portugues
Nomes Arabes com significado em Portugues
Cristiane Freitas
 
O Egito Antigo - da Pre Dinastia ao Novo Reino
O Egito Antigo  - da Pre Dinastia ao Novo ReinoO Egito Antigo  - da Pre Dinastia ao Novo Reino
O Egito Antigo - da Pre Dinastia ao Novo Reino
Cristiane Freitas
 
Brasil - 500 anos de povoamento
Brasil - 500 anos de povoamentoBrasil - 500 anos de povoamento
Brasil - 500 anos de povoamento
Cristiane Freitas
 
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dCO Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
Cristiane Freitas
 
Delicious Dates -
Delicious Dates - Delicious Dates -
Delicious Dates -
Cristiane Freitas
 
Travel can be fun! leeson plan
Travel can be fun! leeson planTravel can be fun! leeson plan
Travel can be fun! leeson plan
Cristiane Freitas
 
01 - A Sura da Abertura
01 - A Sura da Abertura01 - A Sura da Abertura
01 - A Sura da Abertura
Cristiane Freitas
 
O Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
O Alcorao SAgrado em Portugues e ArabeO Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
O Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
Cristiane Freitas
 
Risk managment in aviation environment
Risk managment in aviation environmentRisk managment in aviation environment
Risk managment in aviation environment
Cristiane Freitas
 
Cargo security
Cargo securityCargo security
Cargo security
Cristiane Freitas
 
Dicionario arabe egipcio
Dicionario arabe egipcioDicionario arabe egipcio
Dicionario arabe egipcio
Cristiane Freitas
 
A oração no islam
A oração no islamA oração no islam
A oração no islam
Cristiane Freitas
 
A ultima religiao divina islam
A ultima religiao divina   islamA ultima religiao divina   islam
A ultima religiao divina islam
Cristiane Freitas
 
Fundamentos do islam
Fundamentos do islamFundamentos do islam
Fundamentos do islam
Cristiane Freitas
 
Uma anfora de agua
Uma anfora de aguaUma anfora de agua
Uma anfora de agua
Cristiane Freitas
 
O caminho para o alcorao
O caminho para o alcoraoO caminho para o alcorao
O caminho para o alcorao
Cristiane Freitas
 

Mais de Cristiane Freitas (20)

A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETOA NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
A NOVA CALIFORNIA - LIMA BARRETO
 
A história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
A história tecida à mão da Palestina e da JordâniaA história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
A história tecida à mão da Palestina e da Jordânia
 
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologia
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologiaTapetes de oraçao islamica e sua simbologia
Tapetes de oraçao islamica e sua simbologia
 
Nomes Arabes com significado em Portugues
Nomes Arabes com significado em PortuguesNomes Arabes com significado em Portugues
Nomes Arabes com significado em Portugues
 
O Egito Antigo - da Pre Dinastia ao Novo Reino
O Egito Antigo  - da Pre Dinastia ao Novo ReinoO Egito Antigo  - da Pre Dinastia ao Novo Reino
O Egito Antigo - da Pre Dinastia ao Novo Reino
 
Brasil - 500 anos de povoamento
Brasil - 500 anos de povoamentoBrasil - 500 anos de povoamento
Brasil - 500 anos de povoamento
 
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dCO Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
O Egito Antigo - 3500aC - 2005dC
 
Delicious Dates -
Delicious Dates - Delicious Dates -
Delicious Dates -
 
Travel can be fun! leeson plan
Travel can be fun! leeson planTravel can be fun! leeson plan
Travel can be fun! leeson plan
 
01 - A Sura da Abertura
01 - A Sura da Abertura01 - A Sura da Abertura
01 - A Sura da Abertura
 
O Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
O Alcorao SAgrado em Portugues e ArabeO Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
O Alcorao SAgrado em Portugues e Arabe
 
Risk managment in aviation environment
Risk managment in aviation environmentRisk managment in aviation environment
Risk managment in aviation environment
 
Cargo security
Cargo securityCargo security
Cargo security
 
Dicionario arabe egipcio
Dicionario arabe egipcioDicionario arabe egipcio
Dicionario arabe egipcio
 
A oração no islam
A oração no islamA oração no islam
A oração no islam
 
A ultima religiao divina islam
A ultima religiao divina   islamA ultima religiao divina   islam
A ultima religiao divina islam
 
Fundamentos do islam
Fundamentos do islamFundamentos do islam
Fundamentos do islam
 
Uma anfora de agua
Uma anfora de aguaUma anfora de agua
Uma anfora de agua
 
Oracao para ocasioes
Oracao para ocasioesOracao para ocasioes
Oracao para ocasioes
 
O caminho para o alcorao
O caminho para o alcoraoO caminho para o alcorao
O caminho para o alcorao
 

Último

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 

Último (20)

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 

Brasil, Globalização e a Nova Ordem Mundial

  • 1.
  • 3. O QUE É GLOBALIZAÇÃO? É o conjunto de transformações na ordem social, cultural, política e econômica mundial que vem acontecendo nas últimas décadas.
  • 4. GLOBALIZAÇÃO E AGLOBALIZAÇÃO E A NOVA ORDEM MUNDIALNOVA ORDEM MUNDIAL Alguma coisa Está fora da ordem Fora da nova ordem Mundial... Olhe bem... Folha de S. Paulo. 6 jun. 1999. p. A-2.
  • 5. ORIGEM DA NOVA ORDEMORIGEM DA NOVA ORDEM MUNDIALMUNDIAL •1ª Guerra Mundial = 1914 - 1918 Deu indícios do surgimento de uma nova grande potência... os EUA!! •No final da 1ª Guerra Mundial já se pode observar que os Estados Unidos da América estavam se transformando numa grande potência, graças ao seu crescente poderio econômico-militar. •Mas processo começou no final do séc. XIX
  • 6. 1ª GUERRA MUNDIAL1ª GUERRA MUNDIAL CREMATORIO AUSCHWITZ - ALEMANHA BOMBA ATOMICA LANÇADA SOBRE IROSHIMA E NAGASAKI - JAPAO
  • 7. ORIGEM DA NOVA ORDEMORIGEM DA NOVA ORDEM MUNDIALMUNDIAL EUA & Grã-BretanhaEUA & Grã-Bretanha juntos formavam o eixo do poder econômico da terra inteira. • Durante três semanas de julho de 1944, do dia 1º ao dia 22, 730 delegados de 44 países do mundo então em guerra, reuniram-se em Bretton Woods, nos Estados Unidos, para definirem uma Nova Ordem Econômica Mundial. • A reunião centrou-se ao redor dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha, •Reunião de Bretton Woods = 1944Reunião de Bretton Woods = 1944
  • 8. ORIGEM DA NOVA ORDEMORIGEM DA NOVA ORDEM MUNDIALMUNDIAL • Durante a Segunda Guerra, os EUA atravessaram um período de crescimento econômico acelerado. Assim, quando o conflito terminou, sua economia estava dinamizada, e esse país assumia o papel de maior credor do mundo capitalista •2ª Guerra Mundial = 1939 - 1945
  • 9. 2ª GUERRA MUNDIAL2ª GUERRA MUNDIAL
  • 10. NOVA ORDEM MUNDIAL:NOVA ORDEM MUNDIAL: tudo REALMENTE começou quando...tudo REALMENTE começou quando... • Fim da bipolaridade mundial:Fim da bipolaridade mundial: socialismo x capitalismo.socialismo x capitalismo. Apenas o capitalismo reinou!Apenas o capitalismo reinou! • Fim da Guerra Fria EUA xFim da Guerra Fria EUA x URSSURSS • Fim da Corrida ArmamentistaFim da Corrida Armamentista •Queda do Muro de Berlim = 1989Queda do Muro de Berlim = 1989
  • 11. O Muro de Berlim não apenas separava uma cidade e um povo. Ele simbolizava o mundo dividido pelos sistemas capitalista e socialista. A sua destruição, iniciada pelo povo de Berlim, na noite de 9 de novembro de 1989, pôs abaixo não apenas o muro material; mais do que isso, rompeu com o mais significativo símbolo da Guerra Fria: a bipolaridade. MURO DE BERLIM UM MARCO HISTÓRICO
  • 13. 2009 – 20 ANOS SEM O MURO PORTAL DE BRANDENBURGO ROSAS AO REDOR DO QUE RESTOU DO MURO BONO VOX ABERTURA COM FOGOS DE ARTIFICO EM 2009 EXPOSIÇÃO DE ARTE – FERRAMENTAS DE REFERENCIA AO COMUNISMO UMA RÉPLICA DO MURO COM ARTE CONSAGRAÇÃO CAPITALISTACONSAGRAÇÃO CAPITALISTA
  • 14. O MUNDOO MUNDO COMO ERACOMO ERA ANTES...ANTES... O MUNDOO MUNDO FICOUFICOU ASSIM...ASSIM... O MUNDO ERA BIPOLAR EUA X URSS
  • 15. DIVISÃO SUL X NORTEDIVISÃO SUL X NORTE
  • 16. NORTE = RICOS E DESENVOLVIDOS SUL = POBRES E SUBDESENVOLVIDOS
  • 17.
  • 18. NOVO MILÊNIO:NOVO MILÊNIO: MUNDO MULTIPOLAR ouMUNDO MULTIPOLAR ou “UNIPOLAR”?“UNIPOLAR”? • Os Estados Unidos agora dividem o poder com as economias em ascensão do Japão e da União Européia num novo equilíbrio mundial: a nova multipolaridade, com três pólos de poder. • Unipolaridade militar dos EUA: maior potencial mundial em armas
  • 19. NOVA ORDEM MULTIPOLAR Três grandes blocos
  • 20. E NOVA (DES)ORDEM MUNDIALE NOVA (DES)ORDEM MUNDIAL
  • 21. CARACTERÍSTICAS DA NOVACARACTERÍSTICAS DA NOVA ORDEM MUNDIALORDEM MUNDIAL • As alianças entre nações são feitas agora pelo grau de afinidade econômico-comercial existente entre um e outro país. Deixando de lado a questão ideológica o que impera agora é a questão mercadológica. • O nível de poder de um país agora é medido pelo seu desenvolvimento científico e tecnológico, com destaque para o conhecimento cientifico na áreas de informática e biotecnologia.
  • 22. I – AI – A INTERNACIONALIZAÇÃOINTERNACIONALIZAÇÃO DO CAPITALDO CAPITAL Desde que surgiu, e devido àDesde que surgiu, e devido à sua essência - produzir parasua essência - produzir para o mercado, objetivando oo mercado, objetivando o lucro e, conseqüentemente, alucro e, conseqüentemente, a acumulação da riqueza - oacumulação da riqueza - o capitalismo sempre tendeu àcapitalismo sempre tendeu à internacionalização, ou seja,internacionalização, ou seja, à incorporação do maiorà incorporação do maior número possível de povos ounúmero possível de povos ou nações ao espaço sob o seunações ao espaço sob o seu domínio.domínio.
  • 23. II - CORPORAÇÕES TRANSNACIONAIS A globalização é marcada pela expansão mundial das grandes corporações internacionais. A cadeia de fast food Macdonald’s, por exemplo, possui 18 mil restaurantes em 91 países. Essas corporações exercem um papel decisivo na economia mundial.
  • 24. AS TRANSNACIONAIS BUSCAM: • NOVOS MERCADOS CONSUMIDORES • INCENTIVOS E ISENÇÃO FISCAL • MÃO-DE-OBRA BARATA E QUALIFICADA • PROXIMIDADE DAS ÁREAS DE MATÉRIA- PRIMA • ESPAÇOS COM BOA INFRA-ESTRUTURA DE ESCOAMENTO E CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E DE TELECOMUNICAÇÕES
  • 25.
  • 26. III - A NOVA DIT - DIVISAOIII - A NOVA DIT - DIVISAO INTERNACIONAL DOINTERNACIONAL DO TRABALHOTRABALHO Antes = metrópoles vendiam às colônias Agora = filiais se instalam em paísesAgora = filiais se instalam em países subdesenvolvidos, mão-de-obrasubdesenvolvidos, mão-de-obra barata, baixos impostos ebarata, baixos impostos e empregado melhorempregado melhor remunerado...remunerado...deixam de ser apenas fornecedores de alimentos e matérias-primas para o mercado internacional para se tomarem produtores e até exportadores de produtos industrializados. O Brasil é um bom exemplo disso.
  • 27. IV – ACELERAÇÃOIV – ACELERAÇÃO ECONOMICA EECONOMICA E TECNOLOGICATECNOLOGICA A tecnologia desenvolvidaA tecnologia desenvolvida durante a Segunda Guerradurante a Segunda Guerra Mundial estabeleceu um novoMundial estabeleceu um novo padrão de desenvolvimentopadrão de desenvolvimento tecnológico, que levou àtecnológico, que levou à modernização e a posteriormodernização e a posterior automatização da indústria. Comautomatização da indústria. Com a automatização industrial,a automatização industrial, aceleraram-se os processos deaceleraram-se os processos de fabricação, o que permitiu grandefabricação, o que permitiu grande aumento e diversificação daaumento e diversificação da produção.produção.
  • 28. A rede mundial de computadores quebra barreiras e vai, cada vez mais, ligando as pessoas e espalhando as idéias, formando assim uma grande Aldeia Global. Saber ler, falar e entender a língua inglesa torna-se fundamental dentro deste contexto, pois é o idioma universal e o instrumento pelo qual as pessoas podem se comunicar. V - INTERNET, ALDEIAV - INTERNET, ALDEIA GLOBAL E A LINGUAGLOBAL E A LINGUA INGLESAINGLESA
  • 29.
  • 30. HÁ MUITO TEMPO ATRÁS...HÁ MUITO TEMPO ATRÁS...
  • 31. VI - GLOBALIZAÇÃO:VI - GLOBALIZAÇÃO: NOVAS EXPRESSÕESNOVAS EXPRESSÕES • FÁBRICA GLOBALFÁBRICA GLOBAL - cada- cada etapa do processo produtivoetapa do processo produtivo é desenvolvida em um paísé desenvolvida em um país diferente, de acordo com asdiferente, de acordo com as vantagens e asvantagens e as possibilidades de lucro quepossibilidades de lucro que oferece.oferece. • ALDEIA GLOBALALDEIA GLOBAL - Com os- Com os diferentes sistemas dediferentes sistemas de comunicação, uma pessoacomunicação, uma pessoa pode acompanhar ospode acompanhar os acontecimentos de qualqueracontecimentos de qualquer parte do mundo no exatoparte do mundo no exato momento em que ocorrem.momento em que ocorrem. Ex: Internet, TV porEx: Internet, TV por assinatura...assinatura... • ECONOMIA MUNDOECONOMIA MUNDO - as empresas- as empresas transnacionais romperam as fronteirastransnacionais romperam as fronteiras nacionais e estabeleceram umanacionais e estabeleceram uma relação de interdependênciarelação de interdependência econômica com raízes muitoeconômica com raízes muito profundas.profundas. • INTERDEPENDÊNCIAINTERDEPENDÊNCIA - Os países- Os países são dependentes uns dos outros, poissão dependentes uns dos outros, pois os governos nacionais não conseguemos governos nacionais não conseguem resolver individualmente seusresolver individualmente seus principais problemas econômicos,principais problemas econômicos, sociais ou ambientais.sociais ou ambientais. • PAÍSES EMERGENTESPAÍSES EMERGENTES -- Alguns países,Alguns países, mesmo que subdesenvolvidos, são industrializados oumesmo que subdesenvolvidos, são industrializados ou estão em fase de industrialização; por isso, oferecemestão em fase de industrialização; por isso, oferecem boas oportunidades para investimentos internacionais.boas oportunidades para investimentos internacionais. Entre os países emergentesEntre os países emergentes destacam-se a China, a Rússia, adestacam-se a China, a Rússia, a India e o Brasil.India e o Brasil.
  • 33. VII – REGIONALIZAÇÃO:VII – REGIONALIZAÇÃO: BLOCOS ECONOMICOSBLOCOS ECONOMICOS São associações de países, em geral de uma mesma região Geográfica, que estabelecem relações comerciais privilegiadas entre si e atuam de forma conjunta no mercado internacional.
  • 34.
  • 36. VII.I - ESTÁGIOS DOS BLOCOS ECONÔMICOS • ÁREA DE LIVRE COMÉRCIO • UNIÃO ADUANEIRA • MERCADO COMUM • UNIÃO MONETÁRIA • UNIÃO POLÍTICA
  • 37. ETAPAS DA INTEGRAÇÃOETAPAS DA INTEGRAÇÃO ECONOMICAECONOMICA • A integração de economias regionais obtém-se pela aproximaçãoA integração de economias regionais obtém-se pela aproximação das políticas econômicas e da pertinente legislação dos países quedas políticas econômicas e da pertinente legislação dos países que fazem parte de uma aliança. Com isso, pretende-se criar um blocofazem parte de uma aliança. Com isso, pretende-se criar um bloco econômico que possibilite um maior desenvolvimento para todos oseconômico que possibilite um maior desenvolvimento para todos os membros da associação. Vejamos a seguir cada etapa domembros da associação. Vejamos a seguir cada etapa do processo:processo: • Primeira etapa: zona de livre comércioPrimeira etapa: zona de livre comércio – criação de uma zona– criação de uma zona em que as mercadorias provenientes dos países membros podemem que as mercadorias provenientes dos países membros podem circular livremente. Nessa zona, as tarifas alfandegárias sãocircular livremente. Nessa zona, as tarifas alfandegárias são eliminadas e há flexibilidade nos padrões de produção, controleeliminadas e há flexibilidade nos padrões de produção, controle sanitário e de fronteiras.sanitário e de fronteiras. • Segunda etapa: união aduaneiraSegunda etapa: união aduaneira – além da zona de livre– além da zona de livre comércio, essa etapa envolve a negociação de tarifas alfandegáriascomércio, essa etapa envolve a negociação de tarifas alfandegárias comuns para o comércio realizado com outros países.comuns para o comércio realizado com outros países.
  • 38. ETAPAS DA INTEGRAÇÃOETAPAS DA INTEGRAÇÃO ECONOMICAECONOMICA • Terceira etapa: mercado comumTerceira etapa: mercado comum – engloba as duas fases– engloba as duas fases anteriores e acrescenta a livre circulação de pessoa, serviços eanteriores e acrescenta a livre circulação de pessoa, serviços e capitais.capitais. • Quarta etapa: união monetáriaQuarta etapa: união monetária – essa fase pressupõe a– essa fase pressupõe a existência de um mercado comum em pleno funcionamento.existência de um mercado comum em pleno funcionamento. Consiste na coordenação das políticas econômicas dos paísesConsiste na coordenação das políticas econômicas dos países membros e na criação de um único banco central para emitir amembros e na criação de um único banco central para emitir a moeda que será utilizada por todos.moeda que será utilizada por todos. • Quinta etapa: união políticaQuinta etapa: união política – a união política engloba todas as– a união política engloba todas as anteriores e envolve também a unificação das políticas de relaçõesanteriores e envolve também a unificação das políticas de relações internacionais, defesa, segurança interna e externa.internacionais, defesa, segurança interna e externa.
  • 39. OS “NIC’s” – NOVOS PAÍSESOS “NIC’s” – NOVOS PAÍSES INDUSTRIALIZADOSINDUSTRIALIZADOS
  • 40. VIII – ATORES – ORGANIZAÇÕES MUNDIAIS • Por que precisamos deles??Por que precisamos deles?? • “Quando o Estado é grande demais para exercer diretamente todas as tarefas que lhe incubem, a resposta chama-se localização e proximidade ao cidadão”
  • 41. Org. das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) Org. para a Coop. e Desenv. Econ. (OCDE) Banco Mundial Fundo Monet. Intl (FMI) Org. Mundial de Comércio (OMC), Org. das Nações Unidas (ONU), Atores da paz, ordem e segurança “há razões para se olhar o mundo como uma única ordem social.”
  • 42. ATORESATORES Posição País PIB (milhões de USD) 2009 —  Mundo 58,070,000— EstadosUnidos 14,430,000 Japão 5,108,000 Alemanha 3,273,000  França 2,666,000  Reino Unido 2,198,000  Itália 2,090,000  Canada 1,335,000 Russia 1,232,000  TOTAL G-8: 32.332.000 + PAISES: 25.738.000 HOJE JÁ SÃO G20G20 E O BRASIL ESTÁ EM 8º LUGAR COM O PIB DE: USD 1,499,000
  • 43. ATORESATORES • Manter a ordem política dentro doManter a ordem política dentro do continente europeu, Proteger oscontinente europeu, Proteger os interesses econômicos das potênciasinteresses econômicos das potências ocidentais;ocidentais; •• Manter vivo os interesses da indústriaManter vivo os interesses da indústria armamentista norte americana earmamentista norte americana e européia;européia; •• Reafirmar o poder militar dos estadosReafirmar o poder militar dos estados unidos no mundo multipolar -unidos no mundo multipolar - PaxPax AmericanaAmericana – Paz imposta de acordo com– Paz imposta de acordo com os interesses americanos.os interesses americanos. •• Conter de forma incisiva os avanços doConter de forma incisiva os avanços do terrorismo no continente europeu;terrorismo no continente europeu; •• Resguardar os paises membros dasResguardar os paises membros das instabilidades políticos existente no lesteinstabilidades políticos existente no leste europeu.europeu. •• Proteger os países do continente europeuProteger os países do continente europeu de uma possível ameaça russade uma possível ameaça russa
  • 45. • corresponde a forma como o EUAcorresponde a forma como o EUA ver os outros países do mundo, poisver os outros países do mundo, pois a partir da utilização da Paxa partir da utilização da Pax americana verificamos que o governoamericana verificamos que o governo americano deixa de respeitar aamericano deixa de respeitar a soberania dos demais estadossoberania dos demais estados nações, por achar que sãonações, por achar que são superiores a qualquer outrasuperiores a qualquer outra civilização inclusive a européia. Umcivilização inclusive a européia. Um exemplo dessa Pax americana foi aexemplo dessa Pax americana foi a Guerra do Golfo no início da décadaGuerra do Golfo no início da década de 1990.de 1990.
  • 46.
  • 47. A PAZA PAZ Cura do mundoCura do mundo Vamos fazer um lugar melhorVamos fazer um lugar melhor Para você, para mim e toda a raça humana!Para você, para mim e toda a raça humana! (Michael Jackson)(Michael Jackson)
  • 48. Aquecimento GlobalAquecimento Global PROTOCOLO DE KYOTO - 1997PROTOCOLO DE KYOTO - 1997 • Efeito EstufaEfeito Estufa • Países maiores emissores de gás COPaíses maiores emissores de gás CO2:2: China, Estados Unidos, Rússia, Índia,China, Estados Unidos, Rússia, Índia, Brasil, Japão, Alemanha, Canadá,Brasil, Japão, Alemanha, Canadá, Reino Unido e Coreia do Sul.Reino Unido e Coreia do Sul. • Em busca de alternativas paraEm busca de alternativas para minimizar o aquecimento global, 162minimizar o aquecimento global, 162 países assinaram o Protocolo de Kyotopaíses assinaram o Protocolo de Kyoto em 1997em 1997 • Porém, vários países não fizeramPorém, vários países não fizeram nenhum esforço para que a meta sejanenhum esforço para que a meta seja atingida, o principal é os Estadosatingida, o principal é os Estados UnidosUnidos
  • 49. IX - DESEMPREGO ESTRUTURAL X NOVOS EMPREGOS = CONSEQUENCIA • Umas das causas do desemprego é a automação de vários setores, em substituição à mão-de-obra humana. Caixas automáticos tomam lugar dos caixas de banco, fábricas robotizadas dispensam operários, escritórios informatizados prescindem datilógrafos e contadores. • Novas oportunidades surgem, por exemplo, na área de informática, com o surgimento de um novo tipo de empresa, as de “inteligência intensiva”, que se diferenciam das indústrias de capital ou mão- de-obra intensivas.
  • 51. FOME X MISÉRIA.FOME X MISÉRIA. QUAL A PIOR DOR?QUAL A PIOR DOR?
  • 52. Início doInício do século XXIséculo XXI DoutrinaDoutrina BushBush Linha de ação baseada em umLinha de ação baseada em um conjunto de princípios, que permitemconjunto de princípios, que permitem ao governo dos Estados Unidos:ao governo dos Estados Unidos: •defender-se de modo preventivo edefender-se de modo preventivo e antecipado;antecipado; •estabelecer alianças com outrosestabelecer alianças com outros países para derrotar o terrorismo nopaíses para derrotar o terrorismo no mundo;mundo; •não permitir a ascensão de qualquernão permitir a ascensão de qualquer país a uma situação de potênciapaís a uma situação de potência militar.militar. Essa linha de ação poderá sofrerEssa linha de ação poderá sofrer alterações com a chegada ao poderalterações com a chegada ao poder do presidente Obama, que, jádo presidente Obama, que, já ordenou, por exemplo, o fechamentoordenou, por exemplo, o fechamento da prisão de Guantánamo, em Cubada prisão de Guantánamo, em Cuba
  • 53. DOUTRINA BUSH E O EIXO DODOUTRINA BUSH E O EIXO DO MALMAL
  • 54. TERRORISMO!TERRORISMO! E OS LÍDERES COM ISSO?!E OS LÍDERES COM ISSO?! ““a tua piscina tá cheiaa tua piscina tá cheia de ratos,de ratos, as tuas idéias nãoas tuas idéias não correspondem aoscorrespondem aos fatos...fatos... o tempo não pára...”o tempo não pára...” CazuzaCazuza
  • 55. QUEM É O MOCINHO E QUEM ÉQUEM É O MOCINHO E QUEM É O BANDIDO DESSA HISTÓRIA?O BANDIDO DESSA HISTÓRIA? O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. Osama Bin Laden Presidente da Coréia do Norte, Kim Jong-Il O cabeleireiro Bush apara as pontas do cabelo de Kim Jong Il... com Ahmadinejad a espreitar sorrateiramente...
  • 56.
  • 57. NOVOS TIGRES DO SUL E DONOVOS TIGRES DO SUL E DO ORIENTEORIENTE • Aparecimento de novos centros de poder econômico (Japão e Alemanha) um no extremo oriente e outro dentro da Europa.. • Não podemos esquecer que economia, política, meios militares, cultura estão intimamente ligados e que uns sem os outros não funcionam e à medida que os “novos tigres do Sul e do Oriente” se desenvolvem, todas as instituições criadas sob a égide americana – FMI, NATO, Conselho de Segurança das Nações Unidas – terão de se abrir se não quiserem perder a sua legitimidade neste mundo cada vez mais multipolar e interdependente
  • 58. O BRASIL DIANTE DISSOO BRASIL DIANTE DISSO TUDO...TUDO... A partir de 2003 começaram asA partir de 2003 começaram as mudanças!mudanças! • Iniciou ciclo de crescimento e redução deIniciou ciclo de crescimento e redução de desigualdades; 25,9 milhões de brasileiros subiram paradesigualdades; 25,9 milhões de brasileiros subiram para classe C;classe C; • Poder de consumo cresceu 15% em 5 anos;Poder de consumo cresceu 15% em 5 anos; • Agricultura: produtores têm crédito, garantia de preços eAgricultura: produtores têm crédito, garantia de preços e seguro contra perdas em razão do clima;seguro contra perdas em razão do clima; • Aquisição de imóvel ficou mais fácil;Aquisição de imóvel ficou mais fácil; • Programa de Aceleração do Crescimento – urbanizaçãoPrograma de Aceleração do Crescimento – urbanização de favelas é prioridade;de favelas é prioridade; • Investimento em Educação: 2003 – 19bilhoes / 2009 –Investimento em Educação: 2003 – 19bilhoes / 2009 – 59bilhoes;59bilhoes; • Criação da UAB – Universidade Aberta do Brasil paraCriação da UAB – Universidade Aberta do Brasil para preparar melhor os professores;preparar melhor os professores;
  • 59. O BRASIL DIANTE DISSOO BRASIL DIANTE DISSO TUDO...TUDO... • Saúde: remédios 90% mais baratos – Farmácia PopularSaúde: remédios 90% mais baratos – Farmácia Popular • 12 milhoes de empregos foram criados em 7 anos;12 milhoes de empregos foram criados em 7 anos; • Maior liderança mundial na produção de biocombustíveis;Maior liderança mundial na produção de biocombustíveis; • Política Externa: conquistas internas e ação diplomática dãoPolítica Externa: conquistas internas e ação diplomática dão respeito ao Brasil diante de política mundial;respeito ao Brasil diante de política mundial; • Participa do Conselho de Segurança da ONU;Participa do Conselho de Segurança da ONU; • 2.400 militares do Exército e da Marinha estão em missão de paz –2.400 militares do Exército e da Marinha estão em missão de paz – Haiti;Haiti; • Consolida-se como nação democrática ao promover o diálogo entreConsolida-se como nação democrática ao promover o diálogo entre gestores públicos e a população;gestores públicos e a população; • Recorde histórico em investimento naRecorde histórico em investimento na SegurançaSegurança Pública; 6,7Pública; 6,7 bilhões até o fim de 2010;bilhões até o fim de 2010; • Mulheres: sem violência e com igualdade:Lei Maria da Penha;Mulheres: sem violência e com igualdade:Lei Maria da Penha; • Indígenas: Soluciona impasses históricos: 41,5 milhões de hectaresIndígenas: Soluciona impasses históricos: 41,5 milhões de hectares homologados em 7 anos;homologados em 7 anos;
  • 60.
  • 61. AÇÕES A SEREMAÇÕES A SEREM DISCUTIDAS (ainda)...DISCUTIDAS (ainda)... • TerrorismoTerrorismo • Fome e Miséria MundialFome e Miséria Mundial • NarcotráficoNarcotráfico • Violência (todo o tipo)Violência (todo o tipo) • RacismoRacismo • SegurançaSegurança • PazPaz • SaúdeSaúde • EmpregoEmprego • MoradiaMoradia • Inclusão SocialInclusão Social • EducaçãoEducação Jeová seja louvado em toda terra habitada, em nome de Jesus Cristo, amém!
  • 62. BIBLIOGRAFIABIBLIOGRAFIA • Tempos de Mundialização: Marcos Maciel • GLOBALIZAÇÃO rumo a um governo mundial ou uma nova forma de cidadania? : Ana Cristina Ferreira • MERCOSUL E A NOVA ORDEM MUNDIAL: HELIO JAGUARIBE • A INTERNET E A GLOBALIZAÇÃO: Antonio Eudes Nunes Moreira • A Globalização: Silvia Giambatiani Oliveira • Neoliberalismo e Globalização: Lazaro Curvelo Chaves • Internet
  • 63. Palavras da BíbliaPalavras da Bíblia Quando estiverem dizendo: “Paz e segurança!” então lhes há de sobrevir instantaneamente a repentina destruição... e de modo algum escaparão. 1Te 5:3