SlideShare uma empresa Scribd logo
Avaliando
Conforme Deus Avalia
Por Silvio Dutra
Set/2017
2
A474a
Alves, Silvio Dutra
Avaliando Conforme Deus Avalia / Silvio Dutra
Alves. – Rio de Janeiro, 2017.
11p.; 14,8x21cm
1. Teologia. 2. Vida Cristã. 3. Graça. 4.
Santificação.
I. Título.
CDD 230.227
3
Se pretendemos fazer uma avaliação real,
honesta e correta da vontade de Deus, sobretudo
em relação à santidade que é esperada por Ele de
nós, é necessário que o façamos estando
fortificados pela graça, andando no Espírito, pois
não é incomum que se atribua grandes distorções
ao pensamento do que seja tal vontade, quando
nos encontramos em estado de fraqueza espiritual,
andando na carne e segundo o curso de
pensamento deste mundo.
Quando somos fracos para a carne, somos fortes
no Espírito, mas quando somos fracos no Espirito,
quem se fortalece é a carne, e nada do que é
gerado pela carne pode ser efetivamente
espiritual.
Sendo Deus espírito, importa que possa ser
somente conhecido em espírito, e, em
consequência, se somos fracos no espírito, não
podemos realizar uma justa avaliação de qual seja
a boa, perfeita e agradável vontade de Deus. Esta
é a razão de que mesmo entre os crentes se veja
noções muito incorretas do que seja um viver
santo, pois, uma mentalidade carnal e mundana,
não somente é incapaz de conhecer o que seja a
verdadeira santificação, como também não pode
manifestar qualquer interesse real por ela.
4
Os conceitos que são tão essenciais e que se
encontram intimamente ligados à santificação
real, como por exemplo, os de mortificação, de
renovação, de despojamento do velho homem e
revestimento do novo, da autonegação e do
verdadeiro carregar da cruz, não apenas são
desconhecidos nestes casos, como também
chegam a ponto de operar verdadeiro pavor em
somente se pensar neles, como sendo coisas
inalcançáveis, impossíveis e exageradas. E a
rigor, o são de fato se consideradas do ponto-de-
vista da carne, pois não se encontra no poder da
carne a possibilidade de estar sujeita a elas.
O prazer em tais noções ligadas à santidade só
pode ser achado naqueles que estão sendo
santificados de fato pelo Espírito Santo, e
mediante a prática da Palavra, pois é todo o desejo
deles cumprir somente o que seja da vontade de
Deus em todo o seu procedimento, ainda que isto
lhes custe ter que passar por várias provações da
fé, para serem aperfeiçoados na referida
santidade.
Agora, de onde decorre toda esta dificuldade para
sintonizarmos a nossa vontade com a do Senhor?
Tudo começou na Queda, no Pecado Original no
Jardim do Éden, quando o homem escolheu viver
desligado da Cabeça Divina, sem levar em conta
5
que é inteiramente dependente do Criador para ter
a vida espiritual abundante para a qual havia sido
destinado a alcançar em graus cada vez maiores,
pela íntima comunhão com o próprio Cristo.
Ao escolher a vontade de Satanás, e não a do
Criador, caiu em estado de rebelião, sujeitando ao
referido estado toda a sua descendência.
Tornou-se escravo do pecado, do diabo e de si
mesmo, e não desfruta da liberdade daqueles que
são prisioneiros da graça de Deus, ligados a Ele
pelos laços do amor eterno.
Nesta condição, como poderia ter prazer em viver
pela vontade de um outro, a saber de Jesus Cristo,
designado para ser a Cabeça dos homens eleitos
para serem os verdadeiros filhos de Deus?
Como poderiam ter a mesma satisfação plena do
próprio Filho Unigênito em se submeter
inteiramente ao Pai, estando desligados da Cabeça
Santa e Eleita que foi designada pelo Pai para
governar seus espíritos e vontade?
Não é sem motivo que a Bíblia declara como
maldito o homem que confia no mero homem para
ser o Seu Guia, Pai e Senhor nas questões relativas
à vida espiritual eterna, pois todo aquele que o
fizer será achado debaixo de maldição, pois a
6
bênção divina para o homem pode ser encontrada
somente quando a sua confiança está inteiramente
depositada em Cristo. e vivendo debaixo do Seu
jugo, direção e instrução.
Então, quando um crente não anda no Espírito,
não segue e não vive as instruções da Palavra de
Deus, fazendo dela a sua única regra de fé e de
prática, será inútil tentar tratar com ele sobre
assuntos espirituais, pois o seu coração não está
cheio da Palavra, e a boca fala somente daquilo de
que o coração está cheio, e geralmente, nestes
casos transborda com as coisas que são do mundo,
das que são daqui debaixo, e não das que são de
Deus e do alto.
Muitos vão ficando cada vez mais endurecidos na
citada condição, e isto chega a tal ponto que
parece quase impossível trazê-los de volta ao
ponto de onde decaíram da graça. Afeiçoaram-se
ao mundo de tal maneira que tudo lhes parece
muito natural e lícito, ainda que haja entre o que
aprova coisas que sejam verdadeiras abominações
aos olhos de Deus, havendo inclusive entre elas
aquelas que são afirmadas diretamente na Palavra
como tal.
Este afastamento (apostasia) da fé e da verdade,
sobretudo por um procedimento resultante de uma
mentalidade carnal e mundana é uma das
7
características principais profetizadas na Bíblia
como sendo indicadoras da proximidade do
retorno do Senhor para julgar o mundo. A segunda
em ordem é o aumento da iniquidade que
conduzirá à manifestação do Anticristo.
O mundo está fervendo como um caldeirão que
cada vez fica mais borbulhante, e o pecado é visto
transbordando por todas as partes, sendo
banalizado por causa de sua ocorrência tão
comum. Parece algo aceitável, normal, ligado
indissoluvelmente à estrutura do homem, e com
isto se esquece que este foi criado perfeito, para
viver em perfeição diante do Seu Criador, por toda
a eternidade.
Cristo, e somente Ele, pode nos resgatar desta
miserável condição de escravidão ao pecado, de
modo que estando libertados, possamos viver
parar servir e amar a Deus e a todos os que são por
Ele gerados e amados.
Ninguém se iluda, pois sem santificação ninguém
poderá ver o Senhor (Hebreus 12.14).
Sem esta estranha forma de viver para os que são
do mundo, em que consiste a santificação,
ninguém chegará a conhecer a vontade de Deus, a
fazer uma justa avaliação da mesma, e o pior de
8
tudo, jamais poderá ser achado na Sua presença,
quer aqui embaixo, quer no por vir, lá no Céu.
Muito melhor então ser considerado um estranho
para o mundo, se a causa disto é a de ser um amigo
bem conhecido por Deus.
Não importa se somos abandonados, rejeitados,
perseguidos, desde que mantenhamos uma boa
consciência para com Deus e todas as pessoas que
são pela verdade.
Temos razão de dar muitas graças ao Senhor, que
não somente nos salvou, como também nos leva a
ficar interessados na salvação de outros, para que
também sejam transportados das trevas para a luz,
da potestade de Satanás para a de Deus, a fim de
serem santificados por meio da fé em Jesus.
Em nós mesmos somos fracos, mas no nosso Deus
somos feitos fortes.
Em nós não habita qualquer excelência que seja
de nós mesmos, mas temos a sobre-excelente
glória do poder do Espírito Santo que habita
nestes frágeis vasos de barro que são os nossos
corpos.
9
Não temos luz própria, mas a luz de Jesus é
refletida por nós, quando obedecemos os Seus
mandamentos e fazemos o que Lhe é agradável.
É Ele quem acende, e faz aumentar ou diminuir o
brilho da nossa lâmpada, de forma que somente a
Ele seja tributada toda a glória.
Bendito Senhor, bendito Salvador, bendito
Remidor, bendito Rei, Sacerdote e Profeta, que
nos faz compreender e nos capacita a fazer e a
sofrer a vontade de Deus com grande alegria em
nossos corações. Sem isto, nada somos, e ainda
que entreguemos o nosso corpo ao martírio,
distribuamos todos os nossos bens aos pobres, e
façamos muitas obras em nome de Deus, nada
somos, nada nos aproveitará no fim, quando nos
encontramos vazios do real conhecimento da
vontade de Deus para as nossas vidas, que é
sobretudo o de que nos santifiquemos mediante a
Sua Palavra, pelo poder, direção e instrução do
Espírito Santo.
“Porque esta é a vontade de Deus, a vossa
santificação; que vos abstenhais da fornicação; (1
Tessalonicenses 4:3)
“Ora, amados, pois que temos tais promessas,
purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e
10
do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor
de Deus.” (2 Coríntios 7:1)
“Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos
de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e
por fim a vida eterna.” (Romanos 6:22)
“Porque não nos chamou Deus para a imundícia,
mas para a santificação.” (1 Tessalonicenses 4:7)
“Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para
nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e
santificação, e redenção;” (1 Coríntios 1:30)
“Mas devemos sempre dar graças a Deus por vós,
irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus
elegido desde o princípio para a salvação, em
santificação do Espírito, e fé da verdade;” (2
Tessalonicenses 2:13)
“Segui a paz com todos, e a santificação, sem a
qual ninguém verá o Senhor;” (Hebreus 12:14)
“Eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em
santificação do Espírito, para a obediência e
aspersão do sangue de Jesus Cristo: Graça e paz
vos sejam multiplicadas.” (1 Pedro 1:2)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41
Silvio Dutra
 
Um Tratado Sobre Domínio do Pecado e da Graça
Um Tratado Sobre Domínio do Pecado e da GraçaUm Tratado Sobre Domínio do Pecado e da Graça
Um Tratado Sobre Domínio do Pecado e da Graça
Silvio Dutra
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
Elder Moraes
 
LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO
Lc Passold
 
A obra de deus (watchman nee)
A obra de deus (watchman nee)A obra de deus (watchman nee)
A obra de deus (watchman nee)
Deusdete Soares
 
Obediência
ObediênciaObediência
Obediência
Nério Júnior
 
Deus requer santificação aos cristãos 39
Deus requer santificação aos cristãos 39Deus requer santificação aos cristãos 39
Deus requer santificação aos cristãos 39
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45
Silvio Dutra
 
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃOCRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
Lc Passold
 
As batalhas espirituais finais - parte 6
As batalhas espirituais finais  - parte 6As batalhas espirituais finais  - parte 6
As batalhas espirituais finais - parte 6
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66
Silvio Dutra
 
O Que É Vida Eterna
O Que É Vida EternaO Que É Vida Eterna
O Que É Vida Eterna
Silvio Dutra
 
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
Lc Passold
 
Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65
Silvio Dutra
 
“Devemos Ter a Mente de Cristo”
“Devemos Ter a Mente de Cristo”“Devemos Ter a Mente de Cristo”
“Devemos Ter a Mente de Cristo”
JUERP
 
51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros
pohlos
 
FUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUSFUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUS
Lc Passold
 
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
Lc Passold
 
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
Lc Passold
 

Mais procurados (20)

Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41Deus requer santificação aos cristãos 41
Deus requer santificação aos cristãos 41
 
Um Tratado Sobre Domínio do Pecado e da Graça
Um Tratado Sobre Domínio do Pecado e da GraçaUm Tratado Sobre Domínio do Pecado e da Graça
Um Tratado Sobre Domínio do Pecado e da Graça
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
 
LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO LIVRE DO PODER DO PECADO
LIVRE DO PODER DO PECADO
 
A obra de deus (watchman nee)
A obra de deus (watchman nee)A obra de deus (watchman nee)
A obra de deus (watchman nee)
 
Obediência
ObediênciaObediência
Obediência
 
Deus requer santificação aos cristãos 39
Deus requer santificação aos cristãos 39Deus requer santificação aos cristãos 39
Deus requer santificação aos cristãos 39
 
Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44Deus requer santificação aos cristãos 44
Deus requer santificação aos cristãos 44
 
Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45Deus requer santificação aos cristãos 45
Deus requer santificação aos cristãos 45
 
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃOCRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
CRESCIMENTO ESPIRITUAL CRISTÃO
 
As batalhas espirituais finais - parte 6
As batalhas espirituais finais  - parte 6As batalhas espirituais finais  - parte 6
As batalhas espirituais finais - parte 6
 
Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66Deus requer santificação aos cristãos 66
Deus requer santificação aos cristãos 66
 
O Que É Vida Eterna
O Que É Vida EternaO Que É Vida Eterna
O Que É Vida Eterna
 
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65Deus requer santificação aos cristãos 65
Deus requer santificação aos cristãos 65
 
“Devemos Ter a Mente de Cristo”
“Devemos Ter a Mente de Cristo”“Devemos Ter a Mente de Cristo”
“Devemos Ter a Mente de Cristo”
 
51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros51. devemos amar uns aos outros
51. devemos amar uns aos outros
 
FUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUSFUGINDO DE DEUS
FUGINDO DE DEUS
 
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 

Semelhante a Avaliando conforme Deus avalia

Só se vê a deus com santificação - livro
Só se vê a deus com santificação - livroSó se vê a deus com santificação - livro
Só se vê a deus com santificação - livro
Silvio Dutra
 
O Deus de Santidade
O Deus de SantidadeO Deus de Santidade
O Deus de Santidade
Silvio Dutra
 
O Deus de santidade
O Deus de santidade    O Deus de santidade
O Deus de santidade
Silvio Dutra
 
As batalhas espirituais finais - parte 7
As batalhas espirituais finais  -  parte 7As batalhas espirituais finais  -  parte 7
As batalhas espirituais finais - parte 7
Silvio Dutra
 
Participantes da natureza divina
Participantes da natureza divina Participantes da natureza divina
Participantes da natureza divina
Sergio Schmidt
 
Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014
Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014
Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014
Gerson G. Ramos
 
Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13
Silvio Dutra
 
O apagar das graças do Espírito - John Dod
O apagar das graças do Espírito  -  John DodO apagar das graças do Espírito  -  John Dod
O apagar das graças do Espírito - John Dod
Silvio Dutra
 
12 mentiras
12 mentiras12 mentiras
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
iasdvilaveronica
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Silvio Dutra
 
Estudo adicional_Fé atuante_642014
Estudo adicional_Fé atuante_642014Estudo adicional_Fé atuante_642014
Estudo adicional_Fé atuante_642014
Gerson G. Ramos
 
Palestra fidelidade
Palestra fidelidadePalestra fidelidade
Palestra fidelidade
RUMO CURSOS E TREINAMENTOS
 
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
Ismael Rosa
 
Vocês Estão Ensinando Sobre Predestinação
Vocês Estão Ensinando Sobre PredestinaçãoVocês Estão Ensinando Sobre Predestinação
Vocês Estão Ensinando Sobre Predestinação
Silvio Dutra
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
A Verdade e a Realidade sobre Jesus e a Humanidade
A Verdade e a Realidade sobre Jesus e a HumanidadeA Verdade e a Realidade sobre Jesus e a Humanidade
A Verdade e a Realidade sobre Jesus e a Humanidade
Silvio Dutra
 
Santificação
SantificaçãoSantificação
Santificação
iasdvilaveronica
 
Deus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas Manton
Deus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas MantonDeus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas Manton
Deus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas Manton
Silvio Dutra
 
Justificado para Ser Justo
Justificado para Ser JustoJustificado para Ser Justo
Justificado para Ser Justo
Silvio Dutra
 

Semelhante a Avaliando conforme Deus avalia (20)

Só se vê a deus com santificação - livro
Só se vê a deus com santificação - livroSó se vê a deus com santificação - livro
Só se vê a deus com santificação - livro
 
O Deus de Santidade
O Deus de SantidadeO Deus de Santidade
O Deus de Santidade
 
O Deus de santidade
O Deus de santidade    O Deus de santidade
O Deus de santidade
 
As batalhas espirituais finais - parte 7
As batalhas espirituais finais  -  parte 7As batalhas espirituais finais  -  parte 7
As batalhas espirituais finais - parte 7
 
Participantes da natureza divina
Participantes da natureza divina Participantes da natureza divina
Participantes da natureza divina
 
Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014
Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014
Estudo adicional_Crescimento em Cristo_632014
 
Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13Deus requer santificação aos cristãos 13
Deus requer santificação aos cristãos 13
 
O apagar das graças do Espírito - John Dod
O apagar das graças do Espírito  -  John DodO apagar das graças do Espírito  -  John Dod
O apagar das graças do Espírito - John Dod
 
12 mentiras
12 mentiras12 mentiras
12 mentiras
 
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 75.pdf
 
Estudo adicional_Fé atuante_642014
Estudo adicional_Fé atuante_642014Estudo adicional_Fé atuante_642014
Estudo adicional_Fé atuante_642014
 
Palestra fidelidade
Palestra fidelidadePalestra fidelidade
Palestra fidelidade
 
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
 
Vocês Estão Ensinando Sobre Predestinação
Vocês Estão Ensinando Sobre PredestinaçãoVocês Estão Ensinando Sobre Predestinação
Vocês Estão Ensinando Sobre Predestinação
 
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptxebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
ebd-2o-trimestre-2018-licao-5-vivendo-uma-santa.pptx
 
A Verdade e a Realidade sobre Jesus e a Humanidade
A Verdade e a Realidade sobre Jesus e a HumanidadeA Verdade e a Realidade sobre Jesus e a Humanidade
A Verdade e a Realidade sobre Jesus e a Humanidade
 
Santificação
SantificaçãoSantificação
Santificação
 
Deus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas Manton
Deus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas MantonDeus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas Manton
Deus, a Causa Primeira - Negando a Autodependência. - Thomas Manton
 
Justificado para Ser Justo
Justificado para Ser JustoJustificado para Ser Justo
Justificado para Ser Justo
 

Mais de Silvio Dutra

Poder
PoderPoder
A Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaA Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma Aliança
Silvio Dutra
 
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Silvio Dutra
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Silvio Dutra
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Silvio Dutra
 
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialO Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
Silvio Dutra
 
O Começo e o Fim
O Começo e o FimO Começo e o Fim
O Começo e o Fim
Silvio Dutra
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67
Silvio Dutra
 
Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64
Silvio Dutra
 

Mais de Silvio Dutra (20)

Poder
PoderPoder
Poder
 
A Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma AliançaA Vida Alcançada por uma Aliança
A Vida Alcançada por uma Aliança
 
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
AJUSTE CRONOLÓGICO DAS VISÕES DO APOCALIPSE (segunda edição corrigida e ampli...
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 4.pdf
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 3.pdf
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 2
 
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdfSinais e Ameaças de Julgamentos  de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
Sinais e Ameaças de Julgamentos de um Povo, Igreja ou Nação – Parte 1.pdf
 
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdfDeus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
Deus Requer Santificação aos Cristãos 76.pdf
 
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz MundialO Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
O Pecado Inviabiliza a Paz Mundial
 
O Começo e o Fim
O Começo e o FimO Começo e o Fim
O Começo e o Fim
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
 
Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74Deus requer santificação aos cristãos 74
Deus requer santificação aos cristãos 74
 
Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73Deus requer santificação aos cristãos 73
Deus requer santificação aos cristãos 73
 
Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72Deus requer santificação aos cristãos 72
Deus requer santificação aos cristãos 72
 
Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71Deus requer santificação aos cristãos 71
Deus requer santificação aos cristãos 71
 
Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70Deus requer santificação aos cristãos 70
Deus requer santificação aos cristãos 70
 
Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69Deus requer santificação aos cristãos 69
Deus requer santificação aos cristãos 69
 
Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68Deus requer santificação aos cristãos 68
Deus requer santificação aos cristãos 68
 
Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67Deus requer santificação aos cristãos 67
Deus requer santificação aos cristãos 67
 
Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64Deus requer santificação aos cristãos 64
Deus requer santificação aos cristãos 64
 

Último

Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 

Último (14)

Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 

Avaliando conforme Deus avalia

  • 1. Avaliando Conforme Deus Avalia Por Silvio Dutra Set/2017
  • 2. 2 A474a Alves, Silvio Dutra Avaliando Conforme Deus Avalia / Silvio Dutra Alves. – Rio de Janeiro, 2017. 11p.; 14,8x21cm 1. Teologia. 2. Vida Cristã. 3. Graça. 4. Santificação. I. Título. CDD 230.227
  • 3. 3 Se pretendemos fazer uma avaliação real, honesta e correta da vontade de Deus, sobretudo em relação à santidade que é esperada por Ele de nós, é necessário que o façamos estando fortificados pela graça, andando no Espírito, pois não é incomum que se atribua grandes distorções ao pensamento do que seja tal vontade, quando nos encontramos em estado de fraqueza espiritual, andando na carne e segundo o curso de pensamento deste mundo. Quando somos fracos para a carne, somos fortes no Espírito, mas quando somos fracos no Espirito, quem se fortalece é a carne, e nada do que é gerado pela carne pode ser efetivamente espiritual. Sendo Deus espírito, importa que possa ser somente conhecido em espírito, e, em consequência, se somos fracos no espírito, não podemos realizar uma justa avaliação de qual seja a boa, perfeita e agradável vontade de Deus. Esta é a razão de que mesmo entre os crentes se veja noções muito incorretas do que seja um viver santo, pois, uma mentalidade carnal e mundana, não somente é incapaz de conhecer o que seja a verdadeira santificação, como também não pode manifestar qualquer interesse real por ela.
  • 4. 4 Os conceitos que são tão essenciais e que se encontram intimamente ligados à santificação real, como por exemplo, os de mortificação, de renovação, de despojamento do velho homem e revestimento do novo, da autonegação e do verdadeiro carregar da cruz, não apenas são desconhecidos nestes casos, como também chegam a ponto de operar verdadeiro pavor em somente se pensar neles, como sendo coisas inalcançáveis, impossíveis e exageradas. E a rigor, o são de fato se consideradas do ponto-de- vista da carne, pois não se encontra no poder da carne a possibilidade de estar sujeita a elas. O prazer em tais noções ligadas à santidade só pode ser achado naqueles que estão sendo santificados de fato pelo Espírito Santo, e mediante a prática da Palavra, pois é todo o desejo deles cumprir somente o que seja da vontade de Deus em todo o seu procedimento, ainda que isto lhes custe ter que passar por várias provações da fé, para serem aperfeiçoados na referida santidade. Agora, de onde decorre toda esta dificuldade para sintonizarmos a nossa vontade com a do Senhor? Tudo começou na Queda, no Pecado Original no Jardim do Éden, quando o homem escolheu viver desligado da Cabeça Divina, sem levar em conta
  • 5. 5 que é inteiramente dependente do Criador para ter a vida espiritual abundante para a qual havia sido destinado a alcançar em graus cada vez maiores, pela íntima comunhão com o próprio Cristo. Ao escolher a vontade de Satanás, e não a do Criador, caiu em estado de rebelião, sujeitando ao referido estado toda a sua descendência. Tornou-se escravo do pecado, do diabo e de si mesmo, e não desfruta da liberdade daqueles que são prisioneiros da graça de Deus, ligados a Ele pelos laços do amor eterno. Nesta condição, como poderia ter prazer em viver pela vontade de um outro, a saber de Jesus Cristo, designado para ser a Cabeça dos homens eleitos para serem os verdadeiros filhos de Deus? Como poderiam ter a mesma satisfação plena do próprio Filho Unigênito em se submeter inteiramente ao Pai, estando desligados da Cabeça Santa e Eleita que foi designada pelo Pai para governar seus espíritos e vontade? Não é sem motivo que a Bíblia declara como maldito o homem que confia no mero homem para ser o Seu Guia, Pai e Senhor nas questões relativas à vida espiritual eterna, pois todo aquele que o fizer será achado debaixo de maldição, pois a
  • 6. 6 bênção divina para o homem pode ser encontrada somente quando a sua confiança está inteiramente depositada em Cristo. e vivendo debaixo do Seu jugo, direção e instrução. Então, quando um crente não anda no Espírito, não segue e não vive as instruções da Palavra de Deus, fazendo dela a sua única regra de fé e de prática, será inútil tentar tratar com ele sobre assuntos espirituais, pois o seu coração não está cheio da Palavra, e a boca fala somente daquilo de que o coração está cheio, e geralmente, nestes casos transborda com as coisas que são do mundo, das que são daqui debaixo, e não das que são de Deus e do alto. Muitos vão ficando cada vez mais endurecidos na citada condição, e isto chega a tal ponto que parece quase impossível trazê-los de volta ao ponto de onde decaíram da graça. Afeiçoaram-se ao mundo de tal maneira que tudo lhes parece muito natural e lícito, ainda que haja entre o que aprova coisas que sejam verdadeiras abominações aos olhos de Deus, havendo inclusive entre elas aquelas que são afirmadas diretamente na Palavra como tal. Este afastamento (apostasia) da fé e da verdade, sobretudo por um procedimento resultante de uma mentalidade carnal e mundana é uma das
  • 7. 7 características principais profetizadas na Bíblia como sendo indicadoras da proximidade do retorno do Senhor para julgar o mundo. A segunda em ordem é o aumento da iniquidade que conduzirá à manifestação do Anticristo. O mundo está fervendo como um caldeirão que cada vez fica mais borbulhante, e o pecado é visto transbordando por todas as partes, sendo banalizado por causa de sua ocorrência tão comum. Parece algo aceitável, normal, ligado indissoluvelmente à estrutura do homem, e com isto se esquece que este foi criado perfeito, para viver em perfeição diante do Seu Criador, por toda a eternidade. Cristo, e somente Ele, pode nos resgatar desta miserável condição de escravidão ao pecado, de modo que estando libertados, possamos viver parar servir e amar a Deus e a todos os que são por Ele gerados e amados. Ninguém se iluda, pois sem santificação ninguém poderá ver o Senhor (Hebreus 12.14). Sem esta estranha forma de viver para os que são do mundo, em que consiste a santificação, ninguém chegará a conhecer a vontade de Deus, a fazer uma justa avaliação da mesma, e o pior de
  • 8. 8 tudo, jamais poderá ser achado na Sua presença, quer aqui embaixo, quer no por vir, lá no Céu. Muito melhor então ser considerado um estranho para o mundo, se a causa disto é a de ser um amigo bem conhecido por Deus. Não importa se somos abandonados, rejeitados, perseguidos, desde que mantenhamos uma boa consciência para com Deus e todas as pessoas que são pela verdade. Temos razão de dar muitas graças ao Senhor, que não somente nos salvou, como também nos leva a ficar interessados na salvação de outros, para que também sejam transportados das trevas para a luz, da potestade de Satanás para a de Deus, a fim de serem santificados por meio da fé em Jesus. Em nós mesmos somos fracos, mas no nosso Deus somos feitos fortes. Em nós não habita qualquer excelência que seja de nós mesmos, mas temos a sobre-excelente glória do poder do Espírito Santo que habita nestes frágeis vasos de barro que são os nossos corpos.
  • 9. 9 Não temos luz própria, mas a luz de Jesus é refletida por nós, quando obedecemos os Seus mandamentos e fazemos o que Lhe é agradável. É Ele quem acende, e faz aumentar ou diminuir o brilho da nossa lâmpada, de forma que somente a Ele seja tributada toda a glória. Bendito Senhor, bendito Salvador, bendito Remidor, bendito Rei, Sacerdote e Profeta, que nos faz compreender e nos capacita a fazer e a sofrer a vontade de Deus com grande alegria em nossos corações. Sem isto, nada somos, e ainda que entreguemos o nosso corpo ao martírio, distribuamos todos os nossos bens aos pobres, e façamos muitas obras em nome de Deus, nada somos, nada nos aproveitará no fim, quando nos encontramos vazios do real conhecimento da vontade de Deus para as nossas vidas, que é sobretudo o de que nos santifiquemos mediante a Sua Palavra, pelo poder, direção e instrução do Espírito Santo. “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação; (1 Tessalonicenses 4:3) “Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e
  • 10. 10 do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus.” (2 Coríntios 7:1) “Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.” (Romanos 6:22) “Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação.” (1 Tessalonicenses 4:7) “Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;” (1 Coríntios 1:30) “Mas devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito, e fé da verdade;” (2 Tessalonicenses 2:13) “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;” (Hebreus 12:14) “Eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas.” (1 Pedro 1:2)