SlideShare uma empresa Scribd logo
Dra. Nathércia Abrão
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Educação - Conceito
IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) Longevidade = Esperança de vida Conhecimento = Alfabetização... 2/3 de peso Média de anos de escolaridade ... 1/3 no peso Padrão de Vida =   Relação do PIB per capita dividido pelo número de pessoas ajustado (poder de compra local) OMS
Conceito OMS Saúde FÍSICO estar bem com o nosso corpo ESPIRITUAL satisfazer os nossos valores, o nosso  plano de vida SOCIAL nossos relacionamentos sociais em clima de harmonia MENTAL satisfazer as nossas necessidades de conhecimento e desenvolvimento  pessoal
9,1% 12% 15% IBGE: (pessoas > 60 anos) 2000 2010 2020 População Mundial
Geral Acima de 60 anos 2002 – 6 bilhões 2050 – 10 bilhões 2002 – 600 milhões 2050 – 2 bilhões População Mundial
Expectativa de vida (IBGE, 2001) 1950 - 2025 Mundo:  população de idosos crescerá  5  vezes Brasil:  população de idosos crescerá  16  vezes 43,2 anos 74 anos 1950 2025 População Mundial
“ Prolongar a juventude é desejo de todos, desfrutar de uma velhice sadia é sabedoria de poucos.” Cícero Qualidade de Vida
Saneamento e tratamento da água Era da Medicina: Descoberta de grandes medicamentos Avanços tecnológicos farmacêuticos e apoio a diagnósticos Longevidade 1 2
Tabagismo Hipertensão arterial Aumento dos triglicérides e colesterol Sedentarismo Stress Dieta inadequada: Câncer Doenças Coronarianas Hipertensão Arterial Diabetes Osteoporose Obesidade Fatores de Risco
Obesidade  Sedentarismo  Tabagismo  Diabetes  Hipert. Art.  20% 7,6% 80 70 60 50 40 30 20 10 0 80,8% 90 32,9% 20% Fatores de Risco
5,8 CV  EXT  NEO causa  RESP  I&P  Mortalidade por DCV no Brasil Masculino Feminino 28,8 37,6 21,8 6,4 6,5 10,3 11,8 12,7 15,6 40 35 30 25 20 15 10 5 0
90 Sedentarismo - Risco de Atividade Física Eventual - Atividade Física – 40 minutos 3 a 5 X Semana < Risco  CV em 40% - Caminhada Esteira ou Bicicleta Ergométrica - Hidroginástica – Natação – Futebol – Dança – Faxina da Casa – etc.
dieta: 35% cigarro: 30% infecção: 10% luz solar: 8% álcool: 5% ocupação: 4% história familiar: 2% poluição: 2% aditivos químicos: 1% 75% Câncer
Fase 1 Fase 2 Fase 3 Verde Amarelo Vermelho Envelhecimento bem sucedido Fragilizados Envelhecimento catastrófico Três fases (de acordo com o risco) Envelhecimento
Bem sucedido:   sem declínio físico, psíquico e social. Usual:  declínio com pouca influência na Qualidade de Vida. Frágil:  susceptibilidade. Incapacidade Funcional:  declínio de desempenho para auto-preservação. Catástrofe:  vida vegetativa. Envelhecimento
Principais causas de morte 75% alguma doença crônica 60% algum grau de incapacidade 10% totalmente dependentes Doenças cardiovasculares Doenças malignas Acidentes de trânsito Acima de 65 anos
Mudança no estilo de vida  (maior consciência  das opções  que faz no seu dia-a-dia) Diminuir a ambição Aumentar tolerância Diminuir a competição Longevidade
Autocuidado A importância de se cuidar permanentemente
Fase 1 Programas Preventivos Sistema de Educação para a Saúde: Palestras mensais Campanhas de prevenção “ Saúde como responsabilidade do indivíduo.” Bem sucedido Saúde
Fase 2 Clientes que “consomem” serviços de saúde: Busca ativa. Grupos de prevenção: equipe multidisciplinar. Estratégias de prevenção (grupos de risco). Frágil/Incapacidade funcional Saúde
Fase 3 Grupos de risco: > 60 anos:  internações por DPOC, pneumonia, diabetes, insuficiência cardíaca, câncer,  > 80 anos:  todos GESTÃO DO RISCO Envelhecimento Catastrófico Saúde
Manter o corpo em forma praticando exercícios, evitando  álcool, fumo e drogas,  alimentando-se de  forma   SAUDÁVEL. Equilíbrio Físico e Social
BENEFÍCIOS: diminui a gordura e aumenta a massa muscular baixa a concentração de lípide e aumenta HDL maior flexibilidade melhora os fatores mentais (endorfinas) MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA Equilíbrio Físico Adequado
“ Os que não encontram tempo para o exercício, terão que encontrar tempo para as doenças.” (Edward Derby) Qualidade de Vida no Trabalho
Uma vida melhor não depende de maiores recursos materiais, mas de posicionamento e de determinação. Equilíbrio Emocional e Afetivo
[object Object],Qualidade de Vida no Trabalho
[object Object],[object Object],Quem tem Medo das Mudanças
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Quem tem Medo das Mudanças
“ Se você ficar no mesmo nível do ano anterior, estará andando para trás.”   Evolução
Qualidade de vida está ligada a um conjunto de fatores, que vai desde o bem-estar físico até o equilíbrio emocional e afetivo, sem nenhuma relação direta com a situação financeira de cada um. Qualidade de Vida
[object Object],[object Object],[object Object],Mudar é preciso.  Mexa-se! Qualidade de Vida no Trabalho
“ Na vida das empresas e das pessoas não existe sucesso definitivo. O que pode ser definitivo é o fracasso.  E fracasso hoje  é esperar pelo sucesso  sem quebrar os velhos paradigmas”. Soichiro Honda Fundador da Honda Sucesso
“ A chave do sucesso não é fazer qualquer coisa 100% melhor, mas sim fazer 1% melhor 10 coisas diferentes, continuadamente.” Rolim Adolfo Amaro (TAM) O Caminho para Conquistar o Mercado
“ Encontre um trabalho que lhe dê prazer e você nunca terá de trabalhar na vida.”   Confúcio Muito obrigada! Dra. Nathércia Abrão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2 ética profissional
Aula 2   ética profissionalAula 2   ética profissional
Aula 2 ética profissional
Jéssika Monteiro
 
Introdução à Enfermagem do Trabalho
Introdução à Enfermagem do TrabalhoIntrodução à Enfermagem do Trabalho
Introdução à Enfermagem do Trabalho
Instituto Consciência GO
 
Slide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vidaSlide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vida
Mariana Freire
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
Centro Universitário Ages
 
A Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de Enfermagem
A Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de EnfermagemA Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de Enfermagem
A Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de Enfermagem
Centro Universitário Ages
 
Saúde do Idoso
Saúde do IdosoSaúde do Idoso
Saúde do Idoso
Ana Hollanders
 
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de SaúdeGestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Alex Eduardo Ribeiro
 
Aula saude do trabalhador 15 agosto_11
Aula saude do trabalhador 15 agosto_11Aula saude do trabalhador 15 agosto_11
Aula saude do trabalhador 15 agosto_11
Peter Cera
 
Saúde do Trabalhador
Saúde do TrabalhadorSaúde do Trabalhador
Saúde do Trabalhador
Milena Silva
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
Nome Sobrenome
 
SAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEMSAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEM
Carla Brochi
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Centro Universitário Ages
 
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeÉtica Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
Vadeilza Castilho
 
O trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúdeO trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúde
Luís Fernando Tófoli
 
Cartilha saúde trabalhador
Cartilha saúde trabalhadorCartilha saúde trabalhador
Educação e saúde: uma relação humana, política e didática
Educação e saúde: uma relação humana, política e didáticaEducação e saúde: uma relação humana, política e didática
Educação e saúde: uma relação humana, política e didática
Jonathan Sampaio
 
Aula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em SaúdeAula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Jesiele Spindler
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regular
Ismael Costa
 
Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)
Ana Hollanders
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágio
cristiane1981
 

Mais procurados (20)

Aula 2 ética profissional
Aula 2   ética profissionalAula 2   ética profissional
Aula 2 ética profissional
 
Introdução à Enfermagem do Trabalho
Introdução à Enfermagem do TrabalhoIntrodução à Enfermagem do Trabalho
Introdução à Enfermagem do Trabalho
 
Slide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vidaSlide - Qualidade de vida
Slide - Qualidade de vida
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
 
A Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de Enfermagem
A Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de EnfermagemA Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de Enfermagem
A Qualidade e a Avaliação dos Serviços de Saúde e de Enfermagem
 
Saúde do Idoso
Saúde do IdosoSaúde do Idoso
Saúde do Idoso
 
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de SaúdeGestão de Qualidade em Serviços de Saúde
Gestão de Qualidade em Serviços de Saúde
 
Aula saude do trabalhador 15 agosto_11
Aula saude do trabalhador 15 agosto_11Aula saude do trabalhador 15 agosto_11
Aula saude do trabalhador 15 agosto_11
 
Saúde do Trabalhador
Saúde do TrabalhadorSaúde do Trabalhador
Saúde do Trabalhador
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
 
SAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEMSAÚDE DO HOMEM
SAÚDE DO HOMEM
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
 
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeÉtica Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
 
O trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúdeO trabalho em equipe na saúde
O trabalho em equipe na saúde
 
Cartilha saúde trabalhador
Cartilha saúde trabalhadorCartilha saúde trabalhador
Cartilha saúde trabalhador
 
Educação e saúde: uma relação humana, política e didática
Educação e saúde: uma relação humana, política e didáticaEducação e saúde: uma relação humana, política e didática
Educação e saúde: uma relação humana, política e didática
 
Aula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em SaúdeAula - 1 Processo Trabalho em Saúde
Aula - 1 Processo Trabalho em Saúde
 
Aula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regularAula saúde do idoso - turma regular
Aula saúde do idoso - turma regular
 
Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)Curso Cuidador de Idoso (slides)
Curso Cuidador de Idoso (slides)
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágio
 

Semelhante a Aula Qualidade De Vida E Trabalho

Qualidade de vida.ppt1[1]
Qualidade de vida.ppt1[1]Qualidade de vida.ppt1[1]
Qualidade de vida.ppt1[1]
ducobra
 
Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?
Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?
Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?
Hospital Israelita Albert Einstein
 
Qualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na MaturidadeQualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na Maturidade
Rubens De Fraga Junior
 
2015_viva_com_esperanca.pdf
2015_viva_com_esperanca.pdf2015_viva_com_esperanca.pdf
2015_viva_com_esperanca.pdf
SeguradoraSP
 
Qualidade de vida como diferencial competitivo pessoal
Qualidade de vida como diferencial  competitivo pessoalQualidade de vida como diferencial  competitivo pessoal
Qualidade de vida como diferencial competitivo pessoal
WORKRESULT
 
Edição 13
Edição 13Edição 13
Edição 13
gimenezeassociados
 
Caderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimento
Caderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimentoCaderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimento
Caderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimento
ivone guedes borges
 
Palestra sv2
Palestra sv2Palestra sv2
Proposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade físicaProposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade física
Marcelo Santos
 
Proposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade físicaProposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade física
Marcelo Santos
 
Bem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano Recife
Bem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano RecifeBem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano Recife
Bem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano Recife
Central Bem Estar Spa Urbano Recife
 
Alimentação e nutrição
Alimentação e nutriçãoAlimentação e nutrição
Alimentação e nutrição
Luciana Foerstnow
 
I - SAÚDE
I - SAÚDEI - SAÚDE
I - SAÚDE
sandranascimento
 
Dê uma Chance para a sua VIDA
Dê uma Chance para a sua VIDADê uma Chance para a sua VIDA
Dê uma Chance para a sua VIDA
WORKRESULT
 
Towaki Brasil
Towaki BrasilTowaki Brasil
Towaki Brasil
towakijapan
 
A arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúdeA arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúde
Centro Universitário Ages
 
Envelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenau
Envelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenauEnvelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenau
Envelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenau
Alícia Souza
 
Hinode Fibra E Saude
Hinode  Fibra E  SaudeHinode  Fibra E  Saude
Hinode Fibra E Saude
Mambre
 
Bons hábitos e saúde_parte 3
Bons hábitos e saúde_parte 3Bons hábitos e saúde_parte 3
Bons hábitos e saúde_parte 3
Rebeka Figueiredo
 
CUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptx
CUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptxCUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptx
CUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptx
RafaelPereira518015
 

Semelhante a Aula Qualidade De Vida E Trabalho (20)

Qualidade de vida.ppt1[1]
Qualidade de vida.ppt1[1]Qualidade de vida.ppt1[1]
Qualidade de vida.ppt1[1]
 
Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?
Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?
Por que os exercícios físicos são grandes aliados da nossa saúde?
 
Qualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na MaturidadeQualidade De Vida Na Maturidade
Qualidade De Vida Na Maturidade
 
2015_viva_com_esperanca.pdf
2015_viva_com_esperanca.pdf2015_viva_com_esperanca.pdf
2015_viva_com_esperanca.pdf
 
Qualidade de vida como diferencial competitivo pessoal
Qualidade de vida como diferencial  competitivo pessoalQualidade de vida como diferencial  competitivo pessoal
Qualidade de vida como diferencial competitivo pessoal
 
Edição 13
Edição 13Edição 13
Edição 13
 
Caderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimento
Caderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimentoCaderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimento
Caderneta saude idosa da pessoa idosa - manual de preenchimento
 
Palestra sv2
Palestra sv2Palestra sv2
Palestra sv2
 
Proposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade físicaProposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade física
 
Proposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade físicaProposta para implantação de programa de atividade física
Proposta para implantação de programa de atividade física
 
Bem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano Recife
Bem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano RecifeBem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano Recife
Bem Estar 2019 -Central Bem Estar- Spa Urbano Recife
 
Alimentação e nutrição
Alimentação e nutriçãoAlimentação e nutrição
Alimentação e nutrição
 
I - SAÚDE
I - SAÚDEI - SAÚDE
I - SAÚDE
 
Dê uma Chance para a sua VIDA
Dê uma Chance para a sua VIDADê uma Chance para a sua VIDA
Dê uma Chance para a sua VIDA
 
Towaki Brasil
Towaki BrasilTowaki Brasil
Towaki Brasil
 
A arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúdeA arte de envelhecer com saúde
A arte de envelhecer com saúde
 
Envelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenau
Envelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenauEnvelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenau
Envelhecimento, saúde e qualidade de vida blumenau
 
Hinode Fibra E Saude
Hinode  Fibra E  SaudeHinode  Fibra E  Saude
Hinode Fibra E Saude
 
Bons hábitos e saúde_parte 3
Bons hábitos e saúde_parte 3Bons hábitos e saúde_parte 3
Bons hábitos e saúde_parte 3
 
CUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptx
CUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptxCUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptx
CUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA.pptx
 

Aula Qualidade De Vida E Trabalho

  • 2.
  • 3. IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) Longevidade = Esperança de vida Conhecimento = Alfabetização... 2/3 de peso Média de anos de escolaridade ... 1/3 no peso Padrão de Vida = Relação do PIB per capita dividido pelo número de pessoas ajustado (poder de compra local) OMS
  • 4. Conceito OMS Saúde FÍSICO estar bem com o nosso corpo ESPIRITUAL satisfazer os nossos valores, o nosso plano de vida SOCIAL nossos relacionamentos sociais em clima de harmonia MENTAL satisfazer as nossas necessidades de conhecimento e desenvolvimento pessoal
  • 5. 9,1% 12% 15% IBGE: (pessoas > 60 anos) 2000 2010 2020 População Mundial
  • 6. Geral Acima de 60 anos 2002 – 6 bilhões 2050 – 10 bilhões 2002 – 600 milhões 2050 – 2 bilhões População Mundial
  • 7. Expectativa de vida (IBGE, 2001) 1950 - 2025 Mundo: população de idosos crescerá 5 vezes Brasil: população de idosos crescerá 16 vezes 43,2 anos 74 anos 1950 2025 População Mundial
  • 8. “ Prolongar a juventude é desejo de todos, desfrutar de uma velhice sadia é sabedoria de poucos.” Cícero Qualidade de Vida
  • 9. Saneamento e tratamento da água Era da Medicina: Descoberta de grandes medicamentos Avanços tecnológicos farmacêuticos e apoio a diagnósticos Longevidade 1 2
  • 10. Tabagismo Hipertensão arterial Aumento dos triglicérides e colesterol Sedentarismo Stress Dieta inadequada: Câncer Doenças Coronarianas Hipertensão Arterial Diabetes Osteoporose Obesidade Fatores de Risco
  • 11. Obesidade Sedentarismo Tabagismo Diabetes Hipert. Art. 20% 7,6% 80 70 60 50 40 30 20 10 0 80,8% 90 32,9% 20% Fatores de Risco
  • 12. 5,8 CV EXT NEO causa RESP I&P Mortalidade por DCV no Brasil Masculino Feminino 28,8 37,6 21,8 6,4 6,5 10,3 11,8 12,7 15,6 40 35 30 25 20 15 10 5 0
  • 13. 90 Sedentarismo - Risco de Atividade Física Eventual - Atividade Física – 40 minutos 3 a 5 X Semana < Risco CV em 40% - Caminhada Esteira ou Bicicleta Ergométrica - Hidroginástica – Natação – Futebol – Dança – Faxina da Casa – etc.
  • 14. dieta: 35% cigarro: 30% infecção: 10% luz solar: 8% álcool: 5% ocupação: 4% história familiar: 2% poluição: 2% aditivos químicos: 1% 75% Câncer
  • 15. Fase 1 Fase 2 Fase 3 Verde Amarelo Vermelho Envelhecimento bem sucedido Fragilizados Envelhecimento catastrófico Três fases (de acordo com o risco) Envelhecimento
  • 16. Bem sucedido: sem declínio físico, psíquico e social. Usual: declínio com pouca influência na Qualidade de Vida. Frágil: susceptibilidade. Incapacidade Funcional: declínio de desempenho para auto-preservação. Catástrofe: vida vegetativa. Envelhecimento
  • 17. Principais causas de morte 75% alguma doença crônica 60% algum grau de incapacidade 10% totalmente dependentes Doenças cardiovasculares Doenças malignas Acidentes de trânsito Acima de 65 anos
  • 18. Mudança no estilo de vida (maior consciência das opções que faz no seu dia-a-dia) Diminuir a ambição Aumentar tolerância Diminuir a competição Longevidade
  • 19. Autocuidado A importância de se cuidar permanentemente
  • 20. Fase 1 Programas Preventivos Sistema de Educação para a Saúde: Palestras mensais Campanhas de prevenção “ Saúde como responsabilidade do indivíduo.” Bem sucedido Saúde
  • 21. Fase 2 Clientes que “consomem” serviços de saúde: Busca ativa. Grupos de prevenção: equipe multidisciplinar. Estratégias de prevenção (grupos de risco). Frágil/Incapacidade funcional Saúde
  • 22. Fase 3 Grupos de risco: > 60 anos: internações por DPOC, pneumonia, diabetes, insuficiência cardíaca, câncer, > 80 anos: todos GESTÃO DO RISCO Envelhecimento Catastrófico Saúde
  • 23. Manter o corpo em forma praticando exercícios, evitando álcool, fumo e drogas, alimentando-se de forma SAUDÁVEL. Equilíbrio Físico e Social
  • 24. BENEFÍCIOS: diminui a gordura e aumenta a massa muscular baixa a concentração de lípide e aumenta HDL maior flexibilidade melhora os fatores mentais (endorfinas) MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA Equilíbrio Físico Adequado
  • 25. “ Os que não encontram tempo para o exercício, terão que encontrar tempo para as doenças.” (Edward Derby) Qualidade de Vida no Trabalho
  • 26. Uma vida melhor não depende de maiores recursos materiais, mas de posicionamento e de determinação. Equilíbrio Emocional e Afetivo
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30. “ Se você ficar no mesmo nível do ano anterior, estará andando para trás.” Evolução
  • 31. Qualidade de vida está ligada a um conjunto de fatores, que vai desde o bem-estar físico até o equilíbrio emocional e afetivo, sem nenhuma relação direta com a situação financeira de cada um. Qualidade de Vida
  • 32.
  • 33. “ Na vida das empresas e das pessoas não existe sucesso definitivo. O que pode ser definitivo é o fracasso. E fracasso hoje é esperar pelo sucesso sem quebrar os velhos paradigmas”. Soichiro Honda Fundador da Honda Sucesso
  • 34. “ A chave do sucesso não é fazer qualquer coisa 100% melhor, mas sim fazer 1% melhor 10 coisas diferentes, continuadamente.” Rolim Adolfo Amaro (TAM) O Caminho para Conquistar o Mercado
  • 35. “ Encontre um trabalho que lhe dê prazer e você nunca terá de trabalhar na vida.” Confúcio Muito obrigada! Dra. Nathércia Abrão