SlideShare uma empresa Scribd logo
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS
131
Capítulo 4
BIOTECNOLOGIA
HABILIDADES DA BNCC
(EM13CNT310) Investigar e analisar
os efeitos de programas de infra-
estrutura e demais serviços bási-
cos (saneamento, energia elétrica,
transporte, telecomunicações, co-
bertura vacinal, atendimento primá-
rio àsaúdeeprodução dealimentos,
entre outros) e identificar necessidades locais e/
ou regionais em relação a esses serviços, a fim de
avaliar e/ou promover ações que contribuam para
a melhoria na qualidade de vida e nas condições
de saúde da população.
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM
(GO-EMCNT310H) Reconhecer a biotecnologia
como a área responsável pelo desenvolvimento de
métodos,processosetécnicasqueutilizamseresvi-
vos, considerando conhecimentos físicos, químicos
e biológicos para valorizar ações que promovam a
saúde, a produção de alimentos, matérias primas
ou produtos industriais de maneira sustentável.
OBJETOS DE CONHECIMENTO DO DC-GOEM
Biotecnologia
Biotecnologia do dicionário Aurélio = substantivo
feminino
GENÉTICA
1.estudo e desenvolvimento de organismos ge-
neticamente modificados e sua utilização para fins
produtivos.
2.tecnologiadesenvolvidaapartirdeconhecimen-
tos de uma ou de várias áreas da biologia, ger. com
finalidade produtiva.
Vacinas, antibióticos, clonagem, transgênicos,
fertilização in vitro, células tronco são exemplos de
produtos pesquisados na biotecnologia, caracterizan-
do assim, um ramo da biologia que desenvolve novas
tecnologias a partir de organismos ou utiliza a maté-
ria-primadeles.Combaseemprocessosmetabólicase
biomoleculares para aperfeiçoar e melhorar questões
que envolvem os seres vivos.
As cores são utilizadas na biotecnologia para iden-
tificar as suas áreas de atuação:
Imagem representando as cores de atuação da biotecnologia ex-
traída de: https://profissaobiotec.com.br/singularidade-da-bio-
tecnologia/ acessado 23/11/2022.
• Biotecnologia dourada: tecnologias para bioin-
formática e nano biotecnologia.
• Biotecnologia roxa: tecnologias para proprie-
dade intelectual e biossegurança.
• Biotecnologia preta: tecnologias utilizadas
como armamento biológico.
• Biotecnologia vermelha: tecnologias desenvol-
vidas para medicina e saúde humana.
• Biotecnologia branca: tecnologias para melho-
rar os processos industriais.
• Biotecnologia verde: tecnologias para a agri-
cultura.
• Biotecnologia azul: tecnologias para o aprovei-
tamento dos recursos marinhos.
• Biotecnologia amarela: tecnologias para nutri-
ção e produção de alimentos.
• Biotecnologia cinza: tecnologias para a prote-
ção e recuperação do meio ambiente.
• Biotecnologia marrom: tecnologias para o tra-
tamento do solo.
A biotecnologia se desenvolveu com auxílio da
Microbiologia, Biologia Molecular, Genética, Enge-
nharia e Informática, entre outras áreas, que foram
importantes para reduzir a gravidade e a fatalidade
de doenças, na prevenção e profilaxia, no diagnósti-
co de doenças precocemente, diminuição de custos,
acelerar ação produção industrial, criação plantas e
insumoscomcaracterísticasdesejáveisparaaumentar
o rendimento agrícola.
O ser humano faz o uso da biotecnologia há mi-
lhares de anos, utilizando microrganismos para fazer
pães, bebida, iogurte e queijos, os conhecimentos em
diversas áreas científicas revolucionaram o modo de
manipular os organismos, a fim de obter certos pro-
dutos e processos para ajudar a humanidade.
As aplicações mais importantes da biotecnologia
estão relacionadas com a área da medicina, além da
agricultura e produção de alimentos e também no
meio ambiente.
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS
132
APLICAÇÕES DA BIOTECNOLOGIA
As aplicações mais importantes da biotecno-
logia estão relacionadas com a área da medicina,
além da agricultura e produção de alimentos e tam-
bém no meio ambiente.
Na Medicina:
• Produção de insulina, medicamentos e vaci-
nas;
• Manipulação de animais, como o porco, para
utilizar os órgãos em transplantes;
• Produção de anticorpos em laboratório para
pacientes com sistema imunitário deficiente;
• Terapia gênica para tratamento de doenças
como câncer, neurológicas e cardiovascula-
res, cujos tratamentos convencionais não
são eficientes;
• Pesquisa com células-tronco para fins tera-
pêuticos.
Na Agricultura:
• Produção de insumos, tais como: fertilizan-
tes, sementes e agrotóxicos;
• Melhoramento genético de plantas;
• Processamento de alimentos: alimentos
transgênicos
No Meio Ambiente:
• Biorremediação: dependendo do tipo de
contaminação e das condições do ambiente
são usadas diferentes técnicas para reduzir
ou eliminar contaminações no meio ambien-
te;
• Bioconversão de resíduos provenientes da
agricultura;
• Produção de biocombustíveis a partir de or-
ganismos vivos ou de resíduos vegetais;
• Produção de plástico biodegradável a partir
de microalgas.
Extraído de: https://www.todamateria.com.br/biotec-
nologia/ acessado 24/11/2022.
Faça a leitura do texto abaixo:
ISSN 1517-5111 ISSN online 2176-5081 fevereiro,
2016
Brasília da Cerrados: primeiro bovino clonado utili-
zando célulastronco mesenquimais do tecido adiposo
Apresentação
A clonagem por transferência nuclear (TN) ainda
é uma técnica menos eficiente que as biotécnicas de
transferência de embriões e fecundação in vitro em
bovinos. Um dos fatores que deve ser melhorado é
a fonte de células doadoras de núcleo. Quanto me-
nos diferenciadas forem as células, tais como célu-
las-tronco multipotentes, mais facilmente elas terão
o núcleo reprogramado pelo citoplasma receptor e,
consequentemente,poderãogerarumnovoindivíduo
saudável. Células do tecido adiposo (CTA) são fontes
de células multipotentes que ainda não haviam sido
testadas para a produção de embriões bovinos pela
técnica de clonagem por TN. Dessa forma, esta publi-
cação visa descrever a metodologia e apresentar os
resultados inovadores do Laboratório de Reprodução
Animal da Embrapa Cerrados, com o uso de células-
-tronco mesenquimais provenientes do tecido adipo-
so, na produção de embriões, gestações e nascimento
da bezerra Brasília da Cerrados.
Cláudio Takao Karia ChefeGeral da Embrapa Cerrados
Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/
bitstream/item/150353/1/Doc-330.pdf acessado
21/11/2022.
A partir da leitura do texto cite aplicações da biotec-
nologia na sua região e cite a importância deste ramo
da biologia em seu cotidiano.
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS
133
Questão 05 (ENEM 2020) - Instituições acadêmicas
e de pesquisa no mundo estão inserindo genes em
genomas de plantas que possam codificar produtos
de interesse farmacológico. No Brasil, está sendo de-
senvolvida uma variedade de soja com um viricida ou
microbicida capaz de prevenir a contaminação pelo
vírus causador da aids. Essa leguminosa está sendo
induzida a produzir a enzima cianovirina-N, que tem
eficiência comprovada contra o vírus.
(OLIVEIRA, M. Remédio na planta. Pesquisa Fapesp, n. 206,
abr. 2013.)
(A) técnica para gerar essa leguminosa é um exemplo
de
(A) hibridismo.
(B) transgenia.
(C) conjugação.
(D) terapia gênica.
(E) melhoramento genético.
Questão 06 - ENEM 2019 PPL
TEXTO I
A introdução de transgênicos na natureza expõe
nossa biodiversidade a sérios riscos, como a perda
ou alteração do patrimônio genético de nossas plan-
tas e sementes e o aumento dramático no uso de
agrotóxicos. Além disso, ela torna a agricultura e os
agricultores reféns de poucas empresas que detêm a
tecnologia e põe em risco a saúde de agricultores e
consumidores. O Greenpeace defende um modelo de
agricultura baseado na biodiversidade agrícola e que
não se utilize de produtos tóxicos, por entender que
só assim teremos agricultura para sempre. Disponível
em: www.greenpeace.org. Acesso em: 20 maio 2013.
TEXTO II
Os alimentos geneticamente modificados disponíveis
no mercado internacional não representam um risco à
saúde maior do que o apresentado por alimentos ob-
tidos através de técnicas tradicionais de cruzamento
agrícola. Essa é a posição de entidades como a Orga-
nização Mundial da Saúde (OMS), a Organização das
Nações Unidas para Alimentação e para Agricultura
(FAO), o Comissariado Europeu para Pesquisa, Ino-
vação e Ciência e várias das principais academias de
ciência do mundo. A OMS diz que até hoje não foi
encontrado nenhum caso de efeito sobre a saúde,
resultante do consumo de alimento geneticamente
modificado (GM) “entre a população dos países em
que eles foram aprovados”. Disponível em: www.bbc.
co.uk. Acesso em: 20 maio 2013.
Os textos tratam de uma temática bastante discutida
na atualidade. No que se refere às posições defendi-
das, os dois textos:
(A) revelam preocupações quanto ao cultivo de ali-
mentos geneticamente modificados.
(B) destacam os riscos à saúde causados por alimen-
tos geneticamente modificados.
(C) divergem sobre a segurança do consumo de ali-
mentos geneticamente modificados.
(D) alertam para a necessidade de mais estudos sobre
sementes modificadas geneticamente.
(E) discordam quanto à validade de pesquisas sobre
a produção de alimentos geneticamente modifi-
cados.
Questão do ENEM comentada
ENEM 2014 - Panayiotis Zavos “quebrou” o último
tabudaclonagemhumana—transferiuembriõespara
o útero de mulheres, que os gerariam. Esse procedi-
mentoécrimeeminúmerospaíses.Aparentemente,o
médico possuía um laboratório secreto, no qual fazia
seus experimentos. “Não tenho nenhuma dúvida de
que uma criança clonada irá aparecer em breve. Posso
não ser eu o médico que irá criá-la, mas vai aconte-
cer”, declarou Zavos. “Se nos esforçarmos, podemos
terumbebêclonadodaquiaumano,oudois,masnão
sei se é o caso. Não sofremos pressão para entregar
um bebê clonado ao mundo. Sofremos pressão para
entregar um bebê clonado saudável ao mundo.”
CONNOR, S. Disponível em: www.independent.co.uk.
Acesso em: 14 ago. 2012 (adaptado).
(A) clonagem humana é um importante assunto de
reflexão no campo da bioética que, entre outras
questões, dedica-se a:
(A) refletir sobre as relações entre o conhecimento
da vida e os valores éticos do homem.
(B) legitimar o predomínio da espécie humana sobre
as demais espécies animais no planeta.
(C) relativizar, no caso da clonagem humana, o uso
dos valores de certo e errado, de bem e mal.
(D) legalizar, pelo uso das técnicas de clonagem, os
processos de reprodução humana e animal.
CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS
134
(E) fundamentar técnica e economicamente as pes-
quisas sobre células-tronco para uso em seres
humanos.
Comentário
Sabemos que a bioética é o estudo das implicações
morais decorrentes de experimentos com seres vivos,
visando proteger a vida. Desta maneira, a alternativa
correta seria a letra A.
Capítulo 5
IMUNOLOGIA
HABILIDADES DA BNCC
(EM13CNT310) Investigar e analisar
os efeitos de programas de infraestru-
tura e demais serviços básicos (sane-
amento, energia elétrica, transporte,
telecomunicações, cobertura vacinal,
atendimento primário à saúde e pro-
dução de alimentos, entre outros) e
identificar necessidades locais e/ou regionais em
relação a esses serviços, a fim de avaliar e/ou pro-
mover ações que contribuam para a melhoria na
qualidade de vida e nas condições de saúde da
população.
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM
(GO-EMCNT310D) Diferenciar imunização ativa e
passiva, comparando agentes imunizadores (soros
e vacinas) para valorizar métodos de tratamento e
prevenção de doenças que possam comprometer
a saúde individual, coletiva ou ambiental.
OBJETOS DE CONHECIMENTO DO DC-GOEM
Imunologia
O conjunto de elementos existentes no organismo
humano que interagem com a finalidade de produzir
proteção, contra agentes indesejáveis (antígenos),
que tentam prejudicar o corpo é denominado sistema
imunológico, sistema imune ou sistema imunitário.
A resposta imune ocorre quando o sistema imu-
nológico entra em ação, existindo assim, dois tipos
de respostas:
• Inata (natural ou não específica)
• Adquirida (adaptativa ou específica)
IMUNIDADE INATA, NATURAL OU NÃO ESPECÍFICA
A nossa primeira linha de defesa é a imunidade
inata ou natural. Esse tipo de imunidade já nasce com
a pessoa, representada por barreiras físicas, químicas
e biológicas.
Ela também é constituída por células de defesa,
como leucócitos, neutrófilos e macrófagos.
Os principais mecanismos da imunidade inata
pode ser:

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clonagem...)

Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
dayrla
 
Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
dayrla
 
Trabalho de Biotecnologia
Trabalho de BiotecnologiaTrabalho de Biotecnologia
Trabalho de Biotecnologia
Marcos Politelo
 
Avanços da biotecnologia 2013
Avanços da biotecnologia 2013Avanços da biotecnologia 2013
Avanços da biotecnologia 2013
UERGS
 
Avanços da biotecnologia 2 A
Avanços da biotecnologia 2 AAvanços da biotecnologia 2 A
Avanços da biotecnologia 2 A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
1º série reda cem - 10.31
1º série   reda cem -  10.311º série   reda cem -  10.31
1º série reda cem - 10.31
MatheusMesquitaMelo
 
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologiaSeminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologia
LUIS ABREU
 
Biotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicosBiotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicos
Josenilson S'ilva
 
Bio30
Bio30Bio30
Bio30
Argusneto
 
Alimentos Trangenicos
Alimentos TrangenicosAlimentos Trangenicos
Alimentos Trangenicos
Anna Clara
 
Avanços biotecnologia 2 C
Avanços biotecnologia  2 CAvanços biotecnologia  2 C
Avanços biotecnologia 2 C
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Renato e rodrigo
Renato e rodrigoRenato e rodrigo
Renato e rodrigo
pptmeirelles
 
Engenharia genética
Engenharia genética Engenharia genética
Engenharia genética
Rayanne Leão
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
Shayenne J. Potter
 
Ficha informativa-engenharia-genetica não usei
Ficha informativa-engenharia-genetica não useiFicha informativa-engenharia-genetica não usei
Ficha informativa-engenharia-genetica não usei
Alda Lima
 
Transgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticasTransgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticas
Guilherme Rocha
 
Pesquisa sobre OGMs
Pesquisa sobre OGMsPesquisa sobre OGMs
Pesquisa sobre OGMs
Valter Batista de Souza
 
Avanços da biotecnologia
Avanços da biotecnologiaAvanços da biotecnologia
Avanços da biotecnologia
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Biotecnologias
BiotecnologiasBiotecnologias
Biotecnologias
Fernanda Dias
 
Transgenicos
TransgenicosTransgenicos

Semelhante a atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clonagem...) (20)

Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
 
Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
 
Trabalho de Biotecnologia
Trabalho de BiotecnologiaTrabalho de Biotecnologia
Trabalho de Biotecnologia
 
Avanços da biotecnologia 2013
Avanços da biotecnologia 2013Avanços da biotecnologia 2013
Avanços da biotecnologia 2013
 
Avanços da biotecnologia 2 A
Avanços da biotecnologia 2 AAvanços da biotecnologia 2 A
Avanços da biotecnologia 2 A
 
1º série reda cem - 10.31
1º série   reda cem -  10.311º série   reda cem -  10.31
1º série reda cem - 10.31
 
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologiaSeminario da agricultura tradicional à biotecnologia
Seminario da agricultura tradicional à biotecnologia
 
Biotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicosBiotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicos
 
Bio30
Bio30Bio30
Bio30
 
Alimentos Trangenicos
Alimentos TrangenicosAlimentos Trangenicos
Alimentos Trangenicos
 
Avanços biotecnologia 2 C
Avanços biotecnologia  2 CAvanços biotecnologia  2 C
Avanços biotecnologia 2 C
 
Renato e rodrigo
Renato e rodrigoRenato e rodrigo
Renato e rodrigo
 
Engenharia genética
Engenharia genética Engenharia genética
Engenharia genética
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
 
Ficha informativa-engenharia-genetica não usei
Ficha informativa-engenharia-genetica não useiFicha informativa-engenharia-genetica não usei
Ficha informativa-engenharia-genetica não usei
 
Transgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticasTransgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticas
 
Pesquisa sobre OGMs
Pesquisa sobre OGMsPesquisa sobre OGMs
Pesquisa sobre OGMs
 
Avanços da biotecnologia
Avanços da biotecnologiaAvanços da biotecnologia
Avanços da biotecnologia
 
Biotecnologias
BiotecnologiasBiotecnologias
Biotecnologias
 
Transgenicos
TransgenicosTransgenicos
Transgenicos
 

Último

APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 

Último (20)

APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clonagem...)

  • 1. CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS 131 Capítulo 4 BIOTECNOLOGIA HABILIDADES DA BNCC (EM13CNT310) Investigar e analisar os efeitos de programas de infra- estrutura e demais serviços bási- cos (saneamento, energia elétrica, transporte, telecomunicações, co- bertura vacinal, atendimento primá- rio àsaúdeeprodução dealimentos, entre outros) e identificar necessidades locais e/ ou regionais em relação a esses serviços, a fim de avaliar e/ou promover ações que contribuam para a melhoria na qualidade de vida e nas condições de saúde da população. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM (GO-EMCNT310H) Reconhecer a biotecnologia como a área responsável pelo desenvolvimento de métodos,processosetécnicasqueutilizamseresvi- vos, considerando conhecimentos físicos, químicos e biológicos para valorizar ações que promovam a saúde, a produção de alimentos, matérias primas ou produtos industriais de maneira sustentável. OBJETOS DE CONHECIMENTO DO DC-GOEM Biotecnologia Biotecnologia do dicionário Aurélio = substantivo feminino GENÉTICA 1.estudo e desenvolvimento de organismos ge- neticamente modificados e sua utilização para fins produtivos. 2.tecnologiadesenvolvidaapartirdeconhecimen- tos de uma ou de várias áreas da biologia, ger. com finalidade produtiva. Vacinas, antibióticos, clonagem, transgênicos, fertilização in vitro, células tronco são exemplos de produtos pesquisados na biotecnologia, caracterizan- do assim, um ramo da biologia que desenvolve novas tecnologias a partir de organismos ou utiliza a maté- ria-primadeles.Combaseemprocessosmetabólicase biomoleculares para aperfeiçoar e melhorar questões que envolvem os seres vivos. As cores são utilizadas na biotecnologia para iden- tificar as suas áreas de atuação: Imagem representando as cores de atuação da biotecnologia ex- traída de: https://profissaobiotec.com.br/singularidade-da-bio- tecnologia/ acessado 23/11/2022. • Biotecnologia dourada: tecnologias para bioin- formática e nano biotecnologia. • Biotecnologia roxa: tecnologias para proprie- dade intelectual e biossegurança. • Biotecnologia preta: tecnologias utilizadas como armamento biológico. • Biotecnologia vermelha: tecnologias desenvol- vidas para medicina e saúde humana. • Biotecnologia branca: tecnologias para melho- rar os processos industriais. • Biotecnologia verde: tecnologias para a agri- cultura. • Biotecnologia azul: tecnologias para o aprovei- tamento dos recursos marinhos. • Biotecnologia amarela: tecnologias para nutri- ção e produção de alimentos. • Biotecnologia cinza: tecnologias para a prote- ção e recuperação do meio ambiente. • Biotecnologia marrom: tecnologias para o tra- tamento do solo. A biotecnologia se desenvolveu com auxílio da Microbiologia, Biologia Molecular, Genética, Enge- nharia e Informática, entre outras áreas, que foram importantes para reduzir a gravidade e a fatalidade de doenças, na prevenção e profilaxia, no diagnósti- co de doenças precocemente, diminuição de custos, acelerar ação produção industrial, criação plantas e insumoscomcaracterísticasdesejáveisparaaumentar o rendimento agrícola. O ser humano faz o uso da biotecnologia há mi- lhares de anos, utilizando microrganismos para fazer pães, bebida, iogurte e queijos, os conhecimentos em diversas áreas científicas revolucionaram o modo de manipular os organismos, a fim de obter certos pro- dutos e processos para ajudar a humanidade. As aplicações mais importantes da biotecnologia estão relacionadas com a área da medicina, além da agricultura e produção de alimentos e também no meio ambiente.
  • 2. CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS 132 APLICAÇÕES DA BIOTECNOLOGIA As aplicações mais importantes da biotecno- logia estão relacionadas com a área da medicina, além da agricultura e produção de alimentos e tam- bém no meio ambiente. Na Medicina: • Produção de insulina, medicamentos e vaci- nas; • Manipulação de animais, como o porco, para utilizar os órgãos em transplantes; • Produção de anticorpos em laboratório para pacientes com sistema imunitário deficiente; • Terapia gênica para tratamento de doenças como câncer, neurológicas e cardiovascula- res, cujos tratamentos convencionais não são eficientes; • Pesquisa com células-tronco para fins tera- pêuticos. Na Agricultura: • Produção de insumos, tais como: fertilizan- tes, sementes e agrotóxicos; • Melhoramento genético de plantas; • Processamento de alimentos: alimentos transgênicos No Meio Ambiente: • Biorremediação: dependendo do tipo de contaminação e das condições do ambiente são usadas diferentes técnicas para reduzir ou eliminar contaminações no meio ambien- te; • Bioconversão de resíduos provenientes da agricultura; • Produção de biocombustíveis a partir de or- ganismos vivos ou de resíduos vegetais; • Produção de plástico biodegradável a partir de microalgas. Extraído de: https://www.todamateria.com.br/biotec- nologia/ acessado 24/11/2022. Faça a leitura do texto abaixo: ISSN 1517-5111 ISSN online 2176-5081 fevereiro, 2016 Brasília da Cerrados: primeiro bovino clonado utili- zando célulastronco mesenquimais do tecido adiposo Apresentação A clonagem por transferência nuclear (TN) ainda é uma técnica menos eficiente que as biotécnicas de transferência de embriões e fecundação in vitro em bovinos. Um dos fatores que deve ser melhorado é a fonte de células doadoras de núcleo. Quanto me- nos diferenciadas forem as células, tais como célu- las-tronco multipotentes, mais facilmente elas terão o núcleo reprogramado pelo citoplasma receptor e, consequentemente,poderãogerarumnovoindivíduo saudável. Células do tecido adiposo (CTA) são fontes de células multipotentes que ainda não haviam sido testadas para a produção de embriões bovinos pela técnica de clonagem por TN. Dessa forma, esta publi- cação visa descrever a metodologia e apresentar os resultados inovadores do Laboratório de Reprodução Animal da Embrapa Cerrados, com o uso de células- -tronco mesenquimais provenientes do tecido adipo- so, na produção de embriões, gestações e nascimento da bezerra Brasília da Cerrados. Cláudio Takao Karia ChefeGeral da Embrapa Cerrados Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/ bitstream/item/150353/1/Doc-330.pdf acessado 21/11/2022. A partir da leitura do texto cite aplicações da biotec- nologia na sua região e cite a importância deste ramo da biologia em seu cotidiano.
  • 3. CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS 133 Questão 05 (ENEM 2020) - Instituições acadêmicas e de pesquisa no mundo estão inserindo genes em genomas de plantas que possam codificar produtos de interesse farmacológico. No Brasil, está sendo de- senvolvida uma variedade de soja com um viricida ou microbicida capaz de prevenir a contaminação pelo vírus causador da aids. Essa leguminosa está sendo induzida a produzir a enzima cianovirina-N, que tem eficiência comprovada contra o vírus. (OLIVEIRA, M. Remédio na planta. Pesquisa Fapesp, n. 206, abr. 2013.) (A) técnica para gerar essa leguminosa é um exemplo de (A) hibridismo. (B) transgenia. (C) conjugação. (D) terapia gênica. (E) melhoramento genético. Questão 06 - ENEM 2019 PPL TEXTO I A introdução de transgênicos na natureza expõe nossa biodiversidade a sérios riscos, como a perda ou alteração do patrimônio genético de nossas plan- tas e sementes e o aumento dramático no uso de agrotóxicos. Além disso, ela torna a agricultura e os agricultores reféns de poucas empresas que detêm a tecnologia e põe em risco a saúde de agricultores e consumidores. O Greenpeace defende um modelo de agricultura baseado na biodiversidade agrícola e que não se utilize de produtos tóxicos, por entender que só assim teremos agricultura para sempre. Disponível em: www.greenpeace.org. Acesso em: 20 maio 2013. TEXTO II Os alimentos geneticamente modificados disponíveis no mercado internacional não representam um risco à saúde maior do que o apresentado por alimentos ob- tidos através de técnicas tradicionais de cruzamento agrícola. Essa é a posição de entidades como a Orga- nização Mundial da Saúde (OMS), a Organização das Nações Unidas para Alimentação e para Agricultura (FAO), o Comissariado Europeu para Pesquisa, Ino- vação e Ciência e várias das principais academias de ciência do mundo. A OMS diz que até hoje não foi encontrado nenhum caso de efeito sobre a saúde, resultante do consumo de alimento geneticamente modificado (GM) “entre a população dos países em que eles foram aprovados”. Disponível em: www.bbc. co.uk. Acesso em: 20 maio 2013. Os textos tratam de uma temática bastante discutida na atualidade. No que se refere às posições defendi- das, os dois textos: (A) revelam preocupações quanto ao cultivo de ali- mentos geneticamente modificados. (B) destacam os riscos à saúde causados por alimen- tos geneticamente modificados. (C) divergem sobre a segurança do consumo de ali- mentos geneticamente modificados. (D) alertam para a necessidade de mais estudos sobre sementes modificadas geneticamente. (E) discordam quanto à validade de pesquisas sobre a produção de alimentos geneticamente modifi- cados. Questão do ENEM comentada ENEM 2014 - Panayiotis Zavos “quebrou” o último tabudaclonagemhumana—transferiuembriõespara o útero de mulheres, que os gerariam. Esse procedi- mentoécrimeeminúmerospaíses.Aparentemente,o médico possuía um laboratório secreto, no qual fazia seus experimentos. “Não tenho nenhuma dúvida de que uma criança clonada irá aparecer em breve. Posso não ser eu o médico que irá criá-la, mas vai aconte- cer”, declarou Zavos. “Se nos esforçarmos, podemos terumbebêclonadodaquiaumano,oudois,masnão sei se é o caso. Não sofremos pressão para entregar um bebê clonado ao mundo. Sofremos pressão para entregar um bebê clonado saudável ao mundo.” CONNOR, S. Disponível em: www.independent.co.uk. Acesso em: 14 ago. 2012 (adaptado). (A) clonagem humana é um importante assunto de reflexão no campo da bioética que, entre outras questões, dedica-se a: (A) refletir sobre as relações entre o conhecimento da vida e os valores éticos do homem. (B) legitimar o predomínio da espécie humana sobre as demais espécies animais no planeta. (C) relativizar, no caso da clonagem humana, o uso dos valores de certo e errado, de bem e mal. (D) legalizar, pelo uso das técnicas de clonagem, os processos de reprodução humana e animal.
  • 4. CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS 134 (E) fundamentar técnica e economicamente as pes- quisas sobre células-tronco para uso em seres humanos. Comentário Sabemos que a bioética é o estudo das implicações morais decorrentes de experimentos com seres vivos, visando proteger a vida. Desta maneira, a alternativa correta seria a letra A. Capítulo 5 IMUNOLOGIA HABILIDADES DA BNCC (EM13CNT310) Investigar e analisar os efeitos de programas de infraestru- tura e demais serviços básicos (sane- amento, energia elétrica, transporte, telecomunicações, cobertura vacinal, atendimento primário à saúde e pro- dução de alimentos, entre outros) e identificar necessidades locais e/ou regionais em relação a esses serviços, a fim de avaliar e/ou pro- mover ações que contribuam para a melhoria na qualidade de vida e nas condições de saúde da população. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM DO DC-GOEM (GO-EMCNT310D) Diferenciar imunização ativa e passiva, comparando agentes imunizadores (soros e vacinas) para valorizar métodos de tratamento e prevenção de doenças que possam comprometer a saúde individual, coletiva ou ambiental. OBJETOS DE CONHECIMENTO DO DC-GOEM Imunologia O conjunto de elementos existentes no organismo humano que interagem com a finalidade de produzir proteção, contra agentes indesejáveis (antígenos), que tentam prejudicar o corpo é denominado sistema imunológico, sistema imune ou sistema imunitário. A resposta imune ocorre quando o sistema imu- nológico entra em ação, existindo assim, dois tipos de respostas: • Inata (natural ou não específica) • Adquirida (adaptativa ou específica) IMUNIDADE INATA, NATURAL OU NÃO ESPECÍFICA A nossa primeira linha de defesa é a imunidade inata ou natural. Esse tipo de imunidade já nasce com a pessoa, representada por barreiras físicas, químicas e biológicas. Ela também é constituída por células de defesa, como leucócitos, neutrófilos e macrófagos. Os principais mecanismos da imunidade inata pode ser: