SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
GIDE
Como têm sido nossa atuação?



Estamos contribuindo para o
  alcance dos resultados?



 Estamos fazendo o nosso
        melhor?




                                       EXECUTAR
                                         EXECUTAR
                                   Execução dos Planos
                                    Execução dos Planos
Tomada de Ações Corretivas
Depois de identificados os desvios de resultados em relação às metas estabelecidas e as
disciplinas críticas, a escola deve, imediatamente, reunir as pessoas responsáveis, encontrar
as causas do mau desempenho e definir contramedidas necessárias para revertê-las.

Todos os professores de uma escola devem saber analisar as causas de um mau resultado e
 elaborar um plano de ação que contenha contramedidas necessárias para reverter esses
                              resultados, quando for o caso.


               AGIR                                             PLANEJAR
         Ação Corretiva ou          A                          Metas e Planos
                                                  P
           Padronização           (Ações      (Planejar)
                                Corretivas)



                                    C             D
           CHECAR               (Verificar)   (Executar)
                                                               EXECUTAR
        Verificação dos                                    Execução dos Planos
      Resultados Obtidos
Nossas metas são desafiantes, mas, se todos nós fizermos o “nosso
melhor”, conseguiremos “alcançar o topo da montanha sem quedas ou
acidentes”…

                                                                              Vamos lá! Vamos
                                                                                Conseguir!
                                             Ó vida... Ó azar...
                        A
                                QUEDA
      QUEDA


                                                          Sim! Nós podemos!
       Isso nunca vai dar
             certo!


                                                                                     Podemos fazer
                                É tudo muito difícil!                                diferente agora!




      Sem Liderança, método e                      Com Liderança, método e conhecimento
       conhecimento técnico                                       técnico
Nós devemos ter e desenvolver em nossa equipe a “visão do todo”:
saber onde queremos chegar e o significado da atividade que cada um
exerce na sua caminhada


        Estou quebrando
         pedras, não vê?                  Estou levantando uma
                                                  parede




                     Estou construindo
                       uma catedral.
Os navegadores do futuro!



                                           “Quem sabe pode, mas
                                           quem ama pode muito
                                           mais”.




O que aconteceria se a visão de futuro do Estado do Rio de Janeiro
fosse um barco remado em direções opostas, simultaneamente?
       O barco não sairia do lugar e todo o esforço dos
                 remadores seria em vão.
Será preciso um esforço coletivo.
Todos   terão   sua    parcela   de
responsabilidade      na   melhoria
destes resultados.
AVALIANDO...

O NINA TENTOU FAZER A
DIFERENÇA ATÉ AGORA?
     SIM ou NÃO?
É CLARO QUE SIM?

   VEJAMOS:
1º SAERJINHO
EF I
•META:2,70
•NOTA:4,30
2º SAERJINHO
EF I
•META:3,00
•NOTA:5,30
3º SAERJINHO
EF I
•META:
•NOTA:
PARA ATINGIRMOS A META TIVEMOS:
• Professores comprometidos com a qualidade na
  educação
• Reforço do Programa Mais Educação
• Maior quantidade de aulas atrativas
• Projetos atrelados a melhoria da qualidade do
  ensino e aprendizagem
• + ou -, 90% de lançamentos de notas no prazo
• Equipe de direção e pedagógica comprometidas
  com a GIDE
DEPOIS DESSA CAMINHADA,

TEREMOS OU NÃO POSSIBILIDADES
  DE ALCANÇARMOS A META DO
 IDERJ E CONSEQUENTEMENTE A
         META DO IDEB?
ATÉ DEZEMBRO DE 2011

META DO IDEB:DE
  3,1 para 4,1
A NOTA DO IDEB
     DEPENDE DA
  PROVA BRASIL( 5º
ANO), aconteceu entre os
    dias 07 e 18 de
       novembro.
ATÉ DE DEZEMBRO DE 2011

 META DO IDERJ DO EF I:
          3,1
IDERJ= ID X IF

        ID= indicador de
 desempenho(notas do SAERJ)
      IF=indicador de fluxo
escolar(aprovação, reprovação e
           abandono)
A PROVA DO SAERJ JÁ
  ACONTECEU,MAS NÃO
PODEMOS ESQUECER DO
IF, QUE SERÁ CONCLUÍDO
 NO ÚLTIMO DIA LETIVO
AOS ALUNOS:

   APROVADOS – não deixem de
         parabenizá-los
REPROVADOS – não podemos fazer
           mais nada
QUE AINDA TEM CHANCE – temos
 ainda um mês e meio para tentar
           resgatá-los
QUE ABANDONARAM HÁ POUCO
TEMPO E AINDA TEM CHANCE –
 procure entrar em contato com
              eles

  ESSE TRABALHO É PARA NÃO
PIORAR O INDICADOR DE FLUXO
SEGUNDO A CARTILHA DE
     BONIFICAÇÃO os
indicadores para efeito de
  cálculo do bônus são:
     IDERJ,ID,IF e IGE
O nosso trabalho só está
 começando, a meta do
governo do Estado do Rio
de Janeiro é está entre os
 5 melhores no IDEB até
          2014.
SE CADA UM
CONTRIBUIR, COM
     CERTEZA
 CHEGAREMOS LÁ
OBRIGADA e
UM BOM DIA PARA
   TODOS!!!!!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Apresentação do CIEP GIDE

Semelhante a Apresentação do CIEP GIDE (8)

A tomada de decisão em administração
A tomada de decisão em administraçãoA tomada de decisão em administração
A tomada de decisão em administração
 
5 replanejamento 2013 simone1-avaliação diagnostica2
5 replanejamento 2013 simone1-avaliação diagnostica25 replanejamento 2013 simone1-avaliação diagnostica2
5 replanejamento 2013 simone1-avaliação diagnostica2
 
5replanejamento2013 simone1-avaliaodiagnostica2-130727182635-phpapp01
5replanejamento2013 simone1-avaliaodiagnostica2-130727182635-phpapp015replanejamento2013 simone1-avaliaodiagnostica2-130727182635-phpapp01
5replanejamento2013 simone1-avaliaodiagnostica2-130727182635-phpapp01
 
Estimativas: Aproximação ou Precisão? :: NetPonto, Porto, 2016
Estimativas: Aproximação ou Precisão? :: NetPonto, Porto, 2016Estimativas: Aproximação ou Precisão? :: NetPonto, Porto, 2016
Estimativas: Aproximação ou Precisão? :: NetPonto, Porto, 2016
 
Planejamento Pessoal - Definindo objetivos e metas para uma vida mais produti...
Planejamento Pessoal - Definindo objetivos e metas para uma vida mais produti...Planejamento Pessoal - Definindo objetivos e metas para uma vida mais produti...
Planejamento Pessoal - Definindo objetivos e metas para uma vida mais produti...
 
Ierp – 2009 é Assim
Ierp – 2009 é AssimIerp – 2009 é Assim
Ierp – 2009 é Assim
 
Culture code formar 2021
Culture code formar 2021Culture code formar 2021
Culture code formar 2021
 
Lean Product Creation - Virando as suposições de negócio de cabeça para baixo
Lean Product Creation - Virando as suposições de negócio  de cabeça para baixoLean Product Creation - Virando as suposições de negócio  de cabeça para baixo
Lean Product Creation - Virando as suposições de negócio de cabeça para baixo
 

Mais de Mariangela Santos

Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
Mariangela Santos
 
Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015
Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015
Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015
Mariangela Santos
 
Resolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leitura
Resolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leituraResolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leitura
Resolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leitura
Mariangela Santos
 
Tutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinho
Tutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinhoTutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinho
Tutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinho
Mariangela Santos
 
Game da reforma ortográfica
Game da reforma ortográficaGame da reforma ortográfica
Game da reforma ortográfica
Mariangela Santos
 
Slide alunos revisado. Saerjinho.
Slide alunos revisado. Saerjinho.Slide alunos revisado. Saerjinho.
Slide alunos revisado. Saerjinho.
Mariangela Santos
 
Caed saerjinho plano de ação 2014- campos
Caed  saerjinho   plano de ação 2014- camposCaed  saerjinho   plano de ação 2014- campos
Caed saerjinho plano de ação 2014- campos
Mariangela Santos
 
Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)
Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)
Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)
Mariangela Santos
 
Carta da Terra para criancas Naia
Carta da Terra para criancas NaiaCarta da Terra para criancas Naia
Carta da Terra para criancas Naia
Mariangela Santos
 
Slidshare para postar em blog
Slidshare para postar em blogSlidshare para postar em blog
Slidshare para postar em blog
Mariangela Santos
 
Fcteweb1etapa4mariangelaassantos.doc
Fcteweb1etapa4mariangelaassantos.docFcteweb1etapa4mariangelaassantos.doc
Fcteweb1etapa4mariangelaassantos.doc
Mariangela Santos
 

Mais de Mariangela Santos (20)

Gabarito lp mt
Gabarito lp mtGabarito lp mt
Gabarito lp mt
 
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
 
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
Gabarito cn ch do Saerjinho 2015
 
Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015
Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015
Gabarito de MT e LP do Saerjinho 2015
 
Resolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leitura
Resolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leituraResolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leitura
Resolução seeduc nº 5248 de 23 de março de 2015 do quantitativos_tablets_leitura
 
Tutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinho
Tutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinhoTutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinho
Tutorial de acesso ao mapa de resultados do saerjinho
 
Tutorial writer
Tutorial writerTutorial writer
Tutorial writer
 
Game da reforma ortográfica
Game da reforma ortográficaGame da reforma ortográfica
Game da reforma ortográfica
 
Slide alunos revisado. Saerjinho.
Slide alunos revisado. Saerjinho.Slide alunos revisado. Saerjinho.
Slide alunos revisado. Saerjinho.
 
Caed saerjinho plano de ação 2014- campos
Caed  saerjinho   plano de ação 2014- camposCaed  saerjinho   plano de ação 2014- campos
Caed saerjinho plano de ação 2014- campos
 
Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)
Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)
Usando o chip da oi num smartphone wifi (1)
 
Oficina lousa parte2
Oficina lousa parte2Oficina lousa parte2
Oficina lousa parte2
 
Manual docenteonline2013
Manual docenteonline2013Manual docenteonline2013
Manual docenteonline2013
 
Carta da Terra para criancas Naia
Carta da Terra para criancas NaiaCarta da Terra para criancas Naia
Carta da Terra para criancas Naia
 
Slidshare para postar em blog
Slidshare para postar em blogSlidshare para postar em blog
Slidshare para postar em blog
 
Saerjinhomanualdiretor
SaerjinhomanualdiretorSaerjinhomanualdiretor
Saerjinhomanualdiretor
 
Fcteweb1etapa4mariangelaassantos.doc
Fcteweb1etapa4mariangelaassantos.docFcteweb1etapa4mariangelaassantos.doc
Fcteweb1etapa4mariangelaassantos.doc
 
Alcool
AlcoolAlcool
Alcool
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
Escolas conectadas
Escolas conectadasEscolas conectadas
Escolas conectadas
 

Último

ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 

Apresentação do CIEP GIDE

  • 2. Como têm sido nossa atuação? Estamos contribuindo para o alcance dos resultados? Estamos fazendo o nosso melhor? EXECUTAR EXECUTAR Execução dos Planos Execução dos Planos
  • 3. Tomada de Ações Corretivas Depois de identificados os desvios de resultados em relação às metas estabelecidas e as disciplinas críticas, a escola deve, imediatamente, reunir as pessoas responsáveis, encontrar as causas do mau desempenho e definir contramedidas necessárias para revertê-las. Todos os professores de uma escola devem saber analisar as causas de um mau resultado e elaborar um plano de ação que contenha contramedidas necessárias para reverter esses resultados, quando for o caso. AGIR PLANEJAR Ação Corretiva ou A Metas e Planos P Padronização (Ações (Planejar) Corretivas) C D CHECAR (Verificar) (Executar) EXECUTAR Verificação dos Execução dos Planos Resultados Obtidos
  • 4. Nossas metas são desafiantes, mas, se todos nós fizermos o “nosso melhor”, conseguiremos “alcançar o topo da montanha sem quedas ou acidentes”… Vamos lá! Vamos Conseguir! Ó vida... Ó azar... A QUEDA QUEDA Sim! Nós podemos! Isso nunca vai dar certo! Podemos fazer É tudo muito difícil! diferente agora! Sem Liderança, método e Com Liderança, método e conhecimento conhecimento técnico técnico
  • 5. Nós devemos ter e desenvolver em nossa equipe a “visão do todo”: saber onde queremos chegar e o significado da atividade que cada um exerce na sua caminhada Estou quebrando pedras, não vê? Estou levantando uma parede Estou construindo uma catedral.
  • 6. Os navegadores do futuro! “Quem sabe pode, mas quem ama pode muito mais”. O que aconteceria se a visão de futuro do Estado do Rio de Janeiro fosse um barco remado em direções opostas, simultaneamente? O barco não sairia do lugar e todo o esforço dos remadores seria em vão.
  • 7. Será preciso um esforço coletivo. Todos terão sua parcela de responsabilidade na melhoria destes resultados.
  • 8. AVALIANDO... O NINA TENTOU FAZER A DIFERENÇA ATÉ AGORA? SIM ou NÃO?
  • 9. É CLARO QUE SIM? VEJAMOS:
  • 13. PARA ATINGIRMOS A META TIVEMOS: • Professores comprometidos com a qualidade na educação • Reforço do Programa Mais Educação • Maior quantidade de aulas atrativas • Projetos atrelados a melhoria da qualidade do ensino e aprendizagem • + ou -, 90% de lançamentos de notas no prazo • Equipe de direção e pedagógica comprometidas com a GIDE
  • 14. DEPOIS DESSA CAMINHADA, TEREMOS OU NÃO POSSIBILIDADES DE ALCANÇARMOS A META DO IDERJ E CONSEQUENTEMENTE A META DO IDEB?
  • 15. ATÉ DEZEMBRO DE 2011 META DO IDEB:DE 3,1 para 4,1
  • 16. A NOTA DO IDEB DEPENDE DA PROVA BRASIL( 5º ANO), aconteceu entre os dias 07 e 18 de novembro.
  • 17. ATÉ DE DEZEMBRO DE 2011 META DO IDERJ DO EF I: 3,1
  • 18. IDERJ= ID X IF ID= indicador de desempenho(notas do SAERJ) IF=indicador de fluxo escolar(aprovação, reprovação e abandono)
  • 19. A PROVA DO SAERJ JÁ ACONTECEU,MAS NÃO PODEMOS ESQUECER DO IF, QUE SERÁ CONCLUÍDO NO ÚLTIMO DIA LETIVO
  • 20. AOS ALUNOS: APROVADOS – não deixem de parabenizá-los REPROVADOS – não podemos fazer mais nada QUE AINDA TEM CHANCE – temos ainda um mês e meio para tentar resgatá-los
  • 21. QUE ABANDONARAM HÁ POUCO TEMPO E AINDA TEM CHANCE – procure entrar em contato com eles ESSE TRABALHO É PARA NÃO PIORAR O INDICADOR DE FLUXO
  • 22. SEGUNDO A CARTILHA DE BONIFICAÇÃO os indicadores para efeito de cálculo do bônus são: IDERJ,ID,IF e IGE
  • 23. O nosso trabalho só está começando, a meta do governo do Estado do Rio de Janeiro é está entre os 5 melhores no IDEB até 2014.
  • 24. SE CADA UM CONTRIBUIR, COM CERTEZA CHEGAREMOS LÁ
  • 25. OBRIGADA e UM BOM DIA PARA TODOS!!!!!