Estimativas: Aproximação ou Precisão? :: NetPonto, Porto, 2016

697 visualizações

Publicada em

Estimativas: Aproximação ou Precisão? :: NetPonto, Porto, 2016

Publicada em: Internet
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
697
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estimativas: Aproximação ou Precisão? :: NetPonto, Porto, 2016

  1. 1. Estimativas: Aproximação ou Precisão? Julho 2016
  2. 2. Pedro Gustavo Torres Ágil desde 2010 Agile Coach & Delivery Area Manager @_pedro_torres
  3. 3. Comunidades 20142014 2012 2013 2014 2015 2016
  4. 4. Definição de Estimativa (com AO) Fonte: http://www.infopedia.pt/
  5. 5. Definição de Estimativa (sem AO) Fonte: http://www.infopedia.pt/
  6. 6. Estimar não é Uma certeza Um contrato Uma data Um compromisso Uma data da data
  7. 7. Estimar é Um palpite Um bitaite Uma opinião Um feeling Uma ideia
  8. 8. Estimativas != Certezas
  9. 9. Estimativas são úteis? Os gestores adoram-nas… os developers odeiam-nas!
  10. 10. Estamos formados para estimar? (ex: FEUP)
  11. 11. Como se pode estimar? • Horas • Dias • Pontos • T-shirt size • Throughput • …
  12. 12. Para que servem as estimativas? • Criar roadmaps? • Adjudicar projectos? • Para ter deadlines? • Para definir o sucesso de um projecto?
  13. 13. Exemplo: Casa da Música, Porto, Portugal
  14. 14. Exemplo: Casa da Ópera, Sydney, Austrália
  15. 15. Exemplo: Casa da Ópera, Sydney, Austrália
  16. 16. Sucesso de um projecto? “Caros são aqueles jogadores que se compram e não jogam” Terminar dentro do prazo previsto? (mesmo que não seja usado) Ou… Que apesar de atrasado é usado? (e que se paga por si só)
  17. 17. Estamos focados na coisa errada! • Estimativas não tem grande significado • Estimativas não trazem valor para o nosso cliente • Porquê tomar decisões baseadas em palpites? • E se tentássemos decidir com base no ROI ou no Lucro? • Quando foi a última vez que um projecto foi abortado porque pela estimativa ia demorar muito tempo? • Tipicamente os projectos são para ontem • Ainda não começamos e já estamos atrasados!
  18. 18. Porque é que estimamos? A) Estamos aborrecidos B) É divertido C) Somos muitos bons a estimar D) Queremos prever o futuro
  19. 19. Porque é que estimamos? D) Queremos prever o futuro
  20. 20. Prever o futuro: Gantt Chart
  21. 21. Prever o futuro: Gantt Chart
  22. 22. Prever o futuro: Mais técnicas • Monte Carlo • Três pontos • COCOMO • KLOC • Wideband Delphi • …
  23. 23. Prever o futuro: Buffers
  24. 24. Prever o futuro: Student Syndrome
  25. 25. Prever o futuro: Student Syndrome
  26. 26. Prever o futuro: Parkinson’s law
  27. 27. Prever o futuro: Parkinson’s law
  28. 28. Prever o futuro: Informação irrelevante
  29. 29. Prever o futuro: Tamanho da especificação
  30. 30. Prever o futuro: Requisitos extra
  31. 31. Prever o futuro: Ancoragem
  32. 32. Prever o futuro: Ancoragem (Dilbert)
  33. 33. Porque é que estimamos? D) Queremos prever o futuro
  34. 34. Porque é que estimamos? E) Queremos prever o futuro… de forma útil!
  35. 35. Qual é o problema que procuramos resolver? Queremos prever o futuro… de forma útil!
  36. 36. Qual é o problema que procuramos resolver? Queremos prever o futuro… de forma útil!
  37. 37. Qual é o problema que procuramos resolver? Queremos prever o futuro… de forma útil!
  38. 38. Qual é o problema que procuramos resolver? Queremos prever o futuro… de forma útil! “The future cannot be predicted, but futures can be invented. We cannot predict the future, but we can invent it. The way to cope with the future is to create it. The best way to predict the future is to invent it. The best way to predict the future is to create it. You cannot predict the future, but you can create it.” Peter Drucker; Abraham Lincoln; Dennis Gabor
  39. 39. Prever o futuro de forma útil: Aproximação vs Precisão • Estimar é caro.... se estamos a estimar não estamos a desenvolver! • Quanto custa a precisão? • E a aproximação? É melhor estar aproximadamente certo do que precisamente errado!
  40. 40. Prever o futuro de forma útil: Aproximação vs Precisão Mike Cohn
  41. 41. Ex: Duração de uma viagem Porto -> Lisboa • Qual é a duração de uma viagem de carro Porto -> Lisboa? • E se receber o ordenado dependesse de acertarem? (Estimativa por alto? Ficavam na última estação de serviço a fazer tempo?) • Um intervalo de tempo? Ajudava? • E se só tivessem de responder à pergunta (o tempo que demorariam) a 10 kms de chegar? Ajudava?
  42. 42. Cone da incerteza
  43. 43. Gerir expectativas • Estimativas deverão ser sempre duração e não calendário (exemplo: 3 semanas e não "23 de julho") e em intervalo de tempo para demonstrar a incerteza que temos (exemplo: 2 a 3 semanas) • Para promover: Transparência e honestidade
  44. 44. Pontos • Estimativa por comparação (melhor que estimativas absolutas) • Tipicamente usa-se a escala de Fibonacci (0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, …) • Quando é que está pronto? No final da sprint…
  45. 45. Como estimar um Backlog do zero Duas escolas de pensamento (Pontuamos o resto através de comparação de esforço e risco) Escolhemos um requisito que toda a equipa considera básico… e atribuímos-lhe 1 ponto Escolhemos um requisito ligeiramente complicado… e atribuímos-lhe 3 pontos
  46. 46. Pontos “traduzidos” em tempo
  47. 47. Planning Poker
  48. 48. Velocidade • Fórmulas de cálculo: • Média de pontos entregues desde sempre • Média de pontos entregues das últimas 6 sprints • Média de pontos entregues das últimas 6 sprints descartando a melhor e a pior sprint • … Ou… • Yesterday’s weather... (Jeff Sutherland’s A Pattern Language For Hyperproductivity) • Baseada nos pontos entregues na última sprint
  49. 49. Re-estimar: Sim ou Não?
  50. 50. Re-estimar: Sim ou Não? • Antes de começar o trabalho: Sim • Durante o trabalho: Não • Depois do trabalho estar concluído: Não (mas há quem goste)
  51. 51. Estimar bugs? • Tipicamente: Não • Excepção (discutível): Se a equipa apenas / maioritariamente resolver bugs
  52. 52. T-shirt size • Em vez de usarmos pontos usamos o tamanho da roupa • Comparamos uns tamanhos com os outros • É mais difícil de apurar a velocidade • Mas é mais fácil / simples de estimar
  53. 53. Throughput • Em vez de tentarmos estimar cada item de trabalho / requisito… • “Fatiamos” / Reduzimos os requisitos (sensivelmente) ao mesmo tamanho… e contamos o número de requisitos implementados por intervalo de tempo
  54. 54. Estimar: sim ou não?
  55. 55. Então o que resulta? • Herbalife… Não • Tempo… Meh • Pontos… Sim
  56. 56. Então o que resulta? • O truque é ter sempre tudo shippable (semana a semana, mensalmente, de forma contínua, etc) e receber funding enquanto justificar • Usem o fenómeno móveis IKEA (envolver o cliente construindo o produto com ele e com entregas regulares) para relativizar o tempo de Projecto. Com confiança tudo é mais fácil!
  57. 57. Então o que resulta? • Se precisam de saber a estimativa com rigor ao dia … para saber se um projecto deve (ou não) avançar.... então provavelmente não devia avançar. • Escolham projectos que sejam óbvios e não duvidosos!
  58. 58. Obrigado!  Estimativas: Aproximação ou Precisão?

×