SlideShare uma empresa Scribd logo
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 1
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
EVENTOS INDESEJÁVEIS
(perigos em situações normais ou em
emergência)
CAUSA BÁSICA
(Fato gerador dos eventos indesejáveis
identificados)
EFEITOS
(Efeitos / impactos possíveis sobre pessoas,
meio ambiente e equipamentos, etc.)
AVALIAÇÃO AÇÕES PREVENTIVAS E/OU
MITIGADORAS
RESP. AÇÕES
P S R
Acidente de trânsito (colisão de veículos
durante o transporte de materiais e
equipamentos );
- Atropelamento.
- Falta de sinalização;
- Desatenção, imprudência ou negligência
tanto por parte de condutores de veículos
(caminhão betoneira, caminhão guindaste,
caminhão de apoio, veículo leve, entre outros)
quanto de transeuntes;
- Falha mecânica.
Lesões pessoais, desde fraturas até óbitos;
- Danos Materiais;
- Danos Ambientais.
1 3 4
- Inspecionar previamente o local de
trabalho;
- Informar aos funcionários sobre a
atenção ao transitar pelo pela obra em
DDSMAQ;
- Manter sinalização adequada no
local;
- Manter a área de manobra do
guindaste e dos caminhões betoneira
e de apoio desobstruída;
- Manter distância segura do caminhão
betoneira no momento da manobra
para o descarregamento.
- Manter visualização constante com
os condutores dos veículos de grande
porte, pois o campo de visão é menor.
Os “pontos cegos” são maiores;
- Os veículos de grande porte, como
por exemplo, o caminhão betoneira,
deverão ser dotados de alarme de ré;
- Os veículos deverão estar com a
manutenção preventiva em dia;
- Os condutores dos veículos deverão
realizar o check list diariamente.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Queda de mesmo nível Terreno irregular;
- Local sujo e desorganizado;
- Local mal iluminado.
Lesões pessoais desde contusões, fraturas 1 2 3 Inspecionar previamente local de
trabalho, observando a vias de
acesso;
- Manter local de trabalho bem
iluminado;
- Manter local de trabalho limpo e
organização;
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Doc. Origem: PGI 002-FG 1 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 2
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
- Conscientização dos colaboradores
sobre atenção ao transitar pelos
acessos da obra através dos
DDSMAQ / Sinalização.
- Queda de nível diferente.
- Local sujo e desorganizado;
- Local mal iluminado;
- Plataforma de trabalho em condições
insegura;
- Falta do uso de cinto de segurança.
- Lesões pessoais desde contusões, fraturas
até óbitos;
2 3 5
- Inspecionar previamente local de
trabalho, observando a vias de acesso
e plataformas de trabalho;
- Manter local de trabalho bem
iluminado;
- Fazer uso do cinto de segurança com
2 talabartes em locais de trabalho
acima de 2 metros de altura;
- Manter local de trabalho limpo e
organização;
- Conscientização dos colaboradores
sobre as formas seguras para
trabalhos em altura através dos
DDSMAQ / Sinalização.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
- Ponta de vergalhão desprotegida;
- Pregos expostos.
- Falta de proteções dos vergalhões de aço;
- Falha em retirar ou rebater os pregos de
madeira utilizada no processo.
Lesões pessoais, desde cortes a perfurações. 1 2 3
- Retirar pregos ou pontas existentes
nas peças de madeira.
- Devem ser protegidas todas as
pontas descobertas das armaduras,
que ofereçam riscos;
- Conscientização dos colaboradores
sobre pontas de vergalhões e pregos
expostos através dos DDSMAQ/
Sinalização;
- Fazer uso de palmilha de aço.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Intempéries;
- Sol.
- Tempo Chuvoso;
- Umidade.
Danos a saúde dos colaboradores –
Desidratação, cefaléia.
2 1 3 - Fazer uso de capa de chuva, protetor
solar e touca tipo Árabe;
- Consumir bastante água;
- Paralisação das atividades de
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Doc. Origem: PGI 002-FG 2 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 3
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
movimentação de cargas, de solda e
trabalhos em altura sob chuva forte;
- Conscientização dos colaboradores
sobre os perigos expostos a
intempéries através dos DDSMAQ/
Sinalização.
Seg/Téc. Meio
Ambiente
Contato com Ferramentas/Materiais
Cortantes/ Prensantes
- Improvisação de Ferramentas;
- Uso de ferramentas inadequadas;
- Utilização de forma inadequada.
Lesões pessoais, como cortes ou luxação. 2 1 3
- Inspecionar todas as ferramentas;
- Usar ferramentas adequadas em
boas condições de uso;
- Conscientização dos colaboradores
através dos DDSMSAQ e Sinalização;
- Utilização de luva de segurança.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Corte e planagem de madeiras
- Poeiras;
- Projeção de cavacos (pedaços) de madeira.
Danos a saúde dos colaboradores como:
- Problemas respiratórios;
- Corpo estranho em olhos;
- Luxações devido a impacto sofrido por
projeção de cavaco.
2 2 4
- Fazer uso de máscara respiratória;
- Fazer uso de óculos contra impacto e
avental para quem estiver do lado em
que são projetados os cavacos;
- Inspecionar periodicamente as
máquinas e equipamentos;
- Conscientização dos colaboradores
através dos DDSMSAQ e Sinalização
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
- Contato com Eletricidade - Uso de ferramentas elétricas sem
manutenção;
- Extensões e/ou fiações expostas.
Danos pessoais desde queimadura, parada
cardíaca até morte.
1 3 4 - Inspecionar todas as ferramentas,
utilizando apenas ferramentas
adequadas, em boas condições de
uso, observando o aterramento;
- Inspecionar cabos e extensões
elétricas;
- Utilizar tomadas do tipo stek;
- Somente profissional capacitado e
autorizado para realizar serviços de
manutenção em equipamentos
elétricos e circuitos elétricos
energizados e não energizados;
- Conscientização dos colaboradores
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Doc. Origem: PGI 002-FG 3 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 4
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
sobre os perigos que envolve o
contato com eletricidade através dos
DDSMAQ / Sinalização;
- Aplicação de check-list e inspeções;
- EPI Básico + uniforme anti-chamas
+ capacete classe B
- Vazamento de Combustível / Óleo;
- Abastecimento inadequado dos
equipamentos.
- Rompimento de mangueiras hidráulicas dos
equipamentos.
- Danos Materiais;
- Danos ao Meio Ambiente;
- Lesões Pessoais e,
- Princípio de Incêndio.
2 2 4
- Abastecimento do caminhão
betoneira, guindaste, gerador entre
outros somente através de caminhão
comboio;
• Uso correto dos EPI´s;
• Extintor de Incêndio PQS;
• Kit de Mitigação para Emergência
Ambiental.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg/Téc. Meio
Ambiente
- Tombamento de equipamentos (guindaste,
por exemplo);
- Queda de materiais e peças no momento da
movimentação.
- Má distribuição da Carga;
- Falha Humana;
- Terreno Instável;
- Falha Operacional;
- Falha do Equipamento;
- Peso acima da capacidade dos
equipamentos;
- Ruptura de cabos aço e cintas de içamento.
- Danos Materiais;
- Danos Ambientais;
- Danos pessoais tais como: prensamento de
membros, fraturas e até óbitos.
1 3 4 - O equipamento deverá ser
operado/conduzido por colaborador
habilitado e autorizado;
- Realizar manutenção preventiva dos
equipamentos;
- Manter na área somente o pessoal
envolvido na atividade;
- Fazer o reconhecimento do local
antes de iniciar as atividades,
- Verificar o terreno para a atividade;
- Realizar inspeção de cabos de aço
e/ou cintas utilizadas no içamento de
peças e material;
- Somente o sinaleiro será o
responsável pelos sinais
administrados para orientar o operador
do guindaste;
- Não permanecer sob peças ou
materiais içados;
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Doc. Origem: PGI 002-FG 4 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 5
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
- Conscientização dos colaboradores
através dos DDSMAQ/ Sinalização.
Ruído. Máquinas e Equipamentos em operação. Perda gradual de audição. 2 2 4
- Fazer uso do protetor auricular;
- Quando necessário, utilizar dupla
proteção;
- Conscientização quanto à
importância e obrigatoriedade do uso
do protetor auricular através do
DDSMAQ.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Postura e esforço inadequado/Ergonomia.
- Levantamento manual de peso;
- Trabalho excessivo.
Lesões Pessoais como lombalgia. 1 1 2
- Orientar em DDSMAQ quanto à
postura ideal para trabalho seguro.
- Realizar alongamento antes das
atividades (ginástica laboral)
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Animais Peçonhentos; Presença de animais peçonhentos na obra.
Danos pessoais, que vão desde alergia,
inflamações até morte.
1 3 4
- Realizar DDSMAQ;
- Atenção ao caminhar pelo canteiro
de obras;
- Chamar o SMS ao localizar algum
animal no canteiro de obras
- Uso de EPI's (Perneira uso a ser
avaliado pelo TST).
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho/ Téc.
Meio Amb.
Impacto ao meio ambiente.
Descarte inadequado de resíduos.
Contaminação do solo. 1 1 2
- DDSMAQ;
- Coleta seletiva.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Armazenamento inadequado de materiais Falha na avaliação de local e condições de
armazenamento
Lesões (Esmagamento de membros) 1 3 4 - Manter organização do local,
identificando os locais de
armazenagem.
- Treinamento em 5S;
- Orientação em DDSMAQ e
Sinalização;
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Doc. Origem: PGI 002-FG 5 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 6
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
- Fazer uso de botina de segurança,
luvas e capacete.
Arranjo Físico Inadequado
Forma inadequada de disposição de dos
equipamentos, máquinas e materiais.
Lesões, Distensão, Torções 1 1 2
- Orientação sobre postura adequada
nos postos de trabalho.
- Orientação sobre postura adequada
nos postos de trabalho.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Incêndio Madeira e serragem exposta. Queimaduras, Lesões, mortes 1 3 4
- Treinar equipe em primeiro socorros
e combate a incêndio;
- Acionamento do Plano de
Atendimento à Emergência
- Conscientização dos colaboradores
através dos DDSMAQ
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Iluminação inadequada Mau dimensionamento de refletores
Fadiga visual e Acidentes ocasionados por
local mal iluminado.
1 2 3
- Manter local de trabalho com
iluminação adequada, para a
execução de qualquer serviço com
qualidade e principalmente como
segurança;
- Sinalização refletiva para
advertência de algumas áreas para
serviços noturnos.
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Exposição a Poeira Corte, serragem ou planegem da madeira
Doenças Pulmonares ou Irritação nas Vias
Aéreas.
2 1 3
- Avaliação do agente de risco
químico poeira respirável conforme
previsto no procedimento Programa de
Prevenção de Riscos Ambientais;
-Manter ventilação adequada para
dispersão da poeira em suspensão;
- Conscientização dos colaboradores
através dos DDSMAQ / Sinalização;
- Uso de mascara PFF1
Produção
Eng°/Supervisor/
Encarregado/
Eng° Seg /Téc. De
Seg de trabalho
Doc. Origem: PGI 002-FG 6 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 7
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
AO OBSERVAR OUTRO RISCO NÃO PREVISTO NESTA APR, PARALISAR O TRABALHO IMEDIATAMENTE E COMUNICAR AO SUPERVISOR OU AO SMS
OBSERVAÇÕES:
1) Seguir as determinações da APR;
2) Fazer a divulgação da APR para todos envolvidos na atividade;
3) Realização do DDSMAQ antes do inicio dos trabalhos;
4) Em caso de Emergência acionar o SMS – Rádio faixa 01
5) Seguir as normas regulamentadoras (Port 3.214/78) NR 06 – EPI “USO ORIGATÓRIO DE EPI’s BÁSICOS”, NR 10 – Instalações elétricas, NR 11 – Movimentação e armazenagem de
Doc. Origem: PGI 002-FG 7 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 8
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
materiais, NR 12 – Máquinas e equipamentos, NR 17 – Ergonomia, NR 18 – Indústria da construção civil.
Em caso de acidente contactar via rádio com o SMS e avisar a Fiscalização.
Responsáveis pela elaboração da APR
Produção ALUSA SMS ALUSA
Nome Visto Nome Visto Nome Visto
Luciano Domingues
(Engenheiro de Produção)
Ivan kazlauskas
(Eng° de Segurança Trabalho)
Edmilson Guia Francelino
(Sup. de Produção) (Téc. Segurança Trabalho)
Carlos Bueno
(Técnico em Meio Ambiente)
TABELA PARA AVALIAÇÃO DO RISCO
PROBABILIDADE: SEVERIDADE
GRADUAÇÃO DO RISCO:
(COMBINAÇÃO DA PROBABILIDADE E SEVERIDADE)
BAIXA 1 BAIXA 1 TRIVIAL 2 SUBSTANCIAL 5
MÉDIA 2 MÉDIA 2 TOLERÁVEL 3
INTOLERÁVEL 6
ALTA 3 ALTA 3 MODERADO 4
LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO
R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA
164495 IVAN DE SALES ENCARREGADO DE CARPINTARIA
150447 MANOEL LOPES JUNIOR ENCARREGADO DE FORMA
164465 WALTEMIR BARBOSA DA SILVA LÍDER DE GR. DE CARPINTEIRO
168037 ADAIL PIRES CORREA CARPINTEIRO
Doc. Origem: PGI 002-FG 8 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 9
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
166559 AILSON DA SILVA CARDOSO SERVENTE
166549 ALCINEO FERREIRA DOS SANTOS SERVENTE
168035 ALEXANDRE SANTANA BRITO SERVENTE
168042 ANDERSON SANTANA BRITO SERVENTE
166769 CLAUDIO DA SILVA SANTOS MEIO OFICIAL CARPINTEIRO
166831 DIERISON COELHO TOLOSA SERVENTE
167239 EMESON LEITAO MOTA MEIO OFICIAL CARPINTEIRO
164291 ENIVALDO TOLOSA DOS REIS CARPINTEIRO
166841 EVERSON MIGUEL DE ALMEIDA SILVA MEIO OFICIAL CARPINTEIRO
166965 FABIO DOS SANTOS MEIO OFICIAL CARPINTEIRO
LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO
R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA
166814 FRANCISCO CANINDE RODRIGUES DOS SANTOS SERVENTE
165017 GILSON DE SOUSA LOPES SERVENTE
165243 HERTON DE ARAUJO FERREIRA CARPINTEIRO
165025 JACKSSON LIMA DE SOUSA SERVENTE
166800 JAILSON DO LAGO CARPINTEIRO
Doc. Origem: PGI 002-FG 9 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 10
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
167025 JAIMESON TAVARES VILHENA SERVENTE
166555 JANDERLEI FERREIRA DA COSTA SERVENTE
165245 JONATAS SANTOS DA SILVA DOS SANTOS SERVENTE
166867 JONELSON DOS SANTOS PANTOJA SERVENTE
165451 JOSUE BRITO DIAS CARPINTEIRO
164285 JOSUE TEIXEIRA COSTA CARPINTEIRO
165257 JULIO OLIVEIRA TAVARES CARPINTEIRO
167296 LAYON CIDES DA SILVA COSTA SERVENTE
168140 LEONARDO FERREIRA MENDES SERVENTE
LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO
R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA
166561 LEVI DOS SANTOS FARIAS SERVENTE
164290 MANOEL JORGE MORAES CARPINTEIRO
167299 MANOEL MARIA SILVA CARPINTEIRO
168062 MANOEL REGIS DE CASTRO CARPINTEIRO
166838 MANUEL GOMES DOS SANTOS DINIZ SERVENTE
168141 MARCOS GOMES DA SILVA SERVENTE
Doc. Origem: PGI 002-FG 10 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 11
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
165463 MARCOS SANTOS DIAS MEIO OFICIAL CARPINTEIRO
167099 MARINELIO DORNELAS DA VEIGA CARPINTEIRO
168033 PATRIC JONATHA DOS REIS CARVALHO SERVENTE
166844 RAIMUNDO NONATO ABREU PEREIRA CARPINTEIRO
168130 RENATO JOSE SCHNEIDER MARCENEIRO
LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO
R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA
Doc. Origem: PGI 002-FG 11 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 12
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO
R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA
Doc. Origem: PGI 002-FG 12 de 13 Data: 02/03/2012
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
UHE FERREIRA GOMES
Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012
Rev. 00
Data: 05/03/2012
Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 13
Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras
ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua.
Doc. Origem: PGI 002-FG 13 de 13 Data: 02/03/2012

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apr 01 - plantio de grama
Apr   01 - plantio de gramaApr   01 - plantio de grama
Apr 01 - plantio de grama
André Alves
 
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.docAPR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
CceroOliveira17
 
CERTIFICADO NR 06
CERTIFICADO NR 06 CERTIFICADO NR 06
CERTIFICADO NR 06
Ivson Barbosa
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
Jose Adilson
 
Apr modelo
Apr modeloApr modelo
Apr modelo
Antonio Ricardo
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
JonathanPessotti
 
Apr pinturade piso 160316
Apr   pinturade piso 160316Apr   pinturade piso 160316
Apr pinturade piso 160316
Mirlley de Mendonça
 
Check List Andaimes
Check List AndaimesCheck List Andaimes
Check List Andaimes
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Apr trabalho em altura
 Apr trabalho em altura Apr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
claudinei Nascimento
 
Apr bastida
Apr bastidaApr bastida
Apr bastida
Andre Cruz
 
-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf
Eliane Damião Alves
 
Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
Célio Silva Oliveira Oliveira
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
Mateus Borges
 
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRAAPR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx
304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx
304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx
LucianaFernandes219481
 
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Check list-inspecao-de-seguranca
Check list-inspecao-de-segurancaCheck list-inspecao-de-seguranca
Check list-inspecao-de-seguranca
Marcos Gaspar
 
864-APR-Alvenaria.doc
864-APR-Alvenaria.doc864-APR-Alvenaria.doc
864-APR-Alvenaria.doc
Mateus tst Silva
 
Modelo de Cronograma de Treinamento Continuado da Brigada
Modelo de Cronograma de Treinamento Continuado da BrigadaModelo de Cronograma de Treinamento Continuado da Brigada
Modelo de Cronograma de Treinamento Continuado da Brigada
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Os de pedreiro
Os de pedreiroOs de pedreiro
Os de pedreiro
Sandro Da Silva Santos
 

Mais procurados (20)

Apr 01 - plantio de grama
Apr   01 - plantio de gramaApr   01 - plantio de grama
Apr 01 - plantio de grama
 
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.docAPR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
 
CERTIFICADO NR 06
CERTIFICADO NR 06 CERTIFICADO NR 06
CERTIFICADO NR 06
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
 
Apr modelo
Apr modeloApr modelo
Apr modelo
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
 
Apr pinturade piso 160316
Apr   pinturade piso 160316Apr   pinturade piso 160316
Apr pinturade piso 160316
 
Check List Andaimes
Check List AndaimesCheck List Andaimes
Check List Andaimes
 
Apr trabalho em altura
 Apr trabalho em altura Apr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
Apr bastida
Apr bastidaApr bastida
Apr bastida
 
-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf
 
Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
 
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRAAPR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
APR - SERVIÇOS DE APLICAÇÃO E LANÇAMENTO DE FORMAS ESTRUTURAIS DE MADEIRA
 
304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx
304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx
304723138-DOC-APR-2-013-Teste-Hidrostatico.docx
 
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35Permissão Para Trabalho em Altura  - NR 35
Permissão Para Trabalho em Altura - NR 35
 
Check list-inspecao-de-seguranca
Check list-inspecao-de-segurancaCheck list-inspecao-de-seguranca
Check list-inspecao-de-seguranca
 
864-APR-Alvenaria.doc
864-APR-Alvenaria.doc864-APR-Alvenaria.doc
864-APR-Alvenaria.doc
 
Modelo de Cronograma de Treinamento Continuado da Brigada
Modelo de Cronograma de Treinamento Continuado da BrigadaModelo de Cronograma de Treinamento Continuado da Brigada
Modelo de Cronograma de Treinamento Continuado da Brigada
 
Os de pedreiro
Os de pedreiroOs de pedreiro
Os de pedreiro
 

Destaque

(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
Luis Araujo
 
Apr montagem de andaime
Apr montagem de andaimeApr montagem de andaime
Apr montagem de andaime
Lazaro Carvalho Neto
 
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
Jupira Silva
 
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambienteApr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Orlando Junior Binda
 
Analise de risco_macro
Analise de risco_macroAnalise de risco_macro
Analise de risco_macro
Roberto Moreira
 
Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1
Uanderson Alves
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
Jose Fernandes
 
Ppra
Ppra  Ppra
Ppra
vhrf94
 
Lista de verificação super completa (check list)
Lista de verificação super completa (check list)Lista de verificação super completa (check list)
Lista de verificação super completa (check list)
Robson Peixoto
 
Pl0891 2013
Pl0891 2013Pl0891 2013
Fispq quim-amonia-industrial
Fispq quim-amonia-industrialFispq quim-amonia-industrial
Fispq quim-amonia-industrial
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Apr montagem de andaime
Apr   montagem de andaimeApr   montagem de andaime
Apr montagem de andaime
Michel Queiroz
 
Apr vitor meireles
Apr vitor meirelesApr vitor meireles
Apr vitor meireles
anealves
 
Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp   5 semana - tecnicas de analise de riscosPcp   5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
Tatiana Jatobá
 
Apr analise preliminar de risco
Apr   analise preliminar de riscoApr   analise preliminar de risco
Apr analise preliminar de risco
Marco Carvalho
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Adams David
 
Treinamanento sobre a.p.r
Treinamanento sobre a.p.rTreinamanento sobre a.p.r
Treinamanento sobre a.p.r
Sergio Luiz Luongo
 
Segurança e-utilização-de-abrasivos
Segurança e-utilização-de-abrasivosSegurança e-utilização-de-abrasivos
Segurança e-utilização-de-abrasivos
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Alquilbenzeno 9
Alquilbenzeno 9Alquilbenzeno 9

Destaque (20)

(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
Apr montagem de andaime
Apr montagem de andaimeApr montagem de andaime
Apr montagem de andaime
 
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
 
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambienteApr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
 
Analise de risco_macro
Analise de risco_macroAnalise de risco_macro
Analise de risco_macro
 
Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1Apr cobertura bloco c v1
Apr cobertura bloco c v1
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
 
Ppra
Ppra  Ppra
Ppra
 
Lista de verificação super completa (check list)
Lista de verificação super completa (check list)Lista de verificação super completa (check list)
Lista de verificação super completa (check list)
 
Pl0891 2013
Pl0891 2013Pl0891 2013
Pl0891 2013
 
Fispq quim-amonia-industrial
Fispq quim-amonia-industrialFispq quim-amonia-industrial
Fispq quim-amonia-industrial
 
Apr montagem de andaime
Apr   montagem de andaimeApr   montagem de andaime
Apr montagem de andaime
 
Apr vitor meireles
Apr vitor meirelesApr vitor meireles
Apr vitor meireles
 
Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001
 
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp   5 semana - tecnicas de analise de riscosPcp   5 semana - tecnicas de analise de riscos
Pcp 5 semana - tecnicas de analise de riscos
 
Apr analise preliminar de risco
Apr   analise preliminar de riscoApr   analise preliminar de risco
Apr analise preliminar de risco
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
 
Treinamanento sobre a.p.r
Treinamanento sobre a.p.rTreinamanento sobre a.p.r
Treinamanento sobre a.p.r
 
Segurança e-utilização-de-abrasivos
Segurança e-utilização-de-abrasivosSegurança e-utilização-de-abrasivos
Segurança e-utilização-de-abrasivos
 
Alquilbenzeno 9
Alquilbenzeno 9Alquilbenzeno 9
Alquilbenzeno 9
 

Semelhante a Apr carpintaria

Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)
Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
Elmer Gueiros
 
Apr 002 oficina de fabricação embutido
Apr  002 oficina de fabricação embutidoApr  002 oficina de fabricação embutido
Apr 002 oficina de fabricação embutido
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETOSERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.docAPR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
OtacioCandido1
 
APT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.docAPT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.doc
PHDirceuFilho
 
apr-66-instalacao-hidraulica.docx
apr-66-instalacao-hidraulica.docxapr-66-instalacao-hidraulica.docx
apr-66-instalacao-hidraulica.docx
DeMarco3
 
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docxAPR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
Lrian1
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
RaynaraGoes1
 
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
ssuser518843
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
LeandrodeSouzaBarros
 
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR  - análieseConstrução de Alvenaria.docAPR  - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
ThiagoCrispim3
 
pdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdf
andersonrodrigues354
 
Ar 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiaisAr 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiais
Mauro Sergio Vales de Souza
 
APR Altura.doc
APR Altura.docAPR Altura.doc
APR Altura.doc
ARTHURDeoliveiraNeto
 
48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf
48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf
48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf
tjoana
 
Mala
MalaMala
Mala
Cascuda
 
APR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.ppt
APR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.pptAPR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.ppt
APR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.ppt
moisestssms
 
APT - CANTEIRO DE OBRA
APT - CANTEIRO DE OBRAAPT - CANTEIRO DE OBRA
APT - CANTEIRO DE OBRA
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
JHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdf
JHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdfJHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdf
JHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdf
JESUSBASILIOANTONIO
 
APR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdf
APR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdfAPR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdf
APR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdf
AndrSantos687125
 

Semelhante a Apr carpintaria (20)

Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)
Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
 
Apr 002 oficina de fabricação embutido
Apr  002 oficina de fabricação embutidoApr  002 oficina de fabricação embutido
Apr 002 oficina de fabricação embutido
 
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETOSERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
 
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.docAPR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
 
APT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.docAPT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.doc
 
apr-66-instalacao-hidraulica.docx
apr-66-instalacao-hidraulica.docxapr-66-instalacao-hidraulica.docx
apr-66-instalacao-hidraulica.docx
 
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docxAPR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
 
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
 
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR  - análieseConstrução de Alvenaria.docAPR  - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
 
pdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_apr-09-escavacao-valas-pdf-free.pdf
 
Ar 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiaisAr 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiais
 
APR Altura.doc
APR Altura.docAPR Altura.doc
APR Altura.doc
 
48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf
48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf
48062868-Ficha-seguranca-rebarbadora.pdf
 
Mala
MalaMala
Mala
 
APR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.ppt
APR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.pptAPR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.ppt
APR análise de Riscos Paradas IMPRIMIR 09.ppt
 
APT - CANTEIRO DE OBRA
APT - CANTEIRO DE OBRAAPT - CANTEIRO DE OBRA
APT - CANTEIRO DE OBRA
 
JHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdf
JHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdfJHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdf
JHA03_Open_Drain_Pit_Handrails_Installation_Rev01 PT.pdf
 
APR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdf
APR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdfAPR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdf
APR-de-Abertura-de-Vala-RV-6.pdf
 

Mais de NRFACIL www.nrfacil.com.br

PERSPECTIVA SST 2019
PERSPECTIVA SST 2019PERSPECTIVA SST 2019
PERSPECTIVA SST 2019
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
20passosescalada
20passosescalada20passosescalada
20passosescalada
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
E book-extintores-de-incêndio
E book-extintores-de-incêndioE book-extintores-de-incêndio
E book-extintores-de-incêndio
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Metodologia hrn-avaliação-de-riscos
Metodologia hrn-avaliação-de-riscosMetodologia hrn-avaliação-de-riscos
Metodologia hrn-avaliação-de-riscos
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
amianto
amiantoamianto
Amia
AmiaAmia
15 dicas que você precisa saber sobre linha
15 dicas que você precisa saber sobre linha15 dicas que você precisa saber sobre linha
15 dicas que você precisa saber sobre linha
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Capacitação nr 35
Capacitação nr 35Capacitação nr 35
Capacitação nr 35
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Apostila investigacao-de-acidentes.pdf
Apostila investigacao-de-acidentes.pdfApostila investigacao-de-acidentes.pdf
Apostila investigacao-de-acidentes.pdf
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Gabriel Gueiros - Artigo Ciências Aeronáuticas
Gabriel Gueiros - Artigo Ciências AeronáuticasGabriel Gueiros - Artigo Ciências Aeronáuticas
Gabriel Gueiros - Artigo Ciências Aeronáuticas
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Informativo spinelli 6
Informativo spinelli 6Informativo spinelli 6
Informativo spinelli 6
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Safe design
Safe designSafe design
Ibutg como calcular_sem_decorar
Ibutg como calcular_sem_decorarIbutg como calcular_sem_decorar
Ibutg como calcular_sem_decorar
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Faq sesmt
Faq sesmtFaq sesmt
06 fispq emulsão asfáltica rr
06 fispq emulsão asfáltica rr06 fispq emulsão asfáltica rr
06 fispq emulsão asfáltica rr
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Checklist aposentadoria especial
Checklist aposentadoria especial Checklist aposentadoria especial
Checklist aposentadoria especial
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Fns sst-apt- 27-passagem inferior
Fns sst-apt- 27-passagem inferiorFns sst-apt- 27-passagem inferior
Fns sst-apt- 27-passagem inferior
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Fns sst-apt- 28-sarjetas
Fns sst-apt- 28-sarjetasFns sst-apt- 28-sarjetas
Fns sst-apt- 28-sarjetas
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
Fns sst-apt- 29-serviços topograficos
Fns sst-apt- 29-serviços topograficosFns sst-apt- 29-serviços topograficos
Fns sst-apt- 29-serviços topograficos
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 

Mais de NRFACIL www.nrfacil.com.br (20)

PERSPECTIVA SST 2019
PERSPECTIVA SST 2019PERSPECTIVA SST 2019
PERSPECTIVA SST 2019
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
 
20passosescalada
20passosescalada20passosescalada
20passosescalada
 
E book-extintores-de-incêndio
E book-extintores-de-incêndioE book-extintores-de-incêndio
E book-extintores-de-incêndio
 
Metodologia hrn-avaliação-de-riscos
Metodologia hrn-avaliação-de-riscosMetodologia hrn-avaliação-de-riscos
Metodologia hrn-avaliação-de-riscos
 
amianto
amiantoamianto
amianto
 
Amia
AmiaAmia
Amia
 
15 dicas que você precisa saber sobre linha
15 dicas que você precisa saber sobre linha15 dicas que você precisa saber sobre linha
15 dicas que você precisa saber sobre linha
 
Capacitação nr 35
Capacitação nr 35Capacitação nr 35
Capacitação nr 35
 
Apostila investigacao-de-acidentes.pdf
Apostila investigacao-de-acidentes.pdfApostila investigacao-de-acidentes.pdf
Apostila investigacao-de-acidentes.pdf
 
Gabriel Gueiros - Artigo Ciências Aeronáuticas
Gabriel Gueiros - Artigo Ciências AeronáuticasGabriel Gueiros - Artigo Ciências Aeronáuticas
Gabriel Gueiros - Artigo Ciências Aeronáuticas
 
Informativo spinelli 6
Informativo spinelli 6Informativo spinelli 6
Informativo spinelli 6
 
Safe design
Safe designSafe design
Safe design
 
Ibutg como calcular_sem_decorar
Ibutg como calcular_sem_decorarIbutg como calcular_sem_decorar
Ibutg como calcular_sem_decorar
 
Faq sesmt
Faq sesmtFaq sesmt
Faq sesmt
 
06 fispq emulsão asfáltica rr
06 fispq emulsão asfáltica rr06 fispq emulsão asfáltica rr
06 fispq emulsão asfáltica rr
 
Checklist aposentadoria especial
Checklist aposentadoria especial Checklist aposentadoria especial
Checklist aposentadoria especial
 
Fns sst-apt- 27-passagem inferior
Fns sst-apt- 27-passagem inferiorFns sst-apt- 27-passagem inferior
Fns sst-apt- 27-passagem inferior
 
Fns sst-apt- 28-sarjetas
Fns sst-apt- 28-sarjetasFns sst-apt- 28-sarjetas
Fns sst-apt- 28-sarjetas
 
Fns sst-apt- 29-serviços topograficos
Fns sst-apt- 29-serviços topograficosFns sst-apt- 29-serviços topograficos
Fns sst-apt- 29-serviços topograficos
 

Último

NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
guilhermefontenele8
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
BrunaNeves80
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
paathizinhya
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
maripinkmarianne
 
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptxMini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
GleenseCartonilho
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
OttomGonalvesDaSilva
 
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
KauFelipo
 
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARMElectrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
dantemalca
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
Anderson1783
 

Último (9)

NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
 
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptxMini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
Mini curso Análise de LCR Liquorologia.pptx
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
 
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
 
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARMElectrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
Electrocardiografia - Manual AMIR - ENARM
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
 

Apr carpintaria

  • 1. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 1 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. EVENTOS INDESEJÁVEIS (perigos em situações normais ou em emergência) CAUSA BÁSICA (Fato gerador dos eventos indesejáveis identificados) EFEITOS (Efeitos / impactos possíveis sobre pessoas, meio ambiente e equipamentos, etc.) AVALIAÇÃO AÇÕES PREVENTIVAS E/OU MITIGADORAS RESP. AÇÕES P S R Acidente de trânsito (colisão de veículos durante o transporte de materiais e equipamentos ); - Atropelamento. - Falta de sinalização; - Desatenção, imprudência ou negligência tanto por parte de condutores de veículos (caminhão betoneira, caminhão guindaste, caminhão de apoio, veículo leve, entre outros) quanto de transeuntes; - Falha mecânica. Lesões pessoais, desde fraturas até óbitos; - Danos Materiais; - Danos Ambientais. 1 3 4 - Inspecionar previamente o local de trabalho; - Informar aos funcionários sobre a atenção ao transitar pelo pela obra em DDSMAQ; - Manter sinalização adequada no local; - Manter a área de manobra do guindaste e dos caminhões betoneira e de apoio desobstruída; - Manter distância segura do caminhão betoneira no momento da manobra para o descarregamento. - Manter visualização constante com os condutores dos veículos de grande porte, pois o campo de visão é menor. Os “pontos cegos” são maiores; - Os veículos de grande porte, como por exemplo, o caminhão betoneira, deverão ser dotados de alarme de ré; - Os veículos deverão estar com a manutenção preventiva em dia; - Os condutores dos veículos deverão realizar o check list diariamente. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Queda de mesmo nível Terreno irregular; - Local sujo e desorganizado; - Local mal iluminado. Lesões pessoais desde contusões, fraturas 1 2 3 Inspecionar previamente local de trabalho, observando a vias de acesso; - Manter local de trabalho bem iluminado; - Manter local de trabalho limpo e organização; Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Doc. Origem: PGI 002-FG 1 de 13 Data: 02/03/2012
  • 2. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 2 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. - Conscientização dos colaboradores sobre atenção ao transitar pelos acessos da obra através dos DDSMAQ / Sinalização. - Queda de nível diferente. - Local sujo e desorganizado; - Local mal iluminado; - Plataforma de trabalho em condições insegura; - Falta do uso de cinto de segurança. - Lesões pessoais desde contusões, fraturas até óbitos; 2 3 5 - Inspecionar previamente local de trabalho, observando a vias de acesso e plataformas de trabalho; - Manter local de trabalho bem iluminado; - Fazer uso do cinto de segurança com 2 talabartes em locais de trabalho acima de 2 metros de altura; - Manter local de trabalho limpo e organização; - Conscientização dos colaboradores sobre as formas seguras para trabalhos em altura através dos DDSMAQ / Sinalização. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho - Ponta de vergalhão desprotegida; - Pregos expostos. - Falta de proteções dos vergalhões de aço; - Falha em retirar ou rebater os pregos de madeira utilizada no processo. Lesões pessoais, desde cortes a perfurações. 1 2 3 - Retirar pregos ou pontas existentes nas peças de madeira. - Devem ser protegidas todas as pontas descobertas das armaduras, que ofereçam riscos; - Conscientização dos colaboradores sobre pontas de vergalhões e pregos expostos através dos DDSMAQ/ Sinalização; - Fazer uso de palmilha de aço. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Intempéries; - Sol. - Tempo Chuvoso; - Umidade. Danos a saúde dos colaboradores – Desidratação, cefaléia. 2 1 3 - Fazer uso de capa de chuva, protetor solar e touca tipo Árabe; - Consumir bastante água; - Paralisação das atividades de Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Doc. Origem: PGI 002-FG 2 de 13 Data: 02/03/2012
  • 3. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 3 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. movimentação de cargas, de solda e trabalhos em altura sob chuva forte; - Conscientização dos colaboradores sobre os perigos expostos a intempéries através dos DDSMAQ/ Sinalização. Seg/Téc. Meio Ambiente Contato com Ferramentas/Materiais Cortantes/ Prensantes - Improvisação de Ferramentas; - Uso de ferramentas inadequadas; - Utilização de forma inadequada. Lesões pessoais, como cortes ou luxação. 2 1 3 - Inspecionar todas as ferramentas; - Usar ferramentas adequadas em boas condições de uso; - Conscientização dos colaboradores através dos DDSMSAQ e Sinalização; - Utilização de luva de segurança. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Corte e planagem de madeiras - Poeiras; - Projeção de cavacos (pedaços) de madeira. Danos a saúde dos colaboradores como: - Problemas respiratórios; - Corpo estranho em olhos; - Luxações devido a impacto sofrido por projeção de cavaco. 2 2 4 - Fazer uso de máscara respiratória; - Fazer uso de óculos contra impacto e avental para quem estiver do lado em que são projetados os cavacos; - Inspecionar periodicamente as máquinas e equipamentos; - Conscientização dos colaboradores através dos DDSMSAQ e Sinalização Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho - Contato com Eletricidade - Uso de ferramentas elétricas sem manutenção; - Extensões e/ou fiações expostas. Danos pessoais desde queimadura, parada cardíaca até morte. 1 3 4 - Inspecionar todas as ferramentas, utilizando apenas ferramentas adequadas, em boas condições de uso, observando o aterramento; - Inspecionar cabos e extensões elétricas; - Utilizar tomadas do tipo stek; - Somente profissional capacitado e autorizado para realizar serviços de manutenção em equipamentos elétricos e circuitos elétricos energizados e não energizados; - Conscientização dos colaboradores Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Doc. Origem: PGI 002-FG 3 de 13 Data: 02/03/2012
  • 4. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 4 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. sobre os perigos que envolve o contato com eletricidade através dos DDSMAQ / Sinalização; - Aplicação de check-list e inspeções; - EPI Básico + uniforme anti-chamas + capacete classe B - Vazamento de Combustível / Óleo; - Abastecimento inadequado dos equipamentos. - Rompimento de mangueiras hidráulicas dos equipamentos. - Danos Materiais; - Danos ao Meio Ambiente; - Lesões Pessoais e, - Princípio de Incêndio. 2 2 4 - Abastecimento do caminhão betoneira, guindaste, gerador entre outros somente através de caminhão comboio; • Uso correto dos EPI´s; • Extintor de Incêndio PQS; • Kit de Mitigação para Emergência Ambiental. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg/Téc. Meio Ambiente - Tombamento de equipamentos (guindaste, por exemplo); - Queda de materiais e peças no momento da movimentação. - Má distribuição da Carga; - Falha Humana; - Terreno Instável; - Falha Operacional; - Falha do Equipamento; - Peso acima da capacidade dos equipamentos; - Ruptura de cabos aço e cintas de içamento. - Danos Materiais; - Danos Ambientais; - Danos pessoais tais como: prensamento de membros, fraturas e até óbitos. 1 3 4 - O equipamento deverá ser operado/conduzido por colaborador habilitado e autorizado; - Realizar manutenção preventiva dos equipamentos; - Manter na área somente o pessoal envolvido na atividade; - Fazer o reconhecimento do local antes de iniciar as atividades, - Verificar o terreno para a atividade; - Realizar inspeção de cabos de aço e/ou cintas utilizadas no içamento de peças e material; - Somente o sinaleiro será o responsável pelos sinais administrados para orientar o operador do guindaste; - Não permanecer sob peças ou materiais içados; Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Doc. Origem: PGI 002-FG 4 de 13 Data: 02/03/2012
  • 5. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 5 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. - Conscientização dos colaboradores através dos DDSMAQ/ Sinalização. Ruído. Máquinas e Equipamentos em operação. Perda gradual de audição. 2 2 4 - Fazer uso do protetor auricular; - Quando necessário, utilizar dupla proteção; - Conscientização quanto à importância e obrigatoriedade do uso do protetor auricular através do DDSMAQ. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Postura e esforço inadequado/Ergonomia. - Levantamento manual de peso; - Trabalho excessivo. Lesões Pessoais como lombalgia. 1 1 2 - Orientar em DDSMAQ quanto à postura ideal para trabalho seguro. - Realizar alongamento antes das atividades (ginástica laboral) Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Animais Peçonhentos; Presença de animais peçonhentos na obra. Danos pessoais, que vão desde alergia, inflamações até morte. 1 3 4 - Realizar DDSMAQ; - Atenção ao caminhar pelo canteiro de obras; - Chamar o SMS ao localizar algum animal no canteiro de obras - Uso de EPI's (Perneira uso a ser avaliado pelo TST). Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho/ Téc. Meio Amb. Impacto ao meio ambiente. Descarte inadequado de resíduos. Contaminação do solo. 1 1 2 - DDSMAQ; - Coleta seletiva. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Armazenamento inadequado de materiais Falha na avaliação de local e condições de armazenamento Lesões (Esmagamento de membros) 1 3 4 - Manter organização do local, identificando os locais de armazenagem. - Treinamento em 5S; - Orientação em DDSMAQ e Sinalização; Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Doc. Origem: PGI 002-FG 5 de 13 Data: 02/03/2012
  • 6. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 6 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. - Fazer uso de botina de segurança, luvas e capacete. Arranjo Físico Inadequado Forma inadequada de disposição de dos equipamentos, máquinas e materiais. Lesões, Distensão, Torções 1 1 2 - Orientação sobre postura adequada nos postos de trabalho. - Orientação sobre postura adequada nos postos de trabalho. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Incêndio Madeira e serragem exposta. Queimaduras, Lesões, mortes 1 3 4 - Treinar equipe em primeiro socorros e combate a incêndio; - Acionamento do Plano de Atendimento à Emergência - Conscientização dos colaboradores através dos DDSMAQ Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Iluminação inadequada Mau dimensionamento de refletores Fadiga visual e Acidentes ocasionados por local mal iluminado. 1 2 3 - Manter local de trabalho com iluminação adequada, para a execução de qualquer serviço com qualidade e principalmente como segurança; - Sinalização refletiva para advertência de algumas áreas para serviços noturnos. Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Exposição a Poeira Corte, serragem ou planegem da madeira Doenças Pulmonares ou Irritação nas Vias Aéreas. 2 1 3 - Avaliação do agente de risco químico poeira respirável conforme previsto no procedimento Programa de Prevenção de Riscos Ambientais; -Manter ventilação adequada para dispersão da poeira em suspensão; - Conscientização dos colaboradores através dos DDSMAQ / Sinalização; - Uso de mascara PFF1 Produção Eng°/Supervisor/ Encarregado/ Eng° Seg /Téc. De Seg de trabalho Doc. Origem: PGI 002-FG 6 de 13 Data: 02/03/2012
  • 7. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 7 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. AO OBSERVAR OUTRO RISCO NÃO PREVISTO NESTA APR, PARALISAR O TRABALHO IMEDIATAMENTE E COMUNICAR AO SUPERVISOR OU AO SMS OBSERVAÇÕES: 1) Seguir as determinações da APR; 2) Fazer a divulgação da APR para todos envolvidos na atividade; 3) Realização do DDSMAQ antes do inicio dos trabalhos; 4) Em caso de Emergência acionar o SMS – Rádio faixa 01 5) Seguir as normas regulamentadoras (Port 3.214/78) NR 06 – EPI “USO ORIGATÓRIO DE EPI’s BÁSICOS”, NR 10 – Instalações elétricas, NR 11 – Movimentação e armazenagem de Doc. Origem: PGI 002-FG 7 de 13 Data: 02/03/2012
  • 8. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 8 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. materiais, NR 12 – Máquinas e equipamentos, NR 17 – Ergonomia, NR 18 – Indústria da construção civil. Em caso de acidente contactar via rádio com o SMS e avisar a Fiscalização. Responsáveis pela elaboração da APR Produção ALUSA SMS ALUSA Nome Visto Nome Visto Nome Visto Luciano Domingues (Engenheiro de Produção) Ivan kazlauskas (Eng° de Segurança Trabalho) Edmilson Guia Francelino (Sup. de Produção) (Téc. Segurança Trabalho) Carlos Bueno (Técnico em Meio Ambiente) TABELA PARA AVALIAÇÃO DO RISCO PROBABILIDADE: SEVERIDADE GRADUAÇÃO DO RISCO: (COMBINAÇÃO DA PROBABILIDADE E SEVERIDADE) BAIXA 1 BAIXA 1 TRIVIAL 2 SUBSTANCIAL 5 MÉDIA 2 MÉDIA 2 TOLERÁVEL 3 INTOLERÁVEL 6 ALTA 3 ALTA 3 MODERADO 4 LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA 164495 IVAN DE SALES ENCARREGADO DE CARPINTARIA 150447 MANOEL LOPES JUNIOR ENCARREGADO DE FORMA 164465 WALTEMIR BARBOSA DA SILVA LÍDER DE GR. DE CARPINTEIRO 168037 ADAIL PIRES CORREA CARPINTEIRO Doc. Origem: PGI 002-FG 8 de 13 Data: 02/03/2012
  • 9. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 9 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. 166559 AILSON DA SILVA CARDOSO SERVENTE 166549 ALCINEO FERREIRA DOS SANTOS SERVENTE 168035 ALEXANDRE SANTANA BRITO SERVENTE 168042 ANDERSON SANTANA BRITO SERVENTE 166769 CLAUDIO DA SILVA SANTOS MEIO OFICIAL CARPINTEIRO 166831 DIERISON COELHO TOLOSA SERVENTE 167239 EMESON LEITAO MOTA MEIO OFICIAL CARPINTEIRO 164291 ENIVALDO TOLOSA DOS REIS CARPINTEIRO 166841 EVERSON MIGUEL DE ALMEIDA SILVA MEIO OFICIAL CARPINTEIRO 166965 FABIO DOS SANTOS MEIO OFICIAL CARPINTEIRO LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA 166814 FRANCISCO CANINDE RODRIGUES DOS SANTOS SERVENTE 165017 GILSON DE SOUSA LOPES SERVENTE 165243 HERTON DE ARAUJO FERREIRA CARPINTEIRO 165025 JACKSSON LIMA DE SOUSA SERVENTE 166800 JAILSON DO LAGO CARPINTEIRO Doc. Origem: PGI 002-FG 9 de 13 Data: 02/03/2012
  • 10. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 10 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. 167025 JAIMESON TAVARES VILHENA SERVENTE 166555 JANDERLEI FERREIRA DA COSTA SERVENTE 165245 JONATAS SANTOS DA SILVA DOS SANTOS SERVENTE 166867 JONELSON DOS SANTOS PANTOJA SERVENTE 165451 JOSUE BRITO DIAS CARPINTEIRO 164285 JOSUE TEIXEIRA COSTA CARPINTEIRO 165257 JULIO OLIVEIRA TAVARES CARPINTEIRO 167296 LAYON CIDES DA SILVA COSTA SERVENTE 168140 LEONARDO FERREIRA MENDES SERVENTE LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA 166561 LEVI DOS SANTOS FARIAS SERVENTE 164290 MANOEL JORGE MORAES CARPINTEIRO 167299 MANOEL MARIA SILVA CARPINTEIRO 168062 MANOEL REGIS DE CASTRO CARPINTEIRO 166838 MANUEL GOMES DOS SANTOS DINIZ SERVENTE 168141 MARCOS GOMES DA SILVA SERVENTE Doc. Origem: PGI 002-FG 10 de 13 Data: 02/03/2012
  • 11. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 11 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. 165463 MARCOS SANTOS DIAS MEIO OFICIAL CARPINTEIRO 167099 MARINELIO DORNELAS DA VEIGA CARPINTEIRO 168033 PATRIC JONATHA DOS REIS CARVALHO SERVENTE 166844 RAIMUNDO NONATO ABREU PEREIRA CARPINTEIRO 168130 RENATO JOSE SCHNEIDER MARCENEIRO LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA Doc. Origem: PGI 002-FG 11 de 13 Data: 02/03/2012
  • 12. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 12 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. LISTA DE IMPLEMENTAÇÃO R.E. FUNCIONÁRIO FUNÇÃO ASSINATURA Doc. Origem: PGI 002-FG 12 de 13 Data: 02/03/2012
  • 13. FST-010.01 ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO UHE FERREIRA GOMES Atividade: SERVIÇOS DE CARPINTARIA APR Nº 001/2012 Rev. 00 Data: 05/03/2012 Etapas do serviço: Mobilização da equipe de trabalho, Corte de madeira, Confecção de formas, Instalação de formas nas áreas. Folha: 13 Máquinas / Equipamentos: Serra circular manual e de bancada, plainadeiras, desengroso, serrote, martelo, machadinha entre outras ferramenas manuais, guindaste, guindalto (munck), grua. Doc. Origem: PGI 002-FG 13 de 13 Data: 02/03/2012