SlideShare uma empresa Scribd logo
EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS
REV.: A-09/15
DOC.: APR – 01
TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015
OBRA: SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA: 1 de 4
PARTICIPANTES
DA ELABORAÇÃO:
(1)
(2)
(3)
(4)
(5)
(6)
PARTICIPANTES
DA REVISÃO:
(1)
(2)
(3)
(4)
(5)
(6)
(1) (2) (3) (4) (5) (6)
Nº Etapas Evento / Perigo Causas Efeitos Controles Existentes P S R Ações
01
Estaca Escavada
Perfuração do solo
com uso de caminhão
perfuratriz
Ruído Acionamento do
Equipamento;
Ferramentas de
impacto em operação
Perda auditiva. - Enclausurar a fonte
geradora do ruído.
- Equipamento de
Proteção Individual.
C 2
Moderado
- Eliminar ou minimizar a fonte geradora do ruído a
fim de tornar saudável o ambiente de trabalho.
- Fazer uso da proteção auditiva nas frentes de
serviço, (Plug de silicone ou protetor tipo Concha),
dependendo da exposição e frequência do risco.
Poeira Contato de
ferramentas ao solo
Problemas
respiratórios.
Equipamento de
Proteção Individual.
C 2
Moderado
- Fazer uso da proteção respiratória quando houver
exposição à poeira.
Exposiçãoa radiação solar Trabalho a céu
aberto;
Condições climáticas
adversas (calor
excessivo);
Mal estar,
desidratação e
Insolação;Fadiga;
Mal súbito;
- Manter água (fresca)
potável próximo ao
colaborador.
- Uso de cobertura,
protetor solar.
C 1
Tolerável
- Tomar água fresca constantemente para
hidratação;
- Orientar os colaboradores quanto aos riscos
existentes na atividade
Intempéries Descarga atmosférica
e Mudanças de
condições climáticas;
Queimaduras,
Parada
cardiorrespiratória
e morte;
Paralisação das
atividades
C 4
Intolerável
- Recolher o equipamento.
- Colocar o pessoal em abrigo mais próximo,que
tenha a proteção contra descarga atmosférica.
- Orientar os colaboradores quanto aos riscos
existentes na atividade;
Projeção de partículas Contato de perfuratriz
com o solo.
- Lesões,cortes
e perfurações.
- Hemorragia
ocular e irritação
- Isolamento do local.
- Utilizar equipamento de
Proteção Individual C 3
Moderado
- Manter presentes,somente as pessoas envolvidas
na atividade.
- A área deve estar devidamente sinalizada e
isolada.
- Fazer uso dos EPIs adequados ao serviço.
Uso inadequado de
ferramentas e
equipamentos
Improvisação de
ferramentas, falta de
ferramentas
adequadas,pressa
na execução, falta de
habilidade e atenção.
Fadiga;Lesões
de membros
superiores e
inferiores,
lesões contusas;
Utilização dos
Equipamentos de
Proteção necessários;
Inspecionar a ferramenta
antes de iniciar as
atividades;
C 2
Moderado
- Orientar os colaboradores sobre a importância de estar
verificando e inspecionando a ferramenta antes de iniciar
as atividades;
- Substituição das ferramentas quando necessário;
- Atenção ao realizar a atividade;
- Orientar os colaboradores quanto aos riscos existentes
na atividade;
EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS
REV.: A
IDENT: APR – 01
TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015
OBRA:
SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA:
2 de 4
(1) (2) (3) (4) (5) (6)
01
Estaca Escavada
Perfuração do solo
com uso de caminhão
perfuratriz
Arranjo físico inadequado Falta de organização
e limpeza do local de
trabalho;
Terreno irregular;
Posicionamento dos
maquinários de forma
irregular;
Lesões
superficiais;
Lesões contusas
e cortantes;
Fraturas;
Escoriações;
Planejamento para
instalação e
posicionamento do
maquinário de forma
regular;
C 2
Moderado
- Organização e limpeza do local de trabalho;
- Adequação do piso e do terreno para instalação do
equipamento;
- Alertar os colaboradores para ter atenção ao deslocarem
próximo ao maquinário;
- Orientar os colaboradores quanto aos riscos existentes
na atividade;
Queda de mesmo nível,
tombamento do
equipamento.
Falta de atenção,
Falta de estabilidade
do terreno,Superfície
lisa e escorregadia,
Terreno irregular,
Improviso de acesso,
Falta de sinalização.
Lesões
superficiais,
Lesões
contusas,
fraturas
múltiplas,danos
materiais.
- Verificação do local da
atividade antes da
execução dos serviços.
- Limpeza e organização
da área.
C 3
Moderado
- Manter o ambiente livre de interferências;
- Promover organização e limpeza em toda área de
trabalho;
- Verificar os acessos do local;
- Sinalizar a área quando necessário;
Queda de nível Falta de atenção.
Falta de uso do EPI.
Lesões diversas Equipamento de
Proteção individual.
C 3
Moderado
Em serviços acima de 2 metros,fazer uso do cinto
de segurança.
Acidente com pessoas,
atropelamento
Falta de sinalização,
isolamento,falta de
atenção.
Lesões e
fraturas.
Sinalização de segurança
e isolamento
D 4
Intolerável
- Toda a área deve estar devidamente sinalizada.
- Manter atenção durante as manobras do
equipamento,verificando se a área está livre de
pessoas.
- Somente pessoas envolvidas devem estar
presentes.
Colisãoentreveículos e
equipamentos
Falha humana.
Falha mecânica.
Falta de sinalização.
Lesões diversas.
Danos materiais.
Efetuar a inspeção diária
do veículo.
Sinalização de área. C 3
Moderado
- Manter a área devidamente isolada e sinalizada.
- Sinalizar com cones ao longo da via quando
realizar serviços próximos as vias de acessos de
veículos.
Acidente com membros
inferiores e superiores
Perfuratriz ligada em
funcionamento.
Lesões diversas.
Fraturas.
Equipamento de
Proteção Individual.
DDPS C 3
Moderado
O Isolamento deverá ser respeitado quando a
ferramenta estiver em funcionamento.
Rompimentode mangueiras
hidráulicas/Vazamento de
produtos perigosos
Sobrecarga do
equipamento;
Poluição do solo
e água.
Danos a fauna e
flora.
Obedecer aos limites do
equipamento.
C 1
Tolerável
- Paralisação das operações em caso de
vazamento;
- Contenção do vazamento no local das atividades;
EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS
REV.: A
IDENT: APR – 01
TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015
OBRA:
SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA:
3 de 4
(1) (2) (3) (4) (5) (6)
01
Estaca Escavada
Perfuração do solo
com uso de caminhão
perfuratriz
Choque elétrico. Serviços próximos a
rede elétrica.
Queimaduras e
lesões graves,
morte.
Verificar o local das
atividades antes de
executadas.
C 4
Intolerável
Não realizar serviços próximos a redes elétricas,
respeitar os limites abaixo:
Voltagem (kV) Distância (m)
Até 6,6 2,5
6,6 - 11 2,7
11 - 50 3,0
50 - 66 3,2
66 - 100 4,8
100 - 138 5,2
Recomendações Gerais
 Realizar DDS antes do início das atividades a fim de manter informado o colaborador sobre os riscos da atividade.
 Sinalizar e isolar a área de trabalho, quando necessário.
 Manter informado, supervisores, encarregado, técnico de segurança sobre as atividades a serem realizadas.
 Todo incidente ou acidente deve ser imediatamente reportado ao Setor de Segurança do Trabalho, para tomar as medidas de Ação.
 Telefones para contatos:
 (0XX11) – 2422 - 5586 Escritório da Impacto.
 (0XX11) – 2521 - 0409 Escritório da Impacto.
 (0XX11) – 7870 - 9036 / 7* 923544 – Edson Ferreira, Administrativo Impacto.
 Garantir que todos estejam equipados com EPI’s.
 Os funcionários deverão estar qualificados na execução da atividade e ciente desta APR, bem como, mantê-la atualizada em local de fácil acesso – Pasta de Documentos.
Observações
 As recomendações gerais previstas nesta APR deverão ser aplicadas para todos os envolvidos,em todas as etapas previstas nesta APR.
 A abrangência prevista da APR para todos os dias das 07h00minh às 17h00minh,ou enquanto houver luminosidade natural,salvo prévia comunicação e autorização. Caso seja necessário
o trabalho noturno,instalar iluminação suficiente e sinalização.
 Atender todos os procedimentos e normas inerentes às atividades.
 Manter rota de fuga livre e desimpedida;
 Em caso de condições climáticas adversas (incidência de raios, tempestades,chuvas e ventos fortes) suspender os trabalhos a céu aberto deslocando a força de trabalho para local seguro;
 Solicitar o descarte adequado dos resíduos (Coleta Seletiva).
 Manter na execução das atividades somente pessoal envolvido na tarefa.
 Deve manter os locais de trabalhos limpos e organizados.
EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS
REV.: A
IDENT: APR – 01
TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015
OBRA:
SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA:
4 de 4
(1) (2) (3) (4) (5) (6)
Metodologia para Análise Preliminar de Riscos
P - Probabilidade de
ocorrência do evento
S - Severidade das consequências do evento Criticidade R – Risco
A
Extremamente
Remoto
1 Desprezível
- Ausência de lesões.
- Sem danos ou danos não significativos eminstalações e equipamentos.
A B C D E 1 Tolerável
B Remoto 2 Marginal
- Lesões leves a empregados e terceiros
- Danos moderados a instalações e equipamentos
1 2 Moderado
C Pouco Provável 3 Crítica
- Lesões de gravidade moderada em empregados e terceiros
- Danos severos a instalações e equipamentos
2 3
Intoleráve
l
D Provável
4 Catastrófica
- Mortes ou lesões graves e incapacitantes externamente
- Perda total de instalações e equipamentos e danos severos emáreas
sensíveis se estendendo para outros locais
3
E Frequente 4

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf
246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf
246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf
MuriloPucineliAlves2
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
Eliane Damião Alves
 
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
TIAGO SAMPOGNA DE MORAES
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
JonathanPessotti
 
Apr trabalho em altura
 Apr trabalho em altura Apr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
claudinei Nascimento
 
Apr bastida
Apr bastidaApr bastida
Apr bastida
Andre Cruz
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
André Alves
 
Apr colocação de vidro
Apr colocação de vidroApr colocação de vidro
Apr colocação de vidro
JUENCIV Serviços e Construção Ltda
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
Mateus Borges
 
Apr carpintaria
Apr carpintariaApr carpintaria
232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte
ssuser3dd51f
 
Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22
ThaisCoimbra2
 
Treinamento pta
Treinamento ptaTreinamento pta
Treinamento pta
RogrioTorresTorres
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
Jose Adilson
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
RogrioTorresTorres
 
Apr 15 trabalho em altura
Apr 15   trabalho em alturaApr 15   trabalho em altura
Apr 15 trabalho em altura
Jose Adilson
 
Apr montagem de andaime
Apr montagem de andaimeApr montagem de andaime
Apr montagem de andaime
Lazaro Carvalho Neto
 
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambienteApr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Orlando Junior Binda
 
Check List Andaimes
Check List AndaimesCheck List Andaimes
Check List Andaimes
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.docAPR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
CceroOliveira17
 

Mais procurados (20)

246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf
246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf
246128963-APR-517-Corte-de-Perfilado-de-Ferro-Com-Uso-de-Esmerilhadeira (1).pdf
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
 
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
 
Apr trabalho em altura
 Apr trabalho em altura Apr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
Apr bastida
Apr bastidaApr bastida
Apr bastida
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
 
Apr colocação de vidro
Apr colocação de vidroApr colocação de vidro
Apr colocação de vidro
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
 
Apr carpintaria
Apr carpintariaApr carpintaria
Apr carpintaria
 
232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte232107594 treinamento-serra-policorte
232107594 treinamento-serra-policorte
 
Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22Analise preliminar de riscos 22
Analise preliminar de riscos 22
 
Treinamento pta
Treinamento ptaTreinamento pta
Treinamento pta
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Apr 15 trabalho em altura
Apr 15   trabalho em alturaApr 15   trabalho em altura
Apr 15 trabalho em altura
 
Apr montagem de andaime
Apr montagem de andaimeApr montagem de andaime
Apr montagem de andaime
 
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambienteApr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
 
Check List Andaimes
Check List AndaimesCheck List Andaimes
Check List Andaimes
 
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.docAPR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
APR 001 - MOBILIZAÇÃO CANTEIRO DE OBRAS.doc
 

Semelhante a Apr modelo

SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETOSERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
RaynaraGoes1
 
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.docSSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
Gegiane Melo
 
APR - Armação de ferragem para o piso.doc
APR - Armação de ferragem para o piso.docAPR - Armação de ferragem para o piso.doc
APR - Armação de ferragem para o piso.doc
julianaestagiariasol
 
-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf
Eliane Damião Alves
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
LeandrodeSouzaBarros
 
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docxAPR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
Lrian1
 
Apr 002 oficina de fabricação embutido
Apr  002 oficina de fabricação embutidoApr  002 oficina de fabricação embutido
Apr 002 oficina de fabricação embutido
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdfJHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JESUSBASILIOANTONIO
 
Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)
Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
Elmer Gueiros
 
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docx
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docxANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docx
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docx
BarbaraCosta496881
 
Mala
MalaMala
Mala
Cascuda
 
APT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.docAPT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.doc
PHDirceuFilho
 
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
Jupira Silva
 
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.docAPR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
OtacioCandido1
 
APR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocx
APR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocxAPR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocx
APR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocx
antenorjunior9
 
Treinamento NR12 - Obra.pptx
Treinamento NR12 - Obra.pptxTreinamento NR12 - Obra.pptx
Treinamento NR12 - Obra.pptx
smscentauro
 
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR  - análieseConstrução de Alvenaria.docAPR  - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
ThiagoCrispim3
 
APR Altura.doc
APR Altura.docAPR Altura.doc
APR Altura.doc
ARTHURDeoliveiraNeto
 
APR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docx
APR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docxAPR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docx
APR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docx
EzequielSorrentinode
 

Semelhante a Apr modelo (20)

SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETOSERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO, ENSAIO DE PERCA D’ÁGUA E INJEÇÃO DE CONCRETO
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
 
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.docSSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
 
APR - Armação de ferragem para o piso.doc
APR - Armação de ferragem para o piso.docAPR - Armação de ferragem para o piso.doc
APR - Armação de ferragem para o piso.doc
 
-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
 
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docxAPR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
 
Apr 002 oficina de fabricação embutido
Apr  002 oficina de fabricação embutidoApr  002 oficina de fabricação embutido
Apr 002 oficina de fabricação embutido
 
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdfJHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
 
Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)Apr  003 oficina de fabricação   industrial  uhe fg rev 00 (1)
Apr 003 oficina de fabricação industrial uhe fg rev 00 (1)
 
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docx
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docxANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docx
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR.docx
 
Mala
MalaMala
Mala
 
APT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.docAPT- 12 CARPINTARIA.doc
APT- 12 CARPINTARIA.doc
 
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02024.apr.16.09  -montagem_de_tubulações_envelopes_02
024.apr.16.09 -montagem_de_tubulações_envelopes_02
 
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.docAPR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
APR_MONTAEM_E_DESMONTAGEM_DE_EQUIPAMENTOS_DE_MOVIMENTAÇÃO_DE_CARGAS.doc
 
APR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocx
APR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocxAPR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocx
APR-escavadeira E01.agora.Galpão montagemdocx
 
Treinamento NR12 - Obra.pptx
Treinamento NR12 - Obra.pptxTreinamento NR12 - Obra.pptx
Treinamento NR12 - Obra.pptx
 
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR  - análieseConstrução de Alvenaria.docAPR  - análieseConstrução de Alvenaria.doc
APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc
 
APR Altura.doc
APR Altura.docAPR Altura.doc
APR Altura.doc
 
APR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docx
APR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docxAPR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docx
APR-Adequacao NR10 - SPDA - AREAS EXTERNAS.docx
 

Mais de Antonio Ricardo

LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333
LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333
LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333
Antonio Ricardo
 
3073504 informatica-apostila-word-completo
3073504 informatica-apostila-word-completo3073504 informatica-apostila-word-completo
3073504 informatica-apostila-word-completo
Antonio Ricardo
 
Check list-para-uan (1)
Check list-para-uan (1)Check list-para-uan (1)
Check list-para-uan (1)
Antonio Ricardo
 
Carros
CarrosCarros
Certificado cipa
Certificado cipaCertificado cipa
Certificado cipa
Antonio Ricardo
 
Checklist PCMAT
Checklist  PCMATChecklist  PCMAT
Checklist PCMAT
Antonio Ricardo
 
Apostila trabalho em altura i
Apostila trabalho em altura iApostila trabalho em altura i
Apostila trabalho em altura i
Antonio Ricardo
 
Checklist pcmat
Checklist pcmatChecklist pcmat
Checklist pcmat
Antonio Ricardo
 

Mais de Antonio Ricardo (8)

LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333
LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333
LISTA DE LUVA COMPILADO 1233333333333333
 
3073504 informatica-apostila-word-completo
3073504 informatica-apostila-word-completo3073504 informatica-apostila-word-completo
3073504 informatica-apostila-word-completo
 
Check list-para-uan (1)
Check list-para-uan (1)Check list-para-uan (1)
Check list-para-uan (1)
 
Carros
CarrosCarros
Carros
 
Certificado cipa
Certificado cipaCertificado cipa
Certificado cipa
 
Checklist PCMAT
Checklist  PCMATChecklist  PCMAT
Checklist PCMAT
 
Apostila trabalho em altura i
Apostila trabalho em altura iApostila trabalho em altura i
Apostila trabalho em altura i
 
Checklist pcmat
Checklist pcmatChecklist pcmat
Checklist pcmat
 

Último

Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 

Apr modelo

  • 1. EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS REV.: A-09/15 DOC.: APR – 01 TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015 OBRA: SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA: 1 de 4 PARTICIPANTES DA ELABORAÇÃO: (1) (2) (3) (4) (5) (6) PARTICIPANTES DA REVISÃO: (1) (2) (3) (4) (5) (6) (1) (2) (3) (4) (5) (6) Nº Etapas Evento / Perigo Causas Efeitos Controles Existentes P S R Ações 01 Estaca Escavada Perfuração do solo com uso de caminhão perfuratriz Ruído Acionamento do Equipamento; Ferramentas de impacto em operação Perda auditiva. - Enclausurar a fonte geradora do ruído. - Equipamento de Proteção Individual. C 2 Moderado - Eliminar ou minimizar a fonte geradora do ruído a fim de tornar saudável o ambiente de trabalho. - Fazer uso da proteção auditiva nas frentes de serviço, (Plug de silicone ou protetor tipo Concha), dependendo da exposição e frequência do risco. Poeira Contato de ferramentas ao solo Problemas respiratórios. Equipamento de Proteção Individual. C 2 Moderado - Fazer uso da proteção respiratória quando houver exposição à poeira. Exposiçãoa radiação solar Trabalho a céu aberto; Condições climáticas adversas (calor excessivo); Mal estar, desidratação e Insolação;Fadiga; Mal súbito; - Manter água (fresca) potável próximo ao colaborador. - Uso de cobertura, protetor solar. C 1 Tolerável - Tomar água fresca constantemente para hidratação; - Orientar os colaboradores quanto aos riscos existentes na atividade Intempéries Descarga atmosférica e Mudanças de condições climáticas; Queimaduras, Parada cardiorrespiratória e morte; Paralisação das atividades C 4 Intolerável - Recolher o equipamento. - Colocar o pessoal em abrigo mais próximo,que tenha a proteção contra descarga atmosférica. - Orientar os colaboradores quanto aos riscos existentes na atividade; Projeção de partículas Contato de perfuratriz com o solo. - Lesões,cortes e perfurações. - Hemorragia ocular e irritação - Isolamento do local. - Utilizar equipamento de Proteção Individual C 3 Moderado - Manter presentes,somente as pessoas envolvidas na atividade. - A área deve estar devidamente sinalizada e isolada. - Fazer uso dos EPIs adequados ao serviço. Uso inadequado de ferramentas e equipamentos Improvisação de ferramentas, falta de ferramentas adequadas,pressa na execução, falta de habilidade e atenção. Fadiga;Lesões de membros superiores e inferiores, lesões contusas; Utilização dos Equipamentos de Proteção necessários; Inspecionar a ferramenta antes de iniciar as atividades; C 2 Moderado - Orientar os colaboradores sobre a importância de estar verificando e inspecionando a ferramenta antes de iniciar as atividades; - Substituição das ferramentas quando necessário; - Atenção ao realizar a atividade; - Orientar os colaboradores quanto aos riscos existentes na atividade;
  • 2. EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS REV.: A IDENT: APR – 01 TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015 OBRA: SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA: 2 de 4 (1) (2) (3) (4) (5) (6) 01 Estaca Escavada Perfuração do solo com uso de caminhão perfuratriz Arranjo físico inadequado Falta de organização e limpeza do local de trabalho; Terreno irregular; Posicionamento dos maquinários de forma irregular; Lesões superficiais; Lesões contusas e cortantes; Fraturas; Escoriações; Planejamento para instalação e posicionamento do maquinário de forma regular; C 2 Moderado - Organização e limpeza do local de trabalho; - Adequação do piso e do terreno para instalação do equipamento; - Alertar os colaboradores para ter atenção ao deslocarem próximo ao maquinário; - Orientar os colaboradores quanto aos riscos existentes na atividade; Queda de mesmo nível, tombamento do equipamento. Falta de atenção, Falta de estabilidade do terreno,Superfície lisa e escorregadia, Terreno irregular, Improviso de acesso, Falta de sinalização. Lesões superficiais, Lesões contusas, fraturas múltiplas,danos materiais. - Verificação do local da atividade antes da execução dos serviços. - Limpeza e organização da área. C 3 Moderado - Manter o ambiente livre de interferências; - Promover organização e limpeza em toda área de trabalho; - Verificar os acessos do local; - Sinalizar a área quando necessário; Queda de nível Falta de atenção. Falta de uso do EPI. Lesões diversas Equipamento de Proteção individual. C 3 Moderado Em serviços acima de 2 metros,fazer uso do cinto de segurança. Acidente com pessoas, atropelamento Falta de sinalização, isolamento,falta de atenção. Lesões e fraturas. Sinalização de segurança e isolamento D 4 Intolerável - Toda a área deve estar devidamente sinalizada. - Manter atenção durante as manobras do equipamento,verificando se a área está livre de pessoas. - Somente pessoas envolvidas devem estar presentes. Colisãoentreveículos e equipamentos Falha humana. Falha mecânica. Falta de sinalização. Lesões diversas. Danos materiais. Efetuar a inspeção diária do veículo. Sinalização de área. C 3 Moderado - Manter a área devidamente isolada e sinalizada. - Sinalizar com cones ao longo da via quando realizar serviços próximos as vias de acessos de veículos. Acidente com membros inferiores e superiores Perfuratriz ligada em funcionamento. Lesões diversas. Fraturas. Equipamento de Proteção Individual. DDPS C 3 Moderado O Isolamento deverá ser respeitado quando a ferramenta estiver em funcionamento. Rompimentode mangueiras hidráulicas/Vazamento de produtos perigosos Sobrecarga do equipamento; Poluição do solo e água. Danos a fauna e flora. Obedecer aos limites do equipamento. C 1 Tolerável - Paralisação das operações em caso de vazamento; - Contenção do vazamento no local das atividades;
  • 3. EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS REV.: A IDENT: APR – 01 TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015 OBRA: SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA: 3 de 4 (1) (2) (3) (4) (5) (6) 01 Estaca Escavada Perfuração do solo com uso de caminhão perfuratriz Choque elétrico. Serviços próximos a rede elétrica. Queimaduras e lesões graves, morte. Verificar o local das atividades antes de executadas. C 4 Intolerável Não realizar serviços próximos a redes elétricas, respeitar os limites abaixo: Voltagem (kV) Distância (m) Até 6,6 2,5 6,6 - 11 2,7 11 - 50 3,0 50 - 66 3,2 66 - 100 4,8 100 - 138 5,2 Recomendações Gerais  Realizar DDS antes do início das atividades a fim de manter informado o colaborador sobre os riscos da atividade.  Sinalizar e isolar a área de trabalho, quando necessário.  Manter informado, supervisores, encarregado, técnico de segurança sobre as atividades a serem realizadas.  Todo incidente ou acidente deve ser imediatamente reportado ao Setor de Segurança do Trabalho, para tomar as medidas de Ação.  Telefones para contatos:  (0XX11) – 2422 - 5586 Escritório da Impacto.  (0XX11) – 2521 - 0409 Escritório da Impacto.  (0XX11) – 7870 - 9036 / 7* 923544 – Edson Ferreira, Administrativo Impacto.  Garantir que todos estejam equipados com EPI’s.  Os funcionários deverão estar qualificados na execução da atividade e ciente desta APR, bem como, mantê-la atualizada em local de fácil acesso – Pasta de Documentos. Observações  As recomendações gerais previstas nesta APR deverão ser aplicadas para todos os envolvidos,em todas as etapas previstas nesta APR.  A abrangência prevista da APR para todos os dias das 07h00minh às 17h00minh,ou enquanto houver luminosidade natural,salvo prévia comunicação e autorização. Caso seja necessário o trabalho noturno,instalar iluminação suficiente e sinalização.  Atender todos os procedimentos e normas inerentes às atividades.  Manter rota de fuga livre e desimpedida;  Em caso de condições climáticas adversas (incidência de raios, tempestades,chuvas e ventos fortes) suspender os trabalhos a céu aberto deslocando a força de trabalho para local seguro;  Solicitar o descarte adequado dos resíduos (Coleta Seletiva).  Manter na execução das atividades somente pessoal envolvido na tarefa.  Deve manter os locais de trabalhos limpos e organizados.
  • 4. EFER – CONSTRUTORES ASSOCIADOS REV.: A IDENT: APR – 01 TÍTULO: APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO – ESTACA ESCAVADA (CAMINHÃO PERFURATRIZ) DATA: 05/01/2015 OBRA: SPE RESIDENCIAL DOM BOSCO EMPREEENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA FOLHA: 4 de 4 (1) (2) (3) (4) (5) (6) Metodologia para Análise Preliminar de Riscos P - Probabilidade de ocorrência do evento S - Severidade das consequências do evento Criticidade R – Risco A Extremamente Remoto 1 Desprezível - Ausência de lesões. - Sem danos ou danos não significativos eminstalações e equipamentos. A B C D E 1 Tolerável B Remoto 2 Marginal - Lesões leves a empregados e terceiros - Danos moderados a instalações e equipamentos 1 2 Moderado C Pouco Provável 3 Crítica - Lesões de gravidade moderada em empregados e terceiros - Danos severos a instalações e equipamentos 2 3 Intoleráve l D Provável 4 Catastrófica - Mortes ou lesões graves e incapacitantes externamente - Perda total de instalações e equipamentos e danos severos emáreas sensíveis se estendendo para outros locais 3 E Frequente 4