SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 1 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS
PROB./
FREQ.
SEV.
GRAU DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
1 – Preparação do pessoal N/A N/A N/A N/A N/A
1.1.1 – O encarregado divulgará esta Análise Preliminar de
Risco – APR aos colaboradores;
Encarregado /
Supervisor
1.1.2 – Realizar o DDPS, ressaltando os perigos do serviço e os
acessos ao local, enfatizando a necessidade do uso dos
EPI´s;
1.1.4 – Instruir os colaboradores envolvidos sobre a maneira
correta de se comportar em caso de emergência;
1.1.5 – Será mantida uma cópia desta APR no local do serviço;
1.1.6 – Todos os colaboradores devem seguir para a área
portando os EPI’s básicos (capacete com jugular, óculos
de segurança, luva, protetor auricular e botina de
segurança) e fazendo uso do uniforme completo (camisa
de manga longa e calça);
1.1.7 – É proibido o uso de adornos (anel, pulseira e cordão) na
área industrial;
1.1.8 – Somente pessoas autorizadas pelo Estaleiro EBR
podem tirar fotos na área;
2 – Preparação do local da
atividade.
2.1 – Desvio comportamental. 2.1 – Ferimentos e lesões. 2 1 2
2.1.1 – O encarregado ou supervisor deverá verificar as
condições do local de trabalho, antes de iniciar as
atividades para prevenir possíveis interferências;
Encarregado /
Supervisor
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 2 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS
PROB./
FREQ.
SEV.
GRAU DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
2 – Preparação do local da
atividade.
2.1 – Desvio comportamental. 2.1 – Ferimentos e lesões. 2 1 2
2.1.2 – As interferências devem ser analisadas pelos
encarregados e/ou supervisores, depois de sanadas
e/ou eliminadas a prioridade do serviço prevalecera;
Encarregado /
Supervisor
2.1.3 – Isolar com cerquite o local da atividade e sinalizar com
placas de advertências a área antes de iniciar os
serviços de alvenaria;
2.2 – Queda de pessoas e/ou
materiais.
2.2 – Contusão, torções e/ou
ferimento.
2 2 4
2.2.1 – Ao realizar preparação do local da atividade de alvenaria
o encarregado ou supervisor deverá prever rotas de
fugas, bem como escadas e manter o acesso livre as
mesmas;
2.3 – Animais peçonhentos
(insetos / animais
silvestres).
2.3 – Picadas e mordidas. 2 2 4
2.3.1 – Usar perneiras e inspecionar áreas cobertas por
vegetação e/ou entulhos, antes de iniciar as atividades a
fim de evitar picadas de animais peçonhentos;
2.3.2 – Ao identificar a presença de animais peçonhentos
(insetos / animais silvestres) na área, comunicar de
imediato ao SMS;
2.3.4 – Manter bolsas, caixas de ferramentas sempre fechadas;
2.3.5 – Antes de colocar os EPI’s, verificar o seu interior, para
ter certeza que não possui nenhum animal dentro.
3 – Movimentação Manual
de Cargas.
3.1 – Queda de pessoas e/ou
materiais.
3.1 – Contusão, torções e/ou
ferimento.
2 2 4
3.1.1 – Ao realizar transporte manual de carga o colaborador
deve verificar as condições do piso/terreno para verificar
possíveis irregularidades;
Encarregado /
Supervisor
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 3 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS
PROB./
FREQ.
SEV.
GRAU DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
3 – Movimentação Manual
de Cargas.
3.1 – Queda de pessoas e/ou
materiais.
3.1 – Contusão, torções e/ou
ferimento.
2 2 4
3.1.2 – Transportar em dupla em caso de material com peso
superior a capacidade de carga do colaborador ou com
extensão superior a 3 m;
Encarregado /
Supervisor
3.1.3 – Ao realizar movimentação de cargas na beira e/ou sobre
os taludes, utilizar cinto de segurança preso à linha de
vida;
3.1.4 – É proibido jogar qualquer tipo de materiais e/ou
ferramentas;
3.1.5 – Não transitar próximo das bordas das escavações;
4 – Alvenaria 4.1 – Queda de pessoas e/ou
materiais.
4.1 – Contusão, torções e/ou
ferimentos.
2 2 4
4.1.1 – Verificar as condições do piso e/ou terreno, antes de
iniciar as atividades;
Encarregado /
Supervisor
4.1.2 – Ao realizar atividades na beira e/ou sobre os taludes,
utilizar cinto de segurança preso à linha de vida;
4.1.3 – Todo envolvido na atividade de alvenaria deve respeitar
o isolamento e a sinalização de área;
4.1.4 – Não transitar próximo das bordas das escavações;
4.1.5 – Ao realizar trabalho em altura com o uso de escada
manual, verificar se as condições de estado de
conservação são boas para o uso e o correto
posicionamento. Sua estabilidade deverá ser garantida
através de amarração ou alguém deverá segurá-la;
4.1.6 – Somente acessar os andaimes que estiverem com
placas de liberação de acesso (na cor VERDE);
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 4 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS
PROB./
FREQ.
SEV.
GRAU DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
4 – Alvenaria
4.1 – Queda de pessoas e/ou
materiais.
4.1 – Contusão, torções e/ou
ferimentos.
1 2 2
4.1.7 – Ao realizar trabalho em altura em plataformas de
andaime a partir de 2m de altura os colaboradores
devem portar e utilizar cinto de segurança com dois
talabartes e atracá-los em estrutura fixa existente ou em
cabo guia instalada acima do local da atividade;
Encarregado /
Supervisor
4.2 – Ferramentas inadequadas
e/ou defeituosa.
4.2 – Contusão, torções e/ou
ferimentos.
2 2 4
4.2.1 – Verificar as condições das ferramentas manuais antes
do inicio das atividades, não improvisar ferramentas,
retirar do uso/área todas as ferramentas com defeito;
4.3 – Bater contra / ser atingido
por.
4.3 – Contusões, torções e/ou
fraturas.
2 2 4
4.3.1 – Durante a utilização de ferramentas manuais e/ou
equipamentos elétricos, deve haver um sincronismo
entre os trabalhadores e uma distância segura entre os
mesmos;
4.4 – Emissão de material
particulado.
4.4 – Doenças respiratórias /
pulmonares.
2 2 4
4.4.1 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria
devem utilizar respiradores do tipo PFF-1 quando
expostos a poeira;
4.5 – Exposição ao ruído. 4.5 – Surdez ocupacional. 2 2 4
4.5.1 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria
devem utilizar protetores auriculares tipo plugs e/ou
abafadores;
4.6 – Exposição a intempéries. 4.6 – Queimadura /doenças de pele. 2 1 2
4.6.1 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria
a céu aberto, devem utilizar protetor solar e uniforme de
manga longa;
4.7 – Ergonomia. 4.7 – Lombalgia e/ou outras lesões. 2 2 4
4.7.1 – Adequar a posição de trabalho mantendo sempre a
coluna ereta a fim de evitar fadiga física. As tarefas
manuais de transporte de carga, realizar rodízio entre os
trabalhadores e atividades;
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 5 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS
PROB./
FREQ.
SEV.
GRAU DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
5 – Preparação da massa
de cimento
(betoneira/misturador
de argamassa)
5.1 – Uso de máquinas e
equipamentos.
5.1 – Mutilação / Amputação e/ou
Morte.
2 2 4
5.1.1 – Todos os colaboradores deverão estar treinados e
identificados com crachá, para o uso de máquinas e/ou
equipamentos específicos;
Encarregado /
Supervisor
5.1.2 – Manter distância segura dos demais colaboradores ao
executar atividades com máquinas e equipamentos;
5.1.3 – Manter local isolado e sinalizado durante a realização de
atividades com máquinas e equipamentos;
5.1.4 – Realizar inspeção nas máquinas e equipamentos antes
de iniciar as atividades, somente retirar do almoxarifado
as máquinas de equipamentos inspecionadas;
5.1.5 – Não retirar ou modificar as proteções das partes móveis
e/ou equipamentos de proteção das máquinas;
5.2 – Queda de materiais e/ou
prensamento.
5.2 – Contusão, torções e/ou fraturas. 2 2 4
5.2.1 – O profissional treinado a operar a betoneira deve fazer
inspeção, manutenção e limpeza com o motor desligado;
5.3 – Projeção de partículas.
5.3 – Lesões oculares e de tecidos
moles (pele e músculo) e/ou
dano ao patrimônio.
2 2 4
5.3.1 – Utilizar óculos, protetor facial e demais EPI´s conforme
especificado no manual de cada equipamento;
5.3.2 – Sinalizar e isolar a área, delimitando o acesso de
pessoas, ao realizar serviços de preparação da massa
de cimento;
5.4 – Exposição ao ruído. 5.4 – Surdez ocupacional. 2 2 4
5.4.3 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria
devem utilizar protetores auriculares tipo plugs e/ou
abafadores;
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 6 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS
PROB./
FREQ.
SEV.
GRAU DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
5 – Preparação da massa
de cimento (betoneira/
misturador de
argamassa)
5.4 – Absorção de substâncias
químicas.
5.4 – Dermatose de contato. 2 2 4
5.4.1 – A fim de evitar o contato excessivo com o cimento os
colaboradores envolvidos diretamente no serviço de
preparação da massa de cimento devem utilizar avental
de PVC e/ou macacão de tyvek e luvas de PVC;
Encarregado /
Supervisor
5.4.2 – Manter junto a esta APR a FISPQ dos produtos
químicos utilizados nos serviços de alvenaria e seguir as
orientações de segurança da mesma;
5.5 – Ergonomia. 5.5 – Lombalgia e/ou outras lesões. 2 2 4
5.5.1 – Adequar a posição de trabalho mantendo sempre a
coluna ereta a fim de evitar fadiga física. As tarefas
manuais de transporte de carga, realizar rodízio entre os
trabalhadores e atividades;
5.6 – Incêndio / explosão e/ou
choque elétrico.
5.6 – Queimadura, parada
cardiovascular e/ou morte /
Perdas materiais / Danos ao MA
2 2 4
5.6.1 – Estão autorizados a instalar, operar, inspecionar ou
reparar instalações elétricas, somente os profissionais
qualificados (Eletricista);
5.6.2 – Todos os equipamentos elétricos devem estar aterrados
conforme NR-10 e todos os painéis/quadros devem
estar identificados e protegidos;
5.6.3 – Manter extintor próximo aos painéis/quadros elétricos;
5.7 – Geração de resíduos
(concreto).
5.7 – Ocupação de Aterro / Alteração
da Qualidade do Solo.
1 2 2
5.7.1 – Os resíduos gerados durante os serviços de alvenaria
deverão ser coletados seletivamente e segregados nos
recipientes identificados para a coleta e recolhidos
diariamente até a central de armazenamento temporário;
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 7 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./FREQ. SEV.
GRAU
DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
5 – Preparação da massa de
cimento (betoneira/
misturador de
argamassa)
5.7 – Geração de resíduos
(concreto).
5.7 – Ocupação de Aterro /
Alteração da Qualidade
do Solo.
2 2 4
5.7.2 – O piso da área da betoneira deve ser de cimento,
impermeabilizado, com contenção lateral e caixa de
decantação;
Encarregado /
Supervisor
5.8 – Limpeza do misturador
argamassa
5.8 - Mutilação / Amputação 1 2 2
5.8.1 – É proibido retirar a grade de proteção do misturador de
argamassa no momento de mistura.
5.8.2 – Para efetuar a limpeza do misturador o mesmo deverá estar
desconectado da fonte de energia.
5.8.3 – Utilize ferramentas adequadas para a limpeza do equipamento
e utilize luvas de raspa.
6 – Finca Pinos (ferramenta
de fixação a pólvora )
6.1 – Geração de ruído
elevado
6.1- Perda auditiva 2 2 4 6.1.1 – Todos os envolvidos deverão utilizar a dupla proteção auditiva,
( Plug mais abafador)
Encarregado /
Supervisor
6.1 – Utilização da pistola 6.1 - Mutilação / Amputação
2 2 4 6.1.1 – Os operadores autorizados a operar a pistola deverão estar
treinados e identificados com crachá.
2 2 4
6.1.2 – É proibida a presença de pessoas nas proximidades do local
do disparo, inclusive o ajudante.. Manter o local sinalizado e
isolado
2 2 4
6.2.3– As ferramentas de fixação a pólvora devem estar
Descarregadas (sem o pino e o finca-pino) sempre que forem
guardadas ou transportadas.
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 8 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./FREQ. SEV.
GRAU
DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
7- Serra Mármore
7.1 – Choque elétrico. 7.1 – Queimaduras / morte. 2 2 4
6.2.1- A alimentação para as ferramentas portáteis para a utilização
de serra para o corte de bloco deve tensão máxima de 110V/
220V.
6.2.2– As máquina de serra mármore deve ser posicionada em local
protegido contra intempéries, o mais próximo possível da
frente de trabalho.
6.2.3- inspecione os cabos elétricos, e observe onde os mesmo irão
passar, não deixe em poças de água.
Encarregado /
Supervisor
7.5- Uso inadequado de
ferramentas ou
equipamentos
7.5- Lesões contusas e
cortantes
2 2 4
7.5.1- Inspecione o disco, observando se há trincas, superfície
danificada, empeno. Caso haja, não ligue o equipamento e
substitua o disco;
7.5.2- Observe a especificação de rotação (rpm) máxima do disco.
7.5.3- Verifique se a máquina está em condições adequadas para o
uso seguro.
Encarregado /
Supervisor
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 9 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./FREQ. SEV.
GRAU
DE
RISCO
AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS
8 – Geral
8.1 – Geração de resíduos.
8.1 – Consumo de recursos
naturais.
2 1 2
8.1.1 – Os resíduos gerados durante os serviços de alvenaria
deverão ser coletados seletivamente e segregados nos
recipientes identificados para a coleta e recolhidos
diariamente até a central de armazenamento temporário;
Encarregado /
Supervisor
8.2 – Descargas
Atmosféricas.
8.2 – Queimaduras / Morte. 2 2 4
8.2.1 – As atividades a céu aberto e/ou campo serão paralisadas
imediatamente em caso de incidência de descargas
atmosféricas;
8.2.2 – Os colaboradores devem seguir para local protegido
imediatamente;
8.3 – Emergência.
8.3 – Paralisação das
atividades.
2 1 2
8.3.1 – Em caso de qualquer acidente de trabalho, comunicar
imediatamente ao SESMT do Estaleiro EBR;
8.3.2 – Solicitar imediatamente o atendimento da vítima no
ambulatório do Estaleiro EBR, dependendo da gravidade do
acidente, o acidentado deverá permanecer no local para que
sejam realizados os Primeiros Socorros;
8.3.3 – COMUNICAÇÃO DE EMERÊNCIA:
UTILIZE A FAIXA 01 DO RÁDIO.
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 10 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
MATRIZ DE RISCOS
Nível de
Risco
Ação e Cronograma
Trivial
(1)
Não é requerida nenhuma ação adicional.
Tolerável
(2)
Não são requeridos controles adicionais.
Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que
não imponham uma carga de custos adicionais.
É requerido monitoramento para assegurar que os controles operacionais serão mantidos.
Moderado
(3 ou 4)
Devem ser feitos esforços para reduzir o risco. Mas os custos de prevenção devem ser
cuidadosamente medidos e limitados.
As medidas para a redução do risco devem ser implementadas dentro de um período de
tempo definido.
Quando o risco moderado está associado a consequências altamente prejudiciais pode ser
necessária uma avaliação adicional para estabelecer mais precisamente a probabilidade do
dano / risco, como base para determinar a necessidade de melhores controles
operacionais.
Substancial
O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido.
Recursos consideráveis podem ter que ser alocados para reduzir o risco.
Nível de
Risco
Ação e Cronograma
Trivial
(1)
Não é requerida nenhuma ação adicional.
Tolerável
(2)
Não são requeridos controles adicionais.
Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que
não imponham uma carga de custos adicionais.
É requerido monitoramento para assegurar que os controles operacionais serão mantidos.
Moderado
(3 ou 4)
Devem ser feitos esforços para reduzir o risco. Mas os custos de prevenção devem ser
cuidadosamente medidos e limitados.
As medidas para a redução do risco devem ser implementadas dentro de um período de
tempo definido.
Quando o risco moderado está associado a consequências altamente prejudiciais pode ser
necessária uma avaliação adicional para estabelecer mais precisamente a probabilidade do
dano / risco, como base para determinar a necessidade de melhores controles
operacionais.
Substancial
(6)
O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido.
Recursos consideráveis podem ter que ser alocados para reduzir o risco.
Se o risco envolve trabalho em desenvolvimento, deve ser tomada uma ação urgente.
Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas.
INTOLERÁVEL
(9)
O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido. Se não é
possível reduzir o risco, mesmo com recursos ilimitados, o trabalho tem que
permanecer PROIBIDO.
Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas.
Nível de
Risco
Ação e Cronograma
Trivial
(1)
Não é requerida nenhuma ação adicional.
Tolerável
(2)
Não são requeridos controles adicionais.
Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que
não imponham uma carga de custos adicionais.
É requerido monitoramento para assegurar que os controles operacionais serão mantidos.
Moderado
(3 ou 4)
Devem ser feitos esforços para reduzir o risco. Mas os custos de prevenção devem ser
cuidadosamente medidos e limitados.
As medidas para a redução do risco devem ser implementadas dentro de um período de
tempo definido.
Quando o risco moderado está associado a consequências altamente prejudiciais pode ser
necessária uma avaliação adicional para estabelecer mais precisamente a probabilidade do
dano / risco, como base para determinar a necessidade de melhores controles
operacionais.
Substancial
(6)
O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido.
Recursos consideráveis podem ter que ser alocados para reduzir o risco.
Se o risco envolve trabalho em desenvolvimento, deve ser tomada uma ação urgente.
Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas.
INTOLERÁVEL
(9)
O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido. Se não é
possível reduzir o risco, mesmo com recursos ilimitados, o trabalho tem que
permanecer PROIBIDO.
Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas.
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 11 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
EQUIPAMENTOS (INDIVIDUAIS/COLETIVOS) E ELEMENTOS DE SEGURANÇA REQUERIDOS PARA ESTA ATIVIDADE
1. PROTEÇÃO DA CABEÇA 4. PROTEÇÃO AUDITIVA 7. PROTEÇÃO DO CORPO 10. EPC
CAPACETE COM JUGULAR PROTETOR AURICULAR TIPO PLUG UNIFORME PLACAS DE SINALIZAÇÃO
ABAFADORES PERNEIRAS CERQUITE / CONES EXTINTOR
2. PROTEÇÃO OCULAR E FACIAL 5. PROTEÇÃO DAS MÃOS 8. PROTEÇÃO DA PELE 11. EQUIPAMENTOS COMUNICAÇÃO
ÓCULOS AMPLA VISÃO LUVAS PIGMENTADAS LUVAS NITRÍLICAS PROTETOR SOLAR RADIO DE COMUNICAÇÃO
ÓCULOS C/ PROTEÇÃO LATERAL LUVAS MISTAS LUVAS VAQUETA CREMES DE PROTEÇÃO P/ AS MÃOS
PROTETOR FACIAL LUVAS DE RASPA LUVAS P/ ELETRICISTA MACACÃO TAYVEX 12. OUTROS
LUVAS DE PVC / LÁTEX LUVAS ANTIVIBRAÇÃO EXPLOSIMETRO
3. PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA 6. PROTEÇÃO DOS PÉS 9. PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS DETECTOR DE OXIGÊNIO
PROTETOR RESPIRATÓRIO BOTA DE SEGURANÇA C/ BIQUEIRA CINTO DE SEGURANÇA (PARAQUEDISTA) CONSIGNAÇÃO DE EQUIPAMENTOS
MASCARAS SEMI FACIAL BOTA DE PVC LINHA DE VIDA TRAVA QUEDAS PERMISSÃO DE TRABALHO
MASCARAS DE AR MANDADO GUARDA CORPO TREINAMENTO
OBSERVAÇÕES DE SMS
ANTES DE INICIAR UM TRABALHO, LEIA E RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO:
 No caso de resposta SIM, passe para a pergunta seguinte e assim por diante.
 No caso de resposta NÃO, não inicie a atividade sem antes esclarecer a questão com o seu superior imediato.
1 Eu sei como realizar este tipo de trabalho? 4 Estou habilitado para realizar este trabalho? 7 Estou utilizando os EPI´s previstos?
2 Conheço os ricos desta área? 5 Conheço o procedimento? 8 As ferramentas são adequadas à cada tarefa e estão em condições de uso?
3 Estou em condições para realizar este trabalho? 6 Conheço os perigos de cada etapa deste trabalho? 9 O trabalho é seguro?
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS
Nº: 048
DATA: 15/06/2015
REV.: 0
FOLHA: 12 de 12
Contrato: 08010000155132 - PNBV
Sistema: ESTALEIRO EBR
ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA
EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR
SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE:
DATA: DATA: DATA: DATA:
Em cumprimento ao Artigo 157 e 158 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, Artigo 7 inciso XXII da Constituição Federal e Portaria 3214 de 08 de junho de 1978, declaro ter recebido
treinamento referente aos perigos e riscos envolvidos na atividade acima mencionada, treinamento para uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual – EPI e o cumprimento de todas
as orientações e medidas de controle de segurança do trabalho, saúde ocupacional e preservação do meio ambiente estabelecidas para execução da atividade.
REGISTRO DE TREINAMENTO DA EQUIPE EXECUTANTE DA ATIVIDADE
NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc

Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinadoJose Adilson
 
╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra ╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra José Santos
 
Apr 01 - plantio de grama
Apr   01 - plantio de gramaApr   01 - plantio de grama
Apr 01 - plantio de gramaAndré Alves
 
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docxNR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docxMauroDryko
 
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docxNR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docxMauroDryko
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docLeandrodeSouzaBarros
 
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.docSSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.docGegiane Melo
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdfRaynaraGoes1
 
Materiais contendo asbesto amianto
Materiais contendo asbesto amiantoMateriais contendo asbesto amianto
Materiais contendo asbesto amiantoclaudinei Nascimento
 
Apr trabalho com solda eletrica
Apr   trabalho com solda eletricaApr   trabalho com solda eletrica
Apr trabalho com solda eletricaGleuciane Rocha
 
Instrução guindaste
Instrução guindasteInstrução guindaste
Instrução guindastegbozz832
 
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdfJHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdfJESUSBASILIOANTONIO
 
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptxnr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptxIvoneSobrinho1
 
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptxLucasSantosBitti
 

Semelhante a APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc (20)

Pdf adendo de apr
Pdf adendo de aprPdf adendo de apr
Pdf adendo de apr
 
Apr bastida
Apr bastidaApr bastida
Apr bastida
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
 
╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra ╝÷┴ñ Apt calandra
╝÷┴ñ Apt calandra
 
Apr 01 - plantio de grama
Apr   01 - plantio de gramaApr   01 - plantio de grama
Apr 01 - plantio de grama
 
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docxNR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
 
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docxNR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
NR01 - APR - Retroescavadeira - 2022.docx
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
 
Apr solda
Apr soldaApr solda
Apr solda
 
NR 35- TRABALHO EM ALTURA
NR 35- TRABALHO EM ALTURANR 35- TRABALHO EM ALTURA
NR 35- TRABALHO EM ALTURA
 
Apr carpintaria
Apr carpintariaApr carpintaria
Apr carpintaria
 
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.docSSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
 
Materiais contendo asbesto amianto
Materiais contendo asbesto amiantoMateriais contendo asbesto amianto
Materiais contendo asbesto amianto
 
Apr montagem de andaime
Apr montagem de andaimeApr montagem de andaime
Apr montagem de andaime
 
Apr trabalho com solda eletrica
Apr   trabalho com solda eletricaApr   trabalho com solda eletrica
Apr trabalho com solda eletrica
 
Instrução guindaste
Instrução guindasteInstrução guindaste
Instrução guindaste
 
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdfJHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
JHA04_Temporary Construction Facilities Assembly_Rev00 PT.pdf
 
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptxnr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
 
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
06 - nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
 

Último

Aula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slides
Aula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slidesAula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slides
Aula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slidesAntonioJhennysonSouz1
 
NR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptx
NR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptxNR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptx
NR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptxMarceloLeoSanttana
 
pdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdf
pdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdfpdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdf
pdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdfrwewerw
 
Ateliê de costura trabalho final apresentação.pdf
Ateliê de costura trabalho final apresentação.pdfAteliê de costura trabalho final apresentação.pdf
Ateliê de costura trabalho final apresentação.pdfJaquelineMoura42
 
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdf
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdfIntegração_de__Segurança do Trabalho.pdf
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdfEderAlexandre7
 
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxmarketing18485
 
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptxProposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptxWiliamArmandoHarisso
 
treinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plásticatreinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plásticaleilannygaldino
 
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxavaseg
 

Último (9)

Aula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slides
Aula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slidesAula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slides
Aula Estruturas de concreto I - apresentaçaõ em slides
 
NR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptx
NR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptxNR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptx
NR10-Treinamento-Basico-Parte-2-Jul-21.pptx
 
pdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdf
pdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdfpdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdf
pdfcoffee.com_cod1122-treinamento-de-paleteira-eletrica-pdf-free (1).pdf
 
Ateliê de costura trabalho final apresentação.pdf
Ateliê de costura trabalho final apresentação.pdfAteliê de costura trabalho final apresentação.pdf
Ateliê de costura trabalho final apresentação.pdf
 
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdf
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdfIntegração_de__Segurança do Trabalho.pdf
Integração_de__Segurança do Trabalho.pdf
 
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
 
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptxProposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
Proposta de dimensionamento. PROJETO DO CURSO 2023.pptx
 
treinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plásticatreinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plástica
 
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
 

APR - análieseConstrução de Alvenaria.doc

  • 1. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 1 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./ FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 1 – Preparação do pessoal N/A N/A N/A N/A N/A 1.1.1 – O encarregado divulgará esta Análise Preliminar de Risco – APR aos colaboradores; Encarregado / Supervisor 1.1.2 – Realizar o DDPS, ressaltando os perigos do serviço e os acessos ao local, enfatizando a necessidade do uso dos EPI´s; 1.1.4 – Instruir os colaboradores envolvidos sobre a maneira correta de se comportar em caso de emergência; 1.1.5 – Será mantida uma cópia desta APR no local do serviço; 1.1.6 – Todos os colaboradores devem seguir para a área portando os EPI’s básicos (capacete com jugular, óculos de segurança, luva, protetor auricular e botina de segurança) e fazendo uso do uniforme completo (camisa de manga longa e calça); 1.1.7 – É proibido o uso de adornos (anel, pulseira e cordão) na área industrial; 1.1.8 – Somente pessoas autorizadas pelo Estaleiro EBR podem tirar fotos na área; 2 – Preparação do local da atividade. 2.1 – Desvio comportamental. 2.1 – Ferimentos e lesões. 2 1 2 2.1.1 – O encarregado ou supervisor deverá verificar as condições do local de trabalho, antes de iniciar as atividades para prevenir possíveis interferências; Encarregado / Supervisor
  • 2. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 2 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./ FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 2 – Preparação do local da atividade. 2.1 – Desvio comportamental. 2.1 – Ferimentos e lesões. 2 1 2 2.1.2 – As interferências devem ser analisadas pelos encarregados e/ou supervisores, depois de sanadas e/ou eliminadas a prioridade do serviço prevalecera; Encarregado / Supervisor 2.1.3 – Isolar com cerquite o local da atividade e sinalizar com placas de advertências a área antes de iniciar os serviços de alvenaria; 2.2 – Queda de pessoas e/ou materiais. 2.2 – Contusão, torções e/ou ferimento. 2 2 4 2.2.1 – Ao realizar preparação do local da atividade de alvenaria o encarregado ou supervisor deverá prever rotas de fugas, bem como escadas e manter o acesso livre as mesmas; 2.3 – Animais peçonhentos (insetos / animais silvestres). 2.3 – Picadas e mordidas. 2 2 4 2.3.1 – Usar perneiras e inspecionar áreas cobertas por vegetação e/ou entulhos, antes de iniciar as atividades a fim de evitar picadas de animais peçonhentos; 2.3.2 – Ao identificar a presença de animais peçonhentos (insetos / animais silvestres) na área, comunicar de imediato ao SMS; 2.3.4 – Manter bolsas, caixas de ferramentas sempre fechadas; 2.3.5 – Antes de colocar os EPI’s, verificar o seu interior, para ter certeza que não possui nenhum animal dentro. 3 – Movimentação Manual de Cargas. 3.1 – Queda de pessoas e/ou materiais. 3.1 – Contusão, torções e/ou ferimento. 2 2 4 3.1.1 – Ao realizar transporte manual de carga o colaborador deve verificar as condições do piso/terreno para verificar possíveis irregularidades; Encarregado / Supervisor
  • 3. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 3 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./ FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 3 – Movimentação Manual de Cargas. 3.1 – Queda de pessoas e/ou materiais. 3.1 – Contusão, torções e/ou ferimento. 2 2 4 3.1.2 – Transportar em dupla em caso de material com peso superior a capacidade de carga do colaborador ou com extensão superior a 3 m; Encarregado / Supervisor 3.1.3 – Ao realizar movimentação de cargas na beira e/ou sobre os taludes, utilizar cinto de segurança preso à linha de vida; 3.1.4 – É proibido jogar qualquer tipo de materiais e/ou ferramentas; 3.1.5 – Não transitar próximo das bordas das escavações; 4 – Alvenaria 4.1 – Queda de pessoas e/ou materiais. 4.1 – Contusão, torções e/ou ferimentos. 2 2 4 4.1.1 – Verificar as condições do piso e/ou terreno, antes de iniciar as atividades; Encarregado / Supervisor 4.1.2 – Ao realizar atividades na beira e/ou sobre os taludes, utilizar cinto de segurança preso à linha de vida; 4.1.3 – Todo envolvido na atividade de alvenaria deve respeitar o isolamento e a sinalização de área; 4.1.4 – Não transitar próximo das bordas das escavações; 4.1.5 – Ao realizar trabalho em altura com o uso de escada manual, verificar se as condições de estado de conservação são boas para o uso e o correto posicionamento. Sua estabilidade deverá ser garantida através de amarração ou alguém deverá segurá-la; 4.1.6 – Somente acessar os andaimes que estiverem com placas de liberação de acesso (na cor VERDE);
  • 4. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 4 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./ FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 4 – Alvenaria 4.1 – Queda de pessoas e/ou materiais. 4.1 – Contusão, torções e/ou ferimentos. 1 2 2 4.1.7 – Ao realizar trabalho em altura em plataformas de andaime a partir de 2m de altura os colaboradores devem portar e utilizar cinto de segurança com dois talabartes e atracá-los em estrutura fixa existente ou em cabo guia instalada acima do local da atividade; Encarregado / Supervisor 4.2 – Ferramentas inadequadas e/ou defeituosa. 4.2 – Contusão, torções e/ou ferimentos. 2 2 4 4.2.1 – Verificar as condições das ferramentas manuais antes do inicio das atividades, não improvisar ferramentas, retirar do uso/área todas as ferramentas com defeito; 4.3 – Bater contra / ser atingido por. 4.3 – Contusões, torções e/ou fraturas. 2 2 4 4.3.1 – Durante a utilização de ferramentas manuais e/ou equipamentos elétricos, deve haver um sincronismo entre os trabalhadores e uma distância segura entre os mesmos; 4.4 – Emissão de material particulado. 4.4 – Doenças respiratórias / pulmonares. 2 2 4 4.4.1 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria devem utilizar respiradores do tipo PFF-1 quando expostos a poeira; 4.5 – Exposição ao ruído. 4.5 – Surdez ocupacional. 2 2 4 4.5.1 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria devem utilizar protetores auriculares tipo plugs e/ou abafadores; 4.6 – Exposição a intempéries. 4.6 – Queimadura /doenças de pele. 2 1 2 4.6.1 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria a céu aberto, devem utilizar protetor solar e uniforme de manga longa; 4.7 – Ergonomia. 4.7 – Lombalgia e/ou outras lesões. 2 2 4 4.7.1 – Adequar a posição de trabalho mantendo sempre a coluna ereta a fim de evitar fadiga física. As tarefas manuais de transporte de carga, realizar rodízio entre os trabalhadores e atividades;
  • 5. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 5 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./ FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 5 – Preparação da massa de cimento (betoneira/misturador de argamassa) 5.1 – Uso de máquinas e equipamentos. 5.1 – Mutilação / Amputação e/ou Morte. 2 2 4 5.1.1 – Todos os colaboradores deverão estar treinados e identificados com crachá, para o uso de máquinas e/ou equipamentos específicos; Encarregado / Supervisor 5.1.2 – Manter distância segura dos demais colaboradores ao executar atividades com máquinas e equipamentos; 5.1.3 – Manter local isolado e sinalizado durante a realização de atividades com máquinas e equipamentos; 5.1.4 – Realizar inspeção nas máquinas e equipamentos antes de iniciar as atividades, somente retirar do almoxarifado as máquinas de equipamentos inspecionadas; 5.1.5 – Não retirar ou modificar as proteções das partes móveis e/ou equipamentos de proteção das máquinas; 5.2 – Queda de materiais e/ou prensamento. 5.2 – Contusão, torções e/ou fraturas. 2 2 4 5.2.1 – O profissional treinado a operar a betoneira deve fazer inspeção, manutenção e limpeza com o motor desligado; 5.3 – Projeção de partículas. 5.3 – Lesões oculares e de tecidos moles (pele e músculo) e/ou dano ao patrimônio. 2 2 4 5.3.1 – Utilizar óculos, protetor facial e demais EPI´s conforme especificado no manual de cada equipamento; 5.3.2 – Sinalizar e isolar a área, delimitando o acesso de pessoas, ao realizar serviços de preparação da massa de cimento; 5.4 – Exposição ao ruído. 5.4 – Surdez ocupacional. 2 2 4 5.4.3 – Todos envolvidos diretamente na atividade de alvenaria devem utilizar protetores auriculares tipo plugs e/ou abafadores;
  • 6. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 6 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./ FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 5 – Preparação da massa de cimento (betoneira/ misturador de argamassa) 5.4 – Absorção de substâncias químicas. 5.4 – Dermatose de contato. 2 2 4 5.4.1 – A fim de evitar o contato excessivo com o cimento os colaboradores envolvidos diretamente no serviço de preparação da massa de cimento devem utilizar avental de PVC e/ou macacão de tyvek e luvas de PVC; Encarregado / Supervisor 5.4.2 – Manter junto a esta APR a FISPQ dos produtos químicos utilizados nos serviços de alvenaria e seguir as orientações de segurança da mesma; 5.5 – Ergonomia. 5.5 – Lombalgia e/ou outras lesões. 2 2 4 5.5.1 – Adequar a posição de trabalho mantendo sempre a coluna ereta a fim de evitar fadiga física. As tarefas manuais de transporte de carga, realizar rodízio entre os trabalhadores e atividades; 5.6 – Incêndio / explosão e/ou choque elétrico. 5.6 – Queimadura, parada cardiovascular e/ou morte / Perdas materiais / Danos ao MA 2 2 4 5.6.1 – Estão autorizados a instalar, operar, inspecionar ou reparar instalações elétricas, somente os profissionais qualificados (Eletricista); 5.6.2 – Todos os equipamentos elétricos devem estar aterrados conforme NR-10 e todos os painéis/quadros devem estar identificados e protegidos; 5.6.3 – Manter extintor próximo aos painéis/quadros elétricos; 5.7 – Geração de resíduos (concreto). 5.7 – Ocupação de Aterro / Alteração da Qualidade do Solo. 1 2 2 5.7.1 – Os resíduos gerados durante os serviços de alvenaria deverão ser coletados seletivamente e segregados nos recipientes identificados para a coleta e recolhidos diariamente até a central de armazenamento temporário;
  • 7. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 7 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 5 – Preparação da massa de cimento (betoneira/ misturador de argamassa) 5.7 – Geração de resíduos (concreto). 5.7 – Ocupação de Aterro / Alteração da Qualidade do Solo. 2 2 4 5.7.2 – O piso da área da betoneira deve ser de cimento, impermeabilizado, com contenção lateral e caixa de decantação; Encarregado / Supervisor 5.8 – Limpeza do misturador argamassa 5.8 - Mutilação / Amputação 1 2 2 5.8.1 – É proibido retirar a grade de proteção do misturador de argamassa no momento de mistura. 5.8.2 – Para efetuar a limpeza do misturador o mesmo deverá estar desconectado da fonte de energia. 5.8.3 – Utilize ferramentas adequadas para a limpeza do equipamento e utilize luvas de raspa. 6 – Finca Pinos (ferramenta de fixação a pólvora ) 6.1 – Geração de ruído elevado 6.1- Perda auditiva 2 2 4 6.1.1 – Todos os envolvidos deverão utilizar a dupla proteção auditiva, ( Plug mais abafador) Encarregado / Supervisor 6.1 – Utilização da pistola 6.1 - Mutilação / Amputação 2 2 4 6.1.1 – Os operadores autorizados a operar a pistola deverão estar treinados e identificados com crachá. 2 2 4 6.1.2 – É proibida a presença de pessoas nas proximidades do local do disparo, inclusive o ajudante.. Manter o local sinalizado e isolado 2 2 4 6.2.3– As ferramentas de fixação a pólvora devem estar Descarregadas (sem o pino e o finca-pino) sempre que forem guardadas ou transportadas.
  • 8. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 8 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 7- Serra Mármore 7.1 – Choque elétrico. 7.1 – Queimaduras / morte. 2 2 4 6.2.1- A alimentação para as ferramentas portáteis para a utilização de serra para o corte de bloco deve tensão máxima de 110V/ 220V. 6.2.2– As máquina de serra mármore deve ser posicionada em local protegido contra intempéries, o mais próximo possível da frente de trabalho. 6.2.3- inspecione os cabos elétricos, e observe onde os mesmo irão passar, não deixe em poças de água. Encarregado / Supervisor 7.5- Uso inadequado de ferramentas ou equipamentos 7.5- Lesões contusas e cortantes 2 2 4 7.5.1- Inspecione o disco, observando se há trincas, superfície danificada, empeno. Caso haja, não ligue o equipamento e substitua o disco; 7.5.2- Observe a especificação de rotação (rpm) máxima do disco. 7.5.3- Verifique se a máquina está em condições adequadas para o uso seguro. Encarregado / Supervisor
  • 9. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 9 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: TAREFA/ETAPA PERIGOS/ASPECTOS RISCOS/IMPACTOS PROB./FREQ. SEV. GRAU DE RISCO AÇÕES PREVENTIVAS / MEDIDAS DE CONTROLE RESPONSÁVEIS 8 – Geral 8.1 – Geração de resíduos. 8.1 – Consumo de recursos naturais. 2 1 2 8.1.1 – Os resíduos gerados durante os serviços de alvenaria deverão ser coletados seletivamente e segregados nos recipientes identificados para a coleta e recolhidos diariamente até a central de armazenamento temporário; Encarregado / Supervisor 8.2 – Descargas Atmosféricas. 8.2 – Queimaduras / Morte. 2 2 4 8.2.1 – As atividades a céu aberto e/ou campo serão paralisadas imediatamente em caso de incidência de descargas atmosféricas; 8.2.2 – Os colaboradores devem seguir para local protegido imediatamente; 8.3 – Emergência. 8.3 – Paralisação das atividades. 2 1 2 8.3.1 – Em caso de qualquer acidente de trabalho, comunicar imediatamente ao SESMT do Estaleiro EBR; 8.3.2 – Solicitar imediatamente o atendimento da vítima no ambulatório do Estaleiro EBR, dependendo da gravidade do acidente, o acidentado deverá permanecer no local para que sejam realizados os Primeiros Socorros; 8.3.3 – COMUNICAÇÃO DE EMERÊNCIA: UTILIZE A FAIXA 01 DO RÁDIO.
  • 10. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 10 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: MATRIZ DE RISCOS Nível de Risco Ação e Cronograma Trivial (1) Não é requerida nenhuma ação adicional. Tolerável (2) Não são requeridos controles adicionais. Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que não imponham uma carga de custos adicionais. É requerido monitoramento para assegurar que os controles operacionais serão mantidos. Moderado (3 ou 4) Devem ser feitos esforços para reduzir o risco. Mas os custos de prevenção devem ser cuidadosamente medidos e limitados. As medidas para a redução do risco devem ser implementadas dentro de um período de tempo definido. Quando o risco moderado está associado a consequências altamente prejudiciais pode ser necessária uma avaliação adicional para estabelecer mais precisamente a probabilidade do dano / risco, como base para determinar a necessidade de melhores controles operacionais. Substancial O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido. Recursos consideráveis podem ter que ser alocados para reduzir o risco. Nível de Risco Ação e Cronograma Trivial (1) Não é requerida nenhuma ação adicional. Tolerável (2) Não são requeridos controles adicionais. Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que não imponham uma carga de custos adicionais. É requerido monitoramento para assegurar que os controles operacionais serão mantidos. Moderado (3 ou 4) Devem ser feitos esforços para reduzir o risco. Mas os custos de prevenção devem ser cuidadosamente medidos e limitados. As medidas para a redução do risco devem ser implementadas dentro de um período de tempo definido. Quando o risco moderado está associado a consequências altamente prejudiciais pode ser necessária uma avaliação adicional para estabelecer mais precisamente a probabilidade do dano / risco, como base para determinar a necessidade de melhores controles operacionais. Substancial (6) O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido. Recursos consideráveis podem ter que ser alocados para reduzir o risco. Se o risco envolve trabalho em desenvolvimento, deve ser tomada uma ação urgente. Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas. INTOLERÁVEL (9) O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido. Se não é possível reduzir o risco, mesmo com recursos ilimitados, o trabalho tem que permanecer PROIBIDO. Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas. Nível de Risco Ação e Cronograma Trivial (1) Não é requerida nenhuma ação adicional. Tolerável (2) Não são requeridos controles adicionais. Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que não imponham uma carga de custos adicionais. É requerido monitoramento para assegurar que os controles operacionais serão mantidos. Moderado (3 ou 4) Devem ser feitos esforços para reduzir o risco. Mas os custos de prevenção devem ser cuidadosamente medidos e limitados. As medidas para a redução do risco devem ser implementadas dentro de um período de tempo definido. Quando o risco moderado está associado a consequências altamente prejudiciais pode ser necessária uma avaliação adicional para estabelecer mais precisamente a probabilidade do dano / risco, como base para determinar a necessidade de melhores controles operacionais. Substancial (6) O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido. Recursos consideráveis podem ter que ser alocados para reduzir o risco. Se o risco envolve trabalho em desenvolvimento, deve ser tomada uma ação urgente. Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas. INTOLERÁVEL (9) O trabalho não deve ser iniciado até que o risco tenha sido reduzido. Se não é possível reduzir o risco, mesmo com recursos ilimitados, o trabalho tem que permanecer PROIBIDO. Avaliar a necessidade de estabelecer objetivos e metas.
  • 11. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 11 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: EQUIPAMENTOS (INDIVIDUAIS/COLETIVOS) E ELEMENTOS DE SEGURANÇA REQUERIDOS PARA ESTA ATIVIDADE 1. PROTEÇÃO DA CABEÇA 4. PROTEÇÃO AUDITIVA 7. PROTEÇÃO DO CORPO 10. EPC CAPACETE COM JUGULAR PROTETOR AURICULAR TIPO PLUG UNIFORME PLACAS DE SINALIZAÇÃO ABAFADORES PERNEIRAS CERQUITE / CONES EXTINTOR 2. PROTEÇÃO OCULAR E FACIAL 5. PROTEÇÃO DAS MÃOS 8. PROTEÇÃO DA PELE 11. EQUIPAMENTOS COMUNICAÇÃO ÓCULOS AMPLA VISÃO LUVAS PIGMENTADAS LUVAS NITRÍLICAS PROTETOR SOLAR RADIO DE COMUNICAÇÃO ÓCULOS C/ PROTEÇÃO LATERAL LUVAS MISTAS LUVAS VAQUETA CREMES DE PROTEÇÃO P/ AS MÃOS PROTETOR FACIAL LUVAS DE RASPA LUVAS P/ ELETRICISTA MACACÃO TAYVEX 12. OUTROS LUVAS DE PVC / LÁTEX LUVAS ANTIVIBRAÇÃO EXPLOSIMETRO 3. PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA 6. PROTEÇÃO DOS PÉS 9. PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS DETECTOR DE OXIGÊNIO PROTETOR RESPIRATÓRIO BOTA DE SEGURANÇA C/ BIQUEIRA CINTO DE SEGURANÇA (PARAQUEDISTA) CONSIGNAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MASCARAS SEMI FACIAL BOTA DE PVC LINHA DE VIDA TRAVA QUEDAS PERMISSÃO DE TRABALHO MASCARAS DE AR MANDADO GUARDA CORPO TREINAMENTO OBSERVAÇÕES DE SMS ANTES DE INICIAR UM TRABALHO, LEIA E RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO:  No caso de resposta SIM, passe para a pergunta seguinte e assim por diante.  No caso de resposta NÃO, não inicie a atividade sem antes esclarecer a questão com o seu superior imediato. 1 Eu sei como realizar este tipo de trabalho? 4 Estou habilitado para realizar este trabalho? 7 Estou utilizando os EPI´s previstos? 2 Conheço os ricos desta área? 5 Conheço o procedimento? 8 As ferramentas são adequadas à cada tarefa e estão em condições de uso? 3 Estou em condições para realizar este trabalho? 6 Conheço os perigos de cada etapa deste trabalho? 9 O trabalho é seguro?
  • 12. APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Nº: 048 DATA: 15/06/2015 REV.: 0 FOLHA: 12 de 12 Contrato: 08010000155132 - PNBV Sistema: ESTALEIRO EBR ATIVIDADE PRINCIPAL: CONSTRUÇÃO DE ALVENARIA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA APR SUPERVISOR / ENCARREGADO: ENG. RESPONSÁVEL: SEGURANÇA: MEIO AMBIENTE: DATA: DATA: DATA: DATA: Em cumprimento ao Artigo 157 e 158 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, Artigo 7 inciso XXII da Constituição Federal e Portaria 3214 de 08 de junho de 1978, declaro ter recebido treinamento referente aos perigos e riscos envolvidos na atividade acima mencionada, treinamento para uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual – EPI e o cumprimento de todas as orientações e medidas de controle de segurança do trabalho, saúde ocupacional e preservação do meio ambiente estabelecidas para execução da atividade. REGISTRO DE TREINAMENTO DA EQUIPE EXECUTANTE DA ATIVIDADE NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA