SlideShare uma empresa Scribd logo
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 1
APOSTILA DE ESTUDOS CORPORAIS SEGUNDO A MTC
O objetivodeste cursoé trazer umaforma diferenciadade estudo e visão da formação do ser.
Não se trata de um processo de diagnóstico, mas sim de leitura dos vários caminhos que
existem dentro de cada um. Ao percorrermos está paisagem individual, poderemos nos
depararcom váriosfenômenosnaturaise outrosproduzidospelanossa forma de ver e viver o
mundo.Estamose somosumaestrada formandomapas,criandoatalhos,armandoarmadilhas
e desbravando possibilidades. Somos o mapa que criamos para atingir o objetivo que nos
permitirmos. Pois:
“Quando a ordem do universo foi aplicada aos fenômenos metafísicos da humanidade
gerou as várias religiões.
Quando foi aplicada aos fenômenos naturais,
gerou as ciências.
Aplicada às relações humanas,
desenvolveu códigos morais, éticos e econômicos.
Aplicada às manifestações estéticas do homem,
desenvolveu as culturas e as artes;
Quando foi aplicada aos problemas de saúde,
desenvolveu os vários domínios das artes médicas, inclusive a arte do diagnóstico”.
(Michio Kushi)
Este curso apesar de se chamar Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica
Chinesa, é na verdade a junção de técnicas que emprego muito em consultório: cinesiologia
aplicada, Calatonia, Jin Shin Jyutsu, terapia da polaridade e conceitos de bioenergética do
AlexanderLowen.A cinesiologiaaplicadaé umatécnica muito utilizada hoje pelos terapêutas
de várias especialidades e é baseada no estudo dos músculos em atividade e nas facias
corporais.A calatoniafoi desenvolvidae organizada pelo Dr. Pethö Sándor durante a segunda
guerramundial e trazidapara o Brasil e aqui desenvolvida a partir de 1949. O Jin Shin Jyutsu é
uma técnica desenvolvida por Jiro Murai por volta de 1912, baseada em nos conhecimentos
antigosorientaisjaponeses(xintoistase kojiki).Ea terapiada polaridade foi desenvolvida pelo
Dr. Randoph Stone por volta de 1914, que é uma maneira experimentar a vida e estar em
equilíbrio com o físico, o mental e o espiritual. Ela é o veículo que nos permitirá repartir com
os outros o conhecimento de como estar saudável. E estar saudável para o Dr. Stone é estar
equilibrado emocional, física e espiritualmente, sobretudo se estamos seguindo o próprio
destino,cumprindonossopotenciale manifestandofelicidade pessoal e vitalidadeemtodasas
áreas de nossa vida. Esta técnica é para todos aqueles que queiram conhecer melhor o
universo do próprio corpo, criando condições para vivências mais plenas e profundas,
reforçando a importância do contato pelo toque e a sua contribuição nos processos de cura,
tanto do corpo quanto da alma.
No mundomodernoapósgeraçõese maisgeraçõesde desenvolvimento, criou-se uma forma
diferenciadade veroser, onde nãomaisse utilizaohomemparaentendero homem, mas sim
formas sintéticas de estudar o ser. Formas modernas de pensamento e tecnologia analíticas,
divisóriase materialistaslevacadavezmais a constatação que a existência neste planeta está
sendo posta em perigo, pela degeneração da natureza e da própria saúde humana. As
abordagens tecnicistas e médicas apesar de se vangloriarem de seus avanços (que
tecnicamente é indubitável) têm se mostrado inadequados ou insuficientes para preservar a
saúde humana. Tanto os tratamentos como as técnicas modernas (laboratoriais) do
diagnóstico moderno muitas vezes são mais danosos a saúde que benéficos, pois, precisam
sintetizar,agilizare automatizarcadavezmaiso ser, horafugindohoraafastando-se dapessoa
natural. Por isso as técnicas e profissionais mais voltados ao natural cada vez serão mais
apreciados e procurados para suprir está deficiência.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 2
Na elaboraçãodaanálise daformação atual da pessoa,devemoslevaremconsideraçãoalguns
itens cruciais: o primeiro é saber se esta pessoa é feliz como ela é, se sua forma de ver o
mundoe as pessoas se traduz em satisfação e serenidade. Depois mapear juntamente com a
pessoaque tipode ideiaelatemde si mesma, sua visão da natureza, da vida e de seu próprio
caráter. Como é a constituição física e mental desta pessoa e finalmente quais os tipos de
doença esta pessoa sofre ou sofreu ao longo de sua vida. A partir daí poderemos ajudá-la a
fazeras mudançasnecessárias,traçandoemseumapa pessoal umnovocaminhoparao futuro
que ela pretende e quais os estímulos que devem ser empregados para que ela possa
desenvolver esta possibilidade infinita de chegar a felicidade.
Vendo o ser humano pela ótica oriental, o simples ato de tocar já desperta uma sucessão
formidáveis de descobertas, pois o corpo é uma obra aberta onde se inscrevem – em
caracteres indecifráveis para os não alfabetizados na linguagem do toque – todas as nossas
vivências.Éna observaçãoe notoque que se percebe asenergiasinteligentesdesenhadaspelo
modelo de comportamento psicossomático e sua condição de equilíbrio e desequilíbrio.
Tudo deve serlevadoemconsideração como fatores que podem alterar nosso estado físico e
mental, mudanças no meio ambiente: estações do ano, condições atmosféricas, período do
dia, movimentos planetários, etc. A parte assimilada pelo corpo compõe nosso ambiente
interno para estar em equilíbrio com o ambiente externo. E é exatamente este nível de
equilíbriointerno/externo que cria os estados físicos e mentais. A inter-relação constante da
dimensãoinfinita do ambiente externo e a compactação no meio interno gera o fator saúde.
Quando a energia que sai é mais ativa do que a que entra, manifesta-se como crescimento e
maturidade e também como expansão e hiperatividade de vários órgãos; quando a energia
que sai se torna menos ativa do que a energia que entra, ocorre o envelhecimento e estados
de subatividade e contração dos órgãos. Os fatores recebidos de nossos ancestrais (Jing Chi
Inato) formam a nossa constituição, isto é, nosso caráter e tendências fundamentais. Os
fatoresque consumimos todos os dias (Jing Chi Adquirido), principalmente durante o último
período de sete anos, e principalmente os dos três ou quatro últimos meses, compõe nosso
estadoatual.Embora nossaconstituiçãoe estado sejam mutáveis, a constituição muda muito
mais devagar, ao passo que nossos estados mudam mais rapidamente.
Vamos agora fazer um breve estudo de fatores que podem influenciar na formação de nossa
saúde e seus efeitos.
Tudo existe nopresente,até mesmoopassadoe o futuro.Atravésde nossacondiçãopresente
podemossaber de nosso passado e assim como nos preparar para as condições futuras. Cada
parte de nosso corpo presente representam a totalidade do nosso passado e todo o nosso
potencial de futuro.Ofuturopode sermudado,o passadotemque serentendido,nopresente
agimos. Todos nós podemos nos aperfeiçoar e ao estudarmos nosso corpo chegaremos a um
entendimento melhor do nosso ser.
(JSJ)As funções energéticas dos dedos
A ATITUDE é a chave da nossa harmonia com o universo.
Atravésdosimples uso dos dedos podemos revitalizar e dissolver a fadiga diária causada por
nossa falta de consciência, ou mesmo estando consciente, não saber como manter sem
sobrecarregar o corpo como o stress do dia a dia e do não viver integralmente. O ar, os
alimentos, as ações, os pensamentos, tudo isto, e muito mais preenchem cada momento da
nossa Arte de Viver. É confortável saber que as ferramentas que precisamos para estar em
harmoniacom o universoesta literalmente em nossas mãos, ou seja, nossos próprios dedos.
Cada dedoé uma chave simplesparadestravare harmonizaras nossas atitudes. Preocupação,
medo, raiva, tristeza (pesar), pretensão (cobrir, esconder) são atitudes resultante da
desarmonia ou do esgotamento de nossa energia individual. O medo é o núcleo de todas as
atitudes.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 3
Dedo Polegar
Emoção: Preocupação
Órgãos: Estômago e Baço
Densidade: Superfície da pele.
Elemento: Terra
Ajuda a revitalizar os desconfortos da fadiga, desconforto na parte de trás da cabeça, na
respiração e digestão.
Dedo Indicador
Emoção: Medo / Insegurança
Órgãos: Bexiga e Rim
Densidade: Músculos
Elemento: Água
Ajuda a harmonizar desconfortos no braço, cotovelo, pulso, desconforto na eliminação e
digestão.
Dedo Médio
Emoção: Raiva
Órgãos: Vesícula Biliar e Fígado
Densidade: Sangue
Elemento: Chi
Ajudaa harmonizaros padrõesde energia ascendente e descendente do corpo, revitalizando
os olhos e o desconforto na testa. Alivia o Stress.
Dedo Anular
Emoção: Tristeza / Angústia
Órgãos: Intestino Grosso e Pulmão
Densidade: Pele profunda
Elemento: Ar
Ajuda a harmonizar a respiração e desconforto no ouvido.
Dedo Mínimo
Emoção: Pretensão
Órgãos: Intestino Delgado e Coração
Densidade: Osso
Elemento: Fogo
Ajuda a acalmar os nervos e desconfortos causados por inchaço.
Centro da mão
Onde todos os órgãos se encontram.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 4
Mudras Kojiki
Inicie juntando as mãos e agradecendo por tudo e todos. Conte duas
expirações.
Ajuda a liberar as tensões do ombro e o peso da vida.
1 - Expirando as cargas e os bloqueios.
Faça uma inspiração formando o 1o
Mudra: segure o dedo médio da mão esquerda com o
polegar da mão direita, mantendo os outros dedos no dorso.
Expire TRES, inspire, expire QUATRO.
Tirando a energia velha para fora. Esta postura ajuda a liberar a
tensão/stressda cabeçaaos pés. Ajudandoa expirar com maisfacilidade,
descarregando o lixo energético, libertando-nos das estagnações e dos
bloqueios de energia. Melhora a visão (exterior e interior), ajuda a
dissipar a frustração e o cansaço e melhora nosso poder de decisão.
2 - Inspirando a abundância.
Inspire e forme o 2o
Mudra: segure agora o dorso do dedo médio da mão esquerda com o
polegar da mão direita, mantendo os outros dedos na palma.
Expire — CINCO, inspire, expire SEIS.
Invocando nova energia – recebendo o fôlego da vida. Revitaliza o corpo
todo. Possibilita uma inspiração mais fácil, melhora nossa qualidade de
ouvir, deixa-nos mais alertas, melhora a visão (exterior e interior).
3 - Acalmando-se e revitalizando-se.
Inspire e forme o 3o
Mudra: segure a palma dos dedos anular e
mínimo da mão esquerda com o polegar da direita, mantendo os
demais dedos no dorso.
Expire — SETE, inspire, expire OITO.
Soltando do passado – desapegando-se. Ajudar acalmar o corpo,
liberando a tensão nervosa e stress. Ajuda a revitalização de todas
funçõesdos órgãos.Aliviaaspreocupações,ajudano caminharfísico
e interior, ajuda a dissipar a depressão e desperta a alegria de viver.
4 – Liberando o cansaço diário.
Inspire e forme o4o
Mudra: segure oladodorsal do polegar, indicador
e dedo médio esquerdos com o polegar direito, mantendo os demais
dedos na palma.
Expire — NOVE, inspire, expire DEZ.
Conectando com o presente. Ajuda a liberar a fadiga tensão/stress
geral, ajudaparalivrar-nosdaspreocupações, medos e raiva. Alivia a
insegurança, faz nos sentir mais jovens e menos preocupados.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 5
5 – Revitalização total.
Inspire e forme o5o
Mudra: faça umcirculocom o dedomédioe o
polegar direito (o lado da palma do polegar sobe a unha do dedo
médio),introduzaopolegaresquerdo entre o círculo com a palma
do polegar esquerdo tocando a unha do dedo médio direito.
Expire — ONZE, inspire, expire DOZE.
Dissolvendo preocupações passadas e presentes – energia de
vida. Ajuda a revitalizar todas as funções do corpo e liberar ou
minimizar o acúmulo de fadiga diária. Nos deixa mais à vontade
perante a vida e as pessoas, alivia o cansaço, melhora a pele, apara o temperamento, ajuda
a controlar a compulsão por doces.
6 – Respirando livremente
Inspire e forme o 6o
Mudra: toque a unha do dedo anular com a lado da
palma do polegar da mão direita.
Expire — TREZE, inspire, expire QUATORZE.
Comalegria liberto-medaspreocupações – Melhoraa respiração,ajuda em
todos os problemas do ouvido, suaviza o medo de voar e de altura.
Melhora a pele, alivia o sensação de rejeição e abandono, ajuda a
recuperar o bom senso.
7 – Expirando a energias densas do corpo
Inspire e forme o7o
Mudra: encoste aspalmasdosdedosmédiosdireitoe
esquerdo e entrelace os demais dedos.
Expire — QUINZE, inspire, expire — DEZESSEIS.
Esta postura ajuda a liberar a tensão/stress gerais da cabeça, pulmões,
sistema digestivo, abdome e pernas. Melhora a respiração.
8 – Inspirando o fôlego purificado da vida.
Inspire e forme o8º Mudra: encoste asunhas dos dedos médios direito e esquerdo,
uma na outra dobrando na primeira articulação.
Expire — DEZESSETE, inspire, expire DEZOITO.
Esta postura ajuda a aliviar tensão/stress nas costa e promove o bem-estar do
corpo inteiro. Melhora a inspiração.
Iniciaragora o outro ladocontinuandoa contar as expirações e terminando juntando as mãos
nas duas ultimas TRINTA E CINCO E TRINTA E SEIS expirações.
Programa Integrado de Tratamento
A sequênciaparaambosos lados são as mesmas. Se seu tempo permitir faça ambos os lados,
mas se isto não for possível escolha o lado mais tenso.
Preocupação, depressão, ódio, obsessão, ansiedade, auto-proteção.
1 – Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo polegar Direito .
2 – Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo médio Direito .
3 – Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito .
Medo, timidez, confusão mental, depressão, perfeccionismo, crítica, frustração.
1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo polegar Direito .
2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo indicador Direito .
3 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 6
Raiva, covardia, irritabilidade, indecisão, instabilidade, falta de atenção, emotividade
1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito.
2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo anular Direito.
3 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo médio Direito.
Tristeza (pesar), negatividade, formação de muco, falta de bom senso
1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo polegar Direito.
2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo indicador Direito.
3 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo médio Direito.
4 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo anular Direito.
Pretensão, que choram por dentro e riem por fora, insegurança, nervosismo, confusão,
fatalismo.
1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito.
2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo anular Direito.
Harmonizador Universal
Trabalha a circulação microcósmica, com ele podemos ajudar a recarregar toda a energia de
nosso corpo gerando uma harmonia total do ser.
1 – Colocamos a mão direita no topo da cabeça e a mão esquerda no osso púbis (sínfise
púbica).
2 – Mantemos a mão no topo da cabeça e levamos a mão esquerda a base da coluna (cóccix).
Em algunsminutos,podemossentirapaz,serenidade e felicidade de tomar conta do meu ser
total.
Zhi Neng Chi Kung
Principais pontos utilizados
Tan (Dan) Tien Inferior – Existem várias explicações para sua localização. Tan (Dan) significa
algoexcelente,valioso,neste casose referindo a energia vital. Tien significa campo, portanto
Tan Tiensignificaalgocomolocal onde se desenvolve ochi.A localização que utilizaremos em
nosso curso é a do ponto VC4 - Guanyuan que fica quatro dedos (exceto polegar) abaixo do
umbigo, ou seja, 3 tsung (medida chinesa) abaixo do umbigo.
VG20 – Baihui – A cem reuniões
Situa-se no ápice da cabeça, na interseção da linha mediana do corpo com a linha que parte
dos ápices das duas orelhas.
VC1 – Hui Yin – Localizado na região do períneo, entre o órgão sexual e o anus.
Meridiano Chong Mai
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 7
Yin Tang – Caso do Selo ou Polegada Misteriosa
Situa-se entre as sobrancelhas.
R1 – Yongguan – Falar fluente / Fonte Borbulhante
Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarso
falangeana.
C7 – Shenmen – Porta do Espírito
Situa-se na borda lateral cubital do punho, sobre a prega de flexão, a nível da articulação
psiforme.
CS8 – Laogong – Palácio das fadigas
Situa-se no centro da palma da mão entre 2º e o 3º osso metacarpiano.
VG4 – Mingmen – Porta da Vida
Situa-se abaixo da apófise espinhosa da 2ª vértebra lombar – linha do umbigo.
BP21 – Dabao – Grande propulsor
Situa-se na lateral do tronco, sobre a linha axilar, a 6 tsun abaixo desta.
VC17 – Shanzhong – Meio do peito
Tan Tien Médio – Situa-se na linha mediana do esterno, a meia distância entre os mamilos.
E13 – Qui Hu
Situa-se nomeiodobordoinferiordaclavícula,sobre a linhaque passapelos mamilos a 4 tsun
da linha média.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 8
Meridiano Dai Mai
F3 – Taichong – Assalto supremo
Situa-se no dorso do pé, no espaço interósseo do 1º e 2º metatarsianos.
Travesseiro de Jade
Situa-se em oposição ao ponto Yin Tang
Boca do Tigre
Manter os dedospolegarese indicadoresde cada mão contraídos em forma de “L” e os outros
dedos levemente flexionados.
Abertura
1 – Preparação:Corpo estendido, posição de guardar a energia (homem com a mão esquerda
no Tan Tien e direta sobre a esquerda, a mulher ao contrário), buscando encontrar vazio do
espírito, deixe sua atenção como se ela estivesse voando para o céu, a energia do céu esta
sobre nós ela no acolhe e nos envolve, criando um estado de bem estar. Após alguns
segundos, levamos nossa atenção ao Tan Tien e sentimos nossa energia. Iniciamos então a
respiração invertida.
2 – Respiraçãoinvertida:Visualize aenergiaproveniente doarentrandopelasnarinas,subindo
pelocentrodo corpoaté o pontoVG20 - Baihui e descendo pelas costas até o ponto VC1 - Hui
Yin, que neste momento deve ser estimulado com a contração do períneo. Inicia-se a
expiraçãoe a energiasobre pelo meridiano Chong Mai até o Tan Tien Superior, onde retém a
energia, e o ar sai pela boca. Ao final da expiração, relaxa o períneo. Repetir 30x
3 – PosiçãoWu Chi – Soltaras mãos do Tan Tien,mantendoosjoelhoslevemente flexionados,
faça uma leve abdução da articulação dos ombros, imagine que tem uma bolinha de tênis
embaixo dos braços. As palmas das mãos ficarão voltadas para o corpo, e este estará bem
relaxado. Manter a concentração no Tan Tien.
4 – Imagine as pernas crescendo como se fossem raízes penetrando na terra, capte a energia
yin da terra, através do ponto R1 Yongguan. Flexione os punhos em direção ao corpo e faça
uma rotação dospunhosconcentrando-se no dedo mínimo e no ponto C7 - Shenmen girando
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 9
as mãos para trás até que a ponta dos dedos aponte para frente e com as palmas para baixo,
capte a energia yin que vem da terra, através do ponto CS8 Laogong.
5 – Faça umagarra flexionandoasfalangesdistais,comotivesse segurandoumabola,deslize a
mão 15o
para frente enquanto suaviza a flexão as falanges (soltando a bola imaginária). Faça
novamente a garra (segurando novamente a bola) e traga novamente as mãos para a posição
inicial suavizando no percurso as falanges. 3x
6 – Faça um círculo para fora (lado do mínimo) levando lentamente a ponta dos dedos para
baixo. Visualize os dedos penetrando na terra e captando sua energia Yin.
7 – Suba com estaenergiaelevando osbraços até as mãos ficarem na altura do umbigo, como
se estivesse segurando uma bola de energia entre as mãos. Flexione os dedos médios,
voltando-os para o Tan Tien Inferior. Visualize a energia saindo de seu dedo e indo para o
TanTien Inferior. Volte o dedo para a posição normal.
8 – Gire as mãos para baixo de forma que os polegares fiquem para baixo, dividindo o balão
em dois, e vá empurrando a energia até as costas (direcione as mãos para os rins, formando
uma bola). Direcione os dedos médios para o VG4 - Mingmen. Visualize a energia indo para
este ponto. Estenda o dedo médio.
9 – Encoste as mãos nos rins, deixando os dedos médios tocando no ponto VG4 - Mingmen.
Massageie este ponto com pequenos círculos 3x horário e 3x anti-horário.
10 – Deslize as mãos em diagonal até a ponta dos dedos médios tocarem o ponto BP21 -
Dabao. Massageie este ponto com pequenos círculos 3x horário e 3x anti-horário.
11 – Vá lentamente jogando os cotovelos para trás ao mesmo tempo que desliza a lateral do
dedo mínimo e depois da mão e braços no corpo enquanto vai estendendo os braços para
frente até a altura do VC17 – Shanzhong, com as palmas das mãos voltada para cima,
contatandocom a energiadocéu.Direcione osdedosmédiosemdireçãoaoYin Tang, levando
energia para a fronte. Visualize a energia indo para este ponto. Estenda os dedos médios.
12 – Realize aaduçãodos punhosdeixandoapontadosdedosface a face e sintaa energiaque
vai de umdedopara o outro, e vá puxandoas mãoslevandoestasenergiasparaoslados como
esticasse um elástico. Afaste lateralmente os braços com as palma das mãos para baixo na
altura dos ombros e capte a energia da terra.
13 – Mantenha os dedos médios como eixo, leve sua atenção para o C7 – Shenmen e para o
dedomínimo,vire asmãos palmasdasmãos para cima e capte energiadocéu.Eleve os braços
e unaas mãos acima da cabeça,fazendoa uniãoda energiado céu com a terra. Desça as mãos
unidas pelo centro na direção do topo da cabeça VG20 – Baihui, quanto estiver quase
encostando. Desloque as mãos para frente e continue descendo pela frente do corpo até a
altura do ponto VC17 - Shanzhong. Visualize a captação de energia que vem do Sul (frente) e
do Norte (trás).
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 10
Primeiro Movimento
14 – Concentrando-se na energia do universo, gire as mãos de forma que os dedos unidos
apontem para frente. Alongue os braços para frente estendendo os cotovelos e levando os
dedos para o infinito que existe a sua frente. Ir agora separando os dedos dois a dois com as
mãos unidase afaste-os um a um partindo do mínimo, depois os anulares, médios, deixando
apenasos polegarese indicadores se tocandoe formandoumtriangulo (ou coração) na frente
do Yin Tang. Contate a energia do universo através do triangulo.
15 – Solte os dedos indicadores e polegares. Flexione os punhos mantendo as palmas das
mãos para frente. Puxe as mãos em direção aos ombros e depois empurre as mãos na altura
do VC17 - Shanzhong. 3x
16 – Mantendo os braços esticados para frente, na altura dos ombros, leve as mãos 15o
para
os lados. E depois retorne novamente. 3x
17 – Afaste osbraços lateralmente,comasmãosespalmadas para os lados, imagine a energia
do universo bem longe puxe-a em direção aos ombros e depois empurre para laterais
novamente. 3x. Este exercício trabalha os meridianos yang que sobem para o cérebro.
18 – Movimente os braços 15o
para cima e para baixo. 3x.
19 – Alongue as mãos para as laterais de forma que a palma fique voltada para baixo, gire o
punho pelo mínimo mantendo os dedos médios como eixo, deixando as palmas para cima,
eleve os braços para cima da cabeça sem se tocarem. Pegar uma grande inspiração, flexionar
as mãos de forma que as palmas se voltem para a cabeça. Descer lentamente as mãos até
quase tocar o VG20 – Baihui, desloque as mãos para frente sem tocar o corpo descendo até a
altura do VC17 - Shanzhong girar as palmas das mãos para o corpo e continuam descendo até
os dedos médios tocar no umbigo.
20 – Deslize suavemente os dedos médios pela lateral do corpo fazer um giro deixando os
dedos apontados para trás e deslizar até os dedos médios atingirem o VG4 – Mingmen,
meridiano Dai Mai. Direcionar as mãos para baixo e descer deslizando pelo glúteo e parte
posterior das pernas, concentre a energia no centro dos ossos, indo até o calcanhar.
21 – Apóie os dedos polegares no ponto F3 - Taichong e os outros dedos sobre os demais
dedos. Concentre-se na planta dos pés, pense que pelo R1 Yongguan, estamos aspirando a
energia da terra. Abaixe o corpo para frente pelos joelhos e suba por trás. 3x.
22 – Afaste os braços e capte a energia Yin da terra. Encoste a mão na região interna das
pernas e suba até os dedos médios tocarem o umbigo. Deslize levemente as mãos para a
lateral do corpo, vire em direção aos pés de desça os braços.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 11
Segundo Movimento
23 – Pense na energia que nos cerca e vamos elevando as mãos lateralmente até que os
braços fiquem na altura dos ombros, como se aspira-se a energia da terra para cima.
24 – Puxe a energia em direção aos ombros e depois empurrar para laterais novamente. 3x.
25 – Mantendoas pontasdos dedosesticadasparacima, contate a energia que esta em torno
de você, movimente os braços 15o
para frente e depois volte para a lateral. 3x
25 – Leve os braços para frente deixando-os paralelos na altura dos ombros.
26 – Puxe as mãos em direção aos ombros e depois empurre as mãos na altura do VC17 -
Shanzhong. 3x
27 – Movimente agora 15o
para cima e depois volte a posição anterior. 3x.
28 – Direcione uma mão para a outra sentido a energia entre as palmas. Segure como
estivesse segurando uma bola, e vá subindo acima da cabeça. Faça uma grande inspiração,
flexionarasmãosde formaas palmasse voltempara a cabeça. Descerlentamenteasmãos até
bem próximo da cabeça VG20 - Baihui, deslizar para frente do rosto e indo até a altura das
sobrancelhas, encoste os dedos médios no Yin Tang. Mantendo um contato leve, deslize os
dedos médios até astêmporas,execute umgirodeixandoosdedosvoltadosparatráse leve-os
até o pontoTravesseiro de Jade. Massageie este ponto com pequenos círculos 3x horário e 3x
anti-horário.
29 – Direcione os dedos para baixo encostando os dorsos dos dedos e mãos e desça com os
dedos mínimos em contato com o corpo, até a região mais baixa das costas que conseguir,
mantenha alguns segundos.
30 – Deslize asmãosde voltapelascostascontornando o pescoço,a caixa torácica encostando
as mãos pelo dorso formando a boca do tigre suba o máximo possível, mantenha alguns
segundos.
31 – Deslizando as mãos para baixo, leve as até a altura dos rins, com os dedos médios
tocando o ponto VG4 - Mingmen. Deslize pela lateral até a frente do corpo, no umbigo, linha
do Dai Mai.
32 – Gire as mãos para baixoe desçapelaregiãoanteriordascoxas (meridianosyin) até os pés
mantendo o contato com o corpo. Concentre-se no centro dos ossos.
33 – Apóie osdedospolegaresnopontoF3- Taichong,e os outrosdedossobre osartelhos dos
pés. Concentre-se na planta dos pés.
34 – Desça flexionando os joelhos e suba elevando a parte de trás 3x.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 12
35 – Afaste os braços e capte a energia da terra.
36 – Encoste as mãos nos calcanhares e suba pela parte posterior das pernas, concentrando
profundamente nos ossos, até atingir a região dos rins, mantendo os dedos médios sobre o
VG4 - Mingmen.
37 – Deslize as mãos pelo Dai Mai até que os dedos médios toquem novamente o umbigo.
38 – Leve novamente as mãos para as laterais e desça pela lateral soltando os braços.
Terceiro Movimento
39 – Pense na energia do universo. Afaste os polegares fazendo a postura da boca do tigre e
eleve as mãos em diagonal e conforme vai subindo as palmas das mãos voltam-se para cima.
Eleve as mãos até acima da cabeça.
40 – Faça uma grande inspiração e desça as mãos nas laterais das orelhas sem tocar o corpo,
quando o polegar estiver quase tocando os ombros, vá espalmando as mãos para frente
mantendo-as na lateral do corpo na altura dos mamilos com os cotovelos para trás.
41 – Pense naenergiadoUniversoque cercavocê e vamospegar a energiaemcírculoque esta
a nossa volta. Empurre a mão direita para frente do corpo, rotacione o punho deixando a
palma mão voltada para a esquerda. Leve o braço para a esquerda 90o
. Segure com o dedo
médiodireitoacabeçado polegar,olhe paraosdedos,continue o giro levando os dedos atrás
do ombroesquerdo tocandoaparte maisbaixa que conseguir, sempre procurando olhar para
eles, deslize até que o dedo médio toque o ponto E13 – Qui Hu do lado esquerdo, olhe para
frente. Repita tudo do outro lado.
42 – Faça 3 respirações e a cada inspiração pressionar o dedo médio, e ao expirar solte a
pressão.
43 – Descole os dedos do E13 – Qui Hu, deixando as palmas para cima, relaxe os dedos das
mãos. Levar as mãos para frente do corpo como os punhos cruzados, girar as mãos de forma
que as bases dos punhos se unam formando a Flor de Lótus, mantendo os calcanhares das
mãos unidos e os dedos em forma de cálice.
44 – Vá juntando as mãos unindo as palmas na altura do VC17 – Shanzhong e levando os
cotovelos para a lateral. Desenhe 3 círculos no sentido horário, 3 no sentido anti-horário, 3
para frente e finalmente 3 para trás.
45 – Vá subindo as mãos unidas até acima da cabeça, na linha do VG20 – Bai Hui. Visualize os
dedos encostando no céu. Afaste os dedos dois a dois e depois vá despregando um a um só
deixandoospolegares e indicadores unidos formandoum triangulo acima da cabeça, soltar os
indicadores e os polegares.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 13
46 – Girar as mãos com as palmas para cima enquanto desce os braços lateralmente até a
altura dos ombros, com as mãos espalmadas para cima e os braços esticados.
47 – Visualizeaenergiadouniversopenetrandonapalmadas mãos.Flexione osdedosmédios
direcionando a energia para o Yin Tang. Estenda os dedos médios.
48 – Flexione os cotovelos trazendo as mãos em direção ao corpo, deslize a lateral das mãos
até que as pontasdosdedosmédiostoquemopontoBP21 - Dabao.Massageie este pontocom
pequenos círculos 3x horário e 3x anti-horário.
49 – Gire as mãos direcionando os dedos para trás encostando o dorso das mãos no corpo,
estendaoscotovelosde formaque osbraços fiquemesticadosparatrás o máximopossível.As
palmas das mãos estão para cima, vá trazendo as mãos para frente num grande abraço,
girando lentamente as mãos para frente do corpo, capte a energia que está a sua volta e
atravésdo dedo médio empurre a energia para dentro do Tan Tien Inferior, junte as mãos na
posição de guardar a energia.
50 – Mantenhaas mãos por 36 expirações e depoisfaçapequenoscírculos 3x horárioe 3x anti-
horário,respire mais3x coloque odedomédionoumbigoe faça círculos 3x horárioe 3x anti-
horáriode forma bemacentuada.Deslize asmãospara as lateraisdocorpo,coloque asmãos
nas lateraisdascoxasna altura doquadril e desça até os tornozelose subapelaregiãointerna
das pernas.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 14
Constituição Humana do Chi Eletromagnético
Durante o desenvolvimento embrionário o embrião continuamente recebe a força dos 10
troncos celestes e dos 12 ramos terrestres. Ambas as forças carregam o embrião por baixo e
por cima, gerando forças vitais de energia eletromagnética. Esta camada é carregada
verticalmente em 12 seções devido a influência dos 12 principais meridianos cada um deles
corresponde respectivamente às cargas atmosférica da Terra, influenciadas pelas 12
constelações que giram muito longe no espaço ao longo da eclíptica da Terra,
Estes meridianos superficiais e as constelações correspondentes são:
Pulmão Áries
Intestino Grosso Touro
Estômago Gêmeos
Baço-Pâncreas Câncer
Coração Leão
Intestino Delgado Virgem
Bexiga Libra
Rim Escorpião
Circulação e Sexo Sagitário
Triplo Aquecedor Capricórnio
Vesícula Biliar Aquário
Fígado Peixes
Local de Nascimento e/ou onde passaram grande parte da infância
Região mais ao Sul, mais
fria; área montanhosa
Doenças de pele; acúmulo de muco e gordura; formação de
tumores e abcessos, doenças do fígado e vesícula biliar
Regiãomaisao Norte,mais
quente; próximas ao mar
Doenças dos intestinos, pulmões, rins e bexiga, problemas
reprodutivos e nervosos. Algumas doenças de pele e tumores.
Paralisia e artrite.
Áreas urbanas Doenças complexas, principalmente nos intestinos, pulmões e
sistema nervoso, bem como nos órgãos de reprodução.
Áreas rurais Doençasmais simples e distintas. Menos problemas digestivos,
reprodutivos e nervosos.
Alguns aspectos constitucionais
Estrutura Óssea
É o melhor sistema para verificar a qualidade da constituição.
Apalpando-se os ossos, principalmente na área dos ombros, braços e pernas.
Ossos mais fortes e grossos indicam uma constituição mais yang (forte). Têm a tendência de
ser mais ativo na vida física e social.
Ossos mais fracos e finos indicam uma constituição mais yin (delicada e frágil). Têm a
tendência de ser mais ativo na vida mental e artística.
Músculos e pele
Mais flácidos e pele fina indicam uma constituição mais Yin. (Alimentos líquidos, legumes,
verduras e frutas). Indicam uma natureza mais adaptável e mais mental.
Mais rijos e resistentes indicam uma constituição mais Yang. (Alimentos cereais, feijões e
alimentos de origem animal, com mais minerais). Mostram uma natureza mais ativa e mais
voltada para o mundo físico.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 15
Os estados de músculos e peles é mais fácil de mudar por meio de alimentação e exercícios,
por esta razão além de mostrar uma constituição desenvolvida durante os períodos da
gravidez e da fase de crescimento, mostram também o estado físico e mental do presente.
Proporção Corporal
A proporção corporal é medida entre a cabeça e o corpo. A proporção normal seria 1:7 ou
1:7,5, ou seja, da cabeça até os pés teria a medida de 7 ou 7,5 cabeças.
Quando a cabeça é menor proporção 1:8, por exemplo, a constituição física e mental é mais
fraca do que a média.
Correlações Cabeça-Nádegas
A região da cabeça corresponde a região das nádegas, pois uma representa a extremidade
superior do sistema nervoso enquanto a outra representa a extremidade inferior. Tensão e
outrosestadosemocionaisanormaisdocérebrotambémapareceme se expressam no estado
dos músculos e tecidos da área das nádegas.
A – Região inferior das
nádegas corresponde à
parte frontal da cabeça
e do cérebro.
B – A parte superiordas
nádegas corresponde à
parte de trás da cabeça
e do cérebro.
C – As regiões laterais
das nádegas
correspondem às
laterais da cabeça e do
cérebro.
D – A regiãocentral das
nádegas corresponde à parte mediana da cabeça e do cérebro.
E – A área do cóccix representa o nariz e a cavidade nasal.
F – A parte inferior da coluna (sacro), corresponde à medula da parte de trás do pescoço.
Pés
Uma das principais áreas periférica do corpo (a outra é as mãos), estas áreas periféricas
representam a constituição e o estado físico e mental, por terem uma forma compacta,
representam os órgãos situados na região mediana do corpo (fígado, vesícula biliar, baço,
estômago, o pâncreas, os rins e a bexiga).
Tamanho – Normalmente o tamanho dos pés geralmente é proporcional ao tamanho do
corpo, mas há diferenças caracterizadas pela constituição das pessoas:
Maiores e mais grossos (Yang) pode produzir uma constituição interna
(mediana), fígado, vesícula, baço, pâncreas, estômago e os rins, mais
forte. Esta pessoa tende a ser forte em termos físicos e mentais, mas
também flexível e artística em termos de atividade social e intelectual.
Menores e mais finos (Yin) mostram que os órgãos superiores e
inferiores, pulmões, intestinos e coração, são mais saudáveis e ativos.
Possuemmaistolerânciae vitalidadefísica,masumaatividade menorna
vida mental.
Dedos longos e sensíveis mostram uma natureza que aprecia mais o
mundo emocional, artístico e estético.
Dedos curtos e grossos mostram uma natureza mais ativa em termos
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 16
físicos, com uma resistência maior ao meio ambiente, mas menos interesse por questões
mentais e espirituais.
A proporção entre tamanho e largura deveria ser 1:3, ou seja, a largura na parte interna da
protuberância que fica abaixo do hálux e do 5 dedo de ter um terço do tamanho total do pé.
Altura – Quando a parte de cima do pé é mais alta, indica uma natureza mais ativa
fisicamente. Quando mais baixo e mais achatado, indica uma natureza mais ativa
mentalmente.
Arcos – Mais altosdevem-seaosmúsculosmaiscontraídos,oque permite um funcionamento
mais ativo do pé. Esta constituição é essencial para atletas, esportistas, dançarinos e outros
profissionaisespecializadosematividadesfísicas. Maisbaixossãoconsequênciade músculos e
tecidos mais frouxos e indicam uma tendência menor a uma atividade física do que mental,
principalmente no que diz respeito à compreensão estética, artística e religiosa. São mais
comuns entre pensadores, escritores, músicos e artistas, bem como entre os religiosos.
Flexibilidade–A flexibilidadedospése dedosmostranão só a leveza e mobilidade física, mas
também capacidade mental de adaptação. À medida que essa flexibilidade diminui, todo o
modo de vida torna-se rígido e menos adaptável ao ambiente natural e social que está em
transformação constante. O endurecimento além dos aspectos emocionais e mentais
envolvidosse deve aoconsumoexcessivode alimentosricosemcolesterol,gordurassaturadas
e proteína animal temperada com sal.
Direção dos pés – Quando os pés se viram para fora ao andar, tipo Charles Chaplin é
consequênciade umacontraçãona base da coluna,muitasvezesdevidoaoconsumoexcessivo
de alimentosde origemanimal,indicamumcarátermais agressivo, progressista e desinibido,
tanto físico quanto mental. Normalmente são pessoas disponíveis, que possuem uma
facilidade maior para a entrega e doação. Mais comum nos ocidentais e nos tempos atuais.
Os pés virados para dentro ao andar, tipo Marlin Monroe, a região da coluna é mais aberta,
devidoaum maiorconsumode alimentosde origemvegetal,indica um caráter mais delicado,
conservador e introspectivo, tanto físico como mental. Mais comum nos orientais e nos mais
antigos.
Quandose têm boasaúde e hábitosalimentaressaudáveis,oshomensdevemterpés retos ou
ligeiramente viradosparafora,e as mulheres devem ter os pés retos ou ligeiramente virados
para dentro.
Comprimentodosdedos – Normalmente vai diminuindodoHálux em direção ao quinto dedo.
No entanto,emmuitaspessoas,osegundoe/ouoterceirosãomaiscompridos.Issoé causado
pelos hábitos alimentares durante o período embrionário, que produziram fraqueza no
estômago e em suas funções.
Dedos encurvados – Quando o Hálux se curva anormalmente na direção do segundo dedo, é
sinal de que o baço e as suas funções linfáticas
estãohiperativas,enquantoasfunçõeshepáticas
estão hipoativas em decorrência do consumo
excessivo de gorduras e óleos, tanto de origem
animal quanto vegetal.
Quanto o quinto dedo se curva em direção ao
quarto dedo, indica hiperatividade dos rins, da
bexiga e de suas funções excretoras, causada
pelo consumo excessivo de comidas e bebidas,
entre as quais frutas, sucos, açúcar e doces.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 17
Quando todos os dedos se voltam para dentro representa um desequilíbrio generalizado e
propensão a doenças graves, tanto posturais como funcionais.
Áreas e correspondências do pé
Os dedossãoformados pelos meridianos e, por isso,
cada artelho – junto com a área imediatamente
abaixodele –representacertosórgãosimportantese
suas funções.Essascorrelaçõestambémse aplicam à
área imediatamente abaixo de cada dedo do pé.
Características anormais que surgirem nas áreas
relacionadas mostram problemas nestes órgãos e
funções:
Área A – Baço, pâncreas
Área B – Fígado
Área C – Estômago
Área D – Vesícula Biliar
Área E – Bexiga
Área F – Rins
Os pontos A, B e C correspondem respectivamente aos rins, coração e estômago – Centro
Abdominal.
O pontoD próximodohálux corresponde aosombros
e omoplata.
O ponto E protuberância que fica abaixo dos outros
dedos corresponde aos pulmões e funções
respiratórias.
Ponto F representa o nariz e a cavidade bucal.
Ponto G representa a garganta e as cordas vocais
Ponto H os brônquios e a região do diafragma.
Ponto I representa o estômago, o duodeno e a parte
superior do intestino.
PontoJ corresponde aárea intestinal,principalmente
a área mediana dos intestinos.
Ponto K corresponde à região inferior dos intestinos, ao reto e ao útero.
PontoL linhaque passa pela pare de baixo e de fora do pé representa a coluna vertebral e os
músculos ao longo dela, assim como o meridiano e às funções da bexiga.
Área abaixo do segundo dedo: funções do coração e circulação
Área abaixo do terceiro dedo: funções do baço e circulação linfática
Área abaixo do quarto dedo: funções dos pulmões e respiração
Área abaixo do quinto dedo: funções dos rins e sistema excretor
O Hálux e sua respectiva unha corresponde ao baço, ao pâncreas e suas funções,
principalmente na parte de fora. Ao fígado e suas funções principalmente a parte de dentro.
Segundo e terceiro dedos e suas unhas representam o estômago e suas funções, o terceiro
representa mais as funções do esfíncter do estômago e duodeno.
Quarto dedo e sua unha correspondem à vesícula biliar e suas funções
Quinto dedo e sua unha correspondem à bexiga e suas funções.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 18
Endurecimentoda pontados dedos – é um indiciode que os órgãos correspondentes a eles e
suas funçõespodemestarestagnados,possivelmente por excesso de comida e bebida, como
também por um provável desequilíbrio nas quantidades de minerais, proteínas, gorduras,
carboidratos ou vitaminas consumidas.
Calos– indicama eliminaçãode excessode gordurae muco,causado peloconsumoexagerado
de comidaem geral,oupor uma dietadesequilibrada.Issoocorre porque umdos órgãos e seu
meridiano não estão funcionando bem.
Cores anormais – Nas áreas correspondentes mostram que os órgãos e funções
correspondentes estão hiperativos. Quando surge uma cor verde pode-se estar propenso a
uma doença cancerígena, ou essa já está instalada.
Joanete – Pode tercomeçadoa se desenvolver logo depois do nascimento, ou durante a vida
adulta. É tradicionalmente conhecida como o “sinal da viuvez”, ou de que a pessoa vai ficar
sozinha na velhice. Este endurecimento está na área do fígado, estômago e baço-pâncreas,
está associado a uma alimentação a base de carboidrato e sal, proteína, gordura, sendo a
característica mais forte o excesso de consumo de sal ou minerais. Indica rigidez física,
principalmente na região mediana do corpo e rigidez mental com tendência à dominação,
discriminação,preconceitoe ciúme.Apesarde teremcaracterísticasativasnavidasocial,esses
traços mentais costumam levar ao distanciamento da família e dos amigos.
Pele descascadae pé-de-atleta(frieira) – Costumam ser acompanhados de pele desfiada nos
dedosouentre eles,bem como ruptura da pele em certos dedos, dificultando a caminhada e
causando uma incomoda coceira. Embora em geral mostre atividade de fungos na área, a
causa real é o consumo excessivo de líquidos, incluindo bebidas, frutas, sucos, açúcares e
doces, e alguns produtos químicos e drogas.
Pontos de Diagnóstico
Os pontos 1 (E43) e 2 (VB42) podem ser usados para diagnóstico dos órgãos
internos. No ponto 1 se a pessoa sentir dor ao pressioná-lo é indício de
distúrbios temporários no estômago e no fígado. Em geral há fadiga física e
mental.Se a dor estivernoponto2 é sinal de que a vesícula e a bexiga assim
como suas funções, estão com problemas. Há nesse caso uma tendência à
fadigageneralizadae sonolência.Tambémpode indicarcontraçãona vesícula
biliar e a formação de cisto ou pedras nesse órgão.
Tratamento de Emergência nos dedos dos pés
Utilizar qualquer material que tenha ponta afiada. Furar com um movimento rápido, quanto
maisfirme a punçãomenora dor (1 a 3 mm).Depoispressionar o local para tirar um pouco de
sangue. Este procedimento é de emergência não substitui um tratamento mas causa alivio
imediato.
1 A – Crise estomacal – intoxicação por comidas – Ataque brusco –
Retenção de líquidos – Insônia – Pesadelos - Convulsão.
1 B – Perda do controle urinário – Dor nos órgãos sexuais – Ataque
brusco – Convulsão – Problema nos olhos.
2 A – Dor nos intestinos – Dor de cabeça – Erupção Hemorragia dos
dentes – Mal hálito.
2 B – Infecção de garganta – Ataque brusco – Insônia – Inflação do
ventre, sensação de ruído de água.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 19
3 A – Desmaio – Convulsões – Enfermidade no aparelho sexual – Dor de garganta.
3 B – Constipação – Palpitação – Dores na cintura – Ataque brusco.
4 A – Enxaqueca – Ataque brusco – Dor nas costas – Sensação amarga na boca.
4 B – Pressão alta - - Dor no olho – Enxaqueca – Contração do pescoço.
5 A – Dor de cabeça (occipital) – Nariz tapado – Lacrimejamento – Enfermidades dos olhos –
Cuidado não fazer em mulheres grávidas.
5 B – Ataque brusco – Contração do pescoço – Dores lombares – Problemas no parto – Má
posição do bebê.
Corpo
A – Equivale às funções dos olhos e
dos processos visuais, ao nariz e à
respiração.
B – Corresponde à cavidade bucal,
às cordas vocais e às funções
respiratórias.
C – Corresponde aos pulmões,
brônquios e funções respiratórias.
D – Equivale à parte inferior dos
pulmões, ao diafragma, ao fígado, à
vesícula biliar, ao baço e ás suas
funções.
E – Corresponde ao estômago, ao
pâncreas, ao duodeno, aos rins e às
suas funções.
F – Corresponde aocólontransverso
e parte superior do intestino
delgado e às suas funções.
G – Equivale à parte inferior do
intestino delgado, ao cólon
ascendente e às suas funções.
H – Equivale ao reto, ao útero, aos
ovários, à próstata, aos testículos,
área reprodutora e suas funções.
I – Reflete o tubo digestivos e os órgão
relacionados a ele.
J – Representa as funções circulatórias
relacionadas aos órgãos e aos seus
processos, bem como às funções
excretoras.
K – Representa o sistema nervoso e suas
funções relacionadas aos órgãos internos.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 20
Outra formade divisãodocorpoé dividindo o tronco em três áreas
principais:
A – Região do tórax – coração e os pulmões
B- Região da cintura – estômago, baço e pâncreas.
C – Região do baixo ventre – intestinos, rins, bexiga e os órgãos
sexuais
E fazendoa correspondênciacomadivisão de três áreas da cabeça:
1 – Corresponde à região A
2 – Corresponde à região B
3 – Corresponde à região C
Estas áreasprincipaissãoexatamente asmesmas,devemos apenas
verificarque oladodireitodacabeça corresponde aoladoesquerdo
do corpo e vice-versa. Por conseguinte, a condição do pulmão
esquerdo pode ser vista olhando para a narina direita.
Em Complemento,podemosver as condições dos órgãos internos examinando a condição do
braço. A parte superior do braço mostra a condição dos pulmões. O cotovelo as dos órgãos
digestivos.A parte inferiordobraçoas dos intestinos. E os punhos mostra dos órgãos sexuais.
No corpo humano totalmente desenvolvido, ao longo da coluna,
nas costas, encontramos os principais pontos de entrada de
energia,chamadona medicina chinesa Yu-Ketsu – Ponto Yu (Ponto
de Entrada, Assentamento ou Associado). O significado de Yu é
“verter para dentro”. Através destes pontos cargas atmosféricas
entram na parte interior do corpo, carregando vários órgãos,
ativando suas funções:
Depoisque ofluxode energiaque entram por estes pontos, saem
pelasuperfície dafrente docorpo,reunindo-se em certos pontos,
tradicionalmente chamado Bo-Ketsu – Ponto Bo (Ponto de
Reunião ou Ponto de Alarma). Estes Pontos de Reunião estão em
relação complementar com os Pontos de Entrada.
Pulmão B13
Circulaçãoe Sexo B14
Coração B15
Diafragma B17
Fígado B18
Vesícula Biliar B19
Baço-Pâncreas B20
Estômago B21
TriploAquecedor B22
Rim B23
Intestino Grosso B25
IntestinoDelgado B27
Bexiga B28
Pulmão P1
Circulaçãoe Sexo VC17
Coração VC14
Fígado F14
Vesícula Biliar VB24
Baço-Pâncreas F13
Estômago VC12
TriploAquecedor VC7
Rim VB25
Intestino Grosso E25
IntestinoDelgado VC4
Bexiga VC3
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 21
Abdomem
A – Representa o coração e o intestino delgado
B – Representa os pulmões e intestino grosso
C – Representa o fígado e a vesícula biliar
D – Representa os rins e a bexiga
E – Representa o baço, pancreas e estômago
Ombros
Ângulodosombrosmaisquadradoapresentam
um caráter mais masculino, tendem a gostar
maisde atividadesfísicase sociais e costumam
ser mais intelectuais.
Os que tem os ombros mais caídos têm caráter
maisfeminino,comumanaturezamaissensível
à estética e às artes.
Quando os ombros mostram uma forma mais
arredondada com músculos equilibrados,
indicam um caráter mais equilibrado que
aprecia tanto as atividades físicas e mentais
quanto as estéticas e intelectuais.
Quando os ombros são desiguais isso indica
que os órgãos do lado do ombro mais alto são mais fracos que os órgãos do lado mais baixo,
principalmente no caso dos pulmões e do intestino grosso.
Mãos
Assimcomoos pésrepresentamaconstituiçãoe oestadofísico e mental em sua totalidade, e
corresponde porsuaforma maisexpandidaaspartessuperiorese inferioresdocorpo,entre as
quais os pulmões, coração, intestino delgado e grosso.
Maiorese maisgrossas(Yang) pode produziruma constituição interna mais forte. Esta pessoa
tende a ser forte em termos físicos e mentais, mas também flexível e artística em termos de
atividade social e intelectual.
Menores e mais finas (Yin) mostram também força física, mas uma atividade menos na vida
mental.
Dedos longos e sensíveis mostram uma natureza que aprecia mais o mundo emocional,
artístico e estético.
Dedos curtos e grossos mostram uma natureza mais ativa em termos físicos, com uma
resistênciamaioraomeioambiente,masmenosinteresse porquestões mentais e espirituais.
A área A – Na base do polegar,representaasfunçõesdigestivase respiratórias,
incluindo o estado de esôfago, do estômago, dos intestinos e dos pulmões.
A área B – Representaosistemanervoso,inclusive as funções do cérebro e do
sistema nervoso central, e os nervos periféricos.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 22
A área C – Representaossistemascirculatórioe excretor,incluindooestado do coração, rins e
bexiga.
Os Polegares representam o estado e as funções dos pulmões e das atividades respiratórias
Os Indicadores representam o intestino grosso e suas funções
Os Médiosrepresentamaenergiavitalizadora em torno do coração, as funções circulatórias e
a vitalidade reprodutiva.
Anulares representam a atividade de eliminar a energia excessiva das regiões do coração,
estômago e intestinos – o metabolismo da energia e do aquecimento.
Mínimo representam o estado e funções do coração e intestino delgado.
O excesso de consumo de frutas poderá levar o polegar a tornar-se menos flexível.
Hoje em dia é muito comum crianças nascerem com uma membrana entre os dedos, isso é
devido ao excesso de refrigerantes, suco de laranja e outros alimentos yin.
A flexibilidade damão e dedos mostra a flexibilidade do cérebro, mãos e dedos não flexíveis
pensamentos rígidos, arrogantes e obstinado.
Quandocerramosos punhos os espaços entre os nós dos dedos deveram ser bem evidentes.
Caso contrário,é sinal de um depósitode gorduragrande nobaço, pâncrease fígado. Devido a
ingestão de comidas tipo petiscos e com muito açúcar, além de possível endurecimento das
artérias e articulações.
Se ao estender as mãos para cima o espaço entre os dedos estiver muito separado, será
característica de pessoasque nãoseguram muita coisa (dinheiro, companheiro, etc). Trata-se
de uma pessoa tipo yin que terá dificuldade em ter companheiros, por ser normalmente
preguiçosa, podendo ter problemas de disciplina e conservar dinheiro.
Pessoascommãos úmidasdevemevitartomarexcesso de líquidos, incluindo sucos de frutas.
Esta característica indica sobrecarga nos rins e no coração, caracterizando-se com pessoas de
raciocínio e ação lenta.
Tratamento de Emergência nos dedos das mãos
Utilizar qualquer material que tenha ponta afiada. Furar com um movimento rápido, quanto
maisfirme a punçãomenora dor (1 a 3 mm).Depois pressionar o local para tirar um pouco de
sangue. Este procedimento é de emergência não substitui um tratamento mas causa alivio
imediato.
1 A – Febre, vomito e dor abdominal – convulsão – desmaio – pressão
baixa – qualquer emergência.
1 B – Desmaio – Palpitação – Sensação de ardor na boca
2 A – Febre – Convulsão – Dor de garganta – Dor na gengiva – Paralisia
da boca – Dor nos olhos – Constipação – Tosse intensa
2 B – Dor de cabeça frontal,parte superior –Desmaio– Ataque de asma
3 A – Febre - Dor no peito – Palpitação – Ataque brusco
3 B – Desmaio – Dor de cabeça – Ataque histérico – Enfermidade psíquica
4 A – Desmaio – Moléstias digestivas – Ataque de asma
4 B – Ataque brusco – Palpitação – Zumbido dos ouvidos – Dor na parte lateral do pescoço
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 23
5 A – Febre – Choque de penicilina – Medo – Insônia – Ataque brusco
5 B – Dor no baixoventre –Constipação – Zumbidonosouvidos – Desmaio – Enfermidade nos
olhos
Cabeça e Rosto
As áreas ao lado correspondem a determinados órgão e
funções do corpo.
ÁreaA: O estadoda boca,dos lábios,dalíngua,da cavidade
bucal e da área em torno da boca mostra as funções
digestivas como um todo. Está relacionada, em parte, à
função respiratória, em especial, a sua área periférica.
Área B: O estado da testa e de sua periferia, incluindo as
têmporas e as sobrancelhas, representa o estado do
sistema nervoso como um todo.
ÁreaC: Incluindoolhos,bochechase orelhas, representam
o estado e funcionamento dos sistemas circulatórios e excretor como um todo.
A área em volta da boca representa os órgãos sexuais e suas funções.
Se o queixo é pronunciado significa que os órgãos do aparelho digestivo estão bem
desenvolvidos.
A boca como um todo representa a
situação de toda a cavidade digestiva.
O lábioinferiorointestinodelgado na sua
parte interna, e o intestino grosso na
parte mais periférica do lábio.
O lábio superior mostra o estômago.
O canto da boca mostra o estado do
duodeno.
O estado das bochechas mostra o estado
dos pulmões e de suas funções. Se as
bochechas estão mais contraídas significa
que o sistema circulatório é muito forte.
Se a área entre o nariz e a boca é grande,
indica que a pessoa é muito “meiga”
(gentil) com o sexo oposto.
Uma linha vertical no espaço entre o nariz e o lábio superior é sinal de demasiado Yang nos
órgãos sexuais.Se amulhertiverestacondiçãosofrerá muitas dores quando da menstruação.
Se a áreaentre o nariz e o lábiosuperiorse apresentarinchadae arredondada, isso indica que
há demasiados mucos no estômago, fígado e pâncreas.
Um nariz grande e arredondadoindicaumacondiçãoYin.Um narizpequeno e achatado indica
uma condição Yang. Um nariz bem proporcionado e reto indica uma constituição bem
equilibrada.
Se o nariz é comprido, a pessoa pode ser brilhante, mas sua condição física é fraca.
As narinas representam os brônquios, ligados aos pulmões. Fossas bem desenvolvidas
mostrampulmõesfortese bemdesenvolvidos. Fossas flácidas e pouco desenvolvidas mostra
pulmões fracos e deficiente de funcionamento.
A pontado narizrepresentaocoração e suas funções. Se a ponta for fina e pontiaguda, então
o coração é muito Yang. Se a ponta for vermelha e inchada (característica de quem bebe em
demasia) ocoração estáexpandido.Se houverreentrâncianaponta, indica válvula do coração
que não contraem devidamente.
A parte mediana do nariz representa o estômago.
A parte superior mostra o estado do pâncreas
A área entre as sobrancelhas mostra o estado do fígado.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 24
Duas linhasverticaisnacanasuperiordonariz indicam excessonofígado.Se houver uma linha
central nesta região excesso no baço. Três linhas ambos os casos.
As orelhas representam os rins - homolaterais
Ao redor dos olhos representam os rins, assim como o estado dos ovários, no caso das
mulheres, e dos testículos no caso dos homens.
O olho esquerdo mostra o estado do baço e do pâncreas
O olho direito representa o fígado e a vesícula biliar
As têmporas de ambos os lados do rosto mostram o estado do baço.
A testa como um todo representa o intestino delgado.
A região periférica da testa representa o intestino grosso.
A parte superior da testa mostra o estado da bexiga.
Se dividirmos a face em duas partes iguais verificaremos a formação de nosso rosto não é
simétrica.Oladodireitotemainfluênciada mãe e o lado esquerdo do pai. Um lado será mais
compacto enquanto o outro será mais expandido, mostrando o grau de influência.
Boca
A boca e os lábios mostram o estado presente da pessoa, principalmente os dos órgãos e
funções digestivas. Por ser o início do trato digestivo – porta de entrada – refletem suas
características assim como o estado o estado do ânus – o final do trato digestivo – porta de
saída.
Pessoa com boa saúde física e mental tem a boca com o mesmo comprimento da largura das
abas do nariz,oumenor.Quandoa boca é muitomaiorque a extensãoentre asnarinas,é sinal
de que os órgãos e glândulasnãofuncionambem, compoucacapacidade de adaptação física e
mental.
O aumento do tamanho da boa deve-se ao consumo excessivo de batatas, tomates, açúcar,
doces, óleos, gorduras, café e outras bebidas consumidas pela mãe durante a gravidez. A
ingestãoexcessivade proteínasemrelaçãoàingestãode carboidratostambémlevaapessoa a
ter uma boca maior.
A boca deve ficarnaturalmente fechada,mostrandoassimumsistemanervosorazoavelmente
saudável e sistema digestivo e respiratório em condições normais. Quando a boca fica
apertada demais indica transtornos no fígado, na vesícula biliar ou nos rins. Por outro lado, a
boca mole, meio aberta, mostra distúrbios das funções digestivas, respiratórias e excretora,
assim como das funções nervosas.
Lábio Superior – mostra o estado da parte superior do trato digestivo. A parte interna
corresponde a ambas as extremidades – superior e inferior – do estômago. As zonas
periféricas correspondem à região mediana do estômago.
Cantos dos Lábios – representam a região mediana do trato digestivo, principalmente o
duodeno. Oladodireitocorrespondemaisàreação doduodenoà secreção de bile do fígado e
da vesículabiliar.Oladoesquerdoreflete maisasfunçõesresultantesdasecreçãopancreática.
Lábio Inferior – mostra o estado da parte inferior do trato digestivo. A parte interna
corresponde ao intestino delgado, e as áreas periféricas ao intestino grosso.
Boca mais larga com lábios cheios – é resultante de um grande excesso de carboidratos e
gorduras (cereais, farinhas refinadas, batatas, frutas, açúcar e gorduras vegetais) durante a
gravidez ou período de crescimento. É muito frequente entre os povos que se originam num
clima tropical, onde estes tipos de alimento têm mais probabilidade de ser consumido. As
partes periféricas do corpo, como a pele e os músculos, parecem mais fortes que a média,
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 25
enquantoosórgãos internoscomoocoração, o fígado, o baço e o intestinodelgadopodemser
mais fracos, tendendo a flacidez. Costumam ter uma constituição tipo Yin.
Boca mais larga com lábios normal – é resultante do consumo no período de gestação e/ou
crescimentode alimentostantoanimal como vegetal (carne, ovos, laticínios, farinha de trigo,
açúcar e frutas),refrigerantese bebidasalcoólicas.Étípicodospovosmodernos,oque remete
a uma constituição física e mental desequilibrada, perda de resistência e da capacidade de
autodisciplina e perseverança.
Boca tamanho normal com lábios cheios – mostra que se consumiu quantidade excessiva de
saise outros minerais (Yang) junto com laticínios, cereais e farinhas refinadas, frutas, açúcar,
óleo,refrigerantese bebidasalcoólicas(Yin).Mostra uma tendência geral de fraqueza crônica
das funções e órgãos digestivos. Isso ocorre com pessoas que receberam uma alimentação
adequada durante o período embrionário, mas que consumiram alimentos de tipo mais Yin
durante o períodode crescimento.Éuma pessoaconstitucionalmente Yang, mas seu estado é
yin.
Vermelho-rosado – Representa um sistema saudável.
Rosa-pálido–Mostra consumoexcessivode laticínios,gorduras, açúcar e frutas. Indica função
linfáticaenfraquecidase problemashormonais.Alergias, doenças de pele, mal de Hodgkin (O
mal de Hodgkin é o câncer principal que afeta adolescentes e adultos jovens. O câncer de
nódulos linfáticos pode também resultar de um carcinoma metastizante), asma e outros
distúrbios circulatórios, respiratórios e hormonais semelhantes.
Vermelho-vivo – Os capilares sanguíneos estão anormalmente dilatados, mostrando que a
função respiratória é anormal. A pressão sanguínea tende a ser mais alta e rápida.
Normalmente apresenta-se quando há infecções ou inflamações no organismo.
Branco – Os capilares sanguíneos podem estar anormalmente comprimidos, ou então há
deficiência de hemoglobina; ou estagnação e lentidão da circulação de sangue. Anemia,
leucemia e outros problemas semelhantes.
Escuro – O plasma sanguíneo contém excesso de sais e ácidos graxos, resultando lentidão e
estagnação da circulação, assim como constrição anormal dos capilares. Indicam transtornos
nas funçõescardíacas,circulatórias,pulmonares,renais,urinárias, hepáticas e biliares, , baço,
pâncreas.
Roxa– Estagnação da circulaçãodo sangue e deficiênciasgravesdo funcionamentodascélulas
do sangue, por degeneração de órgãos importantes como os intestinos, o fígado, o baço, os
rins e os pulmões. Esta cor é reconhecida como de morte próxima.
Orelha
O ideal é a orelhaestarsituadana cabeça de formaque o fimdo lóbuloesteja na mesma linha
que a boca, enquanto que o cimo da orelha deveria estar no alinhamento dos olhos.
O crescimentodolóbuloindicaodesenvolvimento do cérebro, é bom sinal ter orelha grande,
indica também que internamente os órgãos estão contraídos.
As orelhas mais encostadas na cabeça estão ligadas as pessoas que tem maior percepção
auditiva.
O lóbulo da orelha é a parte mais fria do corpo. Quando um oriental se queima, começa
imediatamente a puxar as pontas dos lóbulos com força para o alívio.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 26
Sobrancelhas
A sobrancelhas mostra a história de nossa vida. A parte interna
quando bebe, a do meio a vida adulta e a parte externa mostra a
idade mais avançada.
Sobrancelhagrande é sinal de vida longa. Se os pelos forem grossos
e compridos representa uma vida saudável. Se houver espaços,
separação nos pelos, significa que nessa altura da vida
experimentará grande crise.
Se a distância entre as sobrancelhas é muito pequena, é sinal de pessoa muito Yang (muito
tenaz). Se a distância é grande, é sinal de pessoa Yin, são pessoas instáveis, susceptíveis de
separações (família, casamento, etc.).
Testa
A testa mostra nossa intelectualidade.
Testa larga (A) mostra grande capacidade intelectual
Testa estreita mostra pequena capacidade intelectual
Testa em declive (B) é geralmente de pessoa mais ativa.
Se a parte de trás é larga e expandida, isso é sinal de pessoa
mais violenta. A expansão do cerebelo, que deveria ser
pequeno, pois controla a atividade e a ação, se está inchado
haverá ação em demasia, por conseguinte violência.
Quando a testa é saliente mostra que a pessoa pode ver
claramente o seu objetivo, não precisando se submeter a
ninguém, não é dependente.
Se o centro da testae recortado(umpoucoachatado) é sinal que o terceiroolhonãoapareceu
e isso é um bom sinal a razão é que o fundo do terceiro olho fica no cérebro médio ou
mesencéfalo (mais Yang) mais contraído.
Se a área estiver saliente (qualquer protuberância) indica uma tendência para estar fora da
própria mente, falta de senso e poderá ter a tendência a loucura.
Testa muito oleosa ou húmida, indica bexiga sobrecarregada – urina frequentemente.
Com vasossanguíneossaliente de corazulada – indicaque o hará está muito duro e contraído.
As contrações dos intestinos expandem os vasos na testa. Ao pressionar o hará esta pessoa
poderá ter dores, indica também que indiretamente existe uma tensão arterial alta.
Olho
O olho esquerdo mostra a influência do pai, o direito da mão. Quando usamos nossos olhos,
usamosum para focar e outro para dar profundidade.Para saber qual usamos basta realizar o
seguinte exercício:
Estendaa mão a sua frente,comos olhosabertos,alinhe comum ponto na parede em frente,
semmoveros braços,feche umolhoe depoisooutro, aquele que mostrarmaiormovimentoé
o olho mais fraco.
Cabelos
Caspa significa que a pessoa come em demasia, principalmente proteínas, peixe, galinha ou
outros alimentos animais. Além de reduzir estes alimentos deve ingerir bastante água.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 27
Conceitos da Terapia da Polaridade
1_ Para que qualquer energia se manifeste, para que qualquer forma exista, deve haver
movimentos.OprincípiodaPolaridade estácontidonasleisde relação/oposição e representa
o fluxo de energia em todas os fases/etapas da vida e dos acontecimentos
Fase expansiva: nascimento e crescimento
Fase contrativa: maturidade, meia idade, velhice e morte
2_ Os relacionamentos de energia na medicina chinesa são traduzidos como a interação do
Yin/Yang, já na filosofia ayurvédica são chamados de “Gunas”
3_ A fonte de todasas energiaspela visão oriental é uma fonte neutra em sua origem. Ela é a
própria fonte da vida e de todo ser consciente. Ela se desloca de campos mais sutis para a
forma física mais densa
4_ Na filosofiataoistaestafonte primordial é descrita no Tao Te Ching em diversos capítulos:
“O caminho que pode ser expresso não é o Caminho constante
O nome que pode ser enunciado não é o Nome constante
Sem-Nome é o princípio do céu e da terra
Com-nome é a mãe de dez mil coisas...” (cap. 1)
“O Caminho é o vazio
E seu uso jamais o esgota
É imensuravelmente profundo e amplo
Como a raiz dos dez mil seres...” (cap. 4)
“O céu é constante, a terra é duradoura
O que permite a constância e a duração do céu e da terra
É o não criar por si
Por isso são constante e duradouros...” (cap. 7)
“Há algo completamente entorpecido
Anterior à criação do céu e da terra
Quieto e ermo
Independente e inalterável
Move-se em círculos e não se exaure
Pode-se considera-lo a Mãe sob o céu...” (cap. 25)
“O Caminho gera o um
O um gera o dois
O dois gera o três
O três gera os dez mil seres...” (cap. 42)
“Sob o céu há um princípio
Que age como mãe do mundo
Já que existe a mãe
Pode-se conhecer o filho
Já que se conhece o filho
Volte a preservar a mãe
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 28
Assim,
O fim do corpo não conduzirá à morte...” (cap. 52)
5_ Dentro dos estudos polares damos destaque ao padrão de interferência, que está
relacionado a visão holográfica do ser, onde o macrocosmo esta contido no microcosmo, ou
seja, em cada parte do todo o todo esta. O padrão de interferência vem de estudos de várias
correntes de pensadores e entre eles se destaca contemporaneamente David Bohn, que
desenvolveu seus estudos através da teoria dos dois aspectos:
Explicito: manifesto, o mundo palpável e mensurável, aquele que pode ser percebido pelos
sentidos – suas leis recebeu o nome de “Lei da Heteronomia”. Com fatores e campos
perceptíveis apenas através dos fenômeno:
Implícito: este domínio está contido no mundo explicito. São os relacionamentos sutis que
mantem as coisas funcionando como um todo. Sua Lei é a de Holonomia.
Atravésdeste estudopodemosentenderavisãopropagadapor Heinsenbergque aconsciência
do cientistaestá intimamente ligada ao experimento, o observador é parte daquilo que esta
sendo observado.
Partindo destes princípios o Dr. Stone afirmou que o Princípio da Polaridade é uma das leis
implícitas da holonomia. Tendo em sua raiz uma parte ou totalidade implícita que não pode
ser vista a nivel explicito.
O implícito esta contido no explicito e o explicito é a expressão parcial de um todo maior.
Podemosconcluirque tudooque vemose sentimospossui dentrode si outrosfatoresque não
são perceptíveis visualmente ou até mesmo dentro dos estudos mais aprofundados.
6_ Através destes estudos e outros pesquisados pelo Dr. Stone percebemos que a realidade
não é linear mas que atua de forma circular, se inter-relacionando como as camadas de uma
cebola.Estascamadas são individuaismasse relacionammutuamente,masacompreensão de
cada camada só vai até as próximasque a circunda.Pode parecerque cada capa esta separada
das outras,mas na verdade elasestão em permanente contato com todas e formam com isso
o todo orgânico.
7_ Dentrodestascamadas o taoismonoscolocaque aquilo que transcende a cebola é a Fonte
o Wu Chi da cebola.Asprimeirascamadasrepresentam
o Tai I suas primeiras manifestações Yin/Yang, depois
os cinco elementos e dai as manifestações. Quanto
mais se aprofunda, se adensa, vai perdendo o contato
com o implícito representado pelo além da cebola e
fica mais preso na forma.
8_ Com isso podemos perceber que a informação do conjunto (Universo, criação, etc) esta
contido no ser humano e em cada coisa que existe.
9_ Dentro da constituição do universo e do ser, as forças vão
interagindoapartirda fonte.Com isso podemos perceber que
a matéria esta unida a fonte, mas distante o suficiente para
delaterapenas ideiade suaexistência. Ao se condensar gera-
se um movimento retroalimentador de volta ao Universo e
retorno a sua essência. Os chineses dão o nome a este
Macrocosmo
Centro Frontal
Centro Éter
Centro Ar
Centro Fogo
Centro Água
Centro Terra
Microcosmo
Fonte Primária
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 29
movimento do céu a terra e da terra ao céu de Troncos Celeste e Ramos Terrestres.
10_ Além dos estudos Taoistas o Dr. Stone também se utilizou do estudo da filosofia
Ayurvédica das Gunas para criar a ideia da energia inalâmbrica do homem. As gunas são:
Sattvas: Neste princípio esta a neutralidade, o espaço da quietude,
representando o neutro da forma inerente da existência. É a quietude no
interiorde cada movimento,oespaçoentre umpensamento e outro, entre
uma palavra e outra, etc.
Rajas: Corresponde afase Yang, positiva do movimento. O que impulsiona
gerandoação, é a fase centrífuga,expansivadaenergia.O estímulo de toda
ação ou experimento. O aspecto masculino, assertivo do nosso sistema de
energia.
Tamas: Corresponde a fase Yin, negativa do movimento, contrativa e centrípeda. É a
compleição e a receptividade. O aspecto feminino a cristalização e a forma.
11_ A energia como vimos brota da Fonte Primária e atravessa
varias fases de redução escalonada até se manifestar na esfera
material noCentroFrontal,que recebe váriosnomes: terceiroolho,
lugar da alma, os chineses lhe denominam Yin Tang ou Campo de
Elixir Superior onde se origina o espírito. A partir deste centro a
energiadecresce emintensidade para criar nosso corpo físico. Esta
incorporação reflete a formação do Universo como um todo e
estabelece o contexto para a criação do indivíduo. O indivíduo ou
Microcosmoestá vivodentrodocontextodotodoou macrocosmo,
retornando ao conceito que no ser explicito está contido o ser
implícito em cada parte de sua formação.
12_ A primeiracristalização da energia no ser surge no Centro Frontal.
Dele parte ondas de energia positiva e negativa que vão compor as
correntes pulsantes chamadas:
Pingala: positiva
Ida: Negativa
Estas correntesse expandemalcançandosuacomplementaçãoe,então
passam por uma fase de contração, formando um novo centro neutro
na altura do pescoço, o Centro Eter. Entre os dois centro surge um
terceiro canal neutro fisicamente situado na coluna vertebral,
chamado: Sushumna. Representando assim os gunas.
Estestrês centroestãorelacionadoaoschakras,com seufluxopulsante.Conformeasreduções
vão ocorrendode umcampo para outro, o campode consciênciavai se reduzindo,assimcomo
a intensidade da energia. Em cada Chakra temos qualidade de energias diferentes, isto que
constitui o que chamamos de Elementos. Os elementos são pontes que ligam o corpo e a
mente, regendo toda atividade física, mental, emocional e espiritual. Nossa saúde depende
deste relacionamento e a Terapia da Polaridade trabalha diretamente nestes
relacionamentos.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 30
13_ O Dr. Stone organizou estas estruturas
energéticas em campos elípticos, estes campos
nascem dos chakras e os rodeiam, permitindo assim
que atuem como suportes dos movimentos
energéticos. O chakra da coroa não foi incluído pois
segundo estudos feitos ele não é um centro de
energia mas sim um centro potencial de
conhecimento expansivo. Os outros seis chakras ele
reuniu em cinco campos elípticos, juntando os dois
primeiros chakras num mesmo campo pois eles
apresentam vibrações e intensidades muito baixas.
Os chakras recebem o nome por sua qualidade
energética, já os campos elípticos se nomeia pela
qualidade dominante da corrente que os atravessa.
Chakra frontal  Centroda fronte  Elipse de fogo –
por sua natureza fogosa relacionado ao intelecto e
pensamentos
Chakra laríngeo  Centro de éter  Elipse de éter
Chakra do coração  Centro de ar  Elipse de ar
Em ambos os casos suas corrente coincidem com a
qualidade de seus centros.
Chakra doplexo Centrode Fogo  Elipse de terra –
devidoaoprocessamentoe movimento de alimentos
e fezes nesta área.
Chakra umbilical e Chakra básico  Centro de Água e
Terra  Elipse de Água – devido sua qualidade de
eliminaçãode líquidosresiduaise sexuais,alémde seu
movimento descendente e centrifugo da área.
14_ Estescampose centrossão pulsaçõesenergéticas
que emanam do centro para fora e da periferia para
dentro.Existemváriospadrõesdestefluxode energia,
o Dr. Stone se fixou em três:
Corrente Este-oeste ou Transversal (neutra): relacionada a sattva, emana dos
polos positivos e negativos (superior e inferior) da corrente neutra sushumna e
traça uma espiral ao redor do corpo. Sua função é a de intercomunicação e
aglutinamento. É um sistema de retroalimentação que comunica a periferia do
sistema com seu núcleo. Relaciona-se também com o sistema nervoso
parassimpático, o sistema predominante no estado meditativo.
Corrente Espiral (positiva):é acorrente de fogo,estávinculadacoma qualidade de
rajas de movimentoe expansão,elaemanadocentro de fogo (umbigo) e engloba
todoo sistemaenergético,atuandonaenergiado movimento, calor e do coração.
Rege a distribuição das energias vitais internas pelo corpo. Ligada ao sistema
nervoso simpático, que é o predominante nos estado desperto e ativo
Corrente de Linha Longa (negativa): são corrente que emanam de cada chakra
individualmente,estãoligadasasqualidades de tamas de complementação. Suas
várias linhas recebem as qualidades de seu centro, ou seja, água, fogo, etc. Elas
emanamdoschakras e se expandemparafora verticalmente e depois contraem-
se novamente em seu centro. Consiste em regular e monitorar a fisiologia do
Chakra frontal / Centro Frontal
Elipse de fogo
Chakra laríngeo / Centro de éter
Elipse de éter
Chakra coração / Centro de ar
Elipse de ar
Chakra plexo / Centro de fogo
Elipse de terra
Chakra umbilical e básico / Centro água e terra
Elipse de água
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 31
corpo. O Dr. Stone disse que as correntes longas levam ao corpo as energia da mente e,
portanto,regemo funcionamentodoscincosentidos.Estãoligadasaosistemanervosocentral
e as correntes energéticas do ritmo cerebral.
A terapia da polaridade trabalha para eliminar e equilibrar os bloqueios que afetam estas
linhas e campos afim de conseguir a cura e autorregulação das esferas psíquicas e físicas.
15_ A energiase manifesta primeiramente no centro frontal, seu fluxo ou pulsação segue de
cima para baixo e de dentro para fora (da coluna), ela é
centrifuga, sai do núcleo e chega na forma material, criando
uma integraçãocomo mundo.Em nossa constituiçãofísica é a
formadora dos chakras. Mas esta energia deve regressar a
fonte ouserá dissipada,estafase de regresso, centrípeda, ela
sobe dos pés para cima e da periferia para o centro. Com isso
temosuma pulsaçãogeral daenergiavital.Todonossosistema
funcionadestaformaexpansão e contração. As três correntes
de energias que vimos anteriormente nada mais são que
pulsações e nãos sistemas que fluem por canais.
16_ Este movimento geral de energia por pulsações estabelece
relações de polaridade em todo o corpo. A parte de cima é
extremamente positiva. A parte inferior é extremamente
negativa e densa, é onde a energia se liga a terra. O gráfico das
zonas polares do Dr. Stone esboça os campos gerais da ação da
energiano corpo. Estes movimentos geram zonas de polaridade
relativasque formam o harmônico básico do corpo e as relações
elementares da polaridade entre as correntes de energia. Este
gráficomostra a harmoniageral.As pulsações seguindo sua ação
positiva, neutra e negativa.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 32
17_ Nasmãos e péstemosa seguinte classicaçãopolar:
Polegar  neutro  éter - Síntese
Indicador  negativo  ár – Pensamento
Médio  positivo  fogo - Espiritual
Anular  neativo  água - Emocional
Minimo  positivo  terra – Material
18_ O terapeutapode fazerusodessaszonasinter-relacionando-as.Umbloqueioemqualquer
zona afetará a corrente de todas as demais zonas correspondentes.
Assim um redução do fluxo de energia numa área positiva vai
estabelecerrestriçãosimilarnasdemaisáreaspositivas.Opraticante
pode entãoseguirestesbloqueiose desequilíbrios ao longo de suas
zonas ressonantes e com isso ajudar a re0taurar o fluxo através das
relações polares.
19_ Assim como a eletricidade precisa de um suporte para poder
fluir (fios, água, etc.), no nosso caso estes suportes são os campos
elípticos que surgem ao redor dos chakras. Este cinco campos
referem-se as cinco cavidades de nosso corpo:
Elipse de Fogo  cabeça – ligado ao centro dos olhos
Elipse de Éter  pescoço – ligado ao centro do pescoço
Elipse de Ar  tórax – ligado ao centro do coração
Elipse de Terra  abdômen – ligado ao centro do umbigo
Elipse de Água  pélvis – ligado ao centro pélvico
20_ Cadacentro possui qualidadesdiferentes,elevãose condensandoiniciando na cabeça em
direção aos pés.
Elipse de Fogo – é um campo rápido e vibrante, pois é o fogo da energia que esta se
convertendo em forma, é o primeiro campo do momento da concepção e marca a fusão dos
opostos. É o marco da vida é o fogo da inteligência e da claridade de visão interna.
Elipse de Éter – Esta relacionada com o espaço e a comunicação
Elipse de Ar – Relaciona-se com a respiração e os sentimentos profundos
Elipse de Terra– guarda relaçãocom a força e o poder,temligaçãocom o uso que fazemos de
nossa força, seja para a digestão ou para a ação.
Elipse de Água – representa a tomada de terra, o fluxo e a conexão com o mundo material.
21_ A chave para trabalhar estes campos esta nas fáscias e nos tecidos
conjuntivosdocorpo.A fáscia é um tecidoresistentee elástico(fásciadesigna
uma membranade tecidoconjuntivofibrosode proteção) que liga,sustenta e
integra as estruturas e funções do corpo, mantendo-os separados e
permitindoque se relacionementre si.Elaé uma capa únicaque envolve todo
corpo da ponta do dedo até o topo da cabeça. É por esta razão que um
desequilíbrio de uma área pode ser transferido para outra área. Através
destas mesmas relações podemos atuar no processo de cura.
22_ O Dr. Stone dizia:“tudoestanostecidosconjuntivos”.Nossospensamentos, sentimentos
e processosfísicosse refletemnasfásciasde nossocorpoe estascondiçõesse manifestam em
forma de tensão, limitações, restrições e enfermidades. Sem fluxo de energia a vida não se
manifesta.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 33
23_ Os pontos de transição de um campo
para outro são locais importantes no
processo da polaridade
Elipse de Fogo x Elipse de Éter – base do
pescoço
Elipse de Éter x Elipse de Ar – ligação nos
ombros e pescoço
Elipse de Ar x Elipse de Terra – diafragma
Elipse de Terra x Elipse de Água – Parte
superiordapélvis(ligamento de poupart)
24_ Oscinco camposelípticos são campos faciais ao mesmo tempo sensoriais e motores. São
sensoriaisnamedida que estão relacionados com a tonicidade sensorial da parte anterior do
corpo e permite a corrente de regresso da periferia para o chakra do centro é com ela que
enfrentamosomundo,estáligadaaonossossentimentose é através dela que percebemos as
coisasa nossa volta.Sãomotoresna medidaque permitemque outrasenergiasse movimente
atravésdele,retornandoseumovimentoemdireçãoao mundo, ela está ligada a sustentação,
a estrutura e ao movimento. Eles são muito sensíveis a nossos sentimentos e sustentam
nossas funções emocionais e físicas.
Estas transições são muito importantes. Quando a relação entre os campos sofrem um
desequilíbrio as ligações entre eles se perturbam e em cada ponto de transição temos uma
analogia física que lhe corresponde.
Ex.:Uma perturbaçãono centrodo coração  O campoelíptico(fáscias) que o rodeia tenderá
a contrair-se, os pontos de transição dos ombros e diafragma se ressentiram contraindo para
proteger o coração. O diafragma irá restringir a respiração e puxara a fáscia pélvica para cima
gerandotensãonasáreas púbicase sacra, o elemento fogo (elipse de terra) pode ser tomado
pelaira contra a dor do coração, issoafetaráa fásciaabdominal principalmente noplexosolar,
exercendomaiorpressãonodiafragma.Asfáscias seguintes reagem; os ombros se contraem,
o tórax prostra-se,acabeça pesae a fásciacervical é afetada.Oprocessose alastra emdireção
as membranas espinhais, o canal dural e para as membranas cranianas, resultando uma
perturbação geral do corpo, originada pelo choque emocional e a contração energética.
Este exemplo nos mostra que a forma segue a energia e que nossos pensamentos,
sentimentos e estrutura material não são zonas incomunicáveis.
25_ A base do triangulo superior de energia interna é a
força vital com seu polo posterior e superior na medula
oblonga. A posição da cabeça reflete a tensão da energia
vital e da gravidade. A base do triangulo inferior é a força
vital com seu polo negativo. É uma mistura de água
cósmicae energiaterrestre, aqual reage com a posição de
gravidade do sacro. Cada elipse está polarizada sendo o
polo superior (+), o médio ( ), e o polo inferior (-). O
negativo ganha força e se converte em positivo para os
centros inferiores a ele.
26_ Os chineses também se utilizavam destes padrões de
energias, através dos meridianos e do que chamavam de Tan Tiens – ou campos de elixir –
localizados no Centro Frontal, Centro de Ar e no Centro de Água ou generativo. Além dos
meridianos eles trabalhavam nestes centros com a meditação e o Chi Kung.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 34
27_ Principiosdelinhasde energiaque correspondem ao
corpo, baseado nos quatro elementos e na triade da
função de formação do ser no útero.
Estas linhas energéticas não podem ser vistas, fazem
parte do que chamamos das correntes inalâmbricas do
ser.
28_ O primeiro princípio é o elemento fogo, na área da cabeça e corresponde a Áries, a
energia dos chifres do carneiro, em particular os olhos, como polo
positivodomovimentode energia. O polo seguinte se localiza na parte
superiordoabdômen e representa o princípio de fogo no plexo solar e
gástrico;se utilizadadigestãoe assimilaçãoe correspondea Leão que é
o reconstrutorda energiae daforça é o poloneutro.Opolonegativodo
elementofogose localizanascoxas,representandosagitário,oarqueiro
que voa como uma flecha. Este impulsiona o corpo para o movimento
no espaço e na velocidade da energia. Portanto o fogo é o primeiro
requisito.A naturezadainíciodo tecido do corpo no útero ao longo da notocorda. É a base do
sistemanervosocérebro-espinal e o caminho da consciência ou poder anímico do ser, que se
expressa pelo fluxo de energia mental, a sensação e o movimento individual. Dr. Byron
Robinson chamou o plexo solar de segundo cérebro. É o centro das emoções, e do sistema
nervoso autônomo.
29_ O próximotrianguloé oprincípiode ar, ossistemas respiratório e circulatório. Seu centro
está em libra, a grande equilibradora, dada as funções das secreções
internas e das glândulas endócrinas, as supra renais e da eliminação
externadosrins.Constitui oequilíbrio entre os princípios de ar e água e
estimula a ação do princípio de fogo. O peito contém esta função dual
de respiração e oxigenação do fluxo sanguíneo. Em uma linha vertical
para cima situa-se o polo positivo no peito – signo de gêmeos –
representando os ombros. Uma linha traçada para baixo, situa o polo
negativoemaquário,o regador, simbolizado pelos tornozelos na tríade
inferior do corpo, expressão do movimento através do princípio de ar. Fisiologicamente é
sabido a correlação dos tornozelos inchados com a disfunção renal. “Assim como acima,
abaixo”, é a lei de cada elemento e sua função.
30_ O terceiro triangulo é o princípio de água e tem seu ponto neutro o signo de Câncer, o
caranguejo, representado pelo peito e a circulação linfática em sua
totalidade como também pelo princípio e função generativa. O polo
positivo está representado pelo escorpião com sua picada mortal – nos
órgão genitais. Está próximo ao prazer da vida e a dor da morte. O
nascimento e a morte não são polos opostos mas sim parte de um
mesmo processo. O extremo negativo são os pés, principalmente as
plantas, signo de peixes, que relacionam o corpo com as correntes da
terra. Sempre se notou os transtornos da saúde causados pelos pés
molhados prejudicando o fluxo menstrual, causando congestão linfáticas, resfriados e
sintomas na cabeça.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 35
31_ A tríade de terra tem seu ponto neutro em capricórnio, a cabra – os joelhos. Seu polo
positivoé touro – o pescoço.Seupolonegativoé virgem–os intestinose
o sistemadigestivo.De novo,temosaqui umaimportante correlaçãodas
correntesenergéticasdoelementoterra.Noterrenodamente podemos
usar como referência a bíblia falando de nucas rígidas de pessoas
ajoelhadas em atitude de entrega, etc. Também se fala de “abrir as
entranhas em compaixão aos nossos vizinhos”, etc. No terreno da
fisiologia, a rigidez do pescoço, o torcicolo, a dor na nuca sempre estão
associadas as disfunções intestinais e digestivas, se tratando de um
reflexo do nervo pneumogástrico.
32_ Zonas polares do calcanhar
As trinta e seis respirações
Conte somente as expirações. Conte até completar trinta e seis expirações. Se perder a
contagem, comece novamente.
Entramos nomundocom uma expiração,para nos purificare esvaziar para,então, podermos
receber. Nós não “fazemos” uma respiração, nós “recebemos” uma respiração. Este é o
primeiro instrumento para relaxar o corpo e remover os bloqueios de energia. Com cada
expiração, liberamos o estresse acumulado, a tensão física e o MEDO. Uma expiração
profunda esvazia, e podemos então receber mais plenamente a inspiração seguinte e sua
energia revitalizadora.
(C) Tronco da Árvore
Formar duplas, sentados no chão com as pernas cruzadas, de costas um para o outro em
posição ereta sem rigidez, com os braços soltos ao
longo do corpo, ficando as mãos de um dos parceiros
apoiadas nas mãos do outro, fechando o círculo.
Inicialmente se estabelece um balanço entre as costas
dos dois,que ficamunidasusandoooutrocomo apoio.
Depois deste ajuste, as cabeças também se apoiam
uma na outra sem deixar que fiquem tortas. Fechar
entãoos olhose começar a deixarque as sensações de
aquecimento e de fluxo se pronunciem nas costas
unidas.Otempode duração pode serem médiade 5’ e depoisosparessãoorientados para se
afastarem bem lentamente, deitarem no chão soltando o corpo e permanecendo por um
tempo de 5’ ou mais, para observar as sensações.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 36
Yoga da Polaridade
Deite em decúbito ventral, apoiando a
cabeça sobre as mãos. Separe as pernas
para formar um “V” com uma abertura
suficiente para sentir um estiramento nos
quadris. Flexione as pernas formando um
angulo reto com o solo. Agora cruze e
separe as pernasemmovimentode tesoura
durante 5’. Assegure-se que cada perna
passe por cima da outra enquanto as cruza.
Este exercício limpa os senos nasais. Tem
um efeito dinâmico, criado pela
estimulação do osso púbico que reflete o
osso esfenoide que está situado na área
dos senos.
Estas três posições nos oferece uma melhor
compreensão da corrente vital expressa na
nossa forma postural.
A primeira representa o relaxamento de nosso
sistema motor. As mãos unidas atrás da cabeça,
promove o equilíbrio motor positivo com as
palmas neutras das mãos. Um leve estiramento
relaxa os músculos espinhais.
O segunda é uma boa postura para relaxar as
ansiedades e as tensões emocionais. Cruzando
os pés e as mãos em toques invertidos,
equilibramosospolos neutros e negativos. Tem
efeito calmante.
A terceira ilustra uma posição neutra, que é
adotada pelos sábios para penetrar
profundamente nos mistérios da vida. Posição
de cócoras, os polegares tocam as orelhas, os
indicadores roçam os olhos, o médio sobre o
nariz, o anular sobre a boca e o minimo queixo.
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 37
Fique de cócoras braços estendidos por cima dos joelhos, coloque os
pés separados uns 15 cm nos calcanhares e uns 30 cm nos dedos, esta
distância varia de acordo com a pessoa, dependendo de sua
flexibilidade. Balance suavemente para baixo e para cima, depois
comece a balançar para frente e para trás, logo para um lado e para o
outro.Comece a girar a pélvis em ambas as direções. Faça isso durante
2’.
Agora sem exercer força alguma, envolva com seus braços o lado
externo dos joelhos juntando-os, deixe a cabeça caída para frente,
para estirara coluna e promovero relaxamento.Inale profundamente
para tencionar o corpo. Exale o ar com um grunhido relaxando.
Aumente mais a distancia dos pés (30 cm para os tornozelos e 60 para os
dedos). Não faça força alguma. Coloque os braços entre os joelhos e os
polegares junto ao nariz e a sobrancelhas de cada lado, a cabeça
descansasobre ospolegares,empurre os braços para fora. Balance como
nas outras posturas. Pratique este exercício por 3’.
As posturas de cócoras ou agachado libera e equilibra a energia
bloqueada na pélvis. Isto ajudará a eliminar gases e fezes e fortalecerá
a absorção de oxigênio e ar. Esta postura também contribui para a
calma mental e a paz de espírito. Fortalece a escápula e a espinha
dorsal, quando se está fatigado, atua também na prevenção e
tratamento dos problemas de próstata. Alivia cólicas e a TPM.
(C) Paciente braçossoltos,posturaeretaporémdescontraída.Terapeuta
atrás do paciente.Começandonosdois lados, sobre a cabeça do fêmur,
ir subindopelas laterais até chegar a cintura contornando essa área até
o centro das costas. Voltar sem interrupções pelo mesmo trajeto. A
estimulação é feita com batidas energéticas e ritmadas com as mãos
fechadas em forma de punho, numa sequência marcada e acelerada.
O Dr. Sándorsugeria o preparo do paciente com trabalho mais simples
ou vigoroso antes dos toques sutis serem usados. De forma geral a
indicação dessas combinações é pertinente para aqueles casos em que
observamos um certo enrijecimento muscular.
Terapeutaempé ao ladodo paciente.Friccionarasmãos.Encostar uma das mãosbemde leve
sobre a região do sacro, com os dedos dirigidos para baixo,
juntos e sem tencionar. Colocar a outra mão é com as pontas
dos dedostocandode leve aborda superiorda sínfise pubiana.
Movimento fricção horizontal. O estímulo pode ser feito por
45” e repetido se necessário.
Este trabalho mobiliza a consciência do osso púbico e do
sacro. Sobre isto Gerda Alexander assim se expressa: “O
fortalecimento da consciência do eu, obtido, mediante o
desenvolvimento da consciência óssea e do relaxamento muscular, é uma preparação de
grande valia para diminuir tensões emocionais profundas”
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 38
Terapeutaajoelhadonochãona frente dopaciente.Fazerduaspinçascom os dedos indicador
e polegar,encostadoaomesmotempoe permanecendo por 30” em
média, com suave pressão, porém bem definida, nas duas
depressõesaoladodarótulados joelhos.Otoque pode serrepetido.
Este toque, além de favorecer a tomada de consciência da
articulação dos joelhos, auxilia na mobilização de uma soltura de
bloqueios nessa área. O toque interfere no eixo mecânico de sustentação do corpo.
Terapeuta na frente do paciente. Os polegares vão tocar abaixo da rótula e os outros dedos
acima e ao lado. O toque deve ser feito ao mesmo tempo nos dois joelhos
com pressãosuficiente paradeterminarcomclarezaos pontos,tornando-os
mais suaves no decorrer do trabalho. Permanecer com o toque por 45” a 1’
em média.
Gerda Alexander, comenta sobre os pontos de apoio, refere-se ao fato de
que podem ser mais duros ou brandos, mais passivos ou ativos nas várias
posições que o corpo assume tanto na quietude como no movimento.
Lembra a importância da leveza no movimento que vai se desenvolver pelo aprimoramento
da consciência corporal.
Terapeuta ao lado do abdômen do paciente. Calcular duas
distâncias nas laterais do umbigo do paciente, com a polpa do
dedoindicadorde ambas as mãos, aproximar os dedos e aplicar
simultaneamente um impacto rápido. Repetir o impacto mais
uma ou duas vezes, dependendo do grau de resistência e
sensibilidade da pessoa que recebe o toque.
Fazer “toque asas de borboleta” tamborilando levemente com a polpa
dos dedosindicadore mediano,contornandoenvolta do umbigo sendo
o 1o
circulo menor, o 2o
médio e o 3o
grande.
Começar agora a desenhar círculos sobre a pele com levíssimo contato, esfregando bem
rápido o dedo polegar contra o indicador e mediano, com a ideia de
espalharouesfarinharumaçúcar. Fazernovos círculos no ar, a partir desse
primeiro,formandoumtuboimagináriocomose fosse umcordãoumbilical
sobre o umbigo. Ir circulando e afastando aos poucos até alcançar em
médiauma distância de 50 cm. Terminar então com um movimento de fio
ainda farfalhando e que continua para cima. Trabalhar agora com sopro
mornoemitidocomjatoconsistente de uma distância de 15 cm em média.
O jato vai delineando um círculo ao redor do umbigo, correspondente a
uma expiração completa. Para inspirar, afastar o rosto e ao expirar emitir novo sopro
prolongado e morno, percorrendo o mesmo trajeto. Repetir mais uma 3a
vez.
Este estímulo costuma ter uma repercussão muito profunda, não só causando a
desmontagemde uma postura organizada, mas mobilizando também vivências regressivas.
Os toques sutis na região próxima do umbigo mobilizam o vir-à-tona de memórias
regressivas ou de vivências relacionadas com as raízes da vida. O desejo de procriação é um
reflexo, uma compensação exterior do que se deseja realizar no interior. A grandeza do ser,
sua verdadeiraliberdade,consistena possibilidadedetrabalho nelemesmo diferentes planos
Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa
Paulo Roberto de Castro Página 39
de consciência, se torna o executor de sua própria germinação
Trabalhar cada articulação dos dedos dos pés, primeiro atuando em todas as mais próximas
até por último as articulações da ponta dos dedos. Os toques são
feitos com o polegar e o indicador formando um arco suave, como
uma pinça. Aplicar pequenos giros
deslocando ligeiramente a pele.
Harmoniza a cadência respiratória,
trazendo uma sensação de alívio, de
leveza e melhora a disposição e o
ânimo. Isto se deve segundo o Dr. Sándor, aos estímulos monótonos que produz
descontração muscular, e comutações vasomotoras.
Paciente deitado com os braços para cima sem esticar
o ângulo dos cotovelos, com as palmas das mãos em
“posição de repouso invertida”. Olhos fechados. A
ponta de todos os dedos de ambas as mãos vão ser
tocadas,simultaneamente, com pressão muito suave.
A região da raiz das unhas vai ser tocada pelo dedo
polegar do terapeuta. A região da polpa, deverá ser
tocada pelo dedo correspondente do terapeuta.
Tempo de duração de cada toque será de 1’ a 3’. O
terapeuta ficará sentado em frente as mãos do
paciente.
1o
Toque nos medianos.
2o
Toque nos indicadores
3o
Toque nos anulares
4o
Toque nos mínimos
5o
Toque nos polegares. Neste toque deve-se usar os 5 dedos de cada mão, formando uma
espécie de cápsula.
6o
Toque - com os 4 dedos de cada mão exceto o polegar. - Na base dos
dedos do paciente sobre as articulações mais próximas.
7o
Toque – idem – Tocar um pouco mais para dentro, no início da parte mais profunda do
côncavo das mãos.
8o
Toque as mãos do terapeuta com os dedos
ligeiramente esticados vão servir de apoio para os
pulsosdopaciente,que ficarãoligeiramente levantados
todo tempo.
9o
Toque colocar as mãos sobre os pulsos do
paciente,comos dedos tocando parte do antebraço.
Apostila de estudos corporais segundo a mtc
Apostila de estudos corporais segundo a mtc
Apostila de estudos corporais segundo a mtc
Apostila de estudos corporais segundo a mtc
Apostila de estudos corporais segundo a mtc
Apostila de estudos corporais segundo a mtc

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os Gunas e a Mente
Os Gunas e a MenteOs Gunas e a Mente
Os Gunas e a Mente
Michele Pó
 
Sistema Biodanza
Sistema  BiodanzaSistema  Biodanza
Sistema Biodanza
Projeto Crisálida
 
Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...
Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...
Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...
Leandro Menezes Lopes
 
Transcendência e Inconsciente Numinoso
Transcendência e Inconsciente NuminosoTranscendência e Inconsciente Numinoso
Transcendência e Inconsciente Numinoso
Grupo Crisálida de Biodanza
 
Princípios Filosóficos do Ayurveda
Princípios Filosóficos do AyurvedaPrincípios Filosóficos do Ayurveda
Princípios Filosóficos do Ayurveda
Michele Pó
 
Introdução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - AyurvedeseIntrodução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - Ayurvedese
Ayurvedese
 
Tudo sobre yoga
Tudo sobre yogaTudo sobre yoga
Tudo sobre yoga
Matheus Sampaio
 
Apostila reiki-1-v.2018-16.04
Apostila reiki-1-v.2018-16.04Apostila reiki-1-v.2018-16.04
Apostila reiki-1-v.2018-16.04
Edenilson Brandl, Eng.
 
Campanha da fraternidade na escola
Campanha da fraternidade na escolaCampanha da fraternidade na escola
Campanha da fraternidade na escola
Pablo Nascimento
 
Os gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana SilvaOs gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana Silva
Michele Pó
 
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a PsicossomáticaA relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
Renata Pudo
 
Sistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de Biodanza
Sistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de BiodanzaSistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de Biodanza
Sistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de Biodanza
Projeto Crisálida
 
2224543
22245432224543
Iniciação à biodanza completo
Iniciação à biodanza completoIniciação à biodanza completo
Iniciação à biodanza completo
Projeto Crisálida
 
Ayurveda como ponte salutar entre Portugal e a India
Ayurveda como ponte salutar entre Portugal e a IndiaAyurveda como ponte salutar entre Portugal e a India
Ayurveda como ponte salutar entre Portugal e a India
Unusforlife
 
Gunas e a Mente
Gunas e a MenteGunas e a Mente
Gunas e a Mente
Michele Pó
 
Apresentação ma 4
Apresentação ma 4Apresentação ma 4
TCC tema: Felicidade e Ciência.
TCC tema: Felicidade e Ciência.TCC tema: Felicidade e Ciência.
TCC tema: Felicidade e Ciência.
Fábio Munhoz
 
Yoga como Extensão Acadêmica e Escolar
Yoga como Extensão Acadêmica e EscolarYoga como Extensão Acadêmica e Escolar
Yoga como Extensão Acadêmica e Escolar
Felipe Galdiano
 
A medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismoA medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismo
Francisco de Assis Alencar
 

Mais procurados (20)

Os Gunas e a Mente
Os Gunas e a MenteOs Gunas e a Mente
Os Gunas e a Mente
 
Sistema Biodanza
Sistema  BiodanzaSistema  Biodanza
Sistema Biodanza
 
Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...
Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...
Comparações entre Concepções de Felicidade Originárias da Filosofia e da Psic...
 
Transcendência e Inconsciente Numinoso
Transcendência e Inconsciente NuminosoTranscendência e Inconsciente Numinoso
Transcendência e Inconsciente Numinoso
 
Princípios Filosóficos do Ayurveda
Princípios Filosóficos do AyurvedaPrincípios Filosóficos do Ayurveda
Princípios Filosóficos do Ayurveda
 
Introdução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - AyurvedeseIntrodução ao Ayurveda - Ayurvedese
Introdução ao Ayurveda - Ayurvedese
 
Tudo sobre yoga
Tudo sobre yogaTudo sobre yoga
Tudo sobre yoga
 
Apostila reiki-1-v.2018-16.04
Apostila reiki-1-v.2018-16.04Apostila reiki-1-v.2018-16.04
Apostila reiki-1-v.2018-16.04
 
Campanha da fraternidade na escola
Campanha da fraternidade na escolaCampanha da fraternidade na escola
Campanha da fraternidade na escola
 
Os gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana SilvaOs gunas e a mente Diana Silva
Os gunas e a mente Diana Silva
 
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a PsicossomáticaA relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
 
Sistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de Biodanza
Sistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de BiodanzaSistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de Biodanza
Sistema Biodanza Rolando Toro - Grupo Crisálida de Biodanza
 
2224543
22245432224543
2224543
 
Iniciação à biodanza completo
Iniciação à biodanza completoIniciação à biodanza completo
Iniciação à biodanza completo
 
Ayurveda como ponte salutar entre Portugal e a India
Ayurveda como ponte salutar entre Portugal e a IndiaAyurveda como ponte salutar entre Portugal e a India
Ayurveda como ponte salutar entre Portugal e a India
 
Gunas e a Mente
Gunas e a MenteGunas e a Mente
Gunas e a Mente
 
Apresentação ma 4
Apresentação ma 4Apresentação ma 4
Apresentação ma 4
 
TCC tema: Felicidade e Ciência.
TCC tema: Felicidade e Ciência.TCC tema: Felicidade e Ciência.
TCC tema: Felicidade e Ciência.
 
Yoga como Extensão Acadêmica e Escolar
Yoga como Extensão Acadêmica e EscolarYoga como Extensão Acadêmica e Escolar
Yoga como Extensão Acadêmica e Escolar
 
A medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismoA medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismo
 

Destaque

Il carattere orale
Il carattere oraleIl carattere orale
Il carattere orale
Nicoletta Cinotti
 
Roadrunners Minicabs Flight
Roadrunners Minicabs FlightRoadrunners Minicabs Flight
Roadrunners Minicabs Flight
Roadrunners Minicabs
 
Blogger
Blogger Blogger
Blogger
flor garcia
 
Curso auriculo
Curso auriculoCurso auriculo
Curso auriculo
paroca6
 
Parte 7 métodos de tiragem 1 e 3 cartas
Parte 7   métodos de tiragem 1 e 3 cartasParte 7   métodos de tiragem 1 e 3 cartas
Parte 7 métodos de tiragem 1 e 3 cartas
paroca6
 
Santa Maria Eufrasia
Santa Maria EufrasiaSanta Maria Eufrasia
Santa Maria Eufrasia
flor garcia
 
Extended Essay IB
Extended Essay IBExtended Essay IB
Extended Essay IB
Hayley Bosworth
 
ARTS: A Child & Youth Community Resource
ARTS: A Child & Youth Community ResourceARTS: A Child & Youth Community Resource
ARTS: A Child & Youth Community Resource
Angelina Miranda M.A., AMFT
 
How to make drones at home
How to make drones at homeHow to make drones at home
How to make drones at home
Roadrunners Minicabs
 
Lista mathematica2
Lista mathematica2Lista mathematica2
Lista mathematica2
Patyufpa2014
 
Parte 6 significados dos arcanos menores
Parte 6   significados dos arcanos menoresParte 6   significados dos arcanos menores
Parte 6 significados dos arcanos menores
paroca6
 
Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)
Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)
Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)
Sylwia Bogucka
 
CEPH Consulting Presentation
CEPH Consulting PresentationCEPH Consulting Presentation
CEPH Consulting Presentation
Bill Papapetrou
 
HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...
HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...
HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...
Ian Manners
 
CV 2 (1)
CV 2 (1)CV 2 (1)
M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)
M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)
M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)
DORIS TERESA LOPEZ LOTERO
 
Lynx reintroduction to scotland-2
Lynx reintroduction to scotland-2Lynx reintroduction to scotland-2
Lynx reintroduction to scotland-2
Bethany Watkins
 
Manoj_Resume...
Manoj_Resume...Manoj_Resume...
Manoj_Resume...
Manoj Saklani
 
Edgar allam
Edgar allamEdgar allam
CDP Interview Guide
CDP Interview GuideCDP Interview Guide
CDP Interview Guide
Ian Manners
 

Destaque (20)

Il carattere orale
Il carattere oraleIl carattere orale
Il carattere orale
 
Roadrunners Minicabs Flight
Roadrunners Minicabs FlightRoadrunners Minicabs Flight
Roadrunners Minicabs Flight
 
Blogger
Blogger Blogger
Blogger
 
Curso auriculo
Curso auriculoCurso auriculo
Curso auriculo
 
Parte 7 métodos de tiragem 1 e 3 cartas
Parte 7   métodos de tiragem 1 e 3 cartasParte 7   métodos de tiragem 1 e 3 cartas
Parte 7 métodos de tiragem 1 e 3 cartas
 
Santa Maria Eufrasia
Santa Maria EufrasiaSanta Maria Eufrasia
Santa Maria Eufrasia
 
Extended Essay IB
Extended Essay IBExtended Essay IB
Extended Essay IB
 
ARTS: A Child & Youth Community Resource
ARTS: A Child & Youth Community ResourceARTS: A Child & Youth Community Resource
ARTS: A Child & Youth Community Resource
 
How to make drones at home
How to make drones at homeHow to make drones at home
How to make drones at home
 
Lista mathematica2
Lista mathematica2Lista mathematica2
Lista mathematica2
 
Parte 6 significados dos arcanos menores
Parte 6   significados dos arcanos menoresParte 6   significados dos arcanos menores
Parte 6 significados dos arcanos menores
 
Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)
Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)
Fotorelacja z poznańskiej edycji Kobiecej Liderki (2015)
 
CEPH Consulting Presentation
CEPH Consulting PresentationCEPH Consulting Presentation
CEPH Consulting Presentation
 
HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...
HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...
HARASSMENT IN THE WORKPLACE_THE EFFECTS OF PYSCHOLOGICAL HARASSMENT AND BULLY...
 
CV 2 (1)
CV 2 (1)CV 2 (1)
CV 2 (1)
 
M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)
M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)
M2 t1 planificador_aamticdoristeresalopez.docx (1)
 
Lynx reintroduction to scotland-2
Lynx reintroduction to scotland-2Lynx reintroduction to scotland-2
Lynx reintroduction to scotland-2
 
Manoj_Resume...
Manoj_Resume...Manoj_Resume...
Manoj_Resume...
 
Edgar allam
Edgar allamEdgar allam
Edgar allam
 
CDP Interview Guide
CDP Interview GuideCDP Interview Guide
CDP Interview Guide
 

Semelhante a Apostila de estudos corporais segundo a mtc

Auriculoterapia lar 02
Auriculoterapia lar   02Auriculoterapia lar   02
Plano de Aula higiene mental.docx
Plano de Aula higiene mental.docxPlano de Aula higiene mental.docx
Plano de Aula higiene mental.docx
FernandaPereira673161
 
Algumas considerações na abordagem da análise bioenergética
Algumas considerações na abordagem da análise bioenergéticaAlgumas considerações na abordagem da análise bioenergética
Algumas considerações na abordagem da análise bioenergética
gilfaca158
 
Cristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdf
Cristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdfCristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdf
Cristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdf
MartaAndreiaSousa1
 
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesadeCristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Glaciane Betiollo
 
Reiki sistema usui - japones
Reiki   sistema usui - japonesReiki   sistema usui - japones
Reiki sistema usui - japones
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4
Adriana Soczek Sampaio
 
Medicina E Espiritismo
Medicina E EspiritismoMedicina E Espiritismo
Medicina E Espiritismo
Grupo Espírita Cristão
 
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesadeCristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Thais Pacheco
 
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogiaIx encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Cristina Maria de S Miranda
 
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Alberto Barth
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
Ana Cristina Lima
 
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
AndySans 2008
 
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMOELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
guest9002b0
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
Arnaldo Carvalho
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
Izabel Cristina Fonseca
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
Izabel Cristina Fonseca
 
Metafísica da saúde
Metafísica da saúdeMetafísica da saúde
Metafísica da saúde
Alfweb Sistemas
 
Biopsicologia workshop
Biopsicologia workshopBiopsicologia workshop
Biopsicologia workshop
Instituto Sada Shiva
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
siaromjo
 

Semelhante a Apostila de estudos corporais segundo a mtc (20)

Auriculoterapia lar 02
Auriculoterapia lar   02Auriculoterapia lar   02
Auriculoterapia lar 02
 
Plano de Aula higiene mental.docx
Plano de Aula higiene mental.docxPlano de Aula higiene mental.docx
Plano de Aula higiene mental.docx
 
Algumas considerações na abordagem da análise bioenergética
Algumas considerações na abordagem da análise bioenergéticaAlgumas considerações na abordagem da análise bioenergética
Algumas considerações na abordagem da análise bioenergética
 
Cristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdf
Cristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdfCristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdf
Cristina Cairo - Linguagem do Corpo 2-BelezaeSade.pdf
 
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesadeCristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
 
Reiki sistema usui - japones
Reiki   sistema usui - japonesReiki   sistema usui - japones
Reiki sistema usui - japones
 
Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4
 
Medicina E Espiritismo
Medicina E EspiritismoMedicina E Espiritismo
Medicina E Espiritismo
 
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesadeCristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
 
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogiaIx encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
Ix encontro de psicopedagogia psicomotricidade e psicopedagogia
 
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
 
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
 
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMOELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
 
Metafísica da saúde
Metafísica da saúdeMetafísica da saúde
Metafísica da saúde
 
Biopsicologia workshop
Biopsicologia workshopBiopsicologia workshop
Biopsicologia workshop
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
 

Último

Aula PNAB.... curso técnico de enfermagem
Aula PNAB.... curso técnico de enfermagemAula PNAB.... curso técnico de enfermagem
Aula PNAB.... curso técnico de enfermagem
Jssica597589
 
Conferência de saúde - Fpolis.pptx01fabi
Conferência de saúde - Fpolis.pptx01fabiConferência de saúde - Fpolis.pptx01fabi
Conferência de saúde - Fpolis.pptx01fabi
FabianeOlegario2
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx
danielecarvalho75
 
Tuberculose manual modulo 1 micobacterias
Tuberculose manual modulo 1 micobacteriasTuberculose manual modulo 1 micobacterias
Tuberculose manual modulo 1 micobacterias
CarolLopes74
 
tccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptx
tccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptxtccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptx
tccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptx
DvilaSoares1
 
Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...
Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...
Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...
balmeida871
 
Seminário para saúde: Sistema Tegumentar
Seminário para saúde: Sistema TegumentarSeminário para saúde: Sistema Tegumentar
Seminário para saúde: Sistema Tegumentar
PatrciaOliveiraPat
 
Seminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamente
Seminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamenteSeminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamente
Seminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamente
LasAraujo12
 
02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf
02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf
02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf
NanandorMacosso
 

Último (9)

Aula PNAB.... curso técnico de enfermagem
Aula PNAB.... curso técnico de enfermagemAula PNAB.... curso técnico de enfermagem
Aula PNAB.... curso técnico de enfermagem
 
Conferência de saúde - Fpolis.pptx01fabi
Conferência de saúde - Fpolis.pptx01fabiConferência de saúde - Fpolis.pptx01fabi
Conferência de saúde - Fpolis.pptx01fabi
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA (1).pptx
 
Tuberculose manual modulo 1 micobacterias
Tuberculose manual modulo 1 micobacteriasTuberculose manual modulo 1 micobacterias
Tuberculose manual modulo 1 micobacterias
 
tccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptx
tccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptxtccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptx
tccemmodelodeslideparaparesentacaotcc2.pptx
 
Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...
Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...
Vitamina K2 e a Pele Saudável: Descubra os Segredos para uma Aparência Jovem ...
 
Seminário para saúde: Sistema Tegumentar
Seminário para saúde: Sistema TegumentarSeminário para saúde: Sistema Tegumentar
Seminário para saúde: Sistema Tegumentar
 
Seminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamente
Seminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamenteSeminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamente
Seminário Aleitamento Materno em PDF disponivel gratuitamente
 
02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf
02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf
02. Alimentação saudável Autor Biblioteca Virtual em Saúde MS.pdf
 

Apostila de estudos corporais segundo a mtc

  • 1. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 1 APOSTILA DE ESTUDOS CORPORAIS SEGUNDO A MTC O objetivodeste cursoé trazer umaforma diferenciadade estudo e visão da formação do ser. Não se trata de um processo de diagnóstico, mas sim de leitura dos vários caminhos que existem dentro de cada um. Ao percorrermos está paisagem individual, poderemos nos depararcom váriosfenômenosnaturaise outrosproduzidospelanossa forma de ver e viver o mundo.Estamose somosumaestrada formandomapas,criandoatalhos,armandoarmadilhas e desbravando possibilidades. Somos o mapa que criamos para atingir o objetivo que nos permitirmos. Pois: “Quando a ordem do universo foi aplicada aos fenômenos metafísicos da humanidade gerou as várias religiões. Quando foi aplicada aos fenômenos naturais, gerou as ciências. Aplicada às relações humanas, desenvolveu códigos morais, éticos e econômicos. Aplicada às manifestações estéticas do homem, desenvolveu as culturas e as artes; Quando foi aplicada aos problemas de saúde, desenvolveu os vários domínios das artes médicas, inclusive a arte do diagnóstico”. (Michio Kushi) Este curso apesar de se chamar Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa, é na verdade a junção de técnicas que emprego muito em consultório: cinesiologia aplicada, Calatonia, Jin Shin Jyutsu, terapia da polaridade e conceitos de bioenergética do AlexanderLowen.A cinesiologiaaplicadaé umatécnica muito utilizada hoje pelos terapêutas de várias especialidades e é baseada no estudo dos músculos em atividade e nas facias corporais.A calatoniafoi desenvolvidae organizada pelo Dr. Pethö Sándor durante a segunda guerramundial e trazidapara o Brasil e aqui desenvolvida a partir de 1949. O Jin Shin Jyutsu é uma técnica desenvolvida por Jiro Murai por volta de 1912, baseada em nos conhecimentos antigosorientaisjaponeses(xintoistase kojiki).Ea terapiada polaridade foi desenvolvida pelo Dr. Randoph Stone por volta de 1914, que é uma maneira experimentar a vida e estar em equilíbrio com o físico, o mental e o espiritual. Ela é o veículo que nos permitirá repartir com os outros o conhecimento de como estar saudável. E estar saudável para o Dr. Stone é estar equilibrado emocional, física e espiritualmente, sobretudo se estamos seguindo o próprio destino,cumprindonossopotenciale manifestandofelicidade pessoal e vitalidadeemtodasas áreas de nossa vida. Esta técnica é para todos aqueles que queiram conhecer melhor o universo do próprio corpo, criando condições para vivências mais plenas e profundas, reforçando a importância do contato pelo toque e a sua contribuição nos processos de cura, tanto do corpo quanto da alma. No mundomodernoapósgeraçõese maisgeraçõesde desenvolvimento, criou-se uma forma diferenciadade veroser, onde nãomaisse utilizaohomemparaentendero homem, mas sim formas sintéticas de estudar o ser. Formas modernas de pensamento e tecnologia analíticas, divisóriase materialistaslevacadavezmais a constatação que a existência neste planeta está sendo posta em perigo, pela degeneração da natureza e da própria saúde humana. As abordagens tecnicistas e médicas apesar de se vangloriarem de seus avanços (que tecnicamente é indubitável) têm se mostrado inadequados ou insuficientes para preservar a saúde humana. Tanto os tratamentos como as técnicas modernas (laboratoriais) do diagnóstico moderno muitas vezes são mais danosos a saúde que benéficos, pois, precisam sintetizar,agilizare automatizarcadavezmaiso ser, horafugindohoraafastando-se dapessoa natural. Por isso as técnicas e profissionais mais voltados ao natural cada vez serão mais apreciados e procurados para suprir está deficiência.
  • 2. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 2 Na elaboraçãodaanálise daformação atual da pessoa,devemoslevaremconsideraçãoalguns itens cruciais: o primeiro é saber se esta pessoa é feliz como ela é, se sua forma de ver o mundoe as pessoas se traduz em satisfação e serenidade. Depois mapear juntamente com a pessoaque tipode ideiaelatemde si mesma, sua visão da natureza, da vida e de seu próprio caráter. Como é a constituição física e mental desta pessoa e finalmente quais os tipos de doença esta pessoa sofre ou sofreu ao longo de sua vida. A partir daí poderemos ajudá-la a fazeras mudançasnecessárias,traçandoemseumapa pessoal umnovocaminhoparao futuro que ela pretende e quais os estímulos que devem ser empregados para que ela possa desenvolver esta possibilidade infinita de chegar a felicidade. Vendo o ser humano pela ótica oriental, o simples ato de tocar já desperta uma sucessão formidáveis de descobertas, pois o corpo é uma obra aberta onde se inscrevem – em caracteres indecifráveis para os não alfabetizados na linguagem do toque – todas as nossas vivências.Éna observaçãoe notoque que se percebe asenergiasinteligentesdesenhadaspelo modelo de comportamento psicossomático e sua condição de equilíbrio e desequilíbrio. Tudo deve serlevadoemconsideração como fatores que podem alterar nosso estado físico e mental, mudanças no meio ambiente: estações do ano, condições atmosféricas, período do dia, movimentos planetários, etc. A parte assimilada pelo corpo compõe nosso ambiente interno para estar em equilíbrio com o ambiente externo. E é exatamente este nível de equilíbriointerno/externo que cria os estados físicos e mentais. A inter-relação constante da dimensãoinfinita do ambiente externo e a compactação no meio interno gera o fator saúde. Quando a energia que sai é mais ativa do que a que entra, manifesta-se como crescimento e maturidade e também como expansão e hiperatividade de vários órgãos; quando a energia que sai se torna menos ativa do que a energia que entra, ocorre o envelhecimento e estados de subatividade e contração dos órgãos. Os fatores recebidos de nossos ancestrais (Jing Chi Inato) formam a nossa constituição, isto é, nosso caráter e tendências fundamentais. Os fatoresque consumimos todos os dias (Jing Chi Adquirido), principalmente durante o último período de sete anos, e principalmente os dos três ou quatro últimos meses, compõe nosso estadoatual.Embora nossaconstituiçãoe estado sejam mutáveis, a constituição muda muito mais devagar, ao passo que nossos estados mudam mais rapidamente. Vamos agora fazer um breve estudo de fatores que podem influenciar na formação de nossa saúde e seus efeitos. Tudo existe nopresente,até mesmoopassadoe o futuro.Atravésde nossacondiçãopresente podemossaber de nosso passado e assim como nos preparar para as condições futuras. Cada parte de nosso corpo presente representam a totalidade do nosso passado e todo o nosso potencial de futuro.Ofuturopode sermudado,o passadotemque serentendido,nopresente agimos. Todos nós podemos nos aperfeiçoar e ao estudarmos nosso corpo chegaremos a um entendimento melhor do nosso ser. (JSJ)As funções energéticas dos dedos A ATITUDE é a chave da nossa harmonia com o universo. Atravésdosimples uso dos dedos podemos revitalizar e dissolver a fadiga diária causada por nossa falta de consciência, ou mesmo estando consciente, não saber como manter sem sobrecarregar o corpo como o stress do dia a dia e do não viver integralmente. O ar, os alimentos, as ações, os pensamentos, tudo isto, e muito mais preenchem cada momento da nossa Arte de Viver. É confortável saber que as ferramentas que precisamos para estar em harmoniacom o universoesta literalmente em nossas mãos, ou seja, nossos próprios dedos. Cada dedoé uma chave simplesparadestravare harmonizaras nossas atitudes. Preocupação, medo, raiva, tristeza (pesar), pretensão (cobrir, esconder) são atitudes resultante da desarmonia ou do esgotamento de nossa energia individual. O medo é o núcleo de todas as atitudes.
  • 3. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 3 Dedo Polegar Emoção: Preocupação Órgãos: Estômago e Baço Densidade: Superfície da pele. Elemento: Terra Ajuda a revitalizar os desconfortos da fadiga, desconforto na parte de trás da cabeça, na respiração e digestão. Dedo Indicador Emoção: Medo / Insegurança Órgãos: Bexiga e Rim Densidade: Músculos Elemento: Água Ajuda a harmonizar desconfortos no braço, cotovelo, pulso, desconforto na eliminação e digestão. Dedo Médio Emoção: Raiva Órgãos: Vesícula Biliar e Fígado Densidade: Sangue Elemento: Chi Ajudaa harmonizaros padrõesde energia ascendente e descendente do corpo, revitalizando os olhos e o desconforto na testa. Alivia o Stress. Dedo Anular Emoção: Tristeza / Angústia Órgãos: Intestino Grosso e Pulmão Densidade: Pele profunda Elemento: Ar Ajuda a harmonizar a respiração e desconforto no ouvido. Dedo Mínimo Emoção: Pretensão Órgãos: Intestino Delgado e Coração Densidade: Osso Elemento: Fogo Ajuda a acalmar os nervos e desconfortos causados por inchaço. Centro da mão Onde todos os órgãos se encontram.
  • 4. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 4 Mudras Kojiki Inicie juntando as mãos e agradecendo por tudo e todos. Conte duas expirações. Ajuda a liberar as tensões do ombro e o peso da vida. 1 - Expirando as cargas e os bloqueios. Faça uma inspiração formando o 1o Mudra: segure o dedo médio da mão esquerda com o polegar da mão direita, mantendo os outros dedos no dorso. Expire TRES, inspire, expire QUATRO. Tirando a energia velha para fora. Esta postura ajuda a liberar a tensão/stressda cabeçaaos pés. Ajudandoa expirar com maisfacilidade, descarregando o lixo energético, libertando-nos das estagnações e dos bloqueios de energia. Melhora a visão (exterior e interior), ajuda a dissipar a frustração e o cansaço e melhora nosso poder de decisão. 2 - Inspirando a abundância. Inspire e forme o 2o Mudra: segure agora o dorso do dedo médio da mão esquerda com o polegar da mão direita, mantendo os outros dedos na palma. Expire — CINCO, inspire, expire SEIS. Invocando nova energia – recebendo o fôlego da vida. Revitaliza o corpo todo. Possibilita uma inspiração mais fácil, melhora nossa qualidade de ouvir, deixa-nos mais alertas, melhora a visão (exterior e interior). 3 - Acalmando-se e revitalizando-se. Inspire e forme o 3o Mudra: segure a palma dos dedos anular e mínimo da mão esquerda com o polegar da direita, mantendo os demais dedos no dorso. Expire — SETE, inspire, expire OITO. Soltando do passado – desapegando-se. Ajudar acalmar o corpo, liberando a tensão nervosa e stress. Ajuda a revitalização de todas funçõesdos órgãos.Aliviaaspreocupações,ajudano caminharfísico e interior, ajuda a dissipar a depressão e desperta a alegria de viver. 4 – Liberando o cansaço diário. Inspire e forme o4o Mudra: segure oladodorsal do polegar, indicador e dedo médio esquerdos com o polegar direito, mantendo os demais dedos na palma. Expire — NOVE, inspire, expire DEZ. Conectando com o presente. Ajuda a liberar a fadiga tensão/stress geral, ajudaparalivrar-nosdaspreocupações, medos e raiva. Alivia a insegurança, faz nos sentir mais jovens e menos preocupados.
  • 5. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 5 5 – Revitalização total. Inspire e forme o5o Mudra: faça umcirculocom o dedomédioe o polegar direito (o lado da palma do polegar sobe a unha do dedo médio),introduzaopolegaresquerdo entre o círculo com a palma do polegar esquerdo tocando a unha do dedo médio direito. Expire — ONZE, inspire, expire DOZE. Dissolvendo preocupações passadas e presentes – energia de vida. Ajuda a revitalizar todas as funções do corpo e liberar ou minimizar o acúmulo de fadiga diária. Nos deixa mais à vontade perante a vida e as pessoas, alivia o cansaço, melhora a pele, apara o temperamento, ajuda a controlar a compulsão por doces. 6 – Respirando livremente Inspire e forme o 6o Mudra: toque a unha do dedo anular com a lado da palma do polegar da mão direita. Expire — TREZE, inspire, expire QUATORZE. Comalegria liberto-medaspreocupações – Melhoraa respiração,ajuda em todos os problemas do ouvido, suaviza o medo de voar e de altura. Melhora a pele, alivia o sensação de rejeição e abandono, ajuda a recuperar o bom senso. 7 – Expirando a energias densas do corpo Inspire e forme o7o Mudra: encoste aspalmasdosdedosmédiosdireitoe esquerdo e entrelace os demais dedos. Expire — QUINZE, inspire, expire — DEZESSEIS. Esta postura ajuda a liberar a tensão/stress gerais da cabeça, pulmões, sistema digestivo, abdome e pernas. Melhora a respiração. 8 – Inspirando o fôlego purificado da vida. Inspire e forme o8º Mudra: encoste asunhas dos dedos médios direito e esquerdo, uma na outra dobrando na primeira articulação. Expire — DEZESSETE, inspire, expire DEZOITO. Esta postura ajuda a aliviar tensão/stress nas costa e promove o bem-estar do corpo inteiro. Melhora a inspiração. Iniciaragora o outro ladocontinuandoa contar as expirações e terminando juntando as mãos nas duas ultimas TRINTA E CINCO E TRINTA E SEIS expirações. Programa Integrado de Tratamento A sequênciaparaambosos lados são as mesmas. Se seu tempo permitir faça ambos os lados, mas se isto não for possível escolha o lado mais tenso. Preocupação, depressão, ódio, obsessão, ansiedade, auto-proteção. 1 – Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo polegar Direito . 2 – Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo médio Direito . 3 – Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito . Medo, timidez, confusão mental, depressão, perfeccionismo, crítica, frustração. 1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo polegar Direito . 2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo indicador Direito . 3 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito.
  • 6. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 6 Raiva, covardia, irritabilidade, indecisão, instabilidade, falta de atenção, emotividade 1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito. 2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo anular Direito. 3 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo médio Direito. Tristeza (pesar), negatividade, formação de muco, falta de bom senso 1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo polegar Direito. 2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo indicador Direito. 3 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo médio Direito. 4 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo anular Direito. Pretensão, que choram por dentro e riem por fora, insegurança, nervosismo, confusão, fatalismo. 1 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo mínimo Direito. 2 - Envolva com os dedos da mão esquerda o dedo anular Direito. Harmonizador Universal Trabalha a circulação microcósmica, com ele podemos ajudar a recarregar toda a energia de nosso corpo gerando uma harmonia total do ser. 1 – Colocamos a mão direita no topo da cabeça e a mão esquerda no osso púbis (sínfise púbica). 2 – Mantemos a mão no topo da cabeça e levamos a mão esquerda a base da coluna (cóccix). Em algunsminutos,podemossentirapaz,serenidade e felicidade de tomar conta do meu ser total. Zhi Neng Chi Kung Principais pontos utilizados Tan (Dan) Tien Inferior – Existem várias explicações para sua localização. Tan (Dan) significa algoexcelente,valioso,neste casose referindo a energia vital. Tien significa campo, portanto Tan Tiensignificaalgocomolocal onde se desenvolve ochi.A localização que utilizaremos em nosso curso é a do ponto VC4 - Guanyuan que fica quatro dedos (exceto polegar) abaixo do umbigo, ou seja, 3 tsung (medida chinesa) abaixo do umbigo. VG20 – Baihui – A cem reuniões Situa-se no ápice da cabeça, na interseção da linha mediana do corpo com a linha que parte dos ápices das duas orelhas. VC1 – Hui Yin – Localizado na região do períneo, entre o órgão sexual e o anus. Meridiano Chong Mai
  • 7. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 7 Yin Tang – Caso do Selo ou Polegada Misteriosa Situa-se entre as sobrancelhas. R1 – Yongguan – Falar fluente / Fonte Borbulhante Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarso falangeana. C7 – Shenmen – Porta do Espírito Situa-se na borda lateral cubital do punho, sobre a prega de flexão, a nível da articulação psiforme. CS8 – Laogong – Palácio das fadigas Situa-se no centro da palma da mão entre 2º e o 3º osso metacarpiano. VG4 – Mingmen – Porta da Vida Situa-se abaixo da apófise espinhosa da 2ª vértebra lombar – linha do umbigo. BP21 – Dabao – Grande propulsor Situa-se na lateral do tronco, sobre a linha axilar, a 6 tsun abaixo desta. VC17 – Shanzhong – Meio do peito Tan Tien Médio – Situa-se na linha mediana do esterno, a meia distância entre os mamilos. E13 – Qui Hu Situa-se nomeiodobordoinferiordaclavícula,sobre a linhaque passapelos mamilos a 4 tsun da linha média.
  • 8. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 8 Meridiano Dai Mai F3 – Taichong – Assalto supremo Situa-se no dorso do pé, no espaço interósseo do 1º e 2º metatarsianos. Travesseiro de Jade Situa-se em oposição ao ponto Yin Tang Boca do Tigre Manter os dedospolegarese indicadoresde cada mão contraídos em forma de “L” e os outros dedos levemente flexionados. Abertura 1 – Preparação:Corpo estendido, posição de guardar a energia (homem com a mão esquerda no Tan Tien e direta sobre a esquerda, a mulher ao contrário), buscando encontrar vazio do espírito, deixe sua atenção como se ela estivesse voando para o céu, a energia do céu esta sobre nós ela no acolhe e nos envolve, criando um estado de bem estar. Após alguns segundos, levamos nossa atenção ao Tan Tien e sentimos nossa energia. Iniciamos então a respiração invertida. 2 – Respiraçãoinvertida:Visualize aenergiaproveniente doarentrandopelasnarinas,subindo pelocentrodo corpoaté o pontoVG20 - Baihui e descendo pelas costas até o ponto VC1 - Hui Yin, que neste momento deve ser estimulado com a contração do períneo. Inicia-se a expiraçãoe a energiasobre pelo meridiano Chong Mai até o Tan Tien Superior, onde retém a energia, e o ar sai pela boca. Ao final da expiração, relaxa o períneo. Repetir 30x 3 – PosiçãoWu Chi – Soltaras mãos do Tan Tien,mantendoosjoelhoslevemente flexionados, faça uma leve abdução da articulação dos ombros, imagine que tem uma bolinha de tênis embaixo dos braços. As palmas das mãos ficarão voltadas para o corpo, e este estará bem relaxado. Manter a concentração no Tan Tien. 4 – Imagine as pernas crescendo como se fossem raízes penetrando na terra, capte a energia yin da terra, através do ponto R1 Yongguan. Flexione os punhos em direção ao corpo e faça uma rotação dospunhosconcentrando-se no dedo mínimo e no ponto C7 - Shenmen girando
  • 9. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 9 as mãos para trás até que a ponta dos dedos aponte para frente e com as palmas para baixo, capte a energia yin que vem da terra, através do ponto CS8 Laogong. 5 – Faça umagarra flexionandoasfalangesdistais,comotivesse segurandoumabola,deslize a mão 15o para frente enquanto suaviza a flexão as falanges (soltando a bola imaginária). Faça novamente a garra (segurando novamente a bola) e traga novamente as mãos para a posição inicial suavizando no percurso as falanges. 3x 6 – Faça um círculo para fora (lado do mínimo) levando lentamente a ponta dos dedos para baixo. Visualize os dedos penetrando na terra e captando sua energia Yin. 7 – Suba com estaenergiaelevando osbraços até as mãos ficarem na altura do umbigo, como se estivesse segurando uma bola de energia entre as mãos. Flexione os dedos médios, voltando-os para o Tan Tien Inferior. Visualize a energia saindo de seu dedo e indo para o TanTien Inferior. Volte o dedo para a posição normal. 8 – Gire as mãos para baixo de forma que os polegares fiquem para baixo, dividindo o balão em dois, e vá empurrando a energia até as costas (direcione as mãos para os rins, formando uma bola). Direcione os dedos médios para o VG4 - Mingmen. Visualize a energia indo para este ponto. Estenda o dedo médio. 9 – Encoste as mãos nos rins, deixando os dedos médios tocando no ponto VG4 - Mingmen. Massageie este ponto com pequenos círculos 3x horário e 3x anti-horário. 10 – Deslize as mãos em diagonal até a ponta dos dedos médios tocarem o ponto BP21 - Dabao. Massageie este ponto com pequenos círculos 3x horário e 3x anti-horário. 11 – Vá lentamente jogando os cotovelos para trás ao mesmo tempo que desliza a lateral do dedo mínimo e depois da mão e braços no corpo enquanto vai estendendo os braços para frente até a altura do VC17 – Shanzhong, com as palmas das mãos voltada para cima, contatandocom a energiadocéu.Direcione osdedosmédiosemdireçãoaoYin Tang, levando energia para a fronte. Visualize a energia indo para este ponto. Estenda os dedos médios. 12 – Realize aaduçãodos punhosdeixandoapontadosdedosface a face e sintaa energiaque vai de umdedopara o outro, e vá puxandoas mãoslevandoestasenergiasparaoslados como esticasse um elástico. Afaste lateralmente os braços com as palma das mãos para baixo na altura dos ombros e capte a energia da terra. 13 – Mantenha os dedos médios como eixo, leve sua atenção para o C7 – Shenmen e para o dedomínimo,vire asmãos palmasdasmãos para cima e capte energiadocéu.Eleve os braços e unaas mãos acima da cabeça,fazendoa uniãoda energiado céu com a terra. Desça as mãos unidas pelo centro na direção do topo da cabeça VG20 – Baihui, quanto estiver quase encostando. Desloque as mãos para frente e continue descendo pela frente do corpo até a altura do ponto VC17 - Shanzhong. Visualize a captação de energia que vem do Sul (frente) e do Norte (trás).
  • 10. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 10 Primeiro Movimento 14 – Concentrando-se na energia do universo, gire as mãos de forma que os dedos unidos apontem para frente. Alongue os braços para frente estendendo os cotovelos e levando os dedos para o infinito que existe a sua frente. Ir agora separando os dedos dois a dois com as mãos unidase afaste-os um a um partindo do mínimo, depois os anulares, médios, deixando apenasos polegarese indicadores se tocandoe formandoumtriangulo (ou coração) na frente do Yin Tang. Contate a energia do universo através do triangulo. 15 – Solte os dedos indicadores e polegares. Flexione os punhos mantendo as palmas das mãos para frente. Puxe as mãos em direção aos ombros e depois empurre as mãos na altura do VC17 - Shanzhong. 3x 16 – Mantendo os braços esticados para frente, na altura dos ombros, leve as mãos 15o para os lados. E depois retorne novamente. 3x 17 – Afaste osbraços lateralmente,comasmãosespalmadas para os lados, imagine a energia do universo bem longe puxe-a em direção aos ombros e depois empurre para laterais novamente. 3x. Este exercício trabalha os meridianos yang que sobem para o cérebro. 18 – Movimente os braços 15o para cima e para baixo. 3x. 19 – Alongue as mãos para as laterais de forma que a palma fique voltada para baixo, gire o punho pelo mínimo mantendo os dedos médios como eixo, deixando as palmas para cima, eleve os braços para cima da cabeça sem se tocarem. Pegar uma grande inspiração, flexionar as mãos de forma que as palmas se voltem para a cabeça. Descer lentamente as mãos até quase tocar o VG20 – Baihui, desloque as mãos para frente sem tocar o corpo descendo até a altura do VC17 - Shanzhong girar as palmas das mãos para o corpo e continuam descendo até os dedos médios tocar no umbigo. 20 – Deslize suavemente os dedos médios pela lateral do corpo fazer um giro deixando os dedos apontados para trás e deslizar até os dedos médios atingirem o VG4 – Mingmen, meridiano Dai Mai. Direcionar as mãos para baixo e descer deslizando pelo glúteo e parte posterior das pernas, concentre a energia no centro dos ossos, indo até o calcanhar. 21 – Apóie os dedos polegares no ponto F3 - Taichong e os outros dedos sobre os demais dedos. Concentre-se na planta dos pés, pense que pelo R1 Yongguan, estamos aspirando a energia da terra. Abaixe o corpo para frente pelos joelhos e suba por trás. 3x. 22 – Afaste os braços e capte a energia Yin da terra. Encoste a mão na região interna das pernas e suba até os dedos médios tocarem o umbigo. Deslize levemente as mãos para a lateral do corpo, vire em direção aos pés de desça os braços.
  • 11. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 11 Segundo Movimento 23 – Pense na energia que nos cerca e vamos elevando as mãos lateralmente até que os braços fiquem na altura dos ombros, como se aspira-se a energia da terra para cima. 24 – Puxe a energia em direção aos ombros e depois empurrar para laterais novamente. 3x. 25 – Mantendoas pontasdos dedosesticadasparacima, contate a energia que esta em torno de você, movimente os braços 15o para frente e depois volte para a lateral. 3x 25 – Leve os braços para frente deixando-os paralelos na altura dos ombros. 26 – Puxe as mãos em direção aos ombros e depois empurre as mãos na altura do VC17 - Shanzhong. 3x 27 – Movimente agora 15o para cima e depois volte a posição anterior. 3x. 28 – Direcione uma mão para a outra sentido a energia entre as palmas. Segure como estivesse segurando uma bola, e vá subindo acima da cabeça. Faça uma grande inspiração, flexionarasmãosde formaas palmasse voltempara a cabeça. Descerlentamenteasmãos até bem próximo da cabeça VG20 - Baihui, deslizar para frente do rosto e indo até a altura das sobrancelhas, encoste os dedos médios no Yin Tang. Mantendo um contato leve, deslize os dedos médios até astêmporas,execute umgirodeixandoosdedosvoltadosparatráse leve-os até o pontoTravesseiro de Jade. Massageie este ponto com pequenos círculos 3x horário e 3x anti-horário. 29 – Direcione os dedos para baixo encostando os dorsos dos dedos e mãos e desça com os dedos mínimos em contato com o corpo, até a região mais baixa das costas que conseguir, mantenha alguns segundos. 30 – Deslize asmãosde voltapelascostascontornando o pescoço,a caixa torácica encostando as mãos pelo dorso formando a boca do tigre suba o máximo possível, mantenha alguns segundos. 31 – Deslizando as mãos para baixo, leve as até a altura dos rins, com os dedos médios tocando o ponto VG4 - Mingmen. Deslize pela lateral até a frente do corpo, no umbigo, linha do Dai Mai. 32 – Gire as mãos para baixoe desçapelaregiãoanteriordascoxas (meridianosyin) até os pés mantendo o contato com o corpo. Concentre-se no centro dos ossos. 33 – Apóie osdedospolegaresnopontoF3- Taichong,e os outrosdedossobre osartelhos dos pés. Concentre-se na planta dos pés. 34 – Desça flexionando os joelhos e suba elevando a parte de trás 3x.
  • 12. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 12 35 – Afaste os braços e capte a energia da terra. 36 – Encoste as mãos nos calcanhares e suba pela parte posterior das pernas, concentrando profundamente nos ossos, até atingir a região dos rins, mantendo os dedos médios sobre o VG4 - Mingmen. 37 – Deslize as mãos pelo Dai Mai até que os dedos médios toquem novamente o umbigo. 38 – Leve novamente as mãos para as laterais e desça pela lateral soltando os braços. Terceiro Movimento 39 – Pense na energia do universo. Afaste os polegares fazendo a postura da boca do tigre e eleve as mãos em diagonal e conforme vai subindo as palmas das mãos voltam-se para cima. Eleve as mãos até acima da cabeça. 40 – Faça uma grande inspiração e desça as mãos nas laterais das orelhas sem tocar o corpo, quando o polegar estiver quase tocando os ombros, vá espalmando as mãos para frente mantendo-as na lateral do corpo na altura dos mamilos com os cotovelos para trás. 41 – Pense naenergiadoUniversoque cercavocê e vamospegar a energiaemcírculoque esta a nossa volta. Empurre a mão direita para frente do corpo, rotacione o punho deixando a palma mão voltada para a esquerda. Leve o braço para a esquerda 90o . Segure com o dedo médiodireitoacabeçado polegar,olhe paraosdedos,continue o giro levando os dedos atrás do ombroesquerdo tocandoaparte maisbaixa que conseguir, sempre procurando olhar para eles, deslize até que o dedo médio toque o ponto E13 – Qui Hu do lado esquerdo, olhe para frente. Repita tudo do outro lado. 42 – Faça 3 respirações e a cada inspiração pressionar o dedo médio, e ao expirar solte a pressão. 43 – Descole os dedos do E13 – Qui Hu, deixando as palmas para cima, relaxe os dedos das mãos. Levar as mãos para frente do corpo como os punhos cruzados, girar as mãos de forma que as bases dos punhos se unam formando a Flor de Lótus, mantendo os calcanhares das mãos unidos e os dedos em forma de cálice. 44 – Vá juntando as mãos unindo as palmas na altura do VC17 – Shanzhong e levando os cotovelos para a lateral. Desenhe 3 círculos no sentido horário, 3 no sentido anti-horário, 3 para frente e finalmente 3 para trás. 45 – Vá subindo as mãos unidas até acima da cabeça, na linha do VG20 – Bai Hui. Visualize os dedos encostando no céu. Afaste os dedos dois a dois e depois vá despregando um a um só deixandoospolegares e indicadores unidos formandoum triangulo acima da cabeça, soltar os indicadores e os polegares.
  • 13. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 13 46 – Girar as mãos com as palmas para cima enquanto desce os braços lateralmente até a altura dos ombros, com as mãos espalmadas para cima e os braços esticados. 47 – Visualizeaenergiadouniversopenetrandonapalmadas mãos.Flexione osdedosmédios direcionando a energia para o Yin Tang. Estenda os dedos médios. 48 – Flexione os cotovelos trazendo as mãos em direção ao corpo, deslize a lateral das mãos até que as pontasdosdedosmédiostoquemopontoBP21 - Dabao.Massageie este pontocom pequenos círculos 3x horário e 3x anti-horário. 49 – Gire as mãos direcionando os dedos para trás encostando o dorso das mãos no corpo, estendaoscotovelosde formaque osbraços fiquemesticadosparatrás o máximopossível.As palmas das mãos estão para cima, vá trazendo as mãos para frente num grande abraço, girando lentamente as mãos para frente do corpo, capte a energia que está a sua volta e atravésdo dedo médio empurre a energia para dentro do Tan Tien Inferior, junte as mãos na posição de guardar a energia. 50 – Mantenhaas mãos por 36 expirações e depoisfaçapequenoscírculos 3x horárioe 3x anti- horário,respire mais3x coloque odedomédionoumbigoe faça círculos 3x horárioe 3x anti- horáriode forma bemacentuada.Deslize asmãospara as lateraisdocorpo,coloque asmãos nas lateraisdascoxasna altura doquadril e desça até os tornozelose subapelaregiãointerna das pernas.
  • 14. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 14 Constituição Humana do Chi Eletromagnético Durante o desenvolvimento embrionário o embrião continuamente recebe a força dos 10 troncos celestes e dos 12 ramos terrestres. Ambas as forças carregam o embrião por baixo e por cima, gerando forças vitais de energia eletromagnética. Esta camada é carregada verticalmente em 12 seções devido a influência dos 12 principais meridianos cada um deles corresponde respectivamente às cargas atmosférica da Terra, influenciadas pelas 12 constelações que giram muito longe no espaço ao longo da eclíptica da Terra, Estes meridianos superficiais e as constelações correspondentes são: Pulmão Áries Intestino Grosso Touro Estômago Gêmeos Baço-Pâncreas Câncer Coração Leão Intestino Delgado Virgem Bexiga Libra Rim Escorpião Circulação e Sexo Sagitário Triplo Aquecedor Capricórnio Vesícula Biliar Aquário Fígado Peixes Local de Nascimento e/ou onde passaram grande parte da infância Região mais ao Sul, mais fria; área montanhosa Doenças de pele; acúmulo de muco e gordura; formação de tumores e abcessos, doenças do fígado e vesícula biliar Regiãomaisao Norte,mais quente; próximas ao mar Doenças dos intestinos, pulmões, rins e bexiga, problemas reprodutivos e nervosos. Algumas doenças de pele e tumores. Paralisia e artrite. Áreas urbanas Doenças complexas, principalmente nos intestinos, pulmões e sistema nervoso, bem como nos órgãos de reprodução. Áreas rurais Doençasmais simples e distintas. Menos problemas digestivos, reprodutivos e nervosos. Alguns aspectos constitucionais Estrutura Óssea É o melhor sistema para verificar a qualidade da constituição. Apalpando-se os ossos, principalmente na área dos ombros, braços e pernas. Ossos mais fortes e grossos indicam uma constituição mais yang (forte). Têm a tendência de ser mais ativo na vida física e social. Ossos mais fracos e finos indicam uma constituição mais yin (delicada e frágil). Têm a tendência de ser mais ativo na vida mental e artística. Músculos e pele Mais flácidos e pele fina indicam uma constituição mais Yin. (Alimentos líquidos, legumes, verduras e frutas). Indicam uma natureza mais adaptável e mais mental. Mais rijos e resistentes indicam uma constituição mais Yang. (Alimentos cereais, feijões e alimentos de origem animal, com mais minerais). Mostram uma natureza mais ativa e mais voltada para o mundo físico.
  • 15. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 15 Os estados de músculos e peles é mais fácil de mudar por meio de alimentação e exercícios, por esta razão além de mostrar uma constituição desenvolvida durante os períodos da gravidez e da fase de crescimento, mostram também o estado físico e mental do presente. Proporção Corporal A proporção corporal é medida entre a cabeça e o corpo. A proporção normal seria 1:7 ou 1:7,5, ou seja, da cabeça até os pés teria a medida de 7 ou 7,5 cabeças. Quando a cabeça é menor proporção 1:8, por exemplo, a constituição física e mental é mais fraca do que a média. Correlações Cabeça-Nádegas A região da cabeça corresponde a região das nádegas, pois uma representa a extremidade superior do sistema nervoso enquanto a outra representa a extremidade inferior. Tensão e outrosestadosemocionaisanormaisdocérebrotambémapareceme se expressam no estado dos músculos e tecidos da área das nádegas. A – Região inferior das nádegas corresponde à parte frontal da cabeça e do cérebro. B – A parte superiordas nádegas corresponde à parte de trás da cabeça e do cérebro. C – As regiões laterais das nádegas correspondem às laterais da cabeça e do cérebro. D – A regiãocentral das nádegas corresponde à parte mediana da cabeça e do cérebro. E – A área do cóccix representa o nariz e a cavidade nasal. F – A parte inferior da coluna (sacro), corresponde à medula da parte de trás do pescoço. Pés Uma das principais áreas periférica do corpo (a outra é as mãos), estas áreas periféricas representam a constituição e o estado físico e mental, por terem uma forma compacta, representam os órgãos situados na região mediana do corpo (fígado, vesícula biliar, baço, estômago, o pâncreas, os rins e a bexiga). Tamanho – Normalmente o tamanho dos pés geralmente é proporcional ao tamanho do corpo, mas há diferenças caracterizadas pela constituição das pessoas: Maiores e mais grossos (Yang) pode produzir uma constituição interna (mediana), fígado, vesícula, baço, pâncreas, estômago e os rins, mais forte. Esta pessoa tende a ser forte em termos físicos e mentais, mas também flexível e artística em termos de atividade social e intelectual. Menores e mais finos (Yin) mostram que os órgãos superiores e inferiores, pulmões, intestinos e coração, são mais saudáveis e ativos. Possuemmaistolerânciae vitalidadefísica,masumaatividade menorna vida mental. Dedos longos e sensíveis mostram uma natureza que aprecia mais o mundo emocional, artístico e estético. Dedos curtos e grossos mostram uma natureza mais ativa em termos
  • 16. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 16 físicos, com uma resistência maior ao meio ambiente, mas menos interesse por questões mentais e espirituais. A proporção entre tamanho e largura deveria ser 1:3, ou seja, a largura na parte interna da protuberância que fica abaixo do hálux e do 5 dedo de ter um terço do tamanho total do pé. Altura – Quando a parte de cima do pé é mais alta, indica uma natureza mais ativa fisicamente. Quando mais baixo e mais achatado, indica uma natureza mais ativa mentalmente. Arcos – Mais altosdevem-seaosmúsculosmaiscontraídos,oque permite um funcionamento mais ativo do pé. Esta constituição é essencial para atletas, esportistas, dançarinos e outros profissionaisespecializadosematividadesfísicas. Maisbaixossãoconsequênciade músculos e tecidos mais frouxos e indicam uma tendência menor a uma atividade física do que mental, principalmente no que diz respeito à compreensão estética, artística e religiosa. São mais comuns entre pensadores, escritores, músicos e artistas, bem como entre os religiosos. Flexibilidade–A flexibilidadedospése dedosmostranão só a leveza e mobilidade física, mas também capacidade mental de adaptação. À medida que essa flexibilidade diminui, todo o modo de vida torna-se rígido e menos adaptável ao ambiente natural e social que está em transformação constante. O endurecimento além dos aspectos emocionais e mentais envolvidosse deve aoconsumoexcessivode alimentosricosemcolesterol,gordurassaturadas e proteína animal temperada com sal. Direção dos pés – Quando os pés se viram para fora ao andar, tipo Charles Chaplin é consequênciade umacontraçãona base da coluna,muitasvezesdevidoaoconsumoexcessivo de alimentosde origemanimal,indicamumcarátermais agressivo, progressista e desinibido, tanto físico quanto mental. Normalmente são pessoas disponíveis, que possuem uma facilidade maior para a entrega e doação. Mais comum nos ocidentais e nos tempos atuais. Os pés virados para dentro ao andar, tipo Marlin Monroe, a região da coluna é mais aberta, devidoaum maiorconsumode alimentosde origemvegetal,indica um caráter mais delicado, conservador e introspectivo, tanto físico como mental. Mais comum nos orientais e nos mais antigos. Quandose têm boasaúde e hábitosalimentaressaudáveis,oshomensdevemterpés retos ou ligeiramente viradosparafora,e as mulheres devem ter os pés retos ou ligeiramente virados para dentro. Comprimentodosdedos – Normalmente vai diminuindodoHálux em direção ao quinto dedo. No entanto,emmuitaspessoas,osegundoe/ouoterceirosãomaiscompridos.Issoé causado pelos hábitos alimentares durante o período embrionário, que produziram fraqueza no estômago e em suas funções. Dedos encurvados – Quando o Hálux se curva anormalmente na direção do segundo dedo, é sinal de que o baço e as suas funções linfáticas estãohiperativas,enquantoasfunçõeshepáticas estão hipoativas em decorrência do consumo excessivo de gorduras e óleos, tanto de origem animal quanto vegetal. Quanto o quinto dedo se curva em direção ao quarto dedo, indica hiperatividade dos rins, da bexiga e de suas funções excretoras, causada pelo consumo excessivo de comidas e bebidas, entre as quais frutas, sucos, açúcar e doces.
  • 17. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 17 Quando todos os dedos se voltam para dentro representa um desequilíbrio generalizado e propensão a doenças graves, tanto posturais como funcionais. Áreas e correspondências do pé Os dedossãoformados pelos meridianos e, por isso, cada artelho – junto com a área imediatamente abaixodele –representacertosórgãosimportantese suas funções.Essascorrelaçõestambémse aplicam à área imediatamente abaixo de cada dedo do pé. Características anormais que surgirem nas áreas relacionadas mostram problemas nestes órgãos e funções: Área A – Baço, pâncreas Área B – Fígado Área C – Estômago Área D – Vesícula Biliar Área E – Bexiga Área F – Rins Os pontos A, B e C correspondem respectivamente aos rins, coração e estômago – Centro Abdominal. O pontoD próximodohálux corresponde aosombros e omoplata. O ponto E protuberância que fica abaixo dos outros dedos corresponde aos pulmões e funções respiratórias. Ponto F representa o nariz e a cavidade bucal. Ponto G representa a garganta e as cordas vocais Ponto H os brônquios e a região do diafragma. Ponto I representa o estômago, o duodeno e a parte superior do intestino. PontoJ corresponde aárea intestinal,principalmente a área mediana dos intestinos. Ponto K corresponde à região inferior dos intestinos, ao reto e ao útero. PontoL linhaque passa pela pare de baixo e de fora do pé representa a coluna vertebral e os músculos ao longo dela, assim como o meridiano e às funções da bexiga. Área abaixo do segundo dedo: funções do coração e circulação Área abaixo do terceiro dedo: funções do baço e circulação linfática Área abaixo do quarto dedo: funções dos pulmões e respiração Área abaixo do quinto dedo: funções dos rins e sistema excretor O Hálux e sua respectiva unha corresponde ao baço, ao pâncreas e suas funções, principalmente na parte de fora. Ao fígado e suas funções principalmente a parte de dentro. Segundo e terceiro dedos e suas unhas representam o estômago e suas funções, o terceiro representa mais as funções do esfíncter do estômago e duodeno. Quarto dedo e sua unha correspondem à vesícula biliar e suas funções Quinto dedo e sua unha correspondem à bexiga e suas funções.
  • 18. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 18 Endurecimentoda pontados dedos – é um indiciode que os órgãos correspondentes a eles e suas funçõespodemestarestagnados,possivelmente por excesso de comida e bebida, como também por um provável desequilíbrio nas quantidades de minerais, proteínas, gorduras, carboidratos ou vitaminas consumidas. Calos– indicama eliminaçãode excessode gordurae muco,causado peloconsumoexagerado de comidaem geral,oupor uma dietadesequilibrada.Issoocorre porque umdos órgãos e seu meridiano não estão funcionando bem. Cores anormais – Nas áreas correspondentes mostram que os órgãos e funções correspondentes estão hiperativos. Quando surge uma cor verde pode-se estar propenso a uma doença cancerígena, ou essa já está instalada. Joanete – Pode tercomeçadoa se desenvolver logo depois do nascimento, ou durante a vida adulta. É tradicionalmente conhecida como o “sinal da viuvez”, ou de que a pessoa vai ficar sozinha na velhice. Este endurecimento está na área do fígado, estômago e baço-pâncreas, está associado a uma alimentação a base de carboidrato e sal, proteína, gordura, sendo a característica mais forte o excesso de consumo de sal ou minerais. Indica rigidez física, principalmente na região mediana do corpo e rigidez mental com tendência à dominação, discriminação,preconceitoe ciúme.Apesarde teremcaracterísticasativasnavidasocial,esses traços mentais costumam levar ao distanciamento da família e dos amigos. Pele descascadae pé-de-atleta(frieira) – Costumam ser acompanhados de pele desfiada nos dedosouentre eles,bem como ruptura da pele em certos dedos, dificultando a caminhada e causando uma incomoda coceira. Embora em geral mostre atividade de fungos na área, a causa real é o consumo excessivo de líquidos, incluindo bebidas, frutas, sucos, açúcares e doces, e alguns produtos químicos e drogas. Pontos de Diagnóstico Os pontos 1 (E43) e 2 (VB42) podem ser usados para diagnóstico dos órgãos internos. No ponto 1 se a pessoa sentir dor ao pressioná-lo é indício de distúrbios temporários no estômago e no fígado. Em geral há fadiga física e mental.Se a dor estivernoponto2 é sinal de que a vesícula e a bexiga assim como suas funções, estão com problemas. Há nesse caso uma tendência à fadigageneralizadae sonolência.Tambémpode indicarcontraçãona vesícula biliar e a formação de cisto ou pedras nesse órgão. Tratamento de Emergência nos dedos dos pés Utilizar qualquer material que tenha ponta afiada. Furar com um movimento rápido, quanto maisfirme a punçãomenora dor (1 a 3 mm).Depoispressionar o local para tirar um pouco de sangue. Este procedimento é de emergência não substitui um tratamento mas causa alivio imediato. 1 A – Crise estomacal – intoxicação por comidas – Ataque brusco – Retenção de líquidos – Insônia – Pesadelos - Convulsão. 1 B – Perda do controle urinário – Dor nos órgãos sexuais – Ataque brusco – Convulsão – Problema nos olhos. 2 A – Dor nos intestinos – Dor de cabeça – Erupção Hemorragia dos dentes – Mal hálito. 2 B – Infecção de garganta – Ataque brusco – Insônia – Inflação do ventre, sensação de ruído de água.
  • 19. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 19 3 A – Desmaio – Convulsões – Enfermidade no aparelho sexual – Dor de garganta. 3 B – Constipação – Palpitação – Dores na cintura – Ataque brusco. 4 A – Enxaqueca – Ataque brusco – Dor nas costas – Sensação amarga na boca. 4 B – Pressão alta - - Dor no olho – Enxaqueca – Contração do pescoço. 5 A – Dor de cabeça (occipital) – Nariz tapado – Lacrimejamento – Enfermidades dos olhos – Cuidado não fazer em mulheres grávidas. 5 B – Ataque brusco – Contração do pescoço – Dores lombares – Problemas no parto – Má posição do bebê. Corpo A – Equivale às funções dos olhos e dos processos visuais, ao nariz e à respiração. B – Corresponde à cavidade bucal, às cordas vocais e às funções respiratórias. C – Corresponde aos pulmões, brônquios e funções respiratórias. D – Equivale à parte inferior dos pulmões, ao diafragma, ao fígado, à vesícula biliar, ao baço e ás suas funções. E – Corresponde ao estômago, ao pâncreas, ao duodeno, aos rins e às suas funções. F – Corresponde aocólontransverso e parte superior do intestino delgado e às suas funções. G – Equivale à parte inferior do intestino delgado, ao cólon ascendente e às suas funções. H – Equivale ao reto, ao útero, aos ovários, à próstata, aos testículos, área reprodutora e suas funções. I – Reflete o tubo digestivos e os órgão relacionados a ele. J – Representa as funções circulatórias relacionadas aos órgãos e aos seus processos, bem como às funções excretoras. K – Representa o sistema nervoso e suas funções relacionadas aos órgãos internos.
  • 20. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 20 Outra formade divisãodocorpoé dividindo o tronco em três áreas principais: A – Região do tórax – coração e os pulmões B- Região da cintura – estômago, baço e pâncreas. C – Região do baixo ventre – intestinos, rins, bexiga e os órgãos sexuais E fazendoa correspondênciacomadivisão de três áreas da cabeça: 1 – Corresponde à região A 2 – Corresponde à região B 3 – Corresponde à região C Estas áreasprincipaissãoexatamente asmesmas,devemos apenas verificarque oladodireitodacabeça corresponde aoladoesquerdo do corpo e vice-versa. Por conseguinte, a condição do pulmão esquerdo pode ser vista olhando para a narina direita. Em Complemento,podemosver as condições dos órgãos internos examinando a condição do braço. A parte superior do braço mostra a condição dos pulmões. O cotovelo as dos órgãos digestivos.A parte inferiordobraçoas dos intestinos. E os punhos mostra dos órgãos sexuais. No corpo humano totalmente desenvolvido, ao longo da coluna, nas costas, encontramos os principais pontos de entrada de energia,chamadona medicina chinesa Yu-Ketsu – Ponto Yu (Ponto de Entrada, Assentamento ou Associado). O significado de Yu é “verter para dentro”. Através destes pontos cargas atmosféricas entram na parte interior do corpo, carregando vários órgãos, ativando suas funções: Depoisque ofluxode energiaque entram por estes pontos, saem pelasuperfície dafrente docorpo,reunindo-se em certos pontos, tradicionalmente chamado Bo-Ketsu – Ponto Bo (Ponto de Reunião ou Ponto de Alarma). Estes Pontos de Reunião estão em relação complementar com os Pontos de Entrada. Pulmão B13 Circulaçãoe Sexo B14 Coração B15 Diafragma B17 Fígado B18 Vesícula Biliar B19 Baço-Pâncreas B20 Estômago B21 TriploAquecedor B22 Rim B23 Intestino Grosso B25 IntestinoDelgado B27 Bexiga B28 Pulmão P1 Circulaçãoe Sexo VC17 Coração VC14 Fígado F14 Vesícula Biliar VB24 Baço-Pâncreas F13 Estômago VC12 TriploAquecedor VC7 Rim VB25 Intestino Grosso E25 IntestinoDelgado VC4 Bexiga VC3
  • 21. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 21 Abdomem A – Representa o coração e o intestino delgado B – Representa os pulmões e intestino grosso C – Representa o fígado e a vesícula biliar D – Representa os rins e a bexiga E – Representa o baço, pancreas e estômago Ombros Ângulodosombrosmaisquadradoapresentam um caráter mais masculino, tendem a gostar maisde atividadesfísicase sociais e costumam ser mais intelectuais. Os que tem os ombros mais caídos têm caráter maisfeminino,comumanaturezamaissensível à estética e às artes. Quando os ombros mostram uma forma mais arredondada com músculos equilibrados, indicam um caráter mais equilibrado que aprecia tanto as atividades físicas e mentais quanto as estéticas e intelectuais. Quando os ombros são desiguais isso indica que os órgãos do lado do ombro mais alto são mais fracos que os órgãos do lado mais baixo, principalmente no caso dos pulmões e do intestino grosso. Mãos Assimcomoos pésrepresentamaconstituiçãoe oestadofísico e mental em sua totalidade, e corresponde porsuaforma maisexpandidaaspartessuperiorese inferioresdocorpo,entre as quais os pulmões, coração, intestino delgado e grosso. Maiorese maisgrossas(Yang) pode produziruma constituição interna mais forte. Esta pessoa tende a ser forte em termos físicos e mentais, mas também flexível e artística em termos de atividade social e intelectual. Menores e mais finas (Yin) mostram também força física, mas uma atividade menos na vida mental. Dedos longos e sensíveis mostram uma natureza que aprecia mais o mundo emocional, artístico e estético. Dedos curtos e grossos mostram uma natureza mais ativa em termos físicos, com uma resistênciamaioraomeioambiente,masmenosinteresse porquestões mentais e espirituais. A área A – Na base do polegar,representaasfunçõesdigestivase respiratórias, incluindo o estado de esôfago, do estômago, dos intestinos e dos pulmões. A área B – Representaosistemanervoso,inclusive as funções do cérebro e do sistema nervoso central, e os nervos periféricos.
  • 22. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 22 A área C – Representaossistemascirculatórioe excretor,incluindooestado do coração, rins e bexiga. Os Polegares representam o estado e as funções dos pulmões e das atividades respiratórias Os Indicadores representam o intestino grosso e suas funções Os Médiosrepresentamaenergiavitalizadora em torno do coração, as funções circulatórias e a vitalidade reprodutiva. Anulares representam a atividade de eliminar a energia excessiva das regiões do coração, estômago e intestinos – o metabolismo da energia e do aquecimento. Mínimo representam o estado e funções do coração e intestino delgado. O excesso de consumo de frutas poderá levar o polegar a tornar-se menos flexível. Hoje em dia é muito comum crianças nascerem com uma membrana entre os dedos, isso é devido ao excesso de refrigerantes, suco de laranja e outros alimentos yin. A flexibilidade damão e dedos mostra a flexibilidade do cérebro, mãos e dedos não flexíveis pensamentos rígidos, arrogantes e obstinado. Quandocerramosos punhos os espaços entre os nós dos dedos deveram ser bem evidentes. Caso contrário,é sinal de um depósitode gorduragrande nobaço, pâncrease fígado. Devido a ingestão de comidas tipo petiscos e com muito açúcar, além de possível endurecimento das artérias e articulações. Se ao estender as mãos para cima o espaço entre os dedos estiver muito separado, será característica de pessoasque nãoseguram muita coisa (dinheiro, companheiro, etc). Trata-se de uma pessoa tipo yin que terá dificuldade em ter companheiros, por ser normalmente preguiçosa, podendo ter problemas de disciplina e conservar dinheiro. Pessoascommãos úmidasdevemevitartomarexcesso de líquidos, incluindo sucos de frutas. Esta característica indica sobrecarga nos rins e no coração, caracterizando-se com pessoas de raciocínio e ação lenta. Tratamento de Emergência nos dedos das mãos Utilizar qualquer material que tenha ponta afiada. Furar com um movimento rápido, quanto maisfirme a punçãomenora dor (1 a 3 mm).Depois pressionar o local para tirar um pouco de sangue. Este procedimento é de emergência não substitui um tratamento mas causa alivio imediato. 1 A – Febre, vomito e dor abdominal – convulsão – desmaio – pressão baixa – qualquer emergência. 1 B – Desmaio – Palpitação – Sensação de ardor na boca 2 A – Febre – Convulsão – Dor de garganta – Dor na gengiva – Paralisia da boca – Dor nos olhos – Constipação – Tosse intensa 2 B – Dor de cabeça frontal,parte superior –Desmaio– Ataque de asma 3 A – Febre - Dor no peito – Palpitação – Ataque brusco 3 B – Desmaio – Dor de cabeça – Ataque histérico – Enfermidade psíquica 4 A – Desmaio – Moléstias digestivas – Ataque de asma 4 B – Ataque brusco – Palpitação – Zumbido dos ouvidos – Dor na parte lateral do pescoço
  • 23. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 23 5 A – Febre – Choque de penicilina – Medo – Insônia – Ataque brusco 5 B – Dor no baixoventre –Constipação – Zumbidonosouvidos – Desmaio – Enfermidade nos olhos Cabeça e Rosto As áreas ao lado correspondem a determinados órgão e funções do corpo. ÁreaA: O estadoda boca,dos lábios,dalíngua,da cavidade bucal e da área em torno da boca mostra as funções digestivas como um todo. Está relacionada, em parte, à função respiratória, em especial, a sua área periférica. Área B: O estado da testa e de sua periferia, incluindo as têmporas e as sobrancelhas, representa o estado do sistema nervoso como um todo. ÁreaC: Incluindoolhos,bochechase orelhas, representam o estado e funcionamento dos sistemas circulatórios e excretor como um todo. A área em volta da boca representa os órgãos sexuais e suas funções. Se o queixo é pronunciado significa que os órgãos do aparelho digestivo estão bem desenvolvidos. A boca como um todo representa a situação de toda a cavidade digestiva. O lábioinferiorointestinodelgado na sua parte interna, e o intestino grosso na parte mais periférica do lábio. O lábio superior mostra o estômago. O canto da boca mostra o estado do duodeno. O estado das bochechas mostra o estado dos pulmões e de suas funções. Se as bochechas estão mais contraídas significa que o sistema circulatório é muito forte. Se a área entre o nariz e a boca é grande, indica que a pessoa é muito “meiga” (gentil) com o sexo oposto. Uma linha vertical no espaço entre o nariz e o lábio superior é sinal de demasiado Yang nos órgãos sexuais.Se amulhertiverestacondiçãosofrerá muitas dores quando da menstruação. Se a áreaentre o nariz e o lábiosuperiorse apresentarinchadae arredondada, isso indica que há demasiados mucos no estômago, fígado e pâncreas. Um nariz grande e arredondadoindicaumacondiçãoYin.Um narizpequeno e achatado indica uma condição Yang. Um nariz bem proporcionado e reto indica uma constituição bem equilibrada. Se o nariz é comprido, a pessoa pode ser brilhante, mas sua condição física é fraca. As narinas representam os brônquios, ligados aos pulmões. Fossas bem desenvolvidas mostrampulmõesfortese bemdesenvolvidos. Fossas flácidas e pouco desenvolvidas mostra pulmões fracos e deficiente de funcionamento. A pontado narizrepresentaocoração e suas funções. Se a ponta for fina e pontiaguda, então o coração é muito Yang. Se a ponta for vermelha e inchada (característica de quem bebe em demasia) ocoração estáexpandido.Se houverreentrâncianaponta, indica válvula do coração que não contraem devidamente. A parte mediana do nariz representa o estômago. A parte superior mostra o estado do pâncreas A área entre as sobrancelhas mostra o estado do fígado.
  • 24. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 24 Duas linhasverticaisnacanasuperiordonariz indicam excessonofígado.Se houver uma linha central nesta região excesso no baço. Três linhas ambos os casos. As orelhas representam os rins - homolaterais Ao redor dos olhos representam os rins, assim como o estado dos ovários, no caso das mulheres, e dos testículos no caso dos homens. O olho esquerdo mostra o estado do baço e do pâncreas O olho direito representa o fígado e a vesícula biliar As têmporas de ambos os lados do rosto mostram o estado do baço. A testa como um todo representa o intestino delgado. A região periférica da testa representa o intestino grosso. A parte superior da testa mostra o estado da bexiga. Se dividirmos a face em duas partes iguais verificaremos a formação de nosso rosto não é simétrica.Oladodireitotemainfluênciada mãe e o lado esquerdo do pai. Um lado será mais compacto enquanto o outro será mais expandido, mostrando o grau de influência. Boca A boca e os lábios mostram o estado presente da pessoa, principalmente os dos órgãos e funções digestivas. Por ser o início do trato digestivo – porta de entrada – refletem suas características assim como o estado o estado do ânus – o final do trato digestivo – porta de saída. Pessoa com boa saúde física e mental tem a boca com o mesmo comprimento da largura das abas do nariz,oumenor.Quandoa boca é muitomaiorque a extensãoentre asnarinas,é sinal de que os órgãos e glândulasnãofuncionambem, compoucacapacidade de adaptação física e mental. O aumento do tamanho da boa deve-se ao consumo excessivo de batatas, tomates, açúcar, doces, óleos, gorduras, café e outras bebidas consumidas pela mãe durante a gravidez. A ingestãoexcessivade proteínasemrelaçãoàingestãode carboidratostambémlevaapessoa a ter uma boca maior. A boca deve ficarnaturalmente fechada,mostrandoassimumsistemanervosorazoavelmente saudável e sistema digestivo e respiratório em condições normais. Quando a boca fica apertada demais indica transtornos no fígado, na vesícula biliar ou nos rins. Por outro lado, a boca mole, meio aberta, mostra distúrbios das funções digestivas, respiratórias e excretora, assim como das funções nervosas. Lábio Superior – mostra o estado da parte superior do trato digestivo. A parte interna corresponde a ambas as extremidades – superior e inferior – do estômago. As zonas periféricas correspondem à região mediana do estômago. Cantos dos Lábios – representam a região mediana do trato digestivo, principalmente o duodeno. Oladodireitocorrespondemaisàreação doduodenoà secreção de bile do fígado e da vesículabiliar.Oladoesquerdoreflete maisasfunçõesresultantesdasecreçãopancreática. Lábio Inferior – mostra o estado da parte inferior do trato digestivo. A parte interna corresponde ao intestino delgado, e as áreas periféricas ao intestino grosso. Boca mais larga com lábios cheios – é resultante de um grande excesso de carboidratos e gorduras (cereais, farinhas refinadas, batatas, frutas, açúcar e gorduras vegetais) durante a gravidez ou período de crescimento. É muito frequente entre os povos que se originam num clima tropical, onde estes tipos de alimento têm mais probabilidade de ser consumido. As partes periféricas do corpo, como a pele e os músculos, parecem mais fortes que a média,
  • 25. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 25 enquantoosórgãos internoscomoocoração, o fígado, o baço e o intestinodelgadopodemser mais fracos, tendendo a flacidez. Costumam ter uma constituição tipo Yin. Boca mais larga com lábios normal – é resultante do consumo no período de gestação e/ou crescimentode alimentostantoanimal como vegetal (carne, ovos, laticínios, farinha de trigo, açúcar e frutas),refrigerantese bebidasalcoólicas.Étípicodospovosmodernos,oque remete a uma constituição física e mental desequilibrada, perda de resistência e da capacidade de autodisciplina e perseverança. Boca tamanho normal com lábios cheios – mostra que se consumiu quantidade excessiva de saise outros minerais (Yang) junto com laticínios, cereais e farinhas refinadas, frutas, açúcar, óleo,refrigerantese bebidasalcoólicas(Yin).Mostra uma tendência geral de fraqueza crônica das funções e órgãos digestivos. Isso ocorre com pessoas que receberam uma alimentação adequada durante o período embrionário, mas que consumiram alimentos de tipo mais Yin durante o períodode crescimento.Éuma pessoaconstitucionalmente Yang, mas seu estado é yin. Vermelho-rosado – Representa um sistema saudável. Rosa-pálido–Mostra consumoexcessivode laticínios,gorduras, açúcar e frutas. Indica função linfáticaenfraquecidase problemashormonais.Alergias, doenças de pele, mal de Hodgkin (O mal de Hodgkin é o câncer principal que afeta adolescentes e adultos jovens. O câncer de nódulos linfáticos pode também resultar de um carcinoma metastizante), asma e outros distúrbios circulatórios, respiratórios e hormonais semelhantes. Vermelho-vivo – Os capilares sanguíneos estão anormalmente dilatados, mostrando que a função respiratória é anormal. A pressão sanguínea tende a ser mais alta e rápida. Normalmente apresenta-se quando há infecções ou inflamações no organismo. Branco – Os capilares sanguíneos podem estar anormalmente comprimidos, ou então há deficiência de hemoglobina; ou estagnação e lentidão da circulação de sangue. Anemia, leucemia e outros problemas semelhantes. Escuro – O plasma sanguíneo contém excesso de sais e ácidos graxos, resultando lentidão e estagnação da circulação, assim como constrição anormal dos capilares. Indicam transtornos nas funçõescardíacas,circulatórias,pulmonares,renais,urinárias, hepáticas e biliares, , baço, pâncreas. Roxa– Estagnação da circulaçãodo sangue e deficiênciasgravesdo funcionamentodascélulas do sangue, por degeneração de órgãos importantes como os intestinos, o fígado, o baço, os rins e os pulmões. Esta cor é reconhecida como de morte próxima. Orelha O ideal é a orelhaestarsituadana cabeça de formaque o fimdo lóbuloesteja na mesma linha que a boca, enquanto que o cimo da orelha deveria estar no alinhamento dos olhos. O crescimentodolóbuloindicaodesenvolvimento do cérebro, é bom sinal ter orelha grande, indica também que internamente os órgãos estão contraídos. As orelhas mais encostadas na cabeça estão ligadas as pessoas que tem maior percepção auditiva. O lóbulo da orelha é a parte mais fria do corpo. Quando um oriental se queima, começa imediatamente a puxar as pontas dos lóbulos com força para o alívio.
  • 26. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 26 Sobrancelhas A sobrancelhas mostra a história de nossa vida. A parte interna quando bebe, a do meio a vida adulta e a parte externa mostra a idade mais avançada. Sobrancelhagrande é sinal de vida longa. Se os pelos forem grossos e compridos representa uma vida saudável. Se houver espaços, separação nos pelos, significa que nessa altura da vida experimentará grande crise. Se a distância entre as sobrancelhas é muito pequena, é sinal de pessoa muito Yang (muito tenaz). Se a distância é grande, é sinal de pessoa Yin, são pessoas instáveis, susceptíveis de separações (família, casamento, etc.). Testa A testa mostra nossa intelectualidade. Testa larga (A) mostra grande capacidade intelectual Testa estreita mostra pequena capacidade intelectual Testa em declive (B) é geralmente de pessoa mais ativa. Se a parte de trás é larga e expandida, isso é sinal de pessoa mais violenta. A expansão do cerebelo, que deveria ser pequeno, pois controla a atividade e a ação, se está inchado haverá ação em demasia, por conseguinte violência. Quando a testa é saliente mostra que a pessoa pode ver claramente o seu objetivo, não precisando se submeter a ninguém, não é dependente. Se o centro da testae recortado(umpoucoachatado) é sinal que o terceiroolhonãoapareceu e isso é um bom sinal a razão é que o fundo do terceiro olho fica no cérebro médio ou mesencéfalo (mais Yang) mais contraído. Se a área estiver saliente (qualquer protuberância) indica uma tendência para estar fora da própria mente, falta de senso e poderá ter a tendência a loucura. Testa muito oleosa ou húmida, indica bexiga sobrecarregada – urina frequentemente. Com vasossanguíneossaliente de corazulada – indicaque o hará está muito duro e contraído. As contrações dos intestinos expandem os vasos na testa. Ao pressionar o hará esta pessoa poderá ter dores, indica também que indiretamente existe uma tensão arterial alta. Olho O olho esquerdo mostra a influência do pai, o direito da mão. Quando usamos nossos olhos, usamosum para focar e outro para dar profundidade.Para saber qual usamos basta realizar o seguinte exercício: Estendaa mão a sua frente,comos olhosabertos,alinhe comum ponto na parede em frente, semmoveros braços,feche umolhoe depoisooutro, aquele que mostrarmaiormovimentoé o olho mais fraco. Cabelos Caspa significa que a pessoa come em demasia, principalmente proteínas, peixe, galinha ou outros alimentos animais. Além de reduzir estes alimentos deve ingerir bastante água.
  • 27. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 27 Conceitos da Terapia da Polaridade 1_ Para que qualquer energia se manifeste, para que qualquer forma exista, deve haver movimentos.OprincípiodaPolaridade estácontidonasleisde relação/oposição e representa o fluxo de energia em todas os fases/etapas da vida e dos acontecimentos Fase expansiva: nascimento e crescimento Fase contrativa: maturidade, meia idade, velhice e morte 2_ Os relacionamentos de energia na medicina chinesa são traduzidos como a interação do Yin/Yang, já na filosofia ayurvédica são chamados de “Gunas” 3_ A fonte de todasas energiaspela visão oriental é uma fonte neutra em sua origem. Ela é a própria fonte da vida e de todo ser consciente. Ela se desloca de campos mais sutis para a forma física mais densa 4_ Na filosofiataoistaestafonte primordial é descrita no Tao Te Ching em diversos capítulos: “O caminho que pode ser expresso não é o Caminho constante O nome que pode ser enunciado não é o Nome constante Sem-Nome é o princípio do céu e da terra Com-nome é a mãe de dez mil coisas...” (cap. 1) “O Caminho é o vazio E seu uso jamais o esgota É imensuravelmente profundo e amplo Como a raiz dos dez mil seres...” (cap. 4) “O céu é constante, a terra é duradoura O que permite a constância e a duração do céu e da terra É o não criar por si Por isso são constante e duradouros...” (cap. 7) “Há algo completamente entorpecido Anterior à criação do céu e da terra Quieto e ermo Independente e inalterável Move-se em círculos e não se exaure Pode-se considera-lo a Mãe sob o céu...” (cap. 25) “O Caminho gera o um O um gera o dois O dois gera o três O três gera os dez mil seres...” (cap. 42) “Sob o céu há um princípio Que age como mãe do mundo Já que existe a mãe Pode-se conhecer o filho Já que se conhece o filho Volte a preservar a mãe
  • 28. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 28 Assim, O fim do corpo não conduzirá à morte...” (cap. 52) 5_ Dentro dos estudos polares damos destaque ao padrão de interferência, que está relacionado a visão holográfica do ser, onde o macrocosmo esta contido no microcosmo, ou seja, em cada parte do todo o todo esta. O padrão de interferência vem de estudos de várias correntes de pensadores e entre eles se destaca contemporaneamente David Bohn, que desenvolveu seus estudos através da teoria dos dois aspectos: Explicito: manifesto, o mundo palpável e mensurável, aquele que pode ser percebido pelos sentidos – suas leis recebeu o nome de “Lei da Heteronomia”. Com fatores e campos perceptíveis apenas através dos fenômeno: Implícito: este domínio está contido no mundo explicito. São os relacionamentos sutis que mantem as coisas funcionando como um todo. Sua Lei é a de Holonomia. Atravésdeste estudopodemosentenderavisãopropagadapor Heinsenbergque aconsciência do cientistaestá intimamente ligada ao experimento, o observador é parte daquilo que esta sendo observado. Partindo destes princípios o Dr. Stone afirmou que o Princípio da Polaridade é uma das leis implícitas da holonomia. Tendo em sua raiz uma parte ou totalidade implícita que não pode ser vista a nivel explicito. O implícito esta contido no explicito e o explicito é a expressão parcial de um todo maior. Podemosconcluirque tudooque vemose sentimospossui dentrode si outrosfatoresque não são perceptíveis visualmente ou até mesmo dentro dos estudos mais aprofundados. 6_ Através destes estudos e outros pesquisados pelo Dr. Stone percebemos que a realidade não é linear mas que atua de forma circular, se inter-relacionando como as camadas de uma cebola.Estascamadas são individuaismasse relacionammutuamente,masacompreensão de cada camada só vai até as próximasque a circunda.Pode parecerque cada capa esta separada das outras,mas na verdade elasestão em permanente contato com todas e formam com isso o todo orgânico. 7_ Dentrodestascamadas o taoismonoscolocaque aquilo que transcende a cebola é a Fonte o Wu Chi da cebola.Asprimeirascamadasrepresentam o Tai I suas primeiras manifestações Yin/Yang, depois os cinco elementos e dai as manifestações. Quanto mais se aprofunda, se adensa, vai perdendo o contato com o implícito representado pelo além da cebola e fica mais preso na forma. 8_ Com isso podemos perceber que a informação do conjunto (Universo, criação, etc) esta contido no ser humano e em cada coisa que existe. 9_ Dentro da constituição do universo e do ser, as forças vão interagindoapartirda fonte.Com isso podemos perceber que a matéria esta unida a fonte, mas distante o suficiente para delaterapenas ideiade suaexistência. Ao se condensar gera- se um movimento retroalimentador de volta ao Universo e retorno a sua essência. Os chineses dão o nome a este Macrocosmo Centro Frontal Centro Éter Centro Ar Centro Fogo Centro Água Centro Terra Microcosmo Fonte Primária
  • 29. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 29 movimento do céu a terra e da terra ao céu de Troncos Celeste e Ramos Terrestres. 10_ Além dos estudos Taoistas o Dr. Stone também se utilizou do estudo da filosofia Ayurvédica das Gunas para criar a ideia da energia inalâmbrica do homem. As gunas são: Sattvas: Neste princípio esta a neutralidade, o espaço da quietude, representando o neutro da forma inerente da existência. É a quietude no interiorde cada movimento,oespaçoentre umpensamento e outro, entre uma palavra e outra, etc. Rajas: Corresponde afase Yang, positiva do movimento. O que impulsiona gerandoação, é a fase centrífuga,expansivadaenergia.O estímulo de toda ação ou experimento. O aspecto masculino, assertivo do nosso sistema de energia. Tamas: Corresponde a fase Yin, negativa do movimento, contrativa e centrípeda. É a compleição e a receptividade. O aspecto feminino a cristalização e a forma. 11_ A energia como vimos brota da Fonte Primária e atravessa varias fases de redução escalonada até se manifestar na esfera material noCentroFrontal,que recebe váriosnomes: terceiroolho, lugar da alma, os chineses lhe denominam Yin Tang ou Campo de Elixir Superior onde se origina o espírito. A partir deste centro a energiadecresce emintensidade para criar nosso corpo físico. Esta incorporação reflete a formação do Universo como um todo e estabelece o contexto para a criação do indivíduo. O indivíduo ou Microcosmoestá vivodentrodocontextodotodoou macrocosmo, retornando ao conceito que no ser explicito está contido o ser implícito em cada parte de sua formação. 12_ A primeiracristalização da energia no ser surge no Centro Frontal. Dele parte ondas de energia positiva e negativa que vão compor as correntes pulsantes chamadas: Pingala: positiva Ida: Negativa Estas correntesse expandemalcançandosuacomplementaçãoe,então passam por uma fase de contração, formando um novo centro neutro na altura do pescoço, o Centro Eter. Entre os dois centro surge um terceiro canal neutro fisicamente situado na coluna vertebral, chamado: Sushumna. Representando assim os gunas. Estestrês centroestãorelacionadoaoschakras,com seufluxopulsante.Conformeasreduções vão ocorrendode umcampo para outro, o campode consciênciavai se reduzindo,assimcomo a intensidade da energia. Em cada Chakra temos qualidade de energias diferentes, isto que constitui o que chamamos de Elementos. Os elementos são pontes que ligam o corpo e a mente, regendo toda atividade física, mental, emocional e espiritual. Nossa saúde depende deste relacionamento e a Terapia da Polaridade trabalha diretamente nestes relacionamentos.
  • 30. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 30 13_ O Dr. Stone organizou estas estruturas energéticas em campos elípticos, estes campos nascem dos chakras e os rodeiam, permitindo assim que atuem como suportes dos movimentos energéticos. O chakra da coroa não foi incluído pois segundo estudos feitos ele não é um centro de energia mas sim um centro potencial de conhecimento expansivo. Os outros seis chakras ele reuniu em cinco campos elípticos, juntando os dois primeiros chakras num mesmo campo pois eles apresentam vibrações e intensidades muito baixas. Os chakras recebem o nome por sua qualidade energética, já os campos elípticos se nomeia pela qualidade dominante da corrente que os atravessa. Chakra frontal  Centroda fronte  Elipse de fogo – por sua natureza fogosa relacionado ao intelecto e pensamentos Chakra laríngeo  Centro de éter  Elipse de éter Chakra do coração  Centro de ar  Elipse de ar Em ambos os casos suas corrente coincidem com a qualidade de seus centros. Chakra doplexo Centrode Fogo  Elipse de terra – devidoaoprocessamentoe movimento de alimentos e fezes nesta área. Chakra umbilical e Chakra básico  Centro de Água e Terra  Elipse de Água – devido sua qualidade de eliminaçãode líquidosresiduaise sexuais,alémde seu movimento descendente e centrifugo da área. 14_ Estescampose centrossão pulsaçõesenergéticas que emanam do centro para fora e da periferia para dentro.Existemváriospadrõesdestefluxode energia, o Dr. Stone se fixou em três: Corrente Este-oeste ou Transversal (neutra): relacionada a sattva, emana dos polos positivos e negativos (superior e inferior) da corrente neutra sushumna e traça uma espiral ao redor do corpo. Sua função é a de intercomunicação e aglutinamento. É um sistema de retroalimentação que comunica a periferia do sistema com seu núcleo. Relaciona-se também com o sistema nervoso parassimpático, o sistema predominante no estado meditativo. Corrente Espiral (positiva):é acorrente de fogo,estávinculadacoma qualidade de rajas de movimentoe expansão,elaemanadocentro de fogo (umbigo) e engloba todoo sistemaenergético,atuandonaenergiado movimento, calor e do coração. Rege a distribuição das energias vitais internas pelo corpo. Ligada ao sistema nervoso simpático, que é o predominante nos estado desperto e ativo Corrente de Linha Longa (negativa): são corrente que emanam de cada chakra individualmente,estãoligadasasqualidades de tamas de complementação. Suas várias linhas recebem as qualidades de seu centro, ou seja, água, fogo, etc. Elas emanamdoschakras e se expandemparafora verticalmente e depois contraem- se novamente em seu centro. Consiste em regular e monitorar a fisiologia do Chakra frontal / Centro Frontal Elipse de fogo Chakra laríngeo / Centro de éter Elipse de éter Chakra coração / Centro de ar Elipse de ar Chakra plexo / Centro de fogo Elipse de terra Chakra umbilical e básico / Centro água e terra Elipse de água
  • 31. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 31 corpo. O Dr. Stone disse que as correntes longas levam ao corpo as energia da mente e, portanto,regemo funcionamentodoscincosentidos.Estãoligadasaosistemanervosocentral e as correntes energéticas do ritmo cerebral. A terapia da polaridade trabalha para eliminar e equilibrar os bloqueios que afetam estas linhas e campos afim de conseguir a cura e autorregulação das esferas psíquicas e físicas. 15_ A energiase manifesta primeiramente no centro frontal, seu fluxo ou pulsação segue de cima para baixo e de dentro para fora (da coluna), ela é centrifuga, sai do núcleo e chega na forma material, criando uma integraçãocomo mundo.Em nossa constituiçãofísica é a formadora dos chakras. Mas esta energia deve regressar a fonte ouserá dissipada,estafase de regresso, centrípeda, ela sobe dos pés para cima e da periferia para o centro. Com isso temosuma pulsaçãogeral daenergiavital.Todonossosistema funcionadestaformaexpansão e contração. As três correntes de energias que vimos anteriormente nada mais são que pulsações e nãos sistemas que fluem por canais. 16_ Este movimento geral de energia por pulsações estabelece relações de polaridade em todo o corpo. A parte de cima é extremamente positiva. A parte inferior é extremamente negativa e densa, é onde a energia se liga a terra. O gráfico das zonas polares do Dr. Stone esboça os campos gerais da ação da energiano corpo. Estes movimentos geram zonas de polaridade relativasque formam o harmônico básico do corpo e as relações elementares da polaridade entre as correntes de energia. Este gráficomostra a harmoniageral.As pulsações seguindo sua ação positiva, neutra e negativa.
  • 32. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 32 17_ Nasmãos e péstemosa seguinte classicaçãopolar: Polegar  neutro  éter - Síntese Indicador  negativo  ár – Pensamento Médio  positivo  fogo - Espiritual Anular  neativo  água - Emocional Minimo  positivo  terra – Material 18_ O terapeutapode fazerusodessaszonasinter-relacionando-as.Umbloqueioemqualquer zona afetará a corrente de todas as demais zonas correspondentes. Assim um redução do fluxo de energia numa área positiva vai estabelecerrestriçãosimilarnasdemaisáreaspositivas.Opraticante pode entãoseguirestesbloqueiose desequilíbrios ao longo de suas zonas ressonantes e com isso ajudar a re0taurar o fluxo através das relações polares. 19_ Assim como a eletricidade precisa de um suporte para poder fluir (fios, água, etc.), no nosso caso estes suportes são os campos elípticos que surgem ao redor dos chakras. Este cinco campos referem-se as cinco cavidades de nosso corpo: Elipse de Fogo  cabeça – ligado ao centro dos olhos Elipse de Éter  pescoço – ligado ao centro do pescoço Elipse de Ar  tórax – ligado ao centro do coração Elipse de Terra  abdômen – ligado ao centro do umbigo Elipse de Água  pélvis – ligado ao centro pélvico 20_ Cadacentro possui qualidadesdiferentes,elevãose condensandoiniciando na cabeça em direção aos pés. Elipse de Fogo – é um campo rápido e vibrante, pois é o fogo da energia que esta se convertendo em forma, é o primeiro campo do momento da concepção e marca a fusão dos opostos. É o marco da vida é o fogo da inteligência e da claridade de visão interna. Elipse de Éter – Esta relacionada com o espaço e a comunicação Elipse de Ar – Relaciona-se com a respiração e os sentimentos profundos Elipse de Terra– guarda relaçãocom a força e o poder,temligaçãocom o uso que fazemos de nossa força, seja para a digestão ou para a ação. Elipse de Água – representa a tomada de terra, o fluxo e a conexão com o mundo material. 21_ A chave para trabalhar estes campos esta nas fáscias e nos tecidos conjuntivosdocorpo.A fáscia é um tecidoresistentee elástico(fásciadesigna uma membranade tecidoconjuntivofibrosode proteção) que liga,sustenta e integra as estruturas e funções do corpo, mantendo-os separados e permitindoque se relacionementre si.Elaé uma capa únicaque envolve todo corpo da ponta do dedo até o topo da cabeça. É por esta razão que um desequilíbrio de uma área pode ser transferido para outra área. Através destas mesmas relações podemos atuar no processo de cura. 22_ O Dr. Stone dizia:“tudoestanostecidosconjuntivos”.Nossospensamentos, sentimentos e processosfísicosse refletemnasfásciasde nossocorpoe estascondiçõesse manifestam em forma de tensão, limitações, restrições e enfermidades. Sem fluxo de energia a vida não se manifesta.
  • 33. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 33 23_ Os pontos de transição de um campo para outro são locais importantes no processo da polaridade Elipse de Fogo x Elipse de Éter – base do pescoço Elipse de Éter x Elipse de Ar – ligação nos ombros e pescoço Elipse de Ar x Elipse de Terra – diafragma Elipse de Terra x Elipse de Água – Parte superiordapélvis(ligamento de poupart) 24_ Oscinco camposelípticos são campos faciais ao mesmo tempo sensoriais e motores. São sensoriaisnamedida que estão relacionados com a tonicidade sensorial da parte anterior do corpo e permite a corrente de regresso da periferia para o chakra do centro é com ela que enfrentamosomundo,estáligadaaonossossentimentose é através dela que percebemos as coisasa nossa volta.Sãomotoresna medidaque permitemque outrasenergiasse movimente atravésdele,retornandoseumovimentoemdireçãoao mundo, ela está ligada a sustentação, a estrutura e ao movimento. Eles são muito sensíveis a nossos sentimentos e sustentam nossas funções emocionais e físicas. Estas transições são muito importantes. Quando a relação entre os campos sofrem um desequilíbrio as ligações entre eles se perturbam e em cada ponto de transição temos uma analogia física que lhe corresponde. Ex.:Uma perturbaçãono centrodo coração  O campoelíptico(fáscias) que o rodeia tenderá a contrair-se, os pontos de transição dos ombros e diafragma se ressentiram contraindo para proteger o coração. O diafragma irá restringir a respiração e puxara a fáscia pélvica para cima gerandotensãonasáreas púbicase sacra, o elemento fogo (elipse de terra) pode ser tomado pelaira contra a dor do coração, issoafetaráa fásciaabdominal principalmente noplexosolar, exercendomaiorpressãonodiafragma.Asfáscias seguintes reagem; os ombros se contraem, o tórax prostra-se,acabeça pesae a fásciacervical é afetada.Oprocessose alastra emdireção as membranas espinhais, o canal dural e para as membranas cranianas, resultando uma perturbação geral do corpo, originada pelo choque emocional e a contração energética. Este exemplo nos mostra que a forma segue a energia e que nossos pensamentos, sentimentos e estrutura material não são zonas incomunicáveis. 25_ A base do triangulo superior de energia interna é a força vital com seu polo posterior e superior na medula oblonga. A posição da cabeça reflete a tensão da energia vital e da gravidade. A base do triangulo inferior é a força vital com seu polo negativo. É uma mistura de água cósmicae energiaterrestre, aqual reage com a posição de gravidade do sacro. Cada elipse está polarizada sendo o polo superior (+), o médio ( ), e o polo inferior (-). O negativo ganha força e se converte em positivo para os centros inferiores a ele. 26_ Os chineses também se utilizavam destes padrões de energias, através dos meridianos e do que chamavam de Tan Tiens – ou campos de elixir – localizados no Centro Frontal, Centro de Ar e no Centro de Água ou generativo. Além dos meridianos eles trabalhavam nestes centros com a meditação e o Chi Kung.
  • 34. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 34 27_ Principiosdelinhasde energiaque correspondem ao corpo, baseado nos quatro elementos e na triade da função de formação do ser no útero. Estas linhas energéticas não podem ser vistas, fazem parte do que chamamos das correntes inalâmbricas do ser. 28_ O primeiro princípio é o elemento fogo, na área da cabeça e corresponde a Áries, a energia dos chifres do carneiro, em particular os olhos, como polo positivodomovimentode energia. O polo seguinte se localiza na parte superiordoabdômen e representa o princípio de fogo no plexo solar e gástrico;se utilizadadigestãoe assimilaçãoe correspondea Leão que é o reconstrutorda energiae daforça é o poloneutro.Opolonegativodo elementofogose localizanascoxas,representandosagitário,oarqueiro que voa como uma flecha. Este impulsiona o corpo para o movimento no espaço e na velocidade da energia. Portanto o fogo é o primeiro requisito.A naturezadainíciodo tecido do corpo no útero ao longo da notocorda. É a base do sistemanervosocérebro-espinal e o caminho da consciência ou poder anímico do ser, que se expressa pelo fluxo de energia mental, a sensação e o movimento individual. Dr. Byron Robinson chamou o plexo solar de segundo cérebro. É o centro das emoções, e do sistema nervoso autônomo. 29_ O próximotrianguloé oprincípiode ar, ossistemas respiratório e circulatório. Seu centro está em libra, a grande equilibradora, dada as funções das secreções internas e das glândulas endócrinas, as supra renais e da eliminação externadosrins.Constitui oequilíbrio entre os princípios de ar e água e estimula a ação do princípio de fogo. O peito contém esta função dual de respiração e oxigenação do fluxo sanguíneo. Em uma linha vertical para cima situa-se o polo positivo no peito – signo de gêmeos – representando os ombros. Uma linha traçada para baixo, situa o polo negativoemaquário,o regador, simbolizado pelos tornozelos na tríade inferior do corpo, expressão do movimento através do princípio de ar. Fisiologicamente é sabido a correlação dos tornozelos inchados com a disfunção renal. “Assim como acima, abaixo”, é a lei de cada elemento e sua função. 30_ O terceiro triangulo é o princípio de água e tem seu ponto neutro o signo de Câncer, o caranguejo, representado pelo peito e a circulação linfática em sua totalidade como também pelo princípio e função generativa. O polo positivo está representado pelo escorpião com sua picada mortal – nos órgão genitais. Está próximo ao prazer da vida e a dor da morte. O nascimento e a morte não são polos opostos mas sim parte de um mesmo processo. O extremo negativo são os pés, principalmente as plantas, signo de peixes, que relacionam o corpo com as correntes da terra. Sempre se notou os transtornos da saúde causados pelos pés molhados prejudicando o fluxo menstrual, causando congestão linfáticas, resfriados e sintomas na cabeça.
  • 35. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 35 31_ A tríade de terra tem seu ponto neutro em capricórnio, a cabra – os joelhos. Seu polo positivoé touro – o pescoço.Seupolonegativoé virgem–os intestinose o sistemadigestivo.De novo,temosaqui umaimportante correlaçãodas correntesenergéticasdoelementoterra.Noterrenodamente podemos usar como referência a bíblia falando de nucas rígidas de pessoas ajoelhadas em atitude de entrega, etc. Também se fala de “abrir as entranhas em compaixão aos nossos vizinhos”, etc. No terreno da fisiologia, a rigidez do pescoço, o torcicolo, a dor na nuca sempre estão associadas as disfunções intestinais e digestivas, se tratando de um reflexo do nervo pneumogástrico. 32_ Zonas polares do calcanhar As trinta e seis respirações Conte somente as expirações. Conte até completar trinta e seis expirações. Se perder a contagem, comece novamente. Entramos nomundocom uma expiração,para nos purificare esvaziar para,então, podermos receber. Nós não “fazemos” uma respiração, nós “recebemos” uma respiração. Este é o primeiro instrumento para relaxar o corpo e remover os bloqueios de energia. Com cada expiração, liberamos o estresse acumulado, a tensão física e o MEDO. Uma expiração profunda esvazia, e podemos então receber mais plenamente a inspiração seguinte e sua energia revitalizadora. (C) Tronco da Árvore Formar duplas, sentados no chão com as pernas cruzadas, de costas um para o outro em posição ereta sem rigidez, com os braços soltos ao longo do corpo, ficando as mãos de um dos parceiros apoiadas nas mãos do outro, fechando o círculo. Inicialmente se estabelece um balanço entre as costas dos dois,que ficamunidasusandoooutrocomo apoio. Depois deste ajuste, as cabeças também se apoiam uma na outra sem deixar que fiquem tortas. Fechar entãoos olhose começar a deixarque as sensações de aquecimento e de fluxo se pronunciem nas costas unidas.Otempode duração pode serem médiade 5’ e depoisosparessãoorientados para se afastarem bem lentamente, deitarem no chão soltando o corpo e permanecendo por um tempo de 5’ ou mais, para observar as sensações.
  • 36. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 36 Yoga da Polaridade Deite em decúbito ventral, apoiando a cabeça sobre as mãos. Separe as pernas para formar um “V” com uma abertura suficiente para sentir um estiramento nos quadris. Flexione as pernas formando um angulo reto com o solo. Agora cruze e separe as pernasemmovimentode tesoura durante 5’. Assegure-se que cada perna passe por cima da outra enquanto as cruza. Este exercício limpa os senos nasais. Tem um efeito dinâmico, criado pela estimulação do osso púbico que reflete o osso esfenoide que está situado na área dos senos. Estas três posições nos oferece uma melhor compreensão da corrente vital expressa na nossa forma postural. A primeira representa o relaxamento de nosso sistema motor. As mãos unidas atrás da cabeça, promove o equilíbrio motor positivo com as palmas neutras das mãos. Um leve estiramento relaxa os músculos espinhais. O segunda é uma boa postura para relaxar as ansiedades e as tensões emocionais. Cruzando os pés e as mãos em toques invertidos, equilibramosospolos neutros e negativos. Tem efeito calmante. A terceira ilustra uma posição neutra, que é adotada pelos sábios para penetrar profundamente nos mistérios da vida. Posição de cócoras, os polegares tocam as orelhas, os indicadores roçam os olhos, o médio sobre o nariz, o anular sobre a boca e o minimo queixo.
  • 37. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 37 Fique de cócoras braços estendidos por cima dos joelhos, coloque os pés separados uns 15 cm nos calcanhares e uns 30 cm nos dedos, esta distância varia de acordo com a pessoa, dependendo de sua flexibilidade. Balance suavemente para baixo e para cima, depois comece a balançar para frente e para trás, logo para um lado e para o outro.Comece a girar a pélvis em ambas as direções. Faça isso durante 2’. Agora sem exercer força alguma, envolva com seus braços o lado externo dos joelhos juntando-os, deixe a cabeça caída para frente, para estirara coluna e promovero relaxamento.Inale profundamente para tencionar o corpo. Exale o ar com um grunhido relaxando. Aumente mais a distancia dos pés (30 cm para os tornozelos e 60 para os dedos). Não faça força alguma. Coloque os braços entre os joelhos e os polegares junto ao nariz e a sobrancelhas de cada lado, a cabeça descansasobre ospolegares,empurre os braços para fora. Balance como nas outras posturas. Pratique este exercício por 3’. As posturas de cócoras ou agachado libera e equilibra a energia bloqueada na pélvis. Isto ajudará a eliminar gases e fezes e fortalecerá a absorção de oxigênio e ar. Esta postura também contribui para a calma mental e a paz de espírito. Fortalece a escápula e a espinha dorsal, quando se está fatigado, atua também na prevenção e tratamento dos problemas de próstata. Alivia cólicas e a TPM. (C) Paciente braçossoltos,posturaeretaporémdescontraída.Terapeuta atrás do paciente.Começandonosdois lados, sobre a cabeça do fêmur, ir subindopelas laterais até chegar a cintura contornando essa área até o centro das costas. Voltar sem interrupções pelo mesmo trajeto. A estimulação é feita com batidas energéticas e ritmadas com as mãos fechadas em forma de punho, numa sequência marcada e acelerada. O Dr. Sándorsugeria o preparo do paciente com trabalho mais simples ou vigoroso antes dos toques sutis serem usados. De forma geral a indicação dessas combinações é pertinente para aqueles casos em que observamos um certo enrijecimento muscular. Terapeutaempé ao ladodo paciente.Friccionarasmãos.Encostar uma das mãosbemde leve sobre a região do sacro, com os dedos dirigidos para baixo, juntos e sem tencionar. Colocar a outra mão é com as pontas dos dedostocandode leve aborda superiorda sínfise pubiana. Movimento fricção horizontal. O estímulo pode ser feito por 45” e repetido se necessário. Este trabalho mobiliza a consciência do osso púbico e do sacro. Sobre isto Gerda Alexander assim se expressa: “O fortalecimento da consciência do eu, obtido, mediante o desenvolvimento da consciência óssea e do relaxamento muscular, é uma preparação de grande valia para diminuir tensões emocionais profundas”
  • 38. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 38 Terapeutaajoelhadonochãona frente dopaciente.Fazerduaspinçascom os dedos indicador e polegar,encostadoaomesmotempoe permanecendo por 30” em média, com suave pressão, porém bem definida, nas duas depressõesaoladodarótulados joelhos.Otoque pode serrepetido. Este toque, além de favorecer a tomada de consciência da articulação dos joelhos, auxilia na mobilização de uma soltura de bloqueios nessa área. O toque interfere no eixo mecânico de sustentação do corpo. Terapeuta na frente do paciente. Os polegares vão tocar abaixo da rótula e os outros dedos acima e ao lado. O toque deve ser feito ao mesmo tempo nos dois joelhos com pressãosuficiente paradeterminarcomclarezaos pontos,tornando-os mais suaves no decorrer do trabalho. Permanecer com o toque por 45” a 1’ em média. Gerda Alexander, comenta sobre os pontos de apoio, refere-se ao fato de que podem ser mais duros ou brandos, mais passivos ou ativos nas várias posições que o corpo assume tanto na quietude como no movimento. Lembra a importância da leveza no movimento que vai se desenvolver pelo aprimoramento da consciência corporal. Terapeuta ao lado do abdômen do paciente. Calcular duas distâncias nas laterais do umbigo do paciente, com a polpa do dedoindicadorde ambas as mãos, aproximar os dedos e aplicar simultaneamente um impacto rápido. Repetir o impacto mais uma ou duas vezes, dependendo do grau de resistência e sensibilidade da pessoa que recebe o toque. Fazer “toque asas de borboleta” tamborilando levemente com a polpa dos dedosindicadore mediano,contornandoenvolta do umbigo sendo o 1o circulo menor, o 2o médio e o 3o grande. Começar agora a desenhar círculos sobre a pele com levíssimo contato, esfregando bem rápido o dedo polegar contra o indicador e mediano, com a ideia de espalharouesfarinharumaçúcar. Fazernovos círculos no ar, a partir desse primeiro,formandoumtuboimagináriocomose fosse umcordãoumbilical sobre o umbigo. Ir circulando e afastando aos poucos até alcançar em médiauma distância de 50 cm. Terminar então com um movimento de fio ainda farfalhando e que continua para cima. Trabalhar agora com sopro mornoemitidocomjatoconsistente de uma distância de 15 cm em média. O jato vai delineando um círculo ao redor do umbigo, correspondente a uma expiração completa. Para inspirar, afastar o rosto e ao expirar emitir novo sopro prolongado e morno, percorrendo o mesmo trajeto. Repetir mais uma 3a vez. Este estímulo costuma ter uma repercussão muito profunda, não só causando a desmontagemde uma postura organizada, mas mobilizando também vivências regressivas. Os toques sutis na região próxima do umbigo mobilizam o vir-à-tona de memórias regressivas ou de vivências relacionadas com as raízes da vida. O desejo de procriação é um reflexo, uma compensação exterior do que se deseja realizar no interior. A grandeza do ser, sua verdadeiraliberdade,consistena possibilidadedetrabalho nelemesmo diferentes planos
  • 39. Bioenergética Aplicada a Massoterapia e a Medicina Clássica Chinesa Paulo Roberto de Castro Página 39 de consciência, se torna o executor de sua própria germinação Trabalhar cada articulação dos dedos dos pés, primeiro atuando em todas as mais próximas até por último as articulações da ponta dos dedos. Os toques são feitos com o polegar e o indicador formando um arco suave, como uma pinça. Aplicar pequenos giros deslocando ligeiramente a pele. Harmoniza a cadência respiratória, trazendo uma sensação de alívio, de leveza e melhora a disposição e o ânimo. Isto se deve segundo o Dr. Sándor, aos estímulos monótonos que produz descontração muscular, e comutações vasomotoras. Paciente deitado com os braços para cima sem esticar o ângulo dos cotovelos, com as palmas das mãos em “posição de repouso invertida”. Olhos fechados. A ponta de todos os dedos de ambas as mãos vão ser tocadas,simultaneamente, com pressão muito suave. A região da raiz das unhas vai ser tocada pelo dedo polegar do terapeuta. A região da polpa, deverá ser tocada pelo dedo correspondente do terapeuta. Tempo de duração de cada toque será de 1’ a 3’. O terapeuta ficará sentado em frente as mãos do paciente. 1o Toque nos medianos. 2o Toque nos indicadores 3o Toque nos anulares 4o Toque nos mínimos 5o Toque nos polegares. Neste toque deve-se usar os 5 dedos de cada mão, formando uma espécie de cápsula. 6o Toque - com os 4 dedos de cada mão exceto o polegar. - Na base dos dedos do paciente sobre as articulações mais próximas. 7o Toque – idem – Tocar um pouco mais para dentro, no início da parte mais profunda do côncavo das mãos. 8o Toque as mãos do terapeuta com os dedos ligeiramente esticados vão servir de apoio para os pulsosdopaciente,que ficarãoligeiramente levantados todo tempo. 9o Toque colocar as mãos sobre os pulsos do paciente,comos dedos tocando parte do antebraço.