SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Copyright 2002 Bibliomed, Inc..
www.bibliomed.com.br
O que são HIV
e AIDS?
Você sabe a diferença?
2
www.bibliomed.com.br
HIV significa….
H = Human
I = Immunodeficiency
V = Virus
Ou seja, Vírus da Imunodeficiência
Humana
3
www.bibliomed.com.br
A.I.D.S. significa ….
A = Acquired
I = Immune
D = Deficiency
S = Syndrome
Ou seja, Síndrome da
Imunodeficiência Adquirida
4
www.bibliomed.com.br
HIV AIDS
AIDS não é o mesmo que HIV!
O HIV causa a AIDS!
≠
5
www.bibliomed.com.br
Estatísticas da AIDS / HIV
• 40 milhões de pessoas no mundo tem AIDS
• 5.400.000 NOVOS casos ocorreram em todo o mundo
apenas em 1999!
• 3 milhões de pessoas morrem anualmente
• 600.000 pessoas são portadoras do vírus no Brasil
• Cada vez mais jovens e mulheres tem a doença
6
www.bibliomed.com.br
Como o HIV causa a AIDS?
Imunossupressão
Ela destroi os mecanismos de defesa do corpo
permitindo que outras infecções invadam o
corpo
7
www.bibliomed.com.br
Sinais e Sintomas Iniciais da
AIDS
Febre (que pode durar de poucos dias a mais de um mês)
Aumento dos gânglios linfáticos
Dor de garganta
Problemas virais crônicos de pele (como herpes)
Dor muscular e articular crônica
Diarréia de longa duração (mais de um mês)
Dor de cabeça
Náuseas e vômitos
Perda de apetite e de peso
Aumento do fígado e do baço
8
www.bibliomed.com.br
Sinais e Sintomas quando a
doença já progrediu
Tumores
Sarcoma de Kaposi; Linfomas
Infecções Oportunísticas
Infecções pulmonares por bactérias pouco
comuns
Alterações neurológicas e do Comportamento
Depressão, distúrbios do comportamento,
demência
9
www.bibliomed.com.br
Como se pega o HIV?
 Contato sexual não protegido – Homens e mulheres podem transmitir o
vírus através do sêmen, secreções vaginais, e sangue; certas práticas
como as relações anais com lesão no reto, e as relações com
numerosos parceiros são associadas com um alto risco de adquirir a
AIDS.
 Seringas e agulhas contaminadas (usadas por muitas pessoas sem
cuidados de esterilização)
 Tatuagens e body piercing (caso ocorra o uso comum de material não
esterilizado)
 Transmissão da mãe para o bebê (tanto pela placenta como pela
amamentação, à partir de mãe HIV+)
 Sangue – transfusões de sangue contaminado (muito raras atualmente);
contaminação acidental em ferimentos ao manusear sangue contaminado
10
www.bibliomed.com.br
Como NÃO se pega o HIV?
Pelo ar, suor, saliva, urina ou lágrimas
Tocando e abraçando
Mordidas de animais ou picadas de insetos
Doando sangue
Usando o mesmo banheiro que alguém com
HIV/AIDS
Sendo amigo de alguém com HIV/AIDS
11
www.bibliomed.com.br
Quem faz parte do “Grupo de Risco”?
Homens bissexuais e seus parceiros (homens e
mulheres)
Homossexuais masculinos
Usuários de drogas intravenosas e seus
parceiros sexuais
Pessoas que compartilham agulhas (drogas IV,
tatuagens, body piercing)
Homens e mulheres heterossexuais com mais
de um parceiro
12
www.bibliomed.com.br
E ainda ...
Pessoas que receberam transfusões de sangue em
locais onde o sangue não é testado adequadamente
Pacientes cirúrgicos, com doenças da coagulação, ou
que vão receber transfusões maciças de sangue ou
de seus derivados
Imigrantes de áreas endêmicas
Pessoas que tiveram contato sexual ou que trocam
agulhas/seringas com qualquer pessoa dos grupos
acima
Bebês filhos de mães positivas para o HIV
13
www.bibliomed.com.br
Como posso me proteger?
Evite relações sexuais com pessoas do grupo de
risco
Se você for fazer sexo, use camisinha e faça um
exame para HIV
Não toque no sangue de outra pessoa sem
proteção; se não souber como agir em um caso
de acidente, peça ajuda especializada
Álcool e Drogas: levam as pessoas a se
descuidarem e tornam o comportamento sexual das
pessoas menos cuidadoso
14
www.bibliomed.com.br
Sobre as relações sexuais ...
EVITE relações por via vaginal e anal, à não
ser que esteja usando camisinha
EVITE sexo oral sem o uso de camisinha (o
sêmen de uma pessoa infectada pode
contaminar um parceiro com uma lesão na
mucosa da boca)
EVITE sexo oro-anal
EVITE o contato do sêmen ou do sangue com
lesões em qualquer parte do corpo ou nos
olhos
15
www.bibliomed.com.br
Outros cuidados de prevenção
Não seja doador de sangue ou de órgãos se existe
QUALQUER chance de que você esteja com o vírus
Não compartilhe/reutilize seringas ou agulhas
Não compartilhe barbeadores, escovas de dentes, ou
qualquer objeto que possa ter sido contaminado
Se você for HIV positivo, INFORME o seu estado para
médicos, dentistas, enfermeiros, ou qualquer pessoa
que possa ter contato com seu sangue ou secreções
16
www.bibliomed.com.br
E mais alguns cuidados ...
Trabalhadores de saúde devem usar luvas, aventais e óculos ao
trabalhar em contato com sangue (principalmente nas emergências)
para sua própria proteção e a dos pacientes
E caso venham a se ferir (ferimento com agulha, por exemplo) – a
possibilidade de transmissão do vírus é muito pequena, e além disso,
medicamentos podem proteger você da contaminação –
PROCURE AJUDA EM SEU HOSPITAL
Discuta uma gravidez com seu médico – a transmissão do HIV para o
bebê pode ser freqüentemente evitada
Mantenha um estilo de vida SAUDÁVEL – mesmo que você acabe por
contrair o HIV, a chance de desenvolver a AIDS será menor
17
www.bibliomed.com.br
Uso da Camisinha
 Use um preservativo todas as vezes que tiver uma relação sexual, ou que haja
algum tipo envolvimento com o pênis do parceiro
 Coloque a camisinha com o pênis ereto antes do contato íntimo
 Comece a inserção desde a ponta do pênis e insira até a base
 Deixe um espaço vazio sem ar na ponta da camisinha para coletar o sêmen (o
ar na ponta do preservativo dede ser removido antes da relação)
 Não use lubrificantes à base de óleo mineral ou vegetal ou de petróleo – podem
danificar o preservativo.
 Após a ejaculação, remova o pênis e retire o preservativo cuidadosamente,
para não espalhar o sêmen.
 Use o preservativo apenas uma vez
 Se achar que a camisinha esteja danificada, ou sua coloração ou a textura
esteja modificadas, NÃO A USE.
 Geléias espermicidas podem ser usadas com uma camisinha e diminuem ainda
mais a chance de transmissão do vírus
18
www.bibliomed.com.br
Fazendo o exame para HIV …
CONFIDENCIAL
Os laboratórios tem uma política de
confidencialidade sobre os exames de HIV, e
encaminham o resultado diretamente ao seu
médico
RESULTADO
Um exame negativo significa que você não se
infectou de 2 a seis meses antes do exame
19
www.bibliomed.com.br
Pessoas de grupos chamados “de risco”
Em casos de ter havido comportamento sexual de risco
(mesmo que ocasional)
Em casos de gravidez (atual ou futura)
Em casos de acidentes profissionais (trabalhadores da
área de saúde)
Quem deve fazer o exame ?
20
www.bibliomed.com.br
E se o teste for positivo?
Se o seu primeiro exame for positivo, o
laboratório irá realizar outro tipo de
teste para confirmar (ou não) o primeiro
Sempre siga os conselhos de seu médico
até que o resultado final saia
21
www.bibliomed.com.br
E se você for HIV +...
Tome todas as precauções possíveis para evitar a
disseminação da doença – lembre-se que a AIDS
está aumentando cada vez mais, e pessoas queridas
a você podem se contaminar no futuro
As novas drogas podem diminuir muito o vírus no
sangue, e assim você poderá se sentir bem e ter
uma vida praticamente normal – mas não se sinta
tão seguro a ponto de se descuidar em seu
comportamento – VOCÊ PODERÁ ACABAR
CONTAMINANDO UMA OUTRA PESSOA
22
www.bibliomed.com.br
Cuidados e Respeito
As pessoas portadoras do HIV/AIDS são pessoas
comuns como todos nós
Portanto, merecem todo o nosso apoio e respeito como
seres humanos que são
Nunca discrimine alguém porque tem HIV/AIDS: muitos
dos doentes ou portadores receberam o vírus de suas
mães ou de uma transfusão de sangue
23
www.bibliomed.com.br
Lembrete Final
Você pode (na maioria das vezes) EVITAR se tornar
um portador do HIV ou um doente com AIDS
Se você for um portador, poderá evitar a transmissão
do vírus a outras pessoas
Seja compreensivo com quem é portador
do HIV e, se puder, AJUDE !!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Infecções Sexualmente Transmissíveis
Infecções Sexualmente TransmissíveisInfecções Sexualmente Transmissíveis
Infecções Sexualmente Transmissíveis
eborges
 
Vale a pena LER de novo...
Vale a pena LER de novo...Vale a pena LER de novo...
Vale a pena LER de novo...
ISI Engenharia
 
Doenças sexualmente transmissíveis (dst’s)
Doenças sexualmente  transmissíveis (dst’s)Doenças sexualmente  transmissíveis (dst’s)
Doenças sexualmente transmissíveis (dst’s)
Bio Sem Limites
 
Prevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de Acao
Prevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de AcaoPrevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de Acao
Prevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de Acao
Alexandre Naime Barbosa
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
lipe98
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
Edvaldo S. Júnior
 
Aula 01 dst
Aula 01  dstAula 01  dst
Aula 01 dst
Alinebrauna Brauna
 
Ists
IstsIsts
Ist 01
Ist 01Ist 01
IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
António Matias
 
Dezembro Vermelho
Dezembro VermelhoDezembro Vermelho
Dezembro Vermelho
Iniciativa Mais Cidadão
 
Doenças causadas por virus
Doenças  causadas por virusDoenças  causadas por virus
Doenças causadas por virus
Adrianne Mendonça
 
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente TransmissívesDST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
Pibid Biologia Cejad
 
Hiv
Hiv Hiv
Hiv
Vy Oly
 
Apresentação dst
Apresentação dstApresentação dst
Apresentação dst
Robson Peixoto
 
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa GobbiDoenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Eduarda Gobbi
 
HIV/Aids - Abordagem para o aluno de Enfermagem
HIV/Aids - Abordagem para o aluno de EnfermagemHIV/Aids - Abordagem para o aluno de Enfermagem
HIV/Aids - Abordagem para o aluno de Enfermagem
Alexandre Naime Barbosa
 
Doenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sidaDoenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sida
Ricardo Pais
 
Dst/aids SIPAT (oficial)
Dst/aids SIPAT (oficial)Dst/aids SIPAT (oficial)
Dst/aids SIPAT (oficial)
Claudio Cesar Pontes ن
 
Surto, Epidemia, Pandemia e Endemia
Surto, Epidemia, Pandemia e EndemiaSurto, Epidemia, Pandemia e Endemia
Surto, Epidemia, Pandemia e Endemia
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 

Mais procurados (20)

Infecções Sexualmente Transmissíveis
Infecções Sexualmente TransmissíveisInfecções Sexualmente Transmissíveis
Infecções Sexualmente Transmissíveis
 
Vale a pena LER de novo...
Vale a pena LER de novo...Vale a pena LER de novo...
Vale a pena LER de novo...
 
Doenças sexualmente transmissíveis (dst’s)
Doenças sexualmente  transmissíveis (dst’s)Doenças sexualmente  transmissíveis (dst’s)
Doenças sexualmente transmissíveis (dst’s)
 
Prevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de Acao
Prevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de AcaoPrevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de Acao
Prevencao do HIV e Outras ISTs Identificando as Oportunidades de Acao
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 
Aula 01 dst
Aula 01  dstAula 01  dst
Aula 01 dst
 
Ists
IstsIsts
Ists
 
Ist 01
Ist 01Ist 01
Ist 01
 
IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
 
Dezembro Vermelho
Dezembro VermelhoDezembro Vermelho
Dezembro Vermelho
 
Doenças causadas por virus
Doenças  causadas por virusDoenças  causadas por virus
Doenças causadas por virus
 
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente TransmissívesDST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
 
Hiv
Hiv Hiv
Hiv
 
Apresentação dst
Apresentação dstApresentação dst
Apresentação dst
 
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa GobbiDoenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
 
HIV/Aids - Abordagem para o aluno de Enfermagem
HIV/Aids - Abordagem para o aluno de EnfermagemHIV/Aids - Abordagem para o aluno de Enfermagem
HIV/Aids - Abordagem para o aluno de Enfermagem
 
Doenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sidaDoenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sida
 
Dst/aids SIPAT (oficial)
Dst/aids SIPAT (oficial)Dst/aids SIPAT (oficial)
Dst/aids SIPAT (oficial)
 
Surto, Epidemia, Pandemia e Endemia
Surto, Epidemia, Pandemia e EndemiaSurto, Epidemia, Pandemia e Endemia
Surto, Epidemia, Pandemia e Endemia
 

Destaque

HIV - AIDS
HIV - AIDSHIV - AIDS
HIV - AIDS
hivbiomedicina
 
Aids
AidsAids
Aids
Aids Aids
Aids[1]
Aids[1]Aids[1]
AIDS
AIDSAIDS
HIV
HIVHIV
Herpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hivHerpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hiv
Estephane ingrid Souza Pessoa
 
Transmissão do HIV e sintomas da AIDS
Transmissão do HIV e sintomas da AIDSTransmissão do HIV e sintomas da AIDS
Transmissão do HIV e sintomas da AIDS
Clécio Bubela
 
Aids.2
Aids.2Aids.2
Condiloma
CondilomaCondiloma
Condiloma
blessedjah
 
Aids
AidsAids
Estigmatização
EstigmatizaçãoEstigmatização
Estigmatização
Bianca Wild
 
HIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em Mocambique
HIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em MocambiqueHIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em Mocambique
HIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em Mocambique
Edelmiro De Jesus Platão
 
Virus
VirusVirus
ESTIGMA O QUE É
ESTIGMA O QUE ÉESTIGMA O QUE É
ESTIGMA O QUE É
José Dantas
 
Aids na gravidez
Aids na gravidezAids na gravidez
Aids na gravidez
Juliermeson Morais
 
Condiloma Acuminado
Condiloma AcuminadoCondiloma Acuminado
Condiloma Acuminado
João Pedro Carvalho Garcia
 
Hiv Na GestaçãO E No Rn
Hiv Na GestaçãO E No RnHiv Na GestaçãO E No Rn
Hiv Na GestaçãO E No Rn
alecfcms
 
CONDILOMAS ACUMINADOS
CONDILOMAS ACUMINADOSCONDILOMAS ACUMINADOS
CONDILOMAS ACUMINADOS
mmc130
 
Teoría cognitiva
Teoría cognitivaTeoría cognitiva
Teoría cognitiva
Patricia Gagliardi
 

Destaque (20)

HIV - AIDS
HIV - AIDSHIV - AIDS
HIV - AIDS
 
Aids
AidsAids
Aids
 
Aids
Aids Aids
Aids
 
Aids[1]
Aids[1]Aids[1]
Aids[1]
 
AIDS
AIDSAIDS
AIDS
 
HIV
HIVHIV
HIV
 
Herpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hivHerpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hiv
 
Transmissão do HIV e sintomas da AIDS
Transmissão do HIV e sintomas da AIDSTransmissão do HIV e sintomas da AIDS
Transmissão do HIV e sintomas da AIDS
 
Aids.2
Aids.2Aids.2
Aids.2
 
Condiloma
CondilomaCondiloma
Condiloma
 
Aids
AidsAids
Aids
 
Estigmatização
EstigmatizaçãoEstigmatização
Estigmatização
 
HIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em Mocambique
HIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em MocambiqueHIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em Mocambique
HIV/SIDA & Desenvolvimento Rural em Mocambique
 
Virus
VirusVirus
Virus
 
ESTIGMA O QUE É
ESTIGMA O QUE ÉESTIGMA O QUE É
ESTIGMA O QUE É
 
Aids na gravidez
Aids na gravidezAids na gravidez
Aids na gravidez
 
Condiloma Acuminado
Condiloma AcuminadoCondiloma Acuminado
Condiloma Acuminado
 
Hiv Na GestaçãO E No Rn
Hiv Na GestaçãO E No RnHiv Na GestaçãO E No Rn
Hiv Na GestaçãO E No Rn
 
CONDILOMAS ACUMINADOS
CONDILOMAS ACUMINADOSCONDILOMAS ACUMINADOS
CONDILOMAS ACUMINADOS
 
Teoría cognitiva
Teoría cognitivaTeoría cognitiva
Teoría cognitiva
 

Semelhante a Aids

Abcdaids -spe
Abcdaids  -speAbcdaids  -spe
Abcdaids -spe
Patrícia Brasil
 
Abcd aids -
Abcd   aids -Abcd   aids -
Abcd aids -
Nilton Goulart
 
Abc da aids apresentação power point
Abc da aids   apresentação power pointAbc da aids   apresentação power point
Abc da aids apresentação power point
Nilton Goulart
 
Abcd aids
Abcd   aidsAbcd   aids
Abcd aids
Nilton Goulart
 
Abc da aids
Abc da aidsAbc da aids
Abcdaids
AbcdaidsAbcdaids
Abcdaids
Damisa
 
Sidahiv
SidahivSidahiv
Sidahiv
Pelo Siro
 
Sidahiv
SidahivSidahiv
Sidahiv
Pelo Siro
 
Aids (1)
Aids (1)Aids (1)
Aids (1)
Marco Ramon
 
Abc da aids
Abc da aidsAbc da aids
Abc da aids
FrancinnyBzerra
 
ABCDAIDS
ABCDAIDSABCDAIDS
ABCDAIDS
xandaobyte
 
Abcaids(1)
Abcaids(1)Abcaids(1)
Abcaids(1)
Herliane Barbosa
 
Sidahiv
SidahivSidahiv
Vih Sida
Vih SidaVih Sida
Vih Sida
Alfredo Garcia
 
Vih Sida
Vih SidaVih Sida
Vih Sida
Alfredo Garcia
 
Aids
AidsAids
Apresentacao dst aids
Apresentacao dst aidsApresentacao dst aids
Apresentacao dst aids
AlessandraAndrade
 
Sida
SidaSida
Dst
DstDst
Resultados questionários
Resultados questionáriosResultados questionários
Resultados questionários
Miguel Boullosa
 

Semelhante a Aids (20)

Abcdaids -spe
Abcdaids  -speAbcdaids  -spe
Abcdaids -spe
 
Abcd aids -
Abcd   aids -Abcd   aids -
Abcd aids -
 
Abc da aids apresentação power point
Abc da aids   apresentação power pointAbc da aids   apresentação power point
Abc da aids apresentação power point
 
Abcd aids
Abcd   aidsAbcd   aids
Abcd aids
 
Abc da aids
Abc da aidsAbc da aids
Abc da aids
 
Abcdaids
AbcdaidsAbcdaids
Abcdaids
 
Sidahiv
SidahivSidahiv
Sidahiv
 
Sidahiv
SidahivSidahiv
Sidahiv
 
Aids (1)
Aids (1)Aids (1)
Aids (1)
 
Abc da aids
Abc da aidsAbc da aids
Abc da aids
 
ABCDAIDS
ABCDAIDSABCDAIDS
ABCDAIDS
 
Abcaids(1)
Abcaids(1)Abcaids(1)
Abcaids(1)
 
Sidahiv
SidahivSidahiv
Sidahiv
 
Vih Sida
Vih SidaVih Sida
Vih Sida
 
Vih Sida
Vih SidaVih Sida
Vih Sida
 
Aids
AidsAids
Aids
 
Apresentacao dst aids
Apresentacao dst aidsApresentacao dst aids
Apresentacao dst aids
 
Sida
SidaSida
Sida
 
Dst
DstDst
Dst
 
Resultados questionários
Resultados questionáriosResultados questionários
Resultados questionários
 

Mais de Bruno Monteiro

Ficha de epi (campus itaquera)
Ficha de epi (campus itaquera)Ficha de epi (campus itaquera)
Ficha de epi (campus itaquera)
Bruno Monteiro
 
Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)
Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)
Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)
Bruno Monteiro
 
Controle de acesso cabines primárias
Controle de acesso   cabines primáriasControle de acesso   cabines primárias
Controle de acesso cabines primárias
Bruno Monteiro
 
Rcp
RcpRcp
Rtp 01 medidas de proteção (trabalho em altura)
Rtp 01   medidas de proteção (trabalho em altura)Rtp 01   medidas de proteção (trabalho em altura)
Rtp 01 medidas de proteção (trabalho em altura)
Bruno Monteiro
 
Caldeiras e-vasos-de-pressao
Caldeiras e-vasos-de-pressaoCaldeiras e-vasos-de-pressao
Caldeiras e-vasos-de-pressao
Bruno Monteiro
 
Manual analise agua_2ed
Manual analise agua_2edManual analise agua_2ed
Manual analise agua_2ed
Bruno Monteiro
 

Mais de Bruno Monteiro (7)

Ficha de epi (campus itaquera)
Ficha de epi (campus itaquera)Ficha de epi (campus itaquera)
Ficha de epi (campus itaquera)
 
Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)
Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)
Tabela a-sugestao-secovi sinduscon-para-r6-em-30-(5)
 
Controle de acesso cabines primárias
Controle de acesso   cabines primáriasControle de acesso   cabines primárias
Controle de acesso cabines primárias
 
Rcp
RcpRcp
Rcp
 
Rtp 01 medidas de proteção (trabalho em altura)
Rtp 01   medidas de proteção (trabalho em altura)Rtp 01   medidas de proteção (trabalho em altura)
Rtp 01 medidas de proteção (trabalho em altura)
 
Caldeiras e-vasos-de-pressao
Caldeiras e-vasos-de-pressaoCaldeiras e-vasos-de-pressao
Caldeiras e-vasos-de-pressao
 
Manual analise agua_2ed
Manual analise agua_2edManual analise agua_2ed
Manual analise agua_2ed
 

Aids

  • 1. 1 Copyright 2002 Bibliomed, Inc.. www.bibliomed.com.br O que são HIV e AIDS? Você sabe a diferença?
  • 2. 2 www.bibliomed.com.br HIV significa…. H = Human I = Immunodeficiency V = Virus Ou seja, Vírus da Imunodeficiência Humana
  • 3. 3 www.bibliomed.com.br A.I.D.S. significa …. A = Acquired I = Immune D = Deficiency S = Syndrome Ou seja, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida
  • 4. 4 www.bibliomed.com.br HIV AIDS AIDS não é o mesmo que HIV! O HIV causa a AIDS! ≠
  • 5. 5 www.bibliomed.com.br Estatísticas da AIDS / HIV • 40 milhões de pessoas no mundo tem AIDS • 5.400.000 NOVOS casos ocorreram em todo o mundo apenas em 1999! • 3 milhões de pessoas morrem anualmente • 600.000 pessoas são portadoras do vírus no Brasil • Cada vez mais jovens e mulheres tem a doença
  • 6. 6 www.bibliomed.com.br Como o HIV causa a AIDS? Imunossupressão Ela destroi os mecanismos de defesa do corpo permitindo que outras infecções invadam o corpo
  • 7. 7 www.bibliomed.com.br Sinais e Sintomas Iniciais da AIDS Febre (que pode durar de poucos dias a mais de um mês) Aumento dos gânglios linfáticos Dor de garganta Problemas virais crônicos de pele (como herpes) Dor muscular e articular crônica Diarréia de longa duração (mais de um mês) Dor de cabeça Náuseas e vômitos Perda de apetite e de peso Aumento do fígado e do baço
  • 8. 8 www.bibliomed.com.br Sinais e Sintomas quando a doença já progrediu Tumores Sarcoma de Kaposi; Linfomas Infecções Oportunísticas Infecções pulmonares por bactérias pouco comuns Alterações neurológicas e do Comportamento Depressão, distúrbios do comportamento, demência
  • 9. 9 www.bibliomed.com.br Como se pega o HIV?  Contato sexual não protegido – Homens e mulheres podem transmitir o vírus através do sêmen, secreções vaginais, e sangue; certas práticas como as relações anais com lesão no reto, e as relações com numerosos parceiros são associadas com um alto risco de adquirir a AIDS.  Seringas e agulhas contaminadas (usadas por muitas pessoas sem cuidados de esterilização)  Tatuagens e body piercing (caso ocorra o uso comum de material não esterilizado)  Transmissão da mãe para o bebê (tanto pela placenta como pela amamentação, à partir de mãe HIV+)  Sangue – transfusões de sangue contaminado (muito raras atualmente); contaminação acidental em ferimentos ao manusear sangue contaminado
  • 10. 10 www.bibliomed.com.br Como NÃO se pega o HIV? Pelo ar, suor, saliva, urina ou lágrimas Tocando e abraçando Mordidas de animais ou picadas de insetos Doando sangue Usando o mesmo banheiro que alguém com HIV/AIDS Sendo amigo de alguém com HIV/AIDS
  • 11. 11 www.bibliomed.com.br Quem faz parte do “Grupo de Risco”? Homens bissexuais e seus parceiros (homens e mulheres) Homossexuais masculinos Usuários de drogas intravenosas e seus parceiros sexuais Pessoas que compartilham agulhas (drogas IV, tatuagens, body piercing) Homens e mulheres heterossexuais com mais de um parceiro
  • 12. 12 www.bibliomed.com.br E ainda ... Pessoas que receberam transfusões de sangue em locais onde o sangue não é testado adequadamente Pacientes cirúrgicos, com doenças da coagulação, ou que vão receber transfusões maciças de sangue ou de seus derivados Imigrantes de áreas endêmicas Pessoas que tiveram contato sexual ou que trocam agulhas/seringas com qualquer pessoa dos grupos acima Bebês filhos de mães positivas para o HIV
  • 13. 13 www.bibliomed.com.br Como posso me proteger? Evite relações sexuais com pessoas do grupo de risco Se você for fazer sexo, use camisinha e faça um exame para HIV Não toque no sangue de outra pessoa sem proteção; se não souber como agir em um caso de acidente, peça ajuda especializada Álcool e Drogas: levam as pessoas a se descuidarem e tornam o comportamento sexual das pessoas menos cuidadoso
  • 14. 14 www.bibliomed.com.br Sobre as relações sexuais ... EVITE relações por via vaginal e anal, à não ser que esteja usando camisinha EVITE sexo oral sem o uso de camisinha (o sêmen de uma pessoa infectada pode contaminar um parceiro com uma lesão na mucosa da boca) EVITE sexo oro-anal EVITE o contato do sêmen ou do sangue com lesões em qualquer parte do corpo ou nos olhos
  • 15. 15 www.bibliomed.com.br Outros cuidados de prevenção Não seja doador de sangue ou de órgãos se existe QUALQUER chance de que você esteja com o vírus Não compartilhe/reutilize seringas ou agulhas Não compartilhe barbeadores, escovas de dentes, ou qualquer objeto que possa ter sido contaminado Se você for HIV positivo, INFORME o seu estado para médicos, dentistas, enfermeiros, ou qualquer pessoa que possa ter contato com seu sangue ou secreções
  • 16. 16 www.bibliomed.com.br E mais alguns cuidados ... Trabalhadores de saúde devem usar luvas, aventais e óculos ao trabalhar em contato com sangue (principalmente nas emergências) para sua própria proteção e a dos pacientes E caso venham a se ferir (ferimento com agulha, por exemplo) – a possibilidade de transmissão do vírus é muito pequena, e além disso, medicamentos podem proteger você da contaminação – PROCURE AJUDA EM SEU HOSPITAL Discuta uma gravidez com seu médico – a transmissão do HIV para o bebê pode ser freqüentemente evitada Mantenha um estilo de vida SAUDÁVEL – mesmo que você acabe por contrair o HIV, a chance de desenvolver a AIDS será menor
  • 17. 17 www.bibliomed.com.br Uso da Camisinha  Use um preservativo todas as vezes que tiver uma relação sexual, ou que haja algum tipo envolvimento com o pênis do parceiro  Coloque a camisinha com o pênis ereto antes do contato íntimo  Comece a inserção desde a ponta do pênis e insira até a base  Deixe um espaço vazio sem ar na ponta da camisinha para coletar o sêmen (o ar na ponta do preservativo dede ser removido antes da relação)  Não use lubrificantes à base de óleo mineral ou vegetal ou de petróleo – podem danificar o preservativo.  Após a ejaculação, remova o pênis e retire o preservativo cuidadosamente, para não espalhar o sêmen.  Use o preservativo apenas uma vez  Se achar que a camisinha esteja danificada, ou sua coloração ou a textura esteja modificadas, NÃO A USE.  Geléias espermicidas podem ser usadas com uma camisinha e diminuem ainda mais a chance de transmissão do vírus
  • 18. 18 www.bibliomed.com.br Fazendo o exame para HIV … CONFIDENCIAL Os laboratórios tem uma política de confidencialidade sobre os exames de HIV, e encaminham o resultado diretamente ao seu médico RESULTADO Um exame negativo significa que você não se infectou de 2 a seis meses antes do exame
  • 19. 19 www.bibliomed.com.br Pessoas de grupos chamados “de risco” Em casos de ter havido comportamento sexual de risco (mesmo que ocasional) Em casos de gravidez (atual ou futura) Em casos de acidentes profissionais (trabalhadores da área de saúde) Quem deve fazer o exame ?
  • 20. 20 www.bibliomed.com.br E se o teste for positivo? Se o seu primeiro exame for positivo, o laboratório irá realizar outro tipo de teste para confirmar (ou não) o primeiro Sempre siga os conselhos de seu médico até que o resultado final saia
  • 21. 21 www.bibliomed.com.br E se você for HIV +... Tome todas as precauções possíveis para evitar a disseminação da doença – lembre-se que a AIDS está aumentando cada vez mais, e pessoas queridas a você podem se contaminar no futuro As novas drogas podem diminuir muito o vírus no sangue, e assim você poderá se sentir bem e ter uma vida praticamente normal – mas não se sinta tão seguro a ponto de se descuidar em seu comportamento – VOCÊ PODERÁ ACABAR CONTAMINANDO UMA OUTRA PESSOA
  • 22. 22 www.bibliomed.com.br Cuidados e Respeito As pessoas portadoras do HIV/AIDS são pessoas comuns como todos nós Portanto, merecem todo o nosso apoio e respeito como seres humanos que são Nunca discrimine alguém porque tem HIV/AIDS: muitos dos doentes ou portadores receberam o vírus de suas mães ou de uma transfusão de sangue
  • 23. 23 www.bibliomed.com.br Lembrete Final Você pode (na maioria das vezes) EVITAR se tornar um portador do HIV ou um doente com AIDS Se você for um portador, poderá evitar a transmissão do vírus a outras pessoas Seja compreensivo com quem é portador do HIV e, se puder, AJUDE !!!

Notas do Editor

  1. Ver explicações no texto para Leigos