SlideShare uma empresa Scribd logo
The Evolution of Enterprise Application Architecture 
30 YEARS IN 15
a necessidade de evoluir 
• 
consumidores e organizações globalizadas; 
• 
tempo do negócio bem curto; 
• 
sistemasbaseadosemplataformas; 
• 
integrações com valor para o negócio; 
• 
novas proposições e tendências: 
• 
momentos, sentir, compartilhar, vestir, jogar, viver, ... 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
• 
desenhar para atingir os requisitos do sistema; 
• 
criar o‘blueprint’ para os envolvidos; 
• 
definircomooscomponents se comunicam; 
• 
balanceara “criatividade" com “ciência" usandomodelos, frameworks e padrõesde projeto; 
• 
diminuia complexidadeda construção; 
a necessidade do ‘Arquiteto’ 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
o ‘cubo’ da arquitetura de sistemas 
particionaras responsabilidadesem‘tiers’ 
usarcorretamentecadaplataforma 
darpreferênciaa padrõesabertose mantidospor‘bons’ fornecedores 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
passado, presente e futuro 
70´s 
2 k 
2015 
2020 
aplicações monolíticas 
aplicações cliente-servidor 
aplicações web 
aplicações em nuvem 
(IaaS, PaaS, SaaS) 
modelo CAMSS(Negócios como Serviços) 
serviços para aplicações(SOA/ESB) 
IoT(Internet das Coisas) 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
• 
arquitetura de aplicações monolíticas (70´s) 
presente 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture 
poucosusuários 
modularizadae acoplada 
processamentoon-line / off-line 
processamentoemestágios 
linguagensprocedurais 
hardware otimizadoe caro 
complexidademédia
• 
aplicãçõescliente-servidor (90´s) 
passado 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture 
on-line (redelocal e síncrona) 
processamentonosbancosde dados 
linguagensprocedurais 
hardware nãootimizado 
baixacomplexidade 
poucosusuários 
modularizadae acoplada
• 
aplicações web / internet (2k) 
presente 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture 
muitosusuários 
modularizadae poucoacoplada 
internet (síncrona) 
processamentodistribuido 
linguagensobjeto 
hardware otimizado 
complexidademédia
• 
serviços para aplicações compostas 
presente 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture 
integrarmuitosprocessos 
baixoacoplamento 
internet (síncrona/assíncrona) 
processamentodistribuido 
linguagensobjeto 
aplicaçõescompostas 
altacomplexidade
• 
aplicações em nuvem (CAMSS*) 
presente 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture 
muitosprocessosintegrados 
acoplamentobembaixo 
computaçãoemnuvem(Paas+SaaS) 
garantiade segurança 
serviçospara aplicações 
negóciosglobais 
extremamentecomplexo 
* Cloud, Analitycs, Mobile, Social andSecure
• 
arquitetura para IoT(Internet das Coisas) 
futuro 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture 
aplicaçõespara dispositivos 
baixoacoplamento 
computaçãoembarcada 
segurançadistribuida 
negóciosmundiais 
múltiplaslinguagens 
P&D bemcaros
juntando tudo 
theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
The Evolution of Enterprise Application Architecture 
30 YEARS IN 10 
Oziel Moreira Neto (oziel.neto@gmail.com) 
Q&A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

DDD – Domain Driven Design
DDD – Domain Driven DesignDDD – Domain Driven Design
DDD – Domain Driven DesignÍtalo Bandeira
 
Modelagem de Processos
Modelagem de ProcessosModelagem de Processos
Modelagem de ProcessosThiago Andress
 
XP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingXP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingRodrigo Branas
 
Aula 1 requisitos
Aula 1   requisitosAula 1   requisitos
Aula 1 requisitoslicardino
 
Introdução a Sistemas Distribuídos
Introdução a Sistemas DistribuídosIntrodução a Sistemas Distribuídos
Introdução a Sistemas DistribuídosVictor Hazin da Rocha
 
Criação de tabelas com HTML
Criação de tabelas com HTMLCriação de tabelas com HTML
Criação de tabelas com HTMLLeonardo Soares
 
Apresentação CMMi
Apresentação CMMiApresentação CMMi
Apresentação CMMiFabio Barnes
 
Raspberry pi – primeiros passos
Raspberry pi – primeiros passosRaspberry pi – primeiros passos
Raspberry pi – primeiros passosFelipe Meganha
 
Métricas de Software
Métricas de SoftwareMétricas de Software
Métricas de Softwareelliando dias
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterPaulo Lomanto
 
Aula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para WebAula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para WebDaniel Brandão
 

Mais procurados (20)

AOO - Diagrama de Caso de Uso
AOO - Diagrama de Caso de UsoAOO - Diagrama de Caso de Uso
AOO - Diagrama de Caso de Uso
 
Aula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitosAula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitos
 
Analise de Requisitos Software
Analise de Requisitos SoftwareAnalise de Requisitos Software
Analise de Requisitos Software
 
DDD – Domain Driven Design
DDD – Domain Driven DesignDDD – Domain Driven Design
DDD – Domain Driven Design
 
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
Governança de TI - Aula04 - Planejamento Estratégico, Governança de TI e alin...
 
Modelagem de Processos
Modelagem de ProcessosModelagem de Processos
Modelagem de Processos
 
XP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingXP - Extreme Programming
XP - Extreme Programming
 
Aula 1 requisitos
Aula 1   requisitosAula 1   requisitos
Aula 1 requisitos
 
Padrões de Projeto
Padrões de ProjetoPadrões de Projeto
Padrões de Projeto
 
Programação Estruturada e Orientada a Objetos
Programação Estruturada e Orientada a ObjetosProgramação Estruturada e Orientada a Objetos
Programação Estruturada e Orientada a Objetos
 
Introdução a Sistemas Distribuídos
Introdução a Sistemas DistribuídosIntrodução a Sistemas Distribuídos
Introdução a Sistemas Distribuídos
 
Criação de tabelas com HTML
Criação de tabelas com HTMLCriação de tabelas com HTML
Criação de tabelas com HTML
 
Arquitetura MVC
Arquitetura MVCArquitetura MVC
Arquitetura MVC
 
Apresentação CMMi
Apresentação CMMiApresentação CMMi
Apresentação CMMi
 
Raspberry pi – primeiros passos
Raspberry pi – primeiros passosRaspberry pi – primeiros passos
Raspberry pi – primeiros passos
 
Métricas de Software
Métricas de SoftwareMétricas de Software
Métricas de Software
 
Eng.ª do Software - 10. Testes de software
Eng.ª do Software - 10. Testes de softwareEng.ª do Software - 10. Testes de software
Eng.ª do Software - 10. Testes de software
 
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum MasterGuia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
Guia do Papel e Responsabilidade do Scrum Master
 
Aula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para WebAula 1 - Programação Dinâmica para Web
Aula 1 - Programação Dinâmica para Web
 
Web design responsivo e adaptativo - HTML5/CSS3
Web design responsivo e adaptativo - HTML5/CSS3Web design responsivo e adaptativo - HTML5/CSS3
Web design responsivo e adaptativo - HTML5/CSS3
 

Semelhante a A Evolução da Arquitetura de Sistemas Corporativos

Cv Carlos Nunes Pt Br
Cv Carlos Nunes Pt BrCv Carlos Nunes Pt Br
Cv Carlos Nunes Pt Brguesta120fa80
 
Portfólio PLM Raihsa Siemens
Portfólio PLM Raihsa SiemensPortfólio PLM Raihsa Siemens
Portfólio PLM Raihsa SiemensRaihsa
 
TDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on Azure
TDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on AzureTDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on Azure
TDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on Azuretdc-globalcode
 
Trabalhando com ALM na nuvem
Trabalhando com ALM na nuvemTrabalhando com ALM na nuvem
Trabalhando com ALM na nuvemAdriano Bertucci
 
Um método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviços
Um método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviçosUm método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviços
Um método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviçosThiago Pereira
 
Vinit Cloud Computing Anhembi Morumbi
Vinit   Cloud Computing   Anhembi MorumbiVinit   Cloud Computing   Anhembi Morumbi
Vinit Cloud Computing Anhembi Morumbivinitbr
 
Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...
Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...
Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...Marcus Garcia
 
Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019
Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019
Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019Renato Groff
 
Enterprise Architcture: Service Oriented Architecture Case
Enterprise Architcture: Service Oriented Architecture CaseEnterprise Architcture: Service Oriented Architecture Case
Enterprise Architcture: Service Oriented Architecture CaseWerther Krause
 
Workshop soa, microservices e devops
Workshop soa, microservices e devopsWorkshop soa, microservices e devops
Workshop soa, microservices e devopsDiego Pacheco
 
Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021
Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021
Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021Renato Groffe
 
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...Renato Groff
 
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane...
 Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane... Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane...
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane...Renato Groff
 
Road show de comunidades técnicas infra - publico
Road show de comunidades técnicas   infra - publicoRoad show de comunidades técnicas   infra - publico
Road show de comunidades técnicas infra - publicoFabio Hara
 

Semelhante a A Evolução da Arquitetura de Sistemas Corporativos (20)

Cv Carlos Nunes Pt Br
Cv Carlos Nunes Pt BrCv Carlos Nunes Pt Br
Cv Carlos Nunes Pt Br
 
Portfólio PLM Raihsa Siemens
Portfólio PLM Raihsa SiemensPortfólio PLM Raihsa Siemens
Portfólio PLM Raihsa Siemens
 
TDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on Azure
TDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on AzureTDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on Azure
TDC2018SP | Trilha Arq .Net - Serverless Reactive Programming on Azure
 
Trabalhando com ALM na nuvem
Trabalhando com ALM na nuvemTrabalhando com ALM na nuvem
Trabalhando com ALM na nuvem
 
Um método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviços
Um método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviçosUm método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviços
Um método para o desenvolvimento de software baseado em microsserviços
 
Vinit Cloud Computing Anhembi Morumbi
Vinit   Cloud Computing   Anhembi MorumbiVinit   Cloud Computing   Anhembi Morumbi
Vinit Cloud Computing Anhembi Morumbi
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
 
Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...
Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...
Trabalhando com TFS na nuvem (Microsoft Azure). Quais vantagens de migrar o A...
 
Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019
Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019
Nuvens com Ênfase em Azure - Locatech + Locaneers - Abril-2019
 
Aula1 dia 22 02 2022.pdf
Aula1  dia 22 02 2022.pdfAula1  dia 22 02 2022.pdf
Aula1 dia 22 02 2022.pdf
 
Aula 1 dsi
Aula 1  dsiAula 1  dsi
Aula 1 dsi
 
Enterprise Architcture: Service Oriented Architecture Case
Enterprise Architcture: Service Oriented Architecture CaseEnterprise Architcture: Service Oriented Architecture Case
Enterprise Architcture: Service Oriented Architecture Case
 
DevOps Exame.com
DevOps Exame.comDevOps Exame.com
DevOps Exame.com
 
Workshop soa, microservices e devops
Workshop soa, microservices e devopsWorkshop soa, microservices e devops
Workshop soa, microservices e devops
 
Expresso nuvem-campus-party
Expresso nuvem-campus-partyExpresso nuvem-campus-party
Expresso nuvem-campus-party
 
Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021
Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021
Sobrevoando os serviços do Microsoft Azure | UNIVAG - Agosto-2021
 
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Novem...
 
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane...
 Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane... Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane...
Alternativas para a Implementação de Microservices no Microsoft Azure - Jane...
 
Engenharia de Software Aula 1 - Intro
Engenharia de Software Aula 1 - IntroEngenharia de Software Aula 1 - Intro
Engenharia de Software Aula 1 - Intro
 
Road show de comunidades técnicas infra - publico
Road show de comunidades técnicas   infra - publicoRoad show de comunidades técnicas   infra - publico
Road show de comunidades técnicas infra - publico
 

Mais de Oziel Moreira Neto

Linguagem de Programação Java para Iniciantes
Linguagem de Programação Java para IniciantesLinguagem de Programação Java para Iniciantes
Linguagem de Programação Java para IniciantesOziel Moreira Neto
 
Usabilidade de Interfaces - Parte 3
Usabilidade de Interfaces - Parte 3Usabilidade de Interfaces - Parte 3
Usabilidade de Interfaces - Parte 3Oziel Moreira Neto
 
Usabilidade de Interfaces - Parte 2
Usabilidade de Interfaces - Parte 2Usabilidade de Interfaces - Parte 2
Usabilidade de Interfaces - Parte 2Oziel Moreira Neto
 
Usabilidade de Interfaces - Parte 1
Usabilidade de Interfaces - Parte 1Usabilidade de Interfaces - Parte 1
Usabilidade de Interfaces - Parte 1Oziel Moreira Neto
 
Introdução aos Métodos Ágeis - Parte II
Introdução aos Métodos Ágeis - Parte IIIntrodução aos Métodos Ágeis - Parte II
Introdução aos Métodos Ágeis - Parte IIOziel Moreira Neto
 
Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)
Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)
Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)Oziel Moreira Neto
 
Boa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java EnterpriseBoa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java EnterpriseOziel Moreira Neto
 
The Evolution Of Enterprise Application Architecture
The Evolution Of Enterprise Application ArchitectureThe Evolution Of Enterprise Application Architecture
The Evolution Of Enterprise Application ArchitectureOziel Moreira Neto
 

Mais de Oziel Moreira Neto (10)

Linguagem de Programação Java para Iniciantes
Linguagem de Programação Java para IniciantesLinguagem de Programação Java para Iniciantes
Linguagem de Programação Java para Iniciantes
 
Usabilidade de Interfaces - Parte 3
Usabilidade de Interfaces - Parte 3Usabilidade de Interfaces - Parte 3
Usabilidade de Interfaces - Parte 3
 
Usabilidade de Interfaces - Parte 2
Usabilidade de Interfaces - Parte 2Usabilidade de Interfaces - Parte 2
Usabilidade de Interfaces - Parte 2
 
Usabilidade de Interfaces - Parte 1
Usabilidade de Interfaces - Parte 1Usabilidade de Interfaces - Parte 1
Usabilidade de Interfaces - Parte 1
 
Introdução aos Métodos Ágeis - Parte II
Introdução aos Métodos Ágeis - Parte IIIntrodução aos Métodos Ágeis - Parte II
Introdução aos Métodos Ágeis - Parte II
 
Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)
Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)
Trabalhando com Centro de Custo e Receita no FIT Business Suite (ADempiere)
 
Gestão Empresarial Integrada
Gestão Empresarial IntegradaGestão Empresarial Integrada
Gestão Empresarial Integrada
 
Boa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java EnterpriseBoa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
 
The Evolution Of Enterprise Application Architecture
The Evolution Of Enterprise Application ArchitectureThe Evolution Of Enterprise Application Architecture
The Evolution Of Enterprise Application Architecture
 
Lpj i ads2_apresentacao_aulas
Lpj i ads2_apresentacao_aulasLpj i ads2_apresentacao_aulas
Lpj i ads2_apresentacao_aulas
 

A Evolução da Arquitetura de Sistemas Corporativos

  • 1. The Evolution of Enterprise Application Architecture 30 YEARS IN 15
  • 2. a necessidade de evoluir • consumidores e organizações globalizadas; • tempo do negócio bem curto; • sistemasbaseadosemplataformas; • integrações com valor para o negócio; • novas proposições e tendências: • momentos, sentir, compartilhar, vestir, jogar, viver, ... theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
  • 3. • desenhar para atingir os requisitos do sistema; • criar o‘blueprint’ para os envolvidos; • definircomooscomponents se comunicam; • balanceara “criatividade" com “ciência" usandomodelos, frameworks e padrõesde projeto; • diminuia complexidadeda construção; a necessidade do ‘Arquiteto’ theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
  • 4. o ‘cubo’ da arquitetura de sistemas particionaras responsabilidadesem‘tiers’ usarcorretamentecadaplataforma darpreferênciaa padrõesabertose mantidospor‘bons’ fornecedores theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
  • 5. passado, presente e futuro 70´s 2 k 2015 2020 aplicações monolíticas aplicações cliente-servidor aplicações web aplicações em nuvem (IaaS, PaaS, SaaS) modelo CAMSS(Negócios como Serviços) serviços para aplicações(SOA/ESB) IoT(Internet das Coisas) theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture
  • 6. • arquitetura de aplicações monolíticas (70´s) presente theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture poucosusuários modularizadae acoplada processamentoon-line / off-line processamentoemestágios linguagensprocedurais hardware otimizadoe caro complexidademédia
  • 7. • aplicãçõescliente-servidor (90´s) passado theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture on-line (redelocal e síncrona) processamentonosbancosde dados linguagensprocedurais hardware nãootimizado baixacomplexidade poucosusuários modularizadae acoplada
  • 8. • aplicações web / internet (2k) presente theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture muitosusuários modularizadae poucoacoplada internet (síncrona) processamentodistribuido linguagensobjeto hardware otimizado complexidademédia
  • 9. • serviços para aplicações compostas presente theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture integrarmuitosprocessos baixoacoplamento internet (síncrona/assíncrona) processamentodistribuido linguagensobjeto aplicaçõescompostas altacomplexidade
  • 10. • aplicações em nuvem (CAMSS*) presente theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture muitosprocessosintegrados acoplamentobembaixo computaçãoemnuvem(Paas+SaaS) garantiade segurança serviçospara aplicações negóciosglobais extremamentecomplexo * Cloud, Analitycs, Mobile, Social andSecure
  • 11. • arquitetura para IoT(Internet das Coisas) futuro theevolutionofenterpriseapplicationarchitecture aplicaçõespara dispositivos baixoacoplamento computaçãoembarcada segurançadistribuida negóciosmundiais múltiplaslinguagens P&D bemcaros
  • 13. The Evolution of Enterprise Application Architecture 30 YEARS IN 10 Oziel Moreira Neto (oziel.neto@gmail.com) Q&A