SlideShare uma empresa Scribd logo
Professor Jailton
www.professorjailton.com.br
Pronomes Possessivos
 São aqueles que se referem às pessoas do discurso,
indicando ideia de posse.
número pessoa Pronomes possessivos
singular (um possuidor)
primeira meu, minha, meus, minhas
segunda teu, tua, teus, tuas
terceira seu, sua, seus, suas
Plural (mais de um
possuidor)
primeira nosso, nossa, nossos, nossas
segunda vosso, vossa, vossos, vossas
terceira seu, sua, seus, suas
Emprego dos pronomes possessivos
 Não se deve usar pronome possessivo antes de termos
que indiquem partes do corpo ou faculdades do juízo,
quando estiverem na função de complemento na
mesma pessoa gramatical do sujeito:
 Escovei os dentes. (E não: Escovei os meus dentes.)
 Quebrei a perna. (E não: Quebrei a minha perna.)
 Tu pintaste as unhas. (E não: Tu pintaste as tuas unhas.)
 Perdi o juízo. (E não: Perdi o meu juízo.)
 A palavra seu que antecede nomes de pessoas não é
pronome possessivo, mas corruptela do pronome de
tratamento senhor:
Seu Humberto, o senhor poderia emprestar-me a
furadeira?
Cuidado com a ambiguidade
 A professora disse ao diretor que concordava com sua
nomeação.
(Nomeação de quem? Da professora ou do diretor?)
A professora disse ao diretor que concordava com a
nomeação dela. (da professora)
A professora disse ao diretor que concordava com a
nomeação dele. (do diretor)
Pronomes demonstrativos
 São aqueles que indicam a posição do ser no tempo e no
espaço, tomando-o em relação às pessoas do discurso.
pessoa do discurso variáveis invariáveis
primeira este, esta, estes, estas isto
segunda esse, essa, esses, essas isso
terceira aquele, aquela, aqueles, aquelas aquilo
 Alguns pronomes demonstrativos podem aparecer unidos
com as preposições a, de e em:
neste,nesse, naquele, nisso (em + este, esse, aquele, isso)
deste, dessa, daquele, disto (de +este, essa, aquele, isto)
àquele, àqueles, àquela,àquelas, àquilo (a + aquele(s), aquela(s),
aquilo)
 Dependendo do contexto, também podem funcionar
como pronomes demonstrativos as seguintes palavras:
o, a, os, as (=aquele(s), aquela(s), aquilo, isso)
tal (= este, esse e flexões, isso)
mesmo, próprio (demonstrativos de reforço)
semelhante
 Somos o que somos.
 Tal fato é digno de repreensão.
 Ele mesmo resolveu entregar os documentos.
 Não se deve fazer justiça pelas próprias mãos.
 Lucas reparou nisso e doeu-se intimamente de
semelhante descuido.
Mesmo
 É demonstrativo de reforço.
 Ele mesmo resolveu entregar os documentos.
 Respondeu as mesmas perguntas diversas vezes.
 É vicioso o emprego de “o mesmo” em substituição a
pronomes.
 A polícia foi atrás do bandido, mas ele conseguiu fugir.
( E não: A polícia foi atrás do bandido, mas “o mesmo” conseguiu fugir.)
 A inauguração do cinema se deu ontem; a ela compareceram
várias autoridades.
(E não: A inauguração do cinema se deu ontem; “a mesma” compareceram várias
autoridades.
Mesmo
 Mesmo não varia somente quando equivale a de fato,
realmente:
 Ela veio mesmo aqui hoje?
 Suas filhas sabem mesmo cozinhar?
Pronomes demonstrativos
 1ª PESSOA – ser próximo à pessoa que fala.
 Esta caneta que está comigo é azul.
 2ª PESSOA – ser está próximo à pessoa com quem se fala.
 Essa caneta que está contigo é azul.
 3ª PESSOA – ser está próximo à pessoa de quem se fala.
 Aquela caneta que está com o aluno da outra sala é azul.
 Este, esta, estes, estas, isto – valor catafórico
 Espero sinceramente isto: que se procedam às reformas.
 Estas são algumas características do Romantismo:
subjetivismo, apego à natureza, nacionalismo.
 Esse, essa, esses, essas, isso – valor anafórico
 Que as reformas sejam efetuadas rapidamente; é isso o
que mais desejo.
 Subjetivismo, apego à natureza, nacionalismo; essas são
algumas características do Romantismo.
Pronomes relativos
 São aqueles que retomam um nome da oração anterior
(o antecedente) e o projetam em outra oração.
variáveis invariáveis
o qual, a qual, os quais, as quais que
cujo, cuja, cujos, cujas quem
quanto, quanta, quantos, quantas onde
como
Emprego dos pronomes relativos
 Os pronomes relativos virão precedidos de preposição,
se a regência assim determinar:
 Este é o autor a cuja obra me refiro. (referi-se a)
 Este é o autor de cuja obra gosto. (gostar de)
 São opiniões a que sou favorável. (favorável a)
 O pronome relativo quem é empregado com
referência a pessoas:
 Não conheço a garota de quem você gosta.
 Este é o rapaz a quem você se referiu.
 Quando possuir antecedente, o pronome relativo
quem virá sempre precedido de preposição:
 Lúcia era a mulher a quem ele amava.
 É comum a ocorrência do relativo quem sem
antecedente claro. (relativo indefinido)
 “Quem nasce lá na Vila
Nem sequer vacila” (Noel Rosa)
(=Aquele que nasce lá na vila...)
 O pronome relativo que pode ser empregado com
referência a pessoas ou coisas:
 Não conheço o rapaz que saiu.
 Esta é a saia que Simone comprou.
 O pronome relativo que é empregado quando
precedido de preposição monossilábica. Com as
preposições de mais de uma sílaba, usa-se o relativo o
qual (e flexões):
 Estas são as ferramentas de que necessito.
 Este é o móvel sobre o qual foi colocado o vaso.
As preposições sem e sob – usas-se o relativo o qual (e
flexões):
 O professor nos apresentou uma condição sem o qual o
trabalho não terá sentido.
 Este é o móvel sob o qual ficou escondido o documento.
 O pronome relativo cujo (e flexões) é relativo possessivo,
equivalendo a do qual (e flexões). Deve concordar com a
coisa possuída e não admite a posposição de artigo:
 Esta é a pessoa em cuja casa me hospedei. (casa da pessoa)
 Feliz o pai cujos filhos são ajuizados. (filhos do pai)
 O pronome relativo quanto (e flexões) normalmente tem
por antecedente os pronomes indefinidos tudo, tanto etc.;
daí o seu valor indefinido:
 Falou tanto quanto queria.
 Coloque tantas quantas forem necessárias.
 O relativo onde é usado para indicar lugar e equivale a
em que, no qual (e flexões).
 Esta é a casa onde moro.
 Não conheço o lugar onde você está.
 Onde pode ser usado sem antecedente:
 Fique onde está.
 O relativo como é usado para exprimir modo:
 Não entendo a maneira como ele se comporta.
Pronome indefinido
 São aqueles que se referem à terceira pessoa do
discurso de modo vago e impreciso.
variáveis
algum, alguma, alguns, algumas vário, vária, vários, várias
nenhum, nenhuma, nenhuns, nenhumas quanto, quanta, quantos, quantas
todo, toda, todos, todas tanto, tanta, tantos, tantas
outro, outra, outros, outras qualquer, quaisquer
muito, muita, muitos, muitas qual, quais
pouco, pouca, poucos, poucas um, uma, uns, umas
certo, certa, certos, certas
 Algo, tudo e nada – referem-se a coisas.
 Alguém, ninguém e outrem – referem-se a pessoas.
 Mais, menos e cada – referem-se a coisas ou pessoas.
invariáveis
algo, tudo, nada, alguém, ninguém, outrem, mais, menos, cada, que
A palavra um
 Pronome
 Um gosta de futebol, outro, de vôlei.
 Numeral
 “Um elefante incomoda muita gente,
Dois elefantes incomodam muito mais.”
 Artigo
 Um elefante sempre faz sucesso no circo.
Pronomes interrogativos
 São aqueles usados em frases interrogativas diretas ou
indiretas.
 Quem chegou? (interrogativa direta)
 Gostaria muito de saber quem fez isso. (interrogativa
indireta)
quem, que, qual e quanto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de Morfossintaxe
Aula de MorfossintaxeAula de Morfossintaxe
Aula de Morfossintaxe
Gustavo Bretas
 
Revisao 1serie ingles
Revisao 1serie inglesRevisao 1serie ingles
Revisao 1serie ingles
Marcia Barros
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
Marioribeiromorais
 
Numeral
NumeralNumeral
100 exercícios classes das palavras
100 exercícios classes das palavras100 exercícios classes das palavras
100 exercícios classes das palavras
maria edineuma marreira
 
Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos - www.CentroApoio.com - ...
Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos -  www.CentroApoio.com - ...Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos -  www.CentroApoio.com - ...
Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos - www.CentroApoio.com - ...
Vídeo Aulas Apoio
 
Exercicios oraçõs subordinadas substantuivas
Exercicios oraçõs subordinadas substantuivasExercicios oraçõs subordinadas substantuivas
Exercicios oraçõs subordinadas substantuivas
blogdoalunocefa
 
Exercicios de crase
Exercicios de crase Exercicios de crase
Exercicios de crase
Elaine Rabelo
 
Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)
Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)
Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)
Paula Meyer Piagentini
 
Adjetivo Aula 1
Adjetivo Aula 1Adjetivo Aula 1
Adjetivo Aula 1
Interaula Clube
 
Advérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de Trabalho
Advérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de TrabalhoAdvérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de Trabalho
Advérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de Trabalho
A. Simoes
 
Imperative form
Imperative formImperative form
Imperative form
Henry Kleber
 
Numeral
NumeralNumeral
Desinências verbais
Desinências verbaisDesinências verbais
Desinências verbais
Adolfo Hickmann
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicado
guest7174ad
 
Plano de aula multimídia
Plano de aula multimídiaPlano de aula multimídia
Plano de aula multimídia
Ubianara Rehbein
 
Comparativos e supelativos
Comparativos e supelativosComparativos e supelativos
Comparativos e supelativos
Deisy Quintero
 
Atividades de revisão fonética gabarito - 1º ano
Atividades de revisão fonética   gabarito - 1º anoAtividades de revisão fonética   gabarito - 1º ano
Atividades de revisão fonética gabarito - 1º ano
Colégio Elisa Andreoli
 
Verbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brVerbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.br
Prof Palmito Rocha
 
Acento diferencial
Acento diferencialAcento diferencial
Acento diferencial
AnaMaria2404
 

Mais procurados (20)

Aula de Morfossintaxe
Aula de MorfossintaxeAula de Morfossintaxe
Aula de Morfossintaxe
 
Revisao 1serie ingles
Revisao 1serie inglesRevisao 1serie ingles
Revisao 1serie ingles
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 
Numeral
NumeralNumeral
Numeral
 
100 exercícios classes das palavras
100 exercícios classes das palavras100 exercícios classes das palavras
100 exercícios classes das palavras
 
Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos - www.CentroApoio.com - ...
Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos -  www.CentroApoio.com - ...Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos -  www.CentroApoio.com - ...
Português - Regência Verbal - Exercícios Resolvidos - www.CentroApoio.com - ...
 
Exercicios oraçõs subordinadas substantuivas
Exercicios oraçõs subordinadas substantuivasExercicios oraçõs subordinadas substantuivas
Exercicios oraçõs subordinadas substantuivas
 
Exercicios de crase
Exercicios de crase Exercicios de crase
Exercicios de crase
 
Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)
Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)
Lista de exercícios de Inglês (sexto ano)
 
Adjetivo Aula 1
Adjetivo Aula 1Adjetivo Aula 1
Adjetivo Aula 1
 
Advérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de Trabalho
Advérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de TrabalhoAdvérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de Trabalho
Advérbios e Locuções Adverbiais: Ficha de Trabalho
 
Imperative form
Imperative formImperative form
Imperative form
 
Numeral
NumeralNumeral
Numeral
 
Desinências verbais
Desinências verbaisDesinências verbais
Desinências verbais
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicado
 
Plano de aula multimídia
Plano de aula multimídiaPlano de aula multimídia
Plano de aula multimídia
 
Comparativos e supelativos
Comparativos e supelativosComparativos e supelativos
Comparativos e supelativos
 
Atividades de revisão fonética gabarito - 1º ano
Atividades de revisão fonética   gabarito - 1º anoAtividades de revisão fonética   gabarito - 1º ano
Atividades de revisão fonética gabarito - 1º ano
 
Verbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brVerbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.br
 
Acento diferencial
Acento diferencialAcento diferencial
Acento diferencial
 

Destaque

E N G L I S H S E M I N A R
E N G L I S H  S E M I N A RE N G L I S H  S E M I N A R
E N G L I S H S E M I N A R
georgescheller
 
Resumo numero
Resumo numeroResumo numero
Resumo numero
Maria José Correia
 
Trabalho de inglês
Trabalho de inglêsTrabalho de inglês
Trabalho de inglês
Jorge Stewart Domingos
 
Present perfect
Present perfectPresent perfect
Present perfect
fefegoomes
 
verbo to be
verbo to beverbo to be
verbo to be
Kingston8GB
 
History of the english language
History of the english languageHistory of the english language
History of the english language
Christianspinola
 
História dos Estados Unidos
História dos Estados UnidosHistória dos Estados Unidos
História dos Estados Unidos
Andreia Regina Moura Mendes
 
Allophone presentation
Allophone presentationAllophone presentation
Allophone presentation
Mahbubul Hoque Ayan
 
Subject And Object Pronouns
Subject And Object PronounsSubject And Object Pronouns
Subject And Object Pronouns
Rickmonster
 
Fonologia aula 01
Fonologia aula 01Fonologia aula 01
Fonologia aula 01
Maria De Lourdes Ramos
 
Numeros em inglês
Numeros em inglêsNumeros em inglês
Numeros em inglês
Ravena B
 
Apostila básica de inglês completa
Apostila básica de inglês completaApostila básica de inglês completa
Apostila básica de inglês completa
Luciana Viter
 
A Independência dos E.U.A. - PowerPoint
A Independência dos E.U.A. - PowerPointA Independência dos E.U.A. - PowerPoint
A Independência dos E.U.A. - PowerPoint
NunoAlmeida
 
Independencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados UnidosIndependencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados Unidos
Kleison
 
Ingles3em
Ingles3emIngles3em
Ingles3em
Greice Gomes
 
Personal PRONOUNS & VERB TO BE
Personal PRONOUNS & VERB TO BEPersonal PRONOUNS & VERB TO BE
Personal PRONOUNS & VERB TO BE
guestc423b92
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologia Fonética e fonologia
Fonética e fonologia
Ana Vogeley
 
Verb To Be
Verb To BeVerb To Be
Verb To Be
Evelise Moraes
 
Apostila de Ingles para Iniciantes
Apostila de Ingles para IniciantesApostila de Ingles para Iniciantes
Apostila de Ingles para Iniciantes
Cristiane Freitas
 
To be game
To be gameTo be game
To be game
jmezh11
 

Destaque (20)

E N G L I S H S E M I N A R
E N G L I S H  S E M I N A RE N G L I S H  S E M I N A R
E N G L I S H S E M I N A R
 
Resumo numero
Resumo numeroResumo numero
Resumo numero
 
Trabalho de inglês
Trabalho de inglêsTrabalho de inglês
Trabalho de inglês
 
Present perfect
Present perfectPresent perfect
Present perfect
 
verbo to be
verbo to beverbo to be
verbo to be
 
History of the english language
History of the english languageHistory of the english language
History of the english language
 
História dos Estados Unidos
História dos Estados UnidosHistória dos Estados Unidos
História dos Estados Unidos
 
Allophone presentation
Allophone presentationAllophone presentation
Allophone presentation
 
Subject And Object Pronouns
Subject And Object PronounsSubject And Object Pronouns
Subject And Object Pronouns
 
Fonologia aula 01
Fonologia aula 01Fonologia aula 01
Fonologia aula 01
 
Numeros em inglês
Numeros em inglêsNumeros em inglês
Numeros em inglês
 
Apostila básica de inglês completa
Apostila básica de inglês completaApostila básica de inglês completa
Apostila básica de inglês completa
 
A Independência dos E.U.A. - PowerPoint
A Independência dos E.U.A. - PowerPointA Independência dos E.U.A. - PowerPoint
A Independência dos E.U.A. - PowerPoint
 
Independencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados UnidosIndependencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados Unidos
 
Ingles3em
Ingles3emIngles3em
Ingles3em
 
Personal PRONOUNS & VERB TO BE
Personal PRONOUNS & VERB TO BEPersonal PRONOUNS & VERB TO BE
Personal PRONOUNS & VERB TO BE
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologia Fonética e fonologia
Fonética e fonologia
 
Verb To Be
Verb To BeVerb To Be
Verb To Be
 
Apostila de Ingles para Iniciantes
Apostila de Ingles para IniciantesApostila de Ingles para Iniciantes
Apostila de Ingles para Iniciantes
 
To be game
To be gameTo be game
To be game
 

Semelhante a 7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07

Pronome
PronomePronome
Pronome
danillo201227
 
Apresentação1 pronomes
Apresentação1 pronomesApresentação1 pronomes
Apresentação1 pronomes
Rquel las
 
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8  Especial: PronomesCefet/Coltec Aula 8  Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
ProfFernandaBraga
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes 2
Pronomes 2Pronomes 2
Pronomes 2
Bruna Noronha
 
Intensivo Aula 4 morfologia
Intensivo  Aula 4   morfologiaIntensivo  Aula 4   morfologia
Intensivo Aula 4 morfologia
ProfFernandaBraga
 
Pronomes - Prof. Ana Glades
Pronomes - Prof. Ana GladesPronomes - Prof. Ana Glades
Pronomes - Prof. Ana Glades
Ana Glades Nogueira
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
EstudareLegal
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4   MorfologiaCefet/Coltec Aula 4   Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
ProfFernandaBraga
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
Rebeca Kaus
 
Emprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layoutEmprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layout
Renato Rodrigues
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Pronomes
Joanita Artigas
 
Pronomes marlos
Pronomes marlosPronomes marlos
Pronomes marlos
silvanagmelo
 
Aula 3 - Gramática Normativa: Pronome I
Aula 3 - Gramática Normativa: Pronome IAula 3 - Gramática Normativa: Pronome I
Aula 3 - Gramática Normativa: Pronome I
Tio Hatiro
 
Pronomes
PronomesPronomes
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
machadolize
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
machadolize
 
7.4 pronomes
7.4   pronomes7.4   pronomes
7.4 pronomes
Ivana Mayrink
 
7 161029234052
7 1610292340527 161029234052
7 161029234052
Neilane Viana
 

Semelhante a 7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07 (20)

Pronome
PronomePronome
Pronome
 
Apresentação1 pronomes
Apresentação1 pronomesApresentação1 pronomes
Apresentação1 pronomes
 
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8  Especial: PronomesCefet/Coltec Aula 8  Especial: Pronomes
Cefet/Coltec Aula 8 Especial: Pronomes
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Pronomes 2
Pronomes 2Pronomes 2
Pronomes 2
 
Intensivo Aula 4 morfologia
Intensivo  Aula 4   morfologiaIntensivo  Aula 4   morfologia
Intensivo Aula 4 morfologia
 
Pronomes - Prof. Ana Glades
Pronomes - Prof. Ana GladesPronomes - Prof. Ana Glades
Pronomes - Prof. Ana Glades
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Pronomes
 
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4   MorfologiaCefet/Coltec Aula 4   Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Emprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layoutEmprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layout
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Pronomes
 
Pronomes marlos
Pronomes marlosPronomes marlos
Pronomes marlos
 
Aula 3 - Gramática Normativa: Pronome I
Aula 3 - Gramática Normativa: Pronome IAula 3 - Gramática Normativa: Pronome I
Aula 3 - Gramática Normativa: Pronome I
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
 
7.4 pronomes
7.4   pronomes7.4   pronomes
7.4 pronomes
 
7 161029234052
7 1610292340527 161029234052
7 161029234052
 

Último

Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 

Último (20)

Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 

7 estude-o-uso-dos-pronomes-faça-o-download-do-anexo-07

  • 2. Pronomes Possessivos  São aqueles que se referem às pessoas do discurso, indicando ideia de posse. número pessoa Pronomes possessivos singular (um possuidor) primeira meu, minha, meus, minhas segunda teu, tua, teus, tuas terceira seu, sua, seus, suas Plural (mais de um possuidor) primeira nosso, nossa, nossos, nossas segunda vosso, vossa, vossos, vossas terceira seu, sua, seus, suas
  • 3. Emprego dos pronomes possessivos  Não se deve usar pronome possessivo antes de termos que indiquem partes do corpo ou faculdades do juízo, quando estiverem na função de complemento na mesma pessoa gramatical do sujeito:  Escovei os dentes. (E não: Escovei os meus dentes.)  Quebrei a perna. (E não: Quebrei a minha perna.)  Tu pintaste as unhas. (E não: Tu pintaste as tuas unhas.)  Perdi o juízo. (E não: Perdi o meu juízo.)
  • 4.  A palavra seu que antecede nomes de pessoas não é pronome possessivo, mas corruptela do pronome de tratamento senhor: Seu Humberto, o senhor poderia emprestar-me a furadeira?
  • 5. Cuidado com a ambiguidade  A professora disse ao diretor que concordava com sua nomeação. (Nomeação de quem? Da professora ou do diretor?) A professora disse ao diretor que concordava com a nomeação dela. (da professora) A professora disse ao diretor que concordava com a nomeação dele. (do diretor)
  • 6. Pronomes demonstrativos  São aqueles que indicam a posição do ser no tempo e no espaço, tomando-o em relação às pessoas do discurso. pessoa do discurso variáveis invariáveis primeira este, esta, estes, estas isto segunda esse, essa, esses, essas isso terceira aquele, aquela, aqueles, aquelas aquilo
  • 7.  Alguns pronomes demonstrativos podem aparecer unidos com as preposições a, de e em: neste,nesse, naquele, nisso (em + este, esse, aquele, isso) deste, dessa, daquele, disto (de +este, essa, aquele, isto) àquele, àqueles, àquela,àquelas, àquilo (a + aquele(s), aquela(s), aquilo)
  • 8.  Dependendo do contexto, também podem funcionar como pronomes demonstrativos as seguintes palavras: o, a, os, as (=aquele(s), aquela(s), aquilo, isso) tal (= este, esse e flexões, isso) mesmo, próprio (demonstrativos de reforço) semelhante  Somos o que somos.  Tal fato é digno de repreensão.  Ele mesmo resolveu entregar os documentos.  Não se deve fazer justiça pelas próprias mãos.  Lucas reparou nisso e doeu-se intimamente de semelhante descuido.
  • 9. Mesmo  É demonstrativo de reforço.  Ele mesmo resolveu entregar os documentos.  Respondeu as mesmas perguntas diversas vezes.  É vicioso o emprego de “o mesmo” em substituição a pronomes.  A polícia foi atrás do bandido, mas ele conseguiu fugir. ( E não: A polícia foi atrás do bandido, mas “o mesmo” conseguiu fugir.)  A inauguração do cinema se deu ontem; a ela compareceram várias autoridades. (E não: A inauguração do cinema se deu ontem; “a mesma” compareceram várias autoridades.
  • 10. Mesmo  Mesmo não varia somente quando equivale a de fato, realmente:  Ela veio mesmo aqui hoje?  Suas filhas sabem mesmo cozinhar?
  • 11. Pronomes demonstrativos  1ª PESSOA – ser próximo à pessoa que fala.  Esta caneta que está comigo é azul.  2ª PESSOA – ser está próximo à pessoa com quem se fala.  Essa caneta que está contigo é azul.  3ª PESSOA – ser está próximo à pessoa de quem se fala.  Aquela caneta que está com o aluno da outra sala é azul.
  • 12.  Este, esta, estes, estas, isto – valor catafórico  Espero sinceramente isto: que se procedam às reformas.  Estas são algumas características do Romantismo: subjetivismo, apego à natureza, nacionalismo.  Esse, essa, esses, essas, isso – valor anafórico  Que as reformas sejam efetuadas rapidamente; é isso o que mais desejo.  Subjetivismo, apego à natureza, nacionalismo; essas são algumas características do Romantismo.
  • 13. Pronomes relativos  São aqueles que retomam um nome da oração anterior (o antecedente) e o projetam em outra oração. variáveis invariáveis o qual, a qual, os quais, as quais que cujo, cuja, cujos, cujas quem quanto, quanta, quantos, quantas onde como
  • 14. Emprego dos pronomes relativos  Os pronomes relativos virão precedidos de preposição, se a regência assim determinar:  Este é o autor a cuja obra me refiro. (referi-se a)  Este é o autor de cuja obra gosto. (gostar de)  São opiniões a que sou favorável. (favorável a)
  • 15.  O pronome relativo quem é empregado com referência a pessoas:  Não conheço a garota de quem você gosta.  Este é o rapaz a quem você se referiu.  Quando possuir antecedente, o pronome relativo quem virá sempre precedido de preposição:  Lúcia era a mulher a quem ele amava.
  • 16.  É comum a ocorrência do relativo quem sem antecedente claro. (relativo indefinido)  “Quem nasce lá na Vila Nem sequer vacila” (Noel Rosa) (=Aquele que nasce lá na vila...)  O pronome relativo que pode ser empregado com referência a pessoas ou coisas:  Não conheço o rapaz que saiu.  Esta é a saia que Simone comprou.
  • 17.  O pronome relativo que é empregado quando precedido de preposição monossilábica. Com as preposições de mais de uma sílaba, usa-se o relativo o qual (e flexões):  Estas são as ferramentas de que necessito.  Este é o móvel sobre o qual foi colocado o vaso. As preposições sem e sob – usas-se o relativo o qual (e flexões):  O professor nos apresentou uma condição sem o qual o trabalho não terá sentido.  Este é o móvel sob o qual ficou escondido o documento.
  • 18.  O pronome relativo cujo (e flexões) é relativo possessivo, equivalendo a do qual (e flexões). Deve concordar com a coisa possuída e não admite a posposição de artigo:  Esta é a pessoa em cuja casa me hospedei. (casa da pessoa)  Feliz o pai cujos filhos são ajuizados. (filhos do pai)  O pronome relativo quanto (e flexões) normalmente tem por antecedente os pronomes indefinidos tudo, tanto etc.; daí o seu valor indefinido:  Falou tanto quanto queria.  Coloque tantas quantas forem necessárias.
  • 19.  O relativo onde é usado para indicar lugar e equivale a em que, no qual (e flexões).  Esta é a casa onde moro.  Não conheço o lugar onde você está.  Onde pode ser usado sem antecedente:  Fique onde está.
  • 20.  O relativo como é usado para exprimir modo:  Não entendo a maneira como ele se comporta.
  • 21. Pronome indefinido  São aqueles que se referem à terceira pessoa do discurso de modo vago e impreciso. variáveis algum, alguma, alguns, algumas vário, vária, vários, várias nenhum, nenhuma, nenhuns, nenhumas quanto, quanta, quantos, quantas todo, toda, todos, todas tanto, tanta, tantos, tantas outro, outra, outros, outras qualquer, quaisquer muito, muita, muitos, muitas qual, quais pouco, pouca, poucos, poucas um, uma, uns, umas certo, certa, certos, certas
  • 22.  Algo, tudo e nada – referem-se a coisas.  Alguém, ninguém e outrem – referem-se a pessoas.  Mais, menos e cada – referem-se a coisas ou pessoas. invariáveis algo, tudo, nada, alguém, ninguém, outrem, mais, menos, cada, que
  • 23. A palavra um  Pronome  Um gosta de futebol, outro, de vôlei.  Numeral  “Um elefante incomoda muita gente, Dois elefantes incomodam muito mais.”  Artigo  Um elefante sempre faz sucesso no circo.
  • 24. Pronomes interrogativos  São aqueles usados em frases interrogativas diretas ou indiretas.  Quem chegou? (interrogativa direta)  Gostaria muito de saber quem fez isso. (interrogativa indireta) quem, que, qual e quanto