SlideShare uma empresa Scribd logo
HOMILÉTICA I
O SERMÃO
(Aula 5)
Perguntas norteadoras
1. O QUE É O SERMÃO?
2. COMO DEFINIR O OBJETIVO DO
SERMÃO?
3. O QUE É O PROPÓSITO BÁSICO DO
SERMÃO?
4. COMO ESTABELECER O PROPÓSITO
BÁSICO DE UM SERMÃO?
5. O PROPÓSITO ESPECÍFICO
O SERMÃO
o sermão é a exposição da Palavra de Deus
de forma genuína através de alguém
qualificado por Deus. É o modo eficaz pelo
qual Deus transmite aos homens sua vontade,
utilizando-se de um porta-voz vocacionado
por Ele mesmo.
O SERMÃO
CUIDADOS
1. O conteúdo do sermão só pode ser
fundamentado em Deus e em sua Palavra.
2. A autoridade da pregação está intimamente
associada à autoridade conferida pelas
inspiração, inerrância e suficiência da Sagrada
Escritura
3. Cuidado com as tendências modernas
O OBJETIVO DO SERMÃO
Pra que possamos definir o objetivo do sermão,
a pergunta que devemos responder é a
seguinte:
onde desejamos chegar?
O objetivo do sermão esta relacionado com os
resultados.
Ele deve conduzir o ouvinte à ação
O OBJETIVO DO SERMÃO
A fim de responder esta pergunta (onde
desejamos chegar?)
o pregador precisa definir o propósito do
sermão
O propósito do sermão pode ser definido
como:
propósito básico e propósito específico
O OBJETIVO DO SERMÃO
1. Propósito básico
O propósito básico é o rumo a ser
seguido no sermão.
É a linha sobre a qual os elementos
funcionais do sermão trabalharão, a
fim de que o propósito específico seja
alcançado.
O OBJETIVO DO SERMÃO
a.Os principais propósitos básicos
 Evangelístico => ajuda os não salvos a
reconhecerem sua necessidade espiritual e a
firmarem um compromisso com Cristo,
recebendo-o como Salvador pessoal.
O OBJETIVO DO SERMÃO
Exemplos
Texto: Jo.4:9-15
P.B. evangelístico
Objetivo : levar o ouvinte a entender que
Jesus sacia a sede da alma
• Neste tipo de sermão devem-se explorar as
metáforas e outras figuras de linguagem
O OBJETIVO DO SERMÃO
Texto: Jo.3:16
P.B. evangelístico
Objetivo : levar o ouvinte a entender que a
vida eterna depende do grande amor de Deus
O inexplicável amor de Deus
O OBJETIVO DO SERMÃO
P.B. Devocional => motiva os crentes a aprofundar
seu relacionamento com Deus, buscando crescer na
graça e no conhecimento Dele.
Mt.4:1-11
P.B. devocional
Objetivo: demonstrar que em Cristo podemos
vencer a tentação
Aqui exploramos os meios. Ou seja, a
natureza dos fatos.
O OBJETIVO DO SERMÃO
Missionário => desafia os crentes a uma entrega de
seus dons e talentos a serviço do Senhor.
Texto: Mt.24:29-36
Objetivo: apresentar aos ouvintes que há urgência
do preparo espiritual
O OBJETIVO DO SERMÃO
Pastoral => apresenta o balsamo de Cristo nos
momentos de dificuldade e crise.
Texto: Mt.7:7-12
Objetivo: levar o ouvinte a compreender Como
alcançar a resposta da oração
Exploram-se as razões e os meios.
O OBJETIVO DO SERMÃO
Ético => persuade os cristãos a manterem
comunhão observando o exemplo de Cristo. Os
ouvintes devem ser desafiados a viverem o amor
e a justiça em seus relacionamentos.
Texto: Lc. 18:9-14
Objetivo: levar o ouvinte a compreender como age
a justiça divina
Busque-se explorar os conceitos opostos,
bem como os elementos informativos do texto.
O OBJETIVO DO SERMÃO
Doutrinário => enfoca de modo especial uma
doutrina Bíblica
Texto: Mt.24
Objetivo: informar a respeito da volta de Jesus
A ideia é extrair os ensinamentos do
texto.
O OBJETIVO DO SERMÃO
Exemplos.
Texto – Jo.3:16
Tese – o grande amor de Deus
Nec. Reconhecer sua necessidade de Deus
P.B. Evangelístico, devocional ou pastoral.
O OBJETIVO DO SERMÃO
1. Como estabelecer o propósito básico do
sermão
Para estabelecer este propósito é necessário
determinar os seguintes itens:
O texto Bíblico
A verdade apresentada pelo texto (tese)
A necessidade do ouvinte (remete-nos a
aplicação)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 4 O Esboço da Pregação
Lição 4 O Esboço da Pregação Lição 4 O Esboço da Pregação
Lição 4 O Esboço da Pregação
Nehemias Santos
 
O sermão
O sermãoO sermão
Homilética I Itaporanga
Homilética I ItaporangaHomilética I Itaporanga
Homilética I Itaporanga
Bruno Cesar Santos de Sousa
 
Homilética
HomiléticaHomilética
Homilética
Jonatas Lima
 
Pregadores.ppt
Pregadores.pptPregadores.ppt
Pregadores.ppt
Herbert de Carvalho
 
Evangélico curso de teologia - homilética
Evangélico   curso de teologia - homiléticaEvangélico   curso de teologia - homilética
Evangélico curso de teologia - homilética
Dr. Silvio Vieira
 
Homilética - Igreja Batista do Povo
Homilética - Igreja Batista do PovoHomilética - Igreja Batista do Povo
Homilética - Igreja Batista do Povo
ibpcursos
 
Tipos de sermões
Tipos de sermõesTipos de sermões
Tipos de sermões
Gilson Barbosa
 
A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.
Antonio Filho
 
Homiética prática
Homiética práticaHomiética prática
Homiética prática
Prof Edilson Porfírio
 
Homilética arte de pregar
Homilética   arte de pregar Homilética   arte de pregar
Homilética arte de pregar
Paulo Ferreira
 
Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)
Antonio Filho
 
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivoEsboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Rogerio Sena
 
Você é chamado para pregar.
Você é chamado para pregar.Você é chamado para pregar.
Você é chamado para pregar.
Nehemias Santos
 
Homilética
Homilética Homilética
Homilética
Marcos Aurélio
 
Homilética 1 - M1
Homilética 1 - M1Homilética 1 - M1
Homilética 1 - M1
semnazarenovirtual
 
Introducao a-homiletica
Introducao a-homileticaIntroducao a-homiletica
Introducao a-homiletica
Sergio Barros
 
Tipos de sermões
Tipos de sermõesTipos de sermões
Tipos de sermões
Arykelson Nascimento
 
Apostila de homiletica
Apostila de homileticaApostila de homiletica
Apostila de homiletica
JASIEL SOUZA DE ARAUJO
 
Pregação segmentada
Pregação segmentadaPregação segmentada
Pregação segmentada
Sabado.org
 

Mais procurados (20)

Lição 4 O Esboço da Pregação
Lição 4 O Esboço da Pregação Lição 4 O Esboço da Pregação
Lição 4 O Esboço da Pregação
 
O sermão
O sermãoO sermão
O sermão
 
Homilética I Itaporanga
Homilética I ItaporangaHomilética I Itaporanga
Homilética I Itaporanga
 
Homilética
HomiléticaHomilética
Homilética
 
Pregadores.ppt
Pregadores.pptPregadores.ppt
Pregadores.ppt
 
Evangélico curso de teologia - homilética
Evangélico   curso de teologia - homiléticaEvangélico   curso de teologia - homilética
Evangélico curso de teologia - homilética
 
Homilética - Igreja Batista do Povo
Homilética - Igreja Batista do PovoHomilética - Igreja Batista do Povo
Homilética - Igreja Batista do Povo
 
Tipos de sermões
Tipos de sermõesTipos de sermões
Tipos de sermões
 
A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.A importância de conhecer a deus.
A importância de conhecer a deus.
 
Homiética prática
Homiética práticaHomiética prática
Homiética prática
 
Homilética arte de pregar
Homilética   arte de pregar Homilética   arte de pregar
Homilética arte de pregar
 
Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)Por que crer na bíblia(01)
Por que crer na bíblia(01)
 
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivoEsboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
 
Você é chamado para pregar.
Você é chamado para pregar.Você é chamado para pregar.
Você é chamado para pregar.
 
Homilética
Homilética Homilética
Homilética
 
Homilética 1 - M1
Homilética 1 - M1Homilética 1 - M1
Homilética 1 - M1
 
Introducao a-homiletica
Introducao a-homileticaIntroducao a-homiletica
Introducao a-homiletica
 
Tipos de sermões
Tipos de sermõesTipos de sermões
Tipos de sermões
 
Apostila de homiletica
Apostila de homileticaApostila de homiletica
Apostila de homiletica
 
Pregação segmentada
Pregação segmentadaPregação segmentada
Pregação segmentada
 

Semelhante a REFLEXÕES E INFORMAÇÕES

Homilética etecam
Homilética etecamHomilética etecam
Homilética etecam
Pr Raimundo Nonato
 
12.2 homilética 2.0
12.2 homilética 2.012.2 homilética 2.0
12.2 homilética 2.0
WILLYAM DA SILVA COSTA
 
12.2 homilética
12.2 homilética12.2 homilética
12.2 homilética
WILLYAM DA SILVA COSTA
 
Trabalho da gilvana
Trabalho da gilvanaTrabalho da gilvana
Trabalho da gilvana
Ornella Ribeiro
 
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docxA Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
JosMriodasilva1
 
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docxA Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
JosMriodasilva1
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
Como pregar-a-palavra-sermao-seminario
Como pregar-a-palavra-sermao-seminarioComo pregar-a-palavra-sermao-seminario
Como pregar-a-palavra-sermao-seminario
Jose Vertiz
 
Curso basico e pratico de homiletica ronaldo gomes da silva
Curso basico e pratico de homiletica   ronaldo gomes da silvaCurso basico e pratico de homiletica   ronaldo gomes da silva
Curso basico e pratico de homiletica ronaldo gomes da silva
Mário Sérgio Rodrigues de Assis
 
Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)
Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)
Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)
Marcos Gomes
 
O preparo do pregador e da sua mensagem
O preparo do pregador e da sua mensagemO preparo do pregador e da sua mensagem
O preparo do pregador e da sua mensagem
Daniel Felipe Kroth
 
O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4
O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4
O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4
Daniel Felipe Kroth
 
30 homilética arte de preparar e pregar sermões
30 homilética   arte de preparar e pregar sermões30 homilética   arte de preparar e pregar sermões
30 homilética arte de preparar e pregar sermões
ssuser615052
 
Prof. Weverton Costa - Homilética prática
Prof. Weverton Costa - Homilética práticaProf. Weverton Costa - Homilética prática
Prof. Weverton Costa - Homilética prática
Pastor W. Costa
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Éder Tomé
 
Teologia
Teologia Teologia
Teologia
Pensamentos
 
05 homiletica
05 homiletica05 homiletica
05 homiletica
CursosTeologicos
 
Disciplina de Homilética I
Disciplina de Homilética IDisciplina de Homilética I
Disciplina de Homilética I
faculdadeteologica
 
DANIEL CAMPOS
DANIEL CAMPOSDANIEL CAMPOS
DANIEL CAMPOS
Convenção Cimadeba
 
Conhecimentos de homilética
Conhecimentos de homiléticaConhecimentos de homilética
Conhecimentos de homilética
JASIEL SOUZA DE ARAUJO
 

Semelhante a REFLEXÕES E INFORMAÇÕES (20)

Homilética etecam
Homilética etecamHomilética etecam
Homilética etecam
 
12.2 homilética 2.0
12.2 homilética 2.012.2 homilética 2.0
12.2 homilética 2.0
 
12.2 homilética
12.2 homilética12.2 homilética
12.2 homilética
 
Trabalho da gilvana
Trabalho da gilvanaTrabalho da gilvana
Trabalho da gilvana
 
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docxA Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
 
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docxA Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
A Importância da Homilética na Preparação do Sermão.docx
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
Como pregar-a-palavra-sermao-seminario
Como pregar-a-palavra-sermao-seminarioComo pregar-a-palavra-sermao-seminario
Como pregar-a-palavra-sermao-seminario
 
Curso basico e pratico de homiletica ronaldo gomes da silva
Curso basico e pratico de homiletica   ronaldo gomes da silvaCurso basico e pratico de homiletica   ronaldo gomes da silva
Curso basico e pratico de homiletica ronaldo gomes da silva
 
Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)
Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)
Cursobasicoepraticodehomiletica 130211091526-phpapp01 (1)
 
O preparo do pregador e da sua mensagem
O preparo do pregador e da sua mensagemO preparo do pregador e da sua mensagem
O preparo do pregador e da sua mensagem
 
O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4
O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4
O preparo do pregador e da sua mensagem 1/4
 
30 homilética arte de preparar e pregar sermões
30 homilética   arte de preparar e pregar sermões30 homilética   arte de preparar e pregar sermões
30 homilética arte de preparar e pregar sermões
 
Prof. Weverton Costa - Homilética prática
Prof. Weverton Costa - Homilética práticaProf. Weverton Costa - Homilética prática
Prof. Weverton Costa - Homilética prática
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
 
Teologia
Teologia Teologia
Teologia
 
05 homiletica
05 homiletica05 homiletica
05 homiletica
 
Disciplina de Homilética I
Disciplina de Homilética IDisciplina de Homilética I
Disciplina de Homilética I
 
DANIEL CAMPOS
DANIEL CAMPOSDANIEL CAMPOS
DANIEL CAMPOS
 
Conhecimentos de homilética
Conhecimentos de homiléticaConhecimentos de homilética
Conhecimentos de homilética
 

Mais de Joziran Vieira joziran

1. curso de preparação de líderes
1. curso de preparação de líderes1. curso de preparação de líderes
1. curso de preparação de líderes
Joziran Vieira joziran
 
2. introdução ao n.t
2. introdução ao n.t2. introdução ao n.t
2. introdução ao n.t
Joziran Vieira joziran
 
3. o canon
3. o canon3. o canon
4. o problema dos sinópticos
4. o problema dos sinópticos4. o problema dos sinópticos
4. o problema dos sinópticos
Joziran Vieira joziran
 
5. os quatro evangelhos
5. os quatro evangelhos5. os quatro evangelhos
5. os quatro evangelhos
Joziran Vieira joziran
 
Avaliando os sofrimentos
Avaliando os sofrimentosAvaliando os sofrimentos
Avaliando os sofrimentos
Joziran Vieira joziran
 
3. a natureza essencial do homem
3. a natureza essencial do homem3. a natureza essencial do homem
3. a natureza essencial do homem
Joziran Vieira joziran
 
4. dicotomia
4. dicotomia4. dicotomia
1. a origem do homem na criação
1. a origem do homem na criação1. a origem do homem na criação
1. a origem do homem na criação
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIASREFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIASREFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
Joziran Vieira joziran
 
9 sermãotextual
9  sermãotextual9  sermãotextual
9 sermãotextual
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
Joziran Vieira joziran
 

Mais de Joziran Vieira joziran (20)

1. curso de preparação de líderes
1. curso de preparação de líderes1. curso de preparação de líderes
1. curso de preparação de líderes
 
2. introdução ao n.t
2. introdução ao n.t2. introdução ao n.t
2. introdução ao n.t
 
3. o canon
3. o canon3. o canon
3. o canon
 
4. o problema dos sinópticos
4. o problema dos sinópticos4. o problema dos sinópticos
4. o problema dos sinópticos
 
5. os quatro evangelhos
5. os quatro evangelhos5. os quatro evangelhos
5. os quatro evangelhos
 
Avaliando os sofrimentos
Avaliando os sofrimentosAvaliando os sofrimentos
Avaliando os sofrimentos
 
3. a natureza essencial do homem
3. a natureza essencial do homem3. a natureza essencial do homem
3. a natureza essencial do homem
 
4. dicotomia
4. dicotomia4. dicotomia
4. dicotomia
 
1. a origem do homem na criação
1. a origem do homem na criação1. a origem do homem na criação
1. a origem do homem na criação
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIASREFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
 
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIASREFLEXÕES E NOTÍCIAS
REFLEXÕES E NOTÍCIAS
 
9 sermãotextual
9  sermãotextual9  sermãotextual
9 sermãotextual
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕESREFLEXÕES E INFORMAÇÕES
REFLEXÕES E INFORMAÇÕES
 

Último

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 

Último (20)

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 

REFLEXÕES E INFORMAÇÕES

  • 2. Perguntas norteadoras 1. O QUE É O SERMÃO? 2. COMO DEFINIR O OBJETIVO DO SERMÃO? 3. O QUE É O PROPÓSITO BÁSICO DO SERMÃO? 4. COMO ESTABELECER O PROPÓSITO BÁSICO DE UM SERMÃO? 5. O PROPÓSITO ESPECÍFICO
  • 3. O SERMÃO o sermão é a exposição da Palavra de Deus de forma genuína através de alguém qualificado por Deus. É o modo eficaz pelo qual Deus transmite aos homens sua vontade, utilizando-se de um porta-voz vocacionado por Ele mesmo.
  • 4. O SERMÃO CUIDADOS 1. O conteúdo do sermão só pode ser fundamentado em Deus e em sua Palavra. 2. A autoridade da pregação está intimamente associada à autoridade conferida pelas inspiração, inerrância e suficiência da Sagrada Escritura 3. Cuidado com as tendências modernas
  • 5. O OBJETIVO DO SERMÃO Pra que possamos definir o objetivo do sermão, a pergunta que devemos responder é a seguinte: onde desejamos chegar? O objetivo do sermão esta relacionado com os resultados. Ele deve conduzir o ouvinte à ação
  • 6. O OBJETIVO DO SERMÃO A fim de responder esta pergunta (onde desejamos chegar?) o pregador precisa definir o propósito do sermão O propósito do sermão pode ser definido como: propósito básico e propósito específico
  • 7. O OBJETIVO DO SERMÃO 1. Propósito básico O propósito básico é o rumo a ser seguido no sermão. É a linha sobre a qual os elementos funcionais do sermão trabalharão, a fim de que o propósito específico seja alcançado.
  • 8. O OBJETIVO DO SERMÃO a.Os principais propósitos básicos  Evangelístico => ajuda os não salvos a reconhecerem sua necessidade espiritual e a firmarem um compromisso com Cristo, recebendo-o como Salvador pessoal.
  • 9. O OBJETIVO DO SERMÃO Exemplos Texto: Jo.4:9-15 P.B. evangelístico Objetivo : levar o ouvinte a entender que Jesus sacia a sede da alma • Neste tipo de sermão devem-se explorar as metáforas e outras figuras de linguagem
  • 10. O OBJETIVO DO SERMÃO Texto: Jo.3:16 P.B. evangelístico Objetivo : levar o ouvinte a entender que a vida eterna depende do grande amor de Deus O inexplicável amor de Deus
  • 11. O OBJETIVO DO SERMÃO P.B. Devocional => motiva os crentes a aprofundar seu relacionamento com Deus, buscando crescer na graça e no conhecimento Dele. Mt.4:1-11 P.B. devocional Objetivo: demonstrar que em Cristo podemos vencer a tentação Aqui exploramos os meios. Ou seja, a natureza dos fatos.
  • 12. O OBJETIVO DO SERMÃO Missionário => desafia os crentes a uma entrega de seus dons e talentos a serviço do Senhor. Texto: Mt.24:29-36 Objetivo: apresentar aos ouvintes que há urgência do preparo espiritual
  • 13. O OBJETIVO DO SERMÃO Pastoral => apresenta o balsamo de Cristo nos momentos de dificuldade e crise. Texto: Mt.7:7-12 Objetivo: levar o ouvinte a compreender Como alcançar a resposta da oração Exploram-se as razões e os meios.
  • 14. O OBJETIVO DO SERMÃO Ético => persuade os cristãos a manterem comunhão observando o exemplo de Cristo. Os ouvintes devem ser desafiados a viverem o amor e a justiça em seus relacionamentos. Texto: Lc. 18:9-14 Objetivo: levar o ouvinte a compreender como age a justiça divina Busque-se explorar os conceitos opostos, bem como os elementos informativos do texto.
  • 15. O OBJETIVO DO SERMÃO Doutrinário => enfoca de modo especial uma doutrina Bíblica Texto: Mt.24 Objetivo: informar a respeito da volta de Jesus A ideia é extrair os ensinamentos do texto.
  • 16. O OBJETIVO DO SERMÃO Exemplos. Texto – Jo.3:16 Tese – o grande amor de Deus Nec. Reconhecer sua necessidade de Deus P.B. Evangelístico, devocional ou pastoral.
  • 17. O OBJETIVO DO SERMÃO 1. Como estabelecer o propósito básico do sermão Para estabelecer este propósito é necessário determinar os seguintes itens: O texto Bíblico A verdade apresentada pelo texto (tese) A necessidade do ouvinte (remete-nos a aplicação)