SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
MONARQUIA DE ISRAEL – Características de liderança
14ª aula -O reino único II – Jeoaquim (18), Joaquim (19) e Zedequias (20)
1
EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA – 2021 – 2º SEMESTRE
Facilitadores: Dr. Eliel Cardoso e Eng. Francisco Tudela
O FIM DE JUDÁ
Plano de leitura semanal 2 Rs 2 Cr
14. O Reino Único (II)
Jeoaquim (18), Joaquim (19) e Zedequias (20)
21.1 – 23.34 36.1-36.4
Rei Reinado Caráter Profetas
18. Jeoaquim (ou Eliaquim) 697 3 meses Mau Daniel, Ezequiel, Jeremias
19. Joaquim (ou Jeconias) 608-597 11 anos Mau
20. Zedequias (ou Matanias) 597-586 11 anos Mau
3
Mapa geopolítico: disputa pelo Crescente Fértil
671aC Assíria conquista o Egito
612aC Babilônia conquista os Assírios
Neste momento havia três partidos em Judá: pró-Assíria, pró-Babilônia, pró-Egito
Jr 1.2,3 “A palavra do Senhor veio a ele no décimo terceiro ano do reinado de Josias,
filho de Amom, rei de Judá, e durante o reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei
de Judá, até o quinto mês do décimo primeiro ano de Zedequias, filho de Josias,
rei de Judá, quando os habitantes de Jerusalém foram levados para o exílio.”
4
16º JOSIAS
640-609
17º JEOACAZ
609
18º JEOAQUIM
609-597
20º ZEDEQUIAS
597-587
19º JOAQUIM
597
Jeremias profetizou um século após
Isaías, e seus contemporâneos foram:
Sofonias, Habacuque, Ezequiel e Daniel.
OS 5 ÚLTIMOS REINADOS DE JUDÁ
JEOAQUIM
2Cr 36.4,5 “O rei do Egito proclamou Eliaquim, irmão de Jeoacaz, rei sobre Judá e
sobre Jerusalém, e mudou-lhe o nome para Jeoaquim. Mas Neco levou
Jeoacaz, irmão de Eliaquim, para o Egito. Jeoaquim tinha vinte e cinco
anos de idade quando começou a reinar, e reinou onze anos em
Jerusalém. Ele fez o que o Senhor, o seu Deus, reprova.”
2Rs 24.1 “Durante o reinado de Jeoaquim, Nabucodonosor, rei da Babilônia, invadiu
o país, e Jeoaquim tornou-se seu vassalo por três anos.”
Judá passa a ser vassalo do Egito.
Erro/Falha: O líder que não realizou um governo aprovado por Deus
Jr 26.20-24 “Outro homem que profetizou em nome do Senhor foi Urias...profetizou
contra esta cidade e contra esta terra as mesmas coisas anunciadas por
Jeremias. Quando o rei Jeoaquim, todos os seus homens de guerra e os seus
oficiais ouviram isso, o rei procurou matá-lo. Sabendo disso, Urias teve medo
e fugiu para o Egito. Mas o rei Jeoaquim mandou ao Egito Elnatã...e com ele
alguns homens, os quais trouxeram Urias do Egito e o levaram ao rei
Jeoaquim, que o mandou matar à espada. Depois, jogaram o corpo dele
numa vala comum. Mas Aicam, filho de Safã, protegeu Jeremias, impedindo
que ele fosse entregue ao povo para ser executado.”
Aicam: um dos príncipes de Josias (2Rs 22.12-14); seu filho Gedalias será nomeado
governador por Nabucodonosor depois da queda de Jerusalém (2Rs 25.22).
Característica:
Nem todos têm fibra para perseverar como Jeremias, e nem sempre é sábio fazê-lo.
612 aC – 3º ano de Jeoaquim, 1ª deportação, Daniel é exilado.
Dn 1.1-3;6 “No terceiro ano do reinado de Jeoaquim, rei de Judá, Nabucodonosor, rei
da Babilônia, veio a Jerusalém e a sitiou. E o Senhor entregou Jeoaquim, rei de
Judá, nas suas mãos, e também alguns dos utensílios do templo de Deus. Ele levou
os utensílios para o templo do seu deus na terra de Sinear e os colocou na casa do
tesouro do seu deus. Então o rei ordenou que ... trouxesse alguns dos israelitas da
família real e da nobreza ...vieram de Judá: Daniel, Hananias, Misael e Azarias”
Jr 25.11 “Toda esta terra se tornará uma ruína desolada, e essas nações estarão
sujeitas ao rei da Babilônia durante setenta anos.”
Inicia-se o cativeiro babilônico que durará aprox. 70 anos
Erro/Falha: O líder não ofereceu resistência, opta por se
render a ver a cidade destruída.
De Jerusalém à Babilônia aprox. 1330 Km - 5 meses de caminhada (9 Km/dia)
Ed 7.9 “No dia primeiro do primeiro mês ele saiu da Babilônia, e chegou a Jerusalém
no primeiro dia do quinto mês”
Jr 36.1-6,22,23 “No quarto ano do reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá,
o Senhor dirigiu esta palavra a Jeremias... Então Jeremias chamou Baruque,
filho de Nerias, para que escrevesse no rolo, conforme Jeremias ditava, todas
as palavras que o Senhor lhe havia falado. Depois Jeremias disse a Baruque:
"Estou preso; não posso ir ao templo do Senhor. Por isso, vá ao templo do
Senhor no dia do jejum e leia ao povo as palavras do Senhor que eu ditei, as
quais você escreveu... O rei estava sentado em seu apartamento do inverno,
perto de um braseiro aceso. Assim que Jeudi terminava de ler três ou quatro
colunas, o rei as cortava com uma faca de escrivão e as atirava no braseiro,
até que o rolo inteiro foi queimado no braseiro.
Jr 36.32 “Então Jeremias pegou outro rolo e o deu ao escriba Baruque...Jeremias
ditava, todas as palavras do livro que Jeoaquim, rei de Judá, tinha queimado...”
Erro/Falha: O líder quer destruir
aquilo que não lhe agrada,
mesmo sendo a palavra de Deus
2Rs 24.1-3 “Então ele voltou atrás e rebelou-se contra Nabucodonosor. O Senhor
enviou contra ele tropas babilônicas, aramaicas, moabitas e amonitas, para destruir
Judá, de acordo com a palavra do Senhor proclamada por seus servos, os profetas.
Com certeza isto aconteceu a Judá conforme a ordem do Senhor, a fim de removê-
los da sua presença, por causa de todos os pecados que Manassés cometeu,”
• Manassés reconstruiu altares que o pai havia derrubado, queimou seus filhos em
sacrifício, praticou feitiçaria, adivinhação e magia, consultou médiuns.
• 2Cr 33.11-13,15-17“Em sua angústia, ele buscou o favor do Senhor, o seu Deus, e
humilhou-se muito diante do Deus dos seus antepassados. Quando ele orou, o
Senhor o ouviu e atendeu o seu pedido; de forma que o trouxe de volta a Jerusalém
e a seu reino. E assim Manassés reconheceu que o Senhor é Deus....”
Deus não tem um limite para perdoar, porém é justo na retribuição ao pecado.
Gl 6.7 “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o
homem semear, isso também colherá.”
2Rs 24.3 “...isto aconteceu a Judá conforme a ordem do Senhor, a fim de removê-los
da sua presença, POR CAUSA DE TODOS OS PECADOS QUE MANASSÉS COMETEU,”
Ex 20.5 “Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o
Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que castigo os filhos pelos pecados de seus pais
até a terceira e quarta geração DAQUELES QUE ME DESPREZAM, mas trato com
bondade até mil gerações aos que me amam e guardam os meus mandamentos.”
Esse versículo não trata de punição, mas de consequências, e se aplica àqueles que
desprezam a Deus, que se recusam a viver em consonância com Sua vontade.
Diz que as consequências dos pecados de um (Manasés - 674aC) afetarão até a sua
3ª e 4ª geração (Zedequias- 586aC), pois os filhos neste ambiente estão PROPENSOS
a desprezarem a Deus (Josias foi aprovado por Deus)- (674-612)/20=4ª ger.)
Estamos envolvidos uns com os outros, a violação da lei de Deus numa geração
afeta as gerações futuras: de Adão até hoje (calend. Judáico ano 5781) são 290 ger.
2Rs 24.1 “Então ele voltou atrás e rebelou-se contra Nabucodonosor”
Em consequência da rebelião de Jeoaquim houve a 2ª grande deportação.
2Cr 36.6-8 “Nabucodonosor, rei da Babilônia, atacou-o e prendeu-o com algemas de
bronze para levá-lo para a Babilônia. E levou também para a Babilônia
objetos do templo do Senhor e os colocou no seu templo. Os demais
acontecimentos do reinado de Jeoaquim, as coisas detestáveis que fez e
tudo o que foi achado contra ele, estão escritos nos registros...”
2Rs 24.6 “Jeoaquim descansou...Seu filho Joaquim foi o seu sucessor.”
Jeremias descreve o caráter de Jeoaquim: Jr 22.17,18 "Mas você não vê nem pensa
noutra coisa além de lucro desonesto (1), derramar sangue inocente (2), opressão
(3) e extorsão (4). “ Portanto, assim diz o Senhor a respeito de Jeoaquim, filho de
Josias, rei de Judá: "Não se lamentarão por ele, clamando: ...ou ‘Ah, sua majestade! ’
Erro/Falha: Um líder que visa obter lucro desonesto (1), injusto(2), governa pelo
medo(3), chantagista(4); e que conduziu mal a politica externa (2Rs 24.1-3): “voltou
atrás”, “rebelou-se”. Conclusão: não lamentaram seu destino nem sua morte.
604 aC - JOAQUIM (Jeconias) -19° rei de Judá por 3 meses, será o último dos reis de
Judá na linhagem genealógica de Jesus – ocorrerá a 3ª e maior leva de deportados
Mt 1.11 “e Josias gerou Jeconias” - Jeconias ou Joaquim era neto de Josias.
2 Rs 24.8,9 “Joaquim tinha dezoito anos de idade...reinou três meses em Jerusalém.”
2Rs 24.12,14 “Então Joaquim, rei de Judá, sua mãe, seus conselheiros, seus nobres e
seus oficiais se entregaram; todos se renderam a ele. No oitavo ano do reinado do
rei da Babilônia, ele levou Joaquim como prisioneiro.... Levou para o exílio toda
Jerusalém: todos os líderes e os homens de combate, todos os artesãos e artífices.
Era um TOTAL DE DEZ MIL PESSOAS; só ficaram os mais pobres.”
Erro/Falha: Um líder que não ofereceu resistência e opta por se
render a ver a cidade destruída, tal como fizera seu pai.
2Cr 36.10 “Na primavera o rei Nabucodonosor mandou levá-lo para a Babilônia,
junto com objetos de valor retirados do templo do Senhor, e proclamou
Zedequias, tio de Joaquim, rei sobre Judá e sobre Jerusalém.”
Trinta e sete anos depois disso, portanto, já na metade do cativeiro, o rei da
Babilônia, Evil-Merodaque, tirou-o da prisão e permitiu que comessem juntos:
2Rs 25.29,30 “Assim, Joaquim deixou suas vestes de prisão e pelo resto de sua vida
comeu à mesa do rei. E diariamente, enquanto viveu, Joaquim
recebeu uma pensão do rei.”
Por causa do tratamento dispensado a Joaquim, havia esperança para a restauração
da nação em sua própria terra.
CURIOSIDADE: JOAQUIM FOI O PRIMEIRO APOSENTADO DA HISTÓRIA
ZEDEQUIAS – filho mais jovem de Josias, tio de Joaquim – último rei de Judá
2Cr 36.11-13 “Zedequias tinha vinte e um anos de idade quando começou a reinar, e
reinou onze anos em Jerusalém. Ele fez o que o Senhor, o seu Deus, reprova,
e não se humilhou diante do profeta Jeremias, que lhe falava como porta-
voz do Senhor. Também se revoltou contra o rei Nabucodonosor, que o havia
obrigado a fazer um juramento em nome de Deus. Tornou-se muito
obstinado e não quis se voltar para o Senhor, o Deus de Israel.”
2Rs 24.17,18 “Fez Matanias, tio de Joaquim, reinar em seu lugar, e mudou seu nome
para Zedequias. ...O nome de sua mãe era Hamutal, filha de Jeremias;
ela era de Libna.”
Sua mãe não era filha do profeta Jeremias:
Jr 16.2 “Não se case nem tenha filhos ou filhas neste lugar“
A Jeremias foram negadas a alegria e a plenitude do casamento.
Não casou: não faria sentido ter uma família num lugar dominado pelos Babilônios.
Erro/Falha: Um líder que não realizou um governo aprovado por Deus
Jr 34.8-11 “O Senhor dirigiu a palavra a Jeremias depois do acordo que o rei
Zedequias fez com todo o povo de Jerusalém de proclamar a libertação dos
escravos. Todos teriam que libertar seus escravos e escravas hebreus;
ninguém poderia escravizar um compatriota judeu. Assim, todos os líderes e
o povo que firmaram esse acordo de libertação dos escravos, concordaram
em deixá-los livres e não mais os escravizaram; o povo obedeceu e libertou
os escravos. Mas, depois disso, mudou de idéia e tomou de volta os homens
e as mulheres que havia libertado e tornou a escravizá-los.”
Erro/Falha: Um líder sem pulso, de modo que o povo não obedeceu ao acordado
Profeta Jeremias e o seu parecer contrário às pretensões de Zedequias e da corte:
Jr 38.1-6 “E ocorreu que....ouviram o que Jeremias estava dizendo a todo o povo:
"Assim diz o Senhor: ‘Aquele que permanecer nesta cidade morrerá pela
espada, pela fome e pela peste; mas aquele que se render aos babilônios
viverá...". Então os líderes disseram ao rei: "Este homem deve morrer. Ele está
desencorajando os soldados ...bem como todo o povo, com as coisas que ele
está dizendo... O rei Zedequias respondeu: "Ele está em suas mãos; o rei não
pode opor-se a vocês". Assim, pegaram Jeremias e o jogaram na cisterna de
Malquias, filho do rei, a qual ficava no pátio da guarda. Baixaram Jeremias
por meio de cordas para dentro da cisterna. Não havia água na cisterna, mas
somente lama; e Jeremias afundou na lama.“
A corte e os conselheiros queriam a independência e
pressionavam Zedequias a romper com a Babilônia.
Falha/Erro:
Um líder sem liberdade pois está dominado por um grupo.
Jr 38.7,10,17-19,28 “Mas, Ebede-Meleque, o etíope, oficial do palácio real, ouviu
que eles tinham jogado Jeremias na cisterna. Ora, o rei estava sentado junto
à porta de Benjamim... Então o rei ordenou a Ebede-Meleque, o etíope: "Leve
com você três homens sob as suas ordens e retire o profeta Jeremias da
cisterna antes que ele morra"... Então Jeremias disse a Zedequias: "Assim diz
o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: ‘Se te renderes imediatamente aos
oficiais do rei da Babilônia, tua vida será poupada e esta cidade não será
incendiada...". O rei Zedequias disse a Jeremias: "Tenho medo dos judeus que
estão apoiando os babilônios, pois os babilônios poderão entregar-me nas
mãos deles, e eles me maltratarão". E JEREMIAS PERMANECEU NO PÁTIO DA
GUARDA até o dia em que Jerusalém foi conquistada ".
Temia que seus súditos já tivessem rendido.
Erro/Falha:
Um líder acovardado que toma ações pensando
exclusivamente em si.
2Cr 36.14-16 “Além disso, todos os líderes dos sacerdotes e o povo se tornaram
cada vez mais infiéis, seguindo todas as práticas detestáveis das outras nações
e contaminando o templo do Senhor, consagrado por ele em Jerusalém. O
Senhor, o Deus dos seus antepassados, advertiu-os várias vezes por meio de
seus mensageiros, pois ele tinha compaixão de seu povo e do lugar de sua
habitação. Mas eles zombaram dos mensageiros de Deus, desprezaram as
palavras dele e expuseram ao ridículo os seus profetas, até que a ira do Senhor
se levantou contra o seu povo, e JÁ NÃO HOUVE REMÉDIO.”
Depois de todos os sinais, profetas, pragas, perseguições e reformas, e após esta
descrição de idolatria, Deus se desenganara da Sua nação.
2Rs 24.20b “Por causa da ira do Senhor tudo isso aconteceu a Jerusalém e a Judá;
por fim ele OS LANÇOU PARA LONGE DA SUA PRESENÇA”
Tivessem ouvido a Deus por intermédio de Jeremias, teriam evitado a tragédia.
2Rs 24.20b “Ora, Zedequias rebelou-se contra o rei da Babilônia.”
Zedequias contava com o apoio do Faraó Hofra, mas:
2Rs 24.7 “O rei do Egito não mais se atreveu a sair com seu exército de suas próprias
fronteiras, pois o rei da Babilônia havia ocupado todo o território...”
2Rs 25.1-3 “Então, no nono ano do reinado de Zedequias, no décimo dia do décimo
mês, Nabucodonosor, rei da Babilônia, marchou contra Jerusalém com todo
o seu exército. Ele acampou em frente da cidade e construiu rampas de
ataque ao redor dela. A cidade foi mantida sob cerco até o décimo primeiro
ano do reinado de Zedequias. No nono dia do quarto mês, a fome na cidade
havia se tornado tão severa que não havia nada para o povo comer.”
Lm 4.9,10 “Os que foram mortos pela espada estão melhor do que os que morrem
de fome, os quais, torturados pela fome, definham pela falta de produção das
lavouras. Com as próprias mãos, mulheres bondosas cozinharam os próprios
filhos, que se tornaram a sua comida quando o meu povo foi destruído.”
Erro/Falha: O líder avaliou mal o apoio que esperava. (O cerco durou 18 meses)
2Rs 25.4-7 “Então o muro da cidade foi rompido, e todos os soldados fugiram de
noite pela porta entre os dois muros próximos ao jardim do rei, embora os
babilônios estivessem em torno da cidade. Fugiram na direção da Arabá,
2Rs 25.5,6 “mas o exército babilônio perseguiu o rei e o alcançou nas planícies de
Jericó. Todos os seus soldados o abandonaram, e ele foi capturado. Foi levado
até o rei da Babilônia, em Ribla, onde pronunciaram a sentença contra ele.
2Rs 25.7 Executaram os filhos de Zedequias na sua frente; depois furaram seus
olhos, prenderam-no com algemas de bronze e o levaram para a Babilônia.”
Jr 34.4,5 “Assim diz o Senhor...Você não morrerá pela espada, mas morrerá em paz”
Foi a quarta deportação
Erro/Falha: Um líder que foge, covarde.
Jr 39.8,9 “Os babilônios incendiaram o palácio real e as casas do povo, e
derrubaram os muros de Jerusalém. Nebuzaradã, o comandante da guarda
imperial, deportou para a Babilônia o povo que restou na cidade, juntamente
com aqueles que tinham se rendido a ele, e o restante dos artesãos.
Quinta deportação
Jr 39.10 “Somente alguns dos mais pobres do povo, que nada tinham, Nebuzaradã,
o comandante da guarda imperial, deixou para trás em Judá. E, naquela ocasião,
ele lhes deu vinhas e campos.".
2Cr 36.17-19 “Deus entregou todos eles nas mãos de Nabucodonosor; este levou
para a Babilônia todos os utensílios do templo de Deus, tanto os
pequenos como os grandes, juntamente com os tesouros do templo do
Senhor, os do rei e os de seus oficiais. Os babilônios incendiaram o
templo de Deus e derrubaram o muro de Jerusalém; queimaram todos
os palácios e destruíram todos os utensílios de valor que havia neles.”
593 aC TALVEZ NESTA INVASÃO É QUE A ARCA DA ALIANÇA TENHA DESAPARECIDO !!
Em 1001 aC temos a última referência da Arca:
2Cr.35.3 “Ponham a arca sagrada no templo construído por Salomão,”
Ed 1.9-11 Esdras lista o que levaram de volta ao templo e a Arca não é citada.
Onde estará a Arca da Aliança?
Será que foi arrebatada?
Em 90 dC Ap 11.19 “Então foi aberto o santuário de Deus no céu,
e ali foi vista a arca da sua aliança...”
2Rs 25.18-21 “O comandante da guarda levou como prisioneiros o sumo sacerdote,
...os três guardas da porta...o oficial responsável...cinco conselheiros reais...o
secretário...e sessenta homens do povo....em Ribla...o rei mandou executá-los”
Jr 40.2-6 “Quando o comandante da guarda encontrou Jeremias, disse-lhe: "Foi o
Senhor, o seu Deus, que determinou esta desgraça para este lugar.
Agora o Senhor a cumpriu e fez o que tinha prometido. Tudo isso aconteceu
porque vocês pecaram contra o Senhor e não lhe obedeceram.
Mas hoje eu o liberto das correntes que prendem as suas mãos. Se você quiser,
venha comigo para a Babilônia e eu cuidarei de você; se, porém, não quiser,
pode ficar. Veja! Toda esta terra está diante de você; vá para onde melhor lhe
parecer"....Então o comandante lhe deu provisões e um presente, e o deixou
partir. Jeremias foi a Gedalias...em Mispá, e permaneceu
com ele entre o povo que foi deixado na terra de Judá.".
Característica: Um líder valoriza seu projeto;, Jeremias recebeu
a oferta de uma vida confortável na corte, preferiu ficar em Judá.
Jr 40.7-12 “Havia COMANDANTES do exército, que ainda estavam em campo aberto
com os seus SOLDADOS. Eles ouviram que o rei da Babilônia tinha nomeado
Gedalias... governador de Judá e o havia encarregado dos homens, das mulheres,
das crianças e dos mais pobres da terra, que não tinham sido deportados para a
Babilônia. Então foram até Gedalias, em Mispá...Gedalias... fez um juramento a eles
e aos seus soldados: "Não temam sujeitar-se aos babilônios. Estabeleçam-se na
terra, sujeitem-se ao rei da Babilônia, e tudo lhes irá bem... Quando TODOS OS
JUDEUS que estavam em Moabe, em Amom, em Edom e em todas as outras terras
ouviram que ...tinha deixado um remanescente em Judá... voltaram, de ...onde
tinham sido espalhados, e vieram para a terra de Judá, e foram até Gedalias em
Mispá....”
Em Mispá ficaram os pobres, os comandantes,
os soldados e judeus que tinham sido
espalhados por outras regiões.
Meses depois Ismael, da dinastia de Davi, assassina Gedalias.
Jr 41.1,2 “No sétimo mês, Ismael, filho de Netanias...que era de sangue real e tinha
sido um dos oficiais do rei, foi até Gedalias...em Mispá, levando consigo
dez homens. Enquanto comiam juntos, Ismael...e os dez homens que
estavam com ele se levantaram e feriram à espada Gedalias.".
Temendo uma represália babilônica o povo foge para o Egito,.
Jr 43.7 “Eles foram para o Egito, desobedecendo ao Senhor, e foram até Tafnes.”
42.19 “Ó remanescente de Judá, o Senhor lhes disse: ‘Não vão para o Egito”
43.5 -7 “...os comandantes do exército, levaram todo o
remanescente de Judá... além do profeta Jeremias...
Eles foram para o Egito, desobedecendo ao Senhor.”
25
Jeremias, com 70 anos, em Tafnes, cidade egípcia, repreende a idolatria do povo:
44.16,17"Nós não daremos atenção à mensagem que você nos apresenta em nome
do Senhor! É certo que faremos tudo o que dissemos que faríamos:
Queimaremos incenso à Rainha dos Céus e derramaremos ofertas de bebidas
para ela, tal como fazíamos, nós e nossos antepassados, nossos reis e nossos
líderes, nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém. Naquela época tínhamos
fartura de comida, éramos prósperos e em nada sofríamos.”
No ano 579 Jeremias profetiza:
51.11 “O Senhor incitou o espírito dos reis dos medos, porque seu propósito é
destruir a Babilônia”
Que ocorrerá, 40 anos depois (539) sob o comando Ciro.
51.64b “Aqui terminam as palavras de Jeremias.”
Jeremias foi levado ao Egito contra a sua vontade e lá morreu.
26
27
1 e 2 Reis- https://www.youtube.com/watch?v=6R5wFQWFDL4&list=PLsDpUPJTUcXEhw6rCZF7EZDapThr6o0KP&index=13
Isaias, 200 anos antes de Ciro nascer, cita-o na sua profecia:
Is 44.28 “que diz acerca de Ciro: ‘Ele é meu pastor, e realizará tudo o que me
agrada; ele dirá acerca de Jerusalém: "Seja reconstruída", e do templo:
"Sejam lançados os seus alicerces“
2Cr 36.22,23 “No primeiro ano do reinado de Ciro, rei da Pérsia, para que se
cumprisse a palavra do Senhor anunciada por Jeremias, o Senhor tocou
no coração de Ciro, rei da Pérsia, para que fizesse uma proclamação em
todo o território de seu domínio e a pusesse por escrito, nestes termos:
"Assim declaro Ciro, rei da Pérsia: ‘O Senhor, o Deus dos céus, deu-me
todos os reinos da terra e designou-me para construir-lhe um templo
em Jerusalém, na terra de Judá. Quem dentre vocês pertencer ao seu
povo vá para Jerusalém, e que o Senhor, o seu Deus, esteja com ele.”
28
29
1 e 2Cronicas - https://www.youtube.com/watch?v=1PnrE58L5Fg&list=PLsDpUPJTUcXEhw6rCZF7EZDapThr6o0KP&index=14
CONCLUSÃO:
Pensando na imprudência de Zedequias, de todos que o pressionaram e nas
desastrosas consequências, aprendemos que como lideres devemos pensar bem
nas decisões, cujos resultados colocarão em jogo não somente nossa vida e valores,
mas também a vida e os valores daqueles que lideramos.
“Ouvir a voz de Deus”, que está na Bíblia, para não sermos inconsequentes.
30
PRÓXIMA AULA:
REFLEXÃO SOBRE O TEMA:
Veio a monarquia e passou, mas o rei que a monarquia prefigurava não passou.
Como no anúncio de Gabriel a Maria:
Lc 1.32,33 “Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus.
Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe
dará o trono de seu pai Davi, e ele reinará para sempre sobre o povo de
Jacó; seu Reino jamais terá fim".”
Plano de leitura semanal
15. O retorno do cativeiro babilônico
Ester, Ageu, Esdras, Neemias
1. Bíblia NVI – Editora Vida – 2000
2. Bíblia de Estudo Arqueológica NVI – Kunz André Claiton e outros – Ed. Vida – 2013
3. Comentário Bíblico do professor – Lawrence Richards – 3ª Ed. Vida - SP
4. Revista Compromisso - impressa pela Convicção Editora
5. A Bíblia da Liderança Cristã - John C. Maxwell –Ed. SBB – 2ª Ed
6. A monarquia em Israel – João S. da Fonseca – 2ª Ed. JUERP - RJ
7. Reflexões extraídas da World Wide Web
Esta apresentação está disponível no site: www.escolabiblicavirtual.com.br
32
33
Começar Jogo
A Monarquia em Israel.
I - Reino UNIDO.
(Israel)
EBD
Prof.Zazá

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

44426 4 licoes crescendo professor 4 t14
44426 4 licoes crescendo professor 4 t1444426 4 licoes crescendo professor 4 t14
44426 4 licoes crescendo professor 4 t14
Pl Benas
 
Cinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do Oleiro
Cinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do OleiroCinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do Oleiro
Cinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do Oleiro
renaapborges
 
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade   hernandes dias lopesAs faces da espiritualidade   hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
Deusdete Soares
 

Mais procurados (20)

Estudo das alianças bíblicas
Estudo das alianças bíblicasEstudo das alianças bíblicas
Estudo das alianças bíblicas
 
44426 4 licoes crescendo professor 4 t14
44426 4 licoes crescendo professor 4 t1444426 4 licoes crescendo professor 4 t14
44426 4 licoes crescendo professor 4 t14
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Cinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do Oleiro
Cinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do OleiroCinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do Oleiro
Cinco LiçõEs Que Aprendemos Na Casa Do Oleiro
 
Lição 8 Abigail, um Caráter Conciliador
Lição 8 Abigail, um Caráter ConciliadorLição 8 Abigail, um Caráter Conciliador
Lição 8 Abigail, um Caráter Conciliador
 
31
3131
31
 
Ezequiel
EzequielEzequiel
Ezequiel
 
Habacuque Profeta Menor Antigo Testamento
Habacuque Profeta Menor Antigo TestamentoHabacuque Profeta Menor Antigo Testamento
Habacuque Profeta Menor Antigo Testamento
 
Curso de Geografia Bíblica
Curso de Geografia BíblicaCurso de Geografia Bíblica
Curso de Geografia Bíblica
 
Lição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de naboteLição 7 a vinha de nabote
Lição 7 a vinha de nabote
 
22. o livro de ester
22. o livro de ester22. o livro de ester
22. o livro de ester
 
09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas09 enc juizes reis profetas
09 enc juizes reis profetas
 
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade   hernandes dias lopesAs faces da espiritualidade   hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
 
Perguntas profetas Amós e Obadias
Perguntas profetas Amós e ObadiasPerguntas profetas Amós e Obadias
Perguntas profetas Amós e Obadias
 
Lição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
Lição 2 - A intensidade das profecias de JeremiasLição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
Lição 2 - A intensidade das profecias de Jeremias
 
A Fé e o Guarda-chuva
A Fé e o Guarda-chuvaA Fé e o Guarda-chuva
A Fé e o Guarda-chuva
 
Historia elias elizeu
Historia elias elizeuHistoria elias elizeu
Historia elias elizeu
 
Concurso biblico livro de daniel
Concurso biblico livro de danielConcurso biblico livro de daniel
Concurso biblico livro de daniel
 
Slide-Licao-1-1T-2023-CPAD-ADULTOS-Retangular (1).pdf
Slide-Licao-1-1T-2023-CPAD-ADULTOS-Retangular (1).pdfSlide-Licao-1-1T-2023-CPAD-ADULTOS-Retangular (1).pdf
Slide-Licao-1-1T-2023-CPAD-ADULTOS-Retangular (1).pdf
 

Semelhante a 14 o reino único ii – jeoiaquim^j joaquim e zedequias

A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
A firmeza do caráter moral e espiritual de danielA firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
Moisés Sampaio
 
Chamado para ser profeta
Chamado para ser profetaChamado para ser profeta
Chamado para ser profeta
dimas campos
 
Daniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.com
Daniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.comDaniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.com
Daniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.com
leitemel
 

Semelhante a 14 o reino único ii – jeoiaquim^j joaquim e zedequias (20)

14 o reino único ii – jeoiaquim^j joaquim e zedequias
14   o reino único ii – jeoiaquim^j joaquim e zedequias14   o reino único ii – jeoiaquim^j joaquim e zedequias
14 o reino único ii – jeoiaquim^j joaquim e zedequias
 
2021 3º Trimestre Adulto Lição 13.pptx
2021 3º Trimestre Adulto Lição 13.pptx2021 3º Trimestre Adulto Lição 13.pptx
2021 3º Trimestre Adulto Lição 13.pptx
 
Lição 30 - Ir à casa do Senhor - Reis.pptx
Lição 30 - Ir à casa do Senhor - Reis.pptxLição 30 - Ir à casa do Senhor - Reis.pptx
Lição 30 - Ir à casa do Senhor - Reis.pptx
 
13 periodo do reino dividido ate a queda de juda
13  periodo do reino dividido ate a queda de juda13  periodo do reino dividido ate a queda de juda
13 periodo do reino dividido ate a queda de juda
 
Lição 9 – juizo sobre judá e israel
Lição 9 – juizo sobre judá e israelLição 9 – juizo sobre judá e israel
Lição 9 – juizo sobre judá e israel
 
LICÃO - PROF JEREMIAS.pptx
LICÃO  - PROF JEREMIAS.pptxLICÃO  - PROF JEREMIAS.pptx
LICÃO - PROF JEREMIAS.pptx
 
Lição 2 - A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel - 4ºTri.2014
Lição 2 - A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel - 4ºTri.2014Lição 2 - A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel - 4ºTri.2014
Lição 2 - A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel - 4ºTri.2014
 
A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
A firmeza do caráter moral e espiritual de danielA firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
A firmeza do caráter moral e espiritual de daniel
 
13 o reino único i – manassés, amon, josias e jeoacaz
13   o reino único i – manassés, amon, josias e jeoacaz13   o reino único i – manassés, amon, josias e jeoacaz
13 o reino único i – manassés, amon, josias e jeoacaz
 
Perseguição e honra de deus
Perseguição e honra de deusPerseguição e honra de deus
Perseguição e honra de deus
 
3 jeremias e lamentacoes
3   jeremias e lamentacoes3   jeremias e lamentacoes
3 jeremias e lamentacoes
 
Lição 8 - As reformas de Josias + textos_GGR
Lição 8 - As reformas de Josias + textos_GGRLição 8 - As reformas de Josias + textos_GGR
Lição 8 - As reformas de Josias + textos_GGR
 
19. o livro de ii crônicas
19. o livro de ii crônicas19. o livro de ii crônicas
19. o livro de ii crônicas
 
10 o reino unido, dividido e o exilio - 10 aula
10   o reino unido, dividido e o exilio - 10 aula10   o reino unido, dividido e o exilio - 10 aula
10 o reino unido, dividido e o exilio - 10 aula
 
6 o reino dividido
6   o reino dividido6   o reino dividido
6 o reino dividido
 
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdfAula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
Aula 1 e 2 Daniel Apocalipse.pdf
 
Chamado para ser profeta
Chamado para ser profetaChamado para ser profeta
Chamado para ser profeta
 
Daniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.com
Daniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.comDaniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.com
Daniel e Apocalipse - Disponível em www.portadesiao.blogspot.com
 
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
 
Aula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do Evangelho
Aula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do EvangelhoAula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do Evangelho
Aula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do Evangelho
 

Mais de Pib Penha

5 deuteronomio
5 deuteronomio5 deuteronomio
5 deuteronomio
Pib Penha
 

Mais de Pib Penha (20)

16 - avaliacao da disciplina.pptx
16 - avaliacao da disciplina.pptx16 - avaliacao da disciplina.pptx
16 - avaliacao da disciplina.pptx
 
Os caracteres chineses e a biblia.pptx
Os caracteres chineses e a biblia.pptxOs caracteres chineses e a biblia.pptx
Os caracteres chineses e a biblia.pptx
 
Dízimo.ppt
Dízimo.pptDízimo.ppt
Dízimo.ppt
 
tabela das religiões.pptx
tabela das religiões.pptxtabela das religiões.pptx
tabela das religiões.pptx
 
9 o reino do norte iii – jeroboão, zacarias, salum, menaém, pecaías, pecá e...
9   o reino do norte iii – jeroboão, zacarias, salum, menaém, pecaías, pecá e...9   o reino do norte iii – jeroboão, zacarias, salum, menaém, pecaías, pecá e...
9 o reino do norte iii – jeroboão, zacarias, salum, menaém, pecaías, pecá e...
 
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)8   o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
8 o reino do norte ii – acazias, jorão, jeú, jeoacaz e jeoás (1)
 
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabe
7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabe
 
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabe
7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabe
 
4 o reino unido ii - davi
4   o reino unido ii - davi4   o reino unido ii - davi
4 o reino unido ii - davi
 
1 objetivos da monarquia de israel
1  objetivos da monarquia de israel1  objetivos da monarquia de israel
1 objetivos da monarquia de israel
 
21 avaliacao da disciplina
21   avaliacao da disciplina21   avaliacao da disciplina
21 avaliacao da disciplina
 
20 aula debate - compartilhar sua linha do tempo
20   aula debate - compartilhar sua linha do tempo20   aula debate - compartilhar sua linha do tempo
20 aula debate - compartilhar sua linha do tempo
 
19 periodo da igreja primitiva
19  periodo da igreja primitiva19  periodo da igreja primitiva
19 periodo da igreja primitiva
 
18 periodo dos apostolos
18  periodo dos apostolos18  periodo dos apostolos
18 periodo dos apostolos
 
16 aula debate o tempo e os costumes
16   aula debate o tempo e os costumes16   aula debate o tempo e os costumes
16 aula debate o tempo e os costumes
 
17 periodo da vida de jesus
17  periodo da vida de jesus17  periodo da vida de jesus
17 periodo da vida de jesus
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
1 fundamentos bíblicos da família - 1ª aula
1   fundamentos bíblicos da família - 1ª aula1   fundamentos bíblicos da família - 1ª aula
1 fundamentos bíblicos da família - 1ª aula
 
Besouro bombardeiro
Besouro bombardeiroBesouro bombardeiro
Besouro bombardeiro
 
5 deuteronomio
5 deuteronomio5 deuteronomio
5 deuteronomio
 

Último

Último (10)

Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 

14 o reino único ii – jeoiaquim^j joaquim e zedequias

  • 1. MONARQUIA DE ISRAEL – Características de liderança 14ª aula -O reino único II – Jeoaquim (18), Joaquim (19) e Zedequias (20) 1 EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA – 2021 – 2º SEMESTRE Facilitadores: Dr. Eliel Cardoso e Eng. Francisco Tudela O FIM DE JUDÁ
  • 2. Plano de leitura semanal 2 Rs 2 Cr 14. O Reino Único (II) Jeoaquim (18), Joaquim (19) e Zedequias (20) 21.1 – 23.34 36.1-36.4 Rei Reinado Caráter Profetas 18. Jeoaquim (ou Eliaquim) 697 3 meses Mau Daniel, Ezequiel, Jeremias 19. Joaquim (ou Jeconias) 608-597 11 anos Mau 20. Zedequias (ou Matanias) 597-586 11 anos Mau
  • 3. 3 Mapa geopolítico: disputa pelo Crescente Fértil 671aC Assíria conquista o Egito 612aC Babilônia conquista os Assírios Neste momento havia três partidos em Judá: pró-Assíria, pró-Babilônia, pró-Egito
  • 4. Jr 1.2,3 “A palavra do Senhor veio a ele no décimo terceiro ano do reinado de Josias, filho de Amom, rei de Judá, e durante o reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, até o quinto mês do décimo primeiro ano de Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, quando os habitantes de Jerusalém foram levados para o exílio.” 4 16º JOSIAS 640-609 17º JEOACAZ 609 18º JEOAQUIM 609-597 20º ZEDEQUIAS 597-587 19º JOAQUIM 597 Jeremias profetizou um século após Isaías, e seus contemporâneos foram: Sofonias, Habacuque, Ezequiel e Daniel. OS 5 ÚLTIMOS REINADOS DE JUDÁ
  • 5. JEOAQUIM 2Cr 36.4,5 “O rei do Egito proclamou Eliaquim, irmão de Jeoacaz, rei sobre Judá e sobre Jerusalém, e mudou-lhe o nome para Jeoaquim. Mas Neco levou Jeoacaz, irmão de Eliaquim, para o Egito. Jeoaquim tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar, e reinou onze anos em Jerusalém. Ele fez o que o Senhor, o seu Deus, reprova.” 2Rs 24.1 “Durante o reinado de Jeoaquim, Nabucodonosor, rei da Babilônia, invadiu o país, e Jeoaquim tornou-se seu vassalo por três anos.” Judá passa a ser vassalo do Egito. Erro/Falha: O líder que não realizou um governo aprovado por Deus
  • 6. Jr 26.20-24 “Outro homem que profetizou em nome do Senhor foi Urias...profetizou contra esta cidade e contra esta terra as mesmas coisas anunciadas por Jeremias. Quando o rei Jeoaquim, todos os seus homens de guerra e os seus oficiais ouviram isso, o rei procurou matá-lo. Sabendo disso, Urias teve medo e fugiu para o Egito. Mas o rei Jeoaquim mandou ao Egito Elnatã...e com ele alguns homens, os quais trouxeram Urias do Egito e o levaram ao rei Jeoaquim, que o mandou matar à espada. Depois, jogaram o corpo dele numa vala comum. Mas Aicam, filho de Safã, protegeu Jeremias, impedindo que ele fosse entregue ao povo para ser executado.” Aicam: um dos príncipes de Josias (2Rs 22.12-14); seu filho Gedalias será nomeado governador por Nabucodonosor depois da queda de Jerusalém (2Rs 25.22). Característica: Nem todos têm fibra para perseverar como Jeremias, e nem sempre é sábio fazê-lo.
  • 7. 612 aC – 3º ano de Jeoaquim, 1ª deportação, Daniel é exilado. Dn 1.1-3;6 “No terceiro ano do reinado de Jeoaquim, rei de Judá, Nabucodonosor, rei da Babilônia, veio a Jerusalém e a sitiou. E o Senhor entregou Jeoaquim, rei de Judá, nas suas mãos, e também alguns dos utensílios do templo de Deus. Ele levou os utensílios para o templo do seu deus na terra de Sinear e os colocou na casa do tesouro do seu deus. Então o rei ordenou que ... trouxesse alguns dos israelitas da família real e da nobreza ...vieram de Judá: Daniel, Hananias, Misael e Azarias” Jr 25.11 “Toda esta terra se tornará uma ruína desolada, e essas nações estarão sujeitas ao rei da Babilônia durante setenta anos.” Inicia-se o cativeiro babilônico que durará aprox. 70 anos Erro/Falha: O líder não ofereceu resistência, opta por se render a ver a cidade destruída. De Jerusalém à Babilônia aprox. 1330 Km - 5 meses de caminhada (9 Km/dia) Ed 7.9 “No dia primeiro do primeiro mês ele saiu da Babilônia, e chegou a Jerusalém no primeiro dia do quinto mês”
  • 8. Jr 36.1-6,22,23 “No quarto ano do reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, o Senhor dirigiu esta palavra a Jeremias... Então Jeremias chamou Baruque, filho de Nerias, para que escrevesse no rolo, conforme Jeremias ditava, todas as palavras que o Senhor lhe havia falado. Depois Jeremias disse a Baruque: "Estou preso; não posso ir ao templo do Senhor. Por isso, vá ao templo do Senhor no dia do jejum e leia ao povo as palavras do Senhor que eu ditei, as quais você escreveu... O rei estava sentado em seu apartamento do inverno, perto de um braseiro aceso. Assim que Jeudi terminava de ler três ou quatro colunas, o rei as cortava com uma faca de escrivão e as atirava no braseiro, até que o rolo inteiro foi queimado no braseiro. Jr 36.32 “Então Jeremias pegou outro rolo e o deu ao escriba Baruque...Jeremias ditava, todas as palavras do livro que Jeoaquim, rei de Judá, tinha queimado...” Erro/Falha: O líder quer destruir aquilo que não lhe agrada, mesmo sendo a palavra de Deus
  • 9. 2Rs 24.1-3 “Então ele voltou atrás e rebelou-se contra Nabucodonosor. O Senhor enviou contra ele tropas babilônicas, aramaicas, moabitas e amonitas, para destruir Judá, de acordo com a palavra do Senhor proclamada por seus servos, os profetas. Com certeza isto aconteceu a Judá conforme a ordem do Senhor, a fim de removê- los da sua presença, por causa de todos os pecados que Manassés cometeu,” • Manassés reconstruiu altares que o pai havia derrubado, queimou seus filhos em sacrifício, praticou feitiçaria, adivinhação e magia, consultou médiuns. • 2Cr 33.11-13,15-17“Em sua angústia, ele buscou o favor do Senhor, o seu Deus, e humilhou-se muito diante do Deus dos seus antepassados. Quando ele orou, o Senhor o ouviu e atendeu o seu pedido; de forma que o trouxe de volta a Jerusalém e a seu reino. E assim Manassés reconheceu que o Senhor é Deus....” Deus não tem um limite para perdoar, porém é justo na retribuição ao pecado. Gl 6.7 “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.”
  • 10. 2Rs 24.3 “...isto aconteceu a Judá conforme a ordem do Senhor, a fim de removê-los da sua presença, POR CAUSA DE TODOS OS PECADOS QUE MANASSÉS COMETEU,” Ex 20.5 “Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que castigo os filhos pelos pecados de seus pais até a terceira e quarta geração DAQUELES QUE ME DESPREZAM, mas trato com bondade até mil gerações aos que me amam e guardam os meus mandamentos.” Esse versículo não trata de punição, mas de consequências, e se aplica àqueles que desprezam a Deus, que se recusam a viver em consonância com Sua vontade. Diz que as consequências dos pecados de um (Manasés - 674aC) afetarão até a sua 3ª e 4ª geração (Zedequias- 586aC), pois os filhos neste ambiente estão PROPENSOS a desprezarem a Deus (Josias foi aprovado por Deus)- (674-612)/20=4ª ger.) Estamos envolvidos uns com os outros, a violação da lei de Deus numa geração afeta as gerações futuras: de Adão até hoje (calend. Judáico ano 5781) são 290 ger.
  • 11. 2Rs 24.1 “Então ele voltou atrás e rebelou-se contra Nabucodonosor” Em consequência da rebelião de Jeoaquim houve a 2ª grande deportação. 2Cr 36.6-8 “Nabucodonosor, rei da Babilônia, atacou-o e prendeu-o com algemas de bronze para levá-lo para a Babilônia. E levou também para a Babilônia objetos do templo do Senhor e os colocou no seu templo. Os demais acontecimentos do reinado de Jeoaquim, as coisas detestáveis que fez e tudo o que foi achado contra ele, estão escritos nos registros...” 2Rs 24.6 “Jeoaquim descansou...Seu filho Joaquim foi o seu sucessor.” Jeremias descreve o caráter de Jeoaquim: Jr 22.17,18 "Mas você não vê nem pensa noutra coisa além de lucro desonesto (1), derramar sangue inocente (2), opressão (3) e extorsão (4). “ Portanto, assim diz o Senhor a respeito de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá: "Não se lamentarão por ele, clamando: ...ou ‘Ah, sua majestade! ’ Erro/Falha: Um líder que visa obter lucro desonesto (1), injusto(2), governa pelo medo(3), chantagista(4); e que conduziu mal a politica externa (2Rs 24.1-3): “voltou atrás”, “rebelou-se”. Conclusão: não lamentaram seu destino nem sua morte.
  • 12. 604 aC - JOAQUIM (Jeconias) -19° rei de Judá por 3 meses, será o último dos reis de Judá na linhagem genealógica de Jesus – ocorrerá a 3ª e maior leva de deportados Mt 1.11 “e Josias gerou Jeconias” - Jeconias ou Joaquim era neto de Josias. 2 Rs 24.8,9 “Joaquim tinha dezoito anos de idade...reinou três meses em Jerusalém.” 2Rs 24.12,14 “Então Joaquim, rei de Judá, sua mãe, seus conselheiros, seus nobres e seus oficiais se entregaram; todos se renderam a ele. No oitavo ano do reinado do rei da Babilônia, ele levou Joaquim como prisioneiro.... Levou para o exílio toda Jerusalém: todos os líderes e os homens de combate, todos os artesãos e artífices. Era um TOTAL DE DEZ MIL PESSOAS; só ficaram os mais pobres.” Erro/Falha: Um líder que não ofereceu resistência e opta por se render a ver a cidade destruída, tal como fizera seu pai.
  • 13. 2Cr 36.10 “Na primavera o rei Nabucodonosor mandou levá-lo para a Babilônia, junto com objetos de valor retirados do templo do Senhor, e proclamou Zedequias, tio de Joaquim, rei sobre Judá e sobre Jerusalém.” Trinta e sete anos depois disso, portanto, já na metade do cativeiro, o rei da Babilônia, Evil-Merodaque, tirou-o da prisão e permitiu que comessem juntos: 2Rs 25.29,30 “Assim, Joaquim deixou suas vestes de prisão e pelo resto de sua vida comeu à mesa do rei. E diariamente, enquanto viveu, Joaquim recebeu uma pensão do rei.” Por causa do tratamento dispensado a Joaquim, havia esperança para a restauração da nação em sua própria terra. CURIOSIDADE: JOAQUIM FOI O PRIMEIRO APOSENTADO DA HISTÓRIA
  • 14. ZEDEQUIAS – filho mais jovem de Josias, tio de Joaquim – último rei de Judá 2Cr 36.11-13 “Zedequias tinha vinte e um anos de idade quando começou a reinar, e reinou onze anos em Jerusalém. Ele fez o que o Senhor, o seu Deus, reprova, e não se humilhou diante do profeta Jeremias, que lhe falava como porta- voz do Senhor. Também se revoltou contra o rei Nabucodonosor, que o havia obrigado a fazer um juramento em nome de Deus. Tornou-se muito obstinado e não quis se voltar para o Senhor, o Deus de Israel.” 2Rs 24.17,18 “Fez Matanias, tio de Joaquim, reinar em seu lugar, e mudou seu nome para Zedequias. ...O nome de sua mãe era Hamutal, filha de Jeremias; ela era de Libna.” Sua mãe não era filha do profeta Jeremias: Jr 16.2 “Não se case nem tenha filhos ou filhas neste lugar“ A Jeremias foram negadas a alegria e a plenitude do casamento. Não casou: não faria sentido ter uma família num lugar dominado pelos Babilônios. Erro/Falha: Um líder que não realizou um governo aprovado por Deus
  • 15. Jr 34.8-11 “O Senhor dirigiu a palavra a Jeremias depois do acordo que o rei Zedequias fez com todo o povo de Jerusalém de proclamar a libertação dos escravos. Todos teriam que libertar seus escravos e escravas hebreus; ninguém poderia escravizar um compatriota judeu. Assim, todos os líderes e o povo que firmaram esse acordo de libertação dos escravos, concordaram em deixá-los livres e não mais os escravizaram; o povo obedeceu e libertou os escravos. Mas, depois disso, mudou de idéia e tomou de volta os homens e as mulheres que havia libertado e tornou a escravizá-los.” Erro/Falha: Um líder sem pulso, de modo que o povo não obedeceu ao acordado
  • 16. Profeta Jeremias e o seu parecer contrário às pretensões de Zedequias e da corte: Jr 38.1-6 “E ocorreu que....ouviram o que Jeremias estava dizendo a todo o povo: "Assim diz o Senhor: ‘Aquele que permanecer nesta cidade morrerá pela espada, pela fome e pela peste; mas aquele que se render aos babilônios viverá...". Então os líderes disseram ao rei: "Este homem deve morrer. Ele está desencorajando os soldados ...bem como todo o povo, com as coisas que ele está dizendo... O rei Zedequias respondeu: "Ele está em suas mãos; o rei não pode opor-se a vocês". Assim, pegaram Jeremias e o jogaram na cisterna de Malquias, filho do rei, a qual ficava no pátio da guarda. Baixaram Jeremias por meio de cordas para dentro da cisterna. Não havia água na cisterna, mas somente lama; e Jeremias afundou na lama.“ A corte e os conselheiros queriam a independência e pressionavam Zedequias a romper com a Babilônia. Falha/Erro: Um líder sem liberdade pois está dominado por um grupo.
  • 17. Jr 38.7,10,17-19,28 “Mas, Ebede-Meleque, o etíope, oficial do palácio real, ouviu que eles tinham jogado Jeremias na cisterna. Ora, o rei estava sentado junto à porta de Benjamim... Então o rei ordenou a Ebede-Meleque, o etíope: "Leve com você três homens sob as suas ordens e retire o profeta Jeremias da cisterna antes que ele morra"... Então Jeremias disse a Zedequias: "Assim diz o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: ‘Se te renderes imediatamente aos oficiais do rei da Babilônia, tua vida será poupada e esta cidade não será incendiada...". O rei Zedequias disse a Jeremias: "Tenho medo dos judeus que estão apoiando os babilônios, pois os babilônios poderão entregar-me nas mãos deles, e eles me maltratarão". E JEREMIAS PERMANECEU NO PÁTIO DA GUARDA até o dia em que Jerusalém foi conquistada ". Temia que seus súditos já tivessem rendido. Erro/Falha: Um líder acovardado que toma ações pensando exclusivamente em si.
  • 18. 2Cr 36.14-16 “Além disso, todos os líderes dos sacerdotes e o povo se tornaram cada vez mais infiéis, seguindo todas as práticas detestáveis das outras nações e contaminando o templo do Senhor, consagrado por ele em Jerusalém. O Senhor, o Deus dos seus antepassados, advertiu-os várias vezes por meio de seus mensageiros, pois ele tinha compaixão de seu povo e do lugar de sua habitação. Mas eles zombaram dos mensageiros de Deus, desprezaram as palavras dele e expuseram ao ridículo os seus profetas, até que a ira do Senhor se levantou contra o seu povo, e JÁ NÃO HOUVE REMÉDIO.” Depois de todos os sinais, profetas, pragas, perseguições e reformas, e após esta descrição de idolatria, Deus se desenganara da Sua nação. 2Rs 24.20b “Por causa da ira do Senhor tudo isso aconteceu a Jerusalém e a Judá; por fim ele OS LANÇOU PARA LONGE DA SUA PRESENÇA” Tivessem ouvido a Deus por intermédio de Jeremias, teriam evitado a tragédia.
  • 19. 2Rs 24.20b “Ora, Zedequias rebelou-se contra o rei da Babilônia.” Zedequias contava com o apoio do Faraó Hofra, mas: 2Rs 24.7 “O rei do Egito não mais se atreveu a sair com seu exército de suas próprias fronteiras, pois o rei da Babilônia havia ocupado todo o território...” 2Rs 25.1-3 “Então, no nono ano do reinado de Zedequias, no décimo dia do décimo mês, Nabucodonosor, rei da Babilônia, marchou contra Jerusalém com todo o seu exército. Ele acampou em frente da cidade e construiu rampas de ataque ao redor dela. A cidade foi mantida sob cerco até o décimo primeiro ano do reinado de Zedequias. No nono dia do quarto mês, a fome na cidade havia se tornado tão severa que não havia nada para o povo comer.” Lm 4.9,10 “Os que foram mortos pela espada estão melhor do que os que morrem de fome, os quais, torturados pela fome, definham pela falta de produção das lavouras. Com as próprias mãos, mulheres bondosas cozinharam os próprios filhos, que se tornaram a sua comida quando o meu povo foi destruído.” Erro/Falha: O líder avaliou mal o apoio que esperava. (O cerco durou 18 meses)
  • 20. 2Rs 25.4-7 “Então o muro da cidade foi rompido, e todos os soldados fugiram de noite pela porta entre os dois muros próximos ao jardim do rei, embora os babilônios estivessem em torno da cidade. Fugiram na direção da Arabá, 2Rs 25.5,6 “mas o exército babilônio perseguiu o rei e o alcançou nas planícies de Jericó. Todos os seus soldados o abandonaram, e ele foi capturado. Foi levado até o rei da Babilônia, em Ribla, onde pronunciaram a sentença contra ele. 2Rs 25.7 Executaram os filhos de Zedequias na sua frente; depois furaram seus olhos, prenderam-no com algemas de bronze e o levaram para a Babilônia.” Jr 34.4,5 “Assim diz o Senhor...Você não morrerá pela espada, mas morrerá em paz” Foi a quarta deportação Erro/Falha: Um líder que foge, covarde.
  • 21. Jr 39.8,9 “Os babilônios incendiaram o palácio real e as casas do povo, e derrubaram os muros de Jerusalém. Nebuzaradã, o comandante da guarda imperial, deportou para a Babilônia o povo que restou na cidade, juntamente com aqueles que tinham se rendido a ele, e o restante dos artesãos. Quinta deportação Jr 39.10 “Somente alguns dos mais pobres do povo, que nada tinham, Nebuzaradã, o comandante da guarda imperial, deixou para trás em Judá. E, naquela ocasião, ele lhes deu vinhas e campos.".
  • 22. 2Cr 36.17-19 “Deus entregou todos eles nas mãos de Nabucodonosor; este levou para a Babilônia todos os utensílios do templo de Deus, tanto os pequenos como os grandes, juntamente com os tesouros do templo do Senhor, os do rei e os de seus oficiais. Os babilônios incendiaram o templo de Deus e derrubaram o muro de Jerusalém; queimaram todos os palácios e destruíram todos os utensílios de valor que havia neles.” 593 aC TALVEZ NESTA INVASÃO É QUE A ARCA DA ALIANÇA TENHA DESAPARECIDO !! Em 1001 aC temos a última referência da Arca: 2Cr.35.3 “Ponham a arca sagrada no templo construído por Salomão,” Ed 1.9-11 Esdras lista o que levaram de volta ao templo e a Arca não é citada. Onde estará a Arca da Aliança? Será que foi arrebatada? Em 90 dC Ap 11.19 “Então foi aberto o santuário de Deus no céu, e ali foi vista a arca da sua aliança...”
  • 23. 2Rs 25.18-21 “O comandante da guarda levou como prisioneiros o sumo sacerdote, ...os três guardas da porta...o oficial responsável...cinco conselheiros reais...o secretário...e sessenta homens do povo....em Ribla...o rei mandou executá-los” Jr 40.2-6 “Quando o comandante da guarda encontrou Jeremias, disse-lhe: "Foi o Senhor, o seu Deus, que determinou esta desgraça para este lugar. Agora o Senhor a cumpriu e fez o que tinha prometido. Tudo isso aconteceu porque vocês pecaram contra o Senhor e não lhe obedeceram. Mas hoje eu o liberto das correntes que prendem as suas mãos. Se você quiser, venha comigo para a Babilônia e eu cuidarei de você; se, porém, não quiser, pode ficar. Veja! Toda esta terra está diante de você; vá para onde melhor lhe parecer"....Então o comandante lhe deu provisões e um presente, e o deixou partir. Jeremias foi a Gedalias...em Mispá, e permaneceu com ele entre o povo que foi deixado na terra de Judá.". Característica: Um líder valoriza seu projeto;, Jeremias recebeu a oferta de uma vida confortável na corte, preferiu ficar em Judá.
  • 24. Jr 40.7-12 “Havia COMANDANTES do exército, que ainda estavam em campo aberto com os seus SOLDADOS. Eles ouviram que o rei da Babilônia tinha nomeado Gedalias... governador de Judá e o havia encarregado dos homens, das mulheres, das crianças e dos mais pobres da terra, que não tinham sido deportados para a Babilônia. Então foram até Gedalias, em Mispá...Gedalias... fez um juramento a eles e aos seus soldados: "Não temam sujeitar-se aos babilônios. Estabeleçam-se na terra, sujeitem-se ao rei da Babilônia, e tudo lhes irá bem... Quando TODOS OS JUDEUS que estavam em Moabe, em Amom, em Edom e em todas as outras terras ouviram que ...tinha deixado um remanescente em Judá... voltaram, de ...onde tinham sido espalhados, e vieram para a terra de Judá, e foram até Gedalias em Mispá....” Em Mispá ficaram os pobres, os comandantes, os soldados e judeus que tinham sido espalhados por outras regiões.
  • 25. Meses depois Ismael, da dinastia de Davi, assassina Gedalias. Jr 41.1,2 “No sétimo mês, Ismael, filho de Netanias...que era de sangue real e tinha sido um dos oficiais do rei, foi até Gedalias...em Mispá, levando consigo dez homens. Enquanto comiam juntos, Ismael...e os dez homens que estavam com ele se levantaram e feriram à espada Gedalias.". Temendo uma represália babilônica o povo foge para o Egito,. Jr 43.7 “Eles foram para o Egito, desobedecendo ao Senhor, e foram até Tafnes.” 42.19 “Ó remanescente de Judá, o Senhor lhes disse: ‘Não vão para o Egito” 43.5 -7 “...os comandantes do exército, levaram todo o remanescente de Judá... além do profeta Jeremias... Eles foram para o Egito, desobedecendo ao Senhor.” 25
  • 26. Jeremias, com 70 anos, em Tafnes, cidade egípcia, repreende a idolatria do povo: 44.16,17"Nós não daremos atenção à mensagem que você nos apresenta em nome do Senhor! É certo que faremos tudo o que dissemos que faríamos: Queimaremos incenso à Rainha dos Céus e derramaremos ofertas de bebidas para ela, tal como fazíamos, nós e nossos antepassados, nossos reis e nossos líderes, nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém. Naquela época tínhamos fartura de comida, éramos prósperos e em nada sofríamos.” No ano 579 Jeremias profetiza: 51.11 “O Senhor incitou o espírito dos reis dos medos, porque seu propósito é destruir a Babilônia” Que ocorrerá, 40 anos depois (539) sob o comando Ciro. 51.64b “Aqui terminam as palavras de Jeremias.” Jeremias foi levado ao Egito contra a sua vontade e lá morreu. 26
  • 27. 27 1 e 2 Reis- https://www.youtube.com/watch?v=6R5wFQWFDL4&list=PLsDpUPJTUcXEhw6rCZF7EZDapThr6o0KP&index=13
  • 28. Isaias, 200 anos antes de Ciro nascer, cita-o na sua profecia: Is 44.28 “que diz acerca de Ciro: ‘Ele é meu pastor, e realizará tudo o que me agrada; ele dirá acerca de Jerusalém: "Seja reconstruída", e do templo: "Sejam lançados os seus alicerces“ 2Cr 36.22,23 “No primeiro ano do reinado de Ciro, rei da Pérsia, para que se cumprisse a palavra do Senhor anunciada por Jeremias, o Senhor tocou no coração de Ciro, rei da Pérsia, para que fizesse uma proclamação em todo o território de seu domínio e a pusesse por escrito, nestes termos: "Assim declaro Ciro, rei da Pérsia: ‘O Senhor, o Deus dos céus, deu-me todos os reinos da terra e designou-me para construir-lhe um templo em Jerusalém, na terra de Judá. Quem dentre vocês pertencer ao seu povo vá para Jerusalém, e que o Senhor, o seu Deus, esteja com ele.” 28
  • 29. 29 1 e 2Cronicas - https://www.youtube.com/watch?v=1PnrE58L5Fg&list=PLsDpUPJTUcXEhw6rCZF7EZDapThr6o0KP&index=14
  • 30. CONCLUSÃO: Pensando na imprudência de Zedequias, de todos que o pressionaram e nas desastrosas consequências, aprendemos que como lideres devemos pensar bem nas decisões, cujos resultados colocarão em jogo não somente nossa vida e valores, mas também a vida e os valores daqueles que lideramos. “Ouvir a voz de Deus”, que está na Bíblia, para não sermos inconsequentes. 30
  • 31. PRÓXIMA AULA: REFLEXÃO SOBRE O TEMA: Veio a monarquia e passou, mas o rei que a monarquia prefigurava não passou. Como no anúncio de Gabriel a Maria: Lc 1.32,33 “Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó; seu Reino jamais terá fim".” Plano de leitura semanal 15. O retorno do cativeiro babilônico Ester, Ageu, Esdras, Neemias
  • 32. 1. Bíblia NVI – Editora Vida – 2000 2. Bíblia de Estudo Arqueológica NVI – Kunz André Claiton e outros – Ed. Vida – 2013 3. Comentário Bíblico do professor – Lawrence Richards – 3ª Ed. Vida - SP 4. Revista Compromisso - impressa pela Convicção Editora 5. A Bíblia da Liderança Cristã - John C. Maxwell –Ed. SBB – 2ª Ed 6. A monarquia em Israel – João S. da Fonseca – 2ª Ed. JUERP - RJ 7. Reflexões extraídas da World Wide Web Esta apresentação está disponível no site: www.escolabiblicavirtual.com.br 32
  • 33. 33 Começar Jogo A Monarquia em Israel. I - Reino UNIDO. (Israel) EBD Prof.Zazá