SlideShare uma empresa Scribd logo
SISTEMASISTEMA
ENDÓCRINOENDÓCRINO
Professora: Virgínia Patricia R. JuarezProfessora: Virgínia Patricia R. Juarez
Disciplina: BiologiaDisciplina: Biologia
Turma: 3º AnoTurma: 3º Ano
Função: produzir substâncias através das
glândulas e juntamente com o sistema
nervoso atuar na coordenação de todas as
atividades do organismo.
GLÂNDULAGLÂNDULA: é um órgão cuja função é: é um órgão cuja função é
produzir e secretar algumas substânciasproduzir e secretar algumas substâncias
com um função pré-determinada. Estacom um função pré-determinada. Esta
substância pode ser secretada dentro dosubstância pode ser secretada dentro do
Sistema Circulatório (hormônios) ou foraSistema Circulatório (hormônios) ou fora
dele (outras secreções).dele (outras secreções).
Glândulas endócrinasGlândulas endócrinas::
Funções:Funções:
• Secreções de substâncias (hormônios) que atuamSecreções de substâncias (hormônios) que atuam
sobre célula alvosobre célula alvo
• Hormônios:Hormônios:
• Substâncias químicas que são produzidas porSubstâncias químicas que são produzidas por
glândulas que atuam no sentido de controlar ouglândulas que atuam no sentido de controlar ou
auxiliar o controle de alguma função do corpoauxiliar o controle de alguma função do corpo
A ação do hormônio se dá quando este é lançado
através da corrente sanguínea pelas glândulas
endócrinas, e assim, chegando a célula-alvo, se
liga a receptores específicos localizado na
superfície das células.
1 sistema endócrino
EXISTEM 3 TIPOS DE GLÂNDULAS:EXISTEM 3 TIPOS DE GLÂNDULAS:
1)1) Glândulas exócrinasGlândulas exócrinas:: possuem um canal secretorpossuem um canal secretor
que transporta suas secreções para fora do corpo ouque transporta suas secreções para fora do corpo ou
para o interior de um órgão oco.Ex: glândulaspara o interior de um órgão oco.Ex: glândulas
salivares/sudoríparas.salivares/sudoríparas.
2)2) Glândulas endócrinas:Glândulas endócrinas: não apresentam um canalnão apresentam um canal
secretor; portanto as substâncias produzidassecretor; portanto as substâncias produzidas
(Hormônios), são lançados diretamente na(Hormônios), são lançados diretamente na
circulação sanguínea.circulação sanguínea.
- O hormônio atua
somente em suas células-alvo
que possuem receptores em
sua superfície externa que se
combinam de maneira
específica com ele.
3)3) Glândulas mistas (anfícrinasGlândulas mistas (anfícrinas):): funcionam comofuncionam como
exócrinas e endócrinas. Ex: Pâncreasexócrinas e endócrinas. Ex: Pâncreas
Mas... O que é a hipófise?
É uma glândula do tamanho de uma ervilha, localizada na base do
cérebro logo atrás dos olhos. Ela produz vários outros hormônios
que estimulam o crescimento, a contração do útero, o volume da
urina e controla o funcionamento de outras glândulas endócrinas
como a tireóide , os ovários e os testículos.
TireóideTireóide
Localizado abaixo da laringe
Formato de borboleta
Hormônio maisHormônio mais
importante:importante:
• TiroxinaTiroxina
• Aumenta velocidade deAumenta velocidade de
quase todas as reaçõesquase todas as reações
químicas nas célulasquímicas nas células
• Aumento deAumento de
mitocôndriasmitocôndrias
• Aumento de produçãoAumento de produção
tiroxina = Iodotiroxina = Iodo
PARATIREÓIDE
HORMÔNIO:
- Paratormômio: eleva o nível de cálcio no sangue e estimula
a liberação de cálcio nos ossos.
- Pequenas massas arredondadas de tecido glandular
1 sistema endócrino
SUPRA-RENAIS
- Também conhecida como adrenais, localizam-se sobre o
rim. São formadas por duas partes, a medula e o córtex.
Córtex da suprarrenalCórtex da suprarrenal
Os hormônios produzidos pelo córtex adrenalOs hormônios produzidos pelo córtex adrenal
sãosão esteróidesesteróides, isto é, derivados do colesterol e, isto é, derivados do colesterol e
conhecidos genericamenteconhecidos genericamente
comocomo corticosteróidescorticosteróides. Os principais são. Os principais são
osos glicocorticóidesglicocorticóides ee
ososmineralocorticóidesmineralocorticóides..
• Os glicocorticóides atuam na produção de glicoseOs glicocorticóides atuam na produção de glicose
a partir de proteínas e gorduras. Esse processoa partir de proteínas e gorduras. Esse processo
aumenta a quantidade de glicose disponível paraaumenta a quantidade de glicose disponível para
ser usada como combustível em casos deser usada como combustível em casos de
resposta a uma situação estressante. O principalresposta a uma situação estressante. O principal
glicocorticóide é oglicocorticóide é o cortisolcortisol, também conhecido, também conhecido
como hidrocortisona. Além de seus efeitos nocomo hidrocortisona. Além de seus efeitos no
metabolismo da glicose, a hidrocortisonametabolismo da glicose, a hidrocortisona
diminui a permeabilidade dos capilaresdiminui a permeabilidade dos capilares
sanguíneos. Por causa dessas propriedades, asanguíneos. Por causa dessas propriedades, a
hidrocortisona é usada clinicamente para reduzirhidrocortisona é usada clinicamente para reduzir
inflamações provocadas por processos alérgicos,inflamações provocadas por processos alérgicos,
entre outras coisas. Deve-se evitar o usoentre outras coisas. Deve-se evitar o uso
prolongado de hidrocortisona, pois essaprolongado de hidrocortisona, pois essa
substância tem a propriedade de deprimir osubstância tem a propriedade de deprimir o
sistema de defesa corporal, tornando osistema de defesa corporal, tornando o
organismo mais suscetívelorganismo mais suscetível aa infecções.infecções.
•
• Os mineralocorticóides regulam o balançoOs mineralocorticóides regulam o balanço
de água e de sais no organismo. Ade água e de sais no organismo. A
aldosterona, por exemplo, é um hormônioaldosterona, por exemplo, é um hormônio
que estimula a reabsorção de sais pelosque estimula a reabsorção de sais pelos
rins. Isso causa retenção de água, comrins. Isso causa retenção de água, com
conseqüente aumento da pressãoconseqüente aumento da pressão
sanguínea. A liberação de aldosterona ésanguínea. A liberação de aldosterona é
controlada por substâncias produzidascontrolada por substâncias produzidas
pelo fígado e pelos rins em resposta apelo fígado e pelos rins em resposta a
variações na concentração de sais novariações na concentração de sais no
sanguesangue..
Glândulas Supra-renaisGlândulas Supra-renais
• Localizada sobre o pólo de cada rimLocalizada sobre o pólo de cada rim
Medula adrenalMedula adrenal
A medula adrenal produz dois hormôniosA medula adrenal produz dois hormônios
principais: aprincipais: a adrenalinaadrenalina (ou epinefrina) e(ou epinefrina) e
aanoradrenalinanoradrenalina (ou norepinefrina). Esses dois(ou norepinefrina). Esses dois
hormônios são quimicamente semelhantes,hormônios são quimicamente semelhantes,
produzidos a partir de modificações bioquímicasproduzidos a partir de modificações bioquímicas
no aminoácido tirosina.no aminoácido tirosina.
Quando uma pessoa vive uma situação deQuando uma pessoa vive uma situação de
estresse (susto, situações de grande emoçãoestresse (susto, situações de grande emoção
etc.), o sistema nervoso estimula a medulaetc.), o sistema nervoso estimula a medula
adrenal a liberar adrenalina no sangue. Sob aadrenal a liberar adrenalina no sangue. Sob a
ação desse hormônio, os vasos sanguíneos daação desse hormônio, os vasos sanguíneos da
pele se contraem e a pessoa fica pálida; o sanguepele se contraem e a pessoa fica pálida; o sangue
passa a se concentrar nos músculos e nos órgãospassa a se concentrar nos músculos e nos órgãos
internos, preparando o organismo para umainternos, preparando o organismo para uma
resposta vigorosa.resposta vigorosa.
PÂNCREAS
- Localizado no sistema digestório (apêndice)
• Ilhotas de LangerhansIlhotas de Langerhans (ou Ilhéus de Langerhans) são(ou Ilhéus de Langerhans) são
um grupo especial de células doum grupo especial de células do pâncreaspâncreas que produzemque produzem
insulinainsulina ee glucagonglucagon, substâncias que agem como, substâncias que agem como
importantes reguladores do metabolismo deimportantes reguladores do metabolismo de açúcaraçúcar. No. No
pâncreaspâncreas humanohumano existem entre 1 e 2 milhões de ilhéusexistem entre 1 e 2 milhões de ilhéus
de langerhans, com cerca de 0,3de langerhans, com cerca de 0,3 mmmm dede diâmetrodiâmetro
organizadas ao redor de pequenosorganizadas ao redor de pequenos capilarescapilares..11
• Nomeadas em homenagem aNomeadas em homenagem a PaulPaul LangerhansLangerhans, o, o
cientista alemão que as descobriu emcientista alemão que as descobriu em 18691869, essas células, essas células
se dispõem em aglomerados (se dispõem em aglomerados (clustersclusters) no pâncreas. Elas) no pâncreas. Elas
fazem e secretam estes hormônios que ajudam o corpo afazem e secretam estes hormônios que ajudam o corpo a
quebrar e usar oquebrar e usar o alimentoalimento..
• São os ilhéus de Langerhans que compõem oSão os ilhéus de Langerhans que compõem o pâncreaspâncreas
endócrinoendócrino(parte(parte endócrinaendócrina do pâncreas).do pâncreas).
Tipos de célulasTipos de células
• Os hormônios produzidos nas ilhotas deOs hormônios produzidos nas ilhotas de
Langerhans são secretados diretamente naLangerhans são secretados diretamente na
circulação sanguínea por (pelo menos) quatrocirculação sanguínea por (pelo menos) quatro
tipos diferentes de células:tipos diferentes de células:
• Células alfaCélulas alfa (A) que secretam(A) que secretam glucagonglucagon (25 por(25 por
cento das células da ilhota)cento das células da ilhota)11
• Células betaCélulas beta (B) que secretam(B) que secretam insulinainsulina
e amilina (60 por cento)1e amilina (60 por cento)1
• Células delta (D) queCélulas delta (D) que
produzemproduzem somatostatinasomatostatina (3-10%)1(3-10%)1
• Células PP (F) que contém um polipeptídeoCélulas PP (F) que contém um polipeptídeo
pancreático (1%)pancreático (1%)
• Os ilhéus podem influenciar-se entre si atravésOs ilhéus podem influenciar-se entre si através
de comunicação parácrina e autócrina, e asde comunicação parácrina e autócrina, e as
células beta são acopladas eletricamente acélulas beta são acopladas eletricamente a
células beta (mas não a outros tipos de células).células beta (mas não a outros tipos de células).
HORMÔNIOS
-Na sua função exócrina: suco pancreático
-Na sua função endócrina:
Insulina: aumenta a capacidade de absorção da glicose
pelas células (que são estocadas em forma de
glicogênio), reduzindo a concentração de açúcar no
plasma sanguíneo.
Glucagon: efeito contrário ao da insulina, aumenta a
concentração de glicose no plasma. Quando os níveis
de açúcar no sangue estão baixos, o glucagon estimula
a transformação do glicogênio estocado em glicose,
fazendo com que a quantidade no sangue volte ao
normal.
TESTÍCULOS
- Sua produção e atuação se dá
através do hormônio luteinizante
(LH) produzido na hipófise.
- Faz parte do sistema reprodutor masculino
HORMÔNIO
Testosterona:
- Desenvolve os caracteres sexuais secundários masculinos.
- Promove o impulso sexual.
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
2) Principais glândulas endócrinas humanas
VII) Gônadas (Testículos e Ovários)
a) Testículos (homem): Localizados no interior da bolsa escrotal
o Sofre influência dos hormônios FSH e LH produzidos pela adenohipófise
Testículos
FSH  induz a produção de Espermatozóides
LH  Induz a produção de Testosterona
Testosterona (hormônio sexual masculino), produzido no interior
dos testículos pelas células de Leydig.
Ação:
 Aparecimento dos características sexuais secundárias masculinas
(barba, pêlos pubianos, engrossamento da voz, desenvolvimento da
musculatura, etc).
 Amadurecimento dos órgãos genitais.
 Libido sexual.
Testículos
FSH  induz a produção de Espermatozóides
LH  Induz a produção de Testosterona
Testosterona (hormônio sexual masculino), produzido no interior
dos testículos pelas células de Leydig.
Ação:
 Aparecimento dos características sexuais secundárias masculinas
(barba, pêlos pubianos, engrossamento da voz, desenvolvimento da
musculatura, etc).
 Amadurecimento dos órgãos genitais.
 Libido sexual.
OVÁRIOS
- Sua regulação se dá através
do hormônio luteinizante (LH)
e pelo hormônio folículo
estimulante (FSH) produzido
na hipófise.
- Localiza-se no sistema reprodutor feminino.
HORMÔNIOS
Estrógeno: produção das características sexuais secundárias
femininas
Progesterona: preparação do útero para a gravidez.
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
2) Principais glândulas endócrinas humanas
VII) Gônadas (Testículos e Ovários)
b) Ovários (mulher) localizados no interior da cavidade pélvica.
Hormônios produzidos: Estrógeno e Progesterona
Sofrem influência dos hormônios FSH e LH produzidos pela adenohipófise
Tuba uterina
FSH induz a formação dos folículos ovarianos
(Graaf) e estes produzem estrógeno.
Com o aumento do estrógeno, ocorre
o aumento da liberação do hormônio
LH, o qual promove a ovulação e a
formação do corpo amerelo (lúteo)
que irá produzir progesterona.
Corpo lúteo
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
2) Principais glândulas endócrinas humanas
VII) Gônadas (Testículos e Ovários)
Estrógeno
o Produzido pelos folículos ovarianos (folículos de Graaf);
o determina o aparecimento das características sexuais secundárias
femininas (mamas, pêlos pubianos, acúmulo de gordura em algumas
regiões, etc.);
o Estimula o desenvolvimento do endométrio para receber o embrião;
o induz o amadurecimento dos órgãos genitais;
o libido sexual.
Progesterona
o Produzida pelo corpo amarelo (corpo lúteo) que se origina do folículo
ovariano rompido durante a ovulação.
o Juntamente com o estrógeno, a progesterona atua preparando a
parede do endométrio uterino para receber o embrião.
o Estimula o desenvolvimento das glândulas mamárias.
DISFUNÇÕESDISFUNÇÕES
HORMONAISHORMONAIS
HIPÓFISE
Gigantismo e nanismo: alteração na secreção de
hormônio de crescimento.
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
2) Principais glândulas endócrinas humanas
a) Adenohipófise (Hormônios)
I) Hormônio do crescimento ou somatotrófico (GH/SH)
 Promove o crescimento das cartilagens e dos ossos
 Influencia o metabolismo das proteínas, carboidratos e lipídios.
o Deficiência na infância provoca o nanismo. (A)
o Excesso na infância provoca o gigantismo. (B)
o Excesso no adulto provoca a acromegalia. (C)
A B
C
A acromegalia é umaA acromegalia é uma
alteração hormonal quealteração hormonal que
acontece quando aacontece quando a
glândula hipófise liberaglândula hipófise libera
excesso de hormônio deexcesso de hormônio de
crescimento, durante acrescimento, durante a
vida adulta de umavida adulta de uma
pessoa, fazendo com quepessoa, fazendo com que
mãos, pés e outras partesmãos, pés e outras partes
do corpo aumentem dedo corpo aumentem de
tamanho.tamanho.
Hipotiroidismo:
-Redução na produção dos hormônios tireoidianos.
-Metabolismo reduzido.
- Ganho de peso/ menos ativa/ pele fria e ressecada.
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
2) Principais glândulas endócrinas humanas
III) Tireóide
Hipertireoidismo
 Sintomas
exoftalmia bócio
Hipertiroidismo:
-Aumento exagerado da atividade da tireóide.
-Perda de peso/ agitação/muito apetite.
- Crescimento anormal da tireóide.
- O olhos podem ficar arregalados ou saltados das
órbitas (exoftalmia).
Diabetes Melitos
- Redução ou não produção da insulina.
- No Diabetes tipo 1, o pâncreas não produz insulina, o
que aumenta a quantidade a de açúcar no sangue.(na
infância e na adolescência).
- Apresenta problemas circulatórios, visuais, renais,
coma e morte.
-Controlada com injeções regulares de insulina e
restrição de açúcar.
- No Diabetes tipo 2, o pâncreas produz pouca insulina.
(por volta dos 40 anos).
- Controle com dieta pobre em carboidratos e açucar e
medicação via oral.
Diabetes insípida:
- Carência na formação do ADH (anti-diurético) ou na
sua ação.
- Aumento da poliúra – até 15 L (aumento do volume de
urina).
- Intensa sensação de sede/risco de desidratação.
OBRIGADA PELA ATENÇÃO!OBRIGADA PELA ATENÇÃO!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fisiologia - Sistema Cardiovascular
Fisiologia - Sistema CardiovascularFisiologia - Sistema Cardiovascular
Fisiologia - Sistema Cardiovascular
Pedro Miguel
 
Sistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptxSistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptx
Natalia Mikaele Vasconcellos
 
Sistema cardiovascular bárbara de castro
Sistema cardiovascular   bárbara de castroSistema cardiovascular   bárbara de castro
Sistema cardiovascular bárbara de castro
BarbaraCastroLoureiro
 
Aula 10 endocrino
Aula 10   endocrinoAula 10   endocrino
Aula 10 endocrino
Adele Janie
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
Marcos Anicio
 
Aula 03 sitema nervoso
Aula 03 sitema nervosoAula 03 sitema nervoso
Aula 03 sitema nervoso
Glorinha E David
 
Aula sobre sistema endócrino
Aula sobre sistema endócrinoAula sobre sistema endócrino
Aula sobre sistema endócrino
Evelyn Fernandes
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sistema endócrino
Sistema endócrino Sistema endócrino
Sistema endócrino
Mariane Gomes
 
Inflamação
InflamaçãoInflamação
Inflamação
Lys Duarte
 
Sistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTicoSistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTico
guest426133c
 
Tireóide
TireóideTireóide
Tireóide
Eloi Lago
 
Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema Endocrino
Digux
 
Sistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humanaSistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humana
Marília Gomes
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
César Milani
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
César Milani
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
César Milani
 
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologiaAula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterináriaSistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterinária
Marília Gomes
 

Mais procurados (20)

Fisiologia - Sistema Cardiovascular
Fisiologia - Sistema CardiovascularFisiologia - Sistema Cardiovascular
Fisiologia - Sistema Cardiovascular
 
Sistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptxSistema endócrino.pptx
Sistema endócrino.pptx
 
Sistema cardiovascular bárbara de castro
Sistema cardiovascular   bárbara de castroSistema cardiovascular   bárbara de castro
Sistema cardiovascular bárbara de castro
 
Aula 10 endocrino
Aula 10   endocrinoAula 10   endocrino
Aula 10 endocrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Aula 03 sitema nervoso
Aula 03 sitema nervosoAula 03 sitema nervoso
Aula 03 sitema nervoso
 
Aula sobre sistema endócrino
Aula sobre sistema endócrinoAula sobre sistema endócrino
Aula sobre sistema endócrino
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
 
Sistema endócrino
Sistema endócrino Sistema endócrino
Sistema endócrino
 
Inflamação
InflamaçãoInflamação
Inflamação
 
Sistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTicoSistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTico
 
Tireóide
TireóideTireóide
Tireóide
 
Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema Endocrino
 
Sistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humanaSistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humana
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
 
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologiaAula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
 
Sistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterináriaSistema endócrino veterinária
Sistema endócrino veterinária
 

Destaque

Sistema Endocrino - Resumo
Sistema Endocrino - ResumoSistema Endocrino - Resumo
Sistema Endocrino - Resumo
bioemanuel
 
Presentación2geografia
Presentación2geografiaPresentación2geografia
Presentación2geografia
Ricardo Ramirez
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
Vincenzo Vera
 
Fisiologia - Sistema Endócrino 1
Fisiologia - Sistema Endócrino 1Fisiologia - Sistema Endócrino 1
Fisiologia - Sistema Endócrino 1
Pedro Miguel
 
Sistema endocrino.
Sistema endocrino.Sistema endocrino.
Sistema endocrino.
Laddy Anchundia
 
El sistema-endocrino angel rondon
El sistema-endocrino angel rondonEl sistema-endocrino angel rondon
El sistema-endocrino angel rondon
angel rondon
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
Miriam Valle
 
Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema Endocrino
angelica kauefate
 
Sistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoSistema EndóCrino
Sistema EndóCrino
profatatiana
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
Erick Estrada
 
Diapositivas sistema endocrino
Diapositivas sistema endocrinoDiapositivas sistema endocrino
Diapositivas sistema endocrino
Jessi Arraiz
 
Clase 5 morfologia sistema endocrino
Clase 5 morfologia sistema endocrinoClase 5 morfologia sistema endocrino
Clase 5 morfologia sistema endocrino
Pediatra Carlos Andres Vera Aparicio
 
O Sistema Endócrino
O Sistema EndócrinoO Sistema Endócrino
O Sistema Endócrino
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Histología del Sistema endocrino
Histología del Sistema endocrinoHistología del Sistema endocrino
Histología del Sistema endocrino
YoeliSalvador28
 
Sistema Endocrino
Sistema Endocrino Sistema Endocrino
Sistema Endocrino
DR. CARLOS Azañero
 
Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema Endocrino
Hiram Baez Andino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
Camilo Beleño
 
Powerpoint sistema endócrino
Powerpoint sistema endócrinoPowerpoint sistema endócrino
Powerpoint sistema endócrino
Magdalena Ravagnan
 
Sistema endocrino anatomía
Sistema endocrino anatomíaSistema endocrino anatomía
Sistema endocrino anatomía
JESSS, Academy
 
Sistema endocrino (Hormonas)
Sistema endocrino (Hormonas)Sistema endocrino (Hormonas)
Sistema endocrino (Hormonas)
Segundo Medio B Caf
 

Destaque (20)

Sistema Endocrino - Resumo
Sistema Endocrino - ResumoSistema Endocrino - Resumo
Sistema Endocrino - Resumo
 
Presentación2geografia
Presentación2geografiaPresentación2geografia
Presentación2geografia
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Fisiologia - Sistema Endócrino 1
Fisiologia - Sistema Endócrino 1Fisiologia - Sistema Endócrino 1
Fisiologia - Sistema Endócrino 1
 
Sistema endocrino.
Sistema endocrino.Sistema endocrino.
Sistema endocrino.
 
El sistema-endocrino angel rondon
El sistema-endocrino angel rondonEl sistema-endocrino angel rondon
El sistema-endocrino angel rondon
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema Endocrino
 
Sistema EndóCrino
Sistema EndóCrinoSistema EndóCrino
Sistema EndóCrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Diapositivas sistema endocrino
Diapositivas sistema endocrinoDiapositivas sistema endocrino
Diapositivas sistema endocrino
 
Clase 5 morfologia sistema endocrino
Clase 5 morfologia sistema endocrinoClase 5 morfologia sistema endocrino
Clase 5 morfologia sistema endocrino
 
O Sistema Endócrino
O Sistema EndócrinoO Sistema Endócrino
O Sistema Endócrino
 
Histología del Sistema endocrino
Histología del Sistema endocrinoHistología del Sistema endocrino
Histología del Sistema endocrino
 
Sistema Endocrino
Sistema Endocrino Sistema Endocrino
Sistema Endocrino
 
Sistema Endocrino
Sistema EndocrinoSistema Endocrino
Sistema Endocrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Powerpoint sistema endócrino
Powerpoint sistema endócrinoPowerpoint sistema endócrino
Powerpoint sistema endócrino
 
Sistema endocrino anatomía
Sistema endocrino anatomíaSistema endocrino anatomía
Sistema endocrino anatomía
 
Sistema endocrino (Hormonas)
Sistema endocrino (Hormonas)Sistema endocrino (Hormonas)
Sistema endocrino (Hormonas)
 

Semelhante a 1 sistema endócrino

Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
Roberta Mendes
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
Ingrid Bispo
 
Fisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdf
Fisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdfFisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdf
Fisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdf
KarineOliveira283326
 
Apostila Glândulas Endócrinas-2016
Apostila Glândulas Endócrinas-2016Apostila Glândulas Endócrinas-2016
Apostila Glândulas Endócrinas-2016
arn4ldo
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
am2015
 
Endócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactiveEndócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactive
edu.biologia
 
Sistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. ArleiSistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. Arlei
Carmina Monteiro
 
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppopAula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
ssuser385557
 
Sistema endócrino prof Ivanise Meyer
Sistema endócrino prof Ivanise MeyerSistema endócrino prof Ivanise Meyer
Sistema endócrino prof Ivanise Meyer
Ivanise Meyer
 
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANOAULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
RodrigoSousa736857
 
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizadoAula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Hamilton Nobrega
 
Capítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrinoCapítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrino
Igor Brant
 
Acup apostila oficial endócrino-pdf
Acup apostila oficial endócrino-pdfAcup apostila oficial endócrino-pdf
Acup apostila oficial endócrino-pdf
Enfermare Home Care
 
aula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptx
aula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptxaula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptx
aula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptx
KAMILADESAFAGUNDESBR
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
Gabriel Messias
 
Obesidade abdominal
Obesidade abdominal Obesidade abdominal
Obesidade abdominal
Van Der Häägen Brazil
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
André Garrido
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
André Garrido
 
Funcionamento do sistema endócrino do nosso corpo
Funcionamento do sistema endócrino do nosso corpoFuncionamento do sistema endócrino do nosso corpo
Funcionamento do sistema endócrino do nosso corpo
AnaLdiaCantanhedeRoc
 
Apostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDF
Apostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDFApostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDF
Apostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDF
Escola Técnica Destake NI
 

Semelhante a 1 sistema endócrino (20)

Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
 
Fisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdf
Fisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdfFisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdf
Fisiologia_Endócrina_-_Aspectos_Introdutórios.pdf
 
Apostila Glândulas Endócrinas-2016
Apostila Glândulas Endócrinas-2016Apostila Glândulas Endócrinas-2016
Apostila Glândulas Endócrinas-2016
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Endócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactiveEndócrino hormônios-interactive
Endócrino hormônios-interactive
 
Sistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. ArleiSistema Endócrino - Prof. Arlei
Sistema Endócrino - Prof. Arlei
 
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppopAula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
Aula 7 - Sistema endócrino.pdf oopoppop
 
Sistema endócrino prof Ivanise Meyer
Sistema endócrino prof Ivanise MeyerSistema endócrino prof Ivanise Meyer
Sistema endócrino prof Ivanise Meyer
 
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANOAULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
AULA 11 - SISTEMA ENDÓCRINO DO CORPO HUMANO
 
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizadoAula 06   fisiologia do sistema endócrino - atualizado
Aula 06 fisiologia do sistema endócrino - atualizado
 
Capítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrinoCapítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrino
 
Acup apostila oficial endócrino-pdf
Acup apostila oficial endócrino-pdfAcup apostila oficial endócrino-pdf
Acup apostila oficial endócrino-pdf
 
aula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptx
aula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptxaula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptx
aula3sistemaendocrinoparte1-160322171223.pptx
 
Sistema Endócrino
Sistema EndócrinoSistema Endócrino
Sistema Endócrino
 
Obesidade abdominal
Obesidade abdominal Obesidade abdominal
Obesidade abdominal
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Funcionamento do sistema endócrino do nosso corpo
Funcionamento do sistema endócrino do nosso corpoFuncionamento do sistema endócrino do nosso corpo
Funcionamento do sistema endócrino do nosso corpo
 
Apostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDF
Apostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDFApostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDF
Apostila-GlandulasEndocrinasRevisada.PDF
 

Último

Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 

Último (20)

RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 

1 sistema endócrino

  • 1. SISTEMASISTEMA ENDÓCRINOENDÓCRINO Professora: Virgínia Patricia R. JuarezProfessora: Virgínia Patricia R. Juarez Disciplina: BiologiaDisciplina: Biologia Turma: 3º AnoTurma: 3º Ano
  • 2. Função: produzir substâncias através das glândulas e juntamente com o sistema nervoso atuar na coordenação de todas as atividades do organismo. GLÂNDULAGLÂNDULA: é um órgão cuja função é: é um órgão cuja função é produzir e secretar algumas substânciasproduzir e secretar algumas substâncias com um função pré-determinada. Estacom um função pré-determinada. Esta substância pode ser secretada dentro dosubstância pode ser secretada dentro do Sistema Circulatório (hormônios) ou foraSistema Circulatório (hormônios) ou fora dele (outras secreções).dele (outras secreções).
  • 3. Glândulas endócrinasGlândulas endócrinas:: Funções:Funções: • Secreções de substâncias (hormônios) que atuamSecreções de substâncias (hormônios) que atuam sobre célula alvosobre célula alvo • Hormônios:Hormônios: • Substâncias químicas que são produzidas porSubstâncias químicas que são produzidas por glândulas que atuam no sentido de controlar ouglândulas que atuam no sentido de controlar ou auxiliar o controle de alguma função do corpoauxiliar o controle de alguma função do corpo
  • 4. A ação do hormônio se dá quando este é lançado através da corrente sanguínea pelas glândulas endócrinas, e assim, chegando a célula-alvo, se liga a receptores específicos localizado na superfície das células.
  • 6. EXISTEM 3 TIPOS DE GLÂNDULAS:EXISTEM 3 TIPOS DE GLÂNDULAS: 1)1) Glândulas exócrinasGlândulas exócrinas:: possuem um canal secretorpossuem um canal secretor que transporta suas secreções para fora do corpo ouque transporta suas secreções para fora do corpo ou para o interior de um órgão oco.Ex: glândulaspara o interior de um órgão oco.Ex: glândulas salivares/sudoríparas.salivares/sudoríparas.
  • 7. 2)2) Glândulas endócrinas:Glândulas endócrinas: não apresentam um canalnão apresentam um canal secretor; portanto as substâncias produzidassecretor; portanto as substâncias produzidas (Hormônios), são lançados diretamente na(Hormônios), são lançados diretamente na circulação sanguínea.circulação sanguínea. - O hormônio atua somente em suas células-alvo que possuem receptores em sua superfície externa que se combinam de maneira específica com ele.
  • 8. 3)3) Glândulas mistas (anfícrinasGlândulas mistas (anfícrinas):): funcionam comofuncionam como exócrinas e endócrinas. Ex: Pâncreasexócrinas e endócrinas. Ex: Pâncreas
  • 9. Mas... O que é a hipófise? É uma glândula do tamanho de uma ervilha, localizada na base do cérebro logo atrás dos olhos. Ela produz vários outros hormônios que estimulam o crescimento, a contração do útero, o volume da urina e controla o funcionamento de outras glândulas endócrinas como a tireóide , os ovários e os testículos.
  • 10. TireóideTireóide Localizado abaixo da laringe Formato de borboleta Hormônio maisHormônio mais importante:importante: • TiroxinaTiroxina • Aumenta velocidade deAumenta velocidade de quase todas as reaçõesquase todas as reações químicas nas célulasquímicas nas células • Aumento deAumento de mitocôndriasmitocôndrias • Aumento de produçãoAumento de produção tiroxina = Iodotiroxina = Iodo
  • 11. PARATIREÓIDE HORMÔNIO: - Paratormômio: eleva o nível de cálcio no sangue e estimula a liberação de cálcio nos ossos. - Pequenas massas arredondadas de tecido glandular
  • 13. SUPRA-RENAIS - Também conhecida como adrenais, localizam-se sobre o rim. São formadas por duas partes, a medula e o córtex.
  • 14. Córtex da suprarrenalCórtex da suprarrenal Os hormônios produzidos pelo córtex adrenalOs hormônios produzidos pelo córtex adrenal sãosão esteróidesesteróides, isto é, derivados do colesterol e, isto é, derivados do colesterol e conhecidos genericamenteconhecidos genericamente comocomo corticosteróidescorticosteróides. Os principais são. Os principais são osos glicocorticóidesglicocorticóides ee ososmineralocorticóidesmineralocorticóides..
  • 15. • Os glicocorticóides atuam na produção de glicoseOs glicocorticóides atuam na produção de glicose a partir de proteínas e gorduras. Esse processoa partir de proteínas e gorduras. Esse processo aumenta a quantidade de glicose disponível paraaumenta a quantidade de glicose disponível para ser usada como combustível em casos deser usada como combustível em casos de resposta a uma situação estressante. O principalresposta a uma situação estressante. O principal glicocorticóide é oglicocorticóide é o cortisolcortisol, também conhecido, também conhecido como hidrocortisona. Além de seus efeitos nocomo hidrocortisona. Além de seus efeitos no metabolismo da glicose, a hidrocortisonametabolismo da glicose, a hidrocortisona diminui a permeabilidade dos capilaresdiminui a permeabilidade dos capilares sanguíneos. Por causa dessas propriedades, asanguíneos. Por causa dessas propriedades, a hidrocortisona é usada clinicamente para reduzirhidrocortisona é usada clinicamente para reduzir inflamações provocadas por processos alérgicos,inflamações provocadas por processos alérgicos, entre outras coisas. Deve-se evitar o usoentre outras coisas. Deve-se evitar o uso prolongado de hidrocortisona, pois essaprolongado de hidrocortisona, pois essa substância tem a propriedade de deprimir osubstância tem a propriedade de deprimir o sistema de defesa corporal, tornando osistema de defesa corporal, tornando o organismo mais suscetívelorganismo mais suscetível aa infecções.infecções. •
  • 16. • Os mineralocorticóides regulam o balançoOs mineralocorticóides regulam o balanço de água e de sais no organismo. Ade água e de sais no organismo. A aldosterona, por exemplo, é um hormônioaldosterona, por exemplo, é um hormônio que estimula a reabsorção de sais pelosque estimula a reabsorção de sais pelos rins. Isso causa retenção de água, comrins. Isso causa retenção de água, com conseqüente aumento da pressãoconseqüente aumento da pressão sanguínea. A liberação de aldosterona ésanguínea. A liberação de aldosterona é controlada por substâncias produzidascontrolada por substâncias produzidas pelo fígado e pelos rins em resposta apelo fígado e pelos rins em resposta a variações na concentração de sais novariações na concentração de sais no sanguesangue..
  • 17. Glândulas Supra-renaisGlândulas Supra-renais • Localizada sobre o pólo de cada rimLocalizada sobre o pólo de cada rim
  • 18. Medula adrenalMedula adrenal A medula adrenal produz dois hormôniosA medula adrenal produz dois hormônios principais: aprincipais: a adrenalinaadrenalina (ou epinefrina) e(ou epinefrina) e aanoradrenalinanoradrenalina (ou norepinefrina). Esses dois(ou norepinefrina). Esses dois hormônios são quimicamente semelhantes,hormônios são quimicamente semelhantes, produzidos a partir de modificações bioquímicasproduzidos a partir de modificações bioquímicas no aminoácido tirosina.no aminoácido tirosina. Quando uma pessoa vive uma situação deQuando uma pessoa vive uma situação de estresse (susto, situações de grande emoçãoestresse (susto, situações de grande emoção etc.), o sistema nervoso estimula a medulaetc.), o sistema nervoso estimula a medula adrenal a liberar adrenalina no sangue. Sob aadrenal a liberar adrenalina no sangue. Sob a ação desse hormônio, os vasos sanguíneos daação desse hormônio, os vasos sanguíneos da pele se contraem e a pessoa fica pálida; o sanguepele se contraem e a pessoa fica pálida; o sangue passa a se concentrar nos músculos e nos órgãospassa a se concentrar nos músculos e nos órgãos internos, preparando o organismo para umainternos, preparando o organismo para uma resposta vigorosa.resposta vigorosa.
  • 19. PÂNCREAS - Localizado no sistema digestório (apêndice)
  • 20. • Ilhotas de LangerhansIlhotas de Langerhans (ou Ilhéus de Langerhans) são(ou Ilhéus de Langerhans) são um grupo especial de células doum grupo especial de células do pâncreaspâncreas que produzemque produzem insulinainsulina ee glucagonglucagon, substâncias que agem como, substâncias que agem como importantes reguladores do metabolismo deimportantes reguladores do metabolismo de açúcaraçúcar. No. No pâncreaspâncreas humanohumano existem entre 1 e 2 milhões de ilhéusexistem entre 1 e 2 milhões de ilhéus de langerhans, com cerca de 0,3de langerhans, com cerca de 0,3 mmmm dede diâmetrodiâmetro organizadas ao redor de pequenosorganizadas ao redor de pequenos capilarescapilares..11 • Nomeadas em homenagem aNomeadas em homenagem a PaulPaul LangerhansLangerhans, o, o cientista alemão que as descobriu emcientista alemão que as descobriu em 18691869, essas células, essas células se dispõem em aglomerados (se dispõem em aglomerados (clustersclusters) no pâncreas. Elas) no pâncreas. Elas fazem e secretam estes hormônios que ajudam o corpo afazem e secretam estes hormônios que ajudam o corpo a quebrar e usar oquebrar e usar o alimentoalimento.. • São os ilhéus de Langerhans que compõem oSão os ilhéus de Langerhans que compõem o pâncreaspâncreas endócrinoendócrino(parte(parte endócrinaendócrina do pâncreas).do pâncreas).
  • 21. Tipos de célulasTipos de células • Os hormônios produzidos nas ilhotas deOs hormônios produzidos nas ilhotas de Langerhans são secretados diretamente naLangerhans são secretados diretamente na circulação sanguínea por (pelo menos) quatrocirculação sanguínea por (pelo menos) quatro tipos diferentes de células:tipos diferentes de células: • Células alfaCélulas alfa (A) que secretam(A) que secretam glucagonglucagon (25 por(25 por cento das células da ilhota)cento das células da ilhota)11 • Células betaCélulas beta (B) que secretam(B) que secretam insulinainsulina e amilina (60 por cento)1e amilina (60 por cento)1 • Células delta (D) queCélulas delta (D) que produzemproduzem somatostatinasomatostatina (3-10%)1(3-10%)1 • Células PP (F) que contém um polipeptídeoCélulas PP (F) que contém um polipeptídeo pancreático (1%)pancreático (1%) • Os ilhéus podem influenciar-se entre si atravésOs ilhéus podem influenciar-se entre si através de comunicação parácrina e autócrina, e asde comunicação parácrina e autócrina, e as células beta são acopladas eletricamente acélulas beta são acopladas eletricamente a células beta (mas não a outros tipos de células).células beta (mas não a outros tipos de células).
  • 22. HORMÔNIOS -Na sua função exócrina: suco pancreático -Na sua função endócrina: Insulina: aumenta a capacidade de absorção da glicose pelas células (que são estocadas em forma de glicogênio), reduzindo a concentração de açúcar no plasma sanguíneo. Glucagon: efeito contrário ao da insulina, aumenta a concentração de glicose no plasma. Quando os níveis de açúcar no sangue estão baixos, o glucagon estimula a transformação do glicogênio estocado em glicose, fazendo com que a quantidade no sangue volte ao normal.
  • 23. TESTÍCULOS - Sua produção e atuação se dá através do hormônio luteinizante (LH) produzido na hipófise. - Faz parte do sistema reprodutor masculino HORMÔNIO Testosterona: - Desenvolve os caracteres sexuais secundários masculinos. - Promove o impulso sexual.
  • 24. Sistema EndócrinoSistema Endócrino 2) Principais glândulas endócrinas humanas VII) Gônadas (Testículos e Ovários) a) Testículos (homem): Localizados no interior da bolsa escrotal o Sofre influência dos hormônios FSH e LH produzidos pela adenohipófise Testículos FSH  induz a produção de Espermatozóides LH  Induz a produção de Testosterona Testosterona (hormônio sexual masculino), produzido no interior dos testículos pelas células de Leydig. Ação:  Aparecimento dos características sexuais secundárias masculinas (barba, pêlos pubianos, engrossamento da voz, desenvolvimento da musculatura, etc).  Amadurecimento dos órgãos genitais.  Libido sexual. Testículos FSH  induz a produção de Espermatozóides LH  Induz a produção de Testosterona Testosterona (hormônio sexual masculino), produzido no interior dos testículos pelas células de Leydig. Ação:  Aparecimento dos características sexuais secundárias masculinas (barba, pêlos pubianos, engrossamento da voz, desenvolvimento da musculatura, etc).  Amadurecimento dos órgãos genitais.  Libido sexual.
  • 25. OVÁRIOS - Sua regulação se dá através do hormônio luteinizante (LH) e pelo hormônio folículo estimulante (FSH) produzido na hipófise. - Localiza-se no sistema reprodutor feminino. HORMÔNIOS Estrógeno: produção das características sexuais secundárias femininas Progesterona: preparação do útero para a gravidez.
  • 26. Sistema EndócrinoSistema Endócrino 2) Principais glândulas endócrinas humanas VII) Gônadas (Testículos e Ovários) b) Ovários (mulher) localizados no interior da cavidade pélvica. Hormônios produzidos: Estrógeno e Progesterona Sofrem influência dos hormônios FSH e LH produzidos pela adenohipófise Tuba uterina FSH induz a formação dos folículos ovarianos (Graaf) e estes produzem estrógeno. Com o aumento do estrógeno, ocorre o aumento da liberação do hormônio LH, o qual promove a ovulação e a formação do corpo amerelo (lúteo) que irá produzir progesterona. Corpo lúteo
  • 27. Sistema EndócrinoSistema Endócrino 2) Principais glândulas endócrinas humanas VII) Gônadas (Testículos e Ovários) Estrógeno o Produzido pelos folículos ovarianos (folículos de Graaf); o determina o aparecimento das características sexuais secundárias femininas (mamas, pêlos pubianos, acúmulo de gordura em algumas regiões, etc.); o Estimula o desenvolvimento do endométrio para receber o embrião; o induz o amadurecimento dos órgãos genitais; o libido sexual. Progesterona o Produzida pelo corpo amarelo (corpo lúteo) que se origina do folículo ovariano rompido durante a ovulação. o Juntamente com o estrógeno, a progesterona atua preparando a parede do endométrio uterino para receber o embrião. o Estimula o desenvolvimento das glândulas mamárias.
  • 29. HIPÓFISE Gigantismo e nanismo: alteração na secreção de hormônio de crescimento.
  • 30. Sistema EndócrinoSistema Endócrino 2) Principais glândulas endócrinas humanas a) Adenohipófise (Hormônios) I) Hormônio do crescimento ou somatotrófico (GH/SH)  Promove o crescimento das cartilagens e dos ossos  Influencia o metabolismo das proteínas, carboidratos e lipídios. o Deficiência na infância provoca o nanismo. (A) o Excesso na infância provoca o gigantismo. (B) o Excesso no adulto provoca a acromegalia. (C) A B C
  • 31. A acromegalia é umaA acromegalia é uma alteração hormonal quealteração hormonal que acontece quando aacontece quando a glândula hipófise liberaglândula hipófise libera excesso de hormônio deexcesso de hormônio de crescimento, durante acrescimento, durante a vida adulta de umavida adulta de uma pessoa, fazendo com quepessoa, fazendo com que mãos, pés e outras partesmãos, pés e outras partes do corpo aumentem dedo corpo aumentem de tamanho.tamanho.
  • 32. Hipotiroidismo: -Redução na produção dos hormônios tireoidianos. -Metabolismo reduzido. - Ganho de peso/ menos ativa/ pele fria e ressecada.
  • 33. Sistema EndócrinoSistema Endócrino 2) Principais glândulas endócrinas humanas III) Tireóide Hipertireoidismo  Sintomas exoftalmia bócio
  • 34. Hipertiroidismo: -Aumento exagerado da atividade da tireóide. -Perda de peso/ agitação/muito apetite. - Crescimento anormal da tireóide. - O olhos podem ficar arregalados ou saltados das órbitas (exoftalmia).
  • 35. Diabetes Melitos - Redução ou não produção da insulina. - No Diabetes tipo 1, o pâncreas não produz insulina, o que aumenta a quantidade a de açúcar no sangue.(na infância e na adolescência). - Apresenta problemas circulatórios, visuais, renais, coma e morte. -Controlada com injeções regulares de insulina e restrição de açúcar. - No Diabetes tipo 2, o pâncreas produz pouca insulina. (por volta dos 40 anos). - Controle com dieta pobre em carboidratos e açucar e medicação via oral.
  • 36. Diabetes insípida: - Carência na formação do ADH (anti-diurético) ou na sua ação. - Aumento da poliúra – até 15 L (aumento do volume de urina). - Intensa sensação de sede/risco de desidratação.