SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIVERSIDADE DE CUIABÁ
                                        NÚCLEO DE DISCIPLINAS INTEGRADAS
                                   DISCIPLINA DE CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS IV




                             SANGUE E
                           HEMATOPOESE


                                                                               1


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
CONSIDERAÇÕES GERAIS
      2       O sangue
          O sangue é um tecido conjuntivo líquido que circula pelo sistema
          vascular sanguíneo
                Ø Responsável pela manutenção da vida do organismo
                Ø Dividido em 2 componentes:
          § Líquido (55% volume): plasma
          § Celular (45% volume): glóbulos vermelhos,
          glóbulos brancos e plaquetas
                                                                   Leucócitos



                            Plasma
                                                              Plaquetas
               Glóbulos brancos

             Glóbulos vermelhos
                                                                                               Hemácias

                                                                                FONTE: Prof. Giovanny Rebouças Pinto


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
CONSTITUIÇÃO DO SANGUE
      3


       ¨   Porção acelular ou plasma( matriz extracelular do sangue)
            ¤   92% água
            ¤   8% proteínas, sais, glicose, hormônios, vitaminas, aminoácidos
       ¨   Transportar as substâncias que o compõem a todas as partes do corpo e
           eliminar possíveis resíduos provenientes do metabolismo.



       ¨   Porção celular:
            ¤   Glóbulos vermelhos ou eritrócitos
            ¤   Glóbulos brancos ou leucócitos
            ¤   Plaquetas



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
CONSTITUIÇÃO DO SANGUE
      4




                                                                   Amabis & Martho. Biologia das Células. 2004



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Hematopoiese
HematopoieseHematopoiese
Hematopoiese

O documento descreve o processo de hematopoiese, que é a renovação das células sanguíneas através da divisão celular, já que essas células possuem vida curta. O processo de hematopoiese ocorre em fases, incluindo a formação do estroma e a granulopoiese, que dá origem a células formadas a partir da medula óssea.

Exame quimico da urina
Exame quimico da urinaExame quimico da urina
Exame quimico da urina

O documento discute o uso de tiras reativas para análise da urina, descrevendo os principais testes realizados (pH, proteínas, glicose, cetona, sangue), seus significados clínicos e padrões de normalidade. Também fornece detalhes sobre técnicas, armazenamento, controles de qualidade e automação dos testes com tiras reativas.

Hematologia básica hericles
Hematologia básica   hericlesHematologia básica   hericles
Hematologia básica hericles

O documento descreve a composição do sangue humano, incluindo plasma, eritrócitos, leucócitos e seus tipos e funções. O plasma contém proteínas como globulinas e albuminas. Os eritrócitos, também chamados de hemácias, transportam oxigênio e são produzidos na medula óssea. Existem vários tipos de leucócitos, incluindo neutrófilos, eosinófilos, basófilos, linfócitos e monócitos, que atuam na defesa do organismo contra infecções e resposta

5            CÉLULAS DO SANGUE




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
CÉLULAS SANGUÍNEAS
      6




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
HEMÁCIAS
      7

           ¨    Origem: medula óssea;
           ¨    São anucleadas, formato disco
                bicôncavo, flexíveis;
           ¨    Localização:interior dos vasos
                sanguíneos;




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
LEUCÓCITOS
      8



                                                                                 São os glóbulos
                                                                                    brancos.


                                                                                q São cinco tipos:
                                                                                Neutrófilo
                                     neutrófilos                   eosinófilo   Eosinófilo
                                                                                Basófilo
                                                                                Monócito
                                                                                Linfócito




                                       basófilo                     monócito

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalFisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal

O documento descreve as principais funções do rim, incluindo a regulação da composição iônica do sangue, da osmolaridade, do volume sanguíneo e da pressão arterial. Também aborda a anatomia interna do rim, o caminho da urina, o suprimento sanguíneo renal e o papel do néfron na filtração do sangue e formação da urina.

sistema renal educação física fisiologia humana
Coagulograma
CoagulogramaCoagulograma
Coagulograma

O documento discute vários testes realizados em um coagulograma para avaliar a hemostasia primária e secundária. Ele descreve os métodos e valores de referência para tempo de sangramento, prova do laço e contagem de plaquetas para avaliar a função plaquetária, assim como os testes de tempo de protrombina e tempo de tromboplastina parcial ativada para avaliar a cascata de coagulação.

1ª aula amostras biológicas
1ª aula   amostras biológicas1ª aula   amostras biológicas
1ª aula amostras biológicas

O documento discute os materiais biológicos coletados para exames laboratoriais, incluindo a legislação sobre laboratórios clínicos e o processo de coleta e armazenamento de amostras de sangue e urina.

NEUTRÓFILOS
      9




          (POLIMORFONUCLEARES)
      ¨    Núcleo multilobulado                      (2-5
           lóbulos)
      ¨    Primeiras células de defesa
           contra microrganismos
      ¨    Pus:      neutrófilos mortos,
           bactérias destruídas, restos
           celulares, líquido extracelular
      ¨    Neutrofilia:                     infecções
           bacterianas             ou        processo
           inflamatório



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
EOSINÓFILOS
     10

          ¨   Núcleo bilobulado
          ¨   FUNÇÃO: atividade defensiva
          ¨   Atraídos para tecidos invadidos por parasitas ou em
              processos alérgicos
          ¨   EOSINOFILIA: infecções parasitárias ou processos alérgicos




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
BASÓFILOS
     11




          ¨   Núcleo volumoso em forma de S
          ¨   Grânulos grandes
          ¨   Difícil visualização(↓número)
          ¨   Grânulos:
              Histamina, fatores quimiotáticos para eosinófilos e neutrófilos e
              heparina.




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
LINFÓCITOS
     12



          Células com citoplasma escasso e núcleo
                                      esférico;

     ¨    Migram para os tecidos e voltam para o
          sangue;

     ¨    Meia-vida: dias - anos


            Linfócitos T e linfócitos B

             LINFOCITOSE: infecções virais,

             LINFOPENIA: imunodeficiência e terapia farmacológica prolongada.



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Sistema hematológico
Sistema hematológicoSistema hematológico
Sistema hematológico

O documento descreve o sistema hematológico, incluindo que ele é composto pelo sangue e locais onde é formado, as funções do sangue como transporte de oxigênio e nutrientes, e a composição do sangue em plasma e elementos figurados como glóbulos vermelhos e brancos. Também discute os grupos sanguíneos, antígenos, anticorpos e compatibilidade, assim como o fator Rh.

sistema hematológico
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com

1) O documento descreve os procedimentos de um laboratório de bioquímica clínica, incluindo tipos de amostras coletadas, equipamentos utilizados nos processos analíticos e pré/pós-analíticos, e métodos para realizar testes bioquímicos. 2) São detalhados processos de coleta, armazenamento e transporte de amostras para evitar erros, assim como técnicas para punção venosa, arterial e capilar. 3) Os principais equipamentos descritos são espectrof

bioquímicaaula
01.hemograma med
01.hemograma med01.hemograma med
01.hemograma med

O documento apresenta um resumo do hemograma, que avalia os elementos celulares do sangue de forma quantitativa e qualitativa. O hemograma é composto pelo eritrograma, leucograma e plaquetograma. O eritrograma avalia a massa eritróide circulante quantitativa e qualitativamente.

MONÓCITOS
     13




            ¨    Célula grande com núcleo ovóide em forma rim

            ¨    Tecidos: diferencia-se em macrófagos




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PLAQUETAS
     14


       ¨    Corpos discóides anucleados: Fragmentos do citoplasma dos
            megacariócitos da medula óssea

       ¨    Vida média: 10-14 dias

       ¨    FUNÇÃO: Hemostasia

       ¨    150.000 a 450.000/microlitro
             ¨    Trombocitopenia: redução na quantidade de
                  plaquetas.      Leva      a    uma      propensão    a
                  sangramentos. Encontrada em pacientes com
                  dengue na forma grave.
             ¨    Trobocitose:      aumento       na    quantidade    de
                  plaquetas. Leva a propensão a formação de
                  coágulos (trombos)


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ORIGEM DAS CÉLULAS
          15
                        SANGUÍNEAS – A HEMATOPOIESE




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
16



      ¨   A hematopoese ou hemopoiese (hemato ou hemo
          significa sangue, poiesis significa fazer).

      ¨   Formação   e                              desenvolvimento   das   células
          sanguíneas

      ¨   Ocorre a partir de um precursor comum pluripotente
          (UFC – unidade formadora de colônia; stem-cell ou
          célula-tronco).


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório

O documento descreve as funções do sistema circulatório, incluindo o transporte de oxigênio, nutrientes e hormônios pelo sangue, bem como a defesa do organismo e regulação da temperatura corporal. Também discute as células sanguíneas como glóbulos brancos e vermelhos, doenças do sangue como leucemia e anemia, e os diferentes vasos sanguíneos como artérias e veias.

1a aula sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
1a aula   sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...1a aula   sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
1a aula sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...

O documento resume as principais características do sangue e de suas células constituintes. Em três frases: 1) O sangue é composto por plasma e células, sendo as hemácias as mais numerosas e responsáveis pelo transporte de oxigênio e gás carbônico. 2) Os leucócitos, menos numerosos, incluem granulócitos como neutrófilos, eosinófilos e basófilos, e mononucleares como monócitos e linfócitos, que desempenham funções de defesa do

Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humana

O documento descreve o sistema urinário, incluindo os rins, ureteres e bexiga. O sistema urinário é responsável pela filtração do sangue e formação da urina, que contém resíduos de metabólicos como ureia e ácido úrico. A urina é formada nos rins através de filtração, reabsorção e secreção e é armazenada na bexiga antes de ser expelida pelo corpo.

anatomia humanaanatomiasistema excretor
CÉLULAS HEMATOPOÉTICAS

                 CÉLULAS TRONCO




                                                                   FONTE: Prof. Giovanny Rebouças Pinto


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PLASTICIDADE DAS CÉLULAS TRONCO

     18




                                                       Célula-tronco




                         Precursor mielóide                            Precursor linfóide
                         comum                                         comum




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE
     19




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE
     20




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema CardiovascularFisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular

O documento resume as principais estruturas e funções do sistema cardiovascular, incluindo o coração, vasos sanguíneos e circulação do sangue. Detalha a anatomia do coração, o sistema de condução elétrica, o ciclo cardíaco, a regulação da frequência cardíaca e o fluxo sanguíneo através dos vasos.

fisiologia humana sistema cardiovascular educaçã
Linfócitos B
Linfócitos BLinfócitos B
Linfócitos B

O documento descreve os linfócitos B e a resposta imune humoral. Ele discute a origem, maturação e ativação dos linfócitos B, resultando na diferenciação em plasmócitos que secretam anticorpos. As principais funções dos anticorpos incluem neutralização, opsonização, ativação do sistema complemento e citotoxicidade celular dependente de anticorpos.

imunologialinfocitos b
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia

O documento discute os conceitos fundamentais de imunidade e imunologia, incluindo: 1) a definição de imunidade como a proteção contra agentes estranhos mediada por células e moléculas; 2) a distinção entre a resposta imune inata e adquirida; 3) os componentes celulares e moleculares que compõem o sistema imunológico, incluindo antígenos, anticorpos, linfócitos T e B.

VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE
     21




            Plaquetas Hemácias                                     Leucócitos


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE
     22




                                          Linhagem mielóide        Linhagem linfóide


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
INÍCIO DA HEMATOPOIESE
     23



                  ¨   Surgimento do tecido sanguíneo – Formação
                      do terceiro folheto embrionário - Mesoderma

                  ¨   A partir do 19º dia – aparecimento de células
                      sanguíneas no saco vitelino

                  ¨   Seguindo para: fígado fetal, baço e timo e
                      finalmente aloja-se na medula óssea.




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PERÍODOS DA HEMATOPOESE
     24

                    O surgimento do tecido sanguíneo está diretamente relacionado
                    com o aparecimento evolutivo do terceiro folheto embrionário,
                                      denominado mesoderma.




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Sistema Complemento
Sistema ComplementoSistema Complemento
Sistema Complemento

O documento descreve o sistema complemento, incluindo suas características gerais, funções, vias de ativação clássica e alternativa, componentes, convertases, complexo de ataque à membrana, receptores, funções e proteínas regulatórias.

imunologiasistema complemento
Sistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioSistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_Antônio

O documento descreve o sistema linfático, que recolhe líquido dos tecidos e o reconduz à circulação sanguínea. Ele inclui vasos linfáticos, órgãos como baço, linfonodos e tonsilas, e contém principalmente linfócitos e leucócitos. Os linfonodos filtram a linfa, que é limpa por macrófagos e anticorpos antes de retornar à circulação.

Sangue (arquivão)
Sangue (arquivão)Sangue (arquivão)
Sangue (arquivão)

O documento descreve o sangue e o processo de hematopoese. O sangue é constituído de plasma e células, sendo estas divididas em eritrócitos, leucócitos e plaquetas. A hematopoese é o processo de formação das células sanguíneas a partir de células-tronco na medula óssea, dando origem às linhagens mielóide e linfóide.

PERÍODOS DA HEMATOPOESE
     25          PERÍODO EMBRIONÁRIO OU MESOBLÁSTICO



                       ¤ Saco vitelino
                       ¤ desde o 19º dia até o 6º mês de gestação




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PERÍODOS DA HEMATOPOESE
     26          PERÍODO FETAL OU HEPATOESPLÊNICO




                – Fígado e Baço
                – Inicia precocemente, por volta do 1º mês, e torna-
                  se predominante entre o 3º e o 6º mês
                  gestacional.




                     EMBRIÃO DE 6 SEMANAS

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PERÍODOS DA HEMATOPOESE
     27          PERÍODO MEDULAR


                 – Porção esponjosa dos ossos
                 – Início por volta do 6º ao 8º mês de gestação e se
                   perpetua por toda a vida.




                MEDULA ÓSSEA (aumento 100 x)


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE
     28




          •   Até os cinco anos de idade a medula de
              todos os ossos do corpo participam do
              processo - substituição gordurosa na medula
              dos ossos longos.

          •   Vida adulta somente os ossos da pelve,
              esterno, ossos do crânio, úmero, fêmur e
              costelas serão capazes de gerar células
              sanguíneas.


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Histologia animal tecido conjuntivo
Histologia animal   tecido conjuntivoHistologia animal   tecido conjuntivo
Histologia animal tecido conjuntivo

O documento descreve as principais características e funções do tecido conjuntivo. Apresenta suas constituintes como a substância intercelular e as células, e descreve os principais tipos de tecido conjuntivo como o frouxo, denso e especializado. Também aborda os tipos celulares encontrados no tecido conjuntivo e os tecidos de transporte como o sanguíneo e linfático.

B8 Sistemas Endomembranares
B8    Sistemas EndomembranaresB8    Sistemas Endomembranares
B8 Sistemas Endomembranares

O documento descreve o sistema endomembranar, incluindo o retículo endoplasmático rugoso (RER) e liso (REL), o complexo de Golgi, lisossomos e suas funções. O RER produz proteínas e é especializado de acordo com o tipo celular. O REL produz lípidos e esteróides. O complexo de Golgi recebe proteínas do RER e é responsável pela secreção celular. Os lisossomos contêm enzimas digestivas e desempenham um papel na fagocitose e autofagia.

clulabestofslideshare
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue

O documento descreve os componentes do sangue e do processo de coagulação sanguínea. Ele explica que o sangue contém plasma, hemácias, leucócitos e plaquetas, e descreve as funções e características de cada um. O documento também explica que a coagulação envolve a formação de um tampão plaquetário seguido pela formação de fibrina, parando o sangramento.

PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE
     29




                                                                   HEMATOPOESE
                                                                     DEFINITIVA




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE
     30

              A MO dos recém-nascidos é extremamente celular
                Ø Celularidade decresce progressivamente: > 70 anos
                Ø Em indivíduos normais redução devido:
                     § Diminuição absoluta do tecido hematopoético
                     § Aumento da cavidade medular, por perda de substância óssea




          Osso normal                                                   Osteoporose




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE
     31

              A MO dos recém-nascidos é extremamente celular
                Ø Espaço adicional preenchido por adipócitos




                          Medula normocelular                      Medula gordurosa




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE
     32

          ¨   Medula vermelha: medula óssea com atividade hematopoiética
          ¨   Medula amarela: rica em células gordurosas




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

O Sangue
O SangueO Sangue
O Sangue

Aula visando revisão do conteúdo abordado no título para o curso Pré Vestibular do Sistema Objetivo no Colégio Batista de Mantena.

sangue
2.3
2.32.3
2.3

O documento apresenta uma introdução ao estudo das células, descrevendo a descoberta da célula através do microscópio no século XVII e a formulação da Teoria Celular no século XIX. Também descreve as principais partes da célula, como a membrana plasmática, citoplasma e núcleo, além dos processos de transporte através da membrana, incluindo processos passivos como difusão e osmose, e processos ativos mediados por bombas iônicas.

Citoplasma - Biologia
Citoplasma - BiologiaCitoplasma - Biologia
Citoplasma - Biologia

[1] O citoplasma é a região do interior da célula entre a membrana plasmática e o núcleo e contém o hialoplasma, organelas e citoesqueleto. [2] O hialoplasma ou citosol é um colóide que pode estar no estado de sol ou gel e suas mudanças de estado são responsáveis por movimentos citoplasmáticos. [3] O citoesqueleto é responsável pela organização das organelas e movimento celular, sendo formado por microfilamentos, microtúbulos e filamentos intermedi

PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE
     33



      ¨   A medula óssea com atividade hematopoiética é conhecida como
          medula vermelha, enquanto o restante dos ossos possui medula
          óssea amarela, preenchida com tecido gorduroso. Essa
          substituição da medula por gordura é um processo reversível.
                                                        Medula amarela
                                                        fígado e baço




                                                                   Retomam         a
                                                                   eritropoese em
                                                                   certas patologias


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
COMPONENTES DA MEDULA ÓSSEA
     34




                      ¤ Estroma
                      ¤ Células
                          hematopoéticas

                                                                   Fonte: br.geocities.com




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
O ESTROMA
     35




              Meio adequado, proliferação/diferenciação dos precursores hematopoéticos

              Dividido em 2 componentes: celular e não-celular



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
O ESTROMA
     36




            ¨    Constituição
                 ¤ componente    celular: fibroblastos, adipócitos,
                   macrófagos, linfócitos e células endoteliais dos
                   sinusóides medulares.
                 ¤ componente acelular: matriz extracelular.



            ¨    Função
                 ¤ Regular    a hematopoese por meio da secreção de
                     fatores solúveis e reserva energética de lípides.


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Sangue
SangueSangue
Sangue

O documento discute os componentes e funções do sangue humano. Ele explica que o sangue contém plasma, hemácias, leucócitos e plaquetas, cada um com funções vitais como transporte de oxigênio, defesa contra infecções e coagulação. O documento também aborda condições como anemia falciforme, leucemia e hemofilia.

anemia falciformeplaquetasplasma
Conjuntivo
ConjuntivoConjuntivo
Conjuntivo

O documento descreve os principais componentes e tipos de tecidos conjuntivos, incluindo células, fibras e substância fundamental amorfa. Lista as células encontradas no tecido conjuntivo comum, como fibroblastos, macrófagos e linfócitos, e descreve os tipos de fibras de colágeno e elastina. Também explica os principais componentes da substância fundamental amorfa, como água, ácido hialurônico e proteoglicanas.

Tecido sanguíneo
Tecido sanguíneoTecido sanguíneo
Tecido sanguíneo

O documento descreve os principais componentes do tecido sanguíneo: o plasma sanguíneo, os glóbulos vermelhos, os glóbulos brancos e as plaquetas. Detalha as funções do plasma em transportar substâncias e nutrientes e das hemácias em transportar oxigênio. Explana também sobre os tipos de glóbulos brancos, incluindo seus papéis na defesa do organismo, e sobre o papel das plaquetas na coagulação sanguínea.

O ESTROMA
     37




              Regula a hematopoese

              Integridade de fundamental importância



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
O ESTROMA
     38




                                                                   Fonte: www.professormanueljunior.com

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
FATORES DE CRESCIMENTO E DIFERENCIAÇÃO

     39


                 ¨    Glicoproteínas produzidas pelas células estromais;

                 ¨    Afetam mais que uma linhagem; agindo em
                      sinergismo

                 ¨    Mostram interação sinérgica ou aditiva com outros
                      fatores de crescimento;

                 ¨    Ações múltiplas: proliferação, diferenciação,
                      maturação, ativação funcional, prevenção da
                      apoptose.

                                                                   (ZAGO et al,2005)

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
FATORES DE CRESCIMENTO E DIFERENCIAÇÃO

     40       Citocinas, estimulantes da hematopoese


                Ø Glicoproteínas

                     § Proliferação e diferenciação: precursores indiferenciados

                     § Regulação da função: células diferenciadas


                Ø Podem ser de 2 tipos:

                     § Interleucinas

                     § Fatores estimulantes de colônias (CSF)




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Tec Sanguineo
Tec SanguineoTec Sanguineo
Tec Sanguineo

O documento descreve as características e funções do sangue e seus componentes. O sangue é um tecido especializado que transporta gases, nutrientes, excretas e moléculas reguladoras para todos os tecidos do corpo. É composto principalmente de plasma e elementos figurados como hemácias, leucócitos e plaquetas.

Tec Sanguineo
Tec SanguineoTec Sanguineo
Tec Sanguineo

O documento descreve as características e funções do sangue e seus componentes. O sangue é um tecido especializado que transporta gases, nutrientes, excretas e moléculas reguladoras por meio de seus elementos constituintes: plasma, hemácias, leucócitos e plaquetas. Cada um destes elementos desempenha papéis vitais como o transporte de oxigênio e dióxido de carbono, defesa contra patógenos e coagulação sanguínea.

Hemocitopoese
HemocitopoeseHemocitopoese
Hemocitopoese

O documento descreve os processos de hemocitopoese que ocorrem na medula óssea, incluindo a eritropoese, granulocitopoese, linfocitopoese, monocitopoese e megacariocitopoese. Todas as células sanguíneas derivam de células-tronco pluripotentes da medula óssea, que se diferenciam em progenitores e precursores antes de se tornarem células sanguíneas maduras. A maturação de cada linha celular envolve mudanças

FATORES DE CRESCIMENTO E DIFERENCIAÇÃO

     41       Citocinas, estimulantes da hematopoese




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
42



                                                          Hematopoese




                                  Estimulantes                     Inibidores




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
43


                  Depende:
                  • microambiente adequado (células do estroma)

                  • fatores   de    crescimento    (ou   fatores
                    estimuladores de colônias = CSF)

                  Estímulos:
                  • fisiológico                               • sangramento
                  • hipóxia                                   • infecção.




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
44


                    ¨    Compreende 3 processos:
                         ¤ Formação de Eritrócitos (eritropoese)
                         ¤ Formação de Leucócitos (leucopoese)

                         ¤ Formação de Plaquetas (megacariopoese)




           Fonte: br.geocities.com




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Hematologia M.Z (1).pptx
Hematologia M.Z (1).pptxHematologia M.Z (1).pptx
Hematologia M.Z (1).pptx

O documento fornece informações sobre hematologia e sobre Miguel Dialamicua Zinga, um biomédico especializado. Aborda conceitos como hematopoiese, componentes do sangue, funções do sangue e do plasma, e classificação de anemias.

Roteiro sist linfatico
Roteiro sist linfaticoRoteiro sist linfatico
Roteiro sist linfatico

O sistema linfático é formado por vasos que transportam um líquido claro chamado linfa e por órgãos como linfonodos e baço. A linfa é composta de glóbulos brancos e plasma e circula pelo corpo filtrada pelos linfonodos, que combatem organismos estranhos. Os glóbulos brancos são produzidos na medula óssea e amadurecem no timo, e incluem macrófagos e linfócitos, que fabricam anticorpos contra antígenos de microrganismos.

Roteiro sist linfatico
Roteiro sist linfaticoRoteiro sist linfatico
Roteiro sist linfatico

O sistema linfático é formado por vasos que transportam um líquido claro chamado linfa e por órgãos como linfonodos e baço. A linfa é composta de glóbulos brancos e plasma e circula pelo corpo filtrada pelos linfonodos, que combatem organismos estranhos. Os glóbulos brancos são produzidos na medula óssea e amadurecem no timo, e diferentes tipos como macrófagos e linfócitos defendem o corpo através de mecanismos como fagocit

ERITROPOESE
     45




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ERITROPOESE

     46


                                                                     Proeritroblasto
           Medula Óssea




                                         Precursor
                               Eritrocítico/Megacariocítico


                                                                    Eritroblasto basófilo



                                                                      E. policromático
                                  Precursor Eritrocítico


                                                                     E. ortocromático
           Sangue periférico




                                                                        Reticulócito


                                       Hemácias

                                                                         Hemácia
                                      Eritropoese



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ERITROPOESE
     47

                                         ¨                          proeritroblasto 18µ
                                                                        ▼

                                                           eritroblasto basófilo 15 µ
                                                                    ▼

                                                        eritroblasto policromatófilo 12 µ
                                                                   ▼

                                                         eritroblasto ortocromático 10 µ
                                                                    ▼
                                                                    reticulócito 8 µ
                                                                          ▼

                                                                   hemácia 7 µ




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ERITROPOESE
     48
           • Eritroblasto ou Normoblasto:


           • A quantidade de Hemoglobina vai aumentando e de RNA
              diminuindo, mudando a coloração do citoplasma


           • O núcleo vai ficando cada vez mais condensado, os nucléolos
              desaparecem (Picnose)


           • O núcleo condensado é expulso da célula e ingerido por macrófagos




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Membrana PlasmáTica
Membrana PlasmáTicaMembrana PlasmáTica
Membrana PlasmáTica

O documento descreve o modelo do mosaico fluido da membrana plasmática. A membrana é composta por fosfolípidos e proteínas embebidas em uma estrutura fluida que permite mobilidade lateral. A membrana funciona como barreira celular e permite o transporte seletivo de substâncias através da célula.

membrana
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo

O documento discute os principais tecidos e células do sangue, incluindo o tecido hematopoiético que produz células sanguíneas na medula óssea, as funções do plasma sanguíneo, hemácias, plaquetas e os diferentes tipos de leucócitos no sistema imunológico.

Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo

O documento discute os principais tecidos e células do sangue, incluindo o tecido hematopoiético que produz células sanguíneas na medula óssea, as funções do plasma sanguíneo, hemácias, plaquetas e os diferentes tipos de leucócitos no sistema imunológico.

ESTÁGIOS DA MATURAÇÃO DO ERITRÓCITO
     49




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ESTÁGIOS DA MATURAÇÃO DO ERITRÓCITO
     50




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ERITROBLASTO ORTOCROMÁTICO
                                                     EXPULSANDO O NÚCLEO
     51




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
FATORES QUE ATUAM NA ERITROPOESE
     52




               ERITROPOIETINA                                      ATUA NO ESTÍMULO DA
                                                                   ERITROPOIESE


                                                                   ATUA NA SÍNTESE DE DNA PARA
             VIT. B12 E FOLATOS                                    REPRODUÇÃO DE
                                                                   PROERITROBLASTOS E
                                                                   ERITROBLASTOS BASÓFILOS


                                                                   ATUA NA SÍNTESE DE
                       FERRO                                       HEMOGLOBINA E NA MATURAÇÃO
                                                                   DOS ERITRÓCITOS




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Aula citoplasma
Aula citoplasmaAula citoplasma
Aula citoplasma

O documento descreve as principais características das células procarióticas e eucarióticas, incluindo suas estruturas compartilhadas como o citoplasma e organelas como mitocôndrias, cloroplastos e ribossomos. As células procarióticas se diferenciam por não possuírem estruturas membranosas internas enquanto as eucarióticas possuem organelas e citoesqueleto.

Avaliação Do Quadril
Avaliação Do QuadrilAvaliação Do Quadril
Avaliação Do Quadril

Quadril

Imagenologia Joelho
Imagenologia JoelhoImagenologia Joelho
Imagenologia Joelho

O documento descreve as estruturas anatômicas dos membros inferiores vistas em radiografias, incluindo ossos, articulações e ângulos de movimento da perna e do joelho. Fornece também referências bibliográficas sobre radiologia ortopédica.

ERITROPOETINA
     53




          ¨   Função – regular a atividade eritropoiética
              (hormônio)
          ¨   Atuação: CFU-E, proeritoblastos e eritoblastos
              basófilos.
          ¨   Semi-vida: 6-9h
          ¨   Síntese: 90 % rim e 10% fígado
          •   Estímulo: tensão de O2




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ERITRÓCITOS
     54




            ¨   Formação: 7 dias
            ¨   Vida média: 120 dias
            ¨   Função: transporte oxigênio
            ¨   Homem : 5.000.000-5.500.000 milhões/mm3
            ¨   Mulher: 4.500.000-5.000.000 milhões/mm3




                                                                   Fonte: ciencias3c.cvg.com


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
ERITROPOESE

     55                                                               Proeritroblasto




                                                                    Eritroblasto basófilo



                                                                      E. policromático



                                                                     E. ortocromático



                                                                        Reticulócito




                                                                         Hemácia




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
GRANULOPOESE
     56

                                                                          Mieloblasto
           Medula Óssea




                                           Precursor
                                    Granulocítico/Monocítico
                                                                          Promielócito



                                                                            Mielócito

                                      Precursor Granulocítico

                                                                          Metamielócito
           Sangue periférico




                                                                           Bastonete




                               Basófilo      Neutrófilo   Eosinófilo       Neutrófilo
                                                                            Basófilo
                                          Granulopoese                     Eosinófilo



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Imagenologia Quadril
Imagenologia Quadril Imagenologia Quadril
Imagenologia Quadril

O documento descreve os ossos da cintura pélvica e membros inferiores, incluindo a articulação sacroilíaca, acetábulo, fêmur e articulação coxofemoral. Também menciona procedimentos como artroplastia de quadril e protese de cabeça femoral, além de referências sobre radiologia ortopédica.

quadril
Karol tuberculose
Karol tuberculoseKarol tuberculose
Karol tuberculose

O documento descreve a tuberculose, uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis que afeta principalmente os pulmões. Transmite-se de pessoa para pessoa através de gotículas de saliva. Os sintomas incluem tosse seca, sudorese noturna, cansaço e falta de apetite. O diagnóstico é feito por exames de raio-x e laboratoriais. O tratamento envolve antibióticos por seis meses, distribuídos gratuitamente pelo sistema público de saúde. A vac

Karol tuberculose
Karol tuberculoseKarol tuberculose
Karol tuberculose

O documento discute a tuberculose, uma doença infecciosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis que geralmente afeta os pulmões. Ele descreve os sintomas da doença, incluindo tosse seca e cansaço excessivo, e explica que o diagnóstico é feito através de exames de raio-x e laboratoriais. Também explica que o tratamento envolve o uso de antibióticos por aproximadamente seis meses e que a vacina BCG é usada para prevenção.

GRANULOPOESE
     57

                                 mieloblasto
                                       ▼
                                  promielócito
                                       ▼
                                    mielócito
                                       ▼
                                 metamielócito
                                       ▼
                                    bastões
                                 segmentados




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
GRANULOPOESE

     58
                                                                        Mieloblasto



                                                                       Promielócito



                                                                         Mielócito



                                                                       Metamielócito


                                                                        Bastonete




                                                                        Neutrófilo




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
CÉLULAS FORMADAS A PARTIR DA GRANULOPOESE

     59




                                               NEUTRÓFILO

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
CÉLULAS FORMADAS A PARTIR DA GRANULOPOESE

     60




                              SEGMENTADO EOSINÓFILO

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

Trabalho Káh esquistossomose 2
Trabalho Káh esquistossomose  2Trabalho Káh esquistossomose  2
Trabalho Káh esquistossomose 2

A esquistossomose é causada pelo parasita Schistosoma mansoni, que tem o homem como hospedeiro definitivo e caramujos de água doce como hospedeiros intermediários. Os ovos do parasita são liberados nas fezes humanas e podem infectar outros hospedeiros ao entrar em contato com a água. O tratamento é feito com medicamentos específicos que combatem o S. mansoni.

Trabalho Esquistossomose by: Káh.
Trabalho  Esquistossomose by: Káh.Trabalho  Esquistossomose by: Káh.
Trabalho Esquistossomose by: Káh.

A esquistossomose é causada por um parasita que infecta o homem e usa caramujos de água doce como hospedeiros intermediários. Os ovos do parasita são liberados nas fezes humanas e podem infectar outros hospedeiros ao entrar em contato com a água. A doença é transmitida quando larvas do parasita penetram a pele humana na água contaminada.

#esquistossome #diagnótico #tratamento
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)

O documento apresenta as divisões e funções principais do sistema nervoso (SN) em 3 frases: 1) Discute as divisões anatômica, embriológica e funcional do SN, separando-o em sistema nervoso central (SNC) e periférico (SNP). 2) Explica que o SN relaciona o animal ao ambiente, teve origem no folheto embrionário ectoderma e possui três neurônios fundamentais: aferente, eferente e de associação. 3) Apresenta a divisão funcional do

CÉLULAS FORMADAS A PARTIR DA GRANULOPOESE

     61




                                  SEGMENTADO BASÓFILO

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
MONOPOESE
     62

                                                                    Monoblasto




                                                                    Promonócito




                                                                     Monócito




                                                                    Macrófago




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
LINFOPOESE
     63
           Medula Óssea




                                                                       Precursor
                                                                       Linfóide
           Sangue periférico




                                Linfócito B        Linfócito T                     Linfócito Natural Killer (NK)

                                                                   Linfopoese



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
LINFOPOESE
     64


                                                                    Linfoblasto
           Medula Óssea




                                         Precursor
                                         Linfóide


                                                                    Prolinfócito
           Sangue periférico




                                                                    Linfócito B
                                                                    Linfócito T
                                                                   Linfócito NK



                               Linfócito B/T

                                               Linfócito NK
                                                                    Plasmócito
                                       Linfopoese


PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

02 cmf4-atividade lesão celular
02 cmf4-atividade lesão celular02 cmf4-atividade lesão celular
02 cmf4-atividade lesão celular

O documento discute as adaptações celulares e lesões celulares. Ele define adaptação, lesão celular reversível e irreversível, e morte celular por necrose e apoptose. O documento também fornece exemplos dessas respostas celulares como hipertrofia cardíaca e necrose caseosa na tuberculose.

3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso

O documento descreve os principais componentes do tecido nervoso: neurônios, que transmitem sinais, e células da glia, que dão suporte e nutrição. Neurônios possuem corpo celular, dendritos e axônio, que pode ter bainha de mielina formada por células da glia. Existem vários tipos de neurônios e células da glia, que desempenham funções diferentes nas substâncias cinzenta e branca do sistema nervoso central.

1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.

O documento apresenta as divisões e funções do sistema nervoso (SN) em 3 frases: 1) Discute as divisões anatômica, embriológica e funcional do SN, separando-o em cérebro, cerebelo, tronco encefálico e medula espinhal. 2) Explica que o SN se origina do folheto embrionário ectoderma e sofre transformações até formar o tubo neural, com dilatações que dão origem aos principais componentes do SN. 3) Apresenta a divisão funcional do

LINFOPOESE
     65


                                                                    Linfoblasto




                                                                    Prolinfócito




                                                                    Linfócito B




                                                                    Plasmócito




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
MEGACARIOPOESE
     66


                                                                         Megacarioblasto
           Medula Óssea




                                         Precursor
                               Eritrocítico/Megacariocítico

                                                                       Megacariócito basófilo



                                Precursor Megacariocítico


                                                                       Megacariócito acidófilo
           Sangue periférico




                                         Plaquetas
                                                                            Plaquetas

                                     Megacariopoese



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
MEGACARIOPOESE
     67


                                                                        Megacarioblasto




                                                                         Megacariócito
                                                                           basófilo




                                                                         Megacariócito
                                                                           acidófilo




                                                                          Plaquetas




PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
MEGACARIOOPOESE
     68


                   •    PLAQUETAS          -   Fragmentos      celulares,
                        originados do citoplasma dos megacariócitos
                   •    Função: hemostasia sanguínea

                                      Trombopoetina (TPO)
                   •    Função: fator de crescimento e diferenciação
                        de megacariócitos
                   •    Síntese: Fígado



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Recomendado para você

2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal

Baseado na anatomia e histologia da medula espinal, escreva sobre os riscos de uma lesão medular a nível da quinta vértebra cervical.

medula
LIBERAÇÃO DAS CÉLULAS PRODUZIDAS PARA A CORRENTE
                                                         SANGUÍNEA

     69




               Passagem eritrócitos e leucócitos através da parede de um capilar sinusoidal
                   da medula óssea. Os megacariócitos emitem finos prolongamentos.



PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
     70



                   Hoffbrand                     AV,           Pettit    JE,   Moss       PAH.
                 Fundamentos                              em       hematologia.       Artmed.
                 2004.

                 Zago                MA,              Falcão            RP,    Pasquini     R.
                 Hematologia:                            Fundamentos            e   Prática.
                 Atheneu. 2004.

                 Prof. Giovanny Rebouças. Material didático.

PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

urinalise
urinaliseurinalise
urinalise
Rosimeire Areias
 
Citologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicosCitologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicos
Universidade de Brasília
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
letyap
 
Hematopoiese
HematopoieseHematopoiese
Hematopoiese
Renata Souza
 
Exame quimico da urina
Exame quimico da urinaExame quimico da urina
Exame quimico da urina
Arley Melo
 
Hematologia básica hericles
Hematologia básica   hericlesHematologia básica   hericles
Hematologia básica hericles
Hericles Almeida
 
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalFisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Herbert Santana
 
Coagulograma
CoagulogramaCoagulograma
1ª aula amostras biológicas
1ª aula   amostras biológicas1ª aula   amostras biológicas
1ª aula amostras biológicas
Lilian Keila Alves
 
Sistema hematológico
Sistema hematológicoSistema hematológico
Sistema hematológico
Denise Terenzi
 
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
Julio Dutra
 
01.hemograma med
01.hemograma med01.hemograma med
01.hemograma med
Carlo Chacaltana
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Cláudia Moura
 
1a aula sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
1a aula   sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...1a aula   sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
1a aula sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
Rodolfo Pimentel Oliveira
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humana
Marília Gomes
 
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema CardiovascularFisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Herbert Santana
 
Linfócitos B
Linfócitos BLinfócitos B
Linfócitos B
LABIMUNO UFBA
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
Messias Miranda
 
Sistema Complemento
Sistema ComplementoSistema Complemento
Sistema Complemento
LABIMUNO UFBA
 
Sistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioSistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_Antônio
Marcia Regina
 

Mais procurados (20)

urinalise
urinaliseurinalise
urinalise
 
Citologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicosCitologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicos
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
 
Hematopoiese
HematopoieseHematopoiese
Hematopoiese
 
Exame quimico da urina
Exame quimico da urinaExame quimico da urina
Exame quimico da urina
 
Hematologia básica hericles
Hematologia básica   hericlesHematologia básica   hericles
Hematologia básica hericles
 
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalFisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
 
Coagulograma
CoagulogramaCoagulograma
Coagulograma
 
1ª aula amostras biológicas
1ª aula   amostras biológicas1ª aula   amostras biológicas
1ª aula amostras biológicas
 
Sistema hematológico
Sistema hematológicoSistema hematológico
Sistema hematológico
 
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
 
01.hemograma med
01.hemograma med01.hemograma med
01.hemograma med
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
1a aula sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
1a aula   sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...1a aula   sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
1a aula sangue (composição, caracterização geral e origem das células sangü...
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humana
 
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema CardiovascularFisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
 
Linfócitos B
Linfócitos BLinfócitos B
Linfócitos B
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
 
Sistema Complemento
Sistema ComplementoSistema Complemento
Sistema Complemento
 
Sistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_AntônioSistema linfático e imune_Antônio
Sistema linfático e imune_Antônio
 

Semelhante a 03 sangue e hematopoese

Sangue (arquivão)
Sangue (arquivão)Sangue (arquivão)
Sangue (arquivão)
Rodrigo Antônio Pires Vieira
 
Histologia animal tecido conjuntivo
Histologia animal   tecido conjuntivoHistologia animal   tecido conjuntivo
Histologia animal tecido conjuntivo
Wilson Her
 
B8 Sistemas Endomembranares
B8    Sistemas EndomembranaresB8    Sistemas Endomembranares
B8 Sistemas Endomembranares
Nuno Correia
 
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
Colégio Batista de Mantena
 
O Sangue
O SangueO Sangue
2.3
2.32.3
Citoplasma - Biologia
Citoplasma - BiologiaCitoplasma - Biologia
Citoplasma - Biologia
Carson Souza
 
Sangue
SangueSangue
Conjuntivo
ConjuntivoConjuntivo
Conjuntivo
medicinat8
 
Tecido sanguíneo
Tecido sanguíneoTecido sanguíneo
Tecido sanguíneo
Carla Nascimento
 
Tec Sanguineo
Tec SanguineoTec Sanguineo
Tec Sanguineo
Natalianeto
 
Tec Sanguineo
Tec SanguineoTec Sanguineo
Tec Sanguineo
Natalianeto
 
Hemocitopoese
HemocitopoeseHemocitopoese
Hemocitopoese
Marcos Anicio
 
Hematologia M.Z (1).pptx
Hematologia M.Z (1).pptxHematologia M.Z (1).pptx
Hematologia M.Z (1).pptx
luiskiani
 
Roteiro sist linfatico
Roteiro sist linfaticoRoteiro sist linfatico
Roteiro sist linfatico
ANA LUCIA FARIAS
 
Roteiro sist linfatico
Roteiro sist linfaticoRoteiro sist linfatico
Roteiro sist linfatico
ANA LUCIA FARIAS
 
Membrana PlasmáTica
Membrana PlasmáTicaMembrana PlasmáTica
Membrana PlasmáTica
Nuno Correia
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
Marcia Bantim
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
Marcia Bantim
 
Aula citoplasma
Aula citoplasmaAula citoplasma
Aula citoplasma
Marcia Bantim
 

Semelhante a 03 sangue e hematopoese (20)

Sangue (arquivão)
Sangue (arquivão)Sangue (arquivão)
Sangue (arquivão)
 
Histologia animal tecido conjuntivo
Histologia animal   tecido conjuntivoHistologia animal   tecido conjuntivo
Histologia animal tecido conjuntivo
 
B8 Sistemas Endomembranares
B8    Sistemas EndomembranaresB8    Sistemas Endomembranares
B8 Sistemas Endomembranares
 
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
2016 Frente 2 módulo 7 o sangue
 
O Sangue
O SangueO Sangue
O Sangue
 
2.3
2.32.3
2.3
 
Citoplasma - Biologia
Citoplasma - BiologiaCitoplasma - Biologia
Citoplasma - Biologia
 
Sangue
SangueSangue
Sangue
 
Conjuntivo
ConjuntivoConjuntivo
Conjuntivo
 
Tecido sanguíneo
Tecido sanguíneoTecido sanguíneo
Tecido sanguíneo
 
Tec Sanguineo
Tec SanguineoTec Sanguineo
Tec Sanguineo
 
Tec Sanguineo
Tec SanguineoTec Sanguineo
Tec Sanguineo
 
Hemocitopoese
HemocitopoeseHemocitopoese
Hemocitopoese
 
Hematologia M.Z (1).pptx
Hematologia M.Z (1).pptxHematologia M.Z (1).pptx
Hematologia M.Z (1).pptx
 
Roteiro sist linfatico
Roteiro sist linfaticoRoteiro sist linfatico
Roteiro sist linfatico
 
Roteiro sist linfatico
Roteiro sist linfaticoRoteiro sist linfatico
Roteiro sist linfatico
 
Membrana PlasmáTica
Membrana PlasmáTicaMembrana PlasmáTica
Membrana PlasmáTica
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
 
Tecido sanguineo
Tecido sanguineoTecido sanguineo
Tecido sanguineo
 
Aula citoplasma
Aula citoplasmaAula citoplasma
Aula citoplasma
 

Mais de ÁreadaSaúde

Avaliação Do Quadril
Avaliação Do QuadrilAvaliação Do Quadril
Avaliação Do Quadril
ÁreadaSaúde
 
Imagenologia Joelho
Imagenologia JoelhoImagenologia Joelho
Imagenologia Joelho
ÁreadaSaúde
 
Imagenologia Quadril
Imagenologia Quadril Imagenologia Quadril
Imagenologia Quadril
ÁreadaSaúde
 
Karol tuberculose
Karol tuberculoseKarol tuberculose
Karol tuberculose
ÁreadaSaúde
 
Karol tuberculose
Karol tuberculoseKarol tuberculose
Karol tuberculose
ÁreadaSaúde
 
Trabalho Káh esquistossomose 2
Trabalho Káh esquistossomose  2Trabalho Káh esquistossomose  2
Trabalho Káh esquistossomose 2
ÁreadaSaúde
 
Trabalho Esquistossomose by: Káh.
Trabalho  Esquistossomose by: Káh.Trabalho  Esquistossomose by: Káh.
Trabalho Esquistossomose by: Káh.
ÁreadaSaúde
 
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
ÁreadaSaúde
 
02 cmf4-atividade lesão celular
02 cmf4-atividade lesão celular02 cmf4-atividade lesão celular
02 cmf4-atividade lesão celular
ÁreadaSaúde
 
3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso
ÁreadaSaúde
 
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
ÁreadaSaúde
 
2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal
ÁreadaSaúde
 

Mais de ÁreadaSaúde (12)

Avaliação Do Quadril
Avaliação Do QuadrilAvaliação Do Quadril
Avaliação Do Quadril
 
Imagenologia Joelho
Imagenologia JoelhoImagenologia Joelho
Imagenologia Joelho
 
Imagenologia Quadril
Imagenologia Quadril Imagenologia Quadril
Imagenologia Quadril
 
Karol tuberculose
Karol tuberculoseKarol tuberculose
Karol tuberculose
 
Karol tuberculose
Karol tuberculoseKarol tuberculose
Karol tuberculose
 
Trabalho Káh esquistossomose 2
Trabalho Káh esquistossomose  2Trabalho Káh esquistossomose  2
Trabalho Káh esquistossomose 2
 
Trabalho Esquistossomose by: Káh.
Trabalho  Esquistossomose by: Káh.Trabalho  Esquistossomose by: Káh.
Trabalho Esquistossomose by: Káh.
 
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
1ºintrodução ao estudo do sn embrio 2010 2 (1)
 
02 cmf4-atividade lesão celular
02 cmf4-atividade lesão celular02 cmf4-atividade lesão celular
02 cmf4-atividade lesão celular
 
3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso
 
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
1ºaula introd. ao estudo do sn embrio.
 
2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal2º aula medula espinhal
2º aula medula espinhal
 

03 sangue e hematopoese

  • 1. UNIVERSIDADE DE CUIABÁ NÚCLEO DE DISCIPLINAS INTEGRADAS DISCIPLINA DE CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS IV SANGUE E HEMATOPOESE 1 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 2. CONSIDERAÇÕES GERAIS 2 O sangue O sangue é um tecido conjuntivo líquido que circula pelo sistema vascular sanguíneo Ø Responsável pela manutenção da vida do organismo Ø Dividido em 2 componentes: § Líquido (55% volume): plasma § Celular (45% volume): glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas Leucócitos Plasma Plaquetas Glóbulos brancos Glóbulos vermelhos Hemácias FONTE: Prof. Giovanny Rebouças Pinto PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 3. CONSTITUIÇÃO DO SANGUE 3 ¨ Porção acelular ou plasma( matriz extracelular do sangue) ¤ 92% água ¤ 8% proteínas, sais, glicose, hormônios, vitaminas, aminoácidos ¨ Transportar as substâncias que o compõem a todas as partes do corpo e eliminar possíveis resíduos provenientes do metabolismo. ¨ Porção celular: ¤ Glóbulos vermelhos ou eritrócitos ¤ Glóbulos brancos ou leucócitos ¤ Plaquetas PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 4. CONSTITUIÇÃO DO SANGUE 4 Amabis & Martho. Biologia das Células. 2004 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 5. 5 CÉLULAS DO SANGUE PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 6. CÉLULAS SANGUÍNEAS 6 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 7. HEMÁCIAS 7 ¨ Origem: medula óssea; ¨ São anucleadas, formato disco bicôncavo, flexíveis; ¨ Localização:interior dos vasos sanguíneos; PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 8. LEUCÓCITOS 8 São os glóbulos brancos. q São cinco tipos: Neutrófilo neutrófilos eosinófilo Eosinófilo Basófilo Monócito Linfócito basófilo monócito PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 9. NEUTRÓFILOS 9 (POLIMORFONUCLEARES) ¨ Núcleo multilobulado (2-5 lóbulos) ¨ Primeiras células de defesa contra microrganismos ¨ Pus: neutrófilos mortos, bactérias destruídas, restos celulares, líquido extracelular ¨ Neutrofilia: infecções bacterianas ou processo inflamatório PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 10. EOSINÓFILOS 10 ¨ Núcleo bilobulado ¨ FUNÇÃO: atividade defensiva ¨ Atraídos para tecidos invadidos por parasitas ou em processos alérgicos ¨ EOSINOFILIA: infecções parasitárias ou processos alérgicos PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 11. BASÓFILOS 11 ¨ Núcleo volumoso em forma de S ¨ Grânulos grandes ¨ Difícil visualização(↓número) ¨ Grânulos: Histamina, fatores quimiotáticos para eosinófilos e neutrófilos e heparina. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 12. LINFÓCITOS 12 Células com citoplasma escasso e núcleo esférico; ¨ Migram para os tecidos e voltam para o sangue; ¨ Meia-vida: dias - anos Linfócitos T e linfócitos B LINFOCITOSE: infecções virais, LINFOPENIA: imunodeficiência e terapia farmacológica prolongada. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 13. MONÓCITOS 13 ¨ Célula grande com núcleo ovóide em forma rim ¨ Tecidos: diferencia-se em macrófagos PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 14. PLAQUETAS 14 ¨ Corpos discóides anucleados: Fragmentos do citoplasma dos megacariócitos da medula óssea ¨ Vida média: 10-14 dias ¨ FUNÇÃO: Hemostasia ¨ 150.000 a 450.000/microlitro ¨ Trombocitopenia: redução na quantidade de plaquetas. Leva a uma propensão a sangramentos. Encontrada em pacientes com dengue na forma grave. ¨ Trobocitose: aumento na quantidade de plaquetas. Leva a propensão a formação de coágulos (trombos) PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 15. ORIGEM DAS CÉLULAS 15 SANGUÍNEAS – A HEMATOPOIESE PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 16. 16 ¨ A hematopoese ou hemopoiese (hemato ou hemo significa sangue, poiesis significa fazer). ¨ Formação e desenvolvimento das células sanguíneas ¨ Ocorre a partir de um precursor comum pluripotente (UFC – unidade formadora de colônia; stem-cell ou célula-tronco). PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 17. CÉLULAS HEMATOPOÉTICAS CÉLULAS TRONCO FONTE: Prof. Giovanny Rebouças Pinto PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 18. PLASTICIDADE DAS CÉLULAS TRONCO 18 Célula-tronco Precursor mielóide Precursor linfóide comum comum PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 19. VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE 19 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 20. VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE 20 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 21. VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE 21 Plaquetas Hemácias Leucócitos PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 22. VISÃO GERAL DA HEMATOPOIESE 22 Linhagem mielóide Linhagem linfóide PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 23. INÍCIO DA HEMATOPOIESE 23 ¨ Surgimento do tecido sanguíneo – Formação do terceiro folheto embrionário - Mesoderma ¨ A partir do 19º dia – aparecimento de células sanguíneas no saco vitelino ¨ Seguindo para: fígado fetal, baço e timo e finalmente aloja-se na medula óssea. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 24. PERÍODOS DA HEMATOPOESE 24 O surgimento do tecido sanguíneo está diretamente relacionado com o aparecimento evolutivo do terceiro folheto embrionário, denominado mesoderma. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 25. PERÍODOS DA HEMATOPOESE 25 PERÍODO EMBRIONÁRIO OU MESOBLÁSTICO ¤ Saco vitelino ¤ desde o 19º dia até o 6º mês de gestação PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 26. PERÍODOS DA HEMATOPOESE 26 PERÍODO FETAL OU HEPATOESPLÊNICO – Fígado e Baço – Inicia precocemente, por volta do 1º mês, e torna- se predominante entre o 3º e o 6º mês gestacional. EMBRIÃO DE 6 SEMANAS PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 27. PERÍODOS DA HEMATOPOESE 27 PERÍODO MEDULAR – Porção esponjosa dos ossos – Início por volta do 6º ao 8º mês de gestação e se perpetua por toda a vida. MEDULA ÓSSEA (aumento 100 x) PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 28. PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE 28 • Até os cinco anos de idade a medula de todos os ossos do corpo participam do processo - substituição gordurosa na medula dos ossos longos. • Vida adulta somente os ossos da pelve, esterno, ossos do crânio, úmero, fêmur e costelas serão capazes de gerar células sanguíneas. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 29. PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE 29 HEMATOPOESE DEFINITIVA PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 30. PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE 30 A MO dos recém-nascidos é extremamente celular Ø Celularidade decresce progressivamente: > 70 anos Ø Em indivíduos normais redução devido: § Diminuição absoluta do tecido hematopoético § Aumento da cavidade medular, por perda de substância óssea Osso normal Osteoporose PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 31. PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE 31 A MO dos recém-nascidos é extremamente celular Ø Espaço adicional preenchido por adipócitos Medula normocelular Medula gordurosa PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 32. PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE 32 ¨ Medula vermelha: medula óssea com atividade hematopoiética ¨ Medula amarela: rica em células gordurosas PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 33. PERÍODO MEDULAR DA HEMATOPOESE 33 ¨ A medula óssea com atividade hematopoiética é conhecida como medula vermelha, enquanto o restante dos ossos possui medula óssea amarela, preenchida com tecido gorduroso. Essa substituição da medula por gordura é um processo reversível. Medula amarela fígado e baço Retomam a eritropoese em certas patologias PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 34. COMPONENTES DA MEDULA ÓSSEA 34 ¤ Estroma ¤ Células hematopoéticas Fonte: br.geocities.com PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 35. O ESTROMA 35 Meio adequado, proliferação/diferenciação dos precursores hematopoéticos Dividido em 2 componentes: celular e não-celular PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 36. O ESTROMA 36 ¨ Constituição ¤ componente celular: fibroblastos, adipócitos, macrófagos, linfócitos e células endoteliais dos sinusóides medulares. ¤ componente acelular: matriz extracelular. ¨ Função ¤ Regular a hematopoese por meio da secreção de fatores solúveis e reserva energética de lípides. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 37. O ESTROMA 37 Regula a hematopoese Integridade de fundamental importância PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 38. O ESTROMA 38 Fonte: www.professormanueljunior.com PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 39. FATORES DE CRESCIMENTO E DIFERENCIAÇÃO 39 ¨ Glicoproteínas produzidas pelas células estromais; ¨ Afetam mais que uma linhagem; agindo em sinergismo ¨ Mostram interação sinérgica ou aditiva com outros fatores de crescimento; ¨ Ações múltiplas: proliferação, diferenciação, maturação, ativação funcional, prevenção da apoptose. (ZAGO et al,2005) PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 40. FATORES DE CRESCIMENTO E DIFERENCIAÇÃO 40 Citocinas, estimulantes da hematopoese Ø Glicoproteínas § Proliferação e diferenciação: precursores indiferenciados § Regulação da função: células diferenciadas Ø Podem ser de 2 tipos: § Interleucinas § Fatores estimulantes de colônias (CSF) PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 41. FATORES DE CRESCIMENTO E DIFERENCIAÇÃO 41 Citocinas, estimulantes da hematopoese PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 42. 42 Hematopoese Estimulantes Inibidores PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 43. 43 Depende: • microambiente adequado (células do estroma) • fatores de crescimento (ou fatores estimuladores de colônias = CSF) Estímulos: • fisiológico • sangramento • hipóxia • infecção. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 44. 44 ¨ Compreende 3 processos: ¤ Formação de Eritrócitos (eritropoese) ¤ Formação de Leucócitos (leucopoese) ¤ Formação de Plaquetas (megacariopoese) Fonte: br.geocities.com PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 45. ERITROPOESE 45 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 46. ERITROPOESE 46 Proeritroblasto Medula Óssea Precursor Eritrocítico/Megacariocítico Eritroblasto basófilo E. policromático Precursor Eritrocítico E. ortocromático Sangue periférico Reticulócito Hemácias Hemácia Eritropoese PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 47. ERITROPOESE 47 ¨ proeritroblasto 18µ ▼ eritroblasto basófilo 15 µ ▼ eritroblasto policromatófilo 12 µ ▼ eritroblasto ortocromático 10 µ ▼ reticulócito 8 µ ▼ hemácia 7 µ PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 48. ERITROPOESE 48 • Eritroblasto ou Normoblasto: • A quantidade de Hemoglobina vai aumentando e de RNA diminuindo, mudando a coloração do citoplasma • O núcleo vai ficando cada vez mais condensado, os nucléolos desaparecem (Picnose) • O núcleo condensado é expulso da célula e ingerido por macrófagos PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 49. ESTÁGIOS DA MATURAÇÃO DO ERITRÓCITO 49 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 50. ESTÁGIOS DA MATURAÇÃO DO ERITRÓCITO 50 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 51. ERITROBLASTO ORTOCROMÁTICO EXPULSANDO O NÚCLEO 51 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 52. FATORES QUE ATUAM NA ERITROPOESE 52 ERITROPOIETINA ATUA NO ESTÍMULO DA ERITROPOIESE ATUA NA SÍNTESE DE DNA PARA VIT. B12 E FOLATOS REPRODUÇÃO DE PROERITROBLASTOS E ERITROBLASTOS BASÓFILOS ATUA NA SÍNTESE DE FERRO HEMOGLOBINA E NA MATURAÇÃO DOS ERITRÓCITOS PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 53. ERITROPOETINA 53 ¨ Função – regular a atividade eritropoiética (hormônio) ¨ Atuação: CFU-E, proeritoblastos e eritoblastos basófilos. ¨ Semi-vida: 6-9h ¨ Síntese: 90 % rim e 10% fígado • Estímulo: tensão de O2 PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 54. ERITRÓCITOS 54 ¨ Formação: 7 dias ¨ Vida média: 120 dias ¨ Função: transporte oxigênio ¨ Homem : 5.000.000-5.500.000 milhões/mm3 ¨ Mulher: 4.500.000-5.000.000 milhões/mm3 Fonte: ciencias3c.cvg.com PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 55. ERITROPOESE 55 Proeritroblasto Eritroblasto basófilo E. policromático E. ortocromático Reticulócito Hemácia PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 56. GRANULOPOESE 56 Mieloblasto Medula Óssea Precursor Granulocítico/Monocítico Promielócito Mielócito Precursor Granulocítico Metamielócito Sangue periférico Bastonete Basófilo Neutrófilo Eosinófilo Neutrófilo Basófilo Granulopoese Eosinófilo PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 57. GRANULOPOESE 57 mieloblasto ▼ promielócito ▼ mielócito ▼ metamielócito ▼ bastões segmentados PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 58. GRANULOPOESE 58 Mieloblasto Promielócito Mielócito Metamielócito Bastonete Neutrófilo PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 59. CÉLULAS FORMADAS A PARTIR DA GRANULOPOESE 59 NEUTRÓFILO PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 60. CÉLULAS FORMADAS A PARTIR DA GRANULOPOESE 60 SEGMENTADO EOSINÓFILO PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 61. CÉLULAS FORMADAS A PARTIR DA GRANULOPOESE 61 SEGMENTADO BASÓFILO PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 62. MONOPOESE 62 Monoblasto Promonócito Monócito Macrófago PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 63. LINFOPOESE 63 Medula Óssea Precursor Linfóide Sangue periférico Linfócito B Linfócito T Linfócito Natural Killer (NK) Linfopoese PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 64. LINFOPOESE 64 Linfoblasto Medula Óssea Precursor Linfóide Prolinfócito Sangue periférico Linfócito B Linfócito T Linfócito NK Linfócito B/T Linfócito NK Plasmócito Linfopoese PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 65. LINFOPOESE 65 Linfoblasto Prolinfócito Linfócito B Plasmócito PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 66. MEGACARIOPOESE 66 Megacarioblasto Medula Óssea Precursor Eritrocítico/Megacariocítico Megacariócito basófilo Precursor Megacariocítico Megacariócito acidófilo Sangue periférico Plaquetas Plaquetas Megacariopoese PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 67. MEGACARIOPOESE 67 Megacarioblasto Megacariócito basófilo Megacariócito acidófilo Plaquetas PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 68. MEGACARIOOPOESE 68 • PLAQUETAS - Fragmentos celulares, originados do citoplasma dos megacariócitos • Função: hemostasia sanguínea Trombopoetina (TPO) • Função: fator de crescimento e diferenciação de megacariócitos • Síntese: Fígado PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 69. LIBERAÇÃO DAS CÉLULAS PRODUZIDAS PARA A CORRENTE SANGUÍNEA 69 Passagem eritrócitos e leucócitos através da parede de um capilar sinusoidal da medula óssea. Os megacariócitos emitem finos prolongamentos. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com
  • 70. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA 70 Hoffbrand AV, Pettit JE, Moss PAH. Fundamentos em hematologia. Artmed. 2004. Zago MA, Falcão RP, Pasquini R. Hematologia: Fundamentos e Prática. Atheneu. 2004. Prof. Giovanny Rebouças. Material didático. PDF created with pdfFactory Pro trial version www.pdffactory.com