O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Luciene S. Delazari - Alinhamento do SciELO com a Ciência Aberta

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 18 Anúncio

Luciene S. Delazari - Alinhamento do SciELO com a Ciência Aberta

Baixar para ler offline

A VII Reunião Anual do SciELO de 2017, que teve lugar em 12/12/2017 no auditório da FAPESP, em São Paulo, analisou e debateu os avanços no impacto dos periódicos do SciELO Brasil e na adoção das inovações que vêm ocorrendo na comunicação das pesquisas.

A reunião foi dirigida a editores e membros das equipes editoriais dos periódicos do Brasil, pesquisadores, bibliotecários, profissionais de informação, autoridades na gestão da ciência e comunicação científica e demais interessados.

A VII Reunião Anual do SciELO de 2017, que teve lugar em 12/12/2017 no auditório da FAPESP, em São Paulo, analisou e debateu os avanços no impacto dos periódicos do SciELO Brasil e na adoção das inovações que vêm ocorrendo na comunicação das pesquisas.

A reunião foi dirigida a editores e membros das equipes editoriais dos periódicos do Brasil, pesquisadores, bibliotecários, profissionais de informação, autoridades na gestão da ciência e comunicação científica e demais interessados.

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (18)

Semelhante a Luciene S. Delazari - Alinhamento do SciELO com a Ciência Aberta (20)

Anúncio

Mais de SciELO - Scientific Electronic Library Online (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

Luciene S. Delazari - Alinhamento do SciELO com a Ciência Aberta

  1. 1. Alinhamento do SciELO com a Ciência Aberta Prof. Luciene S. Delazari Universidade Federal do Paraná Editora-Chefe do Boletim de Ciências Geodésicas
  2. 2. CIÊNCIA ABERTA Acesso livre aos dados e resultados. Emprego de softwares e hardwares livres e abertos. Valorização do conhecimento colaborativo e daquele gerado em países periféricos e com a participação da sociedade. http://www.cienciahoje.org.br/noticia/v/ler/id/21 60/n/caminhos_de_uma_ciencia_aberta https://www.um.edu.mt/library/departments/op enscience
  3. 3. CIÊNCIA ABERTA • Reproduzir, verificar, reanalisar e melhorar dados e resultados existentes; • Permitir o reuso dos dados em novos contextos; • Abrir novos caminhos para questões científicas e colaboração interdisciplinar; • Prevenir a duplicação de esforços. https://www.cit-ec.de/en/open-science/what-is-open-science
  4. 4. CIÊNCIA ABERTA • Repositórios • Bancos de dados abertos • Publicação de artigos
  5. 5. Findable • Metadados descritivos • Identificadore s persistentes Acessível • Determinar o que deve ser compartilhado • Consentimento dos participantes • Status de acesso •Interoperável • Padrões Reusável • Modelos de licença • Permissões de uso CIÊNCIA ABERTA • Torne seu dado: F A I R http://datafairport.org/
  6. 6. (Eurekascience.org) PROCESSO EDITORIAL CONVENCIONAL
  7. 7. Publicação impressa Publicação online PREPRINTS??
  8. 8. (Eurekascience.org)
  9. 9. PREPRINTS x Conceito OPEN OPEN-SOURCE SOFTWARE • Programas computacionais • Distribuição livre do código fonte • Uso • Modificação • Melhorias • Adaptações • Remover problemas
  10. 10. “OPEN-SOURCE RESEARCH” Artigos científicos Dados Métodos
  11. 11. Argumentos a favor • Aceleram a disseminação; • Permitem um registro de prioridade; • Permitem acesso a um conteúdo acadêmico que de outro modo poderia ser perdido; • Podem ser úteis para avanço acadêmico e obtenção grants; • Permitem avaliação rápida de resultados controversos.
  12. 12. Argumentos Contra 1. Dados com baixa qualidade e não reprodutíveis serão inseridos nos servidores de preprint; 2. Cientistas irão divulgar dados prematuramente para obter prioridade e crédito pela publicação; 3. Cientistas tentarão “roubar” meu trabalho se for divulgado como preprint. “I don’t think the sky is going to fall. People will still be very careful about what they post because they want to keep their reputation for posting high-quality science. So, I don’t think we’re going to be flooded by low-quality science. We all want to have a reputation for doing science that’s important in our field.” James Fraser, biophysicist at the University of California, San Francisco (UCSF)
  13. 13. PUBLICAÇÃO DE “NEGATIVE FINDINGS” • “ECNP Preclinical Network Data Prize - Prêmio para resultados cientificos “negativos” (€10,000 ) • Encoraja publicação de dados cujos resultados não confirmem as hipoteses originais; • “Negative” findings – frequentemente não são publicados; • Porém, os dados destes estudos podem ser perdidos, o que leva a outros pesquisadores a gastar esforços e tempo para realizer, às vezes, o mesmo experimento. https://www.ecnp.eu/research-innovation/ECNP- Preclinical-Network-Data-Prize.aspx
  14. 14. QUESTÕES QUE PRECISAM SER CONSIDERADAS 1 Conceito de OPEN • Compartilhamento de Dados e Padrões • Pesquisa Reprodutível 2 Qualidade das pesquisas divulgadas – como realizar a certificação? 3 Possibilidade de melhoria da pesquisa por meio da discussão dos resultados das pesquisas de forma mais rápida 4 Avanço mais rápido da ciência
  15. 15. Somente como curiosidade: • OpenStreetMap • Duvida......
  16. 16. OBRIGADA! Prof. Luciene S. Delazari – luciene@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Editora-Chefe do Boletim de Ciências Geodésicas

Notas do Editor

  • Em minha área – geociências – são quase inexistentes as iniciativas relacionadas ao uso dos preprints. Entretanto, esse é um fato que nenhuma comunidade científica poderá ignorar.
  • De acordo com o portal DataFairport, falando especificamente de dados, estes devem ser FAIR. Podemos expandir esse conceito a toda a cadeia científica.
    Entretanto....
  • Vivemos em um sistema no qual a forma de mensurar a capacidade ou sucesso depende do numero de publicações, preferencialmente aquelas melhor qualificadas – segundo determinados critérios.
  • Como nós sabemos - O Processo editorial convencional, admite a figura do editor e dos revisores, sendo que todo o fluxo, entre a submissão e o aceite pode ser bastante moroso.
  • Adicionalmente, estamos em um mundo totalmente conectado, no qual todo o que acontece é rapidamente disseminado.
    Por que as descobertas e o conhecimento não podem ser também rapidamente anunciados à comunidade cientifica?
  • O Modelo tradicional de publicação já sofreu diversas mudanças:
    Publicação seriada
    Publicações somente online

    Obviamente que existem uma serie de questões que precisam ser tratadas quando se pensa na adoção de preprints - voltarei a isso adiante.
    Algumas das vantagens anunciadas dos preprints seriam:
  • Citar quais são as vantagens dos preprints
  • Por que não criar uma iniciativa OPEN SOURCE RESEARCH?
    Na qual não só os artigos científicos pudessem ser acessíveis, mas também métodos e dados.....
  • Por outro lado, existem algumas questões que são colocadas como possíveis consequências negativas dos preprints:
    Dados de baixa qualidade – balão
    2 – divulgar os dados prematuramente – é um risco, especialmente em áreas com grande numero de patentes, como a indústria farmacêutica
    3 – roubar o trabalho - ~devem existir protocolos que permitirão ter um “time-stamp” para as publicações, o que premitirá saber quando foram publicadas

×