Projeto

135 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
135
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto

  1. 1. EE Achiles Malvezzi Diretoria de Ensino de São José do Rio Preto SP “Projeto Leitura e Escrita em foco” Releitura:“Das “linguagens literárias” às “leituras” possíveis, o desenvolvimento do olhar crítico no adolescente de Ensino Médio.” Professora Doutora Maria José T. Malvezzi Professor Osmir Antonio de Carvalho Direção:Sandra Regina Parreira Ribeiro Vice-Direção:Lara Bernardino de Souza Coordenação:Janaína França Obra literária :Vidas Secas - Graciliano Ramos
  2. 2. Graciliano Ramos (1892-1953) nasceu em Quebrângulo Alagoas. Estudou em Maceió, mas não cursou nenhuma faculdade. Após breve estada no Rio de Janeiro como revisor dos jornais "Correio da Manhã e A Tarde", passou a fazer jornalismo e política elegendo-se prefeito em 1927. Introdução: A constituição deste trabalho está centrada na relação tensiva, em um encontro dialógico entre teorias literárias e estudos culturais e geográficos para mostrar como uma reflexão sobre estéticas é elemento fundamental quando queremos completar os paradigmas críticos do pensamento sobre as modernidades alternativas e aquelas que se dizem alternativas múltiplas da modernidade. Conteúdo Literatura: Período literário moderno 1930 – 1941(2ª geração) Geografia : Transposição da região nordestina Justificativa Cônscios de que o Currículo Oficial da Secretaria Estadual da Educação do Estado de São Paulo é centrado na competência leitora e escritora de nossos educandos, e ao observarmos que eles apresentam uma deficiência de entendimento textual dos mais diversificados conteúdos a ser corrigida, a proposta deste projeto é integrar a leitura e as perspectivas de como compreender as diferentes linguagens contidas aí para incentivar o gosto pela leitura e pelas obras literárias, em conformidade com o dinamismo proporcionado pela tecnologia da modernidade.
  3. 3. CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA  Os abalos sofridos pelo povo brasileiro em torno dos acontecimentos de 1930, a crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova Iorque, a crise cafeeira, a Revolução de 1930, o acelerado declínio do nordeste condicionaram um novo estilo ficcional, notadamente mais adulto, mais amadurecido, mais moderno que se marcaria pela rudeza, por uma linguagem mais brasileira, por um enfoque direto dos fatos, por uma retomada do naturalismo, principalmente no plano da narrativa documental, temos também o romance nordestino, liberdade temática e rigor estilístico.  Os romancistas de 30 caracterizavam-se por adotarem visão crítica das relações sociais, regionalismo ressaltando o homem hostilizado pelo ambiente, pela terra, cidade, o homem devorado pelos problemas que o meio lhe impõe. -Trabalhar a interdisciplinaridade -Enriquecer o vocabulário. -Desenvolver as habilidades e competências esperadas para a idade/série da educação básica escolar. -Desenvolver habilidades no uso das tecnologias de informação e comunicação. -Leitura de uma variedade de gêneros literários como: romance, contos, crônicas, etc. -Identificação e análise de obras literárias adaptadas ao cinema e ao teatro. OBJETIVOS
  4. 4. METODOLOGIA  O Professor Osmir, de Geografia, em parceria com a Professora Doutora Maria José, de Língua Portuguesa e Literatura da Escola Estadual Achiles Malvezzi, de Potirendaba orientaram os alunos para a leitura da obra literária em questão. Eles também assistiram ao filme adaptado da mesma obra, além de interpretarem a letra da música “A triste Partida”, de Luiz Gonzaga.Em seguida a Professora Coordenadora Janaína França orientou-os a utilizar o site do pral onde foram postadas as informações necessárias para que eles desenvolvessem o projeto.  Organização dos grupos para desenvolvimento das atividades sugeridas neste projeto.  Disponibilização de subsídios para o projeto no site:www.pral.com.br,com a orientação da professora coordenadora Janaína França.  Utilização de recursos das TICs (Tecnologias de Informação e Comunicação).  Escolha de material mais adequado para as gravuras ilustradas.  Seleção do material produzido pelos grupos para socializá-los com os demais alunos da sala.  Apresentação de seminário com uso de Power Point. BIBLIOGRAFIA COUTINHO, Afrânio. Da crítica e da nova crítica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1957. CRISTÓVÃO, Fernando. Graciliano Ramos: estrutura e valores de um modo de narrar. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986. NUNES, Benedito. O animal e o primitivo: os outros de nossa cultura. In: MACIEL, Maria Esther. Pensar/escrever o animal.Florianópolis: Ed. UFSC, 2011; p. 13-22. RAMOS, G. Vidas secas. Rio de Janeiro: José Olympio, 1938 RICOUER, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Trad. Alain François. Campinas:Ed. UNICAMP, 2007. SAID, Roberto. A ladeira lenta em que os caminhos se fundem. In: A angústia da ação:poesia e política em Drummond. Belo Horizonte: Ed. UFMG; Curitiba: Ed. UFPR, 2005; p.49-112. SANTIAGO, Silviano. O intelectual modernista revisitado. In: Nas malhas da letra. Rio de Janeiro: Rocco, 2002; p. 193-205. SANTIAGO, Silviano. Retórica da verossimilhança. In: Uma literatura nos trópicos. Rio de Janeiro: Rocco, 2000; p. 27- 46.
  5. 5. Resultado Produção escrita e releitura da obra Apresentações em slides Público Alvo Terceiras séries do ensino médio Tempo de execução Um bimestre(2º) Avaliação Apresentações em sala de aula

×