Mesa redonda abed_2013

363 visualizações

Publicada em

Material elaborado para a mesa redonda Design das interações em EaD - 19 ABED 2013 - Salvador

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
363
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mesa redonda abed_2013

  1. 1. Ferramentas  de  colaboração  na  web:   um  estudo  da  interação  sob  a  perspec2va  a   presença  social     Patrícia  B.  Scherer  Bassani   Programa  de  Pós-­‐Graduação  em   Diversidade  Cultural  e  Inclusão  Social   Universidade  Feevale  
  2. 2. Tópicos  de  discussão   •  Contextualização   •  Presença  social   •  Reflexão  a  par2r  de  3  perspec2vas:   – Groupware   – SoLware  social   – Personal  Learning  Environment  
  3. 3. Ensinar  e  aprender  em/na  rede   Web  2.0  -­‐  PLE   Modelo/framework  para  a   seleção  de  ferramentas  web   Presença   social  
  4. 4. Seleção  de  ferramentas  web   Acesso  por  meio  de  TIMS   Redundância  funcional   Visibilidade  (me  –  we  -­‐  see)  (Heppell,2012)   Tipos  de  agrupamento  (grupo,  rede,  cole2vo)  (Dron,  Anderson  (2007)   Comunicação  (síncrona/assíncrona)   Interação  (mútua/rea2va)  (Primo,  2007)    
  5. 5. Hart, 2013
  6. 6. (Tele)Presença   h`p://ispr.info   Experiência  mediada  pela  tecnologia   É  uma  propriedade  do  indivíduo   Conceito  mul2-­‐dimensional   Presença   social  
  7. 7. As  definições  de  presença   social  na  educação  online   tendem  a  envolver  o  grau  no   qual  uma  pessoa  é  percebida   como  sendo  “real”  e  como   “estando  lá”.   Presença   social  
  8. 8. É  considerada  um  princípio   relevante  no  projeto  da   comunicação  mediada  por   computador  e  um   determinante  importante  na   formação  de  comunidades   virtuais  de  aprendizagem  (CVA)    (Lowenthal  ,  2010  )   Presença   social  
  9. 9. Interação   Presença   social   Mecanismos  de   presença  social  
  10. 10. Os  ambientes  virtuais  selecionados   para  subsidiar  os  processos  de   educação  (presencial/online)  devem   possibilitar  a  interação  a2va  entre  os   sujeitos,  a  fim  de  potencializar  a   formação  de  CVA.  
  11. 11. Os  ambientes  virtuais  selecionados   para  subsidiar  os  processos  de   educação  (presencial/online)  devem   possibilitar  a  interação  a2va  entre  os   sujeitos,  a  fim  de  potencializar  a   formação  de  CVA.   Concepção  Piage=ana   (PIAGET,  1972)   Interação  mútua   (PRIMO,  2007)  
  12. 12. Presença   social   Groupware   So2ware   social   PLE  
  13. 13. ! Modelo  3C  -­‐   groupware  
  14. 14. ! FUKS et al., 2002 Modelo  3C  -­‐   groupware   Mecanismos  de   presença  social  GRUPO  
  15. 15. Modelo  3C  -­‐   groupware   Wikispaces   a)  Comunicação   Como  os  par2cipantes  podem  interagir  com  os  colegas  durante   o  processo  de  escrita?   b)  Coordenação     -­‐   Nível  temporal:  Existe  espaço  onde  os  par2cipantes  podem   organizar  sua  par2cipação?  Se  sim,  quais?   -­‐   Nível  de  objetos:  Como  o  sistema  gerencia  o  acesso   simultâneo  às  páginas  wiki?  Como  acontece  o  gerenciamento?   c)  Cooperação    Como  é  feito  o  registro  das  interações?  
  16. 16. ! Modelo  3C  –   soLware  social   Mecanismos  de   presença  social   web  2.0   ME   WE   SEE   GRUPO   REDE   GoogleDocs   Prezi  
  17. 17. Modelo  3C  –   PLE   GRUPO   REDE   COLETIVO   Comunicação   (síncrona/ assíncrona)   Cooperação   (web  2.0)   Coordenação   )   Estratégias  de   presença  social   ME   WE   SEE   CVA   Mecanismos  de   presença  social  
  18. 18. ! Hirumi, 2002 Concepção   Piage=ana   (PIAGET,  1972)   CVA   obje2vos   Seleção   ferramentas   conteúdo  produzido  pelo  estudante  
  19. 19. •  Dron,  J.;  Anderson,  T.  (2007)  “Collec2ves,  Networks  and  Groups  in  Social  SoLware  for  e-­‐ Learning”,  Chesapeake,  United  States  of  America.     •  Fuks,  H.;  Raposo,  A.;  Gerosa,  M.;  Lucena,  C.  (2002).  “O  Modelo  de  Colaboração  3C  e  a   Engenharia  de  Groupware”  PUC-­‐RJ:  Monografias  em  Ciência  da  Computação,  Nº  17/02.   •  Hart,  J.  (2013)  “Top  100  Tools  for  Learning  2012”,  h`p://c4lpt.co.uk/top100tools/,  March.     •  Heppell,  S.  (2012).  “Online  Spaces”,  h`p://www.educa2on.vic.gov.au/management/lol/ lead.spaces.htm,    May.     •  HIRUMI,  Atsusi.  Analysing  and  designing  e-­‐learning  interac2ons.  In:  JUWAH,  Charles  (Ed.).   Interac2ons  in  online  educa2on:  implica2ons  for  theory  and  prac2ce.  New  York,  N.Y.:   Routledge,  2006.  p.  46-­‐71.   •  Lowenthal,  P.  (2010).  “The  evolu2on  and  influence  of  social  presence  theory  on  online   learning”.  Online  educa2on  and  adult  learning:  new  fron2ers  for  teaching  prac2ces.  IGI   Global,  Hershey-­‐PA.   •  Piaget,  J.  (1973).  “A  epistemologia  gené2ca”,  Vozes,  Petrópolis.     •  Primo,  A.  (2007)  “Interação  mediada  por  computador:  comunicação,  cibercultura,  cognição”,   Sulina,  Porto  Alegre.     •  Solis,  B.,  Jess3.  (2013)  “The  conversa2on  prism”,  h`ps://conversa2onprism.com,  July.     Referências  
  20. 20. Ferramentas  de  colaboração  na  web:   um  estudo  da  interação  sob  a  perspec2va  a   presença  social     Patrícia  B.  Scherer  Bassani     patriciab@feevale.br   slideshare.netpbassani   @patriciab  

×