SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
14/10/2018
1
Estrutura e função
dos órgãos reprodutores
Ovário
Trompa de Falópio
Útero
Vagina
Testículo
Canal
deferente
Vesícula
seminal
Próstata
Pénis
Constituição do sistema reprodutor humano
14/10/2018
2
Os sistemas reprodutores feminino e
masculino são constituídos por gónadas, ou
glândulas sexuais, por vias genitais, por
órgãos genitais externos e por glândulas
anexas.
14/10/2018
3
Gónadas
Testículos
Vias genitais
Epidídimos, canais deferentes e uretra
Glândulas anexas
Vesículas seminais, próstata e glândulas
de Cowper
Órgãos genitais externos
Pénis e escroto
Órgãos do sistema reprodutor masculino
14/10/2018
4
Órgãos e funções do sistema reprodutor masculino
Testículo
Produção de gâmetas masculinos, os espermatozoides, e secreção de uma
hormona sexual masculina, a testosterona, responsável pelo desenvolvimento
dos órgãos sexuais e pelos caracteres sexuais secundários masculinos.
Epidídimos
Canais deferentes
Maturação e armazenamento dos espermatozoides.
Uretra
Transporte dos espermatozoides dos epidídimos à uretra.
Vesículas seminais
Condução do sémen ou esperma para o exterior do corpo. É um canal comum
ao sistema urinário, transportando também a urina.
Próstata
Secreção do líquido seminal, rico em nutrientes energéticos necessários à
atividade dos espermatozoides.
Pénis
Secreção do líquido prostático, um fluido alcalino que neutraliza a acidez da
vagina e permite a sobrevivência e a mobilidade dos espermatozoides.
Copulação e micção. Órgão formado por três corpos cilíndricos de tecido
erétil que se enchem de sangue aquando da estimulação sexual, provocando
o seu endurecimento e aumento do tamanho. É atravessado pela uretra,
sendo responsável pela introdução de esperma no interior da vagina.
Escroto Contenção dos testículos fora da cavidade abdominal.
Glândulas de
Cowper
Secreção que é lançada dentro da uretra com o objectivo de a limpar e
lubrificar, preparando-a para a passagem dos espermatozóides.
14/10/2018
5
14/10/2018
6
Gónadas
Ovários
Vias genitais
Trompas de Falópio, útero e vagina
Órgãos genitais externos
Vulva
Órgãos do sistema reprodutor feminino
Órgãos e funções do sistema reprodutor feminino
Ovários
Produção de gâmetas femininos, os oócitos, e secreção de hormonas sexuais
femininas, os estrogénios e a progesterona, responsáveis pelo crescimento
dos órgãos sexuais e pelos caracteres sexuais secundários femininos.
Trompas de Falópio
Útero
Recolha do oócito libertado periodicamente pelo ovário durante a ovulação.
Locais onde ocorre a fecundação.
Vagina
Fixação do embrião, em caso de gravidez, nas suas paredes musculosas,
revestidas interiormente por uma mucosa periodicamente renovada —
o endométrio.
Vulva
Ligação do útero à vulva. Receção do esperma depositado pelo pénis aquando
do ato sexual. Local por onde ocorre a saída do bebé, durante o parto.
Proteção com pregas musculares — os pequenos e os grandes lábios — das
aberturas da uretra e da vagina e do clítoris, um pequeno órgão sensível e
erétil.
14/10/2018
7
As células sexuais
No sistema reprodutor masculino, as células sexuais
ou gâmetas denominam-se espermatozoides e
formam-se nos testículos.
14/10/2018
8
Um espermatozoide é constituído por três zonas — a
cabeça, a peça intermédia e a cauda.
Cabeça
Peça intermédia
Cauda
Espermatogénese — Processo que ocorre nos tubos
seminíferos do testículo e resulta na formação de
espermatozoides.
Testículo
Tubo seminífero
Célula
germinativa
Espermatozoides
imaturos
Espermatozoide
14/10/2018
9
Célula
germinativa
Espermatozoides
imaturos
Espermatogénese
As paredes dos tubos seminíferos apresentam células
germinativas que se vão modificando até se
transformarem em espermatozoides.
Os espermatozoides passam para os espidídimos, onde
completam a sua maturação.
Mais tarde, já nos canais deferentes, misturam-se com os
líquidos seminal e prostático, formando o sémen ou
esperma.
14/10/2018
10
No sistema reprodutor feminino, os gâmetas designam-
se por oócitos e são produzidos nos ovários.
O oócito é uma célula arredondada de grandes
dimensões, comparativamente ao espermatozoide.
Oócito
Folículo
ovárico
14/10/2018
11
Oogénese — Processo
que ocorre nos ovários e
resulta na formação de
oócitos.
Ovário
Oócito
Folículos
imaturos
Folículo em
desenvolvimento
Folículo
maduro
Oócito
Corpo amarelo
14/10/2018
12
As células germinativas dos ovários, ainda antes do
nascimento, originam folículos ováricos, cada um dos
quais contendo um oócito em desenvolvimento.
O desenvolvimento dos folículos e a oogénese são
interrompidos após o nascimento e, a partir da puberdade,
mensalmente, num dos ovários, amadurece um folículo
que liberta o seu oócito para a trompa de Falópio.
N3
Ciclos ovárico e uterino
14/10/2018
13
Ciclo sexual ou menstrual — Nas mulheres férteis, tem
uma duração média de 28 dias e pode ser dividido em
ciclo ovárico e ciclo uterino. O início do ciclo é
assinalado no primeiro dia da menstruação e termina no
início da menstruação seguinte.
Ciclo ovárico — Conjunto de transformações que ocorrem
no ovário, no decurso de um ciclo sexual, e que resultam
na libertação de um oócito para a trompa de Falópio.
Compreende três fases: fase folicular, ovulação e fase
luteínica.
Folículo em
desenvolvimento Ovulação
Formação do
corpo amarelo
Regressão do
corpo amarelo
Fase folicular Ovulação Fase luteínica
Ciclo ovárico
Dias
14/10/2018
14
Fase folicular
Dura 14 dias, período em que se desenvolvem alguns folículos
ováricos. Os folículos produzem estrogénios. Apenas um termina
a maturação com sucesso, ficando pronto para expulsar o oócito
para a trompa de Falópio.
Ovulação
Ao 14.o dia, o folículo maduro rebenta e liberta o oócito na
trompa de Falópio. É nesta altura que pode ocorrer a fecundação
e uma gravidez.
Fase luteínica
Dura 14 dias, ao longo dos quais é formado e evolui o corpo
amarelo ou corpo lúteo. Esta estrutura forma-se a partir das
células do folículo rebentado que permaneceu no ovário após a
ovulação e produz estrogénios e progesterona. Caso não ocorra
fecundação, o corpo amarelo atrofia e degenera, iniciando-se um
novo ciclo.
Ciclo ovárico
Ciclo uterino — Conjunto de transformações que ocorrem
no útero, no decurso de um ciclo sexual, e que visam criar
condições para a fixação do embrião. Compreende três
fases: fase menstrual, fase proliferativa e fase
secretora.
Descamação
do endométrio
Reconstituição
do endométrio
Preparação para a
fixação do embrião
Fase menstrual Fase proliferativa Fase secretora
Ciclo uterino
Dias
14/10/2018
15
Fase menstrual
Dura cerca de 5 dias e resulta da descamação superficial do endométrio e
consequente hemorragia provocada pela rotura dos vasos sanguíneos que
irrigam a mucosa. A mistura de sangue e de fragmentos soltos do endométrio
constitui o fluxo menstrual ou menstruação.
Fase proliferativa
Dura cerca de 9 dias, durante os quais o endométrio e os seus vasos
sanguíneos são reconstituídos.
Fase secretora
Dura cerca de 14 dias, durante os quais o endométrio atinge a sua máxima
espessura. As suas glândulas produzem secreções que preparam o útero
para receber o embrião. Se a fecundação não tiver ocorrido, inicia-se um
novo ciclo.
Ciclo uterino
Extensão do
período fértil
em ciclos
irregulares
Extensão do
período fértil
em ciclos
irregulares
Possibilidade muito elevada de fecundação
Espermatozoides
vivos e ovulação
precoce
Espermatozoides
vivos e ovulação
tardia
14/10/2018
16
No ciclo menstrual pode ser identificado um período fértil
em torno do dia da ovulação, que ocorre no 14.o dia do
ciclo. Em mulheres com ciclos regulares de 28 dias, o
período fértil situa-se entre o 10.o e o 17.o dias do ciclo.
Nº de dias do
ciclo mais
longo - 11 dias
Nº de dias do
ciclo mais
curto - 18 dias
Questões
Manual pág.211
N4
As hormonas sexuais
14/10/2018
17
O sistema reprodutor humano é regulado por diversas
hormonas que começam a ser produzidas no início da
puberdade.
Os ovários e testículos são estimulados por hormonas
da hipófise a produzir hormonas sexuais.
As hormonas sexuais induzem o desenvolvimento e o
funcionamento dos órgãos do sistema reprodutor e o
aparecimento e a manutenção dos caracteres sexuais
secundários.
No sistema reprodutor feminino, os ovários são
estimulados pelas hormonas da hipófise, FSH e LH, a
produzir estrogénios e progesterona.
14/10/2018
18
Regulação hormonal do sistema reprodutor feminino
Gonadoestimulinas
FSH e LH
Complexo
hipotálamo-hipófise
Hormonas ováricas
Estrogénios e
progesterona
Hormonas ováricas
Estrogénios e
progesterona Estímulo
Inibição
Ovário
Hipófise
Útero
Regulação hormonal do ciclo sexual feminino
14/10/2018
19
Os estrogénios produzidos pelos folículos ováricos durante
a fase folicular estimulam a fase proliferativa do útero,
promovendo a reconstituição do endométrio.
A secreção destas hormonas atinge valores máximos um
pouco antes do 14.o dia do ciclo, altura em que estimulam
a ovulação.
Finda a ovulação, o corpo amarelo continua a produção
de estrogénios e, sobretudo, inicia a secreção de
elevadas quantidades de progesterona durante a fase
luteínica.
Esta hormona assegura a fase secretora do útero, com o
aumento de espessura e a manutenção do endométrio.
14/10/2018
20
Com a regressão do corpo amarelo, a produção de
hormonas ováricas diminui, a mucosa uterina deixa de ser
estimulada e o endométrio começa a descamar,
ocorrendo a menstruação.
No sistema reprodutor masculino, as hormonas da
hipófise, FSH e LH, atuam nos testículos, estimulando-os
a produzir testosterona. É a presença da testosterona nos
tubos seminíferos que desencadeia a formação de
espermatozoides.
14/10/2018
21
Gonadoestimulinas
FSH e LH
Testosterona
Testosterona
Hipófise
Testículo
Espermatogénese
Estímulo
Inibição
Regulação hormonal do sistema reprodutor masculino
Complexo
hipotálamo-hipófise
A hipófise controla as gónadas, produzindo as
gonadoestimulinas FSH e LH, e, por sua vez, é
controlada pelas hormonas sexuais produzidas pelos
ovários e testículos.
Estímulo
Inibição
Questões
Manual pág. 212
Questões
Manual pág. 222 e 223
Ex. 1 a 5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

(2) ciências naturais 9º ano - transmissão da vida - bases morfológicas
(2) ciências naturais    9º ano - transmissão da vida - bases morfológicas(2) ciências naturais    9º ano - transmissão da vida - bases morfológicas
(2) ciências naturais 9º ano - transmissão da vida - bases morfológicasHugo Martins
 
04 fecundacao e gravidez
04 fecundacao e gravidez04 fecundacao e gravidez
04 fecundacao e gravidezruiricardobg
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutoramo.te
 
02 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 0809
02 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 080902 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 0809
02 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 0809Teresa Monteiro
 
Aparelho reprodutor feminino
Aparelho   reprodutor femininoAparelho   reprodutor feminino
Aparelho reprodutor femininowelkley
 
Sistema reprodutor masculino e feminino
Sistema reprodutor masculino e feminino Sistema reprodutor masculino e feminino
Sistema reprodutor masculino e feminino AnaRita9
 
Bases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãO
Bases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãOBases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãO
Bases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãOfernando2112
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutorguest1eea69
 
Morfofisiologia do sistema reprodutor 9º ano 2011 - 2012
Morfofisiologia do  sistema reprodutor   9º ano 2011 - 2012Morfofisiologia do  sistema reprodutor   9º ano 2011 - 2012
Morfofisiologia do sistema reprodutor 9º ano 2011 - 2012isabelalexandrapinto
 
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCicloSistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCicloSandra Soeiro
 
Biologia 12ºano - Reprodução Humana
Biologia 12ºano - Reprodução HumanaBiologia 12ºano - Reprodução Humana
Biologia 12ºano - Reprodução HumanaRenata Sofia
 
Aparelho reprodutor feminino e masculino
Aparelho reprodutor feminino e masculinoAparelho reprodutor feminino e masculino
Aparelho reprodutor feminino e masculinoNeuza Carvalho
 
Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01
Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01
Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01Pelo Siro
 
Aula 10 sistema reprodutor feminino
Aula 10  sistema reprodutor femininoAula 10  sistema reprodutor feminino
Aula 10 sistema reprodutor femininoAna Conceição
 
Reprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimentoReprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimento5eeugeiocastro
 

Mais procurados (20)

Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
(2) ciências naturais 9º ano - transmissão da vida - bases morfológicas
(2) ciências naturais    9º ano - transmissão da vida - bases morfológicas(2) ciências naturais    9º ano - transmissão da vida - bases morfológicas
(2) ciências naturais 9º ano - transmissão da vida - bases morfológicas
 
04 fecundacao e gravidez
04 fecundacao e gravidez04 fecundacao e gravidez
04 fecundacao e gravidez
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
02 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 0809
02 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 080902 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 0809
02 - Aparelho Reprodutor Feminino Tc 0809
 
Aparelho reprodutor feminino
Aparelho   reprodutor femininoAparelho   reprodutor feminino
Aparelho reprodutor feminino
 
Sistema reprodutor masculino e feminino
Sistema reprodutor masculino e feminino Sistema reprodutor masculino e feminino
Sistema reprodutor masculino e feminino
 
Bases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãO
Bases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãOBases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãO
Bases MorfolóGicas E FisiolóGicas Da ReproduçãO
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
Ciclo sexual
Ciclo sexualCiclo sexual
Ciclo sexual
 
Morfofisiologia do sistema reprodutor 9º ano 2011 - 2012
Morfofisiologia do  sistema reprodutor   9º ano 2011 - 2012Morfofisiologia do  sistema reprodutor   9º ano 2011 - 2012
Morfofisiologia do sistema reprodutor 9º ano 2011 - 2012
 
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCicloSistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
Sistema reprodutor masculino e feminino-2ºCiclo
 
Sistema Reprodutor
Sistema ReprodutorSistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
 
Biologia 12ºano - Reprodução Humana
Biologia 12ºano - Reprodução HumanaBiologia 12ºano - Reprodução Humana
Biologia 12ºano - Reprodução Humana
 
Aparelho reprodutor feminino e masculino
Aparelho reprodutor feminino e masculinoAparelho reprodutor feminino e masculino
Aparelho reprodutor feminino e masculino
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01
Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01
Sistemareprodutor 121017142805-phpapp01
 
Aula 10 sistema reprodutor feminino
Aula 10  sistema reprodutor femininoAula 10  sistema reprodutor feminino
Aula 10 sistema reprodutor feminino
 
Reprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimentoReprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimento
 
Aula sistema reprodutor
Aula sistema reprodutorAula sistema reprodutor
Aula sistema reprodutor
 

Semelhante a 9º 3.1.

Fisiologia Sistema Reprodutor
Fisiologia Sistema ReprodutorFisiologia Sistema Reprodutor
Fisiologia Sistema Reprodutoranuper
 
aula sistema reprodutor
aula sistema reprodutoraula sistema reprodutor
aula sistema reprodutorcarlotabuchi
 
Transmissão de vida
Transmissão de vidaTransmissão de vida
Transmissão de vidaleonoreis2
 
Aparelho reprodutor feminino
Aparelho reprodutor femininoAparelho reprodutor feminino
Aparelho reprodutor femininotonhofsj
 
02 reproducao mod1
02 reproducao mod102 reproducao mod1
02 reproducao mod1ruiricardobg
 
Biologia2010 111118144512-phpapp02
Biologia2010 111118144512-phpapp02Biologia2010 111118144512-phpapp02
Biologia2010 111118144512-phpapp02Pelo Siro
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humanamainamgar
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução HumanaSérgio Luiz
 
Aparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor FemininoAparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor FemininoAmanda Thomé
 
Sistema reprodutor
Sistema reprodutorSistema reprodutor
Sistema reprodutorrafa2507
 
Bases morfológicas e fisiológicas da reprodução
Bases morfológicas e fisiológicas da reproduçãoBases morfológicas e fisiológicas da reprodução
Bases morfológicas e fisiológicas da reproduçãoMateus Tanita
 
Aparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor FemininoAparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor FemininoAna Abegão
 
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicasCiências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicasLeonardo Alves
 
Endocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaEndocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaUnis
 
Endocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaEndocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaUnis
 
Aula fisiologia da reprodução
Aula fisiologia da reproduçãoAula fisiologia da reprodução
Aula fisiologia da reproduçãoguest203aa5
 
DiferenciaçãO Sexual
DiferenciaçãO SexualDiferenciaçãO Sexual
DiferenciaçãO Sexualguest203aa5
 
sistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdfsistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdfRoseGomes73
 

Semelhante a 9º 3.1. (20)

Fisiologia Sistema Reprodutor
Fisiologia Sistema ReprodutorFisiologia Sistema Reprodutor
Fisiologia Sistema Reprodutor
 
aula sistema reprodutor
aula sistema reprodutoraula sistema reprodutor
aula sistema reprodutor
 
Transmissão de vida
Transmissão de vidaTransmissão de vida
Transmissão de vida
 
Aparelho reprodutor feminino
Aparelho reprodutor femininoAparelho reprodutor feminino
Aparelho reprodutor feminino
 
02 reproducao mod1
02 reproducao mod102 reproducao mod1
02 reproducao mod1
 
Biologia2010 111118144512-phpapp02
Biologia2010 111118144512-phpapp02Biologia2010 111118144512-phpapp02
Biologia2010 111118144512-phpapp02
 
Reprodução humana
Reprodução humanaReprodução humana
Reprodução humana
 
Ppt reprodução
Ppt   reproduçãoPpt   reprodução
Ppt reprodução
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
 
Reprodução humana 2
Reprodução humana 2Reprodução humana 2
Reprodução humana 2
 
Aparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor FemininoAparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor Feminino
 
Sistema reprodutor
Sistema reprodutorSistema reprodutor
Sistema reprodutor
 
Bases morfológicas e fisiológicas da reprodução
Bases morfológicas e fisiológicas da reproduçãoBases morfológicas e fisiológicas da reprodução
Bases morfológicas e fisiológicas da reprodução
 
Aparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor FemininoAparelho Reprodutor Feminino
Aparelho Reprodutor Feminino
 
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicasCiências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
Ciências Naturais 9ano-transmissão da vida-bases morfolgicas
 
Endocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaEndocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao feminina
 
Endocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaEndocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao feminina
 
Aula fisiologia da reprodução
Aula fisiologia da reproduçãoAula fisiologia da reprodução
Aula fisiologia da reprodução
 
DiferenciaçãO Sexual
DiferenciaçãO SexualDiferenciaçãO Sexual
DiferenciaçãO Sexual
 
sistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdfsistema reprodutor.pdf
sistema reprodutor.pdf
 

Mais de Nuno Coelho (20)

9º 4.1
9º 4.19º 4.1
9º 4.1
 
9º 3.3
9º 3.39º 3.3
9º 3.3
 
7º 1.2.
7º 1.2.7º 1.2.
7º 1.2.
 
9º 2.
9º 2.9º 2.
9º 2.
 
7º 1.1.
7º 1.1.7º 1.1.
7º 1.1.
 
7º 4.2.
7º 4.2. 7º 4.2.
7º 4.2.
 
8º 7.2
8º 7.2 8º 7.2
8º 7.2
 
8º 7.1.
8º 7.1. 8º 7.1.
8º 7.1.
 
7º 4.1.
7º 4.1. 7º 4.1.
7º 4.1.
 
7º 3.
7º 3. 7º 3.
7º 3.
 
8º ano 6.2
8º ano 6.28º ano 6.2
8º ano 6.2
 
8º ano 6.1
8º ano 6.18º ano 6.1
8º ano 6.1
 
8º ano 5.4
8º ano 5.4 8º ano 5.4
8º ano 5.4
 
8º ano 5.3
8º ano 5.38º ano 5.3
8º ano 5.3
 
7º 2.3.
7º 2.3. 7º 2.3.
7º 2.3.
 
7º 2.2.
7º 2.2.7º 2.2.
7º 2.2.
 
8º ano 5.2
8º ano 5.2 8º ano 5.2
8º ano 5.2
 
8º 3.
8º 3.8º 3.
8º 3.
 
7º 1.3.
7º 1.3.7º 1.3.
7º 1.3.
 
F F 8º S T
F F 8º S TF F 8º S T
F F 8º S T
 

Último

Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 

Último (20)

Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 

9º 3.1.

  • 1. 14/10/2018 1 Estrutura e função dos órgãos reprodutores Ovário Trompa de Falópio Útero Vagina Testículo Canal deferente Vesícula seminal Próstata Pénis Constituição do sistema reprodutor humano
  • 2. 14/10/2018 2 Os sistemas reprodutores feminino e masculino são constituídos por gónadas, ou glândulas sexuais, por vias genitais, por órgãos genitais externos e por glândulas anexas.
  • 3. 14/10/2018 3 Gónadas Testículos Vias genitais Epidídimos, canais deferentes e uretra Glândulas anexas Vesículas seminais, próstata e glândulas de Cowper Órgãos genitais externos Pénis e escroto Órgãos do sistema reprodutor masculino
  • 4. 14/10/2018 4 Órgãos e funções do sistema reprodutor masculino Testículo Produção de gâmetas masculinos, os espermatozoides, e secreção de uma hormona sexual masculina, a testosterona, responsável pelo desenvolvimento dos órgãos sexuais e pelos caracteres sexuais secundários masculinos. Epidídimos Canais deferentes Maturação e armazenamento dos espermatozoides. Uretra Transporte dos espermatozoides dos epidídimos à uretra. Vesículas seminais Condução do sémen ou esperma para o exterior do corpo. É um canal comum ao sistema urinário, transportando também a urina. Próstata Secreção do líquido seminal, rico em nutrientes energéticos necessários à atividade dos espermatozoides. Pénis Secreção do líquido prostático, um fluido alcalino que neutraliza a acidez da vagina e permite a sobrevivência e a mobilidade dos espermatozoides. Copulação e micção. Órgão formado por três corpos cilíndricos de tecido erétil que se enchem de sangue aquando da estimulação sexual, provocando o seu endurecimento e aumento do tamanho. É atravessado pela uretra, sendo responsável pela introdução de esperma no interior da vagina. Escroto Contenção dos testículos fora da cavidade abdominal. Glândulas de Cowper Secreção que é lançada dentro da uretra com o objectivo de a limpar e lubrificar, preparando-a para a passagem dos espermatozóides.
  • 6. 14/10/2018 6 Gónadas Ovários Vias genitais Trompas de Falópio, útero e vagina Órgãos genitais externos Vulva Órgãos do sistema reprodutor feminino Órgãos e funções do sistema reprodutor feminino Ovários Produção de gâmetas femininos, os oócitos, e secreção de hormonas sexuais femininas, os estrogénios e a progesterona, responsáveis pelo crescimento dos órgãos sexuais e pelos caracteres sexuais secundários femininos. Trompas de Falópio Útero Recolha do oócito libertado periodicamente pelo ovário durante a ovulação. Locais onde ocorre a fecundação. Vagina Fixação do embrião, em caso de gravidez, nas suas paredes musculosas, revestidas interiormente por uma mucosa periodicamente renovada — o endométrio. Vulva Ligação do útero à vulva. Receção do esperma depositado pelo pénis aquando do ato sexual. Local por onde ocorre a saída do bebé, durante o parto. Proteção com pregas musculares — os pequenos e os grandes lábios — das aberturas da uretra e da vagina e do clítoris, um pequeno órgão sensível e erétil.
  • 7. 14/10/2018 7 As células sexuais No sistema reprodutor masculino, as células sexuais ou gâmetas denominam-se espermatozoides e formam-se nos testículos.
  • 8. 14/10/2018 8 Um espermatozoide é constituído por três zonas — a cabeça, a peça intermédia e a cauda. Cabeça Peça intermédia Cauda Espermatogénese — Processo que ocorre nos tubos seminíferos do testículo e resulta na formação de espermatozoides. Testículo Tubo seminífero Célula germinativa Espermatozoides imaturos Espermatozoide
  • 9. 14/10/2018 9 Célula germinativa Espermatozoides imaturos Espermatogénese As paredes dos tubos seminíferos apresentam células germinativas que se vão modificando até se transformarem em espermatozoides. Os espermatozoides passam para os espidídimos, onde completam a sua maturação. Mais tarde, já nos canais deferentes, misturam-se com os líquidos seminal e prostático, formando o sémen ou esperma.
  • 10. 14/10/2018 10 No sistema reprodutor feminino, os gâmetas designam- se por oócitos e são produzidos nos ovários. O oócito é uma célula arredondada de grandes dimensões, comparativamente ao espermatozoide. Oócito Folículo ovárico
  • 11. 14/10/2018 11 Oogénese — Processo que ocorre nos ovários e resulta na formação de oócitos. Ovário Oócito Folículos imaturos Folículo em desenvolvimento Folículo maduro Oócito Corpo amarelo
  • 12. 14/10/2018 12 As células germinativas dos ovários, ainda antes do nascimento, originam folículos ováricos, cada um dos quais contendo um oócito em desenvolvimento. O desenvolvimento dos folículos e a oogénese são interrompidos após o nascimento e, a partir da puberdade, mensalmente, num dos ovários, amadurece um folículo que liberta o seu oócito para a trompa de Falópio. N3 Ciclos ovárico e uterino
  • 13. 14/10/2018 13 Ciclo sexual ou menstrual — Nas mulheres férteis, tem uma duração média de 28 dias e pode ser dividido em ciclo ovárico e ciclo uterino. O início do ciclo é assinalado no primeiro dia da menstruação e termina no início da menstruação seguinte. Ciclo ovárico — Conjunto de transformações que ocorrem no ovário, no decurso de um ciclo sexual, e que resultam na libertação de um oócito para a trompa de Falópio. Compreende três fases: fase folicular, ovulação e fase luteínica. Folículo em desenvolvimento Ovulação Formação do corpo amarelo Regressão do corpo amarelo Fase folicular Ovulação Fase luteínica Ciclo ovárico Dias
  • 14. 14/10/2018 14 Fase folicular Dura 14 dias, período em que se desenvolvem alguns folículos ováricos. Os folículos produzem estrogénios. Apenas um termina a maturação com sucesso, ficando pronto para expulsar o oócito para a trompa de Falópio. Ovulação Ao 14.o dia, o folículo maduro rebenta e liberta o oócito na trompa de Falópio. É nesta altura que pode ocorrer a fecundação e uma gravidez. Fase luteínica Dura 14 dias, ao longo dos quais é formado e evolui o corpo amarelo ou corpo lúteo. Esta estrutura forma-se a partir das células do folículo rebentado que permaneceu no ovário após a ovulação e produz estrogénios e progesterona. Caso não ocorra fecundação, o corpo amarelo atrofia e degenera, iniciando-se um novo ciclo. Ciclo ovárico Ciclo uterino — Conjunto de transformações que ocorrem no útero, no decurso de um ciclo sexual, e que visam criar condições para a fixação do embrião. Compreende três fases: fase menstrual, fase proliferativa e fase secretora. Descamação do endométrio Reconstituição do endométrio Preparação para a fixação do embrião Fase menstrual Fase proliferativa Fase secretora Ciclo uterino Dias
  • 15. 14/10/2018 15 Fase menstrual Dura cerca de 5 dias e resulta da descamação superficial do endométrio e consequente hemorragia provocada pela rotura dos vasos sanguíneos que irrigam a mucosa. A mistura de sangue e de fragmentos soltos do endométrio constitui o fluxo menstrual ou menstruação. Fase proliferativa Dura cerca de 9 dias, durante os quais o endométrio e os seus vasos sanguíneos são reconstituídos. Fase secretora Dura cerca de 14 dias, durante os quais o endométrio atinge a sua máxima espessura. As suas glândulas produzem secreções que preparam o útero para receber o embrião. Se a fecundação não tiver ocorrido, inicia-se um novo ciclo. Ciclo uterino Extensão do período fértil em ciclos irregulares Extensão do período fértil em ciclos irregulares Possibilidade muito elevada de fecundação Espermatozoides vivos e ovulação precoce Espermatozoides vivos e ovulação tardia
  • 16. 14/10/2018 16 No ciclo menstrual pode ser identificado um período fértil em torno do dia da ovulação, que ocorre no 14.o dia do ciclo. Em mulheres com ciclos regulares de 28 dias, o período fértil situa-se entre o 10.o e o 17.o dias do ciclo. Nº de dias do ciclo mais longo - 11 dias Nº de dias do ciclo mais curto - 18 dias Questões Manual pág.211 N4 As hormonas sexuais
  • 17. 14/10/2018 17 O sistema reprodutor humano é regulado por diversas hormonas que começam a ser produzidas no início da puberdade. Os ovários e testículos são estimulados por hormonas da hipófise a produzir hormonas sexuais. As hormonas sexuais induzem o desenvolvimento e o funcionamento dos órgãos do sistema reprodutor e o aparecimento e a manutenção dos caracteres sexuais secundários. No sistema reprodutor feminino, os ovários são estimulados pelas hormonas da hipófise, FSH e LH, a produzir estrogénios e progesterona.
  • 18. 14/10/2018 18 Regulação hormonal do sistema reprodutor feminino Gonadoestimulinas FSH e LH Complexo hipotálamo-hipófise Hormonas ováricas Estrogénios e progesterona Hormonas ováricas Estrogénios e progesterona Estímulo Inibição Ovário Hipófise Útero Regulação hormonal do ciclo sexual feminino
  • 19. 14/10/2018 19 Os estrogénios produzidos pelos folículos ováricos durante a fase folicular estimulam a fase proliferativa do útero, promovendo a reconstituição do endométrio. A secreção destas hormonas atinge valores máximos um pouco antes do 14.o dia do ciclo, altura em que estimulam a ovulação. Finda a ovulação, o corpo amarelo continua a produção de estrogénios e, sobretudo, inicia a secreção de elevadas quantidades de progesterona durante a fase luteínica. Esta hormona assegura a fase secretora do útero, com o aumento de espessura e a manutenção do endométrio.
  • 20. 14/10/2018 20 Com a regressão do corpo amarelo, a produção de hormonas ováricas diminui, a mucosa uterina deixa de ser estimulada e o endométrio começa a descamar, ocorrendo a menstruação. No sistema reprodutor masculino, as hormonas da hipófise, FSH e LH, atuam nos testículos, estimulando-os a produzir testosterona. É a presença da testosterona nos tubos seminíferos que desencadeia a formação de espermatozoides.
  • 21. 14/10/2018 21 Gonadoestimulinas FSH e LH Testosterona Testosterona Hipófise Testículo Espermatogénese Estímulo Inibição Regulação hormonal do sistema reprodutor masculino Complexo hipotálamo-hipófise A hipófise controla as gónadas, produzindo as gonadoestimulinas FSH e LH, e, por sua vez, é controlada pelas hormonas sexuais produzidas pelos ovários e testículos. Estímulo Inibição Questões Manual pág. 212 Questões Manual pág. 222 e 223 Ex. 1 a 5