SlideShare uma empresa Scribd logo

Doutrina do Pecado

Geversom Sousa
Geversom Sousa
Geversom SousaIgreja Presbiteriana de Jussara (IPB) em Igreja Presbiteriana de Jussara (IPB)

Aula 06 do curso de doutrina básica

Doutrina do Pecado

1 de 22
Baixar para ler offline
O PECADO
O que é pecado?
"É qualquer falta de conformidade com a lei
de Deus, ou qualquer transgressão dessa
lei".
Breve catecismo – Pergunta 14
O que é pecado?
Por causa do pecado de Adão, todas as pessoas
nascem pecadoras. Davi reconheceu isso e
declarou: "Eu nasci na iniquidade, e em pecado
me concebeu minha mãe" (51 51.5). Herdamos
do primeiro casal a culpa e a corrupção. Não
conseguimos fazer o bem que queremos, mas
fazemos o mal que, às vezes, até detestamos.
O que é pecado?
Se analisarmos algumas palavras gregas usadas pelos
escritores do Novo Testamento para designar o pecado,
fica mais fácil compreendera sua extensão e abrangência.
Veja algumas destas palavras:
hamartia (Rm 5.12; Tg 2.9; 1 Jo 1.7) significa errar o alvo;
paraptoma (Rm 5.15-18; 2 Co 5.19; Ef 2.1) significa
escorregar' ou cair, desviar-se da verdade e da justiça;
O que é pecado?
adikia (Rm 9.14; 1 Co 13.6; 1 Jo 5.17) significa
injustiça;
parabasis (Rm2.23; Gl 3.19; 111, 2.2) significa
transgressão, ato de passar além da linha;
anomia (1 Jo 3.4) significa desobediência e
desrespeito à lei.
O que é pecado?
Podemos afirmar, portanto, que o pecado
consiste em errar o alvo da vida, não ser o que
se devia ou poderia ser, desviar-se da verdade e
da justiça, praticara injustiça, ultrapassar a linha
que limita os nossos direitos e liberdade,
desobedecer e desrespeitar as leis.

Recomendados

hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.RODRIGO FERREIRA
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoRODRIGO FERREIRA
 
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéLição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de Fé
Lição 11 - A Importância da Bíblia como única regra de FéÉder Tomé
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósÉder Tomé
 
Aula 2 hamartiologia
Aula 2   hamartiologiaAula 2   hamartiologia
Aula 2 hamartiologiamagnao2
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Panorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipsePanorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipseRespirando Deus
 
A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo André Rocha
 
Teologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - CristologiaTeologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - CristologiaGcom digital factory
 
Doutrinas Bíblicas - Soteriologia
Doutrinas Bíblicas - SoteriologiaDoutrinas Bíblicas - Soteriologia
Doutrinas Bíblicas - SoteriologiaRoberto Trindade
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoÉder Tomé
 
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de DeusSlide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de DeusÉder Tomé
 
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Coop. Fabio Silva
 
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da BíbliaÉder Tomé
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneMárcio Martins
 
Curso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEPCurso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEPMoisés Sampaio
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de MateusRODRIGO FERREIRA
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Márcio Martins
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosRespirando Deus
 
Escatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutórioEscatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutórioViva a Igreja
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

Panorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - ApocalipsePanorama do NT - Apocalipse
Panorama do NT - Apocalipse
 
A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo A doutrina do espírito santo
A doutrina do espírito santo
 
Panorama do NT - 1Pedro
Panorama do NT - 1PedroPanorama do NT - 1Pedro
Panorama do NT - 1Pedro
 
Teologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - CristologiaTeologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - Cristologia
 
Doutrinas Bíblicas - Soteriologia
Doutrinas Bíblicas - SoteriologiaDoutrinas Bíblicas - Soteriologia
Doutrinas Bíblicas - Soteriologia
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de DeusSlide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
 
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
 
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da BíbliaLição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
Lição 1 - Inspiração Divina e Autoridade da Bíblia
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Doutrina do homem
Doutrina do homemDoutrina do homem
Doutrina do homem
 
Hamartiologia
HamartiologiaHamartiologia
Hamartiologia
 
Curso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEPCurso de teologia IBADEP
Curso de teologia IBADEP
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateus
 
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
Escatologia o Estudo das Últimas Coisas.
 
10. 2a. epístola de paulo aos corintios
10. 2a. epístola de paulo aos corintios10. 2a. epístola de paulo aos corintios
10. 2a. epístola de paulo aos corintios
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - Efésios
 
Escatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutórioEscatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutório
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
Panorama do NT - Marcos
Panorama do NT - MarcosPanorama do NT - Marcos
Panorama do NT - Marcos
 

Semelhante a Doutrina do Pecado

Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaLição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaErberson Pinheiro
 
A doutrina do pecado
A doutrina do pecadoA doutrina do pecado
A doutrina do pecadoWallace Souza
 
Pecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptx
Pecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptxPecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptx
Pecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptxManasssSilva4
 
Livre-arbítrio pense nisto
Livre-arbítrio pense nistoLivre-arbítrio pense nisto
Livre-arbítrio pense nistoMINISTERIO IPCA.
 
Pecado [texto]
Pecado [texto]Pecado [texto]
Pecado [texto]PIBJA
 
PECADO E INFERNO.pptx
PECADO E INFERNO.pptxPECADO E INFERNO.pptx
PECADO E INFERNO.pptxSouzaRoberto
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06Joel Silva
 
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaLição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaÉder Tomé
 
A Necessidade Universal da Salvação Em Cristo
A Necessidade Universal da Salvação Em CristoA Necessidade Universal da Salvação Em Cristo
A Necessidade Universal da Salvação Em CristoPr. Andre Luiz
 

Semelhante a Doutrina do Pecado (20)

A doutrina do pecado
A doutrina do pecadoA doutrina do pecado
A doutrina do pecado
 
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaLição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
 
A doutrina do pecado
A doutrina do pecadoA doutrina do pecado
A doutrina do pecado
 
A doutrina do pecado
A doutrina do pecadoA doutrina do pecado
A doutrina do pecado
 
A doutrina do pecado
A doutrina do pecadoA doutrina do pecado
A doutrina do pecado
 
Pecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptx
Pecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptxPecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptx
Pecado e Libertação da Mente_Mateus 15_19.pptx
 
Hamartiologia.pptx
Hamartiologia.pptxHamartiologia.pptx
Hamartiologia.pptx
 
Livre-arbítrio pense nisto
Livre-arbítrio pense nistoLivre-arbítrio pense nisto
Livre-arbítrio pense nisto
 
Hamartiologia.pptx
Hamartiologia.pptxHamartiologia.pptx
Hamartiologia.pptx
 
O que é livre-arbítrio?
O que é livre-arbítrio?O que é livre-arbítrio?
O que é livre-arbítrio?
 
Pecado [texto]
Pecado [texto]Pecado [texto]
Pecado [texto]
 
Razões da nossa fé lição 3
Razões da nossa fé   lição 3Razões da nossa fé   lição 3
Razões da nossa fé lição 3
 
PECADO E INFERNO.pptx
PECADO E INFERNO.pptxPECADO E INFERNO.pptx
PECADO E INFERNO.pptx
 
PECADO E INFERNO.pptx
PECADO E INFERNO.pptxPECADO E INFERNO.pptx
PECADO E INFERNO.pptx
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2017 lição 06
 
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaLição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
 
hamartiologia
hamartiologiahamartiologia
hamartiologia
 
DEPRAVAÇÃO TOTAL
DEPRAVAÇÃO TOTAL DEPRAVAÇÃO TOTAL
DEPRAVAÇÃO TOTAL
 
2º módulo 1ª aula
2º módulo   1ª aula2º módulo   1ª aula
2º módulo 1ª aula
 
A Necessidade Universal da Salvação Em Cristo
A Necessidade Universal da Salvação Em CristoA Necessidade Universal da Salvação Em Cristo
A Necessidade Universal da Salvação Em Cristo
 

Mais de Geversom Sousa

Doutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristãDoutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristãGeversom Sousa
 
Sacramentos: Batismo e Ceia
Sacramentos: Batismo e Ceia Sacramentos: Batismo e Ceia
Sacramentos: Batismo e Ceia Geversom Sousa
 
A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação Geversom Sousa
 
Deus: o Espírito Santo
Deus: o Espírito Santo Deus: o Espírito Santo
Deus: o Espírito Santo Geversom Sousa
 
Deus Triuno - A doutrina da Trindade
Deus Triuno - A doutrina da TrindadeDeus Triuno - A doutrina da Trindade
Deus Triuno - A doutrina da TrindadeGeversom Sousa
 
EBD - Evangelho de Marcos - aula 01
EBD - Evangelho de Marcos - aula 01EBD - Evangelho de Marcos - aula 01
EBD - Evangelho de Marcos - aula 01Geversom Sousa
 
Resenha - meu deus é maior que o câncer
Resenha - meu deus é maior que o câncerResenha - meu deus é maior que o câncer
Resenha - meu deus é maior que o câncerGeversom Sousa
 
Relatorio de leitura corra com cavalos
Relatorio de leitura   corra com cavalosRelatorio de leitura   corra com cavalos
Relatorio de leitura corra com cavalosGeversom Sousa
 
Domínio das nações sobre israel
Domínio das nações sobre israelDomínio das nações sobre israel
Domínio das nações sobre israelGeversom Sousa
 
Hebreus 3.7 a 4.13 percorrendo do caminho
Hebreus 3.7 a 4.13   percorrendo do caminhoHebreus 3.7 a 4.13   percorrendo do caminho
Hebreus 3.7 a 4.13 percorrendo do caminhoGeversom Sousa
 
Hebreus 3.1 6 - Jesus maior que Moisés
Hebreus 3.1 6 - Jesus maior que MoisésHebreus 3.1 6 - Jesus maior que Moisés
Hebreus 3.1 6 - Jesus maior que MoisésGeversom Sousa
 

Mais de Geversom Sousa (20)

Doutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristãDoutrina da mordomia cristã
Doutrina da mordomia cristã
 
Sacramentos: Batismo e Ceia
Sacramentos: Batismo e Ceia Sacramentos: Batismo e Ceia
Sacramentos: Batismo e Ceia
 
A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação A doutrina da Salvação
A doutrina da Salvação
 
Deus: o Espírito Santo
Deus: o Espírito Santo Deus: o Espírito Santo
Deus: o Espírito Santo
 
Deus: o Filho
Deus: o Filho Deus: o Filho
Deus: o Filho
 
Deus: o Pai
Deus: o Pai Deus: o Pai
Deus: o Pai
 
Deus Triuno - A doutrina da Trindade
Deus Triuno - A doutrina da TrindadeDeus Triuno - A doutrina da Trindade
Deus Triuno - A doutrina da Trindade
 
Perdão
Perdão Perdão
Perdão
 
A Revelação de Deus
A Revelação de DeusA Revelação de Deus
A Revelação de Deus
 
Confissão de pecados
Confissão de pecadosConfissão de pecados
Confissão de pecados
 
Amor a Deus
Amor a Deus Amor a Deus
Amor a Deus
 
Santidade
SantidadeSantidade
Santidade
 
O Temor do Senhor
O Temor do Senhor O Temor do Senhor
O Temor do Senhor
 
Apocalipse aula 01
Apocalipse   aula 01Apocalipse   aula 01
Apocalipse aula 01
 
EBD - Evangelho de Marcos - aula 01
EBD - Evangelho de Marcos - aula 01EBD - Evangelho de Marcos - aula 01
EBD - Evangelho de Marcos - aula 01
 
Resenha - meu deus é maior que o câncer
Resenha - meu deus é maior que o câncerResenha - meu deus é maior que o câncer
Resenha - meu deus é maior que o câncer
 
Relatorio de leitura corra com cavalos
Relatorio de leitura   corra com cavalosRelatorio de leitura   corra com cavalos
Relatorio de leitura corra com cavalos
 
Domínio das nações sobre israel
Domínio das nações sobre israelDomínio das nações sobre israel
Domínio das nações sobre israel
 
Hebreus 3.7 a 4.13 percorrendo do caminho
Hebreus 3.7 a 4.13   percorrendo do caminhoHebreus 3.7 a 4.13   percorrendo do caminho
Hebreus 3.7 a 4.13 percorrendo do caminho
 
Hebreus 3.1 6 - Jesus maior que Moisés
Hebreus 3.1 6 - Jesus maior que MoisésHebreus 3.1 6 - Jesus maior que Moisés
Hebreus 3.1 6 - Jesus maior que Moisés
 

Último

Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfApresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfengrobertomourafilho
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadececilcavalcanti
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxjoseciceroroberto197
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeEduardoJuc8
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptxMarta Gomes
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxRodrigoTavares484059
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxjoseciceroroberto197
 
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosPoesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosMiraSandre2
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.cecilcavalcanti
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeNilson Almeida
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoNilson Almeida
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasNilson Almeida
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialJuniorCavecchia
 
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxLição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxCelso Napoleon
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxjoseciceroroberto197
 

Último (17)

Invocação À Luz
Invocação À LuzInvocação À Luz
Invocação À Luz
 
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfApresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosPoesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da Sobriedade
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
 
Orações Cristãs Diárias
Orações Cristãs DiáriasOrações Cristãs Diárias
Orações Cristãs Diárias
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
 
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptxLição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
Lição 7 - O Ministério da Igreja - 18fev2024.pptx
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
 

Doutrina do Pecado

  • 2. O que é pecado? "É qualquer falta de conformidade com a lei de Deus, ou qualquer transgressão dessa lei". Breve catecismo – Pergunta 14
  • 3. O que é pecado? Por causa do pecado de Adão, todas as pessoas nascem pecadoras. Davi reconheceu isso e declarou: "Eu nasci na iniquidade, e em pecado me concebeu minha mãe" (51 51.5). Herdamos do primeiro casal a culpa e a corrupção. Não conseguimos fazer o bem que queremos, mas fazemos o mal que, às vezes, até detestamos.
  • 4. O que é pecado? Se analisarmos algumas palavras gregas usadas pelos escritores do Novo Testamento para designar o pecado, fica mais fácil compreendera sua extensão e abrangência. Veja algumas destas palavras: hamartia (Rm 5.12; Tg 2.9; 1 Jo 1.7) significa errar o alvo; paraptoma (Rm 5.15-18; 2 Co 5.19; Ef 2.1) significa escorregar' ou cair, desviar-se da verdade e da justiça;
  • 5. O que é pecado? adikia (Rm 9.14; 1 Co 13.6; 1 Jo 5.17) significa injustiça; parabasis (Rm2.23; Gl 3.19; 111, 2.2) significa transgressão, ato de passar além da linha; anomia (1 Jo 3.4) significa desobediência e desrespeito à lei.
  • 6. O que é pecado? Podemos afirmar, portanto, que o pecado consiste em errar o alvo da vida, não ser o que se devia ou poderia ser, desviar-se da verdade e da justiça, praticara injustiça, ultrapassar a linha que limita os nossos direitos e liberdade, desobedecer e desrespeitar as leis.
  • 7. O que é pecado? Mas, como o pecado sempre tem relação com Deus e sua vontade, podemos dizer que: pecar é ser, pensar, falar, desejar ou fazer o que desagrada a Deus.
  • 8. A universalidade do pecado Quando dizemos “ninguém é perfeito” ou “errar é humano” estamos reconhecendo a universalidade do pecado. Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus (Rm 3:23).
  • 9. Pecado – ação racional Como criaturas feitas a imagem e semelhança de Deus, somos agentes morais livres. Visto que temos mente e vontade, somos capazes de realizar ações morais. Quando fazemos o que sabemos ser errado, decidimos desobedecer a lei de Deus e pecamos.
  • 11. Depravação total A Bíblia nos diz que , embora o homem caído seja capaz de praticar alguns atos extremamente bons, ele não pode fazer alguma coisa verdadeiramente boa ou agradável aos olhos de Deus (Rm 8.8), a menos que seja regenerado pelo Espírito Santo (Jo 3.1-8).
  • 12. Depravação total Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus (Romanos 8:8).
  • 13. Depravação total Do ponto de vista de Deus, que é o único ponto de vista verdadeiro, o homem natural é incapaz de fazer o bem, em pensamentos, palavras ou atos, e por isso, não pode contribuir em nada para a sua salvação. Ele está em rebelião total contra Deus.
  • 14. Depravação total A depravação total não é depravação absoluta. Nesse ponto, a doutrina afirma que a depravação total não implica que os homens são animais ou demônios ou que são tão depravados quanto poderiam ser.
  • 15. Depravação total significa que, quando Deus examina o coração, a consciência, as afeições, a vontade ou qualquer outra parte do homem, ele acha cada parte contaminada e danificada pelo pecado.
  • 16. Depravação total Sem a graça salvadora, toda parte do homem está alienada de Deus e servindo ativamente o pecado.
  • 17. Incapacidade servil por natureza somos ativamente viciados no pecado. A depravação total acarreta na incapacidade moral. Em nós mesmos, somos incapazes de fazer qualquer coisa a respeito de nossa condição. Somos, por natureza espiritualmente incapazes e indispostos a salvar a nós mesmos. Não podemos apreciar a fé cristã e somos incapazes de agir em direção à nossa salvação.
  • 18. Incapacidade servil por natureza, tudo em nós pertence ao pecado. Nossas recusas, nossas omissões, nossos talentos, nossas ações pertencem ao pecado. Toda faceta de nossa personalidade está sujeita ao pecado. Ele nos possui e nos domina. Somos servos do pecado.
  • 19. Depravação Total Nos horrores do holocausto, na monstruosidade do terrorismo e nas terríveis manchetes de nossos jornais vemos do que a natureza humana corrupta e ativa é capaz, dadas as condições necessárias, se Deus nos entrega a nós mesmos.
  • 20. Depravação Total a depravação total é um lembrete do problema final do pecado: o salário do pecado é a morte (Rm 3.23). se você serve ao pecado, receberá o salário do pecado. [...] o inferno é a lógica por trás do pecado. [...] o inferno é o que Deus pensa sobre o pecado impenitente e a depravação total.
  • 21. Pecadinho / Pecadão A doutrina rejeita a distinção entre pecado venial e pecado mortal feita pela ICAR. Embora Tiago 2:10 ensino que pecar contra qualquer parte da lei é pecar contra toda lei, a Bíblia considera alguns pecados mais danosos do que outros. (Ler Mateus 11:20-24).
  • 22. Bibliografia Básica SPROUL, R.C. Verdades Essenciais da Fé Cristã. São Paulo: Cultura Cristã, 2015. NASCIMENTO, Adão Carlos e MATOS, Alderi de Sousa. O que todo presbiteriano inteligente precisa saber. Santa Bárbara do Oeste SP: SOCEP Editora, 2007. NASCIMENTO, Adão Carlos. A razão de nossa Fé. São Paulo: Cultura Cristã, 2015.