Guerra fria mundo pós guerra

19.915 visualizações

Publicada em

Aula da professora Renata Boni

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.915
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.616
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
706
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guerra fria mundo pós guerra

  1. 1. O Mundo Pós Guerra A GUERRA FRIA
  2. 2. <ul><li>Potências vencedoras da 2ª GM: EUA URSS </li></ul><ul><li>EUA: liberta, Europa Ocidental do domínio nazista, maior poderio militar do mundo, únicos possuidores de arsenal nuclear, economia mais forte do planeta </li></ul><ul><li>URSS: libertou Europa Oriental do nazismo, responsável pela derrota do exército alemão, em 1949, dominava técnica nuclear </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Confronto entre essas superpotências: GUERRA FRIA </li></ul><ul><li>Nunca resultou num conflito armado direto, pode-se observar uma disputa ideológica, corrida armamentista, corrida aeroespacial e intervenções em confrontos de modo indireto </li></ul><ul><li>Guerra oficializada em março de 1947, com a Doutrina Truman , defesa militar a qqr nação “livre” que resistisse a tentativas de dominação, doutrina reforçada com o Plano Marshall , recuperação e reconstrução da Europa Ocidental </li></ul>
  4. 4. <ul><li>URSS: 1949 – lançou o Comecon , para integrar a economia dos países socialistas </li></ul>Pontos de Atrito Iniciais Questão da Grécia Violenta guerra civil entre governo pró-ocidente e guerrilha comunista Questão de Berlim - 1948: foco de tensão entre as potências, em decorrência ao tratado de Postdam , criando em Berlim uma ilha capitalista
  5. 5. <ul><li>Reação soviética: Bloqueio de Berlim (fechamento das rotas terrestres) </li></ul><ul><li>1961: construção do Muro de Berlim </li></ul>
  6. 6. Organizações Econômicas Supranacionais <ul><li>1944: BENELUX: Bélgica, Netherlands, PB e Luxemburgo), objetivo – ampliar relações comericiais entre os membros por meio de redução de tarifas alfandegárias </li></ul><ul><li>1949: COMECOM : URSS, Rep. Dem. Alemã, Bulgária, Hungria, Polônia e Checosováquia. Função – organizar o comércio entre os países socialistas e direcionar investimentos soviéticos </li></ul>
  7. 7. <ul><li>1949: Criação da OTAN (Organização do Tratado Atlântico Norte), aliança militar entre EUA, Canadá e potências capitalistas europeias – Inglaterra Itália e Alemanha Ocidental </li></ul><ul><li>1957: Através do Tratado de Roma é criada a CEE (Comunidade Econômica Europeia ou Mercado Comum Europeu) – que em 1991, com o Tratado de Maastrich transformou a organização na atual EU , passou a promover união econômica entre os países, uma das metas – introdução da moeda única (1º jan 2002 </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Resposta da URSS: Pacto de Varsóvia – aliança militar entre URSS e os países do Leste Europeu </li></ul><ul><li>Macarthismo : Joseph MacCarthy – qqr oposição ao governo é visto como sinal comunista, instalou pânco na sociedade, ocorrendo prisões, perseguições e acusações de sabotagem </li></ul>
  9. 10. Expansão do Socialismo <ul><li>Países que se socializaram: </li></ul><ul><li>Antes do fim da Guerra: Albânia e Iuguslávia </li></ul><ul><li>1946 – Bulgária e Romênia </li></ul><ul><li>1947 – Polônia e Hungria </li></ul><ul><li>1948 - Checoslováquia </li></ul>
  10. 11. A Coexistência Pacífica <ul><li>1953 – morre Stálin </li></ul><ul><li>Assume o poder Nikita Kruschev </li></ul><ul><li>1956: Congresso PCUS – Kruschev denuncia crimes cometidos durante governo Stálin e propões desistalinização do país – descentralização administrativa e aumento da produção de bens de consumo </li></ul><ul><li>Objetivo: bem-estar da população e rejeição da guerra inevitável contra o capitalismo </li></ul>
  11. 12. <ul><li>1956: agitações na Polônia e Hungria, respondidos com violenta invasão soviética ao país. </li></ul><ul><li>1962: Crise dos Mísseis </li></ul><ul><li>Déc. 50 e 60: DESCOLONIZAÇÃO AFRO-ASIÁTICA – independência de 40 países </li></ul><ul><li>1955: Conferência de Bandung – 29 nações afro-asiáticas na Indonésia – discussão: apoio às lutas anticoloniais, combate ao racismo, posição alternativa à bipolarização mundial – não alinhamento </li></ul>
  12. 14. <ul><li>Índia </li></ul><ul><li>Vietnã </li></ul><ul><li>Argélia </li></ul><ul><li>Rev. Socialista na China </li></ul><ul><li>Coreia </li></ul><ul><li>Afeganistão </li></ul><ul><li>Cuba </li></ul>Intervenções dos EUA - URSS
  13. 15. O Fim da Guerra Fria <ul><li>A ERA REAGAN – 1981-1988 </li></ul><ul><li>Buscou acirrar enfrentamento com URSS - corrida armamentista </li></ul><ul><li>- Guerra nas Estrelas (muralha de defesa contra mísseis lançados sobre os EUA), - - sanções econômicas contra URSS, </li></ul><ul><li>- política de juros altos e endividamento do Estado </li></ul>
  14. 16. <ul><li>URSS tenta reagir a altura mostrando fragilidade econômica </li></ul><ul><li>A CRISE SOVIÉTICA </li></ul><ul><li>Gov. Brejnev – início da estagnação econômica: centralismo e burocracia não permitiam desenvolvimento </li></ul><ul><li>Queda da produtividade </li></ul><ul><li>Produção de armas sofisticadas, enquanto as condições de vida da população se deterioravam </li></ul>
  15. 17. <ul><li>Na política, Brejnev reprimia dissidentes com violência – Tchecolováquia: socialismo humanizado – violentamente reprimido – Primavera de Praga </li></ul><ul><li>- Polônia (déc. 80): agitação trabalhista, sob liderança do sindicato Solidariedade, visava mudanças econômicas no país. Foi duramente reprimido pelo governo polonês, com apoio da URSS </li></ul>
  16. 18. <ul><li>Economia : </li></ul><ul><li>Pressões da corrida armamentista </li></ul><ul><li>Declínio do PIB – tornando o país apenas exportador de produtos naturais – petróleo e gás natural </li></ul><ul><li>Importação de maquinários do exterior </li></ul>
  17. 19. As Reformas de Gorbatchev 1985-1991 <ul><li>1985- Assume Mikhail Gorbatchev </li></ul><ul><li>Projetava reestruturação da economia – Perestrorika, buscava maior eficiência da produção : </li></ul><ul><li>A maior produtividade seria remunerada </li></ul><ul><li>Possibilidade de pequenas empresas privadas e entrada de capital estrangeiro </li></ul><ul><li>desmonte do complexo militar industrial para a produção de bens de consumo </li></ul>
  18. 20. <ul><li>Glasnost: transparência política, fim do monopólio do partido comunista e convocação de eleições diretas em 1994 </li></ul><ul><li>Busca de aproximação com EUA , para findar a guerra fria – 1986 – reunião na Islândia </li></ul><ul><li>Assinado acordo de eliminação de mísseis nucleares </li></ul><ul><li>Retirada das tropas soviéticas do Afeganistão </li></ul><ul><li>1991 – fim do Pacto de Varsóvia </li></ul>
  19. 21. <ul><li>As reformas de Gorbatchev levaram à desagregação do bloco socialista </li></ul><ul><li>Caso dramático: Alemanha Oriental: </li></ul><ul><li>O fim da cortina de ferro deslocou alemães do oriente para o ocidente </li></ul><ul><li>Pressão popular e incapacidade do governo de se manter sem apoio do URSS – queda de Erich Honecker e derrubada do muro de Berlim </li></ul>Fim da União Soviética
  20. 22. <ul><li>O socialismo foi sendo derrubado dos países do Leste Europeu </li></ul><ul><li>Romênia – assassinato do ditador Nicolae Ceausescu </li></ul><ul><li>Tchecoslováquia – se dividiu em Rep. Tcheca e Eslováquia </li></ul><ul><li>Estônia, Letônia e Lituânia – movimento de separação da URSS </li></ul>
  21. 23. <ul><li>Bóris Yeltsin (presidente da Rússia) – movimento para a queda de Gorbathcev </li></ul><ul><li>Pretendia implantar o capitalismo no país </li></ul><ul><li>Oposição a Yeltsin: burocracia conservadora (velha nomenklatura do PC) queriam desaparecer com as reformas </li></ul>
  22. 24. A Derrocada <ul><li>Agosto 1991: burocracia conservadora dá um golpe e afasta Gorbatchev </li></ul><ul><li>Ocorre reação popular, divisão dentro das forças amadas </li></ul><ul><li>Gorbatchev viu-se desprestigiado </li></ul><ul><li>Repúblicas soviéticas começaram a proclamar suas autonomias </li></ul><ul><li>Proclamação de independência da Rússia, liderada por Yeltsin </li></ul><ul><li>1991: Gorbatchev renuncia ao cargo de presidente da URSS, país que naquele momento não existia </li></ul>

×