SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Escola Básica 2.º e 3.º Ciclos Roque Gameiro
             Disciplina: História
            Carolina Caeiro, Nº 7
             João Ferreira, Nº12
           Lumena Tavares Nº 13
                     9º/5ª                     1
                  Maio 2012
Com este trabalho
  pretendemos dar-vos a
 conhecer os motivos que
levaram à queda da URSS.




                           2
Þ Após o fim da 2ª Guerra Mundial, duas potências
  dominavam o Mundo, os EUA e a URSS.
Þ A URSS teve uma rápida recuperação graças a:
     Uma rígida planificação económica que
      desenvolveu as indústrias de base e de
      armamento.




                                                    3
4
Þ O seu antagonismo provocou a formação de dois
  blocos:
    O bloco capitalista, no ocidente;
    O bloco comunista, no leste.
Þ O medo que cada um inspirava ao outro deu
  origem à Guerra Fria, esta baseava-se na ameaça
  recíproca de represália nuclear em caso de
  agressão.



                                                    5
6
Þ   Estaline morre em 1953, sucedendo-lhe
    Khrushchev.
Þ   Após três no XX Congresso do Partido
    Comunista, Khrushchev revela os erros de
    Estaline.
Þ   Assim começou a desestalinização.




                                               7
Þ A Desestalinização refere-se ao processo de
eliminação do culto da personalidade e do sistema
político estalinista.




                                                    8
Nikita Sergeyevich
      Khrushchev

  Nasceu em 15 abril de
 1894 e morreu em 11 de
setembro de 1971, com 77
         anos.




                           9
Leonid Ilitch Brejnev

   Nasceu em 19 de
 dezembro de 1906 e
   morreu em 10 de
novembro de 1982, com
      75 anos.




                         10
Khrushchov                     Brejnev

Þ  Introduziu uma           Þ Sob o governo de Brejnev
liberalização do regime.    de 1964 a 1982.
Þ Defendeu o coexistência   Þ A sociedade soviética
pacífica, no plano das      recaiu nos velhos erros
relações externas.          como:
                                Culto da Personalidade
                                O rígido controlo do
                                 exercido pela
                                 burocracia.

                                                     11
Khrushchov                  Brejnev

Þ  A URSS alcançou         Þ A vigilância e a
enorme prestígio           repressão política
internacional, devido ao   bloqueava a iniciativa
avanço tecnológico:        individual.
    1957 – Lançamento     Þ O avanço tecnológico
     do Sputnik;           centrava-se na exploração
    1961 – 1.º voo        espacial e no armamento.
     espacial tripulado.

                                                   12
13
 Nasceu no dia 2 de Março
de 1931, em Stavropol.
 Formou-se em direito e
economia agrícola.
 Ingressou desde jovem no
Partido Comunista
 Nomeado para secretário-
-geral em 1985.
 Em 1990 é eleito para
presidente da URSS, neste
fora distinguido como o
prémio Nobel da paz.
                             14
Þ Mikhail Gorbachev quando subiu ao poder em 1985,
denunciou os bloqueios do regime soviético.
Þ Para modernizar a URSS, o novo líder resolveu
promover:
     Perestroika;
     Glasnost.
Þ Com isto pretendia democratizar o regime, sem
abdicar dos seus fundamentos socialistas.



                                                 15
16
Þ   Gorbachev levou a cabo uma profunda liberalização:
      Libertação dos presos políticos;
      Estimulação da crítica e do espírito de iniciativa;
      Introdução na economia mecanismos de
       mercado;
      Realização de eleições abertas e candidatos
       independentes para o Parlamento.




                                                         17
Þ A Perestroika e a Glasnost são medidas políticas
  implantadas na União Soviética durante o governo
  de Mikhail Gorbachev.
Þ Perestroika significa restruturação do sistema
  político económico e social.
Þ Glasnost significa liberdade de expressão.




                                                 18
Restruturação, democracia, transparência.




                                            19
Com Gorbatchev:


     Liberalização/democratização


1.     Derrocada do modelo de Leste
     2. Queda do Muro de Berlim
         3. Fim da Guerra Fria
            4. Fim da URSS

                                      20
Þ Quando se iniciou a perestroika, há muito que se
verificava sinais de descontentamento nos países
comunistas.
Þ A política de liberalização introduzida por
Gorbachev, em vez de trazer benefícios trousse a crise
económica e a agitação social.




                                                    21
INSURREIÇÃO NA HUNGRIA, EM   INSURREIÇÃO NA
OUTUBRO DE 1956 .            CHECOSLOVÁQUIA , EM 1968 .




                                                          22
Þ A grande maioria dos países de Leste instituíram o
regime democrático.
Þ Em simultâneo introduziu-se o capitalismo e a
economia de mercado.
Þ O espírito nacionalista conduziu o fragmentação da
Checoslováquia e a da Jugoslávia.




                                                   23
CHECOSLOVÁQUIA          JUGOSLÁVIA
Esta dividiu-se em 2    Esta dividiu-se em 2
repúblicas:             repúblicas:
   • República Checa;      • Eslovênia ;
   • Eslováquia.           • Croácia;
                           • Kosovo;
                           • Montenegro;
                           • Macedônia;
                           • Bósnia –Herzegovina;
                           • Servia.



                                                    24
25
Þ Em 1989, dá-se a queda do muro de Berlim e a
reunificação das duas Alemanhas.


                   R.D.A.   + R.F.A
                     Alemanha




                                                 26
Republica Federal da Alemanha




Republica Democrática Alemã     27
Þ  A onda de mudança contagiou a URSS.
Þ  Muitas das repúblicas que a integravam declararam
a sua independência pondo fim a URSS.




                                                   28
Gorbachev foi forçado a demitir-se, entregando o
              poder às forças liberais.


     Quebraram-se as estruturas de produção;
   Emergiu-se um capitalismo caótico e corrupto.


Derrocada do modelo socialista instaurado por Lenine.


                                                     29
A União Soviética dividiu-      Geórgia,
se em 15 repúblicas:            Armênia,
    Rússia,                    Azerbaijão,
    Ucrânia,                   Cazaquistão,
    Moldova,                   Turquemenistão,
    Bielorrússia,              Quirguistão,
    Estônia,                   Usbequistão,
    Letônia,                   Tajiquistão.
    Lituânia,



                                                   30
31
Þ Graças a duas palavras revolucionários (Glasnost e
  Perestroika) instalou-se clima de instabilidade
  causado por agitações nacionalistas, conflitos
  étnicos e regionais e insatisfação económica,
  sendo um dos fatores causadores da ruína da
  URSS.
Þ A Rússia perdeu a posição dominante que a URSS
  ocupara no plano mundial devido à redução dos
  limites territoriais.


                                                       32
   Livros:
        História, Volume 2, 9º ano: Lisboa Editora;
        Atlas da História do Mundo: Seleções do
         Reader’s Digest.
   Internet:
        http://www.google.pt/imghp?hl=pt-PT&tab=wi;
        http://www.wikipedia.org/;
        http://www.youtube.com/.



                                                       33

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Friarsaloes
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da ÁsiaRodrigo Luiz
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundialJanaína Bindá
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra FriaJanaína Bindá
 
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIACAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIAConceição Fontolan
 
Queda do Muro de Berlim e Dissolução da URSS
Queda do Muro de Berlim e Dissolução da URSSQueda do Muro de Berlim e Dissolução da URSS
Queda do Muro de Berlim e Dissolução da URSSeiprofessor
 
Cap. 5 - O leste europeu
Cap. 5 - O leste europeuCap. 5 - O leste europeu
Cap. 5 - O leste europeuprofacacio
 
Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)Anderson Torres
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaIsabel Aguiar
 

Mais procurados (20)

Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Rússia
Rússia Rússia
Rússia
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
 
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIACAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
O fim da guerra fria
O fim da guerra friaO fim da guerra fria
O fim da guerra fria
 
Guerra fria 1
Guerra fria 1Guerra fria 1
Guerra fria 1
 
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
 
3º ano - Brasil de 1945 a 1964.
3º ano - Brasil de 1945 a 1964.3º ano - Brasil de 1945 a 1964.
3º ano - Brasil de 1945 a 1964.
 
26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio26. conflitos no oriente médio
26. conflitos no oriente médio
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Queda do Muro de Berlim e Dissolução da URSS
Queda do Muro de Berlim e Dissolução da URSSQueda do Muro de Berlim e Dissolução da URSS
Queda do Muro de Berlim e Dissolução da URSS
 
Cap. 5 - O leste europeu
Cap. 5 - O leste europeuCap. 5 - O leste europeu
Cap. 5 - O leste europeu
 
Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)
 
O fascismo italiano
O fascismo italianoO fascismo italiano
O fascismo italiano
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
 

Destaque

Destaque (6)

O muro de berlim
O muro de berlimO muro de berlim
O muro de berlim
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Crise do Socilialismo na URSS
Crise do Socilialismo na URSSCrise do Socilialismo na URSS
Crise do Socilialismo na URSS
 
O muro de Berlim
O muro de Berlim O muro de Berlim
O muro de Berlim
 
A queda do socialismo
A queda do socialismoA queda do socialismo
A queda do socialismo
 
Crise do socialismo
Crise do socialismoCrise do socialismo
Crise do socialismo
 

Semelhante a URSS queda devido Glasnost e Perestroika

Semelhante a URSS queda devido Glasnost e Perestroika (20)

Urss (União Soviética)
Urss (União Soviética)Urss (União Soviética)
Urss (União Soviética)
 
O mundo comunista
O mundo comunistaO mundo comunista
O mundo comunista
 
O mundo comunista desenvolvimento e ruturas
O mundo comunista   desenvolvimento e ruturasO mundo comunista   desenvolvimento e ruturas
O mundo comunista desenvolvimento e ruturas
 
FIM DO BLOCO-1.pptx
FIM DO BLOCO-1.pptxFIM DO BLOCO-1.pptx
FIM DO BLOCO-1.pptx
 
União soviética URSS
União soviética  URSSUnião soviética  URSS
União soviética URSS
 
O Mundo depois da Guerra Fria
O Mundo depois da Guerra FriaO Mundo depois da Guerra Fria
O Mundo depois da Guerra Fria
 
A Queda do Comunismo - História 9º Ano
A Queda do Comunismo - História 9º AnoA Queda do Comunismo - História 9º Ano
A Queda do Comunismo - História 9º Ano
 
O fim da urss e democratização.
O  fim da urss e democratização.O  fim da urss e democratização.
O fim da urss e democratização.
 
O fim da união soviética
O fim da união soviéticaO fim da união soviética
O fim da união soviética
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
O comunismo- 9ºF
O comunismo- 9ºFO comunismo- 9ºF
O comunismo- 9ºF
 
Urss
UrssUrss
Urss
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
Urss
UrssUrss
Urss
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
Rumos de um mundo global
Rumos de um mundo globalRumos de um mundo global
Rumos de um mundo global
 
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano BGuerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
 

Mais de Carlos Vieira

Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCarlos Vieira
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCarlos Vieira
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCarlos Vieira
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCarlos Vieira
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCarlos Vieira
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCarlos Vieira
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCarlos Vieira
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCarlos Vieira
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCarlos Vieira
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCarlos Vieira
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCarlos Vieira
 

Mais de Carlos Vieira (20)

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
O Patriota
O PatriotaO Patriota
O Patriota
 
As sufragistas
As sufragistasAs sufragistas
As sufragistas
 
Madame bovary
Madame bovaryMadame bovary
Madame bovary
 
Cavalo de guerra
Cavalo de guerraCavalo de guerra
Cavalo de guerra
 
Danton
DantonDanton
Danton
 
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococó
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacional
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococo
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococo
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura Barroca
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura Barroca
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
 

Último

Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 

Último (20)

Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 

URSS queda devido Glasnost e Perestroika

  • 1. Escola Básica 2.º e 3.º Ciclos Roque Gameiro Disciplina: História Carolina Caeiro, Nº 7 João Ferreira, Nº12 Lumena Tavares Nº 13 9º/5ª 1 Maio 2012
  • 2. Com este trabalho pretendemos dar-vos a conhecer os motivos que levaram à queda da URSS. 2
  • 3. Þ Após o fim da 2ª Guerra Mundial, duas potências dominavam o Mundo, os EUA e a URSS. Þ A URSS teve uma rápida recuperação graças a:  Uma rígida planificação económica que desenvolveu as indústrias de base e de armamento. 3
  • 4. 4
  • 5. Þ O seu antagonismo provocou a formação de dois blocos:  O bloco capitalista, no ocidente;  O bloco comunista, no leste. Þ O medo que cada um inspirava ao outro deu origem à Guerra Fria, esta baseava-se na ameaça recíproca de represália nuclear em caso de agressão. 5
  • 6. 6
  • 7. Þ Estaline morre em 1953, sucedendo-lhe Khrushchev. Þ Após três no XX Congresso do Partido Comunista, Khrushchev revela os erros de Estaline. Þ Assim começou a desestalinização. 7
  • 8. Þ A Desestalinização refere-se ao processo de eliminação do culto da personalidade e do sistema político estalinista. 8
  • 9. Nikita Sergeyevich Khrushchev Nasceu em 15 abril de 1894 e morreu em 11 de setembro de 1971, com 77 anos. 9
  • 10. Leonid Ilitch Brejnev Nasceu em 19 de dezembro de 1906 e morreu em 10 de novembro de 1982, com 75 anos. 10
  • 11. Khrushchov Brejnev Þ Introduziu uma Þ Sob o governo de Brejnev liberalização do regime. de 1964 a 1982. Þ Defendeu o coexistência Þ A sociedade soviética pacífica, no plano das recaiu nos velhos erros relações externas. como:  Culto da Personalidade  O rígido controlo do exercido pela burocracia. 11
  • 12. Khrushchov Brejnev Þ A URSS alcançou Þ A vigilância e a enorme prestígio repressão política internacional, devido ao bloqueava a iniciativa avanço tecnológico: individual.  1957 – Lançamento Þ O avanço tecnológico do Sputnik; centrava-se na exploração  1961 – 1.º voo espacial e no armamento. espacial tripulado. 12
  • 13. 13
  • 14.  Nasceu no dia 2 de Março de 1931, em Stavropol.  Formou-se em direito e economia agrícola.  Ingressou desde jovem no Partido Comunista  Nomeado para secretário- -geral em 1985.  Em 1990 é eleito para presidente da URSS, neste fora distinguido como o prémio Nobel da paz. 14
  • 15. Þ Mikhail Gorbachev quando subiu ao poder em 1985, denunciou os bloqueios do regime soviético. Þ Para modernizar a URSS, o novo líder resolveu promover:  Perestroika;  Glasnost. Þ Com isto pretendia democratizar o regime, sem abdicar dos seus fundamentos socialistas. 15
  • 16. 16
  • 17. Þ Gorbachev levou a cabo uma profunda liberalização:  Libertação dos presos políticos;  Estimulação da crítica e do espírito de iniciativa;  Introdução na economia mecanismos de mercado;  Realização de eleições abertas e candidatos independentes para o Parlamento. 17
  • 18. Þ A Perestroika e a Glasnost são medidas políticas implantadas na União Soviética durante o governo de Mikhail Gorbachev. Þ Perestroika significa restruturação do sistema político económico e social. Þ Glasnost significa liberdade de expressão. 18
  • 20. Com Gorbatchev: Liberalização/democratização 1. Derrocada do modelo de Leste 2. Queda do Muro de Berlim 3. Fim da Guerra Fria 4. Fim da URSS 20
  • 21. Þ Quando se iniciou a perestroika, há muito que se verificava sinais de descontentamento nos países comunistas. Þ A política de liberalização introduzida por Gorbachev, em vez de trazer benefícios trousse a crise económica e a agitação social. 21
  • 22. INSURREIÇÃO NA HUNGRIA, EM INSURREIÇÃO NA OUTUBRO DE 1956 . CHECOSLOVÁQUIA , EM 1968 . 22
  • 23. Þ A grande maioria dos países de Leste instituíram o regime democrático. Þ Em simultâneo introduziu-se o capitalismo e a economia de mercado. Þ O espírito nacionalista conduziu o fragmentação da Checoslováquia e a da Jugoslávia. 23
  • 24. CHECOSLOVÁQUIA JUGOSLÁVIA Esta dividiu-se em 2 Esta dividiu-se em 2 repúblicas: repúblicas: • República Checa; • Eslovênia ; • Eslováquia. • Croácia; • Kosovo; • Montenegro; • Macedônia; • Bósnia –Herzegovina; • Servia. 24
  • 25. 25
  • 26. Þ Em 1989, dá-se a queda do muro de Berlim e a reunificação das duas Alemanhas. R.D.A. + R.F.A Alemanha 26
  • 27. Republica Federal da Alemanha Republica Democrática Alemã 27
  • 28. Þ A onda de mudança contagiou a URSS. Þ Muitas das repúblicas que a integravam declararam a sua independência pondo fim a URSS. 28
  • 29. Gorbachev foi forçado a demitir-se, entregando o poder às forças liberais. Quebraram-se as estruturas de produção; Emergiu-se um capitalismo caótico e corrupto. Derrocada do modelo socialista instaurado por Lenine. 29
  • 30. A União Soviética dividiu-  Geórgia, se em 15 repúblicas:  Armênia,  Rússia,  Azerbaijão,  Ucrânia,  Cazaquistão,  Moldova,  Turquemenistão,  Bielorrússia,  Quirguistão,  Estônia,  Usbequistão,  Letônia,  Tajiquistão.  Lituânia, 30
  • 31. 31
  • 32. Þ Graças a duas palavras revolucionários (Glasnost e Perestroika) instalou-se clima de instabilidade causado por agitações nacionalistas, conflitos étnicos e regionais e insatisfação económica, sendo um dos fatores causadores da ruína da URSS. Þ A Rússia perdeu a posição dominante que a URSS ocupara no plano mundial devido à redução dos limites territoriais. 32
  • 33. Livros:  História, Volume 2, 9º ano: Lisboa Editora;  Atlas da História do Mundo: Seleções do Reader’s Digest.  Internet:  http://www.google.pt/imghp?hl=pt-PT&tab=wi;  http://www.wikipedia.org/;  http://www.youtube.com/. 33