A raposa e as uvas

3.275 visualizações

Publicada em

Os alunos: Arthur e João Reinaldo contam uma fábula de Esopo. NO final, esclarece o que entenderam através da moral da estória.

Publicada em: Educação, Espiritual, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A raposa e as uvas

  1. 3. <ul><li>Uma raposa faminta entrou num terreno onde havia uma parreira, cheia de uvas maduras, cujos cachos se penduravam, muito alto, em cima de sua cabeça. </li></ul>
  2. 4. <ul><li>A raposa não podia resistir à tentação de chupar aquelas uvas mas, por mais que pulasse, não conseguia abocanhá-las. </li></ul>
  3. 5. <ul><li>Cansada de pular, olhou mais uma vez os apetitosos cachos e disse: </li></ul>
  4. 6. <ul><li>- Estão verdes . . . </li></ul>
  5. 7. <ul><li>É fácil desdenhar daquilo que não se alcança. </li></ul>
  6. 8. <ul><li>Por exemplo,quando você não consegue algo fala que não gosta daquilo para não ficar por baixo porque é orgulhoso. </li></ul><ul><li>Trabalho elaborado por: </li></ul><ul><li>João Reinaldo </li></ul><ul><li>Arthur Pereira </li></ul><ul><li>Igor Maciel </li></ul><ul><li>6ª série “A” </li></ul>

×