Aula escrituração

4.228 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.228
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
213
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
83
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula escrituração

  1. 1. ESCRITURAÇÃO 1 – CONCEITO “ É uma técnica contábil que consiste em registrar nos livros próprios (Diário, Razão, Caixa, etc.) TODOS os acontecimentos que ocorrem na empresa e que provocam modificações no PATRIMÔNIO.” (OSNI M.R., 2006, p. 95). Como escriturar esses acontecimentos? 2 – LIVROS UTILIZADOS NA ESCRITURAÇÃO Dos vários livros usados pelas empresas, vamos mencionar os utilizados para a contabilização dos Fatos e Atos Administrativos. Os principais Livros utilizados pela Contabilidade são: LIVRO DIÁRIO LIVRO RAZÃO LIVRO CAIXA 2.1 – LIVRO DIÁRIO Este é um Livro OBRIGATÓRIO exigido pela Legislação do Brasil. Neste Livro são lançados TODOS os acontecimentos que ocorrem na empresa e que provocam modificações no Patrimônio. A Lei exige que os Livros Diários tenham algumas formalidades, que são: Formalidades Extrínsecas  Conhecidas também, como formalidades externas, ou seja, o Livro Diário deverá ser encadernado com folhas numeradas seguidamente. Deve conter, também, os Termos de Abertura e de Encerramento e ser submetido à autenticação no órgão competente do Registro do comércio, ou quando se tratar de empresa civil, no registro civil de pessoas jurídicas ou no cartório de registro de títulos e documentos. Formalidades Intrínsecas  Conhecidas também, como formalidades internas, ou seja, no Diário, deverá ser escriturado em idioma e moeda nacional, com individualização e clareza, por ordem cronológica de dia, mês e ano, sem intervalos em branco, nem entrelinhas, borraduras, rasuras, emendas e transportes para as margens. O livro Diário pode ser escriturado por processo manual, mecanizado ou por processamento eletrônico de dados (computador). Esse último é o meio mais utilizado atualmente. 2.2 LIVRO RAZÃO Este é um livro de grande utilidade para a Contabilidade, porque nele se registra o movimento individualizado de todas as Contas. A utilização deste livro, também é obrigatória, de acordo com nossa legislação vigente. 2.3 LIVRO CAIXA Este livro serve para escriturar todos os Fatos Administrativos que envolvam apenas entradas e saídas de dinheiro. EXERCÍCIOS: LIVRO CONTABILIDADE BÁSICA - Osni Moura Ribeiro, 2ª Edição, Ed. Saraiva, 2009 Página 71. LIVRO CONTABILIDADE BÁSICA FÁCIL - Osni Moura Ribeiro, 27ª Edição, Ed. Saraiva, 2010 Página 86.
  2. 2. 3 – MÉTODOS DE ESCRITURAÇÃO É a forma de registro dos Atos e Fatos administrativos. Dois métodos conhecidos são: Método das partidas Simples e Método das Partidas Dobradas. 3.1 – MÉTODO DAS PARTIDAS SIMPLES Esse método consiste em registrar todas as operações específicas envolvendo o controle de uma só conta. Ex.: LIVRO CAIXA, pelo qual escritura-se apenas os Fatos que houveram entrada ou saída de dinheiro. Esse método não é completo e totalmente eficiente, pois não permite o controle total do Patrimônio e sim apenas um elemento de cada vez. 3.2 – MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS Esse métod, que é de uso universal e foi divulgado no século XV (1494) na cidade de Veneza, na Itália, pelo Frade Franciscano LUCA PACIOLI, consiste no seguinte: Não há devedor sem que haja Credor e não há Credor sem que haja Devedor, sem que a cada débito corresponde um crédito de igual valor. 4 – LANÇAMENTOS 4.1 – CONCEITO “É o meio pelo qual se processa a Escrituração”. (OSNI M.R., 2006, p.102). Todos os lançamentos feitos no Livro Diário, deverão estar acobertados por Documentos que comprovem a legitimidade das operações. (Notas Fiscais, Recibos, Contratos, etc.) 4.2 – ELEMENTOS ESSENCIAIS O lançamento de acordo com o método das Partidas Dobradas é feito em ordem cronológica de dia, mês e ano, e os elementos que compõem obedecem a uma determinada disposição: 1º - Local e data da ocorrência do Fato; 2º - Conta a ser debitada; 3º - Conta a ser creditada; 4º - Histórico; 5º - Valor. Alem desses passos, devemos ainda observar: 6º - Qual documento idôneo foi emitido para comprovar a operação; 7º - Identificar, no fato, os elementos envolvidos. Sejam eles elementos pertencentes as Contas Patrimoniais (Ativo e ou Passivo) ou pertencentes as Conta de Resultado (Despesas e Receitas). 8º - Identificar e classificar no Plano de Contas o código pertencente a cada elemento (conta) do Fato ocorrido. Exemplo de um fato ocorrido na empresa BETA 2 situada em Colatina-ES: Compra à vista (em dinheiro) de um armário de aço, marca Mantiqueira, conforme Nota Fiscal nº 8.931, da Maquinolândia Ltda., no valor de R$ 1.000,00 e 02 de janeiro de 2010. Colatina-ES, 02 de Janeiro de 2010. D – 1.2.03.02 Móveis e Utensílios C – 1.1.01.01.01 Caixa Valor pago à vista, pela compra de um armário de aço, marca Mantiqueira, conforme Nota Fiscal nº 8.931..................................................................R$ 1.000,00
  3. 3. IMPORTANTE: QUADROS AUXILIARES DA ESCRITURAÇÃO CONTAS PATRIMONIAIS CONTAS DE RESULTADO ATIVO AUMENTA = DÉBITO ATIVO DIMINUI = CRÉDITO PASSIVO AUMENTA = CRÉDITO PASSIVO DIMINUI = DÉBITO OCORRERAM DESPESAS = DÉBITO REALIZARAM RECEITAS = CRÉDITO 4.3 – FÓRMULAS DE LANÇAMENTOS Existe quatro fórmulas de lançamentos:  Lançamento de 1ª Fórmula;  Lançamento de 2ª Fórmula;  Lançamento de 3ª Fórmula;  Lançamento de 4ª Fórmula. 4.3.1 – LANÇAMENTOS DE 1ª FÓRMULA Quando aparece no lançamento apenas UMA CONTA DEBITADA e apenas UMA CONTA CREDITADA. Apenas Um Débito e Um Crédito Exemplo: Compra de uma casa à vista, do Sr. Plínio de Almeida, situada na Av. Nove de Julho, nº 1.001, nesta cidade, conforme escritura pública de compra e venda, no valor de R$ 200.000,00, totalmente pago em dinheiro no dia 06 de fevereiro de 2010. Seguindo todos os passos para o lançamento, fica assim: Colatina-ES, 06 de fevereiro de 2010 D – 1.2.03.12 Imóveis C – 1.1.01.01.01 Caixa Valor pago em dinheiro, para aquisição de uma casa, adquirida do Sr. Plínio de Almeida, situada na Av. Nove de Julho, nº 1.001, Colatina-ES, conforme escritura pública de compra e venda registrada no Cartório de Colatina-ES sob nº 1.286/X. ................................................................................................................R$ 200.000,00 Exercício: Faça o seguinte lançamento, considerando a Cidade de Colatina-ES e a data de Hoje. Compra à vista (Dinheiro), de um automóvel, marca XYZ, conforme Nota Fiscal nº 9.890, da Comercial de Veículos Ltda, no valor de R$ 35.000,00. 4.3.2 – LANÇAMENTOS DE 2ª FÓRMULA Quando aparecem no lançamento UMA CONTA DEBITADA e MAIS DE UMA CONTA CREDITADA. Exemplo: Compra de uma motocicleta, marca Ronco Forte, adquirida na Motolândia Ltda, conforme Nota Fiscal nº 5.390, no valor de R$ 5.000,00, nas seguintes condições de pagamento: De entrada, no ato, em dinheiro R$ 3.000,00 e o restante será pago em 30 dias, conforme aceite do carnê de duplicatas. Apenas UM Débito Mais de UM Crédito Seguindo todos os passos para se fazer lançamento, fica assim resolvido este exemplo: Colatina-ES, 06 de março de 2010 D – 1.2.03.10 Veículos C - Diversos Valor referente à compra de uma Motocicleta, marca Ronco Forte, adquirida na Motolândia Ltda, conforme Nota Fiscal nº 5.390.
  4. 4. C – 1.1.01.01.01 Caixa Valor pago de entrada, no ato da compra em dinheiro............................R$ 3.000,00 C - 2.1.03 Duplicatas à pagar Valor à pagar em 30 dias conforme aceite do carnê de duplicatas ........R$ 2.000,00 4.3.3 – LANÇAMENTOS DE 3ª FÓRMULA Quando aparecem no lançamento MAIS DE UMA CONTA DEBITADA e apenas UMA CONTA CREDITADA. Exemplo: Venda de uma Prateleira a Vicente Pereira, conforme Nota Fiscal nº 118, por R$ 200,00, nas seguintes condições: Recebimento no ato, em dinheiro, R$ 100,00 e o restante será recebido em 30 dias, conforme aceite de duplicata por parte do Sr. Vicente Pereira. Seguindo todos os passos para se fazer lançamento, fica assim resolvido este exemplo: Apenas UM Crédito ébito MAIS de UM Débito Colatina-ES, 06 de março de 2010 D – Diversos C – 1.2.03.02 Móveis e Utensílios Valor referente à venda de uma prateleira, ao Sr. Vicente Pereira, conforme Nota Fiscal nº 118, nas seguintes condições: D – 1.1.01.01.01 Caixa Valor recebido do Sr. Vicente Pereira no ato da entrega da prateleira.....R$ 100,00 D – 1.1.03 Duplicatas a receber Valor referente ao aceite de uma duplicata em nome de Vicente PereiraR$ 100,00 4.3.4 – LANÇAMENTOS DE 4ª FÓRMULA Quando aparecem no lançamento MAIS DE UMA CONTA DEBITADA e MAIS DE UMA CONTA CREDITADA. Exemplo: Compras efetuadas no Supermercado Taubaté Ltda em 05 de fevereiro de 2010, de: a) Um refrigerador, para uso exclusivo da empresa, conforme Nota Fiscal nº 1.521, no valor de R$ 1.000,00; b) Uma Motocicleta, marca Guará, conforme Nota Fiscal nº 372, no valor de R$ 5.000,00; Foram pagos, no ato, em dinheiro, R$ 3.000,00, e o restante será pago por meio de três duplicatas, de nº 1, nº 2 e nº 3, no valor de R$ 1.000,00 cada, vencíveis de 30 em 30 dias. Resolvendo o Lançamento: MAIS DE UM DÉBITO MAIS DE UM CRÉDITO Colatina-ES, 05 de fevereiro de 2010 D – Diversos C – Diversos Valor referente a compras efetuadas no Supermercado Taubaté Ltda, conforme segue. D – 1.2.03.02 Móveis e Utensílios Valor referente a aquisição de um Refrigerador p/uso da empresa, conforme Nota Fiscal nº 1.521.............................................................................R$ 1.000,00 D – 1.2.03.10 Veículos Valor referente à aquisição de uma motocicleta , marca Guará, conforme Nota Fiscal nº 372.........................................................................................R$ 5.000,00 C – 1.1.01.01.01 Caixa Valor pago no ato da compra de um refrigerador e uma moto..........R$ 3.000,00 C - 2.1.03 Duplicatas à pagar Valor referente aceite de 03 duplicatas vencíveis a cada 30 dias.....R$ 3.000,00 EXERCÍCIOS: LIVRO CONTABILIDADE BÁSICA - Osni Moura Ribeiro, 2ª Edição, Ed. Saraiva, 2009 Páginas 85 à 88. LIVRO CONTABILIDADE BÁSICA FÁCIL - Osni Moura Ribeiro, 27ª Edição, Ed. Saraiva, 2010 Páginas 103 à 105. Fonte: Apostila 2 - Funcab

×