Disturbios alimentares

215 visualizações

Publicada em

saiba sobre distúrbios alimentares e seus sintomas

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
215
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Disturbios alimentares

  1. 1. DISTURBIOS ALIMENTARES [Subtítulo do documento] MIGUEL SAMPAIO N°22 Serie 9° ano D
  2. 2.  OQUE SÃO DISTÚRBIOS ALIMENTARES Os disturbios alimentares são um conjunto de doenças, em que uma pessoa está tão preocupada com a comida e o seu peso que muita das vezes não consegue pensar noutra coisa. Os principais tipos de distúrbios alimentares são a anorexia nervosa, bulimia nervosa e compulsão alimentar. Os distúrbios alimentares na adolescência aparecem frequentemente, mas também podem se desenvolver durante a infância ou mais tarde na vida. Os distúrbios alimentares não diferem entre género, raça , classe ou idade. Eles podem afectar qualquer um. A maioria das pessoas com distúrbios alimentares são mulheres, mas os homens também começam a ter distúrbios alimentares. Ao contrário do que se pensa um disturbio alimentar não se baseia apenas em comida. Um distúrbio alimentar pode passar despercebido por um longo período de tempo, e geralmente quando é reconhecido quem sofre com a doença nega que tem problemas alimentares. Estes distúrbios geralmente coexistem com outras doenças como a depressão o abuso de substâncias ou a ansiedade. Os distúrbios alimentares podem causar graves problemas físicos e pode até ser fatal. O tratamento para os disturbios alimentares geralmente envolve psicoterapia, educação nutricional, aconselhamento familiar, medicamentos e hospitalização.
  3. 3. VIGOREXIA SINAIS E SINTOMAS Indivíduos acometidos desta síndrome são pessoas que, mesmo fortes fisicamente, ao visualizarem a sua imagem em espelhos, por exemplo, vêem-se como fracos, de maneira similar aos acometidos de anorexia que, ao se visualizarem, sempre se consideram gordos.5 A prática exagerada de exercícios (sobrecarga de treino ou overtraining) podem causar: Imperfeições no corpo destes indivíduos que normalmente passam despercebidas para os outros, são descritos como grandes fontes de ansiedade e infelicidade para estes pacientes. Sua obsessão pelo corpo perfeito podem prejudicar sua vida profissional e relacionamentos, especialmente pela elevada testosterona, baixa auto-estima e irritabilidade aumentarem sua agressividade  Dores musculares persistentes  Fadiga persistente  Ritmo cardíaco elevado, em estado de repouso  Maior susceptibilidade a infecções  Maior incidência de lesões  Irritabilidade  Depressão  Perda de motivação  Insônias  Perda de apetite  Perda de peso  Menor desempenho sexual  SINTOMAS Os sintomas da vigorexia são:  Insatisfeito persistente com sua própria imagem;  Uso de diversos suplementos alimentares e inclusive esteroides e anabolizantes;  Seguir uma dieta rica em proteínas por longo período;  Ansiedade elevada;  Sintomas depressivos;  Irritabilidade;
  4. 4.  Cansaço e fadiga;  Dor muscular em todo o corpo;  Lesões musculares e articulares por excesso de exercício;  Problemas de sono. Em casos mais graves pode levar insuficiência renal, insuficiência hepática, problemas vasculares e depressão maior. Quando ocorre abuso do uso de anabolizantes podem se identificar também doenças cardiovasculares, câncer de próstata, perda de cabelo e/ou diminuição do tecido testicular. A dieta inadequada (rica em carboidratos e proteínas) e o consumo exacerbado de suplementos proteicos podem ocasionar transtornos metabólicos afetando especialmente os rins, a taxa de glicemia e o colesterol do indivíduo. ANOREXIA A anorexia nervosa é um distúrbio alimentar relacionado à insatisfação exagerada com o peso corporal. Achando-se sempre acima do ideal, a pessoa acometida procura obsessivamente por um suposto emagrecimento. Assim, tende a jejuar, forçar vômitos, fazer exercícios físicos em frequência e intensidade exagerados, e tomar laxantes e diuréticos; mesmo se apresentando extremamente magro. As causas deste distúrbio estão relacionadas à soma de fatores como pré-disposição genética, alterações nas concentrações de serotonina e noradrenalina, e a própria imposição de um padrão estético magro como sendo sinônimo único de beleza. Acometendo principalmente mulheres (0,5 a 1,0% delas), os índices de homens com este distúrbio vêm aumentando nos últimos tempos. As causas exatas da anorexia nervosa são desconhecidas. Vários fatores provavelmente estão envolvidos. Os genes e os hormônios podem desempenhar um papel no seu desenvolvimento. Atitudes sociais que promovem tipos de corpos muito magros também podem estar envolvidas. Não existe mais a ideia de que conflitos familiares contribuem para a anorexia e outros distúrbios alimentares.
  5. 5. Os fatores de risco para a anorexia incluem:  Busca pela perfeição ou foco exagerado em regras  Ser muito preocupado ou dar muita atenção ao peso e à forma  Problemas de alimentação quando bebê ou na primeira infância  Determinadas ideias sociais ou culturais sobre saúde e beleza  Autoimagem negativa  Transtorno de ansiedade quando criança A anorexia geralmente tem início durante a adolescência ou no início da fase adulta. É mais comum em mulheres, mas também pode ser vista em homens. O distúrbio é observado principalmente em mulheres brancas com escolaridade alta e que têm família ou personalidade focadas em objetivos. SINTOMAS DE ANOREXIA Para ser diagnosticada com anorexia, uma pessoa deve:  Ter medo enorme de ganhar peso ou ficar gorda, mesmo quando estiver abaixo do peso normal  Recusar-se a manter o peso no que é considerado normal ou aceitável para sua idade e altura (15% ou mais abaixo do peso normal)  Ter uma imagem corporal muito distorcida, ser muito focada no peso ou na forma corporal e se recusar a admitir a gravidade da perda de peso  Não ter menstruado por três ou mais ciclos (em mulheres) As pessoas com anorexia podem limitar gravemente a quantidade de comida que ingerem e depois provocar vômitos. Outros comportamentos incluem:  Cortar a comida em pequenos pedaços ou movêlos no prato em vez de comêlos  Exercitar-se o tempo todo, mesmo quando o tempo estiver ruim, quando estiver machucada ou ocupada  Ir ao banheiro imediatamente após as refeições  Recusar-se a comer perto de outras pessoas  Usar comprimidos para urinar (diuréticos), evacuar (enemas e laxantes) ou reduzir o apetite (comprimidos para perda de peso) Outros sintomas de anorexia podem incluir:  Pele manchada ou amarelada, seca e coberta por pelos finos  Pensamento confuso ou lento, junto com memória ou julgamento deficientes  Depressão  Boca seca
  6. 6.  Extrema sensibilidade ao frio (vestir várias camadas de roupas para ficar aquecido)  Perda de resistência óssea  Desgaste dos músculos e perda de gordura corporal BULIMIA A bulimia afeta muito mais mulheres do que homens. O distúrbio é mais comum em mulheres adolescentes e em jovens adultas. A pessoa com bulimia geralmente está consciente de que seu padrão de alimentação é anormal e pode sentir medo ou ter sentimento de culpa associado aos episódios de comportamento da bulimia. A causa exata da bulimia é desconhecida. Fatores genéticos, psicológicos, traumáticos, familiares, sociais ou culturais podem contribuir para seu desenvolvimento. A bulimia provavelmente ocorre devido a mais de um fator. SINTOMAS DE BULIMIA Na bulimia, excessos na alimentação podem ocorrer até várias vezes por dia durante vários meses. Em geral, pessoas com bulimia comem grandes quantidades de alimentos altamente calóricos, normalmente em segredo. Elas podem sentir falta de controle sobre sua alimentação durante esses episódios. Esses excessos levam a uma sensação de desgosto por si mesmo, o que causa a purgação para evitar ganho de peso. A purgação pode incluir:  Vômito autoinduzido  Exercício em excesso  Uso de laxantes, enemas ou diuréticos A purgação da bulimia frequentemente traz uma sensação de alívio. Pessoas com bulimia geralmente têm peso normal, mas se veem com excesso de peso. Como o peso da pessoa geralmente está normal, outras pessoas podem não notar esse distúrbio alimentar. Os sintomas de bulimia podem incluir:  Fazer exercícios de forma compulsiva  Descartar embalagens de laxantes, comprimidos para perda de peso, eméticos (medicamentos que provocam vômito) ou diuréticos  Ir regularmente ao banheiro logo após as refeições  Comer rapidamente grandes quantidades de alimentos que desaparecem imediatamente
  7. 7. Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Vigorexia/ http://www.disturbiosalimentares.com/ http://www.minhavida.com.br/saude/temas/anorexia http://www.minhavida.com.br/saude/temas/bulimia

×