Oficina de redação publicitária

755 visualizações

Publicada em

Oficina de redação publicitária ministrada na Semana de Comunicação da Universidade de Cuiabá - UNIC. 2012

Publicada em: Marketing
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
755
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • http://ultimainstancia.uol.com.br/conteudo/noticias/31699/colegio+recebe+indenizacao+por+erro+de+portugues+em+anuncio+publicitario.shtml+
  • http://sinosdobram.files.wordpress.com/2009/12/se.jpg
  • http://emcomodo.com.br/2011/06/10/explicatio-vitae-haroldo-de-campos/

  • http://biscoitossortidos.files.wordpress.com/2010/07/27032.jpg
  • http://biscoitossortidos.files.wordpress.com/2010/07/abapfumo.jpg
  • http://g1.globo.com/platb/portugues/2012/06/20/conheca-erros-gramaticais-em-propagandas-famosas/
  • http://wgabriel.net/2010/04/05/erro-de-portugues-na-publicidade-pode-arranhar-a-ideia/
  • Oficina de redação publicitária

    1. 1. Oficina de Redação Publicitária Bem escreve quem muito lê
    2. 2. Redação em crise http://noticias.terra.com.br/educacao/interna/0,,OI3760871-EI8266,00- Universidade+esbarra+no+Portugues+ao+homenagear+maes.html
    3. 3. Redação que dá prejuízo A Listel Listas Telefônicas foi condenada a restituir valor pago pelo Colégio e Faculdade Santa Terezinha, no valor de R$ 7.136, acrescido de multa contratual de 10%, correção monetária e juros moratórios, à taxa de 1% ao mês, devido à publicação de um anúncio publicitário com erro de português. A palavra ensino foi escrita como “insino” no anúncio publicado.
    4. 4. Redação sem revisão • Uniceub
    5. 5. Redação preconceituosa • Organização religiosa Pró-Vida
    6. 6. Respeito é necessário • Desrespeito ao cliente; • Desconsideração à verba do cliente, ao capital da agência e ao próprio salário; • Falta de compromisso com os colegas e parceiros de trabalho; • Desamor à própria profissão; • Curto futuro profissional pela frente.
    7. 7. Redação pobre • Sob a justificativa do avanço tecnológico que proporciona manipulações de imagem ilimitadas, o texto escrito tem passado por uma diminuição em quantidade e qualidade.
    8. 8. Lugar comum, comum, comum. • Sob a muleta do texto “moderno” e da linguagem “coloquial” textos simplificados, repetitivos e facilmente assimiláveis. • Habib’s. Você feliz • Pão de Açúcar. Lugar de gente feliz. • Honda Fit. Feliz de quem tem. • Honda Fit. Já vem completo e repleto de itens de série para fazer você feliz. • GVT. A escolha feliz • SBT. A TV mais feliz do Brasil. • Pão de Açúcar. O que faz você feliz? Um momento feliz é a gente que cria.
    9. 9. O que se deseja de um redator • Marina Negri – Contribuições da Língua Portuguesa para a Redação Publicitária – Patrimônio intelectual – Acervo cultural pessoal – Sintonia fina com a realidade – Ousadia dosada – Conhecimento pleno do produto/serviço – Responsabilidade – Domínio linguístico
    10. 10. Novas roupas para sua bagagem Haroldo de campos
    11. 11. Poesia concreta • Haroldo de Campos
    12. 12. • Augusto de Campos
    13. 13. Os magníficos • O poeta é um fingidor. Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor A dor que deveras sente. E os que leem o que escreve, Na dor lida sentem bem, Não as duas que ele teve, Mas só a que eles não têm. E assim nas calhas de roda Gira, a entreter a razão, Esse comboio de corda Que se chama coração. Fernando Pessoa.
    14. 14. Os clássicos • Ultrapassam o tempo • Paixões humanas de forma intensas e originais • Registram e inventam a complexidade do seu tempo • Formas de expressão originais • Inesgotabilidade: Um clássico é um livro que nunca terminou de dizer aquilo que tinha para dizer. Italo Calvino
    15. 15. Manuais de Redação • Manual de Redação da Presidência da República • Manual de Redação da Folha • Manual de Redação do Estado • Manual de Redação da Abril • Gramática • Dicionários (gerais, etimológicos, sinônimos e antônimos, analógicos, temáticos, regência verbal, abreviaturas, bilíngues ou plurilíngues)
    16. 16. Aviso aos aspirantes • A escrita é o principal instrumento de trabalho de um redator. • É a partir dela que um aspirante constrói a sua reputação e sua carreira profissional. • Filme • VT • Jingle • Anúncio de revista • Outdoor • Spot • Anúncio de jornal • Anúncio de homenagem • Banner internet • Faixa • Cardápio • Catálogo de produtos • Convite • Banner • Releases • Cartão de aniversário • Nota de falecimento • Revisão
    17. 17. Alhos e bugalhos • A redação de textos publicitários deve respeitar a norma culta da Língua Portuguesa, mesmo com a inserção de EVENTUAIS licenças poéticas ou transgressões. • Isso não significa desconhecer, e muito menos, desprezar a norma.
    18. 18. Intencionalidade
    19. 19. Transgressão certeira
    20. 20. Transgressões polêmicas • Vem pra Caixa você também. - Venha para Caixa você também; • Você quer um desconto? Faz um 21! – Você quer um desconto? Faça um 21 • Obedeça sua sede. – Obedeça a sua sede. • O primeiro pagamento só daqui 45 dias. – O primeiro pagamento só daqui a 45 dias. • Quem lê, sabe. – “Quem lê, sabe”, não deveríamos usar a vírgula, pois separa o sujeito do predicado: “Quem lê sabe”; “Quem bebe Grapete repete”. • Vota Brasil. – Em “Vota Brasil”, falta a vírgula. O termo “Brasil” não é o sujeito da oração. É vocativo. A forma verbal (= vota) está no imperativo. Deveríamos escrever: “Vota, Brasil”.
    21. 21. Transgressões polêmicas Artigo do professor W. Gabriel de Oliveira traz uma lúcida reflexão sobre a responsabilidade que cabe à quem assume a veiculação de um erro de português. Erro de português na publicidade pode arranhar a ideia http://wgabriel.net/2010/04/05/erro-de-portugues-na- publicidade-pode-arranhar-a-ideia/ A ranhura na ideia se dá apenas quanto ao português. Com uma grande fonte em destaque, o vídeo é finalizado com a frase “quem quer vender, faz propaganda”. W. Gabriel de Oliveira
    22. 22. Vamos trabalhar? Agradecida.

    ×