O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

GEOPOLÍTICA II

565 visualizações

Publicada em

Segunda parte da aula sobre Geopolítica, dessa vez enfocando os muros entre alguns países

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

GEOPOLÍTICA II

  1. 1. GEOPOLÍTICAGEOPOLÍTICA OS MUROS QUE DIVIDEM AS FRONTEIRAS E OS HOMENSOS MUROS QUE DIVIDEM AS FRONTEIRAS E OS HOMENS
  2. 2. 06/OUT (QUINTA-FEIRA)06/OUT (QUINTA-FEIRA) GEOPOLÍTICA: A NOVA ORDEM DO CAPITALGEOPOLÍTICA: A NOVA ORDEM DO CAPITAL Definindo a Geopolítica.Definindo a Geopolítica.  Capitalismo industrial, financeiro e informacional reordenando territórios.Capitalismo industrial, financeiro e informacional reordenando territórios.  A formação de novos blocos econômicos: regionalização e garantia de mercado.A formação de novos blocos econômicos: regionalização e garantia de mercado. GEOPOLÍTICA E PODER (A CONQUISTA DA PAZ PELA GUERRA)GEOPOLÍTICA E PODER (A CONQUISTA DA PAZ PELA GUERRA) A presença americana no Iraque e no Afeganistão.A presença americana no Iraque e no Afeganistão. 10/OUT (SEGUNDA-FEIRA) e 11/OUT (TERÇA-FEIRA)10/OUT (SEGUNDA-FEIRA) e 11/OUT (TERÇA-FEIRA) OS MUROS QUE DIVIDEM AS FRONTEIRAS E OS HOMENSOS MUROS QUE DIVIDEM AS FRONTEIRAS E OS HOMENS As disputas políticas, econômicas e religiosas:As disputas políticas, econômicas e religiosas:  O velho muro (a Muralha da China)O velho muro (a Muralha da China)  Os outros muros: dividindo os homens e os territórios.Os outros muros: dividindo os homens e os territórios.  Arábia Saudita (Iêmen e Iraque).Arábia Saudita (Iêmen e Iraque).  O muro entre as coreias.O muro entre as coreias.  Índia e Paquistão (Caxemira).Índia e Paquistão (Caxemira).  Estados Unidos e México.Estados Unidos e México.  Palestina e Israel (Cisjordânia e Gaza).Palestina e Israel (Cisjordânia e Gaza).  Botsuana e Zimbábue (Sul da África).Botsuana e Zimbábue (Sul da África).  Chipre: o muro entre Turquia e Grécia.Chipre: o muro entre Turquia e Grécia.  Mauritânia e Marrocos (disputa pelo Saara Ocidental).Mauritânia e Marrocos (disputa pelo Saara Ocidental).  O muro de Belfast (Irlanda do Norte).O muro de Belfast (Irlanda do Norte). 13/OUT (QUINTA-FEIRA)13/OUT (QUINTA-FEIRA) OS MIGRANTES DA GUERRAOS MIGRANTES DA GUERRA Os acampamentos nas fronteiras: os sem-territórios.Os acampamentos nas fronteiras: os sem-territórios.
  3. 3. GEOPOLÍTICAGEOPOLÍTICA DEFINIÇÃODEFINIÇÃO  Tecnicamente é a interação entre as relaçõesrelações políticaspolíticas (governos e seus interesses) e os espaços geográficosespaços geográficos (as áreas de expressão direta do poder); TEMÁTICATEMÁTICA  Situações de conflito (bélico e/ou ideológico);  Relações de dominação (econômica e/ou cultural);  Globalização;
  4. 4. (UNESP 2014)(UNESP 2014) Após os atentados de 11 de setembro de 2001, o governo dos Estados Unidos da América aprovou uma série de medidas com o objetivo de proteger os cidadãos americanos da ameaça representada pelo terrorismo internacional. Entre as medidas adotadas pelo governo norte-americano estão a)a realização de acordos de cooperação militar e tecnológica com países aliados no combate ao terrorismo internacional; e a prisão imediata de árabes e muçulmanos que residissem nos Estados Unidos. b)a realização de ataques preventivos a países suspeitos de sediarem grupos terroristas; e a restrição da liberdade e dos direitos civis de suspeitos de associação com o terrorismo. c)a concessão de apoio logístico e financeiro a países que, autonomamente, pudessem combater grupos terroristas em seus territórios; e a preservação dos direitos civis de suspeitos de associação com o terrorismo, que residissem dentro ou fora dos Estados Unidos. d)a realização de ataques preventivos a países suspeitos de sediarem grupos terroristas; e a flexibilização do ingresso nos Estados Unidos de pessoas oriundas de qualquer região do mundo. e)a realização de acordos de cooperação militar e tecnológica com países suspeitos de sediarem grupos terroristas; e a preservação dos princípios de liberdade individual e autonomia dos povos.
  5. 5. “Afinal, quem tem razão? Os conflitos mundiais na atualidade são caóticos, sem lógica, ou direcionam-se no sentido da progressiva implementação da democracia liberal em todo o globo? Ou eles são essencialmente competições econômicas, envolvendo Estados e/ou megablocos? Ou eles seriam antes de tudo choques culturais, confrontando diferentes civilizações? Ou ainda, não permaneceriam basicamente enfrentamentos militares como sempre foram, ou seja, a força bruta é que determina em última instância quem domina uma região do mundo ou todo o globo?”. VESENTINI, José William. Novas Geopolíticas. São Paulo: Contexto, 2000. p.111. O enunciado acima coloca-nos alguns questionamentos sobre as origens dos conflitos mundiais. A partir disso, analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa que condiz com sua análise. (___) Com a crescente interdependência entre as economias, a questão é concorrer e, ao mesmo tempo, se associar, crescer conjuntamente, pois a crise em um lugar pode afetar outros. Por esse motivo, a disputa atual não mais consistiria em produzir armamentos ou anexação de novos territórios (seja militar ou ideologicamente, como na época da Guerra Fria), e sim produzir mais e melhores bens e serviços, ampliando a produtividade, o nível tecnológico e educacional e o padrão de consumo de toda a população. (___) Inexistem relações no papel da mídia com a política internacional, pelo fato de as sociedades avançadas pouco utilizarem os meios de comunicação como um instrumento de estratégia militar. (___) Nada indica que a guerra militar acabou ou sequer que ficou menos frequente no mundo pós Guerra Fria. Mas existem inúmeras evidências que sinalizam mudanças nos seus objetivos e na sua estratégia, como concepção de inimigo, armamentos, preparação dos soldados e logística. (___) No mundo pós Guerra Fria, os conflitos não são mais ideológicos e nem mesmo econômicos, mas, fundamentalmente, culturais. A exemplo disso, podem- se destacar os princípios da civilização ocidental contra a islâmica, e esta contra a hinduísta.
  6. 6. Para responder a questão, leia o fragmento abaixo. “Em 4 de outubro de 1957, quando os soviéticos colocaram em órbita o primeiro satélite artificial – Sputnik-1 –, o mundo vivia sob tensão constante. [...]. Hoje, a Guerra Fria não existe mais, mas o clima no espaço ainda está longe de refletir o ambiente de interação globalizada que mudou a economia, a política e a ciência em terra firme. Ao contrário do que acontece em outras áreas tecnológicas, o país que quiser lançar satélites por conta própria hoje tem de aprender sozinho. “Os americanos não querem que a tecnologia de lançadores de satélites — que pode ser utilizada para lançar bombas — caia na mão de determinados países, mesmo que sejam amigos”, [...]. “Mesmo quando existe um projeto envolvendo vários países, como a Estação Espacial Internacional, a colaboração se dá mais pela divisão do trabalho do que pela transferência da tecnologia entre os países.” [...]. Hoje, apenas EUA, União Europeia, Rússia, China, Índia e Japão são capazes de colocar satélites em órbita. Cada um aprendeu a fazê-lo sozinho.” GARCIA, Rafael. 50 anos depois do Sputnik, espaço ainda vê Guerra Fria. Folha de S. Paulo, 30/09/2007. O fim da Guerra Fria entre os EUA e a URSS e o novo avanço do capitalismo com a globalização mundial estabeleceram uma nova ordem geopolítica. Sobre esse assunto é correto afirmar que: a)houve a eliminação das fronteiras nacionais com a fusão de países em blocos econômicos regionais e o surgimento do domínio das tecnologias de ponta pelos novos países industrializados e subdesenvolvidos. b)surgiram áreas de livre comércio como reservas de mercado para multinacionais, disputas entre capitalismo e socialismo representadas por EUA e pela União Europeia. c)houve a divisão do mundo em Primeiro Mundo (países capitalistas desenvolvidos), Segundo Mundo (países socialistas) e Terceiro Mundo (países capitalistas subdesenvolvidos e os de economia em transição do socialismo para o capitalismo). d)surgiram blocos econômicos regionais; novos centros de poder – como o Japão e a União Europeia – e tensões entre interesses políticos e econômicos dos países desenvolvidos do Norte e subdesenvolvidos do Sul.
  7. 7. Os muros que dividem as fronteiras e os homensOs muros que dividem as fronteiras e os homens: as disputas: as disputas políticas econômicas e religiosas: O velho muro: a muralha da China.políticas econômicas e religiosas: O velho muro: a muralha da China. Os outros muros: dividindo os homens e os territórios: Índia eOs outros muros: dividindo os homens e os territórios: Índia e PaquistãoPaquistão (UEA 2013)(UEA 2013) Índia e Paquistão disputam a região da Caxemira desde 1947. Os intensos conflitos armados entre esses países os levaram a uma acirrada corrida armamentista que culminou com a sua entrada no grupo de países detentores de armas nucleares. As causas dos conflitos na região da Caxemira estão relacionadas ¡ao imperialismo francês, que colonizou a região e juntou povos com diferentes religiões e culturas. ¡à sua posição geográfica estratégica, localizada no sul da Índia, sendo a principal rota marítima das grandes embarcações. ¡às diferenças religiosas entre a Índia, de maioria hindu, e a região da Caxemira, de maioria muçulmana. ¡às rivalidades milenares entre povos paquistaneses, de origem báltica, e os indianos de origem muçulmana. ¡à presença de fartas reservas de petróleo, que torna a região estratégica para o desenvolvimento da Índia.
  8. 8. Os muros que dividem as fronteiras e os homensOs muros que dividem as fronteiras e os homens: as disputas: as disputas políticas econômicas e religiosas: O velho muro: a muralha dapolíticas econômicas e religiosas: O velho muro: a muralha da China. Os outros muros: dividindo os homens e os territórios: EUA eChina. Os outros muros: dividindo os homens e os territórios: EUA e MéxicoMéxico (UEA 2014)(UEA 2014) Leia a notícia publicada em dezembro de 2011, que trata da ampliação da barreira física na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Os trabalhos de ampliação ocorrem nas praias de Tijuana (México) e San Diego (Califórnia, EUA), o ponto mais ocidental da fronteira entre os dois países. A fronteira entre Tijuana e San Diego possui algum tipo de separação há mais de 20 anos. A primeira cerca, com 3 metros de altura e feita de metal soldado, foi erguida em 1993, cobrindo os primeiros 22 km de fronteira desde o Oceano Pacífico. Quando for concluída, a cerca terá 2,5 metros de altura a mais que sua antecessora. (www.bbc.co.uk. Adaptado.) A ampliação dessa barreira teve como objetivo a)impedir a entrada de imigrantes ilegais nos Estados Unidos. b)segregar movimentos religiosos extremistas que ocupam essas áreas. c)dificultar a imigração de norte-americanos para o México. d)evitar o contrabando de produtos eletrônicos sem fiscalização para o México. e)proteger o litoral norte-americano dos efeitos da maré alta oceânica.
  9. 9. A Muralha da China, também conhecida como a Grande Muralha, é uma impressionante estrutura de arquitetura militar construída durante a China Imperial. Os muros dividindo os homens e os territórios: A Muralha da ChinaA Muralha da China
  10. 10. Os muros dividindo os homens e os territórios: Arábia Saudita (Iêmen e Iraque)Arábia Saudita (Iêmen e Iraque) As autoridades da Arábia Saudita começaram a construir um muro de separação ao longo da fronteira com o Iêmen. O objetivo principal é impedir a passagem de imigrantes ilegais, narcotraficantes e contrabandistas que tentam atravessar a fronteira e entrar em território saudita ilegalmente.
  11. 11. Os muros dividindo os homens e os territórios: As duas CoreiasAs duas Coreias Separadas desde o fim da Segunda Guerra Mundial, a Zona Desmilitarizada entre as Coréias continua sendo a maior herança dos tempos da Guerra Fria.
  12. 12. Os muros dividindo os homens e os territórios: Índia e PaquistãoÍndia e Paquistão A região da Caxemira é onde se localizam as nascentes dos rios Ganges e Indo respectivamente os principais rios da Índia e do Paquistão.
  13. 13. Os muros dividindo os homens e os territórios: EUA e MéxicoEUA e México A influência geopolítica e econômica dos EUA ainda se mostra um fator de preocupação nas suas relações com a América Latina.
  14. 14. Os muros dividindo os homens e os territórios: Palestina e IsraelPalestina e Israel
  15. 15. Os muros dividindo os homens e os territórios: Botsuana e ZimbabueBotsuana e Zimbabue
  16. 16. Os muros dividindo os homens e os territórios: Chipre: o muro entre Turquia e GréciaChipre: o muro entre Turquia e Grécia
  17. 17. Os muros dividindo os homens e os territórios: Mauritânia e Marrocos (disputa pelo Saara Ocidental)Mauritânia e Marrocos (disputa pelo Saara Ocidental)
  18. 18. Os muros dividindo os homens e os territórios: O muro de Belfast (Irlanda do Norte)O muro de Belfast (Irlanda do Norte)

×