SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
Baixar para ler offline
A Nova Ordem
Ambiental Internacional
A economia e a sustentabilidade. Políticas internacionais ambientais: As conferências Internacionais.
As organizações não governamentais (ONGs) e o debate da preservação e da conservação.
PSC/SIS – Etapa I
As Questões ambientais contemporâneas:
 As políticas ambientais mundiais e nacionais.
 Mudança climática: ilhas de calor, efeito estufa, chuva ácida, a destruição da
camada de ozônio.
 Políticas territoriais ambientais: uso e conservação dos recursos naturais, unidades
de conservação e preservação.
 Políticas territoriais e ambientais brasileira: corredores ecológicos, zoneamento
ecológico e econômico.
PSC/SIS – Etapa II
A produção da energia e os impactos ambientais:
 As principais fontes de energia: carvão mineral, petróleo, usina hidroelétrica,
termoelétrica e nuclear.
 As fontes alternativas de energia.
 A produção de energia e os impactos ambientais.
 As fontes de energia no Brasil: hidrelétricas, petróleo, carvão mineral e usina
nuclear.
 As energias alternativas no Brasil.
 Os problemas ambientais e a produção de energia.
Conteúdo Programático
Conteúdo Programático
PSC/SIS – Etapa III
A nova ordem ambiental internacional:
 A economia e a sustentabilidade.
 Políticas internacionais ambientais:
 As conferências Internacionais.
 As organizações não governamentais (ONGs) e o debate da preservação e da conservação.
As políticas ambientais no Brasil:
 O controle do uso e de conservação dos recursos naturais.
 A Legislação Ambiental.
 O Zoneamento Econômico Ecológico, as unidades de conservação e os corredores ecológicos no Brasil.
 A Amazônia e as políticas ambientais internacionais e nacionais.
As cidades e os impactos ambientais:
 O lixo nas cidades: Impacto ambiental e social.
 Os catadores de lixo e a vida na cidade.
 Ocupação urbana e as áreas de preservação.
 Poluição: no ar, na água e no solo
ENEM
Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente
 Relação homem-natureza, a apropriação dos recursos naturais pelas sociedades ao longo do
tempo.
 A nova ordem ambiental internacional.
 As questões ambientais contemporâneas: mudança climática, ilhas de calor, efeito estufa, chuva
ácida, a destruição da camada de ozônio.
 Origem e evolução do conceito de sustentabilidade.
12h às 12h50
18h05 às 18h55
AULA EXTRA DE GEOGRAFIA
Arte Sequencial e Geografia
Venha para o lado nerd da força e estude três
importantes temas do ENEM/UEA através das histórias em
quadrinhos. URBANIZAÇÃO, GUERRA FRIA/GLOBALIZAÇÃO e
MEIO AMBIENTE de uma forma que você provavelmente
ainda não conhecia
SEGUNDA,
20/ABRIL
ESPAÇO GEOGRÁFICO
ESPAÇO SOCIAL
Socioeconômico
 Relações Capitalistas
ESPAÇO NATURAL
Natureza
 Meio Ambiente
A definição de desenvolvimento sustentável mais usualmente utilizada é
a que procura atender às necessidades atuais sem comprometer a
capacidade das gerações futuras. Isso significa optar pelo consumo de
bens produzidos com tecnologia e materiais menos ofensivos ao meio
ambiente, utilização racional dos bens de consumo, evitando-se o
desperdício e o excesso e ainda, após o consumo, cuidar para que os
eventuais resíduos não provoquem degradação ao meio ambiente.
Principalmente: ações no sentido de rever padrões insustentáveis de
consumo e minorar as desigualdades sociais.
O Brasil está em uma posição privilegiada para enfrentar os enormes
desafios que se acumulam. Abriga elementos fundamentais para o
desenvolvimento: parte significativa da biodiversidade e da água doce
existente no planeta; grande extensão de terras cultiváveis.
De acordo com esta definição, o desenvolvimento sustentável
pressupõe:
a) traçar um novo modelo de desenvolvimento econômico para nossa
sociedade com o uso racional dos recursos naturais disponíveis e
indisponíveis.
b) a redução do consumo das reservas naturais com a consequente
estagnação do desenvolvimento econômico e tecnológico;
c) a preservação do equilíbrio global e do valor das reservas de capital
natural, o que não justifica a desaceleração do desenvolvimento
econômico e político de uma sociedade;
d) a distribuição homogênea das reservas naturais entre as nações e as
regiões em nível global e regional.
e) definir os critérios e instrumentos de avaliação do custo-benefício e os
efeitos socioeconômicos e os valores reais do consumo e da preservação.
MULTINACIONAIS/TRANSNACIONAIS
Corporações industriais, comerciais e de prestação de serviços que
possuem matriz em um determinado país e atuam em diversos territórios
dispersos no mundo, ultrapassam os limites territoriais dos países de
origem das empresas com a instalação de filiais em outros países em
busca de mercado consumidor, energia, matéria-prima e mão-de-obra
baratas.
Dentro do contexto atual da globalização, é muito comum que essas
empresas produzam cada parte de um produto em países diferentes, com o
objetivo de reduzir custos de produção, portanto essas empresas possuem
influência que transcende a economia, pois elas interferem em governos e
nas relações entre países.
Gradativamente o termo “multinacional” foi caindo em desuso,
pois a expressão emite uma ideia de uma empresa que possui
diversas nacionalidades. Procura-se usar o nome de
"transnacionais", porque de fato essas empresas possuem sede
em um país e desempenham atividades em diversos
O QUE É DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL?
“É aquele que harmoniza o imperativo comum com a promoção da
eqüidade social e a preservação do patrimônio natural, garantindo
assim que as necessidades das atuais gerações sejam atendidas
sem comprometer o atendimento das necessidades das gerações
futuras”
(Relatório Brundtland - Nosso Futuro Comum)
Meio ambiente + desenvolvimento econômico + social
Envolve questões tais como:
Crescimento Populacional;
Crise Urbana;
Pobreza;
Níveis de Consumo de recursos;
Disponibilidade de Água;
Suprimento de produtos às populações.
Em 1972, foi realizada a Conferência das Nações Unidas sobre o Homem
e o Meio Ambiente, em Estocolmo (Suécia). Nesse encontro os chefes de
Estado debateram questões sobre o meio ambiente e o desenvolvimento,
reunião que ficou conhecida como a “tomada de consciência”. De lá para cá,
muitas foram as preocupações ambientais que mobilizaram governos e
ONG’s (Organizações Não Governamentais). Analise as proposições em
relação aos eventos mais conhecidos em defesa do Meio Ambiente e da
vida no Planeta, nas cinco últimas décadas.
I. A Assembleia Geral da ONU, de 1983, encarregou uma comissão para
estudar o binômio desenvolvimento X meio ambiente.
II. O Relatório Brundtland, de 1987, cunhou pela primeira vez a ideia de
desenvolvimento sustentável.
III. A Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e
Desenvolvimento realizou-se em 1992, no Rio de Janeiro, mais conhecida
como Rio-92.
IV. A Agenda XXI, elaborada durante a Rio-92, era um ambicioso programa
para implantação de um modelo de desenvolvimento sustentável no mundo.
V. A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável
(CNUDS), conhecida também como Rio+20 (2012), discutiu a renovação do
compromisso em relação ao desenvolvimento sustentável.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
d) Somente a afirmativa V é verdadeira.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.
NOVA ORDEM AMBIENTAL

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conferências ambientais
Conferências ambientaisConferências ambientais
Conferências ambientaisArtur Lara
 
Rússia: natureza e espaço socioeconômico
Rússia: natureza e espaço socioeconômicoRússia: natureza e espaço socioeconômico
Rússia: natureza e espaço socioeconômicoBruno Lima
 
A localização do território brasileiro
A localização do território brasileiroA localização do território brasileiro
A localização do território brasileiroClovis D Almeida Santos
 
Estado nação, território e poder
Estado nação, território e poderEstado nação, território e poder
Estado nação, território e poderVinicius Coelho
 
Europa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto históricoEuropa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto históricoColégio Nova Geração COC
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficosProfessor
 
Transição demográfica
Transição demográficaTransição demográfica
Transição demográficaunesp
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilProfessor
 
O Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicosO Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicosColégio Nova Geração COC
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climáticaRoberta Sumar
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)Nefer19
 
Aula 7 - Orgazações internacionais
Aula 7 - Orgazações internacionaisAula 7 - Orgazações internacionais
Aula 7 - Orgazações internacionaisIsabela Espíndola
 

Mais procurados (20)

Conferências ambientais
Conferências ambientaisConferências ambientais
Conferências ambientais
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Rússia: natureza e espaço socioeconômico
Rússia: natureza e espaço socioeconômicoRússia: natureza e espaço socioeconômico
Rússia: natureza e espaço socioeconômico
 
A localização do território brasileiro
A localização do território brasileiroA localização do território brasileiro
A localização do território brasileiro
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Estado nação, território e poder
Estado nação, território e poderEstado nação, território e poder
Estado nação, território e poder
 
Europa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto históricoEuropa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto histórico
 
Conflitos na américa latina
Conflitos na américa latinaConflitos na américa latina
Conflitos na américa latina
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficos
 
Transição demográfica
Transição demográficaTransição demográfica
Transição demográfica
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
O Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicosO Brasil a globalização e os blocos econômicos
O Brasil a globalização e os blocos econômicos
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climática
 
Geografia para o enem
Geografia para o enemGeografia para o enem
Geografia para o enem
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
 
Mercosul slides
Mercosul slidesMercosul slides
Mercosul slides
 
Geopolítica e ordens mundiais I
Geopolítica e ordens mundiais IGeopolítica e ordens mundiais I
Geopolítica e ordens mundiais I
 
Aula 7 - Orgazações internacionais
Aula 7 - Orgazações internacionaisAula 7 - Orgazações internacionais
Aula 7 - Orgazações internacionais
 
Movimentos populacionais
Movimentos populacionaisMovimentos populacionais
Movimentos populacionais
 

Destaque

A questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosA questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosArtur Lara
 
Problemas ambientais (questões do enem)
Problemas ambientais (questões do enem)Problemas ambientais (questões do enem)
Problemas ambientais (questões do enem)Matheus Alves
 
Plano questão ambiental
Plano questão ambientalPlano questão ambiental
Plano questão ambientalMaria Bolina
 
Aula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambientalAula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambientalMargarida MTG
 
Clima e Alterações Climáticas
Clima e Alterações ClimáticasClima e Alterações Climáticas
Clima e Alterações ClimáticasEbimontargil Pte
 
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Almir Caputo
 
Consequências das alterações climáticas a nível mundial
Consequências das alterações climáticas a nível mundialConsequências das alterações climáticas a nível mundial
Consequências das alterações climáticas a nível mundialAna Soares
 
Conferencias ambientais
Conferencias ambientaisConferencias ambientais
Conferencias ambientaisrsaloes
 
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisAula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisPedro Ferraz'
 
Principais Tratados Ambientais
Principais Tratados AmbientaisPrincipais Tratados Ambientais
Principais Tratados Ambientaisciacinco
 
As principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrentaAs principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrentakukunimade
 
História da questão ambiental
História da questão ambientalHistória da questão ambiental
História da questão ambientaldemervalm
 

Destaque (18)

A questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosA questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitos
 
Problemas ambientais (questões do enem)
Problemas ambientais (questões do enem)Problemas ambientais (questões do enem)
Problemas ambientais (questões do enem)
 
Questão ambiental.
Questão ambiental.Questão ambiental.
Questão ambiental.
 
Questão Ambiental
Questão AmbientalQuestão Ambiental
Questão Ambiental
 
Plano questão ambiental
Plano questão ambientalPlano questão ambiental
Plano questão ambiental
 
Video conscientização questão ambiental
Video conscientização questão ambientalVideo conscientização questão ambiental
Video conscientização questão ambiental
 
Aula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambientalAula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambiental
 
Clima e Alterações Climáticas
Clima e Alterações ClimáticasClima e Alterações Climáticas
Clima e Alterações Climáticas
 
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
 
Consequências das alterações climáticas a nível mundial
Consequências das alterações climáticas a nível mundialConsequências das alterações climáticas a nível mundial
Consequências das alterações climáticas a nível mundial
 
Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
 
Conferencias ambientais
Conferencias ambientaisConferencias ambientais
Conferencias ambientais
 
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisAula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
 
Slide MudançAs ClimáTicas
Slide MudançAs ClimáTicasSlide MudançAs ClimáTicas
Slide MudançAs ClimáTicas
 
Principais Tratados Ambientais
Principais Tratados AmbientaisPrincipais Tratados Ambientais
Principais Tratados Ambientais
 
As principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrentaAs principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrenta
 
História da questão ambiental
História da questão ambientalHistória da questão ambiental
História da questão ambiental
 

Semelhante a NOVA ORDEM AMBIENTAL

NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTALNOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTALMarcelo Dores
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvelMeio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentveljaneibe
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...História Pensante
 
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentávelAula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentávelcrislcardoso
 
Rio+20 web
Rio+20 webRio+20 web
Rio+20 webMClara
 
Cartilha: O futuro que queremos
Cartilha: O futuro que queremosCartilha: O futuro que queremos
Cartilha: O futuro que queremosReginaldo Campos
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelUniversal.org.mx
 
Nada a comemorar no dia mundial do meio ambiente
Nada a comemorar no dia mundial do meio ambienteNada a comemorar no dia mundial do meio ambiente
Nada a comemorar no dia mundial do meio ambienteFernando Alcoforado
 
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptxDesenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptxJeanFigueiredo12
 
Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01
Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01
Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01Sara Ceron Hentges
 
Declaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICO
Declaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICODeclaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICO
Declaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICOLarissa Chianca
 
EM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
EM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTEEM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
EM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTEFernando Alcoforado
 
Gestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e Sustentabilidade
Gestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e SustentabilidadeGestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e Sustentabilidade
Gestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e SustentabilidadeMilton Henrique do Couto Neto
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Rogério Bartilotti
 
IDEC Meio Ambiente e Consumo
IDEC Meio Ambiente e ConsumoIDEC Meio Ambiente e Consumo
IDEC Meio Ambiente e ConsumoMa Rina
 
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidadeCafé & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidadeCra-es Conselho
 

Semelhante a NOVA ORDEM AMBIENTAL (20)

NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTALNOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvelMeio ambiente e desenvolvimento sustentvel
Meio ambiente e desenvolvimento sustentvel
 
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...Meio ambiente e desenvolvimento sustentável   conhecimentos gerais - história...
Meio ambiente e desenvolvimento sustentável conhecimentos gerais - história...
 
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentávelAula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
 
Rio+20 web
Rio+20 webRio+20 web
Rio+20 web
 
Rio+20 web
Rio+20 webRio+20 web
Rio+20 web
 
Rio+20 web
Rio+20 webRio+20 web
Rio+20 web
 
Cartilha: O futuro que queremos
Cartilha: O futuro que queremosCartilha: O futuro que queremos
Cartilha: O futuro que queremos
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
 
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentávelDesenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentável
 
Nada a comemorar no dia mundial do meio ambiente
Nada a comemorar no dia mundial do meio ambienteNada a comemorar no dia mundial do meio ambiente
Nada a comemorar no dia mundial do meio ambiente
 
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptxDesenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
 
Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01
Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01
Aula1 sgaecertificao-140310095637-phpapp01
 
Declaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICO
Declaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICODeclaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICO
Declaração de estocolmo - TRAB. ACADÊMICO
 
EM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
EM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTEEM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
EM DEFESA DE UMA NOVA SOCIEDADE NO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
 
Gestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e Sustentabilidade
Gestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e SustentabilidadeGestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e Sustentabilidade
Gestão Ambiental 01 - Introdução a Gestão Ambiental e Sustentabilidade
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
 
IDEC Meio Ambiente e Consumo
IDEC Meio Ambiente e ConsumoIDEC Meio Ambiente e Consumo
IDEC Meio Ambiente e Consumo
 
At total
At totalAt total
At total
 
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidadeCafé & gestão -  gestão ambiental e sustentabilidade
Café & gestão - gestão ambiental e sustentabilidade
 

Mais de Marcelo Dores

GEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIA
GEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIAGEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIA
GEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIAMarcelo Dores
 
Senai – contabilidade empresarial
Senai – contabilidade empresarialSenai – contabilidade empresarial
Senai – contabilidade empresarialMarcelo Dores
 
Senai empreendedorismo
Senai   empreendedorismoSenai   empreendedorismo
Senai empreendedorismoMarcelo Dores
 
ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEM
ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEMORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEM
ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEMMarcelo Dores
 
Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"
Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"
Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"Marcelo Dores
 
CINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSA
CINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSACINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSA
CINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSAMarcelo Dores
 
PREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONAL
PREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONALPREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONAL
PREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONALMarcelo Dores
 
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃOTECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃOMarcelo Dores
 
RECURSOS ENERGETICOS
RECURSOS ENERGETICOSRECURSOS ENERGETICOS
RECURSOS ENERGETICOSMarcelo Dores
 
ARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIA
ARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIAARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIA
ARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIAMarcelo Dores
 

Mais de Marcelo Dores (20)

GEOPOLÍTICA III
GEOPOLÍTICA IIIGEOPOLÍTICA III
GEOPOLÍTICA III
 
GEOPOLÍTICA II
GEOPOLÍTICA IIGEOPOLÍTICA II
GEOPOLÍTICA II
 
GEOPOLÍTICA
GEOPOLÍTICAGEOPOLÍTICA
GEOPOLÍTICA
 
GEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIA
GEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIAGEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIA
GEOHISTÓRIA DA AMAZÔNIA
 
O BREVE SÉCULO XX
O BREVE SÉCULO XXO BREVE SÉCULO XX
O BREVE SÉCULO XX
 
Senai – contabilidade empresarial
Senai – contabilidade empresarialSenai – contabilidade empresarial
Senai – contabilidade empresarial
 
Racismo adm
Racismo   admRacismo   adm
Racismo adm
 
Senai empreendedorismo
Senai   empreendedorismoSenai   empreendedorismo
Senai empreendedorismo
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
TECNOLOGIAS DO ENEM
TECNOLOGIAS DO ENEMTECNOLOGIAS DO ENEM
TECNOLOGIAS DO ENEM
 
ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEM
ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEMORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEM
ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA O ENEM
 
Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"
Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"
Cine Pré-Uni "O Nome da Rosa"
 
CINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSA
CINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSACINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSA
CINE_PREUNI_O_NOME_DA_ROSA
 
Preuni rev liber
Preuni rev liberPreuni rev liber
Preuni rev liber
 
SUDESTE ASIÁTICO
SUDESTE ASIÁTICOSUDESTE ASIÁTICO
SUDESTE ASIÁTICO
 
PREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONAL
PREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONALPREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONAL
PREUNI_ORIENTAÇÃO VOCACIONAL
 
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃOTECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO
 
RECURSOS ENERGETICOS
RECURSOS ENERGETICOSRECURSOS ENERGETICOS
RECURSOS ENERGETICOS
 
ARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIA
ARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIAARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIA
ARTE SEQUENCIAL e GEOGRAFIA
 
COLAPSO URBANO
COLAPSO URBANOCOLAPSO URBANO
COLAPSO URBANO
 

Último

A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 

Último (20)

A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 

NOVA ORDEM AMBIENTAL

  • 1. A Nova Ordem Ambiental Internacional A economia e a sustentabilidade. Políticas internacionais ambientais: As conferências Internacionais. As organizações não governamentais (ONGs) e o debate da preservação e da conservação.
  • 2.
  • 3. PSC/SIS – Etapa I As Questões ambientais contemporâneas:  As políticas ambientais mundiais e nacionais.  Mudança climática: ilhas de calor, efeito estufa, chuva ácida, a destruição da camada de ozônio.  Políticas territoriais ambientais: uso e conservação dos recursos naturais, unidades de conservação e preservação.  Políticas territoriais e ambientais brasileira: corredores ecológicos, zoneamento ecológico e econômico. PSC/SIS – Etapa II A produção da energia e os impactos ambientais:  As principais fontes de energia: carvão mineral, petróleo, usina hidroelétrica, termoelétrica e nuclear.  As fontes alternativas de energia.  A produção de energia e os impactos ambientais.  As fontes de energia no Brasil: hidrelétricas, petróleo, carvão mineral e usina nuclear.  As energias alternativas no Brasil.  Os problemas ambientais e a produção de energia. Conteúdo Programático
  • 4. Conteúdo Programático PSC/SIS – Etapa III A nova ordem ambiental internacional:  A economia e a sustentabilidade.  Políticas internacionais ambientais:  As conferências Internacionais.  As organizações não governamentais (ONGs) e o debate da preservação e da conservação. As políticas ambientais no Brasil:  O controle do uso e de conservação dos recursos naturais.  A Legislação Ambiental.  O Zoneamento Econômico Ecológico, as unidades de conservação e os corredores ecológicos no Brasil.  A Amazônia e as políticas ambientais internacionais e nacionais. As cidades e os impactos ambientais:  O lixo nas cidades: Impacto ambiental e social.  Os catadores de lixo e a vida na cidade.  Ocupação urbana e as áreas de preservação.  Poluição: no ar, na água e no solo ENEM Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente  Relação homem-natureza, a apropriação dos recursos naturais pelas sociedades ao longo do tempo.  A nova ordem ambiental internacional.  As questões ambientais contemporâneas: mudança climática, ilhas de calor, efeito estufa, chuva ácida, a destruição da camada de ozônio.  Origem e evolução do conceito de sustentabilidade.
  • 5. 12h às 12h50 18h05 às 18h55 AULA EXTRA DE GEOGRAFIA Arte Sequencial e Geografia Venha para o lado nerd da força e estude três importantes temas do ENEM/UEA através das histórias em quadrinhos. URBANIZAÇÃO, GUERRA FRIA/GLOBALIZAÇÃO e MEIO AMBIENTE de uma forma que você provavelmente ainda não conhecia SEGUNDA, 20/ABRIL
  • 6. ESPAÇO GEOGRÁFICO ESPAÇO SOCIAL Socioeconômico  Relações Capitalistas ESPAÇO NATURAL Natureza  Meio Ambiente
  • 7.
  • 8. A definição de desenvolvimento sustentável mais usualmente utilizada é a que procura atender às necessidades atuais sem comprometer a capacidade das gerações futuras. Isso significa optar pelo consumo de bens produzidos com tecnologia e materiais menos ofensivos ao meio ambiente, utilização racional dos bens de consumo, evitando-se o desperdício e o excesso e ainda, após o consumo, cuidar para que os eventuais resíduos não provoquem degradação ao meio ambiente. Principalmente: ações no sentido de rever padrões insustentáveis de consumo e minorar as desigualdades sociais. O Brasil está em uma posição privilegiada para enfrentar os enormes desafios que se acumulam. Abriga elementos fundamentais para o desenvolvimento: parte significativa da biodiversidade e da água doce existente no planeta; grande extensão de terras cultiváveis. De acordo com esta definição, o desenvolvimento sustentável pressupõe: a) traçar um novo modelo de desenvolvimento econômico para nossa sociedade com o uso racional dos recursos naturais disponíveis e indisponíveis. b) a redução do consumo das reservas naturais com a consequente estagnação do desenvolvimento econômico e tecnológico; c) a preservação do equilíbrio global e do valor das reservas de capital natural, o que não justifica a desaceleração do desenvolvimento econômico e político de uma sociedade; d) a distribuição homogênea das reservas naturais entre as nações e as regiões em nível global e regional. e) definir os critérios e instrumentos de avaliação do custo-benefício e os efeitos socioeconômicos e os valores reais do consumo e da preservação.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. MULTINACIONAIS/TRANSNACIONAIS Corporações industriais, comerciais e de prestação de serviços que possuem matriz em um determinado país e atuam em diversos territórios dispersos no mundo, ultrapassam os limites territoriais dos países de origem das empresas com a instalação de filiais em outros países em busca de mercado consumidor, energia, matéria-prima e mão-de-obra baratas. Dentro do contexto atual da globalização, é muito comum que essas empresas produzam cada parte de um produto em países diferentes, com o objetivo de reduzir custos de produção, portanto essas empresas possuem influência que transcende a economia, pois elas interferem em governos e nas relações entre países. Gradativamente o termo “multinacional” foi caindo em desuso, pois a expressão emite uma ideia de uma empresa que possui diversas nacionalidades. Procura-se usar o nome de "transnacionais", porque de fato essas empresas possuem sede em um país e desempenham atividades em diversos
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31. O QUE É DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL? “É aquele que harmoniza o imperativo comum com a promoção da eqüidade social e a preservação do patrimônio natural, garantindo assim que as necessidades das atuais gerações sejam atendidas sem comprometer o atendimento das necessidades das gerações futuras” (Relatório Brundtland - Nosso Futuro Comum) Meio ambiente + desenvolvimento econômico + social Envolve questões tais como: Crescimento Populacional; Crise Urbana; Pobreza; Níveis de Consumo de recursos; Disponibilidade de Água; Suprimento de produtos às populações.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40. Em 1972, foi realizada a Conferência das Nações Unidas sobre o Homem e o Meio Ambiente, em Estocolmo (Suécia). Nesse encontro os chefes de Estado debateram questões sobre o meio ambiente e o desenvolvimento, reunião que ficou conhecida como a “tomada de consciência”. De lá para cá, muitas foram as preocupações ambientais que mobilizaram governos e ONG’s (Organizações Não Governamentais). Analise as proposições em relação aos eventos mais conhecidos em defesa do Meio Ambiente e da vida no Planeta, nas cinco últimas décadas. I. A Assembleia Geral da ONU, de 1983, encarregou uma comissão para estudar o binômio desenvolvimento X meio ambiente. II. O Relatório Brundtland, de 1987, cunhou pela primeira vez a ideia de desenvolvimento sustentável. III. A Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento realizou-se em 1992, no Rio de Janeiro, mais conhecida como Rio-92. IV. A Agenda XXI, elaborada durante a Rio-92, era um ambicioso programa para implantação de um modelo de desenvolvimento sustentável no mundo. V. A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (CNUDS), conhecida também como Rio+20 (2012), discutiu a renovação do compromisso em relação ao desenvolvimento sustentável. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. d) Somente a afirmativa V é verdadeira. e) Todas as afirmativas são verdadeiras.