O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Fusos horarios completo

287 visualizações

Publicada em

Aula completa sobre Fusos-horários

Publicada em: Educação
  • Entre para ver os comentários

Fusos horarios completo

  1. 1. - Facilitar as comunica��es e o planejamento das viagens nas diversas partes do mundo; - Possibilitar a integra��o de empresas transnacionais e mercados de valores no mundo; - Padronizar as horas conforme o movimento de rota��o da Terra e a incid�ncia dos raios solares;
  2. 2. - Antes da divis�o da terra em fusos-hor�rios, a Europa possu�a 27 horas diferentes, atualmente s�o apenas 3, e a Am�rica, 74 fusos-hor�rios, hoje s�o 5. - Como a principal refer�ncia para a contagem do tempo era a posi��o do Sol, regi�es pr�ximas tinham hor�rios diferentes, pois cada lugar definia a sua hora, com a inexist�ncia de um par�metro universal. - Atualmente, cada grau, no movimento de rota��o equivale a 4 minutos no rel�gio.
  3. 3. - S�o o resultado da divis�o da circunfer�ncia terrestres, 360 graus, pela quantidade de horas de um dia, 24 horas; - A Terra tem 24 fusos-hor�rios; - Cada fuso-hor�rio ocupa 15� de longitude; - Como a Terra gira no sentido Oeste-Leste, a cada 15� no sentido Leste adiciona-se uma hora, e para Oeste subtrai-se uma hora.
  4. 4. - Na Confer�ncia Internacional do Meridiano, em 1884, realizado em Washington (EUA), definiu- se, por vota��o, um meridiano que seria o ponto zero, o Meridiano de Greenwich; - Divide a Terra de forma perpendicular em dois hemisf�rios, denominados leste ou oriente e oeste ou ocidente. - Seu nome � proveniente do Observat�rio Astron�mico Real, localizado em um distrito de Londres chamado de Greenwich.
  5. 5. - HORA LEGAL: Tem por base o meridiano de Greenwich; - HORA LOCAL: � determinada pelo movimento aparente do Sol; - HOR�RIO DE VER�O: Consiste em adiantar a hora legal em 1 hora, no per�odo de maior insola��o, o ver�o, com o objetivo de reduzir o consumo de energia. � adotado nas regi�es de m�dias latitudes.
  6. 6. - O objetivo � aproveitar melhor a luz natural, j� que durante o ver�o o Sol nasce mais cedo e morre mais tarde. - A medida provoca uma importante redu��o no consumo de energia, chegando a uma m�dia de 5% nos hor�rios de pico. - Em �reas muito pr�ximas do Equador, a varia��o de Luz � m�nima ao longo do ano, n�o compensado a ado��o do hor�rio de ver�o. - Tem in�cio � 0h do terceiro domingo de outubro, e vai at� o terceiro domingo de fevereiro.
  7. 7. - � uma linha imagin�ria que atravessa o Oceano Pac�fico, estabelecendo quando come�a o pr�ximo dia. Essa linha se op�e ao meridiano de Greenwich, por isto � tamb�m chamada de anti-meridiano. - � refer�ncia para a mudan�a de data. - O primeiro pa�s a receber os raios solares de um novo dia � a Rep�blica de Kiribati, um min�sculo pa�s-arquip�lago.
  8. 8. - Mestre em Geografia - UFES, Vit�ria/ES. - Especialista em Doc�ncia do Ensino Superior - FIJ, Jacarepagu�/RJ. - Graduado em Geografia - UFES, Vit�ria/ES. - Professor em diversas redes de ensino desde 2001, atuando tanto no Ensino Regular como em Cursos Preparat�rios. profkeliton.blogspot.com

×