SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Citação direta
Citação direta ,[object Object],[object Object],[object Object]
Citação direta curta   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
exemplos ,[object Object]
Citação direta longa
Citação direta longa   ,[object Object],[object Object]
Citação direta longa: exemplo ,[object Object],[object Object]
Citação direta longa: exemplo ,[object Object],[object Object]
[object Object],A Web tem uma estética ingênua criada pelas páginas pessoais e só vai ter uma de verdade quando designers e tecnólogos conseguirem fazer algo que não pode ser feito nas outras mídias. Para fazer isso, os designers consideram que não precisam ser programadores, basta entender as tecnologias o suficiente para saber o que pedir aos técnicos. Segundo eles tanto a tecnologia quanto o design são importantes para o sucesso de um site, e a dosagem desses dois itens, para mais ou menos, depende do propósito do site. Os designers dizem que os fracassos da Web são frutos das experiências aventureiras e que o Brasil tem muitas iniciativas bem-sucedidas que não foram nem serão atingidas pela crise.
[object Object],Uma empresa só consegue vencer criando e entregando valor superior. Isso envolve as seguintes capacidades: entender o valor para o cliente, criar valor para o cliente, entregar valor para o cliente, captar o valor para o cliente e sustentar o valor para o cliente. Para obter sucesso, a empresa precisa usar os conceitos de cadeia de valor e de rede de entrega de valor. Muitas empresas estão reconhecendo os benefícios de satisfazer e reter os clientes existentes. Lembre-se de que adquirir novos clientes pode custar cinco vezes mais do que satisfazer e reter os clientes existentes. Em média, as empresas perdem 10 por cento de seus clientes por ano. Contudo, reduzindo o índice de abandono de clientes em 5 por cento, as empresas podem aumentar o lucro por cliente. (KOTLER, 2005, p. 45).
Citação indireta
Citação indireta ,[object Object],[object Object],[object Object]
Citação indireta: exemplo Como já destacado, Marcondes Filho (1989) tem uma visão crítica do modo de produção das notícias. Ele caracteriza três formas de falseamento ou encobrimento das notícias. São elas: o jogo com o texto noticioso, produzindo a fragmentação da realidade e a personificação dos processos sociais; o uso da linguagem técnica; e a política do destaque e da supressão de informações. Promove-se aqui algumas considerações sobre o que se denomina de padronização da linguagem jornalística, pinçando esses enfoques críticos de Marcondes Filho, tendo em vista sua relevância no contexto deste trabalho.
Citação indireta: outro exemplo No entanto, a separação entre informação e opinião, entre o fato e o comentário, que os valores clássicos do jornalismo propõem, favorece a construção da idéia do jornalismo como espelho da realidade. Em sua opinião, o público não percebe, por exemplo, a relação existente entre jornalistas, acontecimentos e pessoas neles envolvidas, como também não repara na seleção e hierarquização dos elementos expostos nos enunciados jornalísticos, nem que a escolha de palavras ou termos nos discursos pressupõe, por si só, a existência de critérios e juízos de valor (SOUZA, 2002).
[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Figura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativoFigura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativo
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Como redigir a introdução e a conclusão de um trabalho escrito
Como redigir a introdução e a conclusão de um trabalho escritoComo redigir a introdução e a conclusão de um trabalho escrito
Como redigir a introdução e a conclusão de um trabalho escrito
 
Debate regrado
Debate regradoDebate regrado
Debate regrado
 
Podcast e a oralidade
Podcast e a oralidadePodcast e a oralidade
Podcast e a oralidade
 
Como fazer citação segunda ABNT
Como fazer citação segunda ABNTComo fazer citação segunda ABNT
Como fazer citação segunda ABNT
 
A entrevista
A entrevistaA entrevista
A entrevista
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
 
Chuvas Ácidas
Chuvas ÁcidasChuvas Ácidas
Chuvas Ácidas
 
Conto
ContoConto
Conto
 
Texto Argumentativo
Texto Argumentativo Texto Argumentativo
Texto Argumentativo
 
Como Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E ReferênciasComo Fazer Citações E Referências
Como Fazer Citações E Referências
 
Como problematizar o tema da pesquisa
Como problematizar o tema da pesquisaComo problematizar o tema da pesquisa
Como problematizar o tema da pesquisa
 
Produção de Texto
Produção de TextoProdução de Texto
Produção de Texto
 
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃOTCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
 
A reportagem
A reportagemA reportagem
A reportagem
 
Etapas da pesquisa científica
Etapas da pesquisa científicaEtapas da pesquisa científica
Etapas da pesquisa científica
 
Leitura e produção textual
Leitura e produção textualLeitura e produção textual
Leitura e produção textual
 
Descritores spaece - língua portuguesa
Descritores   spaece - língua portuguesaDescritores   spaece - língua portuguesa
Descritores spaece - língua portuguesa
 

Destaque

Como avaliar a cultura de segurança do paciente
Como avaliar a cultura de segurança do pacienteComo avaliar a cultura de segurança do paciente
Como avaliar a cultura de segurança do pacienteProqualis
 
Como colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntComo colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntitqturma201
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemploFelipe Pereira
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTRosineia Oliveira dos Santos
 
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdfAndré Moraes
 

Destaque (8)

Como avaliar a cultura de segurança do paciente
Como avaliar a cultura de segurança do pacienteComo avaliar a cultura de segurança do paciente
Como avaliar a cultura de segurança do paciente
 
Pesquisa Documental
Pesquisa DocumentalPesquisa Documental
Pesquisa Documental
 
Como colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntComo colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abnt
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemplo
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANO
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANOAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANO
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA 2º ANO
 
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
 
Atividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º anoAtividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º ano
 

Semelhante a Exemplos citações

Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)
Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)
Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)Maria Marlene Marcon
 
Un.10.2 8º ano Produção Textual.pdf
Un.10.2 8º ano Produção Textual.pdfUn.10.2 8º ano Produção Textual.pdf
Un.10.2 8º ano Produção Textual.pdfErica Viqueti
 
Como escrever bem business writing
Como escrever bem business writingComo escrever bem business writing
Como escrever bem business writingCíntia Lopes
 
Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...
Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...
Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...Alex Primo
 
Comportamento do consumidor3 ediqueli
Comportamento do consumidor3   ediqueliComportamento do consumidor3   ediqueli
Comportamento do consumidor3 ediqueliediqueli
 
Comportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor IIIComportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor IIIediqueli
 
Redação no enem 2013
Redação no enem 2013Redação no enem 2013
Redação no enem 2013Kleber Brito
 
Fatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos Costa
Fatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos CostaFatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos Costa
Fatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos CostaSabrina Dará
 
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacionalArtigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacionalLaís Bueno
 
PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...
PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...
PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...Azul Assessoria Acadêmica
 
2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...
2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...
2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...Azul Assessoria Acadêmica
 
4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...
4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...
4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...Azul Assessoria Acadêmica
 
1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...
1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...
1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...Azul Assessoria Acadêmica
 
9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...
9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...
9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...Azul Assessoria Acadêmica
 
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...Azul Assessoria Acadêmica
 
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...Azul Assessoria Acadêmica
 
“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...
“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...
“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...Azul Assessoria Acadêmica
 

Semelhante a Exemplos citações (20)

Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)
Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)
Exemploscitaes 110527082840-phpapp01 (1)
 
Un.10.2 8º ano Produção Textual.pdf
Un.10.2 8º ano Produção Textual.pdfUn.10.2 8º ano Produção Textual.pdf
Un.10.2 8º ano Produção Textual.pdf
 
Como escrever bem business writing
Como escrever bem business writingComo escrever bem business writing
Como escrever bem business writing
 
Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...
Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...
Interney blogs como micromídia digital: Elementos para o estudo do encadeamen...
 
Citação - Tipos de citação
Citação - Tipos de citaçãoCitação - Tipos de citação
Citação - Tipos de citação
 
Exercícios online (enunciados)
Exercícios online (enunciados)Exercícios online (enunciados)
Exercícios online (enunciados)
 
Comportamento do consumidor3 ediqueli
Comportamento do consumidor3   ediqueliComportamento do consumidor3   ediqueli
Comportamento do consumidor3 ediqueli
 
Comportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor IIIComportamento do consumidor III
Comportamento do consumidor III
 
Redação no enem 2013
Redação no enem 2013Redação no enem 2013
Redação no enem 2013
 
Resumo
ResumoResumo
Resumo
 
Fatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos Costa
Fatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos CostaFatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos Costa
Fatores de textualidade na produção textual - Daniela dos Santos Costa
 
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacionalArtigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
 
PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...
PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...
PROVA – ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL: COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESS...
 
2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...
2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...
2ª QUESTÃO “A comunicação se dá por meio das palavras faladas ou escritas, do...
 
4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...
4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...
4ª QUESTÃO “É importante perceber que todo comportamento é comunicação! Toda ...
 
1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...
1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...
1ª QUESTÃO “Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso do...
 
9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...
9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...
9ª QUESTÃO “A comunicação está presente no estádio de futebol, na Câmara dos ...
 
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
 
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
3ª QUESTÃO Para Matos (2009), “a palavra comunicação é originária do latim co...
 
“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...
“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...
“Para explorar os tipos de situação interativa criados pelo uso dos meios de ...
 

Mais de Maninho Walker

Mais de Maninho Walker (20)

Trabalhosacademicos
TrabalhosacademicosTrabalhosacademicos
Trabalhosacademicos
 
Est recepção
Est recepçãoEst recepção
Est recepção
 
Nova agenda
Nova agendaNova agenda
Nova agenda
 
Aula de expressão
Aula de expressãoAula de expressão
Aula de expressão
 
Apresentação expressão
Apresentação expressãoApresentação expressão
Apresentação expressão
 
Apresentação expressão
Apresentação expressãoApresentação expressão
Apresentação expressão
 
Aula de expressão
Aula de expressãoAula de expressão
Aula de expressão
 
Aula de expressão
Aula de expressãoAula de expressão
Aula de expressão
 
Aula de expressão
Aula de expressãoAula de expressão
Aula de expressão
 
Apresentação expressão
Apresentação expressãoApresentação expressão
Apresentação expressão
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Horizontal interacionista virtualização
Horizontal interacionista virtualizaçãoHorizontal interacionista virtualização
Horizontal interacionista virtualização
 
Estabilidade econômica
Estabilidade econômicaEstabilidade econômica
Estabilidade econômica
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Volta à democracia
Volta à democraciaVolta à democracia
Volta à democracia
 
As mediações na produção
As mediações na produçãoAs mediações na produção
As mediações na produção
 
Artigo fala do_heroi
Artigo fala do_heroiArtigo fala do_heroi
Artigo fala do_heroi
 
Pos modernidade envio
Pos modernidade envioPos modernidade envio
Pos modernidade envio
 
Janine salvaro: Tribalização
Janine salvaro: TribalizaçãoJanine salvaro: Tribalização
Janine salvaro: Tribalização
 

Último

Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Dirceu Resende
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORDRONDINELLYRAMOS1
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)Alessandro Almeida
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfRodolpho Concurde
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 

Último (7)

Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 

Exemplos citações

  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 12.
  • 13. Citação indireta: exemplo Como já destacado, Marcondes Filho (1989) tem uma visão crítica do modo de produção das notícias. Ele caracteriza três formas de falseamento ou encobrimento das notícias. São elas: o jogo com o texto noticioso, produzindo a fragmentação da realidade e a personificação dos processos sociais; o uso da linguagem técnica; e a política do destaque e da supressão de informações. Promove-se aqui algumas considerações sobre o que se denomina de padronização da linguagem jornalística, pinçando esses enfoques críticos de Marcondes Filho, tendo em vista sua relevância no contexto deste trabalho.
  • 14. Citação indireta: outro exemplo No entanto, a separação entre informação e opinião, entre o fato e o comentário, que os valores clássicos do jornalismo propõem, favorece a construção da idéia do jornalismo como espelho da realidade. Em sua opinião, o público não percebe, por exemplo, a relação existente entre jornalistas, acontecimentos e pessoas neles envolvidas, como também não repara na seleção e hierarquização dos elementos expostos nos enunciados jornalísticos, nem que a escolha de palavras ou termos nos discursos pressupõe, por si só, a existência de critérios e juízos de valor (SOUZA, 2002).
  • 15.