SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Olá!
O objetivo principal dessa postagem é tentar ajudar você internauta a realizar um
RESUMO com rapidez e certamente com eficiência objetivando assim a eficácia
no momento da nota

Leia atentamente e bom trabalho!

Se você foi beneficiado com esta postagem deixe-me um comentário a respeito,
desde já agradeço.

Att.

Professor Jazon Pereira

O RESUMO PASSO A PASSO
PASSO 1 – Ler atentamente o texto. Se possível, mais de uma vez.
PASSO 2 – Identificar o tópico frasal de cada parágrafo ou a sua ideia principal.
PASSO 3 – Certificar-se se o conteúdo do resumo atende às seguintes
necessidades:
a)

Ser um texto contínuo, sem enumeração de itens;

b)

Se o resumo apresenta:

O assunto do texto;
Seu autor (se houver);
Sua publicação (se houver);
O objetivo a que se propõe o texto;
Se as ideias retiradas do texto estão articuladas em orações e parágrafos;
Se o resumo apresenta as conclusões do autor;
Se o resumo foi redigido em linguagem objetiva, em 3ª pessoa do
singular (como se fosse uma notícia ou narrativa – apenas com verbos no
presente);
Se ele não apresenta a cópia de frases inteiras do texto original;
Se as ideias retiradas do texto original estão na mesma ordemno resumo;
Se o resumo não apresenta juízo valorativo e, finalmente,
Se o resumo é compreensível por si mesmo, dispensando a consulta ao texto
integral.
Lembre-se: O resumo conta o(s) fato(s) que consta(m) do texto original. A
resenha, conta e avalia a história contida no texto original.
Recursos a serem utilizados na elaboração do resumo:
1.

Orações ou conjunções conformativas: Segundo o autor, na opinião do

autor, de acordo com o texto, de acordo com o autor, na opinião de Fulano de
Tal; Segundo Fulano e Tal, De acordo com Fulano de Tal, No texto, No discurso
do autor, etc.
2. Verbos no presente ou no passado: O autor refere-se, o texto faz menção,
o autor atribui, o texto menciona, o autor dispõe, o texto apresenta, o
autorargumenta,

o

autor

expõe,

o

autor

define,

etc.

O

texto

apresentou,expressou; o autor argumentou, afirmou, refez a afirmação, reiterou,
etc. Essas locuções também são consideradas conformativas
3.

Orações reduzidas de particípio: feitos os esclarecimentos, o

autor;considerados os fatos, o texto; exposto o problema, o autor;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Aulão de redação -Resumo de redação
Aulão de redação -Resumo de redaçãoAulão de redação -Resumo de redação
Aulão de redação -Resumo de redação
 
O texto dissertativo argumentativo
O texto dissertativo argumentativoO texto dissertativo argumentativo
O texto dissertativo argumentativo
 
RESUMO
RESUMORESUMO
RESUMO
 
Oficina de Redação
Oficina de RedaçãoOficina de Redação
Oficina de Redação
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Estrutura+do+ensaio
Estrutura+do+ensaioEstrutura+do+ensaio
Estrutura+do+ensaio
 
Texto Argumentativo
Texto ArgumentativoTexto Argumentativo
Texto Argumentativo
 
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opiniãoDiferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
 
Exemplos de textos dissertativo argumentativos
Exemplos de textos dissertativo argumentativosExemplos de textos dissertativo argumentativos
Exemplos de textos dissertativo argumentativos
 
Resumo e Síntese
Resumo e SínteseResumo e Síntese
Resumo e Síntese
 
Modelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientificoModelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientifico
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
A redação aula 1
A redação   aula 1A redação   aula 1
A redação aula 1
 
Resenha.
Resenha.Resenha.
Resenha.
 
Roteiro de resumo de texto
Roteiro de resumo de textoRoteiro de resumo de texto
Roteiro de resumo de texto
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
 
Resumo - gênero textual
Resumo - gênero textualResumo - gênero textual
Resumo - gênero textual
 
Slide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientificoSlide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientifico
 
Modelos de síntese
Modelos de sínteseModelos de síntese
Modelos de síntese
 
Resumo, Resenha e Resenha Crítica
Resumo, Resenha e Resenha CríticaResumo, Resenha e Resenha Crítica
Resumo, Resenha e Resenha Crítica
 

Destaque

Dicas importantes para escrever resumo de trabalho
Dicas importantes para escrever resumo de trabalhoDicas importantes para escrever resumo de trabalho
Dicas importantes para escrever resumo de trabalhoCRIS TORRES
 
Resumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificas
Resumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificasResumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificas
Resumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificasCarlos Alberto Monteiro da Silva
 
Exemplo De Um Bom Resumo
Exemplo De Um Bom ResumoExemplo De Um Bom Resumo
Exemplo De Um Bom ResumoProfmaria
 
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)Joelson Honoratto
 
estudo do desenvolvimento humano
estudo do desenvolvimento humanoestudo do desenvolvimento humano
estudo do desenvolvimento humanoCRIS TORRES
 
PRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICO
PRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS  NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICOPRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS  NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICO
PRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICOgepoteriko
 
Resumo história da educação e da pedagogia
Resumo   história da educação e da pedagogiaResumo   história da educação e da pedagogia
Resumo história da educação e da pedagogiaJoyce Mourão
 
Resenha acadêmica
Resenha acadêmicaResenha acadêmica
Resenha acadêmicamegainfoin
 
Psicologia Do Desenvolvimento Humano Publicar Slides
Psicologia Do Desenvolvimento Humano   Publicar   SlidesPsicologia Do Desenvolvimento Humano   Publicar   Slides
Psicologia Do Desenvolvimento Humano Publicar Slidesguest2e3f5d
 
Modelo bioecológico do desenvolvimento de Bronfenbrenner
Modelo bioecológico do desenvolvimento de BronfenbrennerModelo bioecológico do desenvolvimento de Bronfenbrenner
Modelo bioecológico do desenvolvimento de BronfenbrennerThiago de Almeida
 
Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1
Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1
Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1psicologiaazambuja
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoruibraz
 
Desenvolvimento Humano
Desenvolvimento HumanoDesenvolvimento Humano
Desenvolvimento Humanoandressa bonn
 

Destaque (20)

Dicas importantes para escrever resumo de trabalho
Dicas importantes para escrever resumo de trabalhoDicas importantes para escrever resumo de trabalho
Dicas importantes para escrever resumo de trabalho
 
Normas Para O Resumo Simples
Normas Para O Resumo SimplesNormas Para O Resumo Simples
Normas Para O Resumo Simples
 
Resumo acadêmico
Resumo acadêmicoResumo acadêmico
Resumo acadêmico
 
Resumo normas abnt
Resumo normas abntResumo normas abnt
Resumo normas abnt
 
Resumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificas
Resumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificasResumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificas
Resumo-critico-detalhado-a-estrutura-das-revolucoes-cientificas
 
Modelo do resumo
Modelo do resumoModelo do resumo
Modelo do resumo
 
Exemplo De Um Bom Resumo
Exemplo De Um Bom ResumoExemplo De Um Bom Resumo
Exemplo De Um Bom Resumo
 
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
Estudo sobre o desenvolvimento humano (parte I)
 
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento humanoDesenvolvimento humano
Desenvolvimento humano
 
O estudo do desenvolvimento humano
O estudo do desenvolvimento humanoO estudo do desenvolvimento humano
O estudo do desenvolvimento humano
 
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento humanoDesenvolvimento humano
Desenvolvimento humano
 
estudo do desenvolvimento humano
estudo do desenvolvimento humanoestudo do desenvolvimento humano
estudo do desenvolvimento humano
 
PRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICO
PRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS  NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICOPRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS  NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICO
PRODUÇÃO DE SÍNTESES, RESUMOS E RESENHAS NO CONTEXTO ESCOLAR E ACADÊMICO
 
Resumo história da educação e da pedagogia
Resumo   história da educação e da pedagogiaResumo   história da educação e da pedagogia
Resumo história da educação e da pedagogia
 
Resenha acadêmica
Resenha acadêmicaResenha acadêmica
Resenha acadêmica
 
Psicologia Do Desenvolvimento Humano Publicar Slides
Psicologia Do Desenvolvimento Humano   Publicar   SlidesPsicologia Do Desenvolvimento Humano   Publicar   Slides
Psicologia Do Desenvolvimento Humano Publicar Slides
 
Modelo bioecológico do desenvolvimento de Bronfenbrenner
Modelo bioecológico do desenvolvimento de BronfenbrennerModelo bioecológico do desenvolvimento de Bronfenbrenner
Modelo bioecológico do desenvolvimento de Bronfenbrenner
 
Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1
Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1
Módulo 2 – o desenvolvimento humano 1
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimento
 
Desenvolvimento Humano
Desenvolvimento HumanoDesenvolvimento Humano
Desenvolvimento Humano
 

Semelhante a Como fazer um resumo (passo a passo)

Agente Penitenciário - Aula 1 Interpretação e Redação
Agente Penitenciário - Aula 1   Interpretação e RedaçãoAgente Penitenciário - Aula 1   Interpretação e Redação
Agente Penitenciário - Aula 1 Interpretação e RedaçãoProfFernandaBraga
 
Análise textual
Análise textualAnálise textual
Análise textuallittlevic4
 
Metas curriculares de português. 5º 6ºdocx
Metas curriculares de português. 5º 6ºdocxMetas curriculares de português. 5º 6ºdocx
Metas curriculares de português. 5º 6ºdocxAna Arminda Moreira
 
Resumo do que estudar para o cesp
Resumo do que estudar para o cespResumo do que estudar para o cesp
Resumo do que estudar para o cespMg Informaticarj
 
Leitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagemLeitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagemFaell Vasconcelos
 
1ª série E. M. - Interpretação de Texto
1ª série E. M. - Interpretação de Texto1ª série E. M. - Interpretação de Texto
1ª série E. M. - Interpretação de TextoAngélica Manenti
 
Apostila para Concurso Nível Fundamental
Apostila para Concurso Nível Fundamental Apostila para Concurso Nível Fundamental
Apostila para Concurso Nível Fundamental Luiz Avelar
 
Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)
Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)
Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)efaesan
 
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃOTipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO Sônia Maciel Alves
 
Aula tipos de textos
Aula tipos de textosAula tipos de textos
Aula tipos de textosRomario Dias
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoBE/CRE
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoBE/CRE
 
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de TextoAngélica Manenti
 

Semelhante a Como fazer um resumo (passo a passo) (20)

Como fazer resumo síntese
Como fazer resumo sínteseComo fazer resumo síntese
Como fazer resumo síntese
 
Agente Penitenciário - Aula 1 Interpretação e Redação
Agente Penitenciário - Aula 1   Interpretação e RedaçãoAgente Penitenciário - Aula 1   Interpretação e Redação
Agente Penitenciário - Aula 1 Interpretação e Redação
 
Análise textual
Análise textualAnálise textual
Análise textual
 
Metas curriculares de português. 5º 6ºdocx
Metas curriculares de português. 5º 6ºdocxMetas curriculares de português. 5º 6ºdocx
Metas curriculares de português. 5º 6ºdocx
 
Resumo4
Resumo4Resumo4
Resumo4
 
Elaboração e Organização Técnica de Um Texto
Elaboração e Organização Técnica de Um TextoElaboração e Organização Técnica de Um Texto
Elaboração e Organização Técnica de Um Texto
 
01 lingua portuguesa
01 lingua portuguesa01 lingua portuguesa
01 lingua portuguesa
 
Resumo do que estudar para o cesp
Resumo do que estudar para o cespResumo do que estudar para o cesp
Resumo do que estudar para o cesp
 
Como elaborar um resumo
Como elaborar um resumoComo elaborar um resumo
Como elaborar um resumo
 
Leitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagemLeitura e análise da linguagem
Leitura e análise da linguagem
 
1ª série E. M. - Interpretação de Texto
1ª série E. M. - Interpretação de Texto1ª série E. M. - Interpretação de Texto
1ª série E. M. - Interpretação de Texto
 
Apostila para Concurso Nível Fundamental
Apostila para Concurso Nível Fundamental Apostila para Concurso Nível Fundamental
Apostila para Concurso Nível Fundamental
 
Resumo eliete
Resumo   elieteResumo   eliete
Resumo eliete
 
Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)
Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)
Resumo e Síntese, Mónica Almeida (CLC)
 
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃOTipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
Tipologia textual: DESCRIÇÃO, NARRAÇÃO, DISSERTAÇÃO
 
Aula tipos de textos
Aula tipos de textosAula tipos de textos
Aula tipos de textos
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um Resumo
 
Como Fazer Um Resumo
Como Fazer Um ResumoComo Fazer Um Resumo
Como Fazer Um Resumo
 
dicas_para_leitura_textos.ppt
dicas_para_leitura_textos.pptdicas_para_leitura_textos.ppt
dicas_para_leitura_textos.ppt
 
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
9º ano E. F. II - Interpretação de Texto
 

Mais de Jazon Pereira

O GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana Rippel
O GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana RippelO GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana Rippel
O GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana RippelJazon Pereira
 
Por que o professor nunca será substituído pela tecnologia
Por que o professor nunca será substituído pela tecnologiaPor que o professor nunca será substituído pela tecnologia
Por que o professor nunca será substituído pela tecnologiaJazon Pereira
 
Contabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadoresContabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadoresJazon Pereira
 
A arte da guerra JHONATHAN FERNANDO
A arte da guerra JHONATHAN FERNANDOA arte da guerra JHONATHAN FERNANDO
A arte da guerra JHONATHAN FERNANDOJazon Pereira
 
Trabalho gestão de pessoas mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas   mayara crozettaTrabalho gestão de pessoas   mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas mayara crozettaJazon Pereira
 
Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013Jazon Pereira
 
Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013Jazon Pereira
 
Trabalho gestão de pessoas i 4º adm CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANN
Trabalho gestão de pessoas i 4º adm  CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANNTrabalho gestão de pessoas i 4º adm  CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANN
Trabalho gestão de pessoas i 4º adm CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANNJazon Pereira
 
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASRECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASJazon Pereira
 
Gestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI, JOICE CRISTINA KUNZLER
Gestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI,  JOICE CRISTINA KUNZLERGestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI,  JOICE CRISTINA KUNZLER
Gestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI, JOICE CRISTINA KUNZLERJazon Pereira
 
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASRECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASJazon Pereira
 
Trabalho arte da guerra
Trabalho   arte da guerraTrabalho   arte da guerra
Trabalho arte da guerraJazon Pereira
 
Resumo estratégias empresariais
Resumo estratégias empresariaisResumo estratégias empresariais
Resumo estratégias empresariaisJazon Pereira
 
Passo a passo da resenha crítica
Passo a passo da resenha críticaPasso a passo da resenha crítica
Passo a passo da resenha críticaJazon Pereira
 
Resumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminski
Resumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminskiResumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminski
Resumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminskiJazon Pereira
 
TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...
TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...
TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...Jazon Pereira
 
COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...
COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...
COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...Jazon Pereira
 
Teoria geral da adm trab.
Teoria geral da adm   trab.Teoria geral da adm   trab.
Teoria geral da adm trab.Jazon Pereira
 

Mais de Jazon Pereira (20)

O GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana Rippel
O GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana RippelO GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana Rippel
O GERENTE DE PROJETO PREGUIÇOSO ACADÊMICA: Veridiana Rippel
 
Por que o professor nunca será substituído pela tecnologia
Por que o professor nunca será substituído pela tecnologiaPor que o professor nunca será substituído pela tecnologia
Por que o professor nunca será substituído pela tecnologia
 
Contabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadoresContabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadores
 
A arte da guerra JHONATHAN FERNANDO
A arte da guerra JHONATHAN FERNANDOA arte da guerra JHONATHAN FERNANDO
A arte da guerra JHONATHAN FERNANDO
 
Trabalho gestão de pessoas mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas   mayara crozettaTrabalho gestão de pessoas   mayara crozetta
Trabalho gestão de pessoas mayara crozetta
 
Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013
 
Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013Avaliação tga 2 2013
Avaliação tga 2 2013
 
Trabalho gestão de pessoas i 4º adm CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANN
Trabalho gestão de pessoas i 4º adm  CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANNTrabalho gestão de pessoas i 4º adm  CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANN
Trabalho gestão de pessoas i 4º adm CRISLEY DE OLIVEIRA MACARIO MOISES DILLMANN
 
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASRECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
 
Gestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI, JOICE CRISTINA KUNZLER
Gestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI,  JOICE CRISTINA KUNZLERGestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI,  JOICE CRISTINA KUNZLER
Gestão de Pesoas mercado de trabalho CAROLINE LONGHI, JOICE CRISTINA KUNZLER
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
 
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASRECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
 
Trabalho arte da guerra
Trabalho   arte da guerraTrabalho   arte da guerra
Trabalho arte da guerra
 
Resumo estratégias empresariais
Resumo estratégias empresariaisResumo estratégias empresariais
Resumo estratégias empresariais
 
Passo a passo da resenha crítica
Passo a passo da resenha críticaPasso a passo da resenha crítica
Passo a passo da resenha crítica
 
Resumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminski
Resumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminskiResumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminski
Resumo do filme um sonho de liberdade.Roger kaminski
 
TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...
TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...
TEORIA GERAL DA AMINISTRAÇÃO (TGA) ANACLÉIA SOUSA ELIZIANE AIMONE JUCICLÉIA S...
 
COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...
COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...
COOPERATIVISMO JESSICA NAIARA A. DE SOUZA, KALIANE AMANDA OTTONI, TAMIRES CAR...
 
Tga
TgaTga
Tga
 
Teoria geral da adm trab.
Teoria geral da adm   trab.Teoria geral da adm   trab.
Teoria geral da adm trab.
 

Último

Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 

Último (20)

Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 

Como fazer um resumo (passo a passo)

  • 1. Olá! O objetivo principal dessa postagem é tentar ajudar você internauta a realizar um RESUMO com rapidez e certamente com eficiência objetivando assim a eficácia no momento da nota Leia atentamente e bom trabalho! Se você foi beneficiado com esta postagem deixe-me um comentário a respeito, desde já agradeço. Att. Professor Jazon Pereira O RESUMO PASSO A PASSO PASSO 1 – Ler atentamente o texto. Se possível, mais de uma vez. PASSO 2 – Identificar o tópico frasal de cada parágrafo ou a sua ideia principal. PASSO 3 – Certificar-se se o conteúdo do resumo atende às seguintes necessidades: a) Ser um texto contínuo, sem enumeração de itens; b) Se o resumo apresenta: O assunto do texto; Seu autor (se houver); Sua publicação (se houver); O objetivo a que se propõe o texto; Se as ideias retiradas do texto estão articuladas em orações e parágrafos; Se o resumo apresenta as conclusões do autor; Se o resumo foi redigido em linguagem objetiva, em 3ª pessoa do singular (como se fosse uma notícia ou narrativa – apenas com verbos no presente); Se ele não apresenta a cópia de frases inteiras do texto original; Se as ideias retiradas do texto original estão na mesma ordemno resumo; Se o resumo não apresenta juízo valorativo e, finalmente,
  • 2. Se o resumo é compreensível por si mesmo, dispensando a consulta ao texto integral. Lembre-se: O resumo conta o(s) fato(s) que consta(m) do texto original. A resenha, conta e avalia a história contida no texto original. Recursos a serem utilizados na elaboração do resumo: 1. Orações ou conjunções conformativas: Segundo o autor, na opinião do autor, de acordo com o texto, de acordo com o autor, na opinião de Fulano de Tal; Segundo Fulano e Tal, De acordo com Fulano de Tal, No texto, No discurso do autor, etc. 2. Verbos no presente ou no passado: O autor refere-se, o texto faz menção, o autor atribui, o texto menciona, o autor dispõe, o texto apresenta, o autorargumenta, o autor expõe, o autor define, etc. O texto apresentou,expressou; o autor argumentou, afirmou, refez a afirmação, reiterou, etc. Essas locuções também são consideradas conformativas 3. Orações reduzidas de particípio: feitos os esclarecimentos, o autor;considerados os fatos, o texto; exposto o problema, o autor;