MMBB
Fundação: 1991 em São Paulo
Arquitetos: Fernando de Mello Franco, Marta Moreira e Milton Braga, arquitetos
graduados ...
Parcerias
• A associação com empresas de engenharia consultiva levou ao
desenvolvimento de projetos de infraestrutura urba...
Habitasampa
Projeto
Conjunto Habitacional Assembléia
Local
São Paulo – SP
Ano do projeto
2004
Área do terreno
2.346 m2
Áre...
HabitaSampa
• Próximo das Avenidas Brigadeiro Luís Antônio e Liberdade,
Rua Maria Paula, Praça Dr. João Mendes, está inser...
A área onde foi construído, fica localizado atrás
de um espaço em “L”, sendo a sua construção na
parte mais longa e larga,...
• O rampa é uma das propostas que faz uma relação
espacial com a cidade. Ela suaviza um desnível de 7,75
m e torna agradáv...
• São catorze (14) pavimentos, sendo um(1)
subsolo, um (1) pavimento térreo e doze (12)
pavimentos abrigando as unidades h...
Habitação em Vallecas, Madrid 2002
•
• O projeto faz parte de um grande empreendimento urbanístico promovido pelo
Ministér...
Bibliografia:
• http://www.mmbb.com.br/projects/details/44/4
• http://www.andrademorettin.com.br/projetos/co
njunto-habita...
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Habita sampa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Habita sampa

760 visualizações

Publicada em

Enjoy

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Habita sampa

  1. 1. MMBB Fundação: 1991 em São Paulo Arquitetos: Fernando de Mello Franco, Marta Moreira e Milton Braga, arquitetos graduados pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP) entre 1986 e 1987. A partir de 2013, Fernando de Mello Franco se licenciou das atividades e responsabilidades do escritório para assumir a função de Secretário de Desenvolvimento Urbano da cidade de São Paulo. O MMBB é uma empresa versátil, trabalha em uma ampla gama de escalas, escopos e contextos, destacam-se os projetos de edifícios institucionais, de equipamentos sociais e de infraestrutura urbana, frutos do foco do trabalho que procura valorizar a dimensão pública intrínseca à arquitetura e ao urbanismo, com o objetivo de contribuir para a construção da urbanidade nas cidades onde atua. O livro “o concurso de Brasília: sete projetos para uma capital”, premiado com o segundo lugar no 53º Prêmio Jabuti na categoria Arquitetura e Urbanismo (2011) e o primeiro prêmio “ex aequo” na categoria livro da VIII Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo, em Cádiz (2012).
  2. 2. Parcerias • A associação com empresas de engenharia consultiva levou ao desenvolvimento de projetos de infraestrutura urbana tais como corredores e terminais de ônibus, monotrilhos, garagens subterrâneas e edifícios garagem, praças de pedágio, passarelas, entre outros. • A parceria com o Arquiteto Paulo Mendes da Rocha, por sua vez, oferece a oportunidade de desenvolvimento de projetos de grande porte para órgãos institucionais e de governo, destinados para atividades culturais, educacionais, representativas e de serviços. • A postura reflexiva e crítica em sua atuação faz com que as atividades do MMBB ampliem-se para o âmbito cultural e acadêmico, na participação e organização de seminários, eventos culturais e exposições, assim como na docência e na pesquisa universitária.
  3. 3. Habitasampa Projeto Conjunto Habitacional Assembléia Local São Paulo – SP Ano do projeto 2004 Área do terreno 2.346 m2 Área construída 12.750 m2 Equipe Andrade Morettin Arquitetos Colaboradores Renata Azevedo, Thiago Natal Duarte e Marina Mermelstein Programação visual Renata Domingos Maquete eletrônica Visualize Arquitetura Digital Premiação 6° Bienal Internacional de São Paulo - Projeto selecionado para exposição Concurso Nacional de Habitação para Locação Social – HabitaSampa - 1º Prêmio
  4. 4. HabitaSampa • Próximo das Avenidas Brigadeiro Luís Antônio e Liberdade, Rua Maria Paula, Praça Dr. João Mendes, está inserido em área classificada no Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo como ZEIS 3 (Zona Especial de Interesse Social) e se encontra próximo à Igreja de São Gonçalo, tombada pelo COMPRESP / CONDEPHAAT. • Próximo, também, a praça da sé, metrô da sé e liberdade, estabelecimentos comerciais, institucionais e parques. Essa proximidade física desses centros, incentivou os projetos a serem criados pensando em uma permeabilidade urbana, fazendo uma integração do espaço privado ao público, e criando áreas de transição entre essas duas instâncias espaciais.
  5. 5. A área onde foi construído, fica localizado atrás de um espaço em “L”, sendo a sua construção na parte mais longa e larga, tendo também uma rampa que vence o desnível de 7,75 m que proporciona fluidez e uso coletivo da quadra. Segundo os autores, o projeto acompanha o gabarito das edificações vizinhas, que se encontram transversais ao vale áreas essas que se encontram em níveis diferentes.
  6. 6. • O rampa é uma das propostas que faz uma relação espacial com a cidade. Ela suaviza um desnível de 7,75 m e torna agradável a vista da Av. 23 de maio e demarca bem pela sua largura a ligação entre a Av. 23 de maio, Rua Dr. Rodrigo Silva e o acesso a Pç. Dr. João Mendes, além de ter sido proposta para estar sobre o estacionamento também proposto. • O projeto propõem espaços adjacentes verdes, com agradável ambiência e caracteriza-se um projeto integrado a cidade numa relação simbiótica, segundo os autores e não um projeto independente.
  7. 7. • São catorze (14) pavimentos, sendo um(1) subsolo, um (1) pavimento térreo e doze (12) pavimentos abrigando as unidades habitacionais. Há cerca de treze (13) unidades por andar, de diferentes dimensões, nove (9) com 42,14 m² e quatro (4) com 30,16m². Os autores propõem no pavimento tipo, diferentes layouts, para a ocupação de um mesmo tipo de unidade. Há também em cada andar tipo uma área de lazer de uso coletivo para os moradores com cerca de 90 m², descontando-se elevadores e escadas.
  8. 8. Habitação em Vallecas, Madrid 2002 • • O projeto faz parte de um grande empreendimento urbanístico promovido pelo Ministério do Fomento à Habitação espanhol, e é administrado pela Empresa Municipal de Viviendas de Madri, companhia pública municipal responsável pela construção de habitações populares. O “Ensanche Vallecas” (expansão do bairro de Vallecas, antigo pueblo incorporado ao município de Madri) prevê a construção de milhares de unidades habitacionais nessa área, em sintonia com a expansão das linhas de transporte público, notadamente o metrô. • Vários lotes foram contratados por concursos e alguns por contratação direta, envolvendo escritórios locais que, por livre escolha, podem convidar arquitetos estrangeiros para desenvolver projetos em parceria. Promove-se assim um lado interessante da questão habitacional, ao favorecer a troca cultural e intelectual dissociada dos interesses de mercado. Quem fez o convite, neste caso, foi o arquiteto espanhol Javier Bellosillo. • O programa, baseado na longa experiência da EMV na promoção da habitação social e nas estritas normas de projeto decorrentes, previu na parcela a ser projetada a construção de 56 unidades habitacionais em três tipologias: 60m2 para dois dormitórios, 75 para três e 90m2 para quatro dormitório
  9. 9. Bibliografia: • http://www.mmbb.com.br/projects/details/44/4 • http://www.andrademorettin.com.br/projetos/co njunto-habitacional-assembleia/ • http://projedata.grupoprojetar.ufrn.br/dspace/bi tstream/123456789/1543/1/%23491.pdf • SÃO PAULO (cidade) [a]. Concurso Habita Sampa para projetos de • habitação de interesse social na área central de São Paulo. 2004. • COHAB/SEHAB, 2004.

×