O uso das cores na arquitetura.

12.778 visualizações

Publicada em

A cor como linguagem tem, em primeiro lugar, a capacidade de liberar as reservas da imaginação criativa do homem. Ela consegue marcar, organizar e facilitar a leitura de um ambiente, e ajuda a criar uma memória visual. Confira o uso das cores na arquitetura nessa apresentação feita pelas arquitetas Marília e Anna Carla.

Publicada em: Design
0 comentários
18 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.778
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
284
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
432
Comentários
0
Gostaram
18
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O uso das cores na arquitetura.

  1. 1. O uso das coresna arquitetura. Anna Carla Rocha Marília Luccas Bonomi
  2. 2. O uso das cores na arquitetura. O estudo da cor como linguagem pode estar relacionada diretamente com acomunicação visual, mas também está apoiada nos estudos científicos como: da Fisiologia, psicologia, sociologia, semiótica e das artes. Seu potencial tem, em primeiro lugar, a capacidade de liberar as reservas da imaginação criativa do homem.A cor possui uma característica de marcar, de organizar e facilitar a leitura de um ambiente, e ajuda a criar uma memória visual. Na arquitetura, a diversidade e mistura de cores nas fachadas não chega a ser exatamente uma novidade. Um exemplo é o bairro Pelourinho, em Salvador (BA), fundado em 1549. Seu conjunto arquitetônico colonial barroco português começou a ser revitalizado a partir dos anos 80, e passou novamente a exibir seu colorido.
  3. 3. O uso das cores na arquitetura. Outro exemplo interessante do uso das cores é este projeto em Londres, comrestaurantes, lojas, escritórios e residências. A inserção na malha urbana foi feita de forma ousada, mas muito inteligente. O contraste das fachadas coloridas dos prédios com o clássico cinza londrino trouxe charme e alegria para o complexo.
  4. 4. O uso das cores na arquitetura. Outro exemplo é este conjunto de lofts no Chile, chamado Lofts Yungay 2, que tinha como desafio ser inserido em uma área histórica, onde as contruções são pequenas e coloridas.
  5. 5. O uso das cores na arquitetura. Reforma Hotel Saguaro, Palm Springs – Califórnia Stamberg Aferiat Arquitetura Reforma do antigo HotelHoliday Inn com características daestética dos anos 70, com uso detons neutros e tons de verdeescuro, o deixava com ar triste esombrio. Com a renovação, o novoHotel Saguaro Palm Springs agorapossui um ar descontraído e ANTEScontemporâneo, usando umacartela de 14 cores retiradaspaisagem, das flores silvestresnativas da região. Foi reinauguradoem 2011. Os autores do projeto seinspiraram na arquitetura coloridado mexicano Luis Barragán. DEPOIS
  6. 6. O uso das cores na arquitetura. ANTES
  7. 7. O uso das cores na arquitetura. DEPOIS
  8. 8. O uso das cores na arquitetura.
  9. 9. O uso das cores na arquitetura. Conceito Shikiri, de Emmanuelle Moureaux.SHIKIRI Vocábulo japonês que significa: divisão, linhadivisória, limites, compartimento; cf. dicionário inglês-japonês; refere-se às divisóriasutilizadas no interior das casas na tradicional arquitetura japonesa; A linha divisóriatraçada no tatame de sumô. Shikiri é um termo que significa, literalmente, dividindo espaço comcores, que Emmanuelle Moureaux usa como inspiração para criar espaçosflexíveis, baseados nas tradicionais telas deslizantes japonesas. Com essemétodo, ela, utiliza cores não apenas como algo que é aplicado sobre as superfícies dosmateriais, mas como uma divisão, funcional flexível do espaço e parte dos itenstridimensionais. Eles são freqüentemente usados ​como forma para criar semi-espaçoprivado, ou um canto para ajudar as pessoas conduzidas a uma determinada área. Comouma forma de trazer à tona a essência das antigas, tradicionais criações japonesas etransformá-los em algo moderno e prático, que ainda pode ser usado hoje.http://www.emmanuelle.jp
  10. 10. O uso das cores na arquitetura. Sugamo Shinkin Bank Niiza Branch Niiza, Saitama – 2009 Este projeto procurou criar umanova formatação para instituiçõesfinanceiras, com um novo olhar, maiscontemporâneo. Para sua nova filial, 43ªunidade construída, foi repensado eredesenhados não só o interior, mastambém a imagem e a marca do Sugamo.Nesse trabalho foi incluído uma novaformatação para as fachada, o gráficos dologotipo, sinalização, folhetos uma novacomunicação visual. Outro ponto forte desse projetofoi a incorporação de pátios nesse tipo deedificações, banco, e os seu ambientesfuncionais acontecendo envolta desseespaços, esse conceito foi repassado paraoutras 2 agencias projetadas por ela paraessa instituição.
  11. 11. O uso das cores na arquitetura.
  12. 12. O uso das cores na arquitetura.
  13. 13. O uso das cores na arquitetura. Tokiwadai Branch Tokiwadai, Tokyo - 2010 Em torno de "folha" A fachada do edifício apresenta silhuetas de árvores, na porta de entrada, euma variedade de 14 cores janelas dispostas em um padrão rítmico que transformarama fachada de uma comum composição de janelas justapostas em um novo padrão ondeo realce da profundidade das janelas foi dado pela utilização de cores diferente.
  14. 14. O uso das cores na arquitetura. Caixas eletrônicos e os caixas estão localizados no primeiro andar junto com 3pátios e um espaço aberto, o que confere ao projeto a presença da iluminação natural.O segundo andar está a seção de empréstimos, salas de recepção, escritórios e 4pátios, enquanto o terceiro andar é reservado para as instalações de uso pessoal. Graçasos 7 pátios a luz pode chegar a cada um destes espaços.
  15. 15. O uso das cores na arquitetura.
  16. 16. O uso das cores na arquitetura. Shimura Branch Shimura, Tokyo – 2011 “Arco-íris em mille-feuille” Uma pilha de arco-íris de 12camadas de cores, espreita para fora dafachada para receber os visitantes. Aoentrar no prédio, vê se três clarabóiaselípticas para incorporar a iluminaçãonatural para o interior, resultando numefeito de uma luz suave que passa portodos os 3 pavimentos do edifício. Foi o pedido pelo banco queno projeto estivesse vinculado com seuslogan, " nossa felicidade é fazer vocêfeliz", e também que sua ambiênciasfosse diferente que a de um bancotradicional. O projeto foi feito pelaarquiteta francesa EmmanuelleMoureaux, residente há muitos anos noJapão e especialista na técnica Shikiri.
  17. 17. O uso das cores na arquitetura.
  18. 18. Sendai - Luz Natural
  19. 19. Sendai - Luz Natural
  20. 20. Arquiteto Fernando Peixoto
  21. 21. Estudo cromático feito pela KOZ Architects - centro de juventude em Saint-Cloud, França
  22. 22. Estudo cromático feito pela KOZ Architects - centro de juventude em Saint-Cloud, França
  23. 23. KOZ Architects
  24. 24. KOZ Architects
  25. 25. KOZ Architectshttp://www.koz.fr/indexhibit/
  26. 26. OBRIGADA

×