SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
MERCHANDISING E
BRANDED CONTENT
Lígia Beatriz Carvalho Almeida
lalmeida@usc.br
MARCAS NA
TV
Inversão de valores
 Os concessionários obtêm permissão para explorar
um serviço público de televisão. O produto que eles
devem oferecer ao público é constituído por
informações, cultura e entretenimento. No entanto,
ao invés de subsidiar financeiramente a produção
dos programas, o merchandising torna-se o produto
ofertado.
Merchandising: conceito
 Técnica publicitária que consiste na participação
mercadológica do produto, ou serviço, em cenas na
televisão para causar a identificação do telespectador.
 O merchandising eletrônico é uma transposição da
técnica para a mídia eletrônica em que se utiliza o
carisma de um ator ou personagem para construir o
brand awareness, influenciando a opinião do consumidor
a respeito de determinado produto.
Conceitos
 O produto tem seu valor agregado pela empatia com os
personagens que o manipulam e pelo efeito de real
provocado pelo desenrolar da trama.
 Segundo Roberto Corrêa, a marca passaria a “fazer parte
integrante do programa de televisão, [...] demonstrando o
seu desempenho dentro do contexto das cenas” (2004,
p.70).
 Observa-se que o merchandising comercial utilizado
coerentemente é uma forma de propaganda indireta, em
que o produto publicitário é inserido em um contexto
maior, como no caso da novela, simulando pertencer
“naturalmente” ao cenário.
Marketing de interrupção
 Para Almeida (2010), o merchandising “é
enxertado artificialmente nas cenas, sem
nenhuma conexão com as tramas e faz com
que o telespectador seja retirado da narrativa
ficcional identificando seu uso como
propaganda”, o que se configura como uma
contradição interna. Dessa forma, provoca a
antipatia do consumidor que o identifica como
marketing de interrupção.
Para a Globo
De acordo com o Manual de Formatos Comerciais da Globo:
 “formatos de caracterização de patrocínio”: marca do anunciante
aparece sobre a imagem que está sendo exibida (por exemplo, nas
partidas de futebol), e os
 “produtos e formatos diferenciados”: programa no qual inclui o
merchandising.
A definição do merchandising para a Globo é a “inserção de produtos,
marcas, promoções, serviços ou conceitos, da forma mais natural
possível, dentro dos programas da Globo”.
SEGRE, Lia. Jornal Nacional estreia quadro com merchandising.
Disponível em http://www.direitoacomunicacao.org.br/content.php?
option=com_content&task=view&id=7067
Ações de merchandising em
"Passione" custam cerca de R$ 950
mil

Mesmo com audiência inferior às suas antecessoras, “Passione” continua
rendendo altas cifras para a TV Globo. De acordo com o jornal Folha de S.
Paulo, na tabela, cada ação de merchandising da novela custa cerca de R$
950 mil, bem mais que um tradicional comercial de 30 segundos, que sai por
cerca de R$ 450 mil.
 As ações de merchandising inseridas em meio às cenas registram mais
audiência que a das campanhas publicitárias nos intervalos comerciais.
 Além da emissora, no merchan, o autor e o ator envolvido na ação também
ganham um percentual.
 A estimativa é de que os anunciantes paguem cerca de 15% do valor total da
ação ao ator, que irá interagir com o produto, e ao autor, que irá escrever o texto
da cena.
 Com cerca de cem capítulos já exibidos, “Passione” acumula 11 contratos de
merchans, que variam seus valores de acordo com o conteúdo, formato,
duração e frequência. Devido a isso, existem ações que custam menos que
R$ 950 mil e outras que chegam a superar R$ 1 milhão.
MIDIA DADOS. Ações de merchandising em "Passione" custam cerca de R$ 950 mil. Disponível em
<http://www.midiadados.com.br/2010/09/acoes-de-merchandising-em-passione-custam-cerca-de-r-950-
mil>. Acesso em 01 nov. 2010.
Merchandising na tevê, uma
estratégia sob suspeita
 Reportagem de Adriana Mattos do Valor Econômico: “crescimento
destas ações é exponencial. A Fazenda, da Record teve 29
aparições de marca em 2008, 39 no ano passado e há estimativa de
quase 70 este ano”.
 "Passione", da Globo, entre maio e outubro de 2010, as exposições
de marcas ou produtos chegaram a 126.
 As televisões ao que parece descobriram um filão daqueles.
BUENO, Wilson da Costa. Merchandising na tevê, uma estratégia
sob suspeita. Portal Imprensa, 29 out. 2010. Disponível em
<http://portalimprensa.uol.com.br/colunistas/
colunas/2010/10/29/imprensa786.shtml>. Acesso em 01 nov. 2010.
O poder do merchandising
nas novelas
Da onde vem este dinheiro?
 Boa parte do seu bolso. Exatamente naquela hora que você
compra ou adquire aquele produto ou serviço do seu
personagem preferido.
TAVARES, Marcus. O poder do merchandising nas novelas.
Disponível em <http://www.revistapontocom.org.br/pensando-
junto/o-poder-do-merchandising-nas-novelas>. Acesso em 01 nov.
2010.
Segredo de Gerson não é algo ilegal
por causa do patrocínio da novela
 É nula a probabilidade de Gerson guardar um segredo que horrorize a
audiência. Não se trata de moralidade dos autores e criticos das novelas
brasileiras. Quem definiu o destino do personagem foi um acordo
comercial.
 Segundo informação divulgada pela “Folha de S. Paulo” há algumas semanas,
o que Gerson faz de tão misterioso no computador “não é algo ilegal, é
tratável e é algo do cotidiano”. Ele terminará “Passione” como um vencedor.
Tudo isso foi garantido pela Globo à Goodyear, que patrocina o personagem.
 “Não teria como a Goodyear ajudar em algo ilegal. A única ação nesse caso
seria tirarmos o patrocínio, mas isso [aparecer assim na trama] não teria
sentido para nós. Sabemos que é tratável e que é uma coisa do cotidiano”,
declarou Rui Moreira, diretor de marketing da empresa, ao jornal. “A gente
tem um acordo com a Globo de que não pode ser nada negativo para a
marca, que não é relacionado a crime e é algo que tem tratamento.”
 Isso tirou a liberdade de Silvio de Abreu e limitou o mistério da trama. Até que
ponto o crescimento dos merchandisings vai comprometer as novelas?
ROCHA, Ale. Segredo de Gerson não é algo ilegal por causa do
patrocínio da novela. Disponível em
http://www.correiodoestado.com.br/noticias/segredo-de-gerson-nao-e-algo-
ilegal-por-causa-do-patrocinio_82398/. Acesso em 01 nov. 2010.
"BBB 11" vai faturar meio
bilhão de reais
 Além da venda de menos de 20 cotas tipo "premium" de patrocínio, o próximo
"BBB", que estreia em janeiro na Globo, deverá faturar algo entre R$ 450 e R$
500 milhões durante seus três meses de duração.
 A Globo mais uma vez vai vender não só cotas, mas espaço dentro da
casa dos confinados, seja sob a forma de merchandising passivo (um
detergente X que é usado pelos BBB’s, até o mais agressivo) como o
modelo dos carros e produtos sorteados entre os participantes durante
as competições.
 Esse dinheiro, é importante lembrar, não vai ficar inteirinho com a Globo, não.
A emissora é obrigada a dar uma porcentagem até hoje não divulgada à
proprietária do direito do formato e marca do reality, a empresa holandesa
Endemol. Nesse montante de meio bilhão de reais não está incluída
assinaturas de pay-per-view ou internet.
 Rumor jamais confirmado pela emissora ou jornalista, diz a lenda que só
Pedro Bial receberia quase R$ 2 milhões por seus três meses de "BBB".
FELTRIN, Ricardo. "BBB 11" vai faturar meio bilhão de reais. Disponível
em <http://noticias.uol.com.br/ooops/ultimas-noticias/2010/10/26/bbb-11-vai-
faturar-meio-bilhao-de-reais.jhtm>. Acesso em 01 nov. 2010.
Jornal Nacional estreia quadro com merchandising
Lia Segre - Observatório do Direito à Comunicação 23.08.2010
 Pela primeira vez o Jornal Nacional, servirá de espaço para o
merchandising. Estreia hoje (23/8) o "JN no ar", projeto de cobertura
especial pré eleições que terá a marca do banco Bradesco. Mas a
exibição do merchandising já começou. Em 5 de agosto, a Rede Globo
levou ao ar durante o telejornal uma apresentação do projeto e dos dois
aviões que serão utilizados para transportar a equipe de reportagem,
ambos identificados pelo logo da emissora e do patrocinador da série.
Além de aparecer na vinheta que identifica o projeto, a marca do banco
– estampada na cauda das aeronaves – foi mostrada em mais cinco
ocasiões durante o 5 minutos e 23 segundos da matéria institucional.
 A assessoria não configura este modelo como sendo merchandising e
diz que a “presença do Bradesco é como de qualquer patrocinador e se
dá por meio da marca”.
SEGRE, Lia. Jornal Nacional estreia quadro com merchandising.
Disponível em http://www.direitoacomunicacao.org.br/content.php?
option=com_content&task=view&id=7067
Branded content
 Atrações de entretenimento que levam a marca para dentro da ação.
Traduzindo: as empresas passam a ser parte do conteúdo, e não
apenas orbitam ao redor da programação.
Nestlé anuncia o lançamento de duas minisséries de TV.
 Fazemos como achamos que tem que ser e obedecemos uma estratégia
que nós mesmos criamos. Não tenho que me adaptar a uma história ou
pegar carona num tema, posso criar algo que seja adequado ao meu
target - exemplifica Izael Sinem Junior, diretor de Comunicações e
Serviços de Marketing da Nestlé. A Nestlé iniciará as negociações
com os canais de TV do País, tanto os abertos ao público como por
assinatura, para veicular as minisséries.
Em "Tô frito" (a série conta a história de um rapaz, vivido por Ian Ramil, que
se muda do Sul do Brasil para São Paulo e tem que se virar sozinho), as
marcas se misturam como na vida.
9/11/2010 - Workshop
Merchandising e TV, Associação
Brasileira dos Anunciantes (ABA)
em SP.
Branded content
 Fábio Medeiros, diretor de criação do Esporte Interativo, primeira rede de
televisão aberta do Brasil dedicada exclusivamente ao esporte, diz que o
branded content é uma forma de os canais criarem diferenciais:
 “Com o "Brahmeiro FC“ a ideia é dar um passo adiante na programação normal.
Existe cada vez mais a convergência entre negócios e entretenimento. Durante a
Copa do Mundo, produzimos um reality show em parceria com a Visa. No
"Brahmeiro", incorporamos a marca ao programa, juntando a paixão do homem
maior de 18 anos, que é nosso público-alvo, por futebol e cerveja - avalia o
diretor: O produto não é mostrado, existem quadros e a participação do público.
É um conceito que já tínhamos e que se encaixou perfeitamente com a Brahma.
É bom para os veículos e para as empresas, que querem ir além dos 30
segundos do comercial”.
 O programa apresentará os principais acontecimentos da rodada do futebol
brasileiro por meio da visão dos torcedores de futebol. Vai ao ar todas as
quintas-feiras das 22h às 0h em São Paulo sintonizado pelo Canal 36 UHF e
poderá ser visto em todo o Brasil através do site.
CONTREIRAS, Tatiana. Programas de branded content, como 'A Copa das pessoas', mudam o merchandising na
TV. Disponível em <http://oglobo.globo.com/cultura/revistadatv/mat/2010/10/29/programas-de-branded-content-como-
copa-das-pessoas-mudam-merchandising-na-tv-922905267.asp>. Acesso em 01 nov. 2010.
REFERÊNCIAS
 ALMEIDA, Lígia Beatriz Carvalho de. O “merchandising não social” como instrumento de
validação do edutainment e da responsabilidade social. Disponível em
<http://www.bocc.uff.br/pag/almeida-ligia-merchandising-nao-social.pdf>. Acesso em: 01 nov. 2010.
 BUENO, Wilson da Costa. Merchandising na tevê, uma estratégia sob suspeita. Portal Imprensa,
29 out. 2010. Disponível em <http://portalimprensa.uol.com.br/colunistas/
colunas/2010/10/29/imprensa786.shtml>. Acesso em 01 nov. 2010.
 CONTREIRAS, Tatiana. Programas de branded content, como 'A Copa das pessoas', mudam o
merchandising na TV. Disponível em
<http://oglobo.globo.com/cultura/revistadatv/mat/2010/10/29/programas-de-branded-content-como-
copa-das-pessoas-mudam-merchandising-na-tv-922905267.asp>. Acesso em 01 nov. 2010.
 CORRÊA, Roberto. Planejamento de Propaganda. São Paulo: Global, 2004.
 FELTRIN, Ricardo. "BBB 11" vai faturar meio bilhão de reais. Disponível em
<http://noticias.uol.com.br/ooops/ultimas-noticias/2010/10/26/bbb-11-vai-faturar-meio-bilhao-de-
reais.jhtm>. Acesso em 01 nov. 2010.
 MIDIA DADOS. Ações de merchandising em "Passione" custam cerca de R$ 950 mil. Disponível
em <http://www.midiadados.com.br/2010/09/acoes-de-merchandising-em-passione-custam-cerca-de-
r-950-mil>. Acesso em 01 nov. 2010.
 ROCHA, Ale. Segredo de Gerson não é algo ilegal por causa do patrocínio da novela.
Disponível em http://www.correiodoestado.com.br/noticias/segredo-de-gerson-nao-e-algo-ilegal-por-
causa-do-patrocinio_82398/. Acesso em 01 nov. 2010.
 SEGRE, Lia. Jornal Nacional estreia quadro com merchandising. Disponível em
http://www.direitoacomunicacao.org.br/content.php?option=com_content&task=view&id=7067
 TAVARES, Marcus. O poder do merchandising nas novelas. Disponível em
<http://www.revistapontocom.org.br/pensando-junto/o-poder-do-merchandising-nas-novelas>. Acesso
em 01 nov. 2010.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (18)

Publicidade No Brasil
Publicidade No BrasilPublicidade No Brasil
Publicidade No Brasil
 
Aula historia da Propaganda Brasileira
Aula historia da Propaganda BrasileiraAula historia da Propaganda Brasileira
Aula historia da Propaganda Brasileira
 
Veracidade nas Propagandas da Indústria de Cosméticos
Veracidade nas Propagandas da Indústria de CosméticosVeracidade nas Propagandas da Indústria de Cosméticos
Veracidade nas Propagandas da Indústria de Cosméticos
 
Midia aula 17
Midia  aula 17Midia  aula 17
Midia aula 17
 
Desconstrução campanha Renault Fluence
Desconstrução campanha Renault FluenceDesconstrução campanha Renault Fluence
Desconstrução campanha Renault Fluence
 
Ocp Promo Presentation
Ocp Promo PresentationOcp Promo Presentation
Ocp Promo Presentation
 
Investimento_2019
Investimento_2019Investimento_2019
Investimento_2019
 
Conar
Conar Conar
Conar
 
Conar
ConarConar
Conar
 
História da publicidade no Brasil
História da publicidade no BrasilHistória da publicidade no Brasil
História da publicidade no Brasil
 
50 Anos Propaganda
50 Anos Propaganda50 Anos Propaganda
50 Anos Propaganda
 
Codigo Etica Publicitario by Janaira Franca
Codigo Etica Publicitario by Janaira FrancaCodigo Etica Publicitario by Janaira Franca
Codigo Etica Publicitario by Janaira Franca
 
Introdução à PP | Aula 04
Introdução à PP | Aula 04Introdução à PP | Aula 04
Introdução à PP | Aula 04
 
Aula 04 7 Ppan 2009 2
Aula 04 7 Ppan 2009 2Aula 04 7 Ppan 2009 2
Aula 04 7 Ppan 2009 2
 
USO INDEVIDO DO NOME DA EMPRESA
USO INDEVIDO DO NOME DA EMPRESAUSO INDEVIDO DO NOME DA EMPRESA
USO INDEVIDO DO NOME DA EMPRESA
 
RELATÓRIO CAMINHO DE CASA: AS AÇÕES PROMOCIONAIS
RELATÓRIO CAMINHO DE CASA: AS AÇÕES PROMOCIONAIS RELATÓRIO CAMINHO DE CASA: AS AÇÕES PROMOCIONAIS
RELATÓRIO CAMINHO DE CASA: AS AÇÕES PROMOCIONAIS
 
Aula 04 7 ppan_2010_1
Aula 04 7 ppan_2010_1Aula 04 7 ppan_2010_1
Aula 04 7 ppan_2010_1
 
Apresentação imoveltime brasil brokers-colunistas-categoria midia p
Apresentação imoveltime brasil brokers-colunistas-categoria midia pApresentação imoveltime brasil brokers-colunistas-categoria midia p
Apresentação imoveltime brasil brokers-colunistas-categoria midia p
 

Semelhante a Marcas na tv merchandising e branded content

Apresentaçao mistercolibri Petrolina-pe
Apresentaçao mistercolibri Petrolina-peApresentaçao mistercolibri Petrolina-pe
Apresentaçao mistercolibri Petrolina-pejalmendes
 
Caso licor beirão endorsement digital e a importância do timing- na rede
Caso licor beirão   endorsement digital e a importância do  timing- na redeCaso licor beirão   endorsement digital e a importância do  timing- na rede
Caso licor beirão endorsement digital e a importância do timing- na redePaulo Morais
 
Advertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing Vencedoras
Advertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing VencedorasAdvertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing Vencedoras
Advertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing VencedorasRaul Santahelena
 
Product Placement - Um estudo sobre o bem e o mal
Product Placement - Um estudo sobre o bem e o malProduct Placement - Um estudo sobre o bem e o mal
Product Placement - Um estudo sobre o bem e o malRebeca Machado
 
Análise: Os vendedores de beleza
Análise: Os vendedores de belezaAnálise: Os vendedores de beleza
Análise: Os vendedores de belezaMiti Inteligência
 
Agosto2014 whitepaper socialmedia
Agosto2014 whitepaper socialmediaAgosto2014 whitepaper socialmedia
Agosto2014 whitepaper socialmediaRobert Spadinger
 
Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Ney Queiroz
 
Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Ney Queiroz
 
Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Ney Queiroz
 
Influenciadores Digitais - Perfil Promo
Influenciadores Digitais - Perfil PromoInfluenciadores Digitais - Perfil Promo
Influenciadores Digitais - Perfil PromoPerfil Promo
 

Semelhante a Marcas na tv merchandising e branded content (20)

Apresentaçao.mistercolibri
Apresentaçao.mistercolibriApresentaçao.mistercolibri
Apresentaçao.mistercolibri
 
Apresentaçao mistercolibri Petrolina-pe
Apresentaçao mistercolibri Petrolina-peApresentaçao mistercolibri Petrolina-pe
Apresentaçao mistercolibri Petrolina-pe
 
Apresentação B-Young Social Media Co
Apresentação B-Young Social Media CoApresentação B-Young Social Media Co
Apresentação B-Young Social Media Co
 
Submerso
SubmersoSubmerso
Submerso
 
Caso licor beirão endorsement digital e a importância do timing- na rede
Caso licor beirão   endorsement digital e a importância do  timing- na redeCaso licor beirão   endorsement digital e a importância do  timing- na rede
Caso licor beirão endorsement digital e a importância do timing- na rede
 
Pós Tesarac
Pós TesaracPós Tesarac
Pós Tesarac
 
Advertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing Vencedoras
Advertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing VencedorasAdvertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing Vencedoras
Advertainment - O Poder do Entretenimento em Estratégias de Marketing Vencedoras
 
Product Placement - Um estudo sobre o bem e o mal
Product Placement - Um estudo sobre o bem e o malProduct Placement - Um estudo sobre o bem e o mal
Product Placement - Um estudo sobre o bem e o mal
 
Arq229236
Arq229236Arq229236
Arq229236
 
Clipping report CCS2011
Clipping report CCS2011Clipping report CCS2011
Clipping report CCS2011
 
Análise: Os vendedores de beleza
Análise: Os vendedores de belezaAnálise: Os vendedores de beleza
Análise: Os vendedores de beleza
 
Apresentação Agência B-Young
Apresentação Agência B-YoungApresentação Agência B-Young
Apresentação Agência B-Young
 
Arq217163
Arq217163Arq217163
Arq217163
 
Agosto2014 whitepaper socialmedia
Agosto2014 whitepaper socialmediaAgosto2014 whitepaper socialmedia
Agosto2014 whitepaper socialmedia
 
Comunicação Visual
Comunicação VisualComunicação Visual
Comunicação Visual
 
Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1
 
Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1
 
Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1Aula 07 8 coan_2010_1
Aula 07 8 coan_2010_1
 
Influenciadores Digitais - Perfil Promo
Influenciadores Digitais - Perfil PromoInfluenciadores Digitais - Perfil Promo
Influenciadores Digitais - Perfil Promo
 
Itaú bba 2017
Itaú bba 2017Itaú bba 2017
Itaú bba 2017
 

Mais de Lígia Beatriz

Inclusão digital de idosos
Inclusão digital de idososInclusão digital de idosos
Inclusão digital de idososLígia Beatriz
 
FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...
FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...
FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...Lígia Beatriz
 
Regulamento Concurso Regional da Abigraf
Regulamento Concurso Regional da AbigrafRegulamento Concurso Regional da Abigraf
Regulamento Concurso Regional da AbigrafLígia Beatriz
 
Palestra ifsp out 2011eventos
Palestra ifsp out 2011eventosPalestra ifsp out 2011eventos
Palestra ifsp out 2011eventosLígia Beatriz
 
Castro alves por Carla Regina
Castro alves por Carla Regina Castro alves por Carla Regina
Castro alves por Carla Regina Lígia Beatriz
 
Confecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDia
Confecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDiaConfecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDia
Confecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDiaLígia Beatriz
 

Mais de Lígia Beatriz (7)

Inclusão digital de idosos
Inclusão digital de idososInclusão digital de idosos
Inclusão digital de idosos
 
FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...
FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...
FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO PARA A EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA: AVALIAÇÃ...
 
Regulamento Concurso Regional da Abigraf
Regulamento Concurso Regional da AbigrafRegulamento Concurso Regional da Abigraf
Regulamento Concurso Regional da Abigraf
 
Palestra ifsp out 2011eventos
Palestra ifsp out 2011eventosPalestra ifsp out 2011eventos
Palestra ifsp out 2011eventos
 
Castro alves por Carla Regina
Castro alves por Carla Regina Castro alves por Carla Regina
Castro alves por Carla Regina
 
O reverso da mídia
O reverso da mídiaO reverso da mídia
O reverso da mídia
 
Confecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDia
Confecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDiaConfecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDia
Confecom Botucatu LíGia Qualidade Na MíDia
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 

Último (20)

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 

Marcas na tv merchandising e branded content

  • 1. MERCHANDISING E BRANDED CONTENT Lígia Beatriz Carvalho Almeida lalmeida@usc.br MARCAS NA TV
  • 2. Inversão de valores  Os concessionários obtêm permissão para explorar um serviço público de televisão. O produto que eles devem oferecer ao público é constituído por informações, cultura e entretenimento. No entanto, ao invés de subsidiar financeiramente a produção dos programas, o merchandising torna-se o produto ofertado.
  • 3. Merchandising: conceito  Técnica publicitária que consiste na participação mercadológica do produto, ou serviço, em cenas na televisão para causar a identificação do telespectador.  O merchandising eletrônico é uma transposição da técnica para a mídia eletrônica em que se utiliza o carisma de um ator ou personagem para construir o brand awareness, influenciando a opinião do consumidor a respeito de determinado produto.
  • 4. Conceitos  O produto tem seu valor agregado pela empatia com os personagens que o manipulam e pelo efeito de real provocado pelo desenrolar da trama.  Segundo Roberto Corrêa, a marca passaria a “fazer parte integrante do programa de televisão, [...] demonstrando o seu desempenho dentro do contexto das cenas” (2004, p.70).  Observa-se que o merchandising comercial utilizado coerentemente é uma forma de propaganda indireta, em que o produto publicitário é inserido em um contexto maior, como no caso da novela, simulando pertencer “naturalmente” ao cenário.
  • 5. Marketing de interrupção  Para Almeida (2010), o merchandising “é enxertado artificialmente nas cenas, sem nenhuma conexão com as tramas e faz com que o telespectador seja retirado da narrativa ficcional identificando seu uso como propaganda”, o que se configura como uma contradição interna. Dessa forma, provoca a antipatia do consumidor que o identifica como marketing de interrupção.
  • 6. Para a Globo De acordo com o Manual de Formatos Comerciais da Globo:  “formatos de caracterização de patrocínio”: marca do anunciante aparece sobre a imagem que está sendo exibida (por exemplo, nas partidas de futebol), e os  “produtos e formatos diferenciados”: programa no qual inclui o merchandising. A definição do merchandising para a Globo é a “inserção de produtos, marcas, promoções, serviços ou conceitos, da forma mais natural possível, dentro dos programas da Globo”. SEGRE, Lia. Jornal Nacional estreia quadro com merchandising. Disponível em http://www.direitoacomunicacao.org.br/content.php? option=com_content&task=view&id=7067
  • 7. Ações de merchandising em "Passione" custam cerca de R$ 950 mil  Mesmo com audiência inferior às suas antecessoras, “Passione” continua rendendo altas cifras para a TV Globo. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, na tabela, cada ação de merchandising da novela custa cerca de R$ 950 mil, bem mais que um tradicional comercial de 30 segundos, que sai por cerca de R$ 450 mil.  As ações de merchandising inseridas em meio às cenas registram mais audiência que a das campanhas publicitárias nos intervalos comerciais.  Além da emissora, no merchan, o autor e o ator envolvido na ação também ganham um percentual.  A estimativa é de que os anunciantes paguem cerca de 15% do valor total da ação ao ator, que irá interagir com o produto, e ao autor, que irá escrever o texto da cena.  Com cerca de cem capítulos já exibidos, “Passione” acumula 11 contratos de merchans, que variam seus valores de acordo com o conteúdo, formato, duração e frequência. Devido a isso, existem ações que custam menos que R$ 950 mil e outras que chegam a superar R$ 1 milhão. MIDIA DADOS. Ações de merchandising em "Passione" custam cerca de R$ 950 mil. Disponível em <http://www.midiadados.com.br/2010/09/acoes-de-merchandising-em-passione-custam-cerca-de-r-950- mil>. Acesso em 01 nov. 2010.
  • 8. Merchandising na tevê, uma estratégia sob suspeita  Reportagem de Adriana Mattos do Valor Econômico: “crescimento destas ações é exponencial. A Fazenda, da Record teve 29 aparições de marca em 2008, 39 no ano passado e há estimativa de quase 70 este ano”.  "Passione", da Globo, entre maio e outubro de 2010, as exposições de marcas ou produtos chegaram a 126.  As televisões ao que parece descobriram um filão daqueles. BUENO, Wilson da Costa. Merchandising na tevê, uma estratégia sob suspeita. Portal Imprensa, 29 out. 2010. Disponível em <http://portalimprensa.uol.com.br/colunistas/ colunas/2010/10/29/imprensa786.shtml>. Acesso em 01 nov. 2010.
  • 9. O poder do merchandising nas novelas Da onde vem este dinheiro?  Boa parte do seu bolso. Exatamente naquela hora que você compra ou adquire aquele produto ou serviço do seu personagem preferido. TAVARES, Marcus. O poder do merchandising nas novelas. Disponível em <http://www.revistapontocom.org.br/pensando- junto/o-poder-do-merchandising-nas-novelas>. Acesso em 01 nov. 2010.
  • 10. Segredo de Gerson não é algo ilegal por causa do patrocínio da novela  É nula a probabilidade de Gerson guardar um segredo que horrorize a audiência. Não se trata de moralidade dos autores e criticos das novelas brasileiras. Quem definiu o destino do personagem foi um acordo comercial.  Segundo informação divulgada pela “Folha de S. Paulo” há algumas semanas, o que Gerson faz de tão misterioso no computador “não é algo ilegal, é tratável e é algo do cotidiano”. Ele terminará “Passione” como um vencedor. Tudo isso foi garantido pela Globo à Goodyear, que patrocina o personagem.  “Não teria como a Goodyear ajudar em algo ilegal. A única ação nesse caso seria tirarmos o patrocínio, mas isso [aparecer assim na trama] não teria sentido para nós. Sabemos que é tratável e que é uma coisa do cotidiano”, declarou Rui Moreira, diretor de marketing da empresa, ao jornal. “A gente tem um acordo com a Globo de que não pode ser nada negativo para a marca, que não é relacionado a crime e é algo que tem tratamento.”  Isso tirou a liberdade de Silvio de Abreu e limitou o mistério da trama. Até que ponto o crescimento dos merchandisings vai comprometer as novelas? ROCHA, Ale. Segredo de Gerson não é algo ilegal por causa do patrocínio da novela. Disponível em http://www.correiodoestado.com.br/noticias/segredo-de-gerson-nao-e-algo- ilegal-por-causa-do-patrocinio_82398/. Acesso em 01 nov. 2010.
  • 11. "BBB 11" vai faturar meio bilhão de reais  Além da venda de menos de 20 cotas tipo "premium" de patrocínio, o próximo "BBB", que estreia em janeiro na Globo, deverá faturar algo entre R$ 450 e R$ 500 milhões durante seus três meses de duração.  A Globo mais uma vez vai vender não só cotas, mas espaço dentro da casa dos confinados, seja sob a forma de merchandising passivo (um detergente X que é usado pelos BBB’s, até o mais agressivo) como o modelo dos carros e produtos sorteados entre os participantes durante as competições.  Esse dinheiro, é importante lembrar, não vai ficar inteirinho com a Globo, não. A emissora é obrigada a dar uma porcentagem até hoje não divulgada à proprietária do direito do formato e marca do reality, a empresa holandesa Endemol. Nesse montante de meio bilhão de reais não está incluída assinaturas de pay-per-view ou internet.  Rumor jamais confirmado pela emissora ou jornalista, diz a lenda que só Pedro Bial receberia quase R$ 2 milhões por seus três meses de "BBB". FELTRIN, Ricardo. "BBB 11" vai faturar meio bilhão de reais. Disponível em <http://noticias.uol.com.br/ooops/ultimas-noticias/2010/10/26/bbb-11-vai- faturar-meio-bilhao-de-reais.jhtm>. Acesso em 01 nov. 2010.
  • 12. Jornal Nacional estreia quadro com merchandising Lia Segre - Observatório do Direito à Comunicação 23.08.2010  Pela primeira vez o Jornal Nacional, servirá de espaço para o merchandising. Estreia hoje (23/8) o "JN no ar", projeto de cobertura especial pré eleições que terá a marca do banco Bradesco. Mas a exibição do merchandising já começou. Em 5 de agosto, a Rede Globo levou ao ar durante o telejornal uma apresentação do projeto e dos dois aviões que serão utilizados para transportar a equipe de reportagem, ambos identificados pelo logo da emissora e do patrocinador da série. Além de aparecer na vinheta que identifica o projeto, a marca do banco – estampada na cauda das aeronaves – foi mostrada em mais cinco ocasiões durante o 5 minutos e 23 segundos da matéria institucional.  A assessoria não configura este modelo como sendo merchandising e diz que a “presença do Bradesco é como de qualquer patrocinador e se dá por meio da marca”. SEGRE, Lia. Jornal Nacional estreia quadro com merchandising. Disponível em http://www.direitoacomunicacao.org.br/content.php? option=com_content&task=view&id=7067
  • 13. Branded content  Atrações de entretenimento que levam a marca para dentro da ação. Traduzindo: as empresas passam a ser parte do conteúdo, e não apenas orbitam ao redor da programação. Nestlé anuncia o lançamento de duas minisséries de TV.  Fazemos como achamos que tem que ser e obedecemos uma estratégia que nós mesmos criamos. Não tenho que me adaptar a uma história ou pegar carona num tema, posso criar algo que seja adequado ao meu target - exemplifica Izael Sinem Junior, diretor de Comunicações e Serviços de Marketing da Nestlé. A Nestlé iniciará as negociações com os canais de TV do País, tanto os abertos ao público como por assinatura, para veicular as minisséries. Em "Tô frito" (a série conta a história de um rapaz, vivido por Ian Ramil, que se muda do Sul do Brasil para São Paulo e tem que se virar sozinho), as marcas se misturam como na vida. 9/11/2010 - Workshop Merchandising e TV, Associação Brasileira dos Anunciantes (ABA) em SP.
  • 14. Branded content  Fábio Medeiros, diretor de criação do Esporte Interativo, primeira rede de televisão aberta do Brasil dedicada exclusivamente ao esporte, diz que o branded content é uma forma de os canais criarem diferenciais:  “Com o "Brahmeiro FC“ a ideia é dar um passo adiante na programação normal. Existe cada vez mais a convergência entre negócios e entretenimento. Durante a Copa do Mundo, produzimos um reality show em parceria com a Visa. No "Brahmeiro", incorporamos a marca ao programa, juntando a paixão do homem maior de 18 anos, que é nosso público-alvo, por futebol e cerveja - avalia o diretor: O produto não é mostrado, existem quadros e a participação do público. É um conceito que já tínhamos e que se encaixou perfeitamente com a Brahma. É bom para os veículos e para as empresas, que querem ir além dos 30 segundos do comercial”.  O programa apresentará os principais acontecimentos da rodada do futebol brasileiro por meio da visão dos torcedores de futebol. Vai ao ar todas as quintas-feiras das 22h às 0h em São Paulo sintonizado pelo Canal 36 UHF e poderá ser visto em todo o Brasil através do site. CONTREIRAS, Tatiana. Programas de branded content, como 'A Copa das pessoas', mudam o merchandising na TV. Disponível em <http://oglobo.globo.com/cultura/revistadatv/mat/2010/10/29/programas-de-branded-content-como- copa-das-pessoas-mudam-merchandising-na-tv-922905267.asp>. Acesso em 01 nov. 2010.
  • 15. REFERÊNCIAS  ALMEIDA, Lígia Beatriz Carvalho de. O “merchandising não social” como instrumento de validação do edutainment e da responsabilidade social. Disponível em <http://www.bocc.uff.br/pag/almeida-ligia-merchandising-nao-social.pdf>. Acesso em: 01 nov. 2010.  BUENO, Wilson da Costa. Merchandising na tevê, uma estratégia sob suspeita. Portal Imprensa, 29 out. 2010. Disponível em <http://portalimprensa.uol.com.br/colunistas/ colunas/2010/10/29/imprensa786.shtml>. Acesso em 01 nov. 2010.  CONTREIRAS, Tatiana. Programas de branded content, como 'A Copa das pessoas', mudam o merchandising na TV. Disponível em <http://oglobo.globo.com/cultura/revistadatv/mat/2010/10/29/programas-de-branded-content-como- copa-das-pessoas-mudam-merchandising-na-tv-922905267.asp>. Acesso em 01 nov. 2010.  CORRÊA, Roberto. Planejamento de Propaganda. São Paulo: Global, 2004.  FELTRIN, Ricardo. "BBB 11" vai faturar meio bilhão de reais. Disponível em <http://noticias.uol.com.br/ooops/ultimas-noticias/2010/10/26/bbb-11-vai-faturar-meio-bilhao-de- reais.jhtm>. Acesso em 01 nov. 2010.  MIDIA DADOS. Ações de merchandising em "Passione" custam cerca de R$ 950 mil. Disponível em <http://www.midiadados.com.br/2010/09/acoes-de-merchandising-em-passione-custam-cerca-de- r-950-mil>. Acesso em 01 nov. 2010.  ROCHA, Ale. Segredo de Gerson não é algo ilegal por causa do patrocínio da novela. Disponível em http://www.correiodoestado.com.br/noticias/segredo-de-gerson-nao-e-algo-ilegal-por- causa-do-patrocinio_82398/. Acesso em 01 nov. 2010.  SEGRE, Lia. Jornal Nacional estreia quadro com merchandising. Disponível em http://www.direitoacomunicacao.org.br/content.php?option=com_content&task=view&id=7067  TAVARES, Marcus. O poder do merchandising nas novelas. Disponível em <http://www.revistapontocom.org.br/pensando-junto/o-poder-do-merchandising-nas-novelas>. Acesso em 01 nov. 2010.