Obra : Édipo Rei
Aluna :Kamila Tokarski
O presente livro trata-se do reinado de Édipo, e como setornou Rei Tebas e a maldição que está sobre a cidade, bemcomo a m...
Ro Araujo- Recanto das Letras: Laio Rei de Tebas, éamaldiçoado e avisado pelo oraculo de Délfos que seriamorto pelo filho ...
Leitura e produções de textos acadêmicos UFC: Édipo, rei de   Tebas, preocupado com as angústias e súplicas de seu povo  p...
Comentário: Por mais que a verdade tenta ser escondidauma hora ou outra a verdade vem à tona, o tempo é algoque não pode s...
A peça em si traz muitos sentimentos á tona: Injustiça,pena, revolta e tristeza. Sófocles lida bem com osmomentos e diálog...
Comentário: A obra se dá uma confusão, de sentimentos coloca-se asituação na qual Edipo amava sua mulher e ao descobrir o ...
André Gazola-lendo.org: Proíbo que qualquer filho da terraonde me assistem o comando e o trono dê guarida ouconversa ao as...
Comentário: A presença do tempo e do destino ficaevidente neste trecho citado. O tempo passou, Édipocresceu e foi em busca...
Por Raymara Martins de Sousa-literatura em foco: Édipodesempenha sua função de rei: descobre (-se) o assassinode Laio, apl...
Comentário: A obra coloca os valores de uma sociedade que temtanta relevância seus hábitos e costumes, que Édipo vem a fic...
Conclusão: A idéia contida nesta obra foi a da concepção do destino, ondeÉdipo ao nascer já está destinado às linhas na qu...
Segundo Freud há a ideia que o filho homem tende a ter a sua mãecomo referência de mulher, e assim vem a determinar a base...
Referências:http://www.recantodasletras.com.br/resenhasdeteatro/1660617http://lptaufc.forumn.net/t378-resenhahttp://dissim...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Édipo Rei

2.016 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.016
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
67
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Édipo Rei

  1. 1. Obra : Édipo Rei
  2. 2. Aluna :Kamila Tokarski
  3. 3. O presente livro trata-se do reinado de Édipo, e como setornou Rei Tebas e a maldição que está sobre a cidade, bemcomo a morte de Laio o antecessor de Édipo, e o incesto quehá entre Édipo e sua mãe.Esta obra conta sobre as ações focando na vida e os atos doshomens superiores, a obra ultrapassa a barreira do tempo ealtera a ordem dos limites de crenças, a luta do ser humanocontra o destino.
  4. 4. Ro Araujo- Recanto das Letras: Laio Rei de Tebas, éamaldiçoado e avisado pelo oraculo de Délfos que seriamorto pelo filho e este desposaria a mãe, temendo odestino ele busca reverte-lo, o rei fura os pés do bebê (daio nome Édipo pé inchados) e ordena que o jogue de umpenhasco .Comentário: As ações humanas muitas vezes são drásticasque interferem por toda vida criando situações que olevará a constrangimentos, arrependimentos, mentiras edependendo de qual atitude ou situação existente, levaráa situações irreversíveis.
  5. 5. Leitura e produções de textos acadêmicos UFC: Édipo, rei de Tebas, preocupado com as angústias e súplicas de seu povo perante o palácio. Diante disso, numa busca incessante, Édiporecorre aos deuses no objetivo de solucionar os problemas de sua pátria: Quem teria assassinado o Rei Laio? Nesse sentido, o rei tebano descobre uma antiga profecia que o levará a mais profunda e dolorosa revelação de sua vida e possivelmente mudará seu destino.
  6. 6. Comentário: Por mais que a verdade tenta ser escondidauma hora ou outra a verdade vem à tona, o tempo é algoque não pode ser enganado nem mesmo esquecido. Pormais que Laio tivesse tentado botar um fim em Édipo, odestino entreviu e impossibilitou com que isso ocorresse.As questões religiosas e culturais estão presentes em todaobra desde as crenças e a cultura desenvolvida pelo povotebano, o simples fato de Édipo ter matado Laio seu pai,desposado sua mãe, quebra as condutas vivenciadas pelopovo da época. Enfim com todos estes acontecimentos naobra a fuga do homem do destino é forte, aceitar asrealidades e acontecimentos predestinadas não é fácil,porém não pode ser evitado.
  7. 7. A peça em si traz muitos sentimentos á tona: Injustiça,pena, revolta e tristeza. Sófocles lida bem com osmomentos e diálogos, dependendo da cena. Ora as falassão reflexivas e longas, ora curtas e simples, oraenérgicas, ora suaves, etc. Os personagens são complexose até mesmo expressivos.
  8. 8. Comentário: A obra se dá uma confusão, de sentimentos coloca-se asituação na qual Edipo amava sua mulher e ao descobrir o incestosente revolta, tristeza, por estar casado com sua própria mãe.
  9. 9. André Gazola-lendo.org: Proíbo que qualquer filho da terraonde me assistem o comando e o trono dê guarida ouconversa ao assassino, seja ele quem for; que o aceite noscultos e no lar, que divida com ele a água lustral! Eu ordeno,ao contrário, que o enxotem de suas casas, todos, por seraquilo que nos torna impuros, conforme acaba de nosrevelar, por seu oráculo, a fala do deus! (…) E ainda mais:rogo aos céus, solenemente, que o assassino, seja ele quemfor, sozinho em sua culpa ou tenha cúmplices, tenha umavida amaldiçoada e má, pela sua maldade, até o fim de seusdias. Quanto a mim, se estiver o criminoso em minha casa,privando comigo, eu espero que sofra as mesmas penas quedei para os demais.
  10. 10. Comentário: A presença do tempo e do destino ficaevidente neste trecho citado. O tempo passou, Édipocresceu e foi em busca de seus desejos, o destinoconduziu ele ao seu passado. Vários acontecimentosocorreram, sendo um deles a ocupação do reino deTébas. O fato de ser rei acarreta em muitas decisões,vendo seu povo sofrer com o castigo dos Deuses devidoao assassinato de Laio, fez com que Édipo sedesesperasse vendo o sofrimento de seu povo e vai aprocura da solução sabendo que o único recurso seriaencontrar o assassino de laio, ele roga pragas para simesmo sendo ai o ponto trágico da história
  11. 11. Por Raymara Martins de Sousa-literatura em foco: Édipodesempenha sua função de rei: descobre (-se) o assassinode Laio, aplica (-se) a pena merecida (o exílio) e salva suacidade. Utilizando a corrente sociológica, percebe-se que osdeuses e heróis eram, em sua maioria, representaçõescoletivas dos valores da sociedade. Como exemplo, temosna obra a presença dos deuses como autores da históriahumana, como se tudo estivesse em favor deles, tanto avida quanto a morte. Com isso, segundo o sociólogo francêsÉmile Durkhein, essas representações coletivasdeterminariam as formas de agir e de pensar da sociedade
  12. 12. Comentário: A obra coloca os valores de uma sociedade que temtanta relevância seus hábitos e costumes, que Édipo vem a ficarsem a sua família, reino e cego. Édipo vem a desejar sua própriamorte por conta desses valores, da sua consciência e tambémpelos valores impostos pela a sociedade onde vive, que acha umabsurdo o filho matar o próprio pai e casar-se com sua mãe .
  13. 13. Conclusão: A idéia contida nesta obra foi a da concepção do destino, ondeÉdipo ao nascer já está destinado às linhas na qual iria passar. A matar seupai e casar-se com sua mãe.Acreditamos que o destino é absurdo, pois quem constrói a nossa vida somosnós mesmos, que temos que moldar nossa vida como queremos e nosprecaver de situações desagradáveis. Mas a obra coloca ao contrário poismesmo Laio, pai de Édipo, tendo mandado matar seu próprio filho o destinofoi mais forte, e o que foi previsto pelo o oráculo foi consumado, porque Laionão entendendo o destino, mandou matar seu filho sem sucesso, mas se Laiosoubesse decifrar o que o destino lhe empunha, a história poderia serdiferente? A obra mostra como o homem tenta ir contra o seu própriodestino, e acaba falhando.
  14. 14. Segundo Freud há a ideia que o filho homem tende a ter a sua mãecomo referência de mulher, e assim vem a determinar a base dasexualidade do indivíduo, a obra passa essa ideia sendo oque vem a ocorrer com Édipo é um mecanismo natural, mais éclaro que a obra não coloca explicito essa ideia, mas sim nasentrelinhas.
  15. 15. Referências:http://www.recantodasletras.com.br/resenhasdeteatro/1660617http://lptaufc.forumn.net/t378-resenhahttp://dissimilare.wordpress.com/2010/02/26/analise-da-peca-edipo-reisofocles/http://www.lendo.org/edipo-rei/http://www.literaturaemfoco.com/?p=1805

×