Fábulas 1

5.553 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.553
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
202
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
313
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fábulas 1

  1. 1. As fábulas
  2. 2. As fábulasAs fábulas pertencem ao domínio daliteratura tradicional, a par de outrostipos de texto, como o mito ou a lenda, quevais conhecer este ano.
  3. 3. As fábulasAs fábulas são pequenas histórias ondeintervêm animais. Estas histórias ilustram experiências próprias dos seres humanos que, desta forma, se reconhecem no comportamento dos animais.
  4. 4. As fábulas• As personagens das fábulas são, então, animais que pensam, agem e sentem como os seres humanos.• Estas histórias têm o objetivo de transmitir uma lição de moral.
  5. 5. Autores clássicos de fábulasAtualmente continuam a escrever-se textos que, tendocomo personagens principais os animais e apresentandouma moral ou lição, também são considerados fábulas.No entanto, talvez conheças alguns autores clássicos defábulas:• La Fontaine• Esopo
  6. 6. A raposa e a cegonha, La Fontaine Entrou, cumprimentou muito risonha, E achou o jantar pronto.“Teve um dia a raposa a fantasia Do apetite não lhes digo nada,de convidar para a ceia a Comadre Que a raposa anda sempre esfomeada,Cegonha. E toda se lambiaA raposa é mesquinha: só havia Ao cheiro que sentiaUmas papas de milho, uma Da vitela guisada?vergonha? Serviram-lhe o pitéu, para a castigar,E o pior deste caso Numa vasilha de gargalo esguio.É que as mandou servir num prato O bico da cegonha, esse, podia láraso. entrar?Dona Cegonha bem estendia o bico: Mas o focinho da comadre era de outroDebicou, debicou ? mas não comeu feitio.fanico, Lá voltou em jejum para casa, corrida,E a raposa atrevida De rabinho entre as pernas e de orelhaLambeu as papas todas de seguida. caída.Dias mais tarde, para se vingar, Manhosos aldrabões, o conto é paraFoi a vez de a cegonha a convidar. vocês,«Com muito gosto», volve a outra a Já ficam avisados:toda a pressa, Há-de chegar-lhes, tarde ou cedo, a vez«Eu não sou de cerimónias, ora De serem enganados.”essa!»E à hora combinada, à hora emponto,Lá foi bater à porta da cegonha. La Fontaine, Fábulas, Editorial Verbo
  7. 7. Exemplos de Fábulas de La Fontaine• A raposa e a cegonhaMoral ou provérbio associado:“Não faças aos outros o que não queres que tefaçam a ti”
  8. 8. Outros exemplos de fábulas de La Fontaine• O rato do campo e o rato da cidade• A cigarra e a formiga
  9. 9. Exemplos de fábulas de Esopo• A galinha dos ovos de ouroMoral ou provérbio associado: “Quem tudo quer, tudo perde”
  10. 10. Outros exemplos de fábulas de Esopo • A lebre e a tartaruga• O leão e os três bois
  11. 11. FábulasPara leres e ouvires estas e outras fábulas,clica aqui:http://nonio.eses.pt/fabulas/

×