SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 142
Baixar para ler offline
A ARTE EGÍPCIA
UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL
HISTÓRIA ANTIGA I
Josemar da Silva Alves
Prof.ª Dr.ª Katia Maria Paim Pozzer
PINTURA
A ARTE EGÍPCIA
JAMES, 1999
JAMES, 1999
JAMES, 1999
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
BLUMBERG, 2001
BAINES, J.; MÁLEK, J., 1996
JAMES, 1999
JAMES, 1999
JAMES, 1999
TIRADRITTI, 1998
JAMES, 1999
Fragmento de Papiro Satírico. Animais dedicando-se a atividades humanas.
Sakhmet, com cabeça de Leoa, uma das divindades da família de Menfis.
Papiro Harris - XX Dinastía, início do reinado de Ramsés IV.
JAMES, 1999
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
JAMES, 1999
JAMES, 1999
DONADONI, 2001
Fragmento de uma cena na tumba de Nebamun (Tebas) c.1350 a.C.
Livro dos Mortos de Hunefer (c. 1310 a.C.) Papiro
ESCULTURA
A ARTE EGÍPCIA
Estátua sentada de Quéfren
2600-2480 a.C.
168 cm. altura
Museu Egípcio do Cairo
Tríade de Miquerinos
Séc. III a.C.
92,5 cm. altura
Museu Egípcio do Cairo
Esfinge de Gizeh
2600-2480 a.C.
57 x 20 m.
Rahotep e Nofret
2600-2500 a.C.
121 cm altura
Museu Egípcio do Cairo
Representação de Keoper ou do
Alcaide do Povo
2480-2350 a.C.
112 cm. altura
Museu Egípcio do Cairo
Escriba sentado
2480-2350 a.C.
53 cm. altura
Museu Egípcio do Cairo
Portadora de oferendas
2160-2000 a.C.
123 cm. altura
Museu Egípcio do Cairo
Colossos de Memnón
1408-1372 a.C.
Estátua sentada de Ramsés II
1270 a.C.
194 cm. altura
Museu Egípcio do Cairo
Colossos de Ramsés II
Templo de Ramsés II (Abu Simbel)
1300-1225 a.C.
Cabeça da rainha Nefertiti
Autor: Tutmés
1372-54 a.C.
50 cm.
Staatliche Museen de Berlín
Cabeça verde
350 a.C.
22 cm. altura
Staatliche Museen de Berlim
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
DONADONI, 2001
DONADONI, 2001
DONADONI, 2001
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
BLUMBERG, 2001
BLUMBERG, 2001
BLUMBERG, 2001
ARQUITETURA
A ARTE EGÍPCIA
Mastaba de Meidum
Mastaba de Meidum
Câmara funerária
Poço
Mastaba
Pirâmide de Snefru
Desenvolveram-se 3 tipos básicos de pirâmides:
1. Escalonada – Pirâmide de Djoser (Sakarah)
2. Clássica (com aresta contínuas) Pirâmides de Gizé
3. Romboidal (na metade as arestas mudam de inclinação) - Pirâmide de Snefru
Templo de Carnac
Templo de Lucsor e a avenida de esfinges que liga ao Templo de Carnac
Templo de Lucsor
Templo de Lucsor
Templo de Lucsor
MELLA, 1998: 72
MELLA, 1998: 73
Coluna Palmiforme
Coluna Papiriforme
Coluna Campaniforme
Pilastra Osiríaca
Pilastra Hatórica
ARTESANATO, JOALHERIA E
AMULETOS
A ARTE EGÍPCIA
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
TIRADRITTI, 1998
Diadema
Ouro, vidro, obsidiana, carneliana, lapis lazuli. XVIII
Dinastia, reino de Tutankhamon (1332–1323 B.C.).
Tebas, Vale dos Reis, tumba de Tutankhamon
Bracelete de Sheshonq II. Dinastia XXII.Ouro, lapislázuli,
cornalina, louça ; diâmetro int. 6.1 cm alt. 4.6. Museu do Cairo.
Peitoral da princesa Sithathoriunet. Imperio Medio, XII Dinastía
Peitoral da princesa Mereret XII dinastia Dahshur.
Ouro carneolita, lapislázuli e louça egipcia;
7‘9x10'5 cm. Museu do Cairo
Colar com peitoral
de Udjat (Olho de Hórus
Braceletes de Ramsés II
Bracelete de Ramsés II
Bracelete de Ramsés II
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
Escaravelhos
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
TIRADRITTI, 1998
Amuletos
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
BRANCAGLION JR., 2001
FONTE DAS IMAGENS
A ARTE EGÍPCIA
• ARIAS, Luis Sanguino. arteHistoria Revista Digital. Disponível em:
<http://www.artehistoria.jcyl.es/>. Acesso em: 31 mar. 2011.
• BAINES, J.; MÁLEK, J. O Mundo Egípcio: deuses, templos e faraós,
v. 2. Madrid: Edições del Prado, 1996.
• BRANCAGLION JR., Antonio. Tempo, matéria e permanência: o
Egito na Coleção Eva Klabin Rapaport. Rio de Janeiro: Casa da
Palavra, Fundação Eva Klabin Rapaport, 2001.
• DONADONI, Sergio. El arte egípcio. Madrid: Ediciones Istmo, 2001.
• JAMES, T. G. H. La pintura egipcia. Madrid: Ediciones AKAL, 1999.
(Volume 8 de Herencia del pasado)
• MELLA, Frederico A. Arborio. O Egito dos faraós. São Paulo:
Hemus, 1998.
• TIRADRITTI, Francesco (Ed.). Tesouros do Egito: do Museu
Egípcio do Cairo. São Paulo: Manole, 1998.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipciaHistória da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipciaGeraldo Mellado
 
ARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIRO
ARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIROARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIRO
ARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIROAntonio Ribeiro
 
Arquitetura Egito Antigo
Arquitetura Egito AntigoArquitetura Egito Antigo
Arquitetura Egito AntigoIsis Magalhães
 
Arquitetura da antiguidade
Arquitetura da antiguidade Arquitetura da antiguidade
Arquitetura da antiguidade Iala Almeida
 
6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no EgitoArtesElisa
 
Sensibilização arte-no-egito-antigo
Sensibilização  arte-no-egito-antigoSensibilização  arte-no-egito-antigo
Sensibilização arte-no-egito-antigoqsedani
 
Arquitetura egípcia
Arquitetura egípciaArquitetura egípcia
Arquitetura egípciaCris Chaves
 
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com TutArte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com TutAntonio Ribeiro
 
A arte no egito
A arte no egitoA arte no egito
A arte no egitoCEF16
 
A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3VIVIAN TROMBINI
 

Mais procurados (19)

História da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipciaHistória da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipcia
 
ARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIRO
ARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIROARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIRO
ARTE EGÍPCIA - 2ª PARTE - ESTATUÁRIA E TEMPLOS - PROF. ANTONIO RIBEIRO
 
Aula arte egipicia
Aula arte egipiciaAula arte egipicia
Aula arte egipicia
 
Arquitetura Egito Antigo
Arquitetura Egito AntigoArquitetura Egito Antigo
Arquitetura Egito Antigo
 
Arquitetura da antiguidade
Arquitetura da antiguidade Arquitetura da antiguidade
Arquitetura da antiguidade
 
A arte no egito
A arte no egitoA arte no egito
A arte no egito
 
6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito6o. ano - Arte no Egito
6o. ano - Arte no Egito
 
Arte egípicia
Arte egípiciaArte egípicia
Arte egípicia
 
Sensibilização arte-no-egito-antigo
Sensibilização  arte-no-egito-antigoSensibilização  arte-no-egito-antigo
Sensibilização arte-no-egito-antigo
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
Arquitetura egípcia
Arquitetura egípciaArquitetura egípcia
Arquitetura egípcia
 
A Arte No Egito
A Arte No EgitoA Arte No Egito
A Arte No Egito
 
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com TutArte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
Arte Egipcia Prof Antonio Ribeiro Parte 1 Com Tut
 
Arte Egípcia - Escola APP
Arte Egípcia - Escola APPArte Egípcia - Escola APP
Arte Egípcia - Escola APP
 
A arte no egito
A arte no egitoA arte no egito
A arte no egito
 
21 egito resumos
21 egito resumos21 egito resumos
21 egito resumos
 
A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3A ARTE NO EGITO - AULA 3
A ARTE NO EGITO - AULA 3
 
A arte egípcia
A arte egípciaA arte egípcia
A arte egípcia
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 

Destaque

Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4
Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4
Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4Professor Gilson Nunes
 
Arte egípcia: religião, vida e morte. parte 1
Arte egípcia: religião, vida e morte.   parte 1Arte egípcia: religião, vida e morte.   parte 1
Arte egípcia: religião, vida e morte. parte 1Professor Gilson Nunes
 
Portfolio historia da arte
Portfolio historia da artePortfolio historia da arte
Portfolio historia da arteAriceli Nunes
 
Gêneros da pintura
Gêneros da pinturaGêneros da pintura
Gêneros da pinturaCEF16
 
Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções. parte 2
Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções.   parte 2Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções.   parte 2
Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções. parte 2Professor Gilson Nunes
 
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3Professor Gilson Nunes
 
Arte acadêmica no Brasil
Arte acadêmica no BrasilArte acadêmica no Brasil
Arte acadêmica no BrasilCieja Narede
 
Obras de Arte Egípcia
Obras de Arte EgípciaObras de Arte Egípcia
Obras de Arte EgípciaDoug Caesar
 
A Arte EuropéIa No Brasil
A Arte EuropéIa No BrasilA Arte EuropéIa No Brasil
A Arte EuropéIa No BrasilAuriene
 
Cânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção EgípcioCânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção EgípcioDoug Caesar
 
Arte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de MacapáArte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de MacapáDaniel Lêda
 
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thaisArte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thaisCarol Mendoza
 

Destaque (19)

Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4
Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4
Arte Arte egípcia: não conhecia o preconceito. Parte 4
 
Arte egípcia: religião, vida e morte. parte 1
Arte egípcia: religião, vida e morte.   parte 1Arte egípcia: religião, vida e morte.   parte 1
Arte egípcia: religião, vida e morte. parte 1
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
Egiptoarte09
Egiptoarte09Egiptoarte09
Egiptoarte09
 
2c26 Arte Egito e Museu do Cairo 2012
2c26 Arte Egito e Museu do Cairo 20122c26 Arte Egito e Museu do Cairo 2012
2c26 Arte Egito e Museu do Cairo 2012
 
Portfolio historia da arte
Portfolio historia da artePortfolio historia da arte
Portfolio historia da arte
 
Gêneros da pintura
Gêneros da pinturaGêneros da pintura
Gêneros da pintura
 
Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções. parte 2
Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções.   parte 2Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções.   parte 2
Arte egípcia: o sonho pela eternidade, deuses e funções. parte 2
 
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3Arte egípcia: os mistérios da mumificação.  parte 3
Arte egípcia: os mistérios da mumificação. parte 3
 
Arte acadêmica no Brasil
Arte acadêmica no BrasilArte acadêmica no Brasil
Arte acadêmica no Brasil
 
Obras de Arte Egípcia
Obras de Arte EgípciaObras de Arte Egípcia
Obras de Arte Egípcia
 
A Arte EuropéIa No Brasil
A Arte EuropéIa No BrasilA Arte EuropéIa No Brasil
A Arte EuropéIa No Brasil
 
Cânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção EgípcioCânones de Proporção Egípcio
Cânones de Proporção Egípcio
 
Arte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de MacapáArte pré-colonial de Macapá
Arte pré-colonial de Macapá
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Egito antigo
 
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thaisArte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thais
 

Semelhante a A Arte Egípcia

Atividades com pintura artes1o ano 2009
Atividades  com pintura artes1o ano 2009Atividades  com pintura artes1o ano 2009
Atividades com pintura artes1o ano 2009beljinaldo
 
História da arte e do design grecia e roma
História da arte e do design   grecia e romaHistória da arte e do design   grecia e roma
História da arte e do design grecia e romaRafael Esnarriaga
 
Aula 6 a perspectiva histórica - a arte pré-histórica
Aula 6   a perspectiva histórica - a arte pré-históricaAula 6   a perspectiva histórica - a arte pré-histórica
Aula 6 a perspectiva histórica - a arte pré-históricaAntonio Serra
 
Fotografia_Aula 02
Fotografia_Aula 02Fotografia_Aula 02
Fotografia_Aula 02Lucas Reitz
 
História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo
História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo
História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo Lucas Reitz
 
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichAula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichLila Donato
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaMaiara Giordani
 
Janson iniciação à história da arte
Janson   iniciação à história da arteJanson   iniciação à história da arte
Janson iniciação à história da arteLiliane Medeiros
 
Introdução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e EgitoIntrodução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e Egitoalinewar
 
Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)
Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)
Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)adam eva
 
Historia da arte - período da antiguidade - resumo
Historia da arte - período da antiguidade - resumoHistoria da arte - período da antiguidade - resumo
Historia da arte - período da antiguidade - resumoAndrea Dressler
 
Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02
Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02
Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02valeriaiturvide
 
A vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolíticoA vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolíticoDouglas Barraqui
 
PeriodizaçãO Da HistóRia
PeriodizaçãO Da HistóRiaPeriodizaçãO Da HistóRia
PeriodizaçãO Da HistóRiacidalialuis
 

Semelhante a A Arte Egípcia (20)

Atividades com pintura artes1o ano 2009
Atividades  com pintura artes1o ano 2009Atividades  com pintura artes1o ano 2009
Atividades com pintura artes1o ano 2009
 
História da arte e do design grecia e roma
História da arte e do design   grecia e romaHistória da arte e do design   grecia e roma
História da arte e do design grecia e roma
 
Como a arte começou 2014
Como a arte começou 2014Como a arte começou 2014
Como a arte começou 2014
 
Aula 6 a perspectiva histórica - a arte pré-histórica
Aula 6   a perspectiva histórica - a arte pré-históricaAula 6   a perspectiva histórica - a arte pré-histórica
Aula 6 a perspectiva histórica - a arte pré-histórica
 
Fotografia_Aula 02
Fotografia_Aula 02Fotografia_Aula 02
Fotografia_Aula 02
 
História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo
História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo
História da Fotografia 1_Arquitetura e Urbanismo
 
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo GombrichAula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
Aula História da Arte_Introdução à história da arte segundo Gombrich
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
 
Janson iniciação à história da arte
Janson   iniciação à história da arteJanson   iniciação à história da arte
Janson iniciação à história da arte
 
Introdução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e EgitoIntrodução à História da Arte - Pré História e Egito
Introdução à História da Arte - Pré História e Egito
 
Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)
Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)
Museu Hermitage Escultura Pintura(Lola)
 
Museu egipcio
Museu egipcioMuseu egipcio
Museu egipcio
 
Antiga Grecia
Antiga GreciaAntiga Grecia
Antiga Grecia
 
Historia da arte - período da antiguidade - resumo
Historia da arte - período da antiguidade - resumoHistoria da arte - período da antiguidade - resumo
Historia da arte - período da antiguidade - resumo
 
A arte na antiguidade
A  arte  na  antiguidadeA  arte  na  antiguidade
A arte na antiguidade
 
Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02
Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02
Arteegpcia profantonioribeiro-parte1comtut-100127102504-phpapp02
 
Merida Espanha
Merida EspanhaMerida Espanha
Merida Espanha
 
A vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolíticoA vida humana no paleolítico
A vida humana no paleolítico
 
PeriodizaçãO Da HistóRia
PeriodizaçãO Da HistóRiaPeriodizaçãO Da HistóRia
PeriodizaçãO Da HistóRia
 
Paleolítico
PaleolíticoPaleolítico
Paleolítico
 

Mais de Josemar da Silva Alves Bonho

Segundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja Luterana
Segundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja LuteranaSegundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja Luterana
Segundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja LuteranaJosemar da Silva Alves Bonho
 
Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...
Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...
Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...Josemar da Silva Alves Bonho
 
A alimentação na cultura popular da Idade Moderna
A alimentação na cultura popular da Idade ModernaA alimentação na cultura popular da Idade Moderna
A alimentação na cultura popular da Idade ModernaJosemar da Silva Alves Bonho
 
Oração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agosto
Oração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agostoOração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agosto
Oração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agostoJosemar da Silva Alves Bonho
 
Origens da agricultura: Revolução Agrícola Neolítica
Origens da agricultura: Revolução Agrícola NeolíticaOrigens da agricultura: Revolução Agrícola Neolítica
Origens da agricultura: Revolução Agrícola NeolíticaJosemar da Silva Alves Bonho
 

Mais de Josemar da Silva Alves Bonho (8)

Segundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja Luterana
Segundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja LuteranaSegundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja Luterana
Segundo Domingo no Advento - Ano B - Igreja Luterana
 
Culto Divino - Quinta-feira Santa
Culto Divino -  Quinta-feira SantaCulto Divino -  Quinta-feira Santa
Culto Divino - Quinta-feira Santa
 
Culto Divino - Sexta-feira Santa
Culto Divino - Sexta-feira SantaCulto Divino - Sexta-feira Santa
Culto Divino - Sexta-feira Santa
 
Vigília Pascal - Domingo de Páscoa
Vigília Pascal  -  Domingo de PáscoaVigília Pascal  -  Domingo de Páscoa
Vigília Pascal - Domingo de Páscoa
 
Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...
Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...
Celebração da Reforma Luterana - Missa Alemã (Deustsche Messe) de Lutero (ada...
 
A alimentação na cultura popular da Idade Moderna
A alimentação na cultura popular da Idade ModernaA alimentação na cultura popular da Idade Moderna
A alimentação na cultura popular da Idade Moderna
 
Oração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agosto
Oração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agostoOração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agosto
Oração da Noite - Festa da Bem-aventurada Virgem Maria, 15 de agosto
 
Origens da agricultura: Revolução Agrícola Neolítica
Origens da agricultura: Revolução Agrícola NeolíticaOrigens da agricultura: Revolução Agrícola Neolítica
Origens da agricultura: Revolução Agrícola Neolítica
 

Último

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 

Último (20)

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 

A Arte Egípcia