Queres ser um artista?
Tudo é
possível!
Eu posso fazer tudo!
Fascinante (!?) Assustador(!?)
Mas que artista queres ser?
Estar concentrado em ganhar dinheiro com a arte
impede-nos de fazer um bom trabalho
Os trabalh...
Encontrar uma expressão próprio
Fazer partindo de si próprio
Correr riscos ou arriscar
Referências: culturais, artísticas,...
Tempo, espaço e modo para fazer o trabalho artístico
Planificação do tempo diário reservado ao trabalho artístico.
Ativida...
Semana 3
Sumário: Tema:
A obra.
Descrição: A unidade, o conjunto, o processo.
A parte e o todo.
As dimensões físicas das ideias.
Ob...
Exercício 3
Estrutura de um projeto
Exercício 1
Apresentação dos 10 trabalhos
Exercício 2
Apresentação dos 10 trabalhos em...
Estudo
Pesquisa
Investigação
Quando?
PROJECTO
IDEIAS
O quê?
Porquê?
Para quê?
Como? Quem?
PLANIFICAÇÃO
Referências: biblio...
Apoios:
Logos institucionais: “Brazão”
(?!!!), UL (Ex.), FBAUL (Ex.).
Logos económicos: CGD (Ex.)
PLANIFICAÇÃO
ORGANIGRAMA...
Exercício 3
6 páginas agrafadas, incluindo as identificações na 1ª pagina
entregar impresso e enviar por email para o segu...
Queres ser um artista
Queres ser um artista
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Queres ser um artista

366 visualizações

Publicada em

Aspectos da profissão de artista pintor. Estrutura básica para o inicio de um percurso

Publicada em: Arte e fotografia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Queres ser um artista

  1. 1. Queres ser um artista? Tudo é possível! Eu posso fazer tudo! Fascinante (!?) Assustador(!?)
  2. 2. Mas que artista queres ser? Estar concentrado em ganhar dinheiro com a arte impede-nos de fazer um bom trabalho Os trabalhos artísticos de qualidade comercializam-se e vendem-se por si próprios. Eu não tenho que promover ativamente o meu trabalho. O único caminho para o sucesso como um artista é entrar numa boa galeria Pouco dinheiro e algumas dificuldade fazem um melhor artista Provérbio: "A necessidade aguça o engenho" Ganhar a vida com o trabalho artístico produzido permite fazer o que se gosta. Partilhar desinibida e ativamente o trabalho artístico com o mundo, faz com que hajam possibilidades de mais contactos, oportunidades, projetos, exposições, e vendas. Não há uma única maneira para ser um artista de sucesso. Explorar e descobrir outros caminhos com criatividade também permite atingir os mesmos objetivos. Um bom trabalho depende da paixão, do talento e do trabalho árduo. Mentalidade X (?) Mentalidade Y (?)
  3. 3. Encontrar uma expressão próprio Fazer partindo de si próprio Correr riscos ou arriscar Referências: culturais, artísticas, bibliográficas. Projeto artístico próprio Expressão própria Matérias novas. Novos instrumentos, novos suportes, novos meios. Experimentar sempre. Investigar sempre. Arte, Ciência, Humanidades. Ultrapassar as dificuldades O U como curva que representa o trabalho artístico Encontrar inspiração Blocos de papel, jornais, revistas, anotações. Registar sempre tudo. Pensamentos. Ideias. Lógicas ou utópicas. Viagens, visitas, diálogos. Internet Fazer paragens. A internet é excelente para a divulgação e promoção. Mas é distração, entretenimento. Separar a expressão própria, da expressão dos seus artistas favoritos Distinguir projeto individual de referências
  4. 4. Tempo, espaço e modo para fazer o trabalho artístico Planificação do tempo diário reservado ao trabalho artístico. Atividades sociais dedicadas à arte como visitas a exposições, conferencias, contactos pessoais ou outras. Reduzir o tempo de TV ou Internet entretenimento. Gerir as tarefas domésticas. Ter sempre blocos de apontamentos. Ter espaço de trabalho. Um atelier; uma área reservada exclusivamente para este fim. Procurar apoios culturais que vão de encontro aos teus objetivos ou sonhos.
  5. 5. Semana 3
  6. 6. Sumário: Tema: A obra. Descrição: A unidade, o conjunto, o processo. A parte e o todo. As dimensões físicas das ideias. Objetivos: Perceber que a obra construída tem a sua origem na natureza das «matérias» e tem sempre implicações estéticas nos «outros». Perceber a dinâmica do espaço de trabalho do artista-plástico / pintor nas épocas suas contemporânea. Distinguir, no âmbito da produção artística contemporânea, a conveniência de um trabalho individual da conveniência de um trabalho em grupo ou em equipa. Conteúdos: Matérias, instrumentos, laboratório, oficina, ateliê, empresa, fábrica. Modos de estar, ser e fazer. Metodologia: Aula 5 Exposição teórica seguida de debate. Enunciado do 3º exercício: um projeto. Aula 6 Esclarecimentos, definição de estratégias e pesquisa. Exercícios para avaliação. Acompanhamento do trabalho. Bibliografia: SALTEIRO, Ilídio «Matéria e Forma». In Com ou sem Tintas: Composição, Ainda? Coordenação de Isabel Sabino, Lisboa: CIEBA – FABUL, 2013, pp. 355-370. Website: www.mtp2015.blogspot.com Email: salteiro@fba.ul.pt Telefone: 213252100 / 938737411
  7. 7. Exercício 3 Estrutura de um projeto Exercício 1 Apresentação dos 10 trabalhos Exercício 2 Apresentação dos 10 trabalhos em Power Point
  8. 8. Estudo Pesquisa Investigação Quando? PROJECTO IDEIAS O quê? Porquê? Para quê? Como? Quem? PLANIFICAÇÃO Referências: bibliográficas, artísticas, sociais. Calendarização Metodologia Objetivos Justificação Descrição Designação, titulo, tema, assunto Onde?
  9. 9. Apoios: Logos institucionais: “Brazão” (?!!!), UL (Ex.), FBAUL (Ex.). Logos económicos: CGD (Ex.) PLANIFICAÇÃO ORGANIGRAMA Pôr no plano Plantar Da visão à luz. Perspetiva. Ponto de vista. Euclides, Galileu Galilei, Newton. MAQUETA, PROTÓTIPO, MODELO, GEOMETRIA DESCRITIVA, ENSAIO, DISSERTAÇÃO. O quê? Dimensões :cm, pixeles ou inches Tamanho: kg, byte. Resolução (ppp) Matéria: sólidas, líquidas, gasosa, plásmicas. Matéria atómica, matéria negra, energia negra, antimatéria. Materialidade, imaterialidade e sustentabilidade. Suportes: meios direitos, indiretos. Logística. Espaço: interior, exterior, superfície, volume, tempo. Cálculos de viabilidade: Orçamentos.
  10. 10. Exercício 3 6 páginas agrafadas, incluindo as identificações na 1ª pagina entregar impresso e enviar por email para o seguinte endereço: goyapintor@gmail.com Pagina 1: Quando? O quê? Porquê? Para quê? Como? Quem? PLANIFICAÇÃO Referências: culturais, bibliográficas e artísticas. Página 2: Pagina 3 / 4: Página 5: Pagina 6: Identificações Onde?

×