Spps2

1.130 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.130
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
938
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Spps2

  1. 1. Ser Pai Sem StressDocentes: Helena Salazar, Isabel Marques, Sónia Santos
  2. 2. A importância do brincar naeducação de infância
  3. 3. Algumas ideias simples e divertidasque ajudam a estimular odesenvolvimento do bebé Se acreditamos que os bebés só são capazes de dormir, chorar e comer, enganamo-nos. Especialistas em desenvolvimento infantil descobriram que eles são esponjas sedentas de aprender. E que estimular o seu cérebro ajuda-os a desenvolver as suas capacidades. É importante que o bebé ouça a mãe ou o pai a cantar, que sinta o toque dos pais sobre a pele…, tudo isso desperta os neurónios do bebé. Daí que seja importante estimular a criança desde a mais tenra infância. Em seguida, apresentamos ideias simples e divertidas para um pai SPPS (Ser Pai Sem Stress) brincar com o seu bebé.
  4. 4. Antes de nascer- Sinais do exterior Está provado que os bebés que recebem, durante a gravidez, estimulação auditiva e táctil nascem com mais conexões neuronais e, por isso, terão mais memória e sensibilidade. Podemos fazer um cartucho de papel, pô- lo na barriga e falar (o papá ou a mamã) através dele.
  5. 5. 0-3 meses- Afeto a rodos Massajá-lo, abraçá-lo, fazer-lhe carícias, dar-lhe beijinhos…; isto é, conseguir que se sinta querido, fortalecendo, desse modo, o seu sentimento de segurança.- Olhadelas íntimas Acariciemo-lo frequentemente, enquanto tentamos estabelecer contato visual com ele. Dessa forma estimulamos a sua capacidade para reconhecer caras e, claro, rapidamente conhecerá a mamã e o papá.- Paixão pela música desde o berço Coloquemos uma música suave, quando vai dormir e ao despertar.
  6. 6. 3-6 meses- Ginástica a dois Quando lhe damos banho ou lhe mudamos a fralda, podemos fazer exercícios de mobilidade com as suas pernas e braços.- Sons invisíveis Bater palmas, assobiar, tocar uma campainha ou falar- lhe de lugares diferentes, onde não possa ver-nos, estimula o seu sentido de visão.- Quem é esse? Colocamos a criança frente a um espelho. É certo que não saberá que está a ver o seu reflexo, mas será divertido descobrir esse menino que se ri ao mesmo tempo que ele.
  7. 7. 6-12 meses- Orquestra caseira Brinquemos com eles a fazer sons caseiros. Uma colher bate no copo de vidro ou numa mesa de madeira…e deixamos que trate de nos imitar.- Onde estão os pés? Aproveitamos os momentos em que lhe mudamos a fralda para ir enumerando as partes do corpo. Desse modo aprende a conhecer-se a si próprio.- Passeando de gatas Pomo-nos de gatas no chão e chamamo-lo para que venha para o nosso lado; então afastamo-nos e fazemos com que volte a aproximar-se de nós.
  8. 8. Referências Rosa Cordeiro, Sofia Henriques (2007). Guia do Bebé. Primeiro ano: acompanhe o desenvolvimento do seu filho , pp. 110 - 112.

×