SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 46
Baixar para ler offline
Modelos de negócio para Internet
Esta é uma apostila virtual que possui como objetivo, fazer com que você leitor,
iniciante em empreendimentos virtuais, possa se situar na atual condição desse
mercado que já se tornou bastante competitivo.
Visando oferecer um panorama geral da situação, apresento a seguir as principais
atividades que podem ser executadas pela Internet e lhe oferecer um renda extra,
uma oportunidade de emprego em período integral, ou na melhor das hipóteses, a
sua independência financeira.
Abaixo você encontrará conteúdo diversificado com diversos links externos que
preencherão as diversas lacunas que o conteúdo deste material pode apresentar,
dessa forma, tenho a certeza que esta apostila funcionará como um atlas que lhe
apresenta os diversos ângulos do mapa do tesouro virtual. Lembre-se também, que
após a leitura, cabe a você construir a ponte que te levará até o seu destino.
Os modelos de empreendimentos apresentados abaixo são altamente lucrativos e,
caso se esforce, podem trazer sua gerar bastante renda, para isso, cabe a você
empreender nestas atividades e se tornar um profissional da internet bem sucedido.
Gustavo Albuquerque é freelancer e trabalha
atualmente com redação de artigos para websites
e acessória em criação de blogs. Caso precise de
alguns desses serviços, por favor entre em
contato neste e-mail.
O seguinte material possui diversos links externos que não são da responsabilidade
do presente autor. Note que todo material utilizado é devidamente referenciado no
corpo da apostila, além disso, os vídeos do YouTube incluídos aqui, são imagens
com links que direcionam o leitor a página de origem do respectivo vídeo ou canal.
Não é da intenção do autor, apropriar-se de qualquer conteúdo de terceiros, assim
sendo, caso possuía algum material citado nesta apostila e não concorde com tal
INTRODUÇÃO
Sobre o Autor
Termos de Uso
ação, por favor, entre em contato com o autor pelo e-mail:
agutalbuquerque@gmail.com.
Todos os vídeos citados no decorrer deste material são alojados no
http://youtube.com/;
As logomarcas e demais imagens relacionadas à determinada empresa foram
retiradas de seus respectivos sites oficiais;
As capas de livros inseridas ao longo da apostila foram retiradas do site
http://livrariacultura.com.br/;
As demais imagens foram retiradas de http://www.sxc.hu/,
http://www.everystockphoto.com e http://pixabay.com/.
Note que todos os demais materiais são referenciados no corpo da apostila logo
abaixo a inserção do respectivo conteúdo.
Apostila criada por Gustavo Albuquerque (entre em contato por
este e-mail).
Esta obra está licenciada com Creative Commons (Atribuição,
Não Comercial e Sem Obras Derivadas). Em outras palavras
você pode divulgar e citar este material desde que referencie o
autor (Gustavo Albuquerque) e não tenha objetivos comerciais.
Note, também, que obras baseadas são proibidas. Saiba mais
sobre este tipo de licença acessando aqui.
Referências
No início deste século começamos a
sofrer uma enorme transformação na
nossa sociedade. O responsável por
isso, o processo denominado
globalização, tem como fundamental
premissa a quebra de barreiras,
possibilitando que o homem se
comunique e locomova da maneira
mais eficiente e acessível possível,
tudo isso graças a evolução
tecnológica e o nivelamento
econômico.
Com um pouco mais de uma década do começo da globalização é difícil identificar o
tênue momento onde a maioria da população passou a depender diretamente dos
meios de comunicação em escala mundial. Isso acontece porque esta grande rede
de comunicação passou a ser parte latente e indispensável da cultura da maioria
das sociedades.
A virtualização de atividades e a digitalização de informações são processos que
hoje permeiam as atividades humanas e se solidificam quase como um padrão para
execução de grande parte delas.
Seguindo esta tendência, a Internet tem arrebatado grande parcela de outros meios
de comunicação. Além disso, atividades relacionadas a socialização, comércio e
divertimento têm se reformulado em apenas mais uma funcionalidade dos
dispositivos eletrônicos.
Consequentemente, seguindo a regra da oferta e demanda, organizações e
profissionais têm voltado sua atenção para o espaço virtual buscando empreender
neste mercado que é fértil por natureza.
Ao terminar a leitura desta apostila, um dos meus objetivos principais é que você se
conscientize que as atividades virtuais são uma tendência global, fato que
provavelmente se estenderá por um longo período. Desta forma, qualquer
profissional que se esforce em desenvolver seu projeto em meio virtual, possui tanto
quanto, na maior parte das vezes ainda mais, chances de sucesso do que outro
profissional que trabalhe off-line.
CONCEITUAÇÃO À NEGÓCIOS ONLINE
Conceitos relacionados a motivação foram adicionados a esta apostila, pelo fato de
serem essenciais a qualquer negócio, bem como, a qualquer profissional.
Mas primeiramente, você sabe definir claramente o que é motivação? Caso não,
veja abaixo:
“Motivação é o ato de motivar. De encontrar razões (consciente e
subconscientemente) para executar determinada ação.”
Ao apresentar este conceito, muito provavelmente, eu quebrei um paradigma
em sua cabeça. Lembre-se: ser motivado não é, especificamente, ser feliz,
bem-sucedido ou persistente. Ser motivado é ter motivos concretos para
executar determinada ação, dessa forma, pessoas motivadas possuem
predisposição para serem felizes, bem sucedidas e persistentes.
A área de conhecimento ligada à motivação é relacionada diretamente a
psicologia, e seus conceitos não servem inteiramente ao objetivo de nosso
assunto principal. Por isso, esta seção se limitará, apenas, em repassar a você,
métodos de como conseguir motivação para seu trabalho.
Sendo basicamente o(s) motivo(s) pelo qual certo indivíduo executa
determinada ação, a motivação é abstrata, tomando diferentes formas, em
diferentes pessoas. Isso porque, o seu ponto de visão é diferente de outro
profissional que lerá esta mesma apostila, logo, sua motivação para terminar a
leitura é diferente da dele.
Pense no seu objetivo como um ponto central interligado a diversos caminhos,
para alcançar este ponto central, será necessário escolher uma das rotas e
seguir. Lembre-se que os caminhos são diferentes, alguns possuem algumas
semelhanças, mas o que deve ser seguido é o que melhor se encaixa a sua
necessidade. No entanto, por mais distintos que estes caminhos possam
parecer, ambos possuem algo em comum além do objetivo: é necessário
motivação para continuar caminhando. A motivação é um dos principais pontos
de partida, mas vai muito além disso, afinal, caminhar alguns passos além da
largada e depois desistir, não serve de nada. Considere este exemplo, uma
analogia com seu objetivo e os diversos modelos de empreendimento citados
adiante. Ah, apenas um aviso: caso se sinta confortável, escolha múltiplos
caminhos, afinal, se tiver tempo para gerir diversos empreendimentos, você
será mais propenso a alcançar seu(s) objetivo(s).
Agora lhe pergunto quem consegue o que quer, o motivado ou o inteligente?
Veja o vídeo abaixo:
LIÇÕES MOTIVACIONAIS
Considero o Daniel Godri um dos melhores palestrantes motivacionais do
nosso país. No vídeo acima, ele se confunde e mescla as histórias de Bill
Gates e Steve Jobs, no entanto, ele conseguiu mostrar em poucas palavras a
importância da motivação para qualquer indivíduo. Aconselho-te a procurar no
YouTube mais palestras desse profissional, te garanto que elas lhe ajudarão
bastante a aumentar sua motivação. Veja também outros trabalhos de Daniel
Godri, clicando abaixo:
Sendo a motivação algo tão importante na vida de um profissional, você deve
está se perguntando como consegui-la. Primeiramente, lembre-se que ela é o
motivo pelo qual se faz algo, sendo assim, não há nada mais motivador do que
se focar no resultado que determinada ação provocará. Por isso, e tão
importante saber exatamente o que se pretende alcançar.
Há também algumas técnicas que psicologicamente produzem em um
profissional maior vontade de trabalhar e continuar em busca de seu objetivo,
dentre elas, cito:
 Descanse regularmente – Você já percebeu que logo após descansar
seu corpo e sua mente se tornam muito mais suscetíveis a trabalhar
constantemente e com maior eficácia? Isso acontece, pois o descanso é
uma das técnicas de motivação (psicológica e física) mais eficazes que
existe, por isso, descanse um pouco a cada par de horas trabalhadas,
um dia por semana, e é claro, tire férias de ao menos uma quinzena por
ano.
 Faça algo além de trabalhar – Por mais que um profissional goste de
trabalhar sua rotina não pode ser ocupada inteiramente pelo trabalho.
Separe algumas horas de seu dia para se divertir com tarefas menos
cansativas que seu trabalho. Por exemplo, caso tenha dificuldade de
acordar cedo, insira na sua rotina uma atividade que goste para fazer
logo de manhãzinha, isso com certeza aumentará sua vontade de
acordar;
 Saiba o que quer – Para alcançar seu objetivo é necessário conhece-lo
bem, por isso, gaste bastante tempo em definir exatamente aonde quer
chegar. Logicamente é muito importante levar em consideração se seu
objetivo é viável e pode ser realmente alcançado no período em que
deseja;
 Objetivos/Metas – Você já ouviu falar de objetivos e metas, não é
mesmo? Mas sabe a diferença entre ambos os termos? Provavelmente
não. Meta é um pedaço de um objetivo. Uma das mais praticadas
técnicas de motivação é utilizar estes conceitos, então, fragmente seu
objetivo em partes menores, assim, cada vez que alcançar determinada
“partição”, você se sentirá satisfeito;
 Procure manter uma rotina – Ao se acostumar com determinada rotina,
se torna bem mais comum se sentir disposto a trabalhar, lembre-se do
tópico 1 e 2 e formule uma rotina básica para seu dia-a-dia;
 Pense no futuro – Se agarrar a imagem mental do seu objetivo é uma
forte arma para conseguir manter a motivação sempre em alta, e isso é
relativamente fácil, no entanto, é indispensável conhecer a fundo seu
objetivo.
Todas estas técnicas servem de maneira muito eficaz para manter a motivação
no seu dia-a-dia, no entanto, a percepção do que você realmente quer é algo
essencial para determinar quais suas tarefas diárias para alcançar determinado
objetivo.
Para você, que está procurando um modelo de negócio para trabalhar em
casa, saiba que as técnicas de motivação são as mesmas para qualquer tipo
de profissional, no entanto, um fator que se altera para os profissionais que
trabalham em casa e o que diz respeito à socialização. Afinal, em um
escritório é possível ter vários colegas que se tornam amigo, o que motiva o
trabalho. Em casa, caso se sinta solitário, converse um pouco com os outros
moradores ou descubra outro jeito de se socializar, desde é claro, que isso não
atrapalhe seu trabalho.
Além de tudo isso, outra técnica de motivação bastante utilizada e que mostra
bastante eficácia é tomar outros profissionais como exemplo, afinal, ao
perceber que crescer profissionalmente não algo impossível, se torna muito
mais fácil se espelhar em profissionais bem-sucedidos. Pensando o quão
valiosa esta dica é, separei algumas histórias de profissionais que são
exemplos de superação e força de vontade. Respetivamente: Silvio Santos,
J.K.Rowling, Arnold Schwarzenegger e Neymar, escolha qual personalidade
mais se destaca para você e assista o seu documentário, garanto que você não
se arrependerá.
Espero que com essa seção, consegui lhe dar a força de vontade necessária
para que você decida tomar como projeto um dos modelos de
empreendimentos apresentados nas próximas páginas. Diversas vezes vi
profissionais afirmarem que não se preocupam com a motivação, e por isso
tomam esta competência como desnecessária. No entanto, caso tenha lido
esta pequena seção com atenção, você percebeu que a motivação é
importante para a execução de qualquer tarefa, e que sem ela,
provavelmente, um projeto será perdido no meio do caminho.
Por tudo isso, lhe considero um profissional pronto para seguir com a leitura
desta apostila e encontrar o modelo de negócio perfeito para suas
necessidades. Então, siga em frente e boa sorte!
Conheça outros livros de motivação e finança clicando na respectiva capa:
Entre as diversas atividades online que geram renda, a criação de blogs se destaca
por ser lucrativa e prazerosa, podendo, dessa forma, ser citada como um negócio
sólido que muito provavelmente será a escolha de maior parte dos leitores dentre
todas as outras atividades citadas nesta apostila.
Nesta seção, você aprenderá os princípios básicos de criação de um blog e
conhecerá as diversas formas de ganhar dinheiro enquanto bloga.
A criação de blogs é o primeiro modelo de negócios apresentado aqui, pois se
destaca como uma das atividades online que mais possuem capacidade para gerar
renda e trazer visibilidade ao profissional. Isso acontece, pois os blogs estão entre
as ferramentas de comunicação mais utilizadas no mundo e vem tendo altos índices
de crescimento desde a popularização da Internet.
Primeiramente, vejo a necessidade de definir “blog”, afinal, nem todos os
profissionais que planejam criar um empreendimento online já tem ciência da
conceituação do mesmo. Mesmo você que não saiba a definição de blog, eu posso
lhe afirma que muito provavelmente já acessou um.
“Blog (ou blogue, tradução para português) é a abreviação de web log,
expressão em inglês que significa diário da rede. Basicamente, é um
espaço online que é atualizado frequentemente e que possui, em muitas
das vezes, um nicho específico.”
Ainda acerca da definição de “blog”, muitas pessoas não possuem uma distinção
correta entre os termos site, portal e blog. Veja abaixo:
“Site é um conjunto de páginas web estruturadas da forma que melhor
se encaixa a necessidade do criador. Este termo possui significado amplo
é engloba todas as páginas criadas na Internet.
Portal é um conglomerado de serviços e sites de uma mesma empresa.
Para melhor compreensão, tome como exemplo: o http://www.uol.com.br/
é um portal, pois é o “pai” de diversos subsites de nicho diversos
(economia, entretenimento, educação, etc.) e de uma variedade de
serviços online (e-mail, bate-papo, pag seguro, etc.).
Dessa forma, não há uma distinção muito visível entre site e blog.
Diversos autores divergem nesta diferenciação, no entanto, tenha em
CRIAÇÃO E GESTÃO DE BLOGS
Administração de Blogs
mente que qualquer aglomerado de páginas na web são sites, assim
sendo, considero blogs, portais, microblogging, etc. como tipos de sites.
”
Ou seja, para criar um blog é necessário criar um espaço online e produzir conteúdo
em uma relativa frequência, mas não se engane, isto não é tão simples como
parece. Na verdade, considero a criação e gestão de blogs a atividade mais
trabalhosa que irei apresentar nesta apostila, além disso, ela exige uma grande
gama de competências para sua realização.
A criação de blogs é uma atividade bem trabalhosa e que consome bastante
tempo. Não basta você decidi criar um blog e pronto. O planejamento e a execução
da criação requer a aprendizagem de uma enorme gama de ferramentas e uma
série de tomadas de decisões, o que resultam em um longo tempo antes do
lançamento do site. Preparei uma lista bem sucinta sobre quais as tarefas tem de
ser executas do momento em que você decidi criar um blog até quando você o
lança, veja:
 Decida qual o seu nicho e assuntos principais;
 Defina nome e domínio;
 Decida qual a plataforma de seu blog;
 Defina a empresa que hospedará e alocará o domínio;
 Defina a identidade visual (logomarca, favicon e banner);
 Defina qual seu template;
 Redija ao menos dez artigos;
 Monte o blog (instale a plataforma, instale o template, adiciona os elementos
de identidade visual, instale os plugins e insira os artigos).
Após isso seu site estará pronto para visitação. Neste ponto começa a gestão de
blogs. As atividades de gestão sempre se repetirão em uma ordem que não é
possível prever, no entanto, algumas tarefas que sempre estão presentes durante a
administração de um blog são:
 Postar artigos;
 Definir de que forma seu blog será monetizado e implementar os materiais
(banners, links, etc.) de publicidade em seu blog;
 Responder comentários;
 Fazer backups, se prevenindo contra possíveis falhas no servidor;
 Otimizar SEO;
Como funciona?
 Revisar seu blog em busca de erros de navegação.
Dependendo de seu blog as atividades podem se alterar um pouco, no entanto, esta
estrutura se adequa a maioria do blogs.
Como comentado anteriormente, a criação e gestão de blogs exige do profissional
uma gama de conhecimentos bem elevada, se comparada ao que é necessário
para realizar as outras atividades desta apostila. Logicamente, a atribuição de
tarefas (contratação de freelancers) é uma alternativa, no entanto, os gastos com
ela pode não se encaixar ao perfil do seu projeto. Caso precise contratar um redator
freelancer, por favor, entre em contato comigo pelo e-mail
aguatalbuquerque@gmail.com
Primeiramente, lembre-se que os blogs foram criados para que um indivíduo
qualquer apresente sua opinião livremente na blogosfera (como é denominado o
conjunto de blogs). Dessa forma, uma das principais competências do criador de um
blog deve ser a escrita, juntamente com noções básicas de gramática e
ortografia. Caso você que deseja criar um blog não possuía conhecimentos
“aceitáveis” para transmitir informações através de textos, será necessário a
contratação de um freelancer, o que dependendo de sua disponibilidade financeira,
pode ser uma ótima alternativa. No entanto, reflita sobre os benefícios que saber
escrever bem pode trazer para a sua carreira profissional.
Então, não se contente com o freelancer e faça cursos sobre gramática, ortografia, e
claro, redação. Estudando meia hora por dia, ou somente no final de semana, você
rapidamente dominará a escrita e poderá dispensar o freelancer ou aumentar a
periodicidade de artigos em seu blog contribuindo com mais conteúdo.
Outra questão que você deve se preocupar é em relação a plataforma a qual você
criará seu blog. Caso opte pelo Blogger, Wix, Webnode ou outra que tenha um
sistema relativamente simples, não é necessário nenhuma preparação. No entanto,
caso precise utilizar plataformas mais elaboradas e com mais funcionalidades, como
o Wordpress, Magento ou Joomla, será necessário um pouco mais de tempo para
aprender a trabalhar com tal sistema. Para isso, veja as videoaulas abaixo da
respectiva plataforma que você escolheu para seu blog, lembre-se que com um
pouco de prática, você logo chegará a perfeição.
Conhecimentos específicos
Aulas de introdução ao Blogger do canal LF Tutoriais.
Vídeos de introdução ao construtor WIX do canal newwebmasterbruno.
Videoaulas de Wordpress do canal iConectadoNet.
Videoaulas de Joomla do canal vejaeaprenda.
Videoaulas de Magento do canal iConectadoNet.
A Brava Cursos possui um curso de Wordpress de 80 horas com auxílio de instrutor
e certificado, caso queira trabalhar nesta plataforma esta é uma ótima oportunidade.
Durante a criação de um site, e em alguns momentos de manutenção do mesmo,
são utilizadas diversas linguagens para modificação de layouts e inserção de novas
funcionalidades. Entre as linguagens que todos blogueiros tem que saber pelo
menos o básico, estão o HTML(XHTML) e CSS. Aconselho ao profissional
interessado assistir videoaulas disponíveis no YouTube, e especificamente as
apresentadas abaixo. Posso lhe afirmar, por experiência própria, que elas são
ótimas fontes de conhecimento.
.
Ambas as séries de videoaulas foram produzidas pelo canal ricardolopescosta
Caso queira se profissionalizar formalmente, a Brava Cursos oferece um ótimo
curso de HTML com instrutor online e certificado de conclusão, confira o curso aqui.
Além destas linguagens, o estudo de Java Script e PHP podem ajudar na criação
de seu site. Ambas são ferramentas de programação que visam oferecer maior
flexibilidade ao usuário, uma vez que possibilitam a manipulação de objetos do site
o que resulta em um site mais dinâmico. Abaixo estão links para videoaulas sobre
ambas as linguagens:
Videoaulas produzidas pelo canal ricardolopescosta.
Videoaulas produzidas pelo canal Hugo Vasconcelos.
Muito provavelmente, ao assistir estas videoaulas você já estará apto a configurar o
layout de seu site com relativa facilidade.
A edição de imagens pode ser uma competência muito bem aproveitada em um
gestor de blog. Aliás, logo no início do projeto, surge a necessidade da criação do
logo, favicon e banner, elementos fundamentais da identidade visual de seu blog e
que por isso devem ser produzidos com maior cuidado possível. O editor de
imagens líder do mercado atualmente é o Adobe Photshop, no entanto, há também
uma opção gratuita que possui um ótimo número de funcionalidades: o Gimp. Além
disso, o Corel Draw também pode ser uma ótima ferramenta para criação dos itens
de sua identidade visual. Aconselho-te a ler sobre os três programas e analisar
qual(s) se encaixa melhor as suas necessidades. No YouTube, há videoaulas do
Photoshop CS6 (última versão) e do GIMP de ótima qualidade, acesse-os pelos
links abaixo:
Videoaulas de CS6 produzidas pelo canal Hugo Vasconcelos.
Videoaulas de GIMP produzidas pelo canal tvguarapara.
Infelizmente, não encontrei no YouTube nenhum curso de Corel Draw atualizado e
de qualidade, no entanto, o site Apostilando possui uma ótima apostila acerca do
aplicativo, veja:
Caso seja de seu interesse, o mesmo diretório de apostilas possui um excelente
material sobre o Flash CS5. Caso não saiba, Flash é a tecnologia responsável por
banners animados que você encontra em qualquer site por aí. Caso tenha tempo
hábil, estude este aplicativo, ele é uma das tecnologias mais utilizadas, flexíveis e
úteis da Internet.
Ainda sobre dicas de designer, lhe convido a acessar o canal de um dos melhores
professores da Internet: o Bruno Ávila. Neste canal há diversas dicas para designes
sobre noções gerais desta área de conhecimento. Vale apena conferir, acesse:
A criação e gestão de blogs incluem alguns gastos relativamente baixos.
Primeiramente, deve ser decido em qual a plataforma será criado seu blog para,
logo depois, analisar os custos com hospedagem e domínio. Em relação as
plataformas anteriormente citadas afirmo que:
 Blogger: não possui gastos com hospedagem e não possui planos premium,
dessa forma, a compra de domínio é a única despesa, isso caso você não
queira ficar no subdomínio que a plataforma sede gratuitamente;
 Wordpress (com): não possui gastos com hospedagem e fornece domínio
gratuito, no entanto, há a opção de agregar ou comprar diretamente um. Há
diversos planos de upgrade nesta plataforma;
 Wordpress (org), Joomla! e Magento (CE): softwares são gratuitos, mas é
necessário contratar hospedagem e alocar um domínio;
 Wix e Webnode: não há necessidade de contratar hospedagem de uma
empresa terceira e a compra de domínio é opcional já que é oferecido um
subdomínio grátis. Para aumentar a largura da banda e acessar funções
avançadas é necessário ingressar em um plano premium.
Embora não seja recomendado, há no mercado algumas empresas que oferecem
plano de hospedagem e subdomínios de graça. Entre elas, a Hostinger se destacar
por ter um plano inteiramente gratuito com boas especificações técnicas e interface
em Português. Conheça:
Vídeos de introdução a Hostinger do canal newwebmasterbruno.
Gastos Iniciais
Embora os gastos “obrigatórios” parem por aí, em alguns casos é necessário a
contratação de alguns serviços, principalmente o de freelancers. Veja alguns casos
em que você poderá ser “forçado” a gastar um pouco mais:
 Caso não encontre um tema que se encaixe a sua necessidade, será
necessário comprar templates premium que possa suprir sua necessidade ou
contratar freelancers para produzir um exclusivo;
 Na criação do logo, banner e favicon é necessário trabalhar com ferramentas
como Photoshop e Corel Draw. Caso não tenha intimidade no manejo destes
aplicativos, é melhor contratar um freelancer para lhe ajudar.
 Para criação de conteúdo (artigos), por vezes, se torna necessário a
contratação de redatores freelancer (você pode me contratar pelo e-mail
gustavolbuquerque.webwriting@gmail.com);
 Caso você decida mudar de plataforma, por exemplo, de Blogger para
Wordpress, é possível que seja necessário contratar um freelancer para
executar tal tarefa.
Lembre-se que após obter uma boa média de acessos seu blog começará a
ultrapassar o limite da banda contratada, ficará muito antiquado para o grande
público e/ou exigirá atualizações cada vez mais rápidas, o que aumentará suas
despesas. Por isso, se torna tão importante a monetização de seu blog.
A monetização de blogs é feita com a inserção de elementos (banners, imagens,
links, etc.) publicitários em determinada parte da página web. Lembre-se que por
questões de Marketing, o tipo de monetização de blogs varia de acordo com o nicho
do mesmo. Por exemplo, se seu site é de tecnologia, você deve se afilar a Dell, que
vende computadores e não a Imagens folheados, que vende bijuterias. Além desta
regra básica, cabe a você decidir qual a melhor forma de monetização para seu
projeto.
Monetização
Entretanto, considero os anunciantes diretos a melhor forma de publicidade para
seu site. Ou seja, quando determinada empresa se contata com o administrador de
um blog e pede para ele um espaço publicitário no mesmo. Entretanto, esta é a
forma de monetização mais difícil de se conseguir, uma vez que o seu blog deve
possuir uma quantidade de visitas relevantes para chamar a atenção de alguma
empresa.
Por outro lado, as redes de afiliados são uma forma de publicidade acessível e
bastante utilizadas para novos blogs. Aliás, esse método de monetização é utilizado
até mesmo para grandes sites. Antes de ressaltar os maiores programas existentes
no Brasil, quero que você entenda quais os tipos de programas de afiliados, veja:
 CPC (custo por clique) – são programas de afiliados em que você ganha
certo valor todas as vezes que alguém clica no anúncio;
 CPA (custo por ação) – por sua vez, é um programa de afiliados que pagam
quando um internauta clica no anúncio e compra o produto do banner;
 CPM (custo por mil) – são programas que pagam certo valor a cada vez que
um banner é exibido mil vezes.
 CPL (custo por formulário) – programas em que o internauta que clicou no
anúncio precisa somente se cadastrar ou preencher um formulário para o
blogueiro ganhar determinada quantia.
A rede de afiliados líder do mercado é o Google AdSense, ou seja, o serviço de
publicidade do Google. Este serviço se destaca entre os blogueiros pela alta
confiabilidade da plataforma. É do tipo CPC, sendo recomendado para blogs que já
possui boa quantidade de visitas.
Outras rede famosas e confiáveis são NetAffiliation (CPC, COM E CPL), Public
Idees (CPA, CPM E CPC), Lomadee (CPM, CPC e CPA) e Afilio (CPA, CPM, CPC).
Cada um deles possuem diferentes campanhas, onde um anunciante abre
oportunidades para blogueiros se afiliarem a sua campanha e publicarem seus
anúncios. Para escolher bem o método de monetização, é necessário visitar cada
programa e se informar sobre quais campanhas estão ativas e analisar se elas se
encaixam a seu site e público-alvo.
É possível trabalhar com diversos programas de afiliados no mesmo blog, consulte
o F.Q.A. de cada empresa e se itere ás regras de cada programa.
Além disso, há também os programas de afiliados, que são programas de apenas
uma empresa, ou seja, não há escolha de campanhas. Entre os principais estão:
Imagens Folheados, Cursos 24 Horas, Brava Cursos e HostGator.
O principal macete de monetização de blogs é testar o maior número de métodos
seguros, dessa forma, você saberá qual melhor se encaixa a seu blog.
Com a digitalização de informações cada vez mais latentes, diversas empresas e
autores decidem vender suas informações e conteúdos didáticos através da
Internet, o que tem se tornado a cada dia, uma ótima alternativa, afinal, o público
virtual cresce de forma ascendente e representa boa fatia do mercado.
Abaixo você aprenderá as principais características de sites de membros e, por fim,
poderá se decidir se este é o modelo de negócio ideal pra você, afinal, ele é
bastante semelhante com blogs e e-books, o que causa certo embaraço no inicio.
Site de membros, conhecido também como membership site, é um site, ou até
mesmo uma partição de seu site, onde estão dispostos artigos, vídeos, imagens etc.
que podem ser acessadas somente por determinada pessoas que pagaram certa
quantia para fazerem parte da comunidade de membros.
Para melhor compreensão, entenda sites de membros como blogs que ao invés de
ser monetizados por publicidade, geram rendas através de um público que paga
(única ou regulamente) para acessar seus materiais online.
Indico a criação de site de membros quando você busca oferecer conteúdo pago
que é demasiadamente interativo (muitas imagens, vídeos, arquivos de áudio, etc.)
para e-books. Lembre-se também, que o conteúdo de sites de membros tem de ter
maior qualidade, afinal, o leitor está pagando diretamente.
SITE DE MEMBROS
Como funciona?
Conhecimentos específicos
Os conhecimentos necessários para criação de sites de membros são basicamente
os mesmos que os de criar um blog. Até mesmo porque, plataformas simplicistas
como o WIX possuem funções relacionadas a isolamento de páginas exclusivas, o
que torna bem fácil a criar um site deste tipo. Além disso, será necessário aprender
a trabalhar com algum software (plugin) que automatiza as tarefas de criação de
sites de membros, como o Magic Members ou HotMembers.
Você pode achar opções grátis para criação de site de membros que funcionam
adequadamente, mas que, no entanto, não possuem a flexibilidade e o
profissionalismo que um site de membros requer.
Por isso, caso pretenda criar sites de membros em Wordpress recomendo o uso do
plugin Magic Members, que automatiza maioria das ações do seu site, como por
exemplo: redirecionar, reconhecer e gerenciar pagamentos, liberar contas, organizar
conteúdo (fazendo com que determinado membro receba materiais de acordo com
sua vontade), criação e recebimento automático de cupons de desconto, entre
outras funcionalidades que ajudarão seu site de membros se auto administrar. O
Magic Members possui integração com diversos sistemas de pagamentos, destaca-
se: Pag Seguro e Pay Pal, duas das plataformas mais utilizadas no Brasil.
No entanto, mesmo sendo uma possibilidade concreta, o Magic Members pode não
se encaixar a necessidade de certos brasileiros, isso acontece, porque grandes
partes dos administradores de sites de membros do Brasil optam por vender suas
assinaturas pelo Hotmart, já que a empresa se destaca como a maior vendedora de
produtos e serviços digitais do Brasil. Sendo assim, caso opte pela utilização do
Hotmart, aconselho-te a utilizar o HotMembers, plugin para Wordpress ideal para
esta plataforma.
Gastos Iniciais
Como mencionado na seção anterior, a digitalização de informações têm tomado
grandes proporções nos últimos anos, e continua crescendo em ritmo acelerado
enquanto você lê esta apostila.
Você conheceu a pouco alguns modelos de negócio que se resumem na criação de
serviços online, nesta seção, você conhecerá alguns tipos de produtos digitais que
você pode criar para gerar uma boa quantidade de renda.
Entre os tipos de produtos digitais que possuem maior mercado e aceitação do
público estão os e-books, que nada mais são que livros digitais. A grande
presença do Hotmart no território nacional tem feito este tipo de produto crescer
vertiginosamente, o que é um ótimo fato para quem deseja ganhar dinheiro
trabalhando em casa.
Basicamente, você escreverá um livro e ao invés de publicá-lo fisicamente com a
ajuda de uma editora, você simplesmente disponibilizara-lo online.
No entanto, note que os e-books que são sucessos de vendas são os didáticos ou
de autoajuda, que tratam de uma área de conhecimento especifica. Infelizmente,
romances ainda não atraem atenção de leitores digitais.
Além disso, outro ponto que deve ser levado em consideração é forma como você
resguardará seus direitos autorais. Há a opção mais simples, sem custos e rápida
(Creative Commons) e a burocrática, demorada e paga (ISBN). Indico que use a
Creative Commons caso deseje distribuir seu livro livremente, ao contrário, é
amplamente aconselhável o uso da ISBN.
A principal competência recomendada para quem deseja criar um e-book é saber
escrever bem, e claro, conhecer amplamente o assunto a ser escrito. Por si só,
estes dois fatores provavelmente resultarão em um ótimo produto.
PRODUZINDO PRODUTOS DIGITAIS
E-BOOKS
Como funciona?
Conhecimentos específicos
Além disso, será necessário saber utilizar algum editor de texto (na maioria das
vezes, o Word é suficiente), e também, um software de edição de imagens para
montar a capa.
A criação de e-books é o único modelo de empreendimento apresentado aqui que
não possui nenhum tipo de investimento. Logicamente, caso prefira, você poderá
comprar algum software especifico ou contratar um freelancer para criar sua capa,
no entanto, todos os gastos podem ser suprimidos com um pouco de esforço.
Para gerar renda com seu e-book, você pode vendê-lo (reafirmo o Hotmart como
melhor plataforma nacional) ou monetizá-lo com publicidade. Para isso, você pode
inserir links e banners de produtos relacionados ao assunto do e-book, desta forma,
a publicidade não ficará visível e nem irritará os leitores.
Outro tipo de produto virtual que pode gerar uma relevante quantidade de renda é a
criação de softwares, afinal, este ramo cresce juntamente com a Internet e a
informatização de dados e tarefas.
Você já percebeu a imensa quantidade de softwares que
qualquer usuário de computadores utiliza? Saiba que na
maioria das vezes o criador monetiza seu programa, e assim,
pode ganhar bastante dinheiro.
Note que você pode criar programas para mais diversas
plataformas (Windows, Linux, MAC, Android, IOS, plugins
para Wordpress, entre outras) o que abre uma enorme gama
de possibilidades e maiores chances de engatar um
empreendimento neste modelo de negócio.
Esse é definitivamente o modelo de empreendimento apresentado nesta apostila
que requer maiores conhecimentos técnicos do profissional.
SOFTWARE
Gastos Iniciais
Como funciona?
Conhecimentos específicos
Monetização
Muito provavelmente, você ainda não tinha pensado nesta possibilidade, mas lhe
aconselho a começar a estudar um pouco de programação, pois, caso goste desta
área de conhecimentos e se empenhe, é possível ganhar grande quantidade de
renda com essa atividade.
Entre as tecnologias que você deve se concentrar logo de inicio estão Lógica da
Programação, Banco de Dados MySQL, Java e PHP.
Muito provavelmente os custos deste modelo de empreendimento são centrados em
cursos de especialização em competências de programação e softwares que
frequentemente serão necessários para criação de um programa.
Para monetizar seu aplicativo, é possível vendê-lo a um determinado valor (sempre
utilizando versões Trial para seu software se torne mais conhecido) ou ocupar certo
espaço de sua interface gráfica com publicidade. Ambos os modelos são rentáveis,
basta escolher o melhor tipo visando o perfil de seu público.
Gastos Iniciais
Monetização
A venda de produtos pela Internet se destaca entre os modelos de
empreendimentos mais seguros e rentáveis desta apostila. Isso acontece, pois o
comércio eletrônico está crescendo de forma vertiginosa nos últimos anos, sendo
largamente aceito pela maioria dos internautas (inclusive indivíduos que antes não
tinham acesso a esse tipo de mercado: a classe C) o que prova a rentabilidade
deste negócio.
O comércio eletrônico (e-commerce ou comércio digital) é um fenômeno advindo da
popularização da Internet e da facilidade de implantação de tecnologias seguras e
de transação bancária. Para entender melhor o atual estado do comércio eletrônico
veja o vídeo abaixo do canal TV CNC:
O e-commerce tem gerado vantagens para os dois lados do comércio, afinal,
vender online é muito mais fácil e menos burocrático para o vendedor, e comprar
online, é mais barato e prático (gasta menos tempo e o mercado digital é bem vasto)
para o cliente.
Para gerar renda com comércio eletrônico basta divulgar um produto (novo ou
usado) na Internet e aguardar um internauta interessado entrar em contato com
COMÉRCIO ELETRÔNICO
Como funciona?
você. Logicamente, pra obter grandes lucros é preciso ter todo um esquema de
importação de produtos e atendimento de clientes, no entanto, esta é uma das
atividades mais simplicistas desta apostila.
Leve em consideração alguns pontos básicos:
 A necessidade de obter conhecimentos avançados sobre o comércio
eletrônico, visando ganhar vantagem competitiva em face da grande
competitividade deste tipo de negócio;
 Escolher qual melhor plataforma de venda – preferencialmente utilize sempre
o Mercado Livre, a plataforma esta em ascendência e precisa de cada vez
mais vendedores. Outra dica valiosa é a criação de lojas virtuais próprias.
 Se tornar pessoa jurídica para emitir nota fiscal – não é obrigatório, no
entanto, os clientes se sentem mais seguros.
Embora seja uma atividade bem fácil, o comércio eletrônico tem chamado atenção
de diversos empreendedores e por isso se tornar cada vez mais uma atividade
competitiva. Tarefas como publicação de anúncios, contato com cliente e envio de
produtos são bem simples e qualquer pessoa pode executa-las, no entanto, para
gerar uma boa quantidade de renda é necessário um pouco mais de conhecimento,
como por exemplo: saber como importar produtos, conhecer revendedores, otimizar
anúncios e montar um loja virtual do zero. Para isso indico o Curso Vender no
Mercado Livre, o mais completo site de membros acerca do comércio eletrônico.
Nele você apenderá:
 Passo A Passo de Como
Vender No Mercado Livre;
 Qual O Segredo Dos
Vendedores Do Mercado Livre;
 Como Vender No Que Barato E
Toda Oferta;
 Como Ter Seu Próprio E-
Commerce;
 Como Ter Os Fornecedores
Especializados;
 Fornecedores Chineses e
Brasileiros;
 Como Importar Da China,
Eletrônicos, Vídeo Games,
Xbox etc;
 Como Importar Roupas Do
Peru, EUA E China;
 Como Importar Tênis, óculos e
Bonés;
 Como Importar Suplementos
Alimentares;
 Como Não Ser Taxado Na
Alfândega;
 E Muito, Muito Mais...
Conhecimentos específicos
Acesse agora mesmo a página do produto clicando aqui.
Caso você não queira investir logo de cara em seu projeto, o comércio eletrônico
não é para você. Como é de se imaginar, os custos iniciais são relativamente
elevados, dependendo diretamente dos tipos de produtos que você irá vender.
Analise esse modelo de empreendimento e caso goste, aconselho-te a investir ao
menos um pouco para testar o mercado eletrônico e sua adaptabilidade como
vendedor online. Mesmo se decida que esta atividade não é para você, você pode
vender a leva de mercadorias iniciais e procurar outro negócio.
Além disso, você gastará um pouco caso queira emitir notas fiscais, já que todo
cadastro de CNPJ (documento necessário para se tornar uma pessoa jurídica) e
IME envolvem alguns gastos. Note que o SIMEI é exclusivo para
microempreendedores individuais, para saber se você se encaixa aos requisitos do
mesmo, acesse aqui.
Gastos Iniciais
De forma semelhante à venda de produtos, a contratação de serviços foi afetada
diretamente pela Internet e todo cataclismo de informações que ela impulsionou.
Além disso, a popularização de novas profissões como designer e programadores,
criarão um ambiente muito mais receptivo à contratação de profissionais online.
Descubra um pouco mais desta profissão que tem ganhado cada vez mais adeptos
assistindo o vídeo abaixo:
Freelancers ou freelas são profissionais que trabalham por conta própria,
executando projetos para diferentes clientes, não sendo ligados permanentemente a
nenhum tipo de empresa e/ou patrão. Na verdade, considero o termo “freelancer” o
equivalente gramátical do século XXI ao que era chamado de “profissional
autônomo”.
Deve-se ter em mente que um freelancer é um profissional, independente da área
de atuação, bem preparado e com um bom número de trabalhos no portfólio
(coleção de trabalhos produzido por certo freela, exposta para demostrar como o
profissional em questão trabalha, em maioria dos trabalhos online, este tipo de
documento, substitui o curriculum).
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
Por possui diversas vantagens, vários profissionais tem se tornado freelas e obtido
rendas superiores a de funcionários de agências, realidade ironizada no vídeo
abaixo:
Para conseguirem clientes, maioria dos freelancers divulgam um portfólio online
com os seus principais trabalhos. Há também diversos sites que intermediam o
contato inicial entre contratante e freela, você pode acessar alguns deles clicando
nos banners abaixo:
Caso você escreva bem e tenha adequada preparação para isso, é possível que se
dê bem como redator freelancer. Mas se engana quem pensa que essa profissão é
fácil. A referida atividade exige que o profissional se mantenha atualizado sobre
todas as novidades de seu nicho de trabalho.
Caso precise contratar um redator freelancer, mande detalhes de seu projeto para
meu e-mail agutalbuquerque@gmail.com, ficarei contente em lhe ter como cliente!
Essa é uma das áreas de freela que mais necessitam de preparo. Afinal, a tradução
costuma ser um campo de conhecimentos bem específicos. Caso não tenha curso
superior em línguas, aconselho-te a nem considerar esta possibilidade.
Designers são um dos tipos de freela mais comuns no mercado virtual. Entre as
atividades para que estes profissionais são contratados estão: designers de site,
edição de imagem, criação de templates para sites, etc.
Pessoalmente, acho a criação de softwares bem mais lucrativa que a prestação de
serviços como freelancer programador. Mas, caso esteja sem ideia ou com tempo
ocioso, Jobs (como é chamado cada serviços de freelas) de programação podem
ajudar-lhe a ganhar mais experiência e gerar um pouco de renda.
Redação
Tradução
Designer
Programação
Freelancers que prestam assessória são profissionais que possuem vasto
conhecimento em determinada área de competência, e por isso, trabalham como
instrutores para profissionais iniciantes. O tipo de consultoria virtual que mais possui
público é relacionada a criação de site e SEO.
Caso precise de acessória para criação de blogs, mande detalhes de seu projeto
para meu e-mail agutalbuquerque@gmail.com, ficarei contente em lhe ter como
cliente!
Por último, caso a prestação de serviços como freelancer tenha lhe chamado
atenção, assista um vídeo do canal BonsTutorias que apresentam uma série de
dicas para lhe ajudar a se tornar um ótimo freelancer, confira:
Assessoria
O YouTube é atualmente a maior plataforma de mídia social do mundo, e como tal,
tem crescido avassaladoramente nos últimos tempos e mostrado o grande apelo
que vídeos possuem para grande parte dos internautas.
O Google, dono do YouTube têm investido cada vez mais nesta mídia social, aliás,
boa parte dos lucros da empresa no ano passado (2012) foram gerados com a
plataforma. Sendo assim, se torna cada vez mais vantajoso para profissionais da
Internet investirem neste modelo de negócio.
Para gerar renda com o YouTube é necessário, basicamente, produzir vídeos e
subi-los na plataforma. No entanto, para fazer sucesso é necessário bem mais que
isso. Primeiramente é preciso inscrever-se na plataforma como um usuário e logo
depois editar o perfil e criar um canal, tudo funciona de forma bem intuitiva e caso
precise, há diversos tutoriais espalhados na Internet. Para monetizar, é necessário
permiti a publicação de publicidade em seus vídeos.
Há diversos formatos de vídeos com que você pode trabalhar, entre os mais
conhecidos estão: vlogs (como o próprio nome sugere, é um blog feito de vídeos),
tutorial (aulas de como fazer “tal coisa”), gameplay (mostra como jogar determinado
jogo), animações (vídeos feito com desenhos animados), esquetes (pequenas
histórias), etc.
Independentemente do tipo que você escolha, a criatividade é o principal fator para
o sucesso. Até mesmo porque, em um espaço tão dinâmico como o YouTube
diversas pessoas ficam conhecidas rapidamente por um vídeo viral que fizeram. E
assim sendo, uma das melhores formas para conseguir mais inscritos é fazer um
vídeo viral que tornará seu canal conhecido. Um dos melhores exemplos que posso
apresentar é o do Felipe Neto, que em 2010 criou um canal e começou a postar
alguns vídeos que se tornaram virais. Sabe qual foi o resultado? Hoje, o mesmo
canal ainda está ativo e é o quinto maior do Brasil, no ano passado, em 2012, o
Filipe criou outro canal, o Parafernalha que já é o terceiro maior canal em números
de inscritos do nosso país. Com tudo isso, eu estou querendo chegar ao ponto que
reafirmo que com uma boa dose de criatividade e espírito empreendedor é bem
fácil fazer sucesso no YouTube rapidamente, da forma que nenhum outro modelo
de negócios online consegue.
No vídeo abaixo você pode assistir o vídeo de lançamento do livro Não Faz Sentido,
onde o Felipe Neto conta a história de seu canal e como foi ser um dos primeiros
YouTubers brasileiros a ser reconhecido nacionalmente.
PRODUÇÃO DE VÍDEOS PARA O YOUTUBE
Como funciona?
Para produzir vídeos no YouTube é necessário, essencialmente, saber editar vídeo
e áudio. Dependendo do tipo de seu vídeo (vlogs, gameplay, tutorial, etc.) essa
edição é bem fácil e pode ser feita utilizando programas simples. Caso deseje fazer
animações, é necessário ter amplos conhecimentos em aplicativos como o Adobe
Flash Profissional ou outro semelhante.
Entre os programas mais utilizados pelos YouTubers (como é chamado quem
produz vídeos para o YouTube) estão o Camtasia, o Sony Vegas e o Sony Sound
Forge. Logicamente, existem no mercado diversas outras ferramentas equivalentes,
Conhecimentos específicos
Criado por Felipe Neto em 2010 sem maiores
pretensões, o Não Faz Sentido tornou-se um
fenômeno da internet brasileira e o primeiro
canal de vídeos em língua portuguesa a
ultrapassar a marca de 1 milhão de inscritos.
Confundido muitas vezes com seu personagem
reclamão, Felipe Neto expõe nesta obra sua
outra face, sem óculos (continue lendo...)
cabe a você pesquisar qual melhor se adequam a suas necessidades, e claro, seu
bolso.
Caso pense em gravar tutorias, veja as videoaulas da HxTutoriais e analise se o
Camtasia atenderá suas necessidade.
Para edição completa de vídeo, conheça o Sony Vegas. A BrainstormTutoriais2
possui uma grande coleção de vídeos que ensinam como trabalhar com este
software, veja:
Veja também alguns vídeos da BrainstormTutoriais2 e LFTutoriais que dão dicas
gerais para os YouTubers de como montar um canal de sucesso.
Estude bastante estes vídeos, com eles você conseguirá ter uma noção básica de
como administrar um canal no YouTube e poderá dar os primeiros passos neste
modelo de negócio que desponta como extremamente rentável.
A produção de vídeos para YouTube é um dos modelos de empreendimento
apresentados nesta apostila que mais possui maiores gastos iniciais. Isso acontece,
pois materiais de preço elevado como câmera e microfone são essenciais para
essa atividade. Você deve, primeiramente, saber quais tipos de materiais serão
necessários (qual resolução da câmera, qual tipo de microfone, qual software de
Gastos Iniciais
edição comprar, etc.) e logo depois, sair às compras e tentar achar o melhor custo-
benefício.
Você pode também, optar por comprar aparelhos mais baratos até gerar uma boa
renda com o canal, assim, logo que conseguir um bom retorno financeiro, invista em
melhores aparelhos.
A monetização de vídeos no YouTube é semelhante a do blogs, ou seja, você sede
espaço publicitário na sua página. Inclusive, é essencial para um YouTuber possuir
uma conta no AdSense (famoso programa de monetização de blogs).
Para ativar a monetização de vídeos no YouTube é bem fácil, principalmente
levando em consideração que a pouco tempo atrás era o YouTube que escolhia
qual canal que poderia exibir propagandas. No entanto é necessário ressaltar
alguns pontos: uma conta no AdSense é essencial para sacar comissões, dessa
forma, apenas maiores de 18 anos podem monetizar vídeos; grande parte dos
vídeos podem ser monetizados a não ser que quebrem direitos autorais ou
infrinjam os tipos de vídeos que não podem se subidos na mídia social (como
conteúdo pornográfico, por exemplo) e não é possível escolher o tipo de
produto/marca que fará publicidade na página de seu vídeo. É extremamente
recomendável que se leia as normas de monetização que aparecerão logo após
manifestar desejo em monetizar seu canal, até mesmo porque, ao ter ciência dos
tipos de práticas proibidas é bem mais difícil que você cometa praticas que violem
os termos do YouTube.
Veja os três tipos de propagandas disponibilizadas pela plataforma:
Anúncios de sobreposição que cobrem quase 1/4 de seu
vídeo. Logo após clicar no “x” do lado superior esquerdo a
propaganda se fecha.
Monetização
Trabalhamos com divulgação e SEO para YouTube, e
sabemos como e onde encontrar visualizações para
enviar para seus vídeos. Os pacotes que vendemos
possuem o melhor preço do mercado e as maiores
quantias de visualizações do mercado, estamos prontos
para fazer o seu vídeo subir no YouTube!
Para saber mais, clique na imagem ao lado.
Anúncios TrueView In-stream que ocupam toda a área de
exibição podendo ser fechados após cinco segundos.
Anúncio padrão exibido ao lado do player de seu vídeo.
Ambos os tipos de publicidade possuem capacidade para gerar uma boa renda e
podem ser escolhidos de acordo com sua necessidade (somente o padrão é
indispensável), afinal, como citado no inicio desta seção, até mesmo o Google se
surpreendeu com o capacidade de monetização que YouTube tem apresentado.
Logo abaixo, você pode acessar um vídeo produzido pelo canal SociedadeHacker
que mostra como ativar a monetização de vídeos e criar/adicionar uma conta no
AdSense para sacar suas comissões.
No YouTube, da mesma forma que os blogs, é possível gerar renda com vídeos
patrocinados, afinal, grandes empresas já perceberam o potencial do YouTube e
têm aberto oportunidades para este tipo de publicidade direta. No entanto, este
tipo de parceria não é tão comum e, para ganhar dinheiro com este método, é
necessário ter uma boa visibilidade para chamar a atenção de alguma empresa.
Além destas formas de monetização, há o que chamamos de Network, que são
grandes redes (com características semelhantes aos programas de afiliados para
blogs) que intermediam a negociação entre anunciantes e YouTubers. Além disso,
elas possuem uma estrutura otimizada que facilita a divulgação de canais. Entre as
principais Networks estão Machinima, TNT, ParaMaker, etc. Cabe a conhecer a
proposta de cada uma delas e analisar qual pode ser mais vantajosa que a parceria
comum com o YouTube.
Abaixo, você confere mais um exemplo de sucesso no YouTube. Muito
provavelmente você conhece o canal Portas dos Fundos, que é atualmente o maior
canal do Brasil, não é mesmo? No documentário a seguir você verá como que a
ideia do canal surgiu e reafirmará mais uma vez que criatividade é tudo.
Livro: Porta dos Fundos - Este é o livro do Porta dos
Fundos. São 37 roteiros dos esquetes na internet. Mas
aqui, tal qual um DVD, temos extras - fotos exclusivas e
comentários dos autores! Saiba qual foi a inspiração de
cada um dos malucos que escrevem os vídeos, de onde
vêm as ideias, como eles pensam e descubra que, no
Porta, tudo começa pelo texto! No início de cada capítulo,
você ainda encontra um QR Code que leva diretamente
ao vídeo no YouTube. Clique na imagem ao lado para ir
para página do livro.
Foi apresentado acima artigos motivacionais e os principais modelos de negócio
para Internet. Ao encerrar estas seções, percebi a necessidade de continuar um
pouco mais a explanação relativa à sucesso na Internet e incluir alguns conceitos
gerais sobre o Marketing de um negócio online, a interação com seus
clientes/visitantes/contratantes e a necessidade de inovação neste ramo que já se
desponta como altamente competitivo.
Na Administração, o Marketing é um processo latente na venda de produtos e na
comunicação com os clientes. O denominado Marketing Digital, logicamente
aplicado na Internet, é um processo semelhante, entretanto, adaptado ao ambiente
virtual que necessita de uma toda uma estrutura digital, e também, a agilidade
necessária para suportar as constantes mudanças deste meio.
Sendo a Internet a maior fonte de informações do mundo, o Marketing Digital é
utilizado até mesmo por empresas que não possuem atividades relacionadas à
tecnologia. Consequentemente, é obrigatório que projetos online façam uso do
Marketing Digital.
O Marketing Digital é, por natureza, um conjunto de ações muito amplas e está
presente deste a exposição de um anúncio até no momento em que se contata o
cliente. Entre exemplos de atividades relacionadas ao Marketing Digital podemos
citar qualquer tipo de publicidade (banners, links, vídeos, etc.) ou qualquer contato
com cliente (atendimento direto, administração de redes sociais, newsletters, etc.),
e consequentemente, todos os paradigmas que ambas as atividades resultam,
como por exemplo, o SEO que visa otimizar a sua página virtual para receber mais
visitantes ou a Redação Publicitária que tem como objetivo desenvolver textos que
convençam o consumidor a pensar ou fazer algo.
Além disso, o Marketing Digital engloba também o estudo do perfil de seu público
alvo, atividade que se torna bem mais flexível devido a facilidade de acesso a
informações na Internet.
Sendo uma vasta área de conhecimento, não abordarei aqui a forma de como
implantar o Marketing Digital no seu negócio, para isso deixarei abaixo alguns links
que te ajudarão a entender um pouco mais sobre o Marketing Digital. Caso prefira,
neste link você conhecerá um curso completo de Marketing Digital (96 hrs.) com
certificado incluso. Estude bastante, note que este é um dos pontos mais
importantes da preparação do profissional da Internet, seja pelo fato desta matéria
se aplicar a qualquer plano de negócio apresentado anteriormente, seja por ser um
fator relacionado diretamente ao seu sucesso.
Um dos materiais mais abrangentes sobre o assunto é o “Os 8P’s do Marketing
Digital”, onde o autor, Conrado explica que o sucesso no Marketing Digital é obtido
ao se levar em conta oito fatores: pesquisa, projeto, produção, publicação,
EXTRAS
Marketing Digital
Links Uteis
O que é Marketing Digital: http://goo.gl/s30qlk;
Marketing Digital ajudando negócios: http://goo.gl/LeAmaV;
Principais tarefas do Marketing Digital: http://goo.gl/eqfrjB;
Tipos de Marketing Digital: http://goo.gl/POBF7O;
Blog sobre Marketing Digital: http://goo.gl/GpAAEB.
promoção, propagação, personalização e precisão. Você pode assistir uma palestra
com Conrado neste link.
Entenda um pouco mais sobre o marketing digital assistindo o vídeo abaixo:
Todas as atividades apresentadas acima possuem como objetivo principal alcançar
o público e torna-lo um cliente ou visitante assíduo. As estratégias utilizadas para
isso são diversas, entretanto, a integração social é uma regra geral para qualquer
negócio.
Você sabe o que é o quinto poder? Este conceito se aplica perfeitamente a essa
estratégia. Pense um pouco, quando um internauta acessa seu blog e gosta do seu
trabalho, ele poderá usar o quinto poder para divulgar sua página, isso
provavelmente trará mais visitantes. Da mesma forma, caso você marque presença
nesta rede de comunicação (Facebook, Twitter, Google +, etc.) você estará ainda
mais próximo de seu cliente e poderá manter contanto com ele continuamente.
Isto é válido para todos os modelos de negócio apresentados acima. Note que uma
página no Facebook e um conta ativa no Twitter são iniciativas básicas. Cabe a
você decidir se as demais plataformas (Tumblr, Instagram, LinkedIn, etc.) se
encaixam a sua necessidade e se irão alcançar seu público-alvo.
Visite o link da imagem abaixo e conheça o livro “Arasse nas Redes Sociais”,
Tessmann em uma abordagem dinâmica, demostra como utilizar as redes sociais
para promover seu produto e converter maioria de seus visitantes em clientes.
Curta a página desta apostila no Facebook clicando aqui.
Abaixo, você pode assistir a um vídeo sobre o quão forte e abrangentes as redes
sociais são. Note também que o crescimento de tal meio de interatividade social
está em ascendência marcante e tende a continuar nesta marcha nos próximos
anos.
Integração Social
Mesmo sendo grande parte das estratégias de interação social, as redes sociais não
são os únicos meios de integração com seu público. Lembre-se que o seu cliente,
mesmo o que não lhe dá lucro diretamente (como ocorre com os visitantes de um
blog), é responsável direto pelo seu sucesso e merecem ser ouvidos e respondidos.
Sendo assim, caso crie um blog não se esqueça de abrir um espaço para os
comentários, o mesmo ocorre no comércio eletrônico, trabalhos freelancer e na
produção de softwares onde é de suma importância a implantação de um sistema
de feedback.
Tenha em mente que as redes sociais fazem tanto sucesso pelo fato de serem um
espaço virtual em que não há apenas um robô com atividades pré-determinadas,
mas também, pessoas que reagem aos acontecimentos do seu cotidiano. A maioria
das pessoas adoram este fato, pois isso une o conforto da tecnologia com a
necessidade subconsciente de se comunicar.
Por tudo isso é de extrema importância que você planeje um sistema de integração
social para seu projeto. Ocupe-se em pesquisar métodos que aproximem seu cliente
de sua marca e que estabeleçam um canal de comunicação direto que será utilizado
logo que se fizer necessário para uma das partes.
Quando afirmei na introdução que a Internet é um campo muito fértil para criação de
empreendimentos, omiti um fator relevante: muitos profissionais já detectaram tal
oportunidade e consequentemente, o mercado se encontra altamente competitivo.
No entanto, note que a Internet é um meio relativamente novo e em crescente
evolução. Com a integração de novas tecnologias, a grande rede mundial de
computadores alarga a cada dia seus horizontes e incita a criação de novos tipos de
empreendimentos.
Caso pense em criar um projeto que dê certo e que tenha possibilidades de
alcançar um bom retorno, não crie apenas uma cópia de seus concorrentes. Saiba
reconhecer a oportunidade na escassez de um serviço e transforme-a em sua
vantagem competitiva.
Além disso, inove nas diretrizes do seu projeto. Ao executar tarefas que são
cotidianas a outro profissional, pense em reformula-las e imprima no seu projeto
trejeitos que poderão ser relacionados diretamente a você. Estude, também,
estratégias que possam impactar seu consumidor, fazendo com que ele gaste
alguns segundos admirando a forma autêntica com que você apresentou
determinada ideia, tenha em mente que o que é padronizado passa despercebido,
no entanto, novos conceitos chamam atenção mesmo que positiva ou
negativamente. Uma das minhas frases preferidas é a desgasta “Pense fora da
caixa”.
Pense Diferente
Afirmo-lhe mais uma vez que trabalhar na Internet não é uma atividade simples e
requer comprometimento e persistência. Agora que você descobriu quais as
principias formas de gerar renda trabalhando em casa, basta tem a resiliência
necessária para criar um projeto e se ocupar em executa-lo de maneira eficaz.
Lembre-se de todos os conceitos apresentados aqui e caso ainda possua mais
alguma dúvida, precise de consultoria em criação de seu blog ou de um redator
freelancer, por favor, envie um e-mail para agutalbuquerque@gmail.com,
responderei o mais rápido possível.
Entre em contato
CONCLUSÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores
 Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores
Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores
saudavel sabor
 
Como-fazer-um-site
Como-fazer-um-siteComo-fazer-um-site
Como-fazer-um-site
Empreendedor Digital
 

Mais procurados (12)

Como criar seu primeiro info produto ILUSTRADO
Como criar seu primeiro info produto ILUSTRADOComo criar seu primeiro info produto ILUSTRADO
Como criar seu primeiro info produto ILUSTRADO
 
Como Transformar 1 Real em R$ 201.252,93 em 30 Dias | Guia Definitivo Para C...
Como Transformar 1 Real em R$ 201.252,93 em 30 Dias |  Guia Definitivo Para C...Como Transformar 1 Real em R$ 201.252,93 em 30 Dias |  Guia Definitivo Para C...
Como Transformar 1 Real em R$ 201.252,93 em 30 Dias | Guia Definitivo Para C...
 
7 hábitos para sua motivação pessoal e profissional que farão você atingir se...
7 hábitos para sua motivação pessoal e profissional que farão você atingir se...7 hábitos para sua motivação pessoal e profissional que farão você atingir se...
7 hábitos para sua motivação pessoal e profissional que farão você atingir se...
 
Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores
 Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores
Msg capsula_1_-_esquentando_os_motores
 
Olá guia do curso (2)
Olá   guia do curso (2)Olá   guia do curso (2)
Olá guia do curso (2)
 
Segredos do you tube
Segredos do you tubeSegredos do you tube
Segredos do you tube
 
MARKETING NO TWITTER
MARKETING NO TWITTERMARKETING NO TWITTER
MARKETING NO TWITTER
 
7 TRUQUES GENIAIS PARA VOCÊ ALAVANCAR SEU NEGÓCIO NO FACEBOOK - livro gratis
7 TRUQUES GENIAIS PARA VOCÊ ALAVANCAR SEU NEGÓCIO NO FACEBOOK - livro gratis7 TRUQUES GENIAIS PARA VOCÊ ALAVANCAR SEU NEGÓCIO NO FACEBOOK - livro gratis
7 TRUQUES GENIAIS PARA VOCÊ ALAVANCAR SEU NEGÓCIO NO FACEBOOK - livro gratis
 
Youtube - Marketing - FAMA
Youtube - Marketing - FAMA Youtube - Marketing - FAMA
Youtube - Marketing - FAMA
 
O sucesso não tira férias
O sucesso não tira fériasO sucesso não tira férias
O sucesso não tira férias
 
Formula de Lançamento - Estrategia de Vendas
Formula de Lançamento - Estrategia de Vendas Formula de Lançamento - Estrategia de Vendas
Formula de Lançamento - Estrategia de Vendas
 
Como-fazer-um-site
Como-fazer-um-siteComo-fazer-um-site
Como-fazer-um-site
 

Destaque

Gerenciamentode resíduos sólidos
Gerenciamentode resíduos sólidosGerenciamentode resíduos sólidos
Gerenciamentode resíduos sólidos
Walter Morona
 
El significado de la amistad6
El significado de la amistad6El significado de la amistad6
El significado de la amistad6
gabriela saenz
 

Destaque (20)

Gerenciamentode resíduos sólidos
Gerenciamentode resíduos sólidosGerenciamentode resíduos sólidos
Gerenciamentode resíduos sólidos
 
ADA 2 BLOQUE 3
ADA 2 BLOQUE 3ADA 2 BLOQUE 3
ADA 2 BLOQUE 3
 
Webquets....
Webquets....Webquets....
Webquets....
 
Cómo gastar menos y combatir la crisis económica
Cómo gastar menos y combatir la crisis económicaCómo gastar menos y combatir la crisis económica
Cómo gastar menos y combatir la crisis económica
 
ANIMOTO E IMOVIE
ANIMOTO E IMOVIEANIMOTO E IMOVIE
ANIMOTO E IMOVIE
 
Anais 2011
Anais 2011Anais 2011
Anais 2011
 
Remediosparaeldesamor
RemediosparaeldesamorRemediosparaeldesamor
Remediosparaeldesamor
 
ADA 3
ADA 3ADA 3
ADA 3
 
1 teste 7a (1)
1 teste 7a (1)1 teste 7a (1)
1 teste 7a (1)
 
ADA 4
ADA 4ADA 4
ADA 4
 
El significado de la amistad6
El significado de la amistad6El significado de la amistad6
El significado de la amistad6
 
Monografia de marcelo vivanco
Monografia de marcelo vivancoMonografia de marcelo vivanco
Monografia de marcelo vivanco
 
AMBIENTE EXCEL
AMBIENTE EXCELAMBIENTE EXCEL
AMBIENTE EXCEL
 
Práctica 1
Práctica 1Práctica 1
Práctica 1
 
BLOQUE 2
BLOQUE 2BLOQUE 2
BLOQUE 2
 
Las Las pesetas españolas
Las Las pesetas españolasLas Las pesetas españolas
Las Las pesetas españolas
 
Tarea 2 tercer_3_parcial eugenia
Tarea 2 tercer_3_parcial eugeniaTarea 2 tercer_3_parcial eugenia
Tarea 2 tercer_3_parcial eugenia
 
Portfolio Jéssica Matos
Portfolio Jéssica MatosPortfolio Jéssica Matos
Portfolio Jéssica Matos
 
Bruna trabalho cópia
Bruna trabalho   cópiaBruna trabalho   cópia
Bruna trabalho cópia
 
Lupita2
Lupita2Lupita2
Lupita2
 

Semelhante a Ganhar dinheiro na internet

Especificação de objetivos
Especificação de objetivosEspecificação de objetivos
Especificação de objetivos
Douglas Ferreira
 
Atraindo seusucesso
Atraindo seusucessoAtraindo seusucesso
Atraindo seusucesso
Max Sousa
 
Como posso-ganhar-dinheiro
Como posso-ganhar-dinheiroComo posso-ganhar-dinheiro
Como posso-ganhar-dinheiro
Empreendedor Digital
 
Como-Ganhar-Dinheiro-Honestamente
Como-Ganhar-Dinheiro-HonestamenteComo-Ganhar-Dinheiro-Honestamente
Como-Ganhar-Dinheiro-Honestamente
Empreendedor Digital
 
Como-ganha-dinheiro
Como-ganha-dinheiroComo-ganha-dinheiro
Como-ganha-dinheiro
Empreendedor Digital
 
Como-ganhar-dinheiro-com-afiliados
Como-ganhar-dinheiro-com-afiliadosComo-ganhar-dinheiro-com-afiliados
Como-ganhar-dinheiro-com-afiliados
Empreendedor Digital
 
Ganhar dinheiro-com-blog
Ganhar dinheiro-com-blogGanhar dinheiro-com-blog
Ganhar dinheiro-com-blog
Empreendedor Digital
 
Como ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internet
Como ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internetComo ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internet
Como ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internet
Empreendedor Digital
 
Como-ganhar-dinheiro
Como-ganhar-dinheiroComo-ganhar-dinheiro
Como-ganhar-dinheiro
Empreendedor Digital
 
Fazer um-blog
Fazer um-blogFazer um-blog
Fazer um-blog
Empreendedor Digital
 
Ganhar dinheiro
Ganhar dinheiroGanhar dinheiro
Ganhar dinheiro
Empreendedor Digital
 
Como-ganhar-dinheiro-com-computador
Como-ganhar-dinheiro-com-computadorComo-ganhar-dinheiro-com-computador
Como-ganhar-dinheiro-com-computador
Empreendedor Digital
 
Como montar-um-blog
Como montar-um-blogComo montar-um-blog
Como montar-um-blog
Empreendedor Digital
 

Semelhante a Ganhar dinheiro na internet (20)

Negocio Digital - Exemplo de Projeto - Cap. 2
Negocio Digital -  Exemplo de Projeto - Cap. 2Negocio Digital -  Exemplo de Projeto - Cap. 2
Negocio Digital - Exemplo de Projeto - Cap. 2
 
5w1h livro 1 licoes 1 a 10
5w1h livro 1   licoes 1 a 105w1h livro 1   licoes 1 a 10
5w1h livro 1 licoes 1 a 10
 
Planejamento de criação de um novo blog
Planejamento de criação de um novo blogPlanejamento de criação de um novo blog
Planejamento de criação de um novo blog
 
Como montar uma Estratégia de Marketing Digital Eficazmente e de forma Profis...
Como montar uma Estratégia de Marketing Digital Eficazmente e de forma Profis...Como montar uma Estratégia de Marketing Digital Eficazmente e de forma Profis...
Como montar uma Estratégia de Marketing Digital Eficazmente e de forma Profis...
 
startup - Ebook sua ideia ainda nao vale nada
startup - Ebook sua ideia ainda nao vale nadastartup - Ebook sua ideia ainda nao vale nada
startup - Ebook sua ideia ainda nao vale nada
 
5 anos blogando e a maior lição que aprendi
5 anos blogando e a maior lição que aprendi5 anos blogando e a maior lição que aprendi
5 anos blogando e a maior lição que aprendi
 
Especificação de objetivos
Especificação de objetivosEspecificação de objetivos
Especificação de objetivos
 
Como Montar Um Negócio Online em 10 Passos |Saiba Como Faturar R$ 5.347,22 em...
Como Montar Um Negócio Online em 10 Passos |Saiba Como Faturar R$ 5.347,22 em...Como Montar Um Negócio Online em 10 Passos |Saiba Como Faturar R$ 5.347,22 em...
Como Montar Um Negócio Online em 10 Passos |Saiba Como Faturar R$ 5.347,22 em...
 
Atraindo seusucesso
Atraindo seusucessoAtraindo seusucesso
Atraindo seusucesso
 
Como posso-ganhar-dinheiro
Como posso-ganhar-dinheiroComo posso-ganhar-dinheiro
Como posso-ganhar-dinheiro
 
Como-Ganhar-Dinheiro-Honestamente
Como-Ganhar-Dinheiro-HonestamenteComo-Ganhar-Dinheiro-Honestamente
Como-Ganhar-Dinheiro-Honestamente
 
Como-ganha-dinheiro
Como-ganha-dinheiroComo-ganha-dinheiro
Como-ganha-dinheiro
 
Como-ganhar-dinheiro-com-afiliados
Como-ganhar-dinheiro-com-afiliadosComo-ganhar-dinheiro-com-afiliados
Como-ganhar-dinheiro-com-afiliados
 
Ganhar dinheiro-com-blog
Ganhar dinheiro-com-blogGanhar dinheiro-com-blog
Ganhar dinheiro-com-blog
 
Como ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internet
Como ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internetComo ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internet
Como ganhar-dinheiro-trabalhando-pela-internet
 
Como-ganhar-dinheiro
Como-ganhar-dinheiroComo-ganhar-dinheiro
Como-ganhar-dinheiro
 
Fazer um-blog
Fazer um-blogFazer um-blog
Fazer um-blog
 
Ganhar dinheiro
Ganhar dinheiroGanhar dinheiro
Ganhar dinheiro
 
Como-ganhar-dinheiro-com-computador
Como-ganhar-dinheiro-com-computadorComo-ganhar-dinheiro-com-computador
Como-ganhar-dinheiro-com-computador
 
Como montar-um-blog
Como montar-um-blogComo montar-um-blog
Como montar-um-blog
 

Último

Último (8)

Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
 

Ganhar dinheiro na internet

  • 1. Modelos de negócio para Internet
  • 2. Esta é uma apostila virtual que possui como objetivo, fazer com que você leitor, iniciante em empreendimentos virtuais, possa se situar na atual condição desse mercado que já se tornou bastante competitivo. Visando oferecer um panorama geral da situação, apresento a seguir as principais atividades que podem ser executadas pela Internet e lhe oferecer um renda extra, uma oportunidade de emprego em período integral, ou na melhor das hipóteses, a sua independência financeira. Abaixo você encontrará conteúdo diversificado com diversos links externos que preencherão as diversas lacunas que o conteúdo deste material pode apresentar, dessa forma, tenho a certeza que esta apostila funcionará como um atlas que lhe apresenta os diversos ângulos do mapa do tesouro virtual. Lembre-se também, que após a leitura, cabe a você construir a ponte que te levará até o seu destino. Os modelos de empreendimentos apresentados abaixo são altamente lucrativos e, caso se esforce, podem trazer sua gerar bastante renda, para isso, cabe a você empreender nestas atividades e se tornar um profissional da internet bem sucedido. Gustavo Albuquerque é freelancer e trabalha atualmente com redação de artigos para websites e acessória em criação de blogs. Caso precise de alguns desses serviços, por favor entre em contato neste e-mail. O seguinte material possui diversos links externos que não são da responsabilidade do presente autor. Note que todo material utilizado é devidamente referenciado no corpo da apostila, além disso, os vídeos do YouTube incluídos aqui, são imagens com links que direcionam o leitor a página de origem do respectivo vídeo ou canal. Não é da intenção do autor, apropriar-se de qualquer conteúdo de terceiros, assim sendo, caso possuía algum material citado nesta apostila e não concorde com tal INTRODUÇÃO Sobre o Autor Termos de Uso
  • 3. ação, por favor, entre em contato com o autor pelo e-mail: agutalbuquerque@gmail.com. Todos os vídeos citados no decorrer deste material são alojados no http://youtube.com/; As logomarcas e demais imagens relacionadas à determinada empresa foram retiradas de seus respectivos sites oficiais; As capas de livros inseridas ao longo da apostila foram retiradas do site http://livrariacultura.com.br/; As demais imagens foram retiradas de http://www.sxc.hu/, http://www.everystockphoto.com e http://pixabay.com/. Note que todos os demais materiais são referenciados no corpo da apostila logo abaixo a inserção do respectivo conteúdo. Apostila criada por Gustavo Albuquerque (entre em contato por este e-mail). Esta obra está licenciada com Creative Commons (Atribuição, Não Comercial e Sem Obras Derivadas). Em outras palavras você pode divulgar e citar este material desde que referencie o autor (Gustavo Albuquerque) e não tenha objetivos comerciais. Note, também, que obras baseadas são proibidas. Saiba mais sobre este tipo de licença acessando aqui. Referências
  • 4. No início deste século começamos a sofrer uma enorme transformação na nossa sociedade. O responsável por isso, o processo denominado globalização, tem como fundamental premissa a quebra de barreiras, possibilitando que o homem se comunique e locomova da maneira mais eficiente e acessível possível, tudo isso graças a evolução tecnológica e o nivelamento econômico. Com um pouco mais de uma década do começo da globalização é difícil identificar o tênue momento onde a maioria da população passou a depender diretamente dos meios de comunicação em escala mundial. Isso acontece porque esta grande rede de comunicação passou a ser parte latente e indispensável da cultura da maioria das sociedades. A virtualização de atividades e a digitalização de informações são processos que hoje permeiam as atividades humanas e se solidificam quase como um padrão para execução de grande parte delas. Seguindo esta tendência, a Internet tem arrebatado grande parcela de outros meios de comunicação. Além disso, atividades relacionadas a socialização, comércio e divertimento têm se reformulado em apenas mais uma funcionalidade dos dispositivos eletrônicos. Consequentemente, seguindo a regra da oferta e demanda, organizações e profissionais têm voltado sua atenção para o espaço virtual buscando empreender neste mercado que é fértil por natureza. Ao terminar a leitura desta apostila, um dos meus objetivos principais é que você se conscientize que as atividades virtuais são uma tendência global, fato que provavelmente se estenderá por um longo período. Desta forma, qualquer profissional que se esforce em desenvolver seu projeto em meio virtual, possui tanto quanto, na maior parte das vezes ainda mais, chances de sucesso do que outro profissional que trabalhe off-line. CONCEITUAÇÃO À NEGÓCIOS ONLINE
  • 5. Conceitos relacionados a motivação foram adicionados a esta apostila, pelo fato de serem essenciais a qualquer negócio, bem como, a qualquer profissional. Mas primeiramente, você sabe definir claramente o que é motivação? Caso não, veja abaixo: “Motivação é o ato de motivar. De encontrar razões (consciente e subconscientemente) para executar determinada ação.” Ao apresentar este conceito, muito provavelmente, eu quebrei um paradigma em sua cabeça. Lembre-se: ser motivado não é, especificamente, ser feliz, bem-sucedido ou persistente. Ser motivado é ter motivos concretos para executar determinada ação, dessa forma, pessoas motivadas possuem predisposição para serem felizes, bem sucedidas e persistentes. A área de conhecimento ligada à motivação é relacionada diretamente a psicologia, e seus conceitos não servem inteiramente ao objetivo de nosso assunto principal. Por isso, esta seção se limitará, apenas, em repassar a você, métodos de como conseguir motivação para seu trabalho. Sendo basicamente o(s) motivo(s) pelo qual certo indivíduo executa determinada ação, a motivação é abstrata, tomando diferentes formas, em diferentes pessoas. Isso porque, o seu ponto de visão é diferente de outro profissional que lerá esta mesma apostila, logo, sua motivação para terminar a leitura é diferente da dele. Pense no seu objetivo como um ponto central interligado a diversos caminhos, para alcançar este ponto central, será necessário escolher uma das rotas e seguir. Lembre-se que os caminhos são diferentes, alguns possuem algumas semelhanças, mas o que deve ser seguido é o que melhor se encaixa a sua necessidade. No entanto, por mais distintos que estes caminhos possam parecer, ambos possuem algo em comum além do objetivo: é necessário motivação para continuar caminhando. A motivação é um dos principais pontos de partida, mas vai muito além disso, afinal, caminhar alguns passos além da largada e depois desistir, não serve de nada. Considere este exemplo, uma analogia com seu objetivo e os diversos modelos de empreendimento citados adiante. Ah, apenas um aviso: caso se sinta confortável, escolha múltiplos caminhos, afinal, se tiver tempo para gerir diversos empreendimentos, você será mais propenso a alcançar seu(s) objetivo(s). Agora lhe pergunto quem consegue o que quer, o motivado ou o inteligente? Veja o vídeo abaixo: LIÇÕES MOTIVACIONAIS
  • 6. Considero o Daniel Godri um dos melhores palestrantes motivacionais do nosso país. No vídeo acima, ele se confunde e mescla as histórias de Bill Gates e Steve Jobs, no entanto, ele conseguiu mostrar em poucas palavras a importância da motivação para qualquer indivíduo. Aconselho-te a procurar no YouTube mais palestras desse profissional, te garanto que elas lhe ajudarão bastante a aumentar sua motivação. Veja também outros trabalhos de Daniel Godri, clicando abaixo: Sendo a motivação algo tão importante na vida de um profissional, você deve está se perguntando como consegui-la. Primeiramente, lembre-se que ela é o
  • 7. motivo pelo qual se faz algo, sendo assim, não há nada mais motivador do que se focar no resultado que determinada ação provocará. Por isso, e tão importante saber exatamente o que se pretende alcançar. Há também algumas técnicas que psicologicamente produzem em um profissional maior vontade de trabalhar e continuar em busca de seu objetivo, dentre elas, cito:  Descanse regularmente – Você já percebeu que logo após descansar seu corpo e sua mente se tornam muito mais suscetíveis a trabalhar constantemente e com maior eficácia? Isso acontece, pois o descanso é uma das técnicas de motivação (psicológica e física) mais eficazes que existe, por isso, descanse um pouco a cada par de horas trabalhadas, um dia por semana, e é claro, tire férias de ao menos uma quinzena por ano.  Faça algo além de trabalhar – Por mais que um profissional goste de trabalhar sua rotina não pode ser ocupada inteiramente pelo trabalho. Separe algumas horas de seu dia para se divertir com tarefas menos cansativas que seu trabalho. Por exemplo, caso tenha dificuldade de acordar cedo, insira na sua rotina uma atividade que goste para fazer logo de manhãzinha, isso com certeza aumentará sua vontade de acordar;  Saiba o que quer – Para alcançar seu objetivo é necessário conhece-lo bem, por isso, gaste bastante tempo em definir exatamente aonde quer chegar. Logicamente é muito importante levar em consideração se seu objetivo é viável e pode ser realmente alcançado no período em que deseja;  Objetivos/Metas – Você já ouviu falar de objetivos e metas, não é mesmo? Mas sabe a diferença entre ambos os termos? Provavelmente não. Meta é um pedaço de um objetivo. Uma das mais praticadas técnicas de motivação é utilizar estes conceitos, então, fragmente seu objetivo em partes menores, assim, cada vez que alcançar determinada “partição”, você se sentirá satisfeito;  Procure manter uma rotina – Ao se acostumar com determinada rotina, se torna bem mais comum se sentir disposto a trabalhar, lembre-se do tópico 1 e 2 e formule uma rotina básica para seu dia-a-dia;  Pense no futuro – Se agarrar a imagem mental do seu objetivo é uma forte arma para conseguir manter a motivação sempre em alta, e isso é relativamente fácil, no entanto, é indispensável conhecer a fundo seu objetivo.
  • 8. Todas estas técnicas servem de maneira muito eficaz para manter a motivação no seu dia-a-dia, no entanto, a percepção do que você realmente quer é algo essencial para determinar quais suas tarefas diárias para alcançar determinado objetivo. Para você, que está procurando um modelo de negócio para trabalhar em casa, saiba que as técnicas de motivação são as mesmas para qualquer tipo de profissional, no entanto, um fator que se altera para os profissionais que trabalham em casa e o que diz respeito à socialização. Afinal, em um escritório é possível ter vários colegas que se tornam amigo, o que motiva o trabalho. Em casa, caso se sinta solitário, converse um pouco com os outros moradores ou descubra outro jeito de se socializar, desde é claro, que isso não atrapalhe seu trabalho. Além de tudo isso, outra técnica de motivação bastante utilizada e que mostra bastante eficácia é tomar outros profissionais como exemplo, afinal, ao perceber que crescer profissionalmente não algo impossível, se torna muito mais fácil se espelhar em profissionais bem-sucedidos. Pensando o quão valiosa esta dica é, separei algumas histórias de profissionais que são exemplos de superação e força de vontade. Respetivamente: Silvio Santos, J.K.Rowling, Arnold Schwarzenegger e Neymar, escolha qual personalidade mais se destaca para você e assista o seu documentário, garanto que você não se arrependerá.
  • 9. Espero que com essa seção, consegui lhe dar a força de vontade necessária para que você decida tomar como projeto um dos modelos de empreendimentos apresentados nas próximas páginas. Diversas vezes vi profissionais afirmarem que não se preocupam com a motivação, e por isso tomam esta competência como desnecessária. No entanto, caso tenha lido esta pequena seção com atenção, você percebeu que a motivação é importante para a execução de qualquer tarefa, e que sem ela, provavelmente, um projeto será perdido no meio do caminho. Por tudo isso, lhe considero um profissional pronto para seguir com a leitura desta apostila e encontrar o modelo de negócio perfeito para suas necessidades. Então, siga em frente e boa sorte! Conheça outros livros de motivação e finança clicando na respectiva capa:
  • 10. Entre as diversas atividades online que geram renda, a criação de blogs se destaca por ser lucrativa e prazerosa, podendo, dessa forma, ser citada como um negócio sólido que muito provavelmente será a escolha de maior parte dos leitores dentre todas as outras atividades citadas nesta apostila. Nesta seção, você aprenderá os princípios básicos de criação de um blog e conhecerá as diversas formas de ganhar dinheiro enquanto bloga. A criação de blogs é o primeiro modelo de negócios apresentado aqui, pois se destaca como uma das atividades online que mais possuem capacidade para gerar renda e trazer visibilidade ao profissional. Isso acontece, pois os blogs estão entre as ferramentas de comunicação mais utilizadas no mundo e vem tendo altos índices de crescimento desde a popularização da Internet. Primeiramente, vejo a necessidade de definir “blog”, afinal, nem todos os profissionais que planejam criar um empreendimento online já tem ciência da conceituação do mesmo. Mesmo você que não saiba a definição de blog, eu posso lhe afirma que muito provavelmente já acessou um. “Blog (ou blogue, tradução para português) é a abreviação de web log, expressão em inglês que significa diário da rede. Basicamente, é um espaço online que é atualizado frequentemente e que possui, em muitas das vezes, um nicho específico.” Ainda acerca da definição de “blog”, muitas pessoas não possuem uma distinção correta entre os termos site, portal e blog. Veja abaixo: “Site é um conjunto de páginas web estruturadas da forma que melhor se encaixa a necessidade do criador. Este termo possui significado amplo é engloba todas as páginas criadas na Internet. Portal é um conglomerado de serviços e sites de uma mesma empresa. Para melhor compreensão, tome como exemplo: o http://www.uol.com.br/ é um portal, pois é o “pai” de diversos subsites de nicho diversos (economia, entretenimento, educação, etc.) e de uma variedade de serviços online (e-mail, bate-papo, pag seguro, etc.). Dessa forma, não há uma distinção muito visível entre site e blog. Diversos autores divergem nesta diferenciação, no entanto, tenha em CRIAÇÃO E GESTÃO DE BLOGS Administração de Blogs
  • 11. mente que qualquer aglomerado de páginas na web são sites, assim sendo, considero blogs, portais, microblogging, etc. como tipos de sites. ” Ou seja, para criar um blog é necessário criar um espaço online e produzir conteúdo em uma relativa frequência, mas não se engane, isto não é tão simples como parece. Na verdade, considero a criação e gestão de blogs a atividade mais trabalhosa que irei apresentar nesta apostila, além disso, ela exige uma grande gama de competências para sua realização. A criação de blogs é uma atividade bem trabalhosa e que consome bastante tempo. Não basta você decidi criar um blog e pronto. O planejamento e a execução da criação requer a aprendizagem de uma enorme gama de ferramentas e uma série de tomadas de decisões, o que resultam em um longo tempo antes do lançamento do site. Preparei uma lista bem sucinta sobre quais as tarefas tem de ser executas do momento em que você decidi criar um blog até quando você o lança, veja:  Decida qual o seu nicho e assuntos principais;  Defina nome e domínio;  Decida qual a plataforma de seu blog;  Defina a empresa que hospedará e alocará o domínio;  Defina a identidade visual (logomarca, favicon e banner);  Defina qual seu template;  Redija ao menos dez artigos;  Monte o blog (instale a plataforma, instale o template, adiciona os elementos de identidade visual, instale os plugins e insira os artigos). Após isso seu site estará pronto para visitação. Neste ponto começa a gestão de blogs. As atividades de gestão sempre se repetirão em uma ordem que não é possível prever, no entanto, algumas tarefas que sempre estão presentes durante a administração de um blog são:  Postar artigos;  Definir de que forma seu blog será monetizado e implementar os materiais (banners, links, etc.) de publicidade em seu blog;  Responder comentários;  Fazer backups, se prevenindo contra possíveis falhas no servidor;  Otimizar SEO; Como funciona?
  • 12.  Revisar seu blog em busca de erros de navegação. Dependendo de seu blog as atividades podem se alterar um pouco, no entanto, esta estrutura se adequa a maioria do blogs. Como comentado anteriormente, a criação e gestão de blogs exige do profissional uma gama de conhecimentos bem elevada, se comparada ao que é necessário para realizar as outras atividades desta apostila. Logicamente, a atribuição de tarefas (contratação de freelancers) é uma alternativa, no entanto, os gastos com ela pode não se encaixar ao perfil do seu projeto. Caso precise contratar um redator freelancer, por favor, entre em contato comigo pelo e-mail aguatalbuquerque@gmail.com Primeiramente, lembre-se que os blogs foram criados para que um indivíduo qualquer apresente sua opinião livremente na blogosfera (como é denominado o conjunto de blogs). Dessa forma, uma das principais competências do criador de um blog deve ser a escrita, juntamente com noções básicas de gramática e ortografia. Caso você que deseja criar um blog não possuía conhecimentos “aceitáveis” para transmitir informações através de textos, será necessário a contratação de um freelancer, o que dependendo de sua disponibilidade financeira, pode ser uma ótima alternativa. No entanto, reflita sobre os benefícios que saber escrever bem pode trazer para a sua carreira profissional. Então, não se contente com o freelancer e faça cursos sobre gramática, ortografia, e claro, redação. Estudando meia hora por dia, ou somente no final de semana, você rapidamente dominará a escrita e poderá dispensar o freelancer ou aumentar a periodicidade de artigos em seu blog contribuindo com mais conteúdo. Outra questão que você deve se preocupar é em relação a plataforma a qual você criará seu blog. Caso opte pelo Blogger, Wix, Webnode ou outra que tenha um sistema relativamente simples, não é necessário nenhuma preparação. No entanto, caso precise utilizar plataformas mais elaboradas e com mais funcionalidades, como o Wordpress, Magento ou Joomla, será necessário um pouco mais de tempo para aprender a trabalhar com tal sistema. Para isso, veja as videoaulas abaixo da respectiva plataforma que você escolheu para seu blog, lembre-se que com um pouco de prática, você logo chegará a perfeição. Conhecimentos específicos
  • 13. Aulas de introdução ao Blogger do canal LF Tutoriais. Vídeos de introdução ao construtor WIX do canal newwebmasterbruno. Videoaulas de Wordpress do canal iConectadoNet.
  • 14. Videoaulas de Joomla do canal vejaeaprenda. Videoaulas de Magento do canal iConectadoNet. A Brava Cursos possui um curso de Wordpress de 80 horas com auxílio de instrutor e certificado, caso queira trabalhar nesta plataforma esta é uma ótima oportunidade.
  • 15. Durante a criação de um site, e em alguns momentos de manutenção do mesmo, são utilizadas diversas linguagens para modificação de layouts e inserção de novas funcionalidades. Entre as linguagens que todos blogueiros tem que saber pelo menos o básico, estão o HTML(XHTML) e CSS. Aconselho ao profissional interessado assistir videoaulas disponíveis no YouTube, e especificamente as apresentadas abaixo. Posso lhe afirmar, por experiência própria, que elas são ótimas fontes de conhecimento. . Ambas as séries de videoaulas foram produzidas pelo canal ricardolopescosta Caso queira se profissionalizar formalmente, a Brava Cursos oferece um ótimo curso de HTML com instrutor online e certificado de conclusão, confira o curso aqui. Além destas linguagens, o estudo de Java Script e PHP podem ajudar na criação de seu site. Ambas são ferramentas de programação que visam oferecer maior flexibilidade ao usuário, uma vez que possibilitam a manipulação de objetos do site o que resulta em um site mais dinâmico. Abaixo estão links para videoaulas sobre ambas as linguagens:
  • 16. Videoaulas produzidas pelo canal ricardolopescosta. Videoaulas produzidas pelo canal Hugo Vasconcelos.
  • 17. Muito provavelmente, ao assistir estas videoaulas você já estará apto a configurar o layout de seu site com relativa facilidade. A edição de imagens pode ser uma competência muito bem aproveitada em um gestor de blog. Aliás, logo no início do projeto, surge a necessidade da criação do logo, favicon e banner, elementos fundamentais da identidade visual de seu blog e que por isso devem ser produzidos com maior cuidado possível. O editor de imagens líder do mercado atualmente é o Adobe Photshop, no entanto, há também uma opção gratuita que possui um ótimo número de funcionalidades: o Gimp. Além disso, o Corel Draw também pode ser uma ótima ferramenta para criação dos itens de sua identidade visual. Aconselho-te a ler sobre os três programas e analisar qual(s) se encaixa melhor as suas necessidades. No YouTube, há videoaulas do Photoshop CS6 (última versão) e do GIMP de ótima qualidade, acesse-os pelos links abaixo: Videoaulas de CS6 produzidas pelo canal Hugo Vasconcelos. Videoaulas de GIMP produzidas pelo canal tvguarapara. Infelizmente, não encontrei no YouTube nenhum curso de Corel Draw atualizado e de qualidade, no entanto, o site Apostilando possui uma ótima apostila acerca do aplicativo, veja:
  • 18. Caso seja de seu interesse, o mesmo diretório de apostilas possui um excelente material sobre o Flash CS5. Caso não saiba, Flash é a tecnologia responsável por banners animados que você encontra em qualquer site por aí. Caso tenha tempo hábil, estude este aplicativo, ele é uma das tecnologias mais utilizadas, flexíveis e úteis da Internet. Ainda sobre dicas de designer, lhe convido a acessar o canal de um dos melhores professores da Internet: o Bruno Ávila. Neste canal há diversas dicas para designes sobre noções gerais desta área de conhecimento. Vale apena conferir, acesse:
  • 19. A criação e gestão de blogs incluem alguns gastos relativamente baixos. Primeiramente, deve ser decido em qual a plataforma será criado seu blog para, logo depois, analisar os custos com hospedagem e domínio. Em relação as plataformas anteriormente citadas afirmo que:  Blogger: não possui gastos com hospedagem e não possui planos premium, dessa forma, a compra de domínio é a única despesa, isso caso você não queira ficar no subdomínio que a plataforma sede gratuitamente;  Wordpress (com): não possui gastos com hospedagem e fornece domínio gratuito, no entanto, há a opção de agregar ou comprar diretamente um. Há diversos planos de upgrade nesta plataforma;  Wordpress (org), Joomla! e Magento (CE): softwares são gratuitos, mas é necessário contratar hospedagem e alocar um domínio;  Wix e Webnode: não há necessidade de contratar hospedagem de uma empresa terceira e a compra de domínio é opcional já que é oferecido um subdomínio grátis. Para aumentar a largura da banda e acessar funções avançadas é necessário ingressar em um plano premium. Embora não seja recomendado, há no mercado algumas empresas que oferecem plano de hospedagem e subdomínios de graça. Entre elas, a Hostinger se destacar por ter um plano inteiramente gratuito com boas especificações técnicas e interface em Português. Conheça: Vídeos de introdução a Hostinger do canal newwebmasterbruno. Gastos Iniciais
  • 20. Embora os gastos “obrigatórios” parem por aí, em alguns casos é necessário a contratação de alguns serviços, principalmente o de freelancers. Veja alguns casos em que você poderá ser “forçado” a gastar um pouco mais:  Caso não encontre um tema que se encaixe a sua necessidade, será necessário comprar templates premium que possa suprir sua necessidade ou contratar freelancers para produzir um exclusivo;  Na criação do logo, banner e favicon é necessário trabalhar com ferramentas como Photoshop e Corel Draw. Caso não tenha intimidade no manejo destes aplicativos, é melhor contratar um freelancer para lhe ajudar.  Para criação de conteúdo (artigos), por vezes, se torna necessário a contratação de redatores freelancer (você pode me contratar pelo e-mail gustavolbuquerque.webwriting@gmail.com);  Caso você decida mudar de plataforma, por exemplo, de Blogger para Wordpress, é possível que seja necessário contratar um freelancer para executar tal tarefa. Lembre-se que após obter uma boa média de acessos seu blog começará a ultrapassar o limite da banda contratada, ficará muito antiquado para o grande público e/ou exigirá atualizações cada vez mais rápidas, o que aumentará suas despesas. Por isso, se torna tão importante a monetização de seu blog. A monetização de blogs é feita com a inserção de elementos (banners, imagens, links, etc.) publicitários em determinada parte da página web. Lembre-se que por questões de Marketing, o tipo de monetização de blogs varia de acordo com o nicho do mesmo. Por exemplo, se seu site é de tecnologia, você deve se afilar a Dell, que vende computadores e não a Imagens folheados, que vende bijuterias. Além desta regra básica, cabe a você decidir qual a melhor forma de monetização para seu projeto. Monetização
  • 21. Entretanto, considero os anunciantes diretos a melhor forma de publicidade para seu site. Ou seja, quando determinada empresa se contata com o administrador de um blog e pede para ele um espaço publicitário no mesmo. Entretanto, esta é a forma de monetização mais difícil de se conseguir, uma vez que o seu blog deve possuir uma quantidade de visitas relevantes para chamar a atenção de alguma empresa. Por outro lado, as redes de afiliados são uma forma de publicidade acessível e bastante utilizadas para novos blogs. Aliás, esse método de monetização é utilizado até mesmo para grandes sites. Antes de ressaltar os maiores programas existentes no Brasil, quero que você entenda quais os tipos de programas de afiliados, veja:  CPC (custo por clique) – são programas de afiliados em que você ganha certo valor todas as vezes que alguém clica no anúncio;  CPA (custo por ação) – por sua vez, é um programa de afiliados que pagam quando um internauta clica no anúncio e compra o produto do banner;  CPM (custo por mil) – são programas que pagam certo valor a cada vez que um banner é exibido mil vezes.  CPL (custo por formulário) – programas em que o internauta que clicou no anúncio precisa somente se cadastrar ou preencher um formulário para o blogueiro ganhar determinada quantia. A rede de afiliados líder do mercado é o Google AdSense, ou seja, o serviço de publicidade do Google. Este serviço se destaca entre os blogueiros pela alta confiabilidade da plataforma. É do tipo CPC, sendo recomendado para blogs que já possui boa quantidade de visitas. Outras rede famosas e confiáveis são NetAffiliation (CPC, COM E CPL), Public Idees (CPA, CPM E CPC), Lomadee (CPM, CPC e CPA) e Afilio (CPA, CPM, CPC). Cada um deles possuem diferentes campanhas, onde um anunciante abre oportunidades para blogueiros se afiliarem a sua campanha e publicarem seus anúncios. Para escolher bem o método de monetização, é necessário visitar cada programa e se informar sobre quais campanhas estão ativas e analisar se elas se encaixam a seu site e público-alvo. É possível trabalhar com diversos programas de afiliados no mesmo blog, consulte o F.Q.A. de cada empresa e se itere ás regras de cada programa. Além disso, há também os programas de afiliados, que são programas de apenas uma empresa, ou seja, não há escolha de campanhas. Entre os principais estão: Imagens Folheados, Cursos 24 Horas, Brava Cursos e HostGator. O principal macete de monetização de blogs é testar o maior número de métodos seguros, dessa forma, você saberá qual melhor se encaixa a seu blog.
  • 22. Com a digitalização de informações cada vez mais latentes, diversas empresas e autores decidem vender suas informações e conteúdos didáticos através da Internet, o que tem se tornado a cada dia, uma ótima alternativa, afinal, o público virtual cresce de forma ascendente e representa boa fatia do mercado. Abaixo você aprenderá as principais características de sites de membros e, por fim, poderá se decidir se este é o modelo de negócio ideal pra você, afinal, ele é bastante semelhante com blogs e e-books, o que causa certo embaraço no inicio. Site de membros, conhecido também como membership site, é um site, ou até mesmo uma partição de seu site, onde estão dispostos artigos, vídeos, imagens etc. que podem ser acessadas somente por determinada pessoas que pagaram certa quantia para fazerem parte da comunidade de membros. Para melhor compreensão, entenda sites de membros como blogs que ao invés de ser monetizados por publicidade, geram rendas através de um público que paga (única ou regulamente) para acessar seus materiais online. Indico a criação de site de membros quando você busca oferecer conteúdo pago que é demasiadamente interativo (muitas imagens, vídeos, arquivos de áudio, etc.) para e-books. Lembre-se também, que o conteúdo de sites de membros tem de ter maior qualidade, afinal, o leitor está pagando diretamente. SITE DE MEMBROS Como funciona? Conhecimentos específicos
  • 23. Os conhecimentos necessários para criação de sites de membros são basicamente os mesmos que os de criar um blog. Até mesmo porque, plataformas simplicistas como o WIX possuem funções relacionadas a isolamento de páginas exclusivas, o que torna bem fácil a criar um site deste tipo. Além disso, será necessário aprender a trabalhar com algum software (plugin) que automatiza as tarefas de criação de sites de membros, como o Magic Members ou HotMembers. Você pode achar opções grátis para criação de site de membros que funcionam adequadamente, mas que, no entanto, não possuem a flexibilidade e o profissionalismo que um site de membros requer. Por isso, caso pretenda criar sites de membros em Wordpress recomendo o uso do plugin Magic Members, que automatiza maioria das ações do seu site, como por exemplo: redirecionar, reconhecer e gerenciar pagamentos, liberar contas, organizar conteúdo (fazendo com que determinado membro receba materiais de acordo com sua vontade), criação e recebimento automático de cupons de desconto, entre outras funcionalidades que ajudarão seu site de membros se auto administrar. O Magic Members possui integração com diversos sistemas de pagamentos, destaca- se: Pag Seguro e Pay Pal, duas das plataformas mais utilizadas no Brasil. No entanto, mesmo sendo uma possibilidade concreta, o Magic Members pode não se encaixar a necessidade de certos brasileiros, isso acontece, porque grandes partes dos administradores de sites de membros do Brasil optam por vender suas assinaturas pelo Hotmart, já que a empresa se destaca como a maior vendedora de produtos e serviços digitais do Brasil. Sendo assim, caso opte pela utilização do Hotmart, aconselho-te a utilizar o HotMembers, plugin para Wordpress ideal para esta plataforma. Gastos Iniciais
  • 24. Como mencionado na seção anterior, a digitalização de informações têm tomado grandes proporções nos últimos anos, e continua crescendo em ritmo acelerado enquanto você lê esta apostila. Você conheceu a pouco alguns modelos de negócio que se resumem na criação de serviços online, nesta seção, você conhecerá alguns tipos de produtos digitais que você pode criar para gerar uma boa quantidade de renda. Entre os tipos de produtos digitais que possuem maior mercado e aceitação do público estão os e-books, que nada mais são que livros digitais. A grande presença do Hotmart no território nacional tem feito este tipo de produto crescer vertiginosamente, o que é um ótimo fato para quem deseja ganhar dinheiro trabalhando em casa. Basicamente, você escreverá um livro e ao invés de publicá-lo fisicamente com a ajuda de uma editora, você simplesmente disponibilizara-lo online. No entanto, note que os e-books que são sucessos de vendas são os didáticos ou de autoajuda, que tratam de uma área de conhecimento especifica. Infelizmente, romances ainda não atraem atenção de leitores digitais. Além disso, outro ponto que deve ser levado em consideração é forma como você resguardará seus direitos autorais. Há a opção mais simples, sem custos e rápida (Creative Commons) e a burocrática, demorada e paga (ISBN). Indico que use a Creative Commons caso deseje distribuir seu livro livremente, ao contrário, é amplamente aconselhável o uso da ISBN. A principal competência recomendada para quem deseja criar um e-book é saber escrever bem, e claro, conhecer amplamente o assunto a ser escrito. Por si só, estes dois fatores provavelmente resultarão em um ótimo produto. PRODUZINDO PRODUTOS DIGITAIS E-BOOKS Como funciona? Conhecimentos específicos
  • 25. Além disso, será necessário saber utilizar algum editor de texto (na maioria das vezes, o Word é suficiente), e também, um software de edição de imagens para montar a capa. A criação de e-books é o único modelo de empreendimento apresentado aqui que não possui nenhum tipo de investimento. Logicamente, caso prefira, você poderá comprar algum software especifico ou contratar um freelancer para criar sua capa, no entanto, todos os gastos podem ser suprimidos com um pouco de esforço. Para gerar renda com seu e-book, você pode vendê-lo (reafirmo o Hotmart como melhor plataforma nacional) ou monetizá-lo com publicidade. Para isso, você pode inserir links e banners de produtos relacionados ao assunto do e-book, desta forma, a publicidade não ficará visível e nem irritará os leitores. Outro tipo de produto virtual que pode gerar uma relevante quantidade de renda é a criação de softwares, afinal, este ramo cresce juntamente com a Internet e a informatização de dados e tarefas. Você já percebeu a imensa quantidade de softwares que qualquer usuário de computadores utiliza? Saiba que na maioria das vezes o criador monetiza seu programa, e assim, pode ganhar bastante dinheiro. Note que você pode criar programas para mais diversas plataformas (Windows, Linux, MAC, Android, IOS, plugins para Wordpress, entre outras) o que abre uma enorme gama de possibilidades e maiores chances de engatar um empreendimento neste modelo de negócio. Esse é definitivamente o modelo de empreendimento apresentado nesta apostila que requer maiores conhecimentos técnicos do profissional. SOFTWARE Gastos Iniciais Como funciona? Conhecimentos específicos Monetização
  • 26. Muito provavelmente, você ainda não tinha pensado nesta possibilidade, mas lhe aconselho a começar a estudar um pouco de programação, pois, caso goste desta área de conhecimentos e se empenhe, é possível ganhar grande quantidade de renda com essa atividade. Entre as tecnologias que você deve se concentrar logo de inicio estão Lógica da Programação, Banco de Dados MySQL, Java e PHP. Muito provavelmente os custos deste modelo de empreendimento são centrados em cursos de especialização em competências de programação e softwares que frequentemente serão necessários para criação de um programa. Para monetizar seu aplicativo, é possível vendê-lo a um determinado valor (sempre utilizando versões Trial para seu software se torne mais conhecido) ou ocupar certo espaço de sua interface gráfica com publicidade. Ambos os modelos são rentáveis, basta escolher o melhor tipo visando o perfil de seu público. Gastos Iniciais Monetização
  • 27. A venda de produtos pela Internet se destaca entre os modelos de empreendimentos mais seguros e rentáveis desta apostila. Isso acontece, pois o comércio eletrônico está crescendo de forma vertiginosa nos últimos anos, sendo largamente aceito pela maioria dos internautas (inclusive indivíduos que antes não tinham acesso a esse tipo de mercado: a classe C) o que prova a rentabilidade deste negócio. O comércio eletrônico (e-commerce ou comércio digital) é um fenômeno advindo da popularização da Internet e da facilidade de implantação de tecnologias seguras e de transação bancária. Para entender melhor o atual estado do comércio eletrônico veja o vídeo abaixo do canal TV CNC: O e-commerce tem gerado vantagens para os dois lados do comércio, afinal, vender online é muito mais fácil e menos burocrático para o vendedor, e comprar online, é mais barato e prático (gasta menos tempo e o mercado digital é bem vasto) para o cliente. Para gerar renda com comércio eletrônico basta divulgar um produto (novo ou usado) na Internet e aguardar um internauta interessado entrar em contato com COMÉRCIO ELETRÔNICO Como funciona?
  • 28. você. Logicamente, pra obter grandes lucros é preciso ter todo um esquema de importação de produtos e atendimento de clientes, no entanto, esta é uma das atividades mais simplicistas desta apostila. Leve em consideração alguns pontos básicos:  A necessidade de obter conhecimentos avançados sobre o comércio eletrônico, visando ganhar vantagem competitiva em face da grande competitividade deste tipo de negócio;  Escolher qual melhor plataforma de venda – preferencialmente utilize sempre o Mercado Livre, a plataforma esta em ascendência e precisa de cada vez mais vendedores. Outra dica valiosa é a criação de lojas virtuais próprias.  Se tornar pessoa jurídica para emitir nota fiscal – não é obrigatório, no entanto, os clientes se sentem mais seguros. Embora seja uma atividade bem fácil, o comércio eletrônico tem chamado atenção de diversos empreendedores e por isso se tornar cada vez mais uma atividade competitiva. Tarefas como publicação de anúncios, contato com cliente e envio de produtos são bem simples e qualquer pessoa pode executa-las, no entanto, para gerar uma boa quantidade de renda é necessário um pouco mais de conhecimento, como por exemplo: saber como importar produtos, conhecer revendedores, otimizar anúncios e montar um loja virtual do zero. Para isso indico o Curso Vender no Mercado Livre, o mais completo site de membros acerca do comércio eletrônico. Nele você apenderá:  Passo A Passo de Como Vender No Mercado Livre;  Qual O Segredo Dos Vendedores Do Mercado Livre;  Como Vender No Que Barato E Toda Oferta;  Como Ter Seu Próprio E- Commerce;  Como Ter Os Fornecedores Especializados;  Fornecedores Chineses e Brasileiros;  Como Importar Da China, Eletrônicos, Vídeo Games, Xbox etc;  Como Importar Roupas Do Peru, EUA E China;  Como Importar Tênis, óculos e Bonés;  Como Importar Suplementos Alimentares;  Como Não Ser Taxado Na Alfândega;  E Muito, Muito Mais... Conhecimentos específicos
  • 29. Acesse agora mesmo a página do produto clicando aqui. Caso você não queira investir logo de cara em seu projeto, o comércio eletrônico não é para você. Como é de se imaginar, os custos iniciais são relativamente elevados, dependendo diretamente dos tipos de produtos que você irá vender. Analise esse modelo de empreendimento e caso goste, aconselho-te a investir ao menos um pouco para testar o mercado eletrônico e sua adaptabilidade como vendedor online. Mesmo se decida que esta atividade não é para você, você pode vender a leva de mercadorias iniciais e procurar outro negócio. Além disso, você gastará um pouco caso queira emitir notas fiscais, já que todo cadastro de CNPJ (documento necessário para se tornar uma pessoa jurídica) e IME envolvem alguns gastos. Note que o SIMEI é exclusivo para microempreendedores individuais, para saber se você se encaixa aos requisitos do mesmo, acesse aqui. Gastos Iniciais
  • 30. De forma semelhante à venda de produtos, a contratação de serviços foi afetada diretamente pela Internet e todo cataclismo de informações que ela impulsionou. Além disso, a popularização de novas profissões como designer e programadores, criarão um ambiente muito mais receptivo à contratação de profissionais online. Descubra um pouco mais desta profissão que tem ganhado cada vez mais adeptos assistindo o vídeo abaixo: Freelancers ou freelas são profissionais que trabalham por conta própria, executando projetos para diferentes clientes, não sendo ligados permanentemente a nenhum tipo de empresa e/ou patrão. Na verdade, considero o termo “freelancer” o equivalente gramátical do século XXI ao que era chamado de “profissional autônomo”. Deve-se ter em mente que um freelancer é um profissional, independente da área de atuação, bem preparado e com um bom número de trabalhos no portfólio (coleção de trabalhos produzido por certo freela, exposta para demostrar como o profissional em questão trabalha, em maioria dos trabalhos online, este tipo de documento, substitui o curriculum). PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
  • 31. Por possui diversas vantagens, vários profissionais tem se tornado freelas e obtido rendas superiores a de funcionários de agências, realidade ironizada no vídeo abaixo: Para conseguirem clientes, maioria dos freelancers divulgam um portfólio online com os seus principais trabalhos. Há também diversos sites que intermediam o contato inicial entre contratante e freela, você pode acessar alguns deles clicando nos banners abaixo:
  • 32. Caso você escreva bem e tenha adequada preparação para isso, é possível que se dê bem como redator freelancer. Mas se engana quem pensa que essa profissão é fácil. A referida atividade exige que o profissional se mantenha atualizado sobre todas as novidades de seu nicho de trabalho. Caso precise contratar um redator freelancer, mande detalhes de seu projeto para meu e-mail agutalbuquerque@gmail.com, ficarei contente em lhe ter como cliente! Essa é uma das áreas de freela que mais necessitam de preparo. Afinal, a tradução costuma ser um campo de conhecimentos bem específicos. Caso não tenha curso superior em línguas, aconselho-te a nem considerar esta possibilidade. Designers são um dos tipos de freela mais comuns no mercado virtual. Entre as atividades para que estes profissionais são contratados estão: designers de site, edição de imagem, criação de templates para sites, etc. Pessoalmente, acho a criação de softwares bem mais lucrativa que a prestação de serviços como freelancer programador. Mas, caso esteja sem ideia ou com tempo ocioso, Jobs (como é chamado cada serviços de freelas) de programação podem ajudar-lhe a ganhar mais experiência e gerar um pouco de renda. Redação Tradução Designer Programação
  • 33. Freelancers que prestam assessória são profissionais que possuem vasto conhecimento em determinada área de competência, e por isso, trabalham como instrutores para profissionais iniciantes. O tipo de consultoria virtual que mais possui público é relacionada a criação de site e SEO. Caso precise de acessória para criação de blogs, mande detalhes de seu projeto para meu e-mail agutalbuquerque@gmail.com, ficarei contente em lhe ter como cliente! Por último, caso a prestação de serviços como freelancer tenha lhe chamado atenção, assista um vídeo do canal BonsTutorias que apresentam uma série de dicas para lhe ajudar a se tornar um ótimo freelancer, confira: Assessoria
  • 34. O YouTube é atualmente a maior plataforma de mídia social do mundo, e como tal, tem crescido avassaladoramente nos últimos tempos e mostrado o grande apelo que vídeos possuem para grande parte dos internautas. O Google, dono do YouTube têm investido cada vez mais nesta mídia social, aliás, boa parte dos lucros da empresa no ano passado (2012) foram gerados com a plataforma. Sendo assim, se torna cada vez mais vantajoso para profissionais da Internet investirem neste modelo de negócio. Para gerar renda com o YouTube é necessário, basicamente, produzir vídeos e subi-los na plataforma. No entanto, para fazer sucesso é necessário bem mais que isso. Primeiramente é preciso inscrever-se na plataforma como um usuário e logo depois editar o perfil e criar um canal, tudo funciona de forma bem intuitiva e caso precise, há diversos tutoriais espalhados na Internet. Para monetizar, é necessário permiti a publicação de publicidade em seus vídeos. Há diversos formatos de vídeos com que você pode trabalhar, entre os mais conhecidos estão: vlogs (como o próprio nome sugere, é um blog feito de vídeos), tutorial (aulas de como fazer “tal coisa”), gameplay (mostra como jogar determinado jogo), animações (vídeos feito com desenhos animados), esquetes (pequenas histórias), etc. Independentemente do tipo que você escolha, a criatividade é o principal fator para o sucesso. Até mesmo porque, em um espaço tão dinâmico como o YouTube diversas pessoas ficam conhecidas rapidamente por um vídeo viral que fizeram. E assim sendo, uma das melhores formas para conseguir mais inscritos é fazer um vídeo viral que tornará seu canal conhecido. Um dos melhores exemplos que posso apresentar é o do Felipe Neto, que em 2010 criou um canal e começou a postar alguns vídeos que se tornaram virais. Sabe qual foi o resultado? Hoje, o mesmo canal ainda está ativo e é o quinto maior do Brasil, no ano passado, em 2012, o Filipe criou outro canal, o Parafernalha que já é o terceiro maior canal em números de inscritos do nosso país. Com tudo isso, eu estou querendo chegar ao ponto que reafirmo que com uma boa dose de criatividade e espírito empreendedor é bem fácil fazer sucesso no YouTube rapidamente, da forma que nenhum outro modelo de negócios online consegue. No vídeo abaixo você pode assistir o vídeo de lançamento do livro Não Faz Sentido, onde o Felipe Neto conta a história de seu canal e como foi ser um dos primeiros YouTubers brasileiros a ser reconhecido nacionalmente. PRODUÇÃO DE VÍDEOS PARA O YOUTUBE Como funciona?
  • 35. Para produzir vídeos no YouTube é necessário, essencialmente, saber editar vídeo e áudio. Dependendo do tipo de seu vídeo (vlogs, gameplay, tutorial, etc.) essa edição é bem fácil e pode ser feita utilizando programas simples. Caso deseje fazer animações, é necessário ter amplos conhecimentos em aplicativos como o Adobe Flash Profissional ou outro semelhante. Entre os programas mais utilizados pelos YouTubers (como é chamado quem produz vídeos para o YouTube) estão o Camtasia, o Sony Vegas e o Sony Sound Forge. Logicamente, existem no mercado diversas outras ferramentas equivalentes, Conhecimentos específicos Criado por Felipe Neto em 2010 sem maiores pretensões, o Não Faz Sentido tornou-se um fenômeno da internet brasileira e o primeiro canal de vídeos em língua portuguesa a ultrapassar a marca de 1 milhão de inscritos. Confundido muitas vezes com seu personagem reclamão, Felipe Neto expõe nesta obra sua outra face, sem óculos (continue lendo...)
  • 36. cabe a você pesquisar qual melhor se adequam a suas necessidades, e claro, seu bolso. Caso pense em gravar tutorias, veja as videoaulas da HxTutoriais e analise se o Camtasia atenderá suas necessidade. Para edição completa de vídeo, conheça o Sony Vegas. A BrainstormTutoriais2 possui uma grande coleção de vídeos que ensinam como trabalhar com este software, veja: Veja também alguns vídeos da BrainstormTutoriais2 e LFTutoriais que dão dicas gerais para os YouTubers de como montar um canal de sucesso.
  • 37. Estude bastante estes vídeos, com eles você conseguirá ter uma noção básica de como administrar um canal no YouTube e poderá dar os primeiros passos neste modelo de negócio que desponta como extremamente rentável. A produção de vídeos para YouTube é um dos modelos de empreendimento apresentados nesta apostila que mais possui maiores gastos iniciais. Isso acontece, pois materiais de preço elevado como câmera e microfone são essenciais para essa atividade. Você deve, primeiramente, saber quais tipos de materiais serão necessários (qual resolução da câmera, qual tipo de microfone, qual software de Gastos Iniciais
  • 38. edição comprar, etc.) e logo depois, sair às compras e tentar achar o melhor custo- benefício. Você pode também, optar por comprar aparelhos mais baratos até gerar uma boa renda com o canal, assim, logo que conseguir um bom retorno financeiro, invista em melhores aparelhos. A monetização de vídeos no YouTube é semelhante a do blogs, ou seja, você sede espaço publicitário na sua página. Inclusive, é essencial para um YouTuber possuir uma conta no AdSense (famoso programa de monetização de blogs). Para ativar a monetização de vídeos no YouTube é bem fácil, principalmente levando em consideração que a pouco tempo atrás era o YouTube que escolhia qual canal que poderia exibir propagandas. No entanto é necessário ressaltar alguns pontos: uma conta no AdSense é essencial para sacar comissões, dessa forma, apenas maiores de 18 anos podem monetizar vídeos; grande parte dos vídeos podem ser monetizados a não ser que quebrem direitos autorais ou infrinjam os tipos de vídeos que não podem se subidos na mídia social (como conteúdo pornográfico, por exemplo) e não é possível escolher o tipo de produto/marca que fará publicidade na página de seu vídeo. É extremamente recomendável que se leia as normas de monetização que aparecerão logo após manifestar desejo em monetizar seu canal, até mesmo porque, ao ter ciência dos tipos de práticas proibidas é bem mais difícil que você cometa praticas que violem os termos do YouTube. Veja os três tipos de propagandas disponibilizadas pela plataforma: Anúncios de sobreposição que cobrem quase 1/4 de seu vídeo. Logo após clicar no “x” do lado superior esquerdo a propaganda se fecha. Monetização Trabalhamos com divulgação e SEO para YouTube, e sabemos como e onde encontrar visualizações para enviar para seus vídeos. Os pacotes que vendemos possuem o melhor preço do mercado e as maiores quantias de visualizações do mercado, estamos prontos para fazer o seu vídeo subir no YouTube! Para saber mais, clique na imagem ao lado.
  • 39. Anúncios TrueView In-stream que ocupam toda a área de exibição podendo ser fechados após cinco segundos. Anúncio padrão exibido ao lado do player de seu vídeo. Ambos os tipos de publicidade possuem capacidade para gerar uma boa renda e podem ser escolhidos de acordo com sua necessidade (somente o padrão é indispensável), afinal, como citado no inicio desta seção, até mesmo o Google se surpreendeu com o capacidade de monetização que YouTube tem apresentado. Logo abaixo, você pode acessar um vídeo produzido pelo canal SociedadeHacker que mostra como ativar a monetização de vídeos e criar/adicionar uma conta no AdSense para sacar suas comissões. No YouTube, da mesma forma que os blogs, é possível gerar renda com vídeos patrocinados, afinal, grandes empresas já perceberam o potencial do YouTube e
  • 40. têm aberto oportunidades para este tipo de publicidade direta. No entanto, este tipo de parceria não é tão comum e, para ganhar dinheiro com este método, é necessário ter uma boa visibilidade para chamar a atenção de alguma empresa. Além destas formas de monetização, há o que chamamos de Network, que são grandes redes (com características semelhantes aos programas de afiliados para blogs) que intermediam a negociação entre anunciantes e YouTubers. Além disso, elas possuem uma estrutura otimizada que facilita a divulgação de canais. Entre as principais Networks estão Machinima, TNT, ParaMaker, etc. Cabe a conhecer a proposta de cada uma delas e analisar qual pode ser mais vantajosa que a parceria comum com o YouTube. Abaixo, você confere mais um exemplo de sucesso no YouTube. Muito provavelmente você conhece o canal Portas dos Fundos, que é atualmente o maior canal do Brasil, não é mesmo? No documentário a seguir você verá como que a ideia do canal surgiu e reafirmará mais uma vez que criatividade é tudo. Livro: Porta dos Fundos - Este é o livro do Porta dos Fundos. São 37 roteiros dos esquetes na internet. Mas aqui, tal qual um DVD, temos extras - fotos exclusivas e comentários dos autores! Saiba qual foi a inspiração de cada um dos malucos que escrevem os vídeos, de onde vêm as ideias, como eles pensam e descubra que, no Porta, tudo começa pelo texto! No início de cada capítulo, você ainda encontra um QR Code que leva diretamente ao vídeo no YouTube. Clique na imagem ao lado para ir para página do livro.
  • 41. Foi apresentado acima artigos motivacionais e os principais modelos de negócio para Internet. Ao encerrar estas seções, percebi a necessidade de continuar um pouco mais a explanação relativa à sucesso na Internet e incluir alguns conceitos gerais sobre o Marketing de um negócio online, a interação com seus clientes/visitantes/contratantes e a necessidade de inovação neste ramo que já se desponta como altamente competitivo. Na Administração, o Marketing é um processo latente na venda de produtos e na comunicação com os clientes. O denominado Marketing Digital, logicamente aplicado na Internet, é um processo semelhante, entretanto, adaptado ao ambiente virtual que necessita de uma toda uma estrutura digital, e também, a agilidade necessária para suportar as constantes mudanças deste meio. Sendo a Internet a maior fonte de informações do mundo, o Marketing Digital é utilizado até mesmo por empresas que não possuem atividades relacionadas à tecnologia. Consequentemente, é obrigatório que projetos online façam uso do Marketing Digital. O Marketing Digital é, por natureza, um conjunto de ações muito amplas e está presente deste a exposição de um anúncio até no momento em que se contata o cliente. Entre exemplos de atividades relacionadas ao Marketing Digital podemos citar qualquer tipo de publicidade (banners, links, vídeos, etc.) ou qualquer contato com cliente (atendimento direto, administração de redes sociais, newsletters, etc.), e consequentemente, todos os paradigmas que ambas as atividades resultam, como por exemplo, o SEO que visa otimizar a sua página virtual para receber mais visitantes ou a Redação Publicitária que tem como objetivo desenvolver textos que convençam o consumidor a pensar ou fazer algo. Além disso, o Marketing Digital engloba também o estudo do perfil de seu público alvo, atividade que se torna bem mais flexível devido a facilidade de acesso a informações na Internet. Sendo uma vasta área de conhecimento, não abordarei aqui a forma de como implantar o Marketing Digital no seu negócio, para isso deixarei abaixo alguns links que te ajudarão a entender um pouco mais sobre o Marketing Digital. Caso prefira, neste link você conhecerá um curso completo de Marketing Digital (96 hrs.) com certificado incluso. Estude bastante, note que este é um dos pontos mais importantes da preparação do profissional da Internet, seja pelo fato desta matéria se aplicar a qualquer plano de negócio apresentado anteriormente, seja por ser um fator relacionado diretamente ao seu sucesso. Um dos materiais mais abrangentes sobre o assunto é o “Os 8P’s do Marketing Digital”, onde o autor, Conrado explica que o sucesso no Marketing Digital é obtido ao se levar em conta oito fatores: pesquisa, projeto, produção, publicação, EXTRAS Marketing Digital
  • 42. Links Uteis O que é Marketing Digital: http://goo.gl/s30qlk; Marketing Digital ajudando negócios: http://goo.gl/LeAmaV; Principais tarefas do Marketing Digital: http://goo.gl/eqfrjB; Tipos de Marketing Digital: http://goo.gl/POBF7O; Blog sobre Marketing Digital: http://goo.gl/GpAAEB. promoção, propagação, personalização e precisão. Você pode assistir uma palestra com Conrado neste link. Entenda um pouco mais sobre o marketing digital assistindo o vídeo abaixo:
  • 43. Todas as atividades apresentadas acima possuem como objetivo principal alcançar o público e torna-lo um cliente ou visitante assíduo. As estratégias utilizadas para isso são diversas, entretanto, a integração social é uma regra geral para qualquer negócio. Você sabe o que é o quinto poder? Este conceito se aplica perfeitamente a essa estratégia. Pense um pouco, quando um internauta acessa seu blog e gosta do seu trabalho, ele poderá usar o quinto poder para divulgar sua página, isso provavelmente trará mais visitantes. Da mesma forma, caso você marque presença nesta rede de comunicação (Facebook, Twitter, Google +, etc.) você estará ainda mais próximo de seu cliente e poderá manter contanto com ele continuamente. Isto é válido para todos os modelos de negócio apresentados acima. Note que uma página no Facebook e um conta ativa no Twitter são iniciativas básicas. Cabe a você decidir se as demais plataformas (Tumblr, Instagram, LinkedIn, etc.) se encaixam a sua necessidade e se irão alcançar seu público-alvo. Visite o link da imagem abaixo e conheça o livro “Arasse nas Redes Sociais”, Tessmann em uma abordagem dinâmica, demostra como utilizar as redes sociais para promover seu produto e converter maioria de seus visitantes em clientes. Curta a página desta apostila no Facebook clicando aqui. Abaixo, você pode assistir a um vídeo sobre o quão forte e abrangentes as redes sociais são. Note também que o crescimento de tal meio de interatividade social está em ascendência marcante e tende a continuar nesta marcha nos próximos anos. Integração Social
  • 44. Mesmo sendo grande parte das estratégias de interação social, as redes sociais não são os únicos meios de integração com seu público. Lembre-se que o seu cliente, mesmo o que não lhe dá lucro diretamente (como ocorre com os visitantes de um blog), é responsável direto pelo seu sucesso e merecem ser ouvidos e respondidos. Sendo assim, caso crie um blog não se esqueça de abrir um espaço para os comentários, o mesmo ocorre no comércio eletrônico, trabalhos freelancer e na produção de softwares onde é de suma importância a implantação de um sistema de feedback. Tenha em mente que as redes sociais fazem tanto sucesso pelo fato de serem um espaço virtual em que não há apenas um robô com atividades pré-determinadas, mas também, pessoas que reagem aos acontecimentos do seu cotidiano. A maioria das pessoas adoram este fato, pois isso une o conforto da tecnologia com a necessidade subconsciente de se comunicar. Por tudo isso é de extrema importância que você planeje um sistema de integração social para seu projeto. Ocupe-se em pesquisar métodos que aproximem seu cliente de sua marca e que estabeleçam um canal de comunicação direto que será utilizado logo que se fizer necessário para uma das partes.
  • 45. Quando afirmei na introdução que a Internet é um campo muito fértil para criação de empreendimentos, omiti um fator relevante: muitos profissionais já detectaram tal oportunidade e consequentemente, o mercado se encontra altamente competitivo. No entanto, note que a Internet é um meio relativamente novo e em crescente evolução. Com a integração de novas tecnologias, a grande rede mundial de computadores alarga a cada dia seus horizontes e incita a criação de novos tipos de empreendimentos. Caso pense em criar um projeto que dê certo e que tenha possibilidades de alcançar um bom retorno, não crie apenas uma cópia de seus concorrentes. Saiba reconhecer a oportunidade na escassez de um serviço e transforme-a em sua vantagem competitiva. Além disso, inove nas diretrizes do seu projeto. Ao executar tarefas que são cotidianas a outro profissional, pense em reformula-las e imprima no seu projeto trejeitos que poderão ser relacionados diretamente a você. Estude, também, estratégias que possam impactar seu consumidor, fazendo com que ele gaste alguns segundos admirando a forma autêntica com que você apresentou determinada ideia, tenha em mente que o que é padronizado passa despercebido, no entanto, novos conceitos chamam atenção mesmo que positiva ou negativamente. Uma das minhas frases preferidas é a desgasta “Pense fora da caixa”. Pense Diferente
  • 46. Afirmo-lhe mais uma vez que trabalhar na Internet não é uma atividade simples e requer comprometimento e persistência. Agora que você descobriu quais as principias formas de gerar renda trabalhando em casa, basta tem a resiliência necessária para criar um projeto e se ocupar em executa-lo de maneira eficaz. Lembre-se de todos os conceitos apresentados aqui e caso ainda possua mais alguma dúvida, precise de consultoria em criação de seu blog ou de um redator freelancer, por favor, envie um e-mail para agutalbuquerque@gmail.com, responderei o mais rápido possível. Entre em contato CONCLUSÃO