Trabalho apresentado à unidade curricular:
Cuidados Continuados e Paliativos
Gisèle Machado – a31285
Raquel Dias – a31295
...
Devido ao aumento da expectativa de vida da população idosa em
Portugal e no mundo, faz-se necessário uma atenção maior po...


Segundo a OMS (The WHOQOL Group,1995), a Qualidade
de Vida é a percepção do individuo acerca de sua posição
na vida, de...


Paschoal (2004), qualidade de vida é a percepção de bemestar de uma pessoa, que deriva de sua avaliação do quanto
reali...


O objectivo do presente estudo é analisar os efeitos de
qualidade de vida nos idosos e refletir sobre a situação
atual,...


Participação:
Fundação Asilo Luís Vicente

Uma Funcionaria

Um idoso Solteiro

Um casal

Duas Viúvas

6


Participação:
A Domicilio/ meio Urbano

3 domicilio

3 meio Urbano

7




Material

Maquina de filmar

Procedimentos

As informações foram recolhidas a partir de utentes e estes
responderam ...


Perguntas realizadas aos idosos
1. Nome
2. Idade
3. Enquanto jovem Gostou da vida que teve? 3.1o que mudaria?
4. E casa...
10
11


Idosos em Lar






Trabalho
 Paz/sossego
 Dinheiro
Ajuda Familiar
Independência

Saúde
Paz/sossego
Ajuda 24h
Famí...
Os resultados do presente estudo vêm reforçar a ideia de que
a perceção do bem-estar do idoso no lar e compara-los ao beme...
The WHOQOL Group. The World Health Organization Quality
of Life Assessment (WHOQOL): Position paper from the
World Health ...
15
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Caracterização da qualidade de vida na 3ªidade Actual

423 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
423
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Caracterização da qualidade de vida na 3ªidade Actual

  1. 1. Trabalho apresentado à unidade curricular: Cuidados Continuados e Paliativos Gisèle Machado – a31285 Raquel Dias – a31295 Rita Félix – a31296
  2. 2. Devido ao aumento da expectativa de vida da população idosa em Portugal e no mundo, faz-se necessário uma atenção maior por parte da família, da sociedade e das autoridades, para que atenda as necessidades do idoso devido suas limitações, levando-o a ter maior participação na sociedade, humanizando o tratamento para que este tenha uma melhor qualidade de vida. Muitas vezes o idoso não está ambientado no meio em que vive, pode desenvolver processos de solidão, depressão, incapacidade física, mental entre outros problemas que a idade acarreta. Sendo assim, a questão de estudo que moveu este trabalho visa observar as mudança ocorridas e vantagens atualmente que proporcionaram melhor qualidade na vida do idoso num lar e a domicilio. O local escolhido para o estudo foi a Fundação Asilo Luis Vicente e no meio urbano.
  3. 3.  Segundo a OMS (The WHOQOL Group,1995), a Qualidade de Vida é a percepção do individuo acerca de sua posição na vida, de acordo com o contexto cultural e o sistema valores com os quais convive e em relação a seus objectivos, expectativas, padrões e preocupações. 3
  4. 4.  Paschoal (2004), qualidade de vida é a percepção de bemestar de uma pessoa, que deriva de sua avaliação do quanto realizou daquilo que idealiza como importante para uma boa vida e de grau de satisfação com o que foi possível concretizar até aquele momento. 4
  5. 5.  O objectivo do presente estudo é analisar os efeitos de qualidade de vida nos idosos e refletir sobre a situação atual, tanto na família que precisa entender as suas necessidades proporcionando uma melhor qualidade de vida, como a sociedade que deve valorizar estes indivíduos promovendo maneiras de participação para que possa inserilos no convívio com os outros. Como também descobrir a qualidade de vida entre um Lar e domicilio 5
  6. 6.  Participação: Fundação Asilo Luís Vicente Uma Funcionaria Um idoso Solteiro Um casal Duas Viúvas 6
  7. 7.  Participação: A Domicilio/ meio Urbano 3 domicilio 3 meio Urbano 7
  8. 8.   Material Maquina de filmar Procedimentos As informações foram recolhidas a partir de utentes e estes responderam aos questionários no contexto de uma entrevista pessoal, após obtenção do seu consentimento informado de um projecto escolar. 8
  9. 9.  Perguntas realizadas aos idosos 1. Nome 2. Idade 3. Enquanto jovem Gostou da vida que teve? 3.1o que mudaria? 4. E casada? Ainda espera encontrar um companheiro com a sua idade? 5. Gosta do local onde está inserida? 5.1 Onde gostaria de estar inserida? 6. O que considera como qualidade de vida para si? 7. Qual a mais-valia da 3ªIdade na sociedade atual? 8. Como espera viver os próximos anos de vida? 9. Como gostaria que os cuidados de saúde cuidassem os idosos? 9
  10. 10. 10
  11. 11. 11
  12. 12.  Idosos em Lar    Trabalho  Paz/sossego  Dinheiro Ajuda Familiar Independência Saúde Paz/sossego Ajuda 24h Família    Idosos em Domicilio/ meio Urbano 12
  13. 13. Os resultados do presente estudo vêm reforçar a ideia de que a perceção do bem-estar do idoso no lar e compara-los ao bemestar em sua própria casa onde o idoso esta inserido. Atualmente, a população idosa recorre ao lar de livre vontade, pois oferece uma melhor qualidade de vida (Companhia, cuidados de saúde, alimentação, aconchegamento e atividades). Os idosos que habitam nas suas casas ou em casa de Familiares, podem realizar as suas atividades (Higiene Pessoal, Tarefas do dia a dia) apesar de muitos dos idosos têm ajuda da família. 13
  14. 14. The WHOQOL Group. The World Health Organization Quality of Life Assessment (WHOQOL): Position paper from the World Health Organization. Soc Sci Med, 1995;10(41):1403-1409 Paschoal SMP. Qualidade de Vida do Idoso: Construção de um instrumento de avaliação através do método do impacto clínico [tese]. São Paulo: Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, 2004. 14
  15. 15. 15

×