Fatec apoia III Simpósio do
Patrimônio Material e
Imaterial de Jundiaí
Foi realizado entre os dias 26 e
29 de agosto, no C...
quatro eixos do Simpósio, como: Micro-histórias na construção da memória de
Jundiaí, do tangível ao intangível; Patrimônio...
Eduardo Romero de Oliveira Tombamentos do Estado de São
Paulo (1969 – 1984)
1º Djenane Vieira / Altair Felício O Clube Ben...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fatec apoia III Simpósio do Patrimônio Material e Imaterial de Jundiaí

154 visualizações

Publicada em

Foi realizado entre os dias 26 e 29 de agosto, no Complexo Fepasa, o III Simpósio sobre Patrimônio Material e Imaterial de Jundiaí. A programação repleta de uma série de atividades, incluiu apresentação de trabalhos, mesa-redonda, intervenções artísticas, workshops e palestras.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
154
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fatec apoia III Simpósio do Patrimônio Material e Imaterial de Jundiaí

  1. 1. Fatec apoia III Simpósio do Patrimônio Material e Imaterial de Jundiaí Foi realizado entre os dias 26 e 29 de agosto, no Complexo Fepasa, o III Simpósio sobre Patrimônio Material e Imaterial de Jundiaí. A programação repleta de uma série de atividades, incluiu apresentação de trabalhos, mesa-redonda, intervenções artísticas, workshops e palestras. A finalidade do Simpósio, promovido pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de Jundiaí, através da Diretoria Patrimônio Histórico e Cultural, com apoio da Faculdade de Tecnologia de Jundiaí (Fatec), foi de apresentar ao público a preservação dos bens culturais "material e imaterial", que estão presentes na vida, história e construção da identidade da cidade, e dos diferentes grupos formados na sociedade. Apresentar o potencial de produção do conhecimento científico relativo ao patrimônio material e imaterial, consolidar um espaço de discussão e troca de conhecimentos; abrir espaço para pesquisadores e estudantes universitários publicarem resultados de pesquisas científicas concernentes à memória, o patrimônio e a história, envolvendo a população de Jundiaí nas questões relativas aos Patrimônios da cidade, também estiveram entre os objetivos do evento. Nos meses que antecederam o evento, não apenas poder público, representantes da sociedade e demais pessoas envolvidas diretamente nesta causa, mas toda a população foi convidada a participar de alguma forma, quer fosse prestigiando, ou mesmo, apresentando trabalhos e sugestões que contribuiriam com o fortalecimento deste tema. As propostas selecionadas por uma comissão técnica, composta de jornalistas, arquitetos e historiadores - entre eles professores da Fatec, se encaixaram em
  2. 2. quatro eixos do Simpósio, como: Micro-histórias na construção da memória de Jundiaí, do tangível ao intangível; Patrimônio e cidade: experiências e memórias; A Semiformação e a Educação Patrimonial; e Intervenções contemporâneas em imóveis históricos. A primeira edição deste evento ocorreu em 2013, paralelo às atividades do II Encontro de Tecnologia e Cultura, também realizado pela Fatec Jundiaí. A programação incluiu: o atual cenário da preservação do patrimônio histórico em Jundiaí; a história da preservação do Patrimônio: passado e presente; desenhos e fotos de imóveis históricos na cidade com pré-roteiro estabelecido; a Ponte Torta, resgate histórico, zeladoria e restauro; intervenções contemporâneas em imóveis históricos, Fazenda Ermida – restauro e disponibilidade ao público; apresentação dos trabalhos da Comissão da Verdade de Jundiaí entre outros assuntos. Confira abaixo os trabalhos selecionados e apresentados no Simpósio: Eixo Autor (es) Trabalho 2º Priscila Meireles Mapa Histórico de Jundiaí 3º Eusébio Pereira dos Santos Envelhecimento 2º Jean Marcel C. Camoleze Memória, instituições e municípios 2º Letícia L. B. Schoenmaker Apresentação do Museu da Companhia Paulista 2º João V. S. A. dos Santos Memória social do ser biopsicosocial 1º Adriano Vieira Os grupos musicais populares e os espaços de apresentação na cidade de Jundiaí na primeira metade do século XX 4º Juliana C. Gonçalves Pinacoteca Diógenes Duarte Paes – Uma reflexão sobre o patrimônio e seu lugar nos dias atuais 3º Roberta Parizoto Educação Patrimonial 2º Samantha Dean Turismo Industrial no ABC 1º Duto Sperry Vocação Musical - a identidade cultural que Jundiaí abandonou 1º José Felício R. de Cezare Jundiaí não foge a regra: Hibiturucaia 2º Felipe S. Silva Edifício Penteado 2º Elizabeth Lara / Marcela Formico Reconhecimento do estilo Arquitetônico Art Déco no centro histórico de Jundiaí 2º Eduardo Carlos Pereira CICA: Uso contemporâneo em remanescentes industriais 1º Maurício Ferreira Fotografia como fonte histórica 3º Elizdete de Souza Pinto A Educação Patrimonial na atual sociedade de consumo e a semiformação 2º Ewerton H. de Moraes / Dr. Os Bens Ferroviários nos
  3. 3. Eduardo Romero de Oliveira Tombamentos do Estado de São Paulo (1969 – 1984) 1º Djenane Vieira / Altair Felício O Clube Beneficente CR Jundiaiense 28 de Setembro como Patrimônio Imaterial e seu papel na Representatividade Histórica e Social do Povo Negro de Jundiaí 2º Ramón Méndez Andrés Educación patrimonial: objetivos, factores y propuestas 2º Ms. Shari C. de Almeida Museu Histórico e Cultural de Jundiaí e as diferenças entre Museu-Histórico e Museu-Casa 2º Magarete Ap. Manoel Projeto Artístico Jundiaiense 2º Ms. Iolanda da Silva Santos Processo de Preservação do Patrimônio Cultural 2º Graziela Alves da Silva / Dr. Eduardo Romero de Oliveira O Museu da Companhia Paulista: Um estudo sobre visitação num museu industrial 2º Talita Falavigna Patrimônio Indústrial: adequação para o Poupatempo 1º Dra. Sueli S. Batista / Ms. Célio Aparecido Garcia Estudo sobre a formação e a atuação do trabalhador ferroviário como paradigma para o desenvolvimento da educação profissional em São Paulo: utilizando a metodologia da história oral 2º Juliana Rocha Seixas / Dra. Sueli Soares dos Santos Batista O agora também faz história: constituição de um acervo para o Centro de Memória da Fatec Jundiaí por meio de entrevistas de história oral 2º Dra. Sueli S. Batista / Adriana Perroni Ballerini História da educação profissional a partir da constituição de um centro de memória nas unidades escolares: a experiência da Fatec Jundiaí Fonte: Site da Prefeitura de Jundiaí e da Fatec Texto: Assessoria de Faculdade Estadual de Tecnologia de Jundiaí (Fatec) Fotos: Cleber de Almeida - Prefeitura de Jundiaí

×