Curso Banco do Brasil - Linhas de crédito safra 2015/2016

901 visualizações

Publicada em

Linhas de crédito safra 2015/2016 - Banco do Brasil
Jairo Andrade Silva Gallo

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
901
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso Banco do Brasil - Linhas de crédito safra 2015/2016

  1. 1. Agronegócios – Linhas de Crédito Safra 2015/2016 Jairo Andrade Silva Gallo Assessor de Agronegócios / Eng. Agrônomo Gerência de Assessoramento Técnico ao Agronegócio – GERAG SP
  2. 2. • 2,0% a.a. para valores de até R$ 10 mil • 4,5% a.a. para valores acima de R$ 10 mil e até R$ 30 mil • 5,5% a.a. para valores acima de R$ 30 mil e até R$ 100 mil • Custeio Agrícola – máximo de 2 anos, conforme o ciclo da atividade financiada • Custeio Pecuário – até 1 ano Agricultores Familiares enquadrados no Pronaf, exceto os participantes do Grupo A, que apresentem a DAP Válida. até R$ 100 mil (AF) Pronaf Custeio * Consulte taxas diferenciadas para empreendimentos na área da Sudene. Público Alvo Encargos Financeiros Teto de Financiamento Prazo
  3. 3. PRONAMP Custeio Agropecuário Público: Produtor Rural com RBA de até R$ 1,6 milhão e que tenha, no mínimo, 80% de sua renda originária da atividade rural; Finalidade: Financiamento das despesas normais de custeio da produção agrícola e pecuária; Valores: até R$ 710 mil; Taxas de Juros: de 7,75% a.a.; Prazos: até 01 ano: Pecuário e 02 anos: Agrícola.
  4. 4. BB CUSTEIO AGROPECUÁRIO Público: Produtor Rural com RBA de até R$ 1,6 milhão e que tenha, no mínimo, 80% de sua renda originária da atividade rural; Finalidade: Financiamento das despesas normais de custeio da produção agrícola e pecuária; Valores: até R$ 4,4 milhões em cada ano agrícola, em até 100% do orçamento limitado a 70% da receita bruta prevista. Taxas de Juros: de 8,75% a.a.; Prazos: até 01 ano: Pecuário e 02 anos: Agrícola.
  5. 5. PRONAF Investimento (Mais Alimentos) Público: Produtor Rural enquadráveis no PRONAF, possuidores de DAP (4 MF, RBA até R$ 360 mil, 50% advinda do estabelecim.) Finalidade: investimento para as atividades agropecuárias e não agropecuárias. Valores: até R$ 150 mil; Taxas de Juros: de 2,5% a.a. (até 10 mil), 4,5% (10-30 mil), 5,5% até 150 mil; Prazos/carência: a) Caminhonetes de carga: 5/1 ano; b) Demais itens: 10/3 anos; c) Animais para recria e engorda: até 2/1 ano. .
  6. 6. PRONAMP Investimento Agropecuário Público: Produtor Rural com RBA de até R$ 1,6 milhão e que tenha, no mínimo, 80% de sua renda originária da atividade rural; Finalidade: Financiamento das despesas normais de investimento, aumento da renda e geração de emprego. Valores: até R$ 385 mil; Taxas de Juros: de 7,5% a.a.; Prazos: até 8 anos com 3 anos de carência.
  7. 7. Programa de Construção de Armazéns - PCA Público-Alvo: Produtores Rurais, pessoas físicas ou jurídicas e suas Cooperativas de produção. Limite Financiável: Até 100% do valor do projeto. Teto: Não há. Prazo: Até 15 anos, incluídos até 03 anos de carência. O que é? Programa para Construção e Ampliação de Armazéns - PCA Objetivo: Apoio investimentos necessários à ampliação e à construção de novos armazéns. Abrange somente projetos destinados à guarda de grãos, frutas, tubérculos, bulbos e hortaliças. Encargos Financeiros: Taxa efetiva de 7,5% a.a. Critérios de concessão:  Produtor rural pessoa física: exclusivamente para o armazenamento de produção própria;  Produtor rural pessoa jurídica ou cooperativa de produção: preponderantemente para armazenamento de produção própria ou de seus cooperados;  Projeto técnico de construção – obrigatório e elaborado por profissional habilitado, com Anotação de Responsabilidade Técnica – ART.
  8. 8. Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária - Inovagro Objetivo: Investimentos necessários à incorporação de inovação tecnológica nas propriedades rurais, visando ao aumento da produtividade, à adoção de boas práticas agropecuárias e de gestão da propriedade rural, e à inserção competitiva dos produtores rurais nos diferentes mercados consumidores. Público-Alvo: Produtores rurais e Cooperativas de produção Limite Financiável: até 100% Encargos Financeiros: taxa efetiva de juros de 7,5% a.a. Teto: até 1 milhão por beneficiário. Prazo: até 10 anos, incluídos até 3 anos de carência.
  9. 9. Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária - Inovagro Itens Financiáveis pelo Programa  Automação e adequação de instalações para os segmentos de avicultura, suinocultura e pecuária de leite, inclusive a aquisição integrada ou isolada de máquinas e equipamentos para essa finalidade.  Programas de computadores para gestão, monitoramento ou automação.  Aquisição de material genético (sêmen, embriões), provenientes de doadores com certificado de registro e avaliação de desempenho ou, alternativamente, para pecuária de corte, com o certificado especial de identificação de produção – CEIP.  Custeio associado ao investimento.
  10. 10. Os itens seguintes devem estar em conformidade com:  Sistema de Produção Integrada Agropecuária PI-Brasil  Sistema Bem-Estar Animal  Programa Alimento Seguro das diversas cadeias produtivas  Programa Boas Práticas Agropecuárias da Bovinocultura de Corte e Leite Exemplos de Protocolos: http://www.agricultura.gov.br/animal/bem-estar-animal/medidas-e-aplicacoes http://cloud.cnpgc.embrapa.br/bpa/ Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária - Inovagro Itens Financiáveis pelo Programa
  11. 11.  Obrigatória a apresentação de projeto técnico específico, elaborado por profissional habilitado, com descrição das inovações tecnológicas, além dos demais documentos exigidos nas operações de crédito rural.  Para itens dos Sistemas de Produção Integrada Agropecuária - PI-Brasil e Bem- Estar Animal e aos Programas Alimento Seguro das diversas cadeias produtivas e Boas Práticas Agropecuárias da Bovinocultura de Corte e leite, o projeto técnico deve mencionar as normas ou condições do Sistema ou Programa a que se refere.  Pecuária animais registrados no Livro de Registro Genealógico de associação de criadores autorizados pelo MAPA e possuir superioridade racial; Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária - Inovagro Atenção!
  12. 12. Programa ABC Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura - Programa ABC - Linha de crédito para investimento. Objetivos: reduzir as emissões de gases de efeito estufa oriundas das atividades agropecuárias;  reduzir o desmatamento;  aumentar a produção agropecuária em bases sustentáveis;  adequar as propriedades rurais à legislação ambiental;  ampliar a área de florestas cultivadas;  estimular a recuperação de áreas degradadas. Encargos de 7,5% a.a.. Prazos: pastagens (8-12 anos, 3 de carência), florestas (até 12 anos).
  13. 13. Programa ABC ABC - Ambiental ABC - Integração ABC - Florestas ABC – Plantio Direto ABC - Recuperação ABC - Orgânico ABC - Dendê ABC – Tratamento de Dejetos ABC - Fixação Finalidades Financiáveis
  14. 14. Finame Rural PSI Público: Produtor Rural PF e PJ; Finalidade: aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas novos, fabricados no País e credenciados pelo BNDES, de forma isolada ou associados a projetos de investimento; Valores: até R$ 200 milhões por grupo econômico; Limite Financiável: 100% dos itens financiados; Taxas de Juros: de 7% (ROL 90 milhões) a 9,0% a.a. (acima); Prazos: até 96 meses, sem carência.
  15. 15. Principais Riscos da Atividade Agropecuária: a) riscos de produção: relacionados a fatores climáticos, biológicos e agronômicos referentes ao tipo de exploração; b) riscos de mercado: impactam diretamente a efetivação da receita projetada para o empreendimento, subdividindo-se em: oI - preço: atrelado às variações do preço do produto; oII - comercialização: associada a demanda e a oferta do produto (grau de dificuldade de vender nos mercados compradores) oIII- cambial: decorrente das oscilações de moeda estrangeira (normalmente dólar dos EUA) oc) risco de vida: falecimento do mutuário; od) risco de perda e/ou sinistro do bem financiado; oe) risco moral e comportamental.
  16. 16. - Análise de Crédito; - RTA; - De produção: ASTEC, zoneamento agrícola, PROAGRO e Seguro Agrícola; - De mercado: Contratos Futuros e de Opções, BB Convir. - De vida: Seguro Ouro Vida; - Perda do Bem: Seguro penhor rural. MITIGADORES DE RISCOS:
  17. 17. Conceito São instrumentos padronizados, negociados em bolsa, que representam acordos nos quais uma parte adquire o direito de comprar ou vender um ativo a um preço fixado até certa data e a contraparte se obriga a vender ou comprar esse ativo, em troca de um único pagamento inicial (prêmio) Objetivo Oferecer proteção contra riscos inerentes às atividades econômicas do cliente Mitigadores de Riscos Opção Agropecuária
  18. 18. Prêmio de Opção  Valor pago, ao lançador, para adquirir o DIREITO de comprar ou de vender o ativo Strike ou Preço de Exercício  Preço de compra ou de venda do ativo Ativos passíveis de negociação  Contratos derivativos (opção sobre contratos futuros agropecuários) Características Mitigadores de Riscos Opção Agropecuária
  19. 19. Opção de Compra – CALL  O titular/comprador adquire o DIREITO de comprar o ativo e o lançador/vendedor tem a OBRIGAÇÃO de vender o ativo pelo preço acordado Opção de Venda – PUT  O titular/comprador adquire o DIREITO de vender o ativo e o lançador/vendedor tem a OBRIGAÇÃO de comprar o ativo pelo preço acordado Tipos Mitigadores de Riscos Opção Agropecuária
  20. 20. Opções Padronizadas sobre contrato futuro BM&FBovespa Mitigadores de Riscos Opção Agropecuária
  21. 21. Produtor Rural adquire PUT – opção de venda Garante o preço de VENDA Proteção contra BAIXA de preço Agroindústria adquire CALL – opção de compra Garante o preço de COMPRA Proteção contra ALTA de preço Como usar Mitigadores de Riscos Opção Agropecuária
  22. 22. Compra de Opção de Venda • PUT –Strike: R$ 27,00/sc • Prêmio: R$ 1,50/sc • Opção fora do dinheiro • De Jan a Abr: é possível o exercício • Em Maio: vira pó (vence o direito) MILHO – Futuro Maio – R$ 29,00/sc 28,00 26,00 25,00 26,30 27,00 28,50 29,50 30,00 29,00 22,00 23,00 24,00 25,00 26,00 27,00 28,00 29,00 30,00 31,00 Set Out Nov Dez Jan Fev Mar Abr Mai Preço Futuro Garantia de Preço Exemplo Mitigadores de Riscos Opção Agropecuária
  23. 23. Culturas Contempladas Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola
  24. 24. ZONEAMENTO AGRÍCOLA: Época de plantio: Observar zoneamento agrícola divulgadas pelas Portarias do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no Diário Oficial da União, e podem também ser consutadas pelo site - www.agricultura.gov.br, ->"Serviços" -> "Zoneamento Agrícola“. AGENCIA LOCALIDADE Nome_Cultura Nome_Ciclo Nome_Solo D1 M1 D2 M2 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO I ARENOSO 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO I TEXTURA MEDIA 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO I ARGILOSO 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO II ARENOSO 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO II TEXTURA MEDIA 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO II ARGILOSO 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO III ARENOSO 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO III TEXTURA MEDIA 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA ALGODAO HERBACEO GRUPO III ARGILOSO 1 10 31 12 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMEIXA COM ZONEAMENTO PERENE ARENOSO 1 7 31 8 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMEIXA COM ZONEAMENTO PERENE TEXTURA MEDIA 1 7 31 8 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMEIXA COM ZONEAMENTO PERENE ARGILOSO 1 7 31 8 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMENDOIM (ZONEAMENTO AGRICOLA) GRUPO I ARENOSO 1 10 10 2 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMENDOIM (ZONEAMENTO AGRICOLA) GRUPO II ARENOSO 1 10 10 2 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMENDOIM (ZONEAMENTO AGRICOLA) GRUPO III ARENOSO 1 10 31 1 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMENDOIM (ZONEAMENTO AGRICOLA) GRUPO I TEXTURA MEDIA 1 10 28 2 ANDRELANDIA ANDRELANDIA AMENDOIM (ZONEAMENTO AGRICOLA) GRUPO II TEXTURA MEDIA 1 10 20 2
  25. 25. Riscos Cobertos pelo Produto Exclusivamente na Cultura do Café a. incêndio; b. raio; c. tromba d’água; d. ventos fortes; e. ventos frios; f. granizo; g. chuva excessiva; h. seca; i. geada; e j. variação excessiva de temperatura. Além da perda de produtividade em decorrência de evento coberto, na cultura do café também estarão cobertos os prejuízos às plantas, quando causados por: a. granizo b. geada c. incêndio Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola
  26. 26. Avaliação de perda de produtividade em decorrência de evento coberto Exemplo: Área Segurada: 100 ha Custeio: R$ 1.000,00/ha Limite Máximo de Indenização: R$ 100.000,00 Produtividade Esperada: 6.000kg/ha Nível de Cobertura: 60% Produtividade Garantida: 3.600kg/ha Produtividade Colhida: 2.500kg/ha (média de toda a área segurada na apólice) % de Perda: 30% (garantida – colhida)/(garantida) Comprovação de aplicação dos insumos: R$ 1.000,00/ha Indenização: R$ 30.000,00 (área x % de perda x %NF) Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola
  27. 27. Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  28. 28. Culturas Contempladas Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  29. 29. Riscos Climáticos (seca, chuva excessiva, geada, granizo, variação excessiva de temperatura, tromba d’água, raio, incêndio) Redução do Preço da Cultura Segurada no mercado. Faturamento Obtido Cobertura Básica de Faturamento Garante o pagamento de indenização em decorrência da diferença que se registre entre Faturamento Garantido e o Faturamento Obtido com a produção segurada que esteja dentro da mesma Unidade Segurada. Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  30. 30. Conceitos: FATURAMENTO ESPERADO: Resultado da multiplicação dos seguintes fatores: área segurada (em hectares), preço base (R$ por saca), deságio (%) e produtividade esperada (sacas por hectare), indicados na proposta e Apólice/Certificado de seguro. FE = Área (ha) x Preço Base (R$/sc) x Deságio (%) x Prod. Esperada (sc/ha) FATURAMENTO GARANTIDO: Resultado da multiplicação do faturamento esperado (em R$) pelo nível de cobertura (em percentual), indicados na proposta e Apólice/Certificado de seguro. FG = FE x Nível de Cobertura Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  31. 31. Conceitos: FATURAMENTO OBTIDO: Resultado da multiplicação dos seguintes fatores: área segurada (em hectares), preço de colheita (R$ por saca) e produtividade obtida (sacas por hectare). FO = Área (há) x Preço de Colheita (R$/sc) x Prod. Obtida (sc/ha) Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  32. 32. Soja Milho Café Corresponde a média das últimas 15 cotações de preço futuro da soja financeira com vencimento para Maio 2015, convertidos para reais (R$) considerando também a médias das últimas 15 cotações do dólar PTAX800 que antecedem a data da contratação do seguro. Corresponde a média das últimas 15 cotações de preço futuro do Milho com vencimento para Maio 2015, já em R$. Corresponde a média das últimas 15 cotações de preço futuro do café com vencimento para Setembro 2015, convertidos para reais (R$) considerando também a médias das últimas 15 cotações do dólar PTAX800 que antecedem a data da contratação do seguro. Preço Base Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  33. 33. Soja Milho Café Preço do produto discriminado em reais (R$) por saca, e será calculado por meio da média dos últimos 15 (quinze) preços de fechamentos diários (dias úteis) do Indicador de Preço Disponível Esalq/BM&FBOVESPA, disponível na Bolsa de Valores, Mercadoria & Futuros (BM&FBOVESPA), anteriores à Data de Execução do seguro, convertido em reais (R$) por saca, ambos expressamente discriminados na Apólice/Certificado de seguro. 29/04/2015 15/05/2015 22/09/2015 Preço de Colheita Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  34. 34. Produtividade Esperada: 50 sc/ha Preço Base: 45 R$/sc x 10% Deságio = 40,50 Área Segurada: 100 ha Faturamento Esperado: R$ 202.500 Faturamento Esperado Nível de Cobertura: 70% Faturamento Garantido: R$ 141.750 Faturamento Garantido Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  35. 35. Produtividade Colhida: 40 sc/ha Preço de Colheita: 25 R$/sc x 10% Deságio = 22,50 Área Segurada: 100 ha Faturamento Esperado Faturamento Obtido R$ 90.000 Indenização = R$ 51.750 Faturamento Garantido Mitigadores de Riscos BB Seguro Agrícola Faturamento
  36. 36. Obrigado!

×