Conferência Nacional dos  Institutos Seculares                                  Transformar o mundo por dentro....(João Pa...
HOMILIA DE DOM JAIME NA JORNADA DOS                   INSTITUTOS SECULARESCaros irmãos e irmãs na fé: telespectadores, rad...
SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS E CRISTO                     REI!A festa de Cristo Rei foi instituída no mês de          Pal...
III JORNADA NACIONAL DOS INSTITUTOS SECULARES NO BRASILCom a expectativa de receber mais de 60 mil romeiros, o Santuário N...
VIDA DA CNIS           Expediente                                                              COMUNICADO ERRATA          ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

BOLETIM FERMENTO NOVEMBRO DE 2012

509 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
165
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

BOLETIM FERMENTO NOVEMBRO DE 2012

  1. 1. Conferência Nacional dos Institutos Seculares Transformar o mundo por dentro....(João Paulo II) Boletim informativo dos Institutos Seculares do Brasil – Novembro – de 2012 – ANO XXII – Nº 81 NOVEMBRO: SANTOS E SANTAS PARA A MAIOR GLÓRIA DE DEUS “Existem Santos que somente Deus sabe os seus nomes” (Papa Bento XVI) Caríssimas (os) Irmãs e Irmãos Consagrados (as) Seculares e leitores do FERMENTO! Chegarmos ao mês de novembro e quase ao término do Ano Litúrgico é para nós cristãos e cristãs um tempo de reflexão sobre a nossa caminhada. O que realizei durante este ano para o crescimento da Evangelização na minha realidade? Busquei cumprir a vontade de Deus em todos os aspectos da minha vida? Fui fiel à minha vocação enquanto consagrado (a) secular? São questionamentos que fazemos não por que “Não existe necessitamos analisar formalmente nossa caminhada, mas por Igreja em necessidade de revermos o que fizemos e a partir disto buscar caminhos melhores para vivermos o próximo ano com uma Missão sem os perspicácia melhor e maior ainda. Para tal efeito, a Igreja nos leigos.” proporciona as celebrações necessárias: as Solenidades de Todos os Santos e Cristo Rei. Nestas Solenidades encontramos NESTA EDIÇÃO um tesouro. O tesouro é a busca incessante pela vida em santidade. Ser santos deve ser o nosso objetivo maior e primordial. Podemos atuar em muitos aspectos na missão • Editorial eclesial, mas se em tudo não estiver inserido no coração a busca pela santidade nada e absolutamente nada valerá o • Homilia de Dom Jaime nosso esforço. Então sejamos santos e santas para a Maior Spengler, OFM Glória de Deus sempre. • Solenidade de Todos No informativo deste mês vamos encontrar muitos artigos bons e os Santos e Cristo Rei fontes de estudo e aprimoramento vocacional. Também o registro da III Jornada Nacional dos Institutos Seculares que III Jornada Nacional dos aconteceu no dia 20 de outubro na casa da Mãe Aparecida. Institutos Seculares Que todos tenham uma boa leitura e um mês abençoado nas • Vida da CNIS Mãos de Cristo, Rei do Universo e de nossos Santos. Equipe de editoração. • Eventos • Espaço vocacional 1
  2. 2. HOMILIA DE DOM JAIME NA JORNADA DOS INSTITUTOS SECULARESCaros irmãos e irmãs na fé: telespectadores, radiouvintes, evangélica visão crítica, sondando possibilidades demembros dos Institutos Seculares, peregrinos – filhos e elementos comuns que em meio à diversidade, permitamfilhas de Nossa Senhora Aparecida, A PAZ DO SENHOR! estabelecer elementos comuns de vida e de ação.Hoje, aqui no Santuário Nacional de Nossa Senhora Estamos vivendo uma mudança de época! NesseAparecida se encontra reunidos fiéis leigos e presbíteros contexto, aquilo que até bem pouco tempo era certeza,diocesanos, que um dia se sentiram chamados por Deus servindo como referência para viver, tem se mostradoa viver com radicalidade evangélica a secularidade na insuficiente para responder às situações novas. Tudo issorealidade em que estão inseridos em virtude da condição tem causado angústia e preocupação para não poucasexistencial ou do ministério pastoral. pessoas. É nessa realidade, complexa e desafiadora, queOs membros dos Institutos Seculares se comprometem todos nós somos convocados a dar razões de nossa fé - ecom a construção de uma sociedade onde a dignidade de modo particular os seculares consagrados. Trata-se deda pessoa humana e os valores evangélicos são evangelizar no mundo e a partir do mundo, com oassumidos, qual condição para a construção do Reino de testemunho de vida e fidelidade à consagração, ou peloDeus no hoje da história. Os consagrados nos Institutos auxilio que prestam a fim de organizar as coisas temporaisSeculares estão presentes nos diversos âmbitos da vida de acordo com Deus e impregnar o mundo com a forçasocial: na política, na economia, na educação, na do Evangelho (CIC cân. 713, § 2).saúde, na pesquisa científica, enfim em setores os mais Durante este Ano da fé, somos convidados a redescobrirdiversos da sociedade. o caminho da fé para fazer brilhar, com evidênciaSão homens e mulheres que buscam sempre maior, a alegria e o renovadoresponder a um chamado do Senhor, entusiasmo do encontro com Cristo.e, por isso, deixaram tudo, para que o A Porta da fé (At 14,27), que introduzpróprio Senhor se torne tudo em suas na Igreja de Jesus, está sempre abertavidas. Trata-se de uma escolha, de para todos. É possível cruzar este limiar,uma predileção que exige uma quando a Palavra de Deus éconfiança plena no Senhor. E na anunciada e o coração se deixaconfiança, o consagrado busca na plasmar pela graça que transforma.vida do cotidiano, engajado no Modo privilegiado de anuncio damundo, conformar a própria vida a Palavra é o testemunho, pois o servida do Senhor: Ele que passou por humano de hoje ouve com muito maisentre nós fazendo o bem; e que fazia atenção os testemunhas que osbem todas as coisas. mestres; e se ouve os mestres é porqueEsses homens e mulheres são como são testemunhas. Já a graça quefermento na massa; levam uma vida transforma corações é concedida adiscreta, silenciosa e escondida, mas quem busca o Senhor com todas asdecidida e encorajadora, capaz de forças, com todo o coração, atravésfomentar a esperança nas pessoas da oração e do estudo das coisas quecom as quais vivem e convivem, fazem parte da fé.trabalham e estudam, enfim nos Vamos nós, junto com os peregrinos derelacionamentos familiares e sociais, nas atividades Nossa Senhora, unidos ao nosso povo, pedir ao Deus deprofissionais, no seio da comunidade civil e eclesial. Nosso Senhor Jesus Cristo que nos dê um espírito deBuscam na vida do cotidiano testemunhar algo - Alguém sabedoria, capaz de nos fazer conhecerque os tocou os encontrou; eles foram encontrados pela verdadeiramente seus desígnios. Que Ele abra nossosPalavra Encarnada que os impele a ir pelo mundo, a corações à sua luz, para que saibamos qual a esperançaestar no mundo, buscando o bem comum, dialogando que o Seu chamado nos concede, e que imenso podercom todos, empenhados em ser sal da terra, luz do Ele exerce em favor daqueles e daquelas que buscammundo, fermento na massa. engajados no mundo, viver a fé recebida.São pessoas que de forma simples e discreta, por vezes Interceda por todos nós a Virgem Mãe Aparecida; elaheróica, dão testemunho do Senhor diante do mundo. que se mostra atenta às “coisas do alto”, mas também seMundo este tantas vezes marcado por conflitos, faz solidária com os que solidariedade precisa. Rogai porcontradições, injustiças, misérias de toda espécie; mundo nós, Santa Mãe de Deus! Assim seja!por vezes mais complexo do que podemos imaginar, Dom Jaime Spengler, OFMmarcado por luzes e sombras, alegrias e preocupações; (Arcebispo auxiliar na Arquidiocese de Porto Alegre emundo que tende a se esquivar de Deus, senão negá-Lo. membro da Comissão Episcopal para os MinistériosÉ nesse mundo que todos nós somos convidados a Ordenados e Vida Consagrada – CNBB)estabelecer canais de autêntico diálogo, cultivando uma 2
  3. 3. SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS E CRISTO REI!A festa de Cristo Rei foi instituída no mês de Palavras do papa nos são oportunas e necessárias.dezembro de 1925, pelo Papa Pio XI (1922-1939), A situação do mundo atual é ainda mais grave, poisatravés da Encíclica Quas Primas. Estabeleceu-se o relativismo e o secularismo estão atingindo níveisque seria celebrada no domingo anterior à de agressividade e intolerância raramente vistos naSolenidade de Todos os Santos; e assim foi até 1970, história, diante do ateísmo prático e doquando Paulo VI, pretendendo destacar ainda mais agnosticismo que caracterizam nosso tempo.o caráter cósmico e escatológico do reinado deCristo, denominou-a Festa de “Cristo Rei do Na Solenidade de Cristo Rei, a Igreja anuncia cheiaUniverso”, que é como se denomina hoje, fixando a de alegria, que o Cordeiro sacrificado, ao entregarsua celebração no último domingo do Ano Litúrgico. sua vida no altar da Cruz, “faz novas todas asColocada, assim, como encerramento do Ano coisas”. É a Solenidade do Cristo Pantokrator, queLitúrgico, a Solenidade de Cristo Rei aparece como governa todas as coisas e recapitula todo o universosíntese dos mistérios de Cristo comemorados no criado, reordenando todas as coisas segundo oscurso do ano, como o vértice em que resplandece desígnios do Pai. Assim Jesus Cristo recuperou comcom mais intensa luz a figura do Senhor e Salvador seu Sangue Precioso toda a criação, para entregá-de todas as coisas. Dessa maneira, já se vai la novamente ao Pai.direcionando a meditação para o tempo doAdvento, na perspectiva da Segunda Vinda Depois de séculos de modernidade dedicando-seGloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo. ao império da razão dispensando Deus, o homem se vê perdido diante da percepção de sua impotênciaO estabelecimento desta festa em 1925 não radical e se ilude substituindo Deus pela posse dassignifica que a Igreja tivesse esperado vinte séculos coisas e satisfações efêmeras, tornando-se escravopara reconhecer e celebrar o senhorio e o reinado delas, submerso numa existência inautêntica euniversal de Cristo, uma vez que as festas da vazia. É tempo, mais do que nunca, de retomar oEpifania, Páscoa e Ascensão também são festas de caminho da verdadeira felicidade, submetendo-seCristo Rei. Mas o Papa Pio XI decidiu estabelecer ao Senhorio d’Aquele que é a verdadeira Vida, auma festa específica com finalidade pedagógica: Verdade em Que se fundam todas as nossasdiante do avanço que se via, naquela época, do verdades: Jesus Cristo Senhor.ateísmo e da secularização da sociedade, o papaconsiderou oportuno destacar a autoridade Portanto, aproveitemos esse tempo, que ésoberana de Cristo acima de todos os homens, de verdadeiro Kairós – o tempo oportuno de graça etodas as instituições e de todas as nações. Pio XI salvação – que Deus nos concede em Sua infinitapercebera que “a maioria dos homens havia se misericórdia, e renovemos nossa entrega a Ele, a fimafastado de Jesus Cristo e de que Ele reordene todade Sua lei santíssima tanto a nossa existência para aem sua vida e costumes, plenitude. E, num gesto decomo na família e no sabedoria, submetamosGoverno do Estado, mas toda a nossa vida ao Seutambém que nunca Senhorio, pois Ele nos dáresplandeceria uma tudo; tudo é nosso; mas,esperança certa de paz nós somos de Cristo (cf.verdadeira entre os povos 1COR 3, 23).enquanto os indivíduos eas nações negassem e Kátia Maria Bouez Azzirejeitassem o império de Consagrada nanosso Salvador.” Hoje, mais Comunidade Pantokratordo que nunca, essas 3
  4. 4. III JORNADA NACIONAL DOS INSTITUTOS SECULARES NO BRASILCom a expectativa de receber mais de 60 mil romeiros, o Santuário Nacional deNossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), receberam no dia 20 de outubro,diversas romarias. Para participar especialmente da abertura da 3ª JornadaNacional dos Institutos Seculares, na missa das 9h, esteve presente o bispo auxiliarde Porto Alegre (RS), dom Jaime Spengler.Ainda no período da manhã no Auditório Noé Sotillo, o grupo participou de umapalestra com dom Jaime sobre o Ano da Fé, o 50ª aniversário do ConcílioVaticano II e os 20 anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica. Falandosobre o Ano da Fé, Dom Jaime destacou o momento sublime na vida eclesial eespiritual. Deixou claro para os participantes da Jornada que o Ano da Fé é umano de amadurecimento e conversão e que está em consonância com a NovaEvangelização. O cinqüentenário do Concílio Vaticano II é um tempo derecordar e ao mesmo tempo aprender sempre com as mudanças que a própriaIgreja vem vivenciando. Nestes cinqüenta anos os Institutos Seculares cresceram,amadureceram, mas é necessário que este Dom do Espírito continue a atrairjovens e assim manter viva a chama. O encontro continuou no período da tardecom a fala da presidente da CNIS, Helena Paulo (Franciscano Seara), no, comreflexões e partilha de notícias do Congresso Missionário, Assembléia daConferência Mundial de Institutos Seculares e Conferência Nacional dos InstitutosSeculares, no blog, entrega da Carta do Papa aos Institutos Seculares eencaminhamentos para o Ano da Fé nos institutos. Também se discutiu aparticipação de alguns membros na Assembléia Eletiva da CISAL em Porto Ricono ano de 2014. A animação da Jornada ficou por conta as consagradas doInstituto Unitas-Brasil. As meninas fizeram todos se alegrarem no Senhor pelomomento de fraternidade e alegria. Para o próximo ano, a CNIS convida a todospara participarem da Assembléia Eletiva que acontecerá na cidade de Atibaia-SP na Casa de encontros das Irmãs de Maria de Schoenstatt.A Jornada contou com a participação de cerca de noventa membros dediversos Institutos Seculares. 4
  5. 5. VIDA DA CNIS Expediente COMUNICADO ERRATA INFORMAÇÕES DOS INSTITUTOS Conferência Nacional dos Institutos Seculares no Brasil SECULARES PARA O ARQUIVO DA CONSELHO EXECULTIVO CNIS Caros leitores do FERMENTO. Helena Palulo - PRESIDENTE Senhores/ as Responsáveis pelos Na edição de nº 80 a data Francisca Adália Tavares de Institutos Seculares no Brasil. da Assembléia Eletiva Oliveira – VICE PRESIDENTE Continua o nosso apelo para que constava: 15 16 e 17 de Rita Bender – SECRETÁRIA os todos os Institutos Seculares novembro de 2012. O Floriza Kazue Okuda –TESOUREIA presentes no Brasil, como correto é 15, 16 e 17 de também as Associações de Fiéis Maria Lúcia Gomes Torres – NOVEMBRO DE 2013. A CONSELHEIRA e os Institutos e Associações em processo de aprovação, sejam equipe de editoração pede Leonilda Pierazzo de Oliveira – CONSELHEIRA registrados e cadastrados no perdão e ao mesmo tempo arquivo da CNIS. Entre em agradece a compreensão ENDEREÇO PARA CONTATO contato com Secretária Nacional de todos. R. Martin Afonso, 371 ap 103 B para maiores informações São Francisco através do e-mail: 80.410-060 – Curitiba – PR. rbender356@gmail.com (41) 3022-1568/9605-2101 SANTOS E SANTAS DE DEUS ROGUEM POR NÓS QUE helena.paludo@hotmail.com RECORREMOS A VÓS! BLOG: CNISBRASIL.BLOGSPOT.COM ESPAÇO VOCACIONALsomeone@example.comSite:www.widgets.msn.com INSTITUTO SECULAR DAS PEQUENAS APOSTOLAS DA CARIDADE . Fazer voltar à sociedade atual à caridade prática dos primeiros cristãos vivendo como o grão de trigo que morre para produzir frutos. JOVEM, SE ESTA INFORMAÇÃO TE CHAMOU ATENÇÃO, ENTRE EM CONTATO: Avenida sete de setembro, 3990 - Fonte Nova CEP 68925-000 Santana - AP Fone (96) 3281 -1277 / 3281-2144 E-mail: rota.antonella@gmail.com 5

×