SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
T a d e l
ON- L INE
Treinamento e capacitação
par a lider ança de PGM
Aplicando a
PAL AV RA
Deus abençoe você, querido(a) Pastor(a), Coordenador(a), Supervisor(a) e Líder! Este roteiro é apenas um resumo do
que foi ministrado em nosso Tadel de domingo e ajudará você a alinhar sua vida, e de seus liderados, na Busca de um
Poderoso Avivamento Pessoal. Em Fevereiro e Março teremos o foco na Oração e na Vida no Espírito. Vamos juntos!
INTRODUÇÃO:
1. Quando um noivo pede a mão da noiva em casamento ao pai dela, certamente ele quer levar a noiva toda para
formar um novo lar. Não é verdade? As mãos, então, representam que os noivos entrarão de mãos dadas num lindo
sonho de amor.
2. Assim, na Primeira Batista, no ano de 2022, ao falarmos de uma Igreja de Muitas Mãos, estamos ativando um
projeto de unidade, no qual todos os irmãos e irmãs, de todas as idades, estão sendo convidados para vivermos
juntos um lindo sonho de comunidade: bíblica, saudável, que cresce e se multiplica.
3. No bimestre de fevereiro e março nossas mãos estarão unidas na busca de um poderoso avivamento como Igreja,
mas ainda mais importante: estaremos nos unindo na busca de um avivamento pessoal, que com certeza, mudará
o rumo das coisas em cada um de nós, nossas famílias, Igreja, e todos os que convivem conosco.
A perguntaque não quer calar: o que é avivamento e como podemos experimentá-lo?
AVIVAR É TRAZER DE VOLTA A VIDA QUE SE FOI. É RESSUREIÇÃO ESPIRITUAL.
J. I. Packer:
Avivamento é inteiramente obra da graça, pois sobrevém a igrejas e cristãos que merecem apenas julgamento; e
Deus o faz acontecer de maneira a mostrar que sua graça foi decisiva nele.
Os homens podem organizar convenções e campanhas e buscar a bênção de Deus sobre elas, mas o único
organizador dos avivamentos é Deus, o Espírito Santo.
Repetidas vezes, o avivamento tem vindo de maneira súbita, irrompendo frequentemente em lugares obscuros,
através do ministério de homens também obscuros.
Na verdade, ele vem em resposta à oração, e onde ninguém orou é provável que também ninguém seja
avivado, entretanto, a maneira pela qual a oração é respondida será de forma a enfatizar a soberania de Deus
como a única fonte de avivamento, mostrando que todo o louvor e toda a glória precisam ser dados somente a
ele.
1. A EXPERIÊNCIA DOS DISCÍPULOS DE JESUS APÓS A SUA MORTE – FRUSTRAÇÃO TOTAL. (LUCAS 24)
Os discípulos, embora previamente avisados por Jesus, de que Ele morreria pelos nossos pecados, mas que ao terceiro
dia ressuscitaria, não creram nisso. O resultado foi que eles ficaram totalmente desorientados, incrédulos e frios na fé
quando Jesus foi sepultado. A cruz foi a vitória sobre a morte – a grande virada na história – mas a ressureição foi a
prova viva dessa verdade. Em Lucas 24 temos o relato daquilo que Jesus fez para trazê-los de volta à vida plena:
1. Lc. 24.13-35 Dois discípulos na Estrada de Emaús: Eles voltavam para casa derrotados porque criam que a sua
esperança havia morrido. Mas, Jesus apareceu-lhes e começou a conversar com eles. Usou as Escrituras para
acender um fogo dentro do coração deles e se revelou, vivo diante deles, no partir do pão.
2. Lc. 24-36-49 Onze apóstolos amedrontados, reunidos em casa, portas fechadas: Jesus apareceu-lhes, e promoveu o
avivamento que precisavam para voltar à vida plena. Veja como Ele fez isso:
V. 36 Restaurou-lhes a paz, declarando: “Paz seja com vocês”
ROTEIRO TADEL - FEVEREIRO / 2022
ORAÇÃO E VIDA NO ESPÍRITO = AVIVAMENTO
VIVENDO O AVIVAMENTO COMO ESTILO DE VIDA !
elacionamento
iscipulador
ORANDO UNS
PEL OS OUTROS
V. 37-38 Restaurou-lhes a certeza de que Ele vive: “Vejam as minhas mãos e pés”. “Têm alguma coisa para
comer?”
V. 44-47 Restaurou-lhes a fé nas Escrituras: Abriu-lhes o entendimento acerca do que Dele dizia a Bíblia.
V. 48-49 Restaurou-lhes o chamado e a missão: “Vocês são testemunhas dessas coisas”.
“Fiquem em Jerusalém até que sejais revestidos de poder.” Eles seriam cheios do poder do Espírito.
2. A IMPORTÂNCIA DA OBEDIÊNCIA PARA EXPERIMENTAR O AVIVAMENTO: ORAÇÃO E BUSCA PELO ESPÍRITO
SANTO!
A ordem de Jesus foi para aguardarem, até que do alto fossem revestidos de poder. Mas, implicou em oração:
Jesus ressurreto ficou com os discípulos por 40 dias. Ao ser elevado aos céus, na frente dos discípulos (At 1.7-11), disse-
lhes, no verso 8, que receberiam o poder de Deus, ao vir sobre eles o Espírito Santo e que seriam suas testemunhas em
Jerusalém, bem como na Judéia, Samaria e até os confins da terra.
At 1.12-14: Os discípulos por 10 dias ficaram firmes em oração, até que foram revestidos do poder de Deus e
batizados no Espírito Santo. Isso aconteceu como descrito em Atos, capítulo 2
At 2.1-47 O Espírito Santo foi derramado. Houve manifestações sobrenaturais:
a) Um som, como de um vento poderoso; b) Línguas, como que de fogo sobre cada um deles;
c) Todos foram cheios do Espírito Santo; d) Falavam em outras Línguas;
e) Pessoas de várias nações entenderam; f) Deboche: “Estão embriagados”;
g) Pedro pregou no Poder do Espírito; h) Arrependimento pelos pecados;
i) Conversão e Batismo de quase 3.000 j) Avivamento na Igreja – Estilo de Vida. (At 2.42-47)
3. RESOLUÇÕES PARA UM AVIVAMENTO PESSOAL – É INSTRANSFERÍVEL !
Adaptadas por Gilson Breder. Fonte - Dois homens de Deus: Jim Elliff e A.W. Tozzer)
Há um avivamento que é intransferível, chama-se: avivamento pessoal. Não devo esperar a Igreja ser usada por Deus
para me avivar. Eu devo buscá-lo através da Palavra, da Oração e da Vida no Espírito. Se eu estiver avivado, com certeza,
minha vida será transformada, minha casa sentirá esse poder, e isso chegará até a minha Igreja. A vida abundante reside
no Avivamento Pessoal, não num período de tempo, mas o tempo todo, tornando-se um ESTILO DE VIDA.
Embora não haja uma única receita para a obra de Deus em alguém, há experiências comuns, com base na Palavra, que
certamente têm transformado a vida de milhões de pessoas e podem mudar a sua vida também:
1. Busque a comunhão com Deus, na oração e na Palavra.
2. Trate seriamente o pecado: Arrependa-se e abandone todo pecado conhecido.
3. Abandone todos os hábitos e atividades questionáveis: Não descuide.
4. Corrija os erros que existem entre você e outros irmãos: Acerte os seus relacionamentos. É hora de perdão!
5. Nunca passe adiante algo que prejudique alguém: Nunca se defenda.
6. Confie em Deus para usar você como uma testemunha poderosa.
7. Não aceite qualquer glória. Só Deus merece toda glória.
8. Não seja dono de coisa alguma: Tudo é de Deus.
9. Nunca permita orgulho espiritual em seu coração.
10. Não desista; se enfraquecer, volte a buscar o Senhor desesperadamente.
ABRA O SEU CORAÇÃO.
Abrir o coração é coisa séria. Nada do que for tratado nas duplas de RD – Relacionamento Discipulador poderá sair
desse ambiente. Orem, façam uma aliança e peçam a ação poderosa do Espírito Santo para serem aperfeiçoados e
crescerem em Deus. Se possível ligue para o seu RD por vídeo conferência ou em uma ligação particular.
1. Qual é o seu maior desafio na busca de um avivamento pessoal?
2. Você quer compartilhar alguma luta para abandonar comportamentos?
2. Como tem sido seu TSD? Você tem conseguido “ouvir” a Deus e aplicar promessas na sua vida?
3. Você tem se sentido cansado de buscar a Deus? Em que posso ajudar você?
4. Você pode estabelecer uma parceria de oração com alguém para juntos terem um tempo de oração?
5. Você sente que há algo entre você e outras pessoas que precisa ser acertado?
Somos uma Igreja de Muitas Mãos e essas mãos se juntarão em um movimento para
redescobrir a oração!
Sabemos que Jesus iniciou seu ministério com tempo de oração. Seguindo o maior
exemplo de todos, neste começo de ano iremos aprofundar e alicerçar nossos planos e
sonhos diante de Deus.
Mergulharemos através de uma série de sermões, em verdades preciosas reveladas na
oração do Pai Nosso, no movimento “Redescobrindo a Oração”.
CONVITE PARA UMA AGENDA INTENCIONAL:
1. Cultos Presenciais: Participe dos cultos de cada fim de semana para não perder
nenhum dos sermões da série “Redescobrindo a Oração”.
2. Reuniões de Oração Matutina: De segunda à sexta às 7h da manhã, na sala 113.
3. Vigílias de Oração: Todas as sextas-feiras, no templo, das 22h à meia-noite. Também
transmitiremos as vigílias através do app da Igreja.
3. Torre de Oração: Desejamos orar durante 24 horas sem interrupção todos os dias até
30/03/21. Para isso, cada um de nós deverá assumir meia hora de intercessão. Acesse
o nosso app para escolher e registrar o seu horário.
4. Quem deve participar? Todos os membros da Primeira Batista; todos os pequenos
grupos multiplicadores; ministérios; projetos sociais e ações ministeriais. É tempo de
buscar um poderoso avivamento pessoal, vamos buscá-lo juntos.
Sinta-se desafiado a integrar e convidar o máximo de pessoas para participarem
também, durante os meses de fevereiro e março. Faça parte!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosedbtr
 
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_201412 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014Ivanildo Amorim
 
O DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike Bickle
O DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike BickleO DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike Bickle
O DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike Bickleadson232
 
IHOP-KC Apocalipse 19.7 "A noiva se preparando - Dwayne Roberts
IHOP-KC Apocalipse 19.7  "A noiva se preparando - Dwayne RobertsIHOP-KC Apocalipse 19.7  "A noiva se preparando - Dwayne Roberts
IHOP-KC Apocalipse 19.7 "A noiva se preparando - Dwayne Robertsadson232
 
O plano de batalha para oracao
O plano de batalha para oracaoO plano de batalha para oracao
O plano de batalha para oracaovalmir severo
 
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejumDez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejumIasd Jardim Paulista
 
Lição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção DivinaLição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção DivinaÉder Tomé
 
4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristãotalmidimted
 
Slide conferencia colecao 21 dias
Slide conferencia   colecao 21 diasSlide conferencia   colecao 21 dias
Slide conferencia colecao 21 diasVinha Editora
 
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6:Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6:Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamentoAmor pela EBD
 
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaCarlos Allvarenga
 
Temas para cada dia de Oração e Jejum
Temas para cada dia de Oração e JejumTemas para cada dia de Oração e Jejum
Temas para cada dia de Oração e JejumIasd Jardim Paulista
 
O poder secreto do jejum e da oracao
O poder secreto do jejum e da oracaoO poder secreto do jejum e da oracao
O poder secreto do jejum e da oracaoKatia Sofia
 
Ihop ministração de corey russel
Ihop ministração de corey russelIhop ministração de corey russel
Ihop ministração de corey russeladson232
 

Mais procurados (20)

O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversos
 
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_201412 dias de_clamor_no_ano_de_2014
12 dias de_clamor_no_ano_de_2014
 
Livro devocional 21 dias
Livro devocional 21 diasLivro devocional 21 dias
Livro devocional 21 dias
 
O DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike Bickle
O DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike BickleO DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike Bickle
O DEUS NOIVO E O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FINAL DOS TEMPOS - Mike Bickle
 
IHOP-KC Apocalipse 19.7 "A noiva se preparando - Dwayne Roberts
IHOP-KC Apocalipse 19.7  "A noiva se preparando - Dwayne RobertsIHOP-KC Apocalipse 19.7  "A noiva se preparando - Dwayne Roberts
IHOP-KC Apocalipse 19.7 "A noiva se preparando - Dwayne Roberts
 
Noções sobre oração!
Noções sobre oração!Noções sobre oração!
Noções sobre oração!
 
Programa de orações
Programa de oraçõesPrograma de orações
Programa de orações
 
O plano de batalha para oracao
O plano de batalha para oracaoO plano de batalha para oracao
O plano de batalha para oracao
 
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejumDez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
 
Jejum de Daniel
Jejum de DanielJejum de Daniel
Jejum de Daniel
 
Lição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção DivinaLição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção Divina
 
4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão4.a vida de oração do cristão
4.a vida de oração do cristão
 
Slide conferencia colecao 21 dias
Slide conferencia   colecao 21 diasSlide conferencia   colecao 21 dias
Slide conferencia colecao 21 dias
 
Lição 3: Mulheres na Bíblia Noemi e eu
Lição 3: Mulheres na Bíblia Noemi e euLição 3: Mulheres na Bíblia Noemi e eu
Lição 3: Mulheres na Bíblia Noemi e eu
 
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6:Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6:Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamento
 
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosa
 
Temas para cada dia de Oração e Jejum
Temas para cada dia de Oração e JejumTemas para cada dia de Oração e Jejum
Temas para cada dia de Oração e Jejum
 
Uma oração para deus
Uma   oração   para    deusUma   oração   para    deus
Uma oração para deus
 
O poder secreto do jejum e da oracao
O poder secreto do jejum e da oracaoO poder secreto do jejum e da oracao
O poder secreto do jejum e da oracao
 
Ihop ministração de corey russel
Ihop ministração de corey russelIhop ministração de corey russel
Ihop ministração de corey russel
 

Semelhante a Estudo Celiulas 2

Semelhante a Estudo Celiulas 2 (20)

Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012
 
BOLETIM FERMENTO NOVEMBRO DE 2012
BOLETIM FERMENTO NOVEMBRO DE 2012BOLETIM FERMENTO NOVEMBRO DE 2012
BOLETIM FERMENTO NOVEMBRO DE 2012
 
Livrodeefesios pg
Livrodeefesios pgLivrodeefesios pg
Livrodeefesios pg
 
Nistocremos pg
Nistocremos pgNistocremos pg
Nistocremos pg
 
Aquecendo Coraçoes #1
Aquecendo Coraçoes #1Aquecendo Coraçoes #1
Aquecendo Coraçoes #1
 
Purê de batata
Purê de batataPurê de batata
Purê de batata
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
Missões News 06/2019
Missões News 06/2019Missões News 06/2019
Missões News 06/2019
 
Lições do santuário para p gs
Lições do santuário   para p gsLições do santuário   para p gs
Lições do santuário para p gs
 
Representando Deus e os Verdadeiros Pais
Representando Deus e os Verdadeiros PaisRepresentando Deus e os Verdadeiros Pais
Representando Deus e os Verdadeiros Pais
 
Boletim Informativo ADIG / Setembro
Boletim Informativo ADIG / SetembroBoletim Informativo ADIG / Setembro
Boletim Informativo ADIG / Setembro
 
Digamos Sim A Palavra De Deus!
Digamos Sim A Palavra De Deus!Digamos Sim A Palavra De Deus!
Digamos Sim A Palavra De Deus!
 
David (paul) yonggi cho o espírito santo, meu companheiro
David (paul) yonggi cho   o espírito santo, meu companheiroDavid (paul) yonggi cho   o espírito santo, meu companheiro
David (paul) yonggi cho o espírito santo, meu companheiro
 
Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração
 
4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais4.a experiencia das disciplinas espirituais
4.a experiencia das disciplinas espirituais
 
390
390390
390
 
Boletim cbg n° 18_4_ maio_2014
Boletim cbg n° 18_4_ maio_2014Boletim cbg n° 18_4_ maio_2014
Boletim cbg n° 18_4_ maio_2014
 
Grandesoracoes pg
Grandesoracoes pgGrandesoracoes pg
Grandesoracoes pg
 
Servos comprometidos integralmente.
Servos comprometidos integralmente.Servos comprometidos integralmente.
Servos comprometidos integralmente.
 
Servos comprometidos integralmente
Servos comprometidos integralmenteServos comprometidos integralmente
Servos comprometidos integralmente
 

Mais de Fabrício Tarles

Mais de Fabrício Tarles (6)

Apostila Transfefencia.pdf
Apostila Transfefencia.pdfApostila Transfefencia.pdf
Apostila Transfefencia.pdf
 
Apostila Batismo.pdf
Apostila Batismo.pdfApostila Batismo.pdf
Apostila Batismo.pdf
 
Apostila Maturidade - Aprofundamento.pdf
Apostila Maturidade - Aprofundamento.pdfApostila Maturidade - Aprofundamento.pdf
Apostila Maturidade - Aprofundamento.pdf
 
Apostila Treinamento IDE.pdf
Apostila Treinamento IDE.pdfApostila Treinamento IDE.pdf
Apostila Treinamento IDE.pdf
 
Vale da decisão
Vale da decisãoVale da decisão
Vale da decisão
 
Estudo Celulas 3
Estudo Celulas 3Estudo Celulas 3
Estudo Celulas 3
 

Último

RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 

Último (12)

Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 

Estudo Celiulas 2

  • 1. T a d e l ON- L INE Treinamento e capacitação par a lider ança de PGM Aplicando a PAL AV RA Deus abençoe você, querido(a) Pastor(a), Coordenador(a), Supervisor(a) e Líder! Este roteiro é apenas um resumo do que foi ministrado em nosso Tadel de domingo e ajudará você a alinhar sua vida, e de seus liderados, na Busca de um Poderoso Avivamento Pessoal. Em Fevereiro e Março teremos o foco na Oração e na Vida no Espírito. Vamos juntos! INTRODUÇÃO: 1. Quando um noivo pede a mão da noiva em casamento ao pai dela, certamente ele quer levar a noiva toda para formar um novo lar. Não é verdade? As mãos, então, representam que os noivos entrarão de mãos dadas num lindo sonho de amor. 2. Assim, na Primeira Batista, no ano de 2022, ao falarmos de uma Igreja de Muitas Mãos, estamos ativando um projeto de unidade, no qual todos os irmãos e irmãs, de todas as idades, estão sendo convidados para vivermos juntos um lindo sonho de comunidade: bíblica, saudável, que cresce e se multiplica. 3. No bimestre de fevereiro e março nossas mãos estarão unidas na busca de um poderoso avivamento como Igreja, mas ainda mais importante: estaremos nos unindo na busca de um avivamento pessoal, que com certeza, mudará o rumo das coisas em cada um de nós, nossas famílias, Igreja, e todos os que convivem conosco. A perguntaque não quer calar: o que é avivamento e como podemos experimentá-lo? AVIVAR É TRAZER DE VOLTA A VIDA QUE SE FOI. É RESSUREIÇÃO ESPIRITUAL. J. I. Packer: Avivamento é inteiramente obra da graça, pois sobrevém a igrejas e cristãos que merecem apenas julgamento; e Deus o faz acontecer de maneira a mostrar que sua graça foi decisiva nele. Os homens podem organizar convenções e campanhas e buscar a bênção de Deus sobre elas, mas o único organizador dos avivamentos é Deus, o Espírito Santo. Repetidas vezes, o avivamento tem vindo de maneira súbita, irrompendo frequentemente em lugares obscuros, através do ministério de homens também obscuros. Na verdade, ele vem em resposta à oração, e onde ninguém orou é provável que também ninguém seja avivado, entretanto, a maneira pela qual a oração é respondida será de forma a enfatizar a soberania de Deus como a única fonte de avivamento, mostrando que todo o louvor e toda a glória precisam ser dados somente a ele. 1. A EXPERIÊNCIA DOS DISCÍPULOS DE JESUS APÓS A SUA MORTE – FRUSTRAÇÃO TOTAL. (LUCAS 24) Os discípulos, embora previamente avisados por Jesus, de que Ele morreria pelos nossos pecados, mas que ao terceiro dia ressuscitaria, não creram nisso. O resultado foi que eles ficaram totalmente desorientados, incrédulos e frios na fé quando Jesus foi sepultado. A cruz foi a vitória sobre a morte – a grande virada na história – mas a ressureição foi a prova viva dessa verdade. Em Lucas 24 temos o relato daquilo que Jesus fez para trazê-los de volta à vida plena: 1. Lc. 24.13-35 Dois discípulos na Estrada de Emaús: Eles voltavam para casa derrotados porque criam que a sua esperança havia morrido. Mas, Jesus apareceu-lhes e começou a conversar com eles. Usou as Escrituras para acender um fogo dentro do coração deles e se revelou, vivo diante deles, no partir do pão. 2. Lc. 24-36-49 Onze apóstolos amedrontados, reunidos em casa, portas fechadas: Jesus apareceu-lhes, e promoveu o avivamento que precisavam para voltar à vida plena. Veja como Ele fez isso: V. 36 Restaurou-lhes a paz, declarando: “Paz seja com vocês” ROTEIRO TADEL - FEVEREIRO / 2022 ORAÇÃO E VIDA NO ESPÍRITO = AVIVAMENTO VIVENDO O AVIVAMENTO COMO ESTILO DE VIDA !
  • 2. elacionamento iscipulador ORANDO UNS PEL OS OUTROS V. 37-38 Restaurou-lhes a certeza de que Ele vive: “Vejam as minhas mãos e pés”. “Têm alguma coisa para comer?” V. 44-47 Restaurou-lhes a fé nas Escrituras: Abriu-lhes o entendimento acerca do que Dele dizia a Bíblia. V. 48-49 Restaurou-lhes o chamado e a missão: “Vocês são testemunhas dessas coisas”. “Fiquem em Jerusalém até que sejais revestidos de poder.” Eles seriam cheios do poder do Espírito. 2. A IMPORTÂNCIA DA OBEDIÊNCIA PARA EXPERIMENTAR O AVIVAMENTO: ORAÇÃO E BUSCA PELO ESPÍRITO SANTO! A ordem de Jesus foi para aguardarem, até que do alto fossem revestidos de poder. Mas, implicou em oração: Jesus ressurreto ficou com os discípulos por 40 dias. Ao ser elevado aos céus, na frente dos discípulos (At 1.7-11), disse- lhes, no verso 8, que receberiam o poder de Deus, ao vir sobre eles o Espírito Santo e que seriam suas testemunhas em Jerusalém, bem como na Judéia, Samaria e até os confins da terra. At 1.12-14: Os discípulos por 10 dias ficaram firmes em oração, até que foram revestidos do poder de Deus e batizados no Espírito Santo. Isso aconteceu como descrito em Atos, capítulo 2 At 2.1-47 O Espírito Santo foi derramado. Houve manifestações sobrenaturais: a) Um som, como de um vento poderoso; b) Línguas, como que de fogo sobre cada um deles; c) Todos foram cheios do Espírito Santo; d) Falavam em outras Línguas; e) Pessoas de várias nações entenderam; f) Deboche: “Estão embriagados”; g) Pedro pregou no Poder do Espírito; h) Arrependimento pelos pecados; i) Conversão e Batismo de quase 3.000 j) Avivamento na Igreja – Estilo de Vida. (At 2.42-47) 3. RESOLUÇÕES PARA UM AVIVAMENTO PESSOAL – É INSTRANSFERÍVEL ! Adaptadas por Gilson Breder. Fonte - Dois homens de Deus: Jim Elliff e A.W. Tozzer) Há um avivamento que é intransferível, chama-se: avivamento pessoal. Não devo esperar a Igreja ser usada por Deus para me avivar. Eu devo buscá-lo através da Palavra, da Oração e da Vida no Espírito. Se eu estiver avivado, com certeza, minha vida será transformada, minha casa sentirá esse poder, e isso chegará até a minha Igreja. A vida abundante reside no Avivamento Pessoal, não num período de tempo, mas o tempo todo, tornando-se um ESTILO DE VIDA. Embora não haja uma única receita para a obra de Deus em alguém, há experiências comuns, com base na Palavra, que certamente têm transformado a vida de milhões de pessoas e podem mudar a sua vida também: 1. Busque a comunhão com Deus, na oração e na Palavra. 2. Trate seriamente o pecado: Arrependa-se e abandone todo pecado conhecido. 3. Abandone todos os hábitos e atividades questionáveis: Não descuide. 4. Corrija os erros que existem entre você e outros irmãos: Acerte os seus relacionamentos. É hora de perdão! 5. Nunca passe adiante algo que prejudique alguém: Nunca se defenda. 6. Confie em Deus para usar você como uma testemunha poderosa. 7. Não aceite qualquer glória. Só Deus merece toda glória. 8. Não seja dono de coisa alguma: Tudo é de Deus. 9. Nunca permita orgulho espiritual em seu coração. 10. Não desista; se enfraquecer, volte a buscar o Senhor desesperadamente. ABRA O SEU CORAÇÃO. Abrir o coração é coisa séria. Nada do que for tratado nas duplas de RD – Relacionamento Discipulador poderá sair desse ambiente. Orem, façam uma aliança e peçam a ação poderosa do Espírito Santo para serem aperfeiçoados e crescerem em Deus. Se possível ligue para o seu RD por vídeo conferência ou em uma ligação particular. 1. Qual é o seu maior desafio na busca de um avivamento pessoal? 2. Você quer compartilhar alguma luta para abandonar comportamentos? 2. Como tem sido seu TSD? Você tem conseguido “ouvir” a Deus e aplicar promessas na sua vida?
  • 3. 3. Você tem se sentido cansado de buscar a Deus? Em que posso ajudar você? 4. Você pode estabelecer uma parceria de oração com alguém para juntos terem um tempo de oração? 5. Você sente que há algo entre você e outras pessoas que precisa ser acertado? Somos uma Igreja de Muitas Mãos e essas mãos se juntarão em um movimento para redescobrir a oração! Sabemos que Jesus iniciou seu ministério com tempo de oração. Seguindo o maior exemplo de todos, neste começo de ano iremos aprofundar e alicerçar nossos planos e sonhos diante de Deus. Mergulharemos através de uma série de sermões, em verdades preciosas reveladas na oração do Pai Nosso, no movimento “Redescobrindo a Oração”. CONVITE PARA UMA AGENDA INTENCIONAL: 1. Cultos Presenciais: Participe dos cultos de cada fim de semana para não perder nenhum dos sermões da série “Redescobrindo a Oração”. 2. Reuniões de Oração Matutina: De segunda à sexta às 7h da manhã, na sala 113. 3. Vigílias de Oração: Todas as sextas-feiras, no templo, das 22h à meia-noite. Também transmitiremos as vigílias através do app da Igreja. 3. Torre de Oração: Desejamos orar durante 24 horas sem interrupção todos os dias até 30/03/21. Para isso, cada um de nós deverá assumir meia hora de intercessão. Acesse o nosso app para escolher e registrar o seu horário. 4. Quem deve participar? Todos os membros da Primeira Batista; todos os pequenos grupos multiplicadores; ministérios; projetos sociais e ações ministeriais. É tempo de buscar um poderoso avivamento pessoal, vamos buscá-lo juntos. Sinta-se desafiado a integrar e convidar o máximo de pessoas para participarem também, durante os meses de fevereiro e março. Faça parte!