SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros:
1.1. Memória, tempo e fonte histórica.
Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020
Professora: Rosana Llopis
1
ÄObserve a ilustração a seguir:
Hilton Mercadante
Você já pensou de quantas maneiras uma história pode ser contada? Sempre existem
versões variadas para um mesmo fato presenciado por diversas pessoas. Cada uma delas dá a
sua interpretação do que aconteceu.
O trabalho do historiador é semelhante ao de um detetive. No caso de um crime, um
detetive tenta ouvir as testemunhas do caso. Ele também precisa investigar as provas
deixadas no local do crime. Enfim, procura reunir todas as informações possíveis a fim de
decifrar o que ocorreu. O historiador também precisa reunir as pistas disponíveis para
interpretar os acontecimentos.
Ä Como você acha que ele faz isso?
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
A tarefa dos historiadores é tentar reconstituir os fatos com a ajuda dos registros –
chamados fontes históricas - deixados pelas pessoas. Exemplos de registros são: cartas,
desenhos, livros, construções, objetos, roupas, filmes, fotografias, jornais etc. Mas esses
registros precisam ser interpretados para fazer sentido. Cada historiador faz a sua
reconstrução do que aconteceu, de acordo com seus conhecimentos e sua maneira de ver o
mundo. Por isso, os mesmos acontecimentos estudados por diferentes historiadores podem
levar a conclusões diversas. A história é um campo de estudos que permite variadas
interpretações.
Conta uma lenda que na Índia
três cegos, sem conhecerem um
elefante, tocaram, cada um, uma
parte do corpo do bicho. Do que
eles pensaram se tratar?
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
É uma
cobra!
É
uma
cord
a!
É uma
árvor
e!
A partir das fontes históricas, os estudiosos da História – chamados historiadores –
levantam questões sobre o modo de vida de uma determinada sociedade num certo período.
Mesmo trabalhando com os mesmos documentos, cada historiador, muitas vezes,
chega a conclusões que são divergentes das conclusões de outros historiadores. Por que isso
acontece? _____________________________________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros:
1.1. Memória, tempo e fonte histórica.
Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020
Professora: Rosana Llopis
2
O texto acima explica que praticamente tudo o que as pessoas fazem, dizem ou
escrevem contém informações sobre elas e suas épocas, ajudando-nos a entender a sua
história. Tudo isso interessa ao historiador, pois é com a interpretação desse material que ele
escreve a História.
Agora é a sua vez! O que são fontes históricas?
As fontes históricas podem ser escritas (cartas, testamentos, obras de literatura,
diários, registros de nascimentos, textos de jornais...), visuais ou iconográficas (pinturas,
gravuras, charges, desenhos, fotografias...), orais (depoimentos, histórias transmitidas de
geração em geração) e materiais (vestígios de construções, instrumentos, utensílios e fósseis,
ou seja, restos petrificados de animais e vegetais), entre outras.
ÄObserve com atenção as figuras abaixo. O que elas representam?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
Analisando as roupas, os instrumentos e as relações entre os participantes desses
jogos, nós podemos descobrir alguma coisa sobre o modo de vida das pessoas que viveram em
cada uma dessas épocas? __________
“A diversidade dos [registros] históricos é quase infinita. Tudo o que o homem
diz ou escreve, tudo o que constrói, tudo o que toca, pode e deve fornecer
informações sobre eles.”
BLOCH, Marc. In: LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Editora da Unicamp, 1998, p. 104.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
__
Nobres europeus do século IX Jovens brasileiros do século XXI
Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros:
1.1. Memória, tempo e fonte histórica.
Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020
Professora: Rosana Llopis
3
Afinal, o que é a História?
Veja o que dizem alguns autores:
“A História, como forma de conhecimento, estuda a vida das diversas sociedades
através do tempo, do passado até o presente.” (Raymundo Campos - historiador).
“E a História humana não se desenrola apenas nos campos de batalhas e nos gabinetes
presidenciais. Ela se desenrola também nos quintais, entre plantas e galinhas, nas ruas de
subúrbios, nas casas de jogos, nos prostíbulos, nos colégios, nas usinas, nos namoros de
esquinas.” (Ferreira Gullar – poeta).
Jogos, vestimentas, colégios, alimentação, namoros, moradias... Tudo faz parte da
História. (DREGUER, Ricardo & TOLEDO, Eliete. História: cotidiano e mentalidades – Civilizações emergentes:
dos primeiros homens ao século v. São Paulo: Atual Editora, 1995. p. 2-3.)
“A História estuda as mudanças e também as permanências. [...] A História
estuda o tempo passado e também o presente. Por isso, pode-se dizer que a História é
o estudo dos seres humanos no tempo.” (BOULOS Júnior, Alfredo. História: Sociedade & Cidadania:
6º ano – ensino fundamental. São Paulo: FTD, 2018. p. 9.)
Ä Utilizando as informações aprendidas, responda as questões a seguir.
1. Em sua opinião, os objetos usados por crianças de hoje permitirão que um historiador do
futuro interprete como viviam os garotos e as garotas de determinada cidade brasileira no
século XXI? Por quê? _____________________________________________________
_____________________________________________________________________
2. Debret, artista francês que há quase duzentos anos pintou cenas que descreviam os povos
do Brasil, é o autor da gravura abaixo reproduzida.
1) Observando as pessoas representadas no quadro,
anote a atividade que elas estão realizando?
______________________________________
______________________________________
2) É possível que encontremos em nossa cidade hoje
pessoas exercendo da mesma forma essa atividade?
_________. Por quê? __________________
______________________________________
3) Essa obra é uma fonte histórica? ________
4) Como você a classificaria? ______________
______________________________________
Negros escravos, vendedores de aves.
Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros:
1.1. Memória, tempo e fonte histórica.
Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020
Professora: Rosana Llopis
4
3. Complete o texto abaixo:
Em seus estudos, os historiadores utilizam diferentes tipos de vestígios, chamados de
___________________________. Estas podem ser escritas, (cartas, testamentos, obras
de literatura, diários, registros de nascimentos, textos de jornais...), _______________ ou
_______________________ (pinturas, gravuras, charges, desenhos, fotografias...),
________________ (depoimentos, histórias transmitidas de geração em geração) e
_________________ (vestígios de construções, instrumentos, utensílios e fósseis.).
As sociedades humanas sempre se preocuparam em relembrar e registrar os fatos
importantes da vida de seu grupo para transmiti-los às gerações futuras. Você mesmo já deve
ter presenciado situações em que seus pais, avós ou parentes contaram algum acontecimento
importante do qual participaram. Você consegue se lembrar de alguma situação dessas?
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
Os povos que desenvolvem uma escrita geralmente registram em textos os fatos que
consideram mais importantes. Mas, e os povos ágrafos (povos que não têm alguma forma de
escrita)? Como eles transmitem esses acontecimentos? __________
Na atualidade existem povos ágrafos. Você seria capaz de lembrar-se de algum?
_____________________________________________________________________
As imagens abaixo representam duas formas de transmissão da memória.
1) Em que essas imagens são parecidas? ____________________________________
_____________________________________________________________________
2) Em que elas são diferentes? ____________________________________________
________________________________________________________________
A memória compõe-se dos testemunhos preservados do passado de
uma sociedade que permitem a reconstituição da sua história.
Crianças aprendem a somar, numa
escola, utilizando livros e cadernos.
Avó conta para as crianças histórias de
seu tempo.
Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros:
1.1. Memória, tempo e fonte histórica.
Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020
Professora: Rosana Llopis
5
Hoje em dia há vários profissionais que se encarregam de preservar a memória das
sociedades. Os museólogos, por exemplo, colaboram para preservar a chamada cultura
material, conservando nos museus os mais variados objetos, como móveis, vestimentas, obras
de arte, livros, peças de uso pessoal etc. Há também os que trabalham em arquivos, nos quais
são guardados documentos de todo tipo e de várias épocas.
Os historiadores trabalham, igualmente, com a preservação da memória da humanidade.
Investigar e elaborar uma reflexão crítica sobre os testemunhos do passado e do presente:
esse é o trabalho do historiador. Portanto, a história se diferencia da memória por ser uma
reflexão sobre os registros preservados.
Leia o texto abaixo, reflita e responda:
1. Por que o trabalho daqueles que se preocupam em preservar documentos antigos está cada
vez mais difícil? ________________________________________________________
_____________________________________________________________________
2. Em sua casa há documentos que registram a história de sua família? Quais? _____
_____________________________________________________________________
3. Eles vêm sendo devidamente cuidados e preservados ou estão correndo o risco de
destruição? ____________________________________________________________
_____________________________________________________________________
Exercícios de revisão
1) O que faz um historiador?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
2) Como o historiador estuda o passado e o presente?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
Infelizmente todos os documentos são deterioráveis. No decorrer dos séculos,
um número considerável de documentos foi destruído, e é freqüente dispormos apenas
de fragmentos quando se pretende tratar um período longínquo. Os efeitos naturais do
tempo – particularmente umidade e ar seco em demasia – são, antes de tudo, os
responsáveis. A manipulação acaba também por provocar rasgões [...] e até o
desaparecimento de certas folhas. Além disso, o papel atual, feito de pasta de
madeira, amarelece rapidamente e torna-se quebradiço; as tintas vulgares, hoje
utilizadas, são de má qualidade; [...] Os nossos escritos são destinados – e isto, se não
houver ainda a intervenção decisiva de larvas de insetos e de rataria - a desaparecer
no espaço de alguns séculos!
SALMON, Pierre. História e crítica. Coimbra: Almedina, 1979. p. 64.
Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros:
1.1. Memória, tempo e fonte histórica.
Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020
Professora: Rosana Llopis
6
3) Classifique as fontes históricas abaixo:
_____________________________ _____________________________
_____________________________ ____________________________
________________________________
4) Assinale com um (X) a alternativa correta.
História é a ciência que:
A) estuda os acidentes geográficos e históricos do planeta Terra;
B) estuda os acontecimentos presentes para prever o futuro da humanidade;
C) se fundamenta, apenas, nos documentos escritos;
D) estuda os acontecimentos do passado e do presente dos homens utilizando-se dos vestígios
deixados por eles.
5) Sobre as fontes históricas, marque a alternativa incorreta:
A) São vestígios que permitem o historiador estudar e conhecer os fatos históricos.
B) As fontes orais (entrevistas, relatos etc) não são válidas como fontes históricas;
C) São registros deixados pelo homem ao longo da história da humanidade.
D) Podemos classificar as fontes históricas em: orais, escritas, visuais e materiais.
Vendedora
de frutas.
Fotografia
de Christiano
Júnior, 1865.
Carta de Pero Vaz
de Caminha ao rei
de Portugal, D.
Manuel, 1500.
Torre do Tombo,
Portugal.
Buda Maravijaya.
Escultura em
bronze. Tailândia.
Século XV.
Museu Guimet,
França.
Aparelho de celular
O avô conta para a sua neta a origem italiana de sua família.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
A ocupação humana na América
A ocupação  humana na América    A ocupação  humana na América
A ocupação humana na América Mary Alvarenga
 
Atividades Patrimônio da Humanidade
Atividades Patrimônio da HumanidadeAtividades Patrimônio da Humanidade
Atividades Patrimônio da HumanidadeDoug Caesar
 
Cruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouroCruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouroTalita Barreto
 
As três peneiras de Sócrates
As três peneiras  de SócratesAs três peneiras  de Sócrates
As três peneiras de SócratesMary Alvarenga
 
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdfIV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdfAndré Moraes
 
Atividade sobre espaço geográfico
Atividade sobre espaço geográficoAtividade sobre espaço geográfico
Atividade sobre espaço geográficoEnzo Sousa Viana
 
Historia Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdf
Historia Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdfHistoria Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdf
Historia Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdfmarilei4
 
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAvaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAcrópole - História & Educação
 

Mais procurados (20)

Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdfAtividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
Atividade avaliatíva de hist 4º e 5º ano pdf
 
A ocupação humana na América
A ocupação  humana na América    A ocupação  humana na América
A ocupação humana na América
 
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma AntigaAVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
 
Atividades Patrimônio da Humanidade
Atividades Patrimônio da HumanidadeAtividades Patrimônio da Humanidade
Atividades Patrimônio da Humanidade
 
Cruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouroCruzadinha ciclo do ouro
Cruzadinha ciclo do ouro
 
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
A paisagem[1] prova bim do 6º 5 (1)
 
As três peneiras de Sócrates
As três peneiras  de SócratesAs três peneiras  de Sócrates
As três peneiras de Sócrates
 
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º anoAtividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
 
Atividades Iluminismo
Atividades   IluminismoAtividades   Iluminismo
Atividades Iluminismo
 
Aula de religião 4
Aula de religião 4Aula de religião 4
Aula de religião 4
 
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdfIV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdf
 
Geografia 5º ano
Geografia 5º anoGeografia 5º ano
Geografia 5º ano
 
Atividade sobre espaço geográfico
Atividade sobre espaço geográficoAtividade sobre espaço geográfico
Atividade sobre espaço geográfico
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
 
Historia Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdf
Historia Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdfHistoria Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdf
Historia Atividade Cidadania Diversidade Cultural e Respeito 5º ano (1).pdf
 
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundialatividades sobre a Primeira Guerra Mundial
atividades sobre a Primeira Guerra Mundial
 
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAvaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
 
Avaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º anoAvaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º ano
 
Prova de historia 1 ano brasil colonia
Prova de historia 1 ano brasil coloniaProva de historia 1 ano brasil colonia
Prova de historia 1 ano brasil colonia
 
Populações tradicionais
Populações tradicionaisPopulações tradicionais
Populações tradicionais
 

Semelhante a Roteiro-de-estudos-6º-ano-Rosana-Folhas-1-6.pdf

Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfAtividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfWenderson Santos Couto
 
Os sentidos no ensino de história
Os sentidos no ensino de históriaOs sentidos no ensino de história
Os sentidos no ensino de históriawsshist
 
Guião de leitura "Ulisses"
Guião de leitura "Ulisses"Guião de leitura "Ulisses"
Guião de leitura "Ulisses"Maria Barros
 
Guião de visita pdf
Guião de visita pdfGuião de visita pdf
Guião de visita pdfCainha18
 
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)CarlosCarvalho728961
 
Visitaguiada2009 10 3ciclo_lp
Visitaguiada2009 10 3ciclo_lpVisitaguiada2009 10 3ciclo_lp
Visitaguiada2009 10 3ciclo_lpBE ESGN
 
Avaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdf
Avaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdfAvaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdf
Avaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdfJanaina127399
 
Avaliação bimestral 2º - História.pdf
Avaliação bimestral 2º - História.pdfAvaliação bimestral 2º - História.pdf
Avaliação bimestral 2º - História.pdfssuser823efd
 
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdfRoteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdfNinaFrasnelli
 
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdfRoteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdfNinaFrasnelli
 
Historiografia da independência do brasil
Historiografia da independência do brasilHistoriografia da independência do brasil
Historiografia da independência do brasilDoug Caesar
 
1pp.historia.6ano ivana
1pp.historia.6ano ivana1pp.historia.6ano ivana
1pp.historia.6ano ivanafabiana2402
 
Prova.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmd
Prova.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmdProva.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmd
Prova.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmdEE Drº afiz gebara
 
1 teste diagnóstico - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
1   teste diagnóstico  - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma1   teste diagnóstico  - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
1 teste diagnóstico - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reformaSandra Bolinhas
 

Semelhante a Roteiro-de-estudos-6º-ano-Rosana-Folhas-1-6.pdf (20)

Parcial história
Parcial históriaParcial história
Parcial história
 
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfAtividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
 
Os sentidos no ensino de história
Os sentidos no ensino de históriaOs sentidos no ensino de história
Os sentidos no ensino de história
 
Documento 18.docx
Documento 18.docxDocumento 18.docx
Documento 18.docx
 
Guião de leitura "Ulisses"
Guião de leitura "Ulisses"Guião de leitura "Ulisses"
Guião de leitura "Ulisses"
 
Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
 
Guião de visita pdf
Guião de visita pdfGuião de visita pdf
Guião de visita pdf
 
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
 
Guiao ulisses
Guiao ulissesGuiao ulisses
Guiao ulisses
 
Visitaguiada2009 10 3ciclo_lp
Visitaguiada2009 10 3ciclo_lpVisitaguiada2009 10 3ciclo_lp
Visitaguiada2009 10 3ciclo_lp
 
Avaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdf
Avaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdfAvaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdf
Avaliações Tecendo Linguagens 7º ano.pdf
 
Avaliação bimestral 2º - História.pdf
Avaliação bimestral 2º - História.pdfAvaliação bimestral 2º - História.pdf
Avaliação bimestral 2º - História.pdf
 
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdfRoteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
 
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdfRoteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
Roteiro 08 - 3º Período EJA.pdf
 
Historiografia da independência do brasil
Historiografia da independência do brasilHistoriografia da independência do brasil
Historiografia da independência do brasil
 
Avaliação tempo-historia-
Avaliação  tempo-historia-Avaliação  tempo-historia-
Avaliação tempo-historia-
 
At pav-tempo-historia-
At pav-tempo-historia-At pav-tempo-historia-
At pav-tempo-historia-
 
1pp.historia.6ano ivana
1pp.historia.6ano ivana1pp.historia.6ano ivana
1pp.historia.6ano ivana
 
Prova.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmd
Prova.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmdProva.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmd
Prova.pb.arte.2serie.manha.especial.4bim.pmd
 
1 teste diagnóstico - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
1   teste diagnóstico  - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma1   teste diagnóstico  - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
1 teste diagnóstico - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
 

Último

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 

Último (20)

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 

Roteiro-de-estudos-6º-ano-Rosana-Folhas-1-6.pdf

  • 1. Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros: 1.1. Memória, tempo e fonte histórica. Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020 Professora: Rosana Llopis 1 ÄObserve a ilustração a seguir: Hilton Mercadante Você já pensou de quantas maneiras uma história pode ser contada? Sempre existem versões variadas para um mesmo fato presenciado por diversas pessoas. Cada uma delas dá a sua interpretação do que aconteceu. O trabalho do historiador é semelhante ao de um detetive. No caso de um crime, um detetive tenta ouvir as testemunhas do caso. Ele também precisa investigar as provas deixadas no local do crime. Enfim, procura reunir todas as informações possíveis a fim de decifrar o que ocorreu. O historiador também precisa reunir as pistas disponíveis para interpretar os acontecimentos. Ä Como você acha que ele faz isso? ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ A tarefa dos historiadores é tentar reconstituir os fatos com a ajuda dos registros – chamados fontes históricas - deixados pelas pessoas. Exemplos de registros são: cartas, desenhos, livros, construções, objetos, roupas, filmes, fotografias, jornais etc. Mas esses registros precisam ser interpretados para fazer sentido. Cada historiador faz a sua reconstrução do que aconteceu, de acordo com seus conhecimentos e sua maneira de ver o mundo. Por isso, os mesmos acontecimentos estudados por diferentes historiadores podem levar a conclusões diversas. A história é um campo de estudos que permite variadas interpretações. Conta uma lenda que na Índia três cegos, sem conhecerem um elefante, tocaram, cada um, uma parte do corpo do bicho. Do que eles pensaram se tratar? ________________________ ________________________ ________________________ ________________________ ________________________ ________________________ É uma cobra! É uma cord a! É uma árvor e! A partir das fontes históricas, os estudiosos da História – chamados historiadores – levantam questões sobre o modo de vida de uma determinada sociedade num certo período. Mesmo trabalhando com os mesmos documentos, cada historiador, muitas vezes, chega a conclusões que são divergentes das conclusões de outros historiadores. Por que isso acontece? _____________________________________________________________ ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________
  • 2. Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros: 1.1. Memória, tempo e fonte histórica. Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020 Professora: Rosana Llopis 2 O texto acima explica que praticamente tudo o que as pessoas fazem, dizem ou escrevem contém informações sobre elas e suas épocas, ajudando-nos a entender a sua história. Tudo isso interessa ao historiador, pois é com a interpretação desse material que ele escreve a História. Agora é a sua vez! O que são fontes históricas? As fontes históricas podem ser escritas (cartas, testamentos, obras de literatura, diários, registros de nascimentos, textos de jornais...), visuais ou iconográficas (pinturas, gravuras, charges, desenhos, fotografias...), orais (depoimentos, histórias transmitidas de geração em geração) e materiais (vestígios de construções, instrumentos, utensílios e fósseis, ou seja, restos petrificados de animais e vegetais), entre outras. ÄObserve com atenção as figuras abaixo. O que elas representam? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ Analisando as roupas, os instrumentos e as relações entre os participantes desses jogos, nós podemos descobrir alguma coisa sobre o modo de vida das pessoas que viveram em cada uma dessas épocas? __________ “A diversidade dos [registros] históricos é quase infinita. Tudo o que o homem diz ou escreve, tudo o que constrói, tudo o que toca, pode e deve fornecer informações sobre eles.” BLOCH, Marc. In: LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Editora da Unicamp, 1998, p. 104. _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ __ Nobres europeus do século IX Jovens brasileiros do século XXI
  • 3. Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros: 1.1. Memória, tempo e fonte histórica. Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020 Professora: Rosana Llopis 3 Afinal, o que é a História? Veja o que dizem alguns autores: “A História, como forma de conhecimento, estuda a vida das diversas sociedades através do tempo, do passado até o presente.” (Raymundo Campos - historiador). “E a História humana não se desenrola apenas nos campos de batalhas e nos gabinetes presidenciais. Ela se desenrola também nos quintais, entre plantas e galinhas, nas ruas de subúrbios, nas casas de jogos, nos prostíbulos, nos colégios, nas usinas, nos namoros de esquinas.” (Ferreira Gullar – poeta). Jogos, vestimentas, colégios, alimentação, namoros, moradias... Tudo faz parte da História. (DREGUER, Ricardo & TOLEDO, Eliete. História: cotidiano e mentalidades – Civilizações emergentes: dos primeiros homens ao século v. São Paulo: Atual Editora, 1995. p. 2-3.) “A História estuda as mudanças e também as permanências. [...] A História estuda o tempo passado e também o presente. Por isso, pode-se dizer que a História é o estudo dos seres humanos no tempo.” (BOULOS Júnior, Alfredo. História: Sociedade & Cidadania: 6º ano – ensino fundamental. São Paulo: FTD, 2018. p. 9.) Ä Utilizando as informações aprendidas, responda as questões a seguir. 1. Em sua opinião, os objetos usados por crianças de hoje permitirão que um historiador do futuro interprete como viviam os garotos e as garotas de determinada cidade brasileira no século XXI? Por quê? _____________________________________________________ _____________________________________________________________________ 2. Debret, artista francês que há quase duzentos anos pintou cenas que descreviam os povos do Brasil, é o autor da gravura abaixo reproduzida. 1) Observando as pessoas representadas no quadro, anote a atividade que elas estão realizando? ______________________________________ ______________________________________ 2) É possível que encontremos em nossa cidade hoje pessoas exercendo da mesma forma essa atividade? _________. Por quê? __________________ ______________________________________ 3) Essa obra é uma fonte histórica? ________ 4) Como você a classificaria? ______________ ______________________________________ Negros escravos, vendedores de aves.
  • 4. Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros: 1.1. Memória, tempo e fonte histórica. Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020 Professora: Rosana Llopis 4 3. Complete o texto abaixo: Em seus estudos, os historiadores utilizam diferentes tipos de vestígios, chamados de ___________________________. Estas podem ser escritas, (cartas, testamentos, obras de literatura, diários, registros de nascimentos, textos de jornais...), _______________ ou _______________________ (pinturas, gravuras, charges, desenhos, fotografias...), ________________ (depoimentos, histórias transmitidas de geração em geração) e _________________ (vestígios de construções, instrumentos, utensílios e fósseis.). As sociedades humanas sempre se preocuparam em relembrar e registrar os fatos importantes da vida de seu grupo para transmiti-los às gerações futuras. Você mesmo já deve ter presenciado situações em que seus pais, avós ou parentes contaram algum acontecimento importante do qual participaram. Você consegue se lembrar de alguma situação dessas? _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ Os povos que desenvolvem uma escrita geralmente registram em textos os fatos que consideram mais importantes. Mas, e os povos ágrafos (povos que não têm alguma forma de escrita)? Como eles transmitem esses acontecimentos? __________ Na atualidade existem povos ágrafos. Você seria capaz de lembrar-se de algum? _____________________________________________________________________ As imagens abaixo representam duas formas de transmissão da memória. 1) Em que essas imagens são parecidas? ____________________________________ _____________________________________________________________________ 2) Em que elas são diferentes? ____________________________________________ ________________________________________________________________ A memória compõe-se dos testemunhos preservados do passado de uma sociedade que permitem a reconstituição da sua história. Crianças aprendem a somar, numa escola, utilizando livros e cadernos. Avó conta para as crianças histórias de seu tempo.
  • 5. Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros: 1.1. Memória, tempo e fonte histórica. Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020 Professora: Rosana Llopis 5 Hoje em dia há vários profissionais que se encarregam de preservar a memória das sociedades. Os museólogos, por exemplo, colaboram para preservar a chamada cultura material, conservando nos museus os mais variados objetos, como móveis, vestimentas, obras de arte, livros, peças de uso pessoal etc. Há também os que trabalham em arquivos, nos quais são guardados documentos de todo tipo e de várias épocas. Os historiadores trabalham, igualmente, com a preservação da memória da humanidade. Investigar e elaborar uma reflexão crítica sobre os testemunhos do passado e do presente: esse é o trabalho do historiador. Portanto, a história se diferencia da memória por ser uma reflexão sobre os registros preservados. Leia o texto abaixo, reflita e responda: 1. Por que o trabalho daqueles que se preocupam em preservar documentos antigos está cada vez mais difícil? ________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 2. Em sua casa há documentos que registram a história de sua família? Quais? _____ _____________________________________________________________________ 3. Eles vêm sendo devidamente cuidados e preservados ou estão correndo o risco de destruição? ____________________________________________________________ _____________________________________________________________________ Exercícios de revisão 1) O que faz um historiador? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 2) Como o historiador estuda o passado e o presente? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ Infelizmente todos os documentos são deterioráveis. No decorrer dos séculos, um número considerável de documentos foi destruído, e é freqüente dispormos apenas de fragmentos quando se pretende tratar um período longínquo. Os efeitos naturais do tempo – particularmente umidade e ar seco em demasia – são, antes de tudo, os responsáveis. A manipulação acaba também por provocar rasgões [...] e até o desaparecimento de certas folhas. Além disso, o papel atual, feito de pasta de madeira, amarelece rapidamente e torna-se quebradiço; as tintas vulgares, hoje utilizadas, são de má qualidade; [...] Os nossos escritos são destinados – e isto, se não houver ainda a intervenção decisiva de larvas de insetos e de rataria - a desaparecer no espaço de alguns séculos! SALMON, Pierre. História e crítica. Coimbra: Almedina, 1979. p. 64.
  • 6. Unidade I: História: tempo, espaço e formas de registros: 1.1. Memória, tempo e fonte histórica. Colégio Pedro II – Campus Humaitá II – História – 6º ano/2020 Professora: Rosana Llopis 6 3) Classifique as fontes históricas abaixo: _____________________________ _____________________________ _____________________________ ____________________________ ________________________________ 4) Assinale com um (X) a alternativa correta. História é a ciência que: A) estuda os acidentes geográficos e históricos do planeta Terra; B) estuda os acontecimentos presentes para prever o futuro da humanidade; C) se fundamenta, apenas, nos documentos escritos; D) estuda os acontecimentos do passado e do presente dos homens utilizando-se dos vestígios deixados por eles. 5) Sobre as fontes históricas, marque a alternativa incorreta: A) São vestígios que permitem o historiador estudar e conhecer os fatos históricos. B) As fontes orais (entrevistas, relatos etc) não são válidas como fontes históricas; C) São registros deixados pelo homem ao longo da história da humanidade. D) Podemos classificar as fontes históricas em: orais, escritas, visuais e materiais. Vendedora de frutas. Fotografia de Christiano Júnior, 1865. Carta de Pero Vaz de Caminha ao rei de Portugal, D. Manuel, 1500. Torre do Tombo, Portugal. Buda Maravijaya. Escultura em bronze. Tailândia. Século XV. Museu Guimet, França. Aparelho de celular O avô conta para a sua neta a origem italiana de sua família.