Estrutura da língua - discurso direto e indireto

27.277 visualizações

Publicada em

Do discurso direto ao discurso indireto - transformações...

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Estrutura da língua - discurso direto e indireto

  1. 1. ESTRUTURA DA LÍNGUA DISCURSO DIRETO E INDIRETOLíngua Portuguesa / PortuguêsEstrutura da Língua Carlos Gomes
  2. 2. Discurso direto Discurso Direto:  É o meio de expressão em que o narrador/emissor reproduz as palavras das personagens, isto é, põe a própria personagem a falar. Verbo declarativo Dois pontos O Mário disse: - Se o tempo estiver bom amanhã, vou correr no parque. Travessão
  3. 3. Discurso indireto O Pedro disse que ia correr amanhã, no parque, se estivesse bom tempo. O emissor reproduz no seu próprio discurso as falas de alguém. Para reproduzir a voz do citado, o citador recorre à subordinação e faz uma série de transformações das falas originais:  da pessoa gramatical;  dos tempos verbais;  dos advérbios de tempo, de lugar;  pronomes pessoais;  pronomes ou determinantes – possessivos e demonstrativos.
  4. 4. Discurso Direto/Discurso Indireto No discurso direto usa-se: No discurso indireto usa-se 1ª ou 2ª pessoa 3ª pessoa Presente do Indicativo Pretérito Imperfeito do Indicativo Pret. Perfeito Indicativo Pretérito Mais-que-perfeito Indicativo Futuro do indicativo Condicional (futuro do pretérito) Futuro do conjuntivo Pretérito imperfeito do conjuntivo Modo Imperativo Modo conjuntivo ou infinitivo
  5. 5. Discurso Directo/Discurso Indirecto Pronomes pessoais: 1ª ou 2ª  Pronomes pessoais: 3ª pessoa. pessoa.  Eu, tu  Ele, ela  Nós, vós  Eles, elas, seu  Me, nos (c. indirecto)  Lhe (s) (c. indirecto)  Me, nos (c. directo)  O (s), a (s) (c. directo)
  6. 6. Discurso Direto/Discurso Indireto Pronomes/ determinantes  Pronomes/ determinantes possessivos: possessivos:  Meu (s), teu (s), nosso (s),  Seu (s), dele (s)/ dela (s). vosso (s). Pronomes/ determinantes demonstrativos:  Pronomes/ determinantes demonstrativos:  Este, esta, isto  Aquele, aquela, aquilo  Esse, essa, isso
  7. 7. Discurso Direto/Discurso Indireto Advérbios de tempo:  Advérbios de tempo:  Agora, já,  Então, naquele momento, imediatamente, hoje, logo, naquele dia, no dia ontem, na véspera, seguinte, depois. amanhã, logo. Advérbios de lugar:  Advérbios de lugar:  Ali, lá, acolá, além  Aqui, cá  Lá, dali  Aí, ali, daí
  8. 8. Discurso Direto/Discurso Indireto Frase interrogativa direta:  Frase interrogativa indireta,  (ex: Isabel, vais ao introduzida por uma oração cinema?) subordinante.  (Ex: Perguntou à Isabel se ia ao cinema.)  Desaparece ou é transformado Vocativo em c. indireto  (Ex: Isabel, vem cá!)  (ex: Disse à Isabel que fosse lá.)
  9. 9. Discurso Direto/Discurso Indireto E, agarrado ao livro, perguntava de si para si, em sussurro inquieto, por que razão qualquer palavra podia magoar tanto. E, agarrado ao livro, perguntava de si para si, em sussurro inquieto: - Por que razão qualquer palavra pode magoar tanto?
  10. 10. Discurso Direto/Discurso Indireto As alterações consistem:  na inserção dos dois pontos e do travessão para introduzir o discurso direto;  do ponto de interrogação para assinalar graficamente a pergunta;  na mudança de tempo verbal - podia/pode - que passa do pretérito imperfeito do indicativo para o presente do indicativo. Exercícios

×